O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


[Reflexão - saudosismo] SNES / SNES 2 - Gamecube - Anseios dos nintendistas órfãos

Land Stalker

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
18.150
Reações
59.643
Pontos
554
Texto que não é meu, li em outro lugar e achei interessante a reflexão.

Principalmente na semana do Reggie louco

"Nos fóruns afora e aqui incluso, leio muitos posts de users clamando pelo Super Nintendo 2, dizendo que é disto que a Nintendo precisa pra voltar ao topo, mas será mesmo que o SNES 2 não já existiu?
Na minha opinião o SNES 2 já existiu e ele veio ao mundo em 2001 em formato de cubo, é claro que estou falando do Gamecube:



Isso mesmo, tudo que os nintendistas mais fervorosos clamam por hoje (hardware parrudo e competitivo, apoio da thirdies, variedade de gêneros e visão voltada para o público hardcore) teve no Gamecube nos seus 6 anos de vida, o querido fogãozinho da 6° geração teve a cara de SNES de 128-Bit, a única diferença é que o SNES teve um rival padrão que era o Mega Drive e pôde brilhar em seu tempo, enquanto o cubo teve um rival fora de todos os padrões que era o PS2, se não fosse pelo hype danado da máquina da Sony que trouxera com o PS1, o Gamecube poderia ter brilhado mais, mas TUDO que o fãs pedem até hoje está lá, dentro do cubo.

Os fãs não estaria querendo um SNES 3 ou um Gamecube 2?

Para refletir..."


Minha opinião, como dono do SNES e do GC.

Não acho que o GC tenha sido um SNES 2, pois:

- faltou o domínio de mercado e suporte maciço das thirdies;
- o console não era prioridade para o público, nem para as thirdies;
- como resultado, o consumidor acabou sofrendo as consequência.

Fato é que, na época, o Cube foi o meu segundo console. O principal, com melhores e mais variedade de jogos, era o PS2.

Porém, alguns dos melhores jogos que já joguei estavam no Cube, são eles: RE 4; Metroid Prime; Wind Waker. Sozinhos, já valiam - e muito - o console.

Apenas ressalto que se tivesse o Cube, como único console, deixaria de jogar muita coisa que considero essencial da época.

Daí porque não o considero um SNES 2, que, além de ter jogos únicos que por si só se valiam, se sustentava, tranquilamente, como plataforma principal de qualquer jogador (tive um SNES e um Mega, com certeza, apesar do meu carinho até maior pelo mega, se tivesse que optar por um único, seria o SNES).

No fim das contas, ao contrário do texto, acho que a Nintendo ainda está devendo um sucessor à altura do SNES, que se se sustente sozinho como plataforma principal e bata de igual para igual com os concorrentes.

Considerando a última E3, bem como a imbecibilidade institucionalizada da Nintendo, personificada em figurinhas como o Reggie (o cara é a estupidez feito ser humano), acho que o prognóstico é sombrio e a tendência que os consoles da Nintendo continuem, cada vez mais, como "segundos consoles".
 


Nitretrogamer

Bam-bam-bam
Mensagens
1.386
Reações
2.105
Pontos
303
Bom tópico. Tb temo pelo futuro da Nintendo. Além de não conquistar público novo ainda está perdendo a galera oldschool.
 

_kana_

Bam-bam-bam
Mensagens
7.951
Reações
22.204
Pontos
364
LOL... Sorry pela sinceridade, mas que merda de texto.

GC foi provavelmente o console de mesa, naquele momento, naquele cenário,
mais sem personalidade de toda a Nintendo. E dizer que ele só não foi melhor
porque 'o concorrente era o fortíssimo PS2' é típico pretexto de mau perdedor,
usado pra diminuir as várias falhas que insistiu em ter. E ainda por cima SNES 2?
Insanidade...

De resto, volto a falar o que já falei: nego tem que parar de pensar apenas nas
franquias da nintendo e pensar fora da caixa. Até o Xbox classic, quer queira ou não,
é que tinha hardware realmente parrudo (foi o 1º a mexer com shadders numa época em
que a concorrência nem pensava nisso) e trouxe como serviço a live, o que por si só foi uma
coisa realmente decente e que veio pra ficar (um update decente da seganet, iniciado
com o DC). Até nisso o GC, com sua mídia e ports capados, ficou devendo...
Fora os exclusivos de sempre, não acrescentou e nem arriscou nada absolutamente nada
(a não ser que você ache o adaptador do gameboy uma coisa "de gênio").

A merda é que nego confunde consoles fracassos (Virtual Boy) com consoles com alguns
jogos bons e bem aquém do esperado (ex: N64, GC) com console líder de mercado (ex: NES, SNES).
Óbvio que o GC teve alguns jogos bons e nunca estará no nível de Pinpins da
vida, mas o problema é justamente esse: não passa disso (e pra quem já deteve
90% do mercado nos anos 80, pensar assim é nivelar por muito baixo - oque
comercialmente é inaceitavel). Ignorar isso é ver a coisa de forma muito rasa.
Infelizmente, nego fala como 'dono de console', como 'fã', e não como 'consumidor
no meio de milhares
', ignora o gosto coletivo.

De resto, quando falam da porra do "SNES 2" é no conceito do console líder,
como foi o SNES no cenário do início de 90, ou seja, um somatório de firsts + thirds
de verdade + hardware melhor que a concorrencia + serviços melhores que os
da concorrencia (na epoca, carts com chips extras ao invés de add-ons toscos infinitos).
Hoje, desses 4, a nintendo só tem 1. Obviamente, não vai conseguir voltar a essa época
nunca simplesmente porque essa decisão não depende mais apenas dela.

O mercado e os tempos são outros - e o GC foi o último exemplo desse modelo de
console dela que tentava ainda brigar diretamente com a concorrencia.
 
Ultima Edição:

Drommajin

Bam-bam-bam
Mensagens
2.695
Reações
2.809
Pontos
319
A Nintendo parou no tempo.

Eu desisti da empresa e até coloquei a minha coleção com vários lacrados ainda no MercadoLivre...
 

Kernell32dll

Supra-sumo
Mensagens
714
Reações
1.013
Pontos
193
LOL... Sorry pela sinceridade, mas que merda de texto.

GC foi provavelmente o console de mesa, naquele momento, naquele cenário,
mais sem personalidade de toda a Nintendo. E dizer que ele só não foi melhor
porque o concorrente era o fortíssimo PS2 é típico pretexto de mau perdedor,
usado pra diminuir as várias falhas que insistiu em ter.

De resto, volto a falar o que já falei: nego tem que parar de pensar apenas nas
franquias da nintendo. Até o Xbox classic, quer queira ou não, tinha hardware
realmente parrudo (foi o primeiro a mexer com shadders numa época em que
a concorrência nem citava isso) e trouxe a live, o que por si só foi uma coisa
realmente decente e que veio pra ficar (um update de gente da seganet, iniciado
com o DC). Até nisso o GC, com sua mídia e ports capados, ficou devendo.

A merda é que nego confundo consoles fracassos (Virtual Boy), com console
com alguns jogos bons (ex: N64, GC) com console líder de mercado (ex: PS2).
Óbvio que o GC teve alguns jogos bons e nunca estará no nível de Pinpins da
vida, mas o problema é justamente esse: não passa disso (e pra quem já deteve
90% do mercado nos anos 80, pensar assim é nivelar por muito baixo - oque
comercialmente é inaceitavel). Infelizmente, nego fala como 'dono de console' e
não como 'consumidor no meio de milhares', ignora o pensamento coletivo.

De resto, quando nego fala da porra do "SNES 2" é no conceito do console top,
como foi o SNES no cenário do início de 90, ou seja, uma junção de firsts + thirds
de verdade + hardware melhor que a concorrencia + serviços melhores que os
da concorrencia (na epoca, carts com chips extras ao invés de add-ons toscos infinitos).
Hoje, desses 4, a nintendo só tem 1. Obviamente, não vai conseguir voltar a essa época
nunca simplesmente porque agora não depende apenas dela essa decisao.

O mercado e os tempos são outros.
É isso. Infelizmente a realidade é dura. Acho que nunca mais teremos algo como o SNES.
 


*BAH*

Bam-bam-bam
Mensagens
2.336
Reações
1.520
Pontos
244
Super NES é que nem "Cidadão Kane". Não precisa e nem merece uma continuação.
 

doraemondigimon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.745
Reações
14.292
Pontos
619
Minha resposta ao texto e as críticas/respostas já feitas:

SNES = clássico
CG = clássico (não compreendido)

O porque disso seria a falta de destaque do videogame, em um mundo controlado prioritariamente pela Sony, com a força de um Xbox tentando surgir e um cambaleante Dreamcast, em seus ultimos tragos de respiração de sua parca vida!

Mesmo com a falta de "POWEEEEEEEEEEEERRRRRRRRRRRRR" (como o Jeremy Clarkson diz), o GC chama a atenção, não só pelo seu estilo (as bonecas Barbie ganharam o fogãozinho perfeito!:coolface) mas por exclusivos que hoje em dia, quem tem as máquinas mais novas, tentam de todas as formas, emularem. Não estou dizendo que isso não acontece com os outros sistemas, mas convenhamos... Uma continuação bela de F-Zero? Saiu pra ele! Belos Mario Kart existem pra ele (estou contando as versões da Triforce), além de títulos onde várias empresas ariscaram e não fizeram feio. Se fosse possível, gostaria que Resident Evil, Twin Snakes e mais alguns outros, se levantem para definir tal fato.

Game Cube, em si, pode ter sido um dos últimos da 'era romântica' dos videogames (quem sabe, até um dos últimos pregos no caixão de uma era de ouro), e consequente, um ponto que poderia ser mais do que apenas um espaço a mais na história.
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.382
Reações
18.215
Pontos
553
Minha resposta ao texto e as críticas/respostas já feitas:

SNES = clássico
CG = clássico (não compreendido)

O porque disso seria a falta de destaque do videogame, em um mundo controlado prioritariamente pela Sony, com a força de um Xbox tentando surgir e um cambaleante Dreamcast, em seus ultimos tragos de respiração de sua parca vida!

Mesmo com a falta de "POWEEEEEEEEEEEERRRRRRRRRRRRR" (como o Jeremy Clarkson diz), o GC chama a atenção, não só pelo seu estilo (as bonecas Barbie ganharam o fogãozinho perfeito!:coolface) mas por exclusivos que hoje em dia, quem tem as máquinas mais novas, tentam de todas as formas, emularem. Não estou dizendo que isso não acontece com os outros sistemas, mas convenhamos... Uma continuação bela de F-Zero? Saiu pra ele! Belos Mario Kart existem pra ele (estou contando as versões da Triforce), além de títulos onde várias empresas ariscaram e não fizeram feio. Se fosse possível, gostaria que Resident Evil, Twin Snakes e mais alguns outros, se levantem para definir tal fato.

Game Cube, em si, pode ter sido um dos últimos da 'era romântica' dos videogames (quem sabe, até um dos últimos pregos no caixão de uma era de ouro), e consequente, um ponto que poderia ser mais do que apenas um espaço a mais na história.
SNES = clássico
GC = bom console que foi massacrado - PS2 em quase tudo e XBOX em hardware + rede online

Novamente,se for olhar só os jogos,o console não teria vendido tão pouco assim.

Jogos da Triforce foram lançados em Cades.

Twin Snakes tem aquele sistema quebrado de câmera em primeira pessoa.MGS 1 não foi feito pra isso.
As cenas também foram modificadas pra pior...
O melhor é pegar o original.

GC faz parte sim dessa era que você diz.O que não quer dizer que tenha vingado nela.

Mas ainda prefiro ele que o sucessor.


Enviado de meu GT-I8190 usando Tapatalk
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.382
Reações
18.215
Pontos
553
Verdade. Snes 2 foi o PS1.

Sabe qual é o problema da Nintendo?

A falta do comando desde que esse cara foi embora (morreu). Aqueles idiotas que estão lá não sabem o que fazem!
O foda é que ele era arrogante também.No N64 insistiu nos cartuchos e no GC com o mini dvd.
Mas antes fazia de tudo pra Nintendo ganhar a geração (vendas).
 

Ivo Ornelas

Ser evoluído
Mensagens
73
Reações
83
Pontos
28
O foda é que ele era arrogante também.No N64 insistiu nos cartuchos e no GC com o mini dvd.
Mas antes fazia de tudo pra Nintendo ganhar a geração (vendas).
Sim, ele era bem arrogante. Estou lendo o livro sobre a Nintendo "Os Mestres do Jogo" que isso é frequentemente citado, mas era o jeito dele. Mas as estratégias dele e a convicção para ganhar o mercado, fazia dele único e levaram a Nintendo o que ela "foi". Coisa que não vejo no Iwata, mas nem um gotinha sequer. Ainda não terminei o livro, mas acredito de tudo que ele fez, o maiores (ou únicos) erros foram esses que citou. Comparado a nova administração da Nintendo?! É comparar "morrinho da sua cidade" ao "Everest".

Outro dia me perguntei?! Mas que diabos a Nintendo tem na cabeça para não ter interesse na E3? Toda atenção dos gamers, mídias, empresários, produtoras, investidores e cia em único local... que fazem ou podem fazer seu investimento ganhar força, visão e boas menções e ela deixa de lado?!

E ela me vêm com essa gravação do Direct na E3 e para piorar me traz aquilo de jogos É como você ir de cueca em um festa de galã, com a bunda de fora e ainda levar sopa fria para as pessoas.

É difícil de entender, ou melhor dizendo, fácil... PÉSSIMA ADMINISTRAÇÃO!
 

Land Stalker

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
18.150
Reações
59.643
Pontos
554
LOL... Sorry pela sinceridade, mas que merda de texto.

GC foi provavelmente o console de mesa, naquele momento, naquele cenário,
mais sem personalidade de toda a Nintendo. E dizer que ele só não foi melhor
porque o concorrente era o fortíssimo PS2 é típico pretexto de mau perdedor,
usado pra diminuir as várias falhas que insistiu em ter.

De resto, volto a falar o que já falei: nego tem que parar de pensar apenas nas
franquias da nintendo. Até o Xbox classic, quer queira ou não, tinha hardware
realmente parrudo (foi o primeiro a mexer com shadders numa época em que
a concorrência nem citava isso) e trouxe a live, o que por si só foi uma coisa
realmente decente e que veio pra ficar (um update de gente da seganet, iniciado
com o DC). Até nisso o GC, com sua mídia e ports capados, ficou devendo.

A merda é que nego confunde consoles fracassos (Virtual Boy) com consoles
com alguns jogos bons (ex: N64, GC) com console líder de mercado (ex: PS2).
Óbvio que o GC teve alguns jogos bons e nunca estará no nível de Pinpins da
vida, mas o problema é justamente esse: não passa disso (e pra quem já deteve
90% do mercado nos anos 80, pensar assim é nivelar por muito baixo - oque
comercialmente é inaceitavel). Infelizmente, nego fala como 'dono de console',
como 'fã', e não como 'consumidor no meio de milhares', ignora o gosto coletivo.

De resto, quando nego fala da porra do "SNES 2" é no conceito do console top,
como foi o SNES no cenário do início de 90, ou seja, uma junção de firsts + thirds
de verdade + hardware melhor que a concorrencia + serviços melhores que os
da concorrencia (na epoca, carts com chips extras ao invés de add-ons toscos infinitos).
Hoje, desses 4, a nintendo só tem 1. Obviamente, não vai conseguir voltar a essa época
nunca simplesmente porque agora não depende apenas dela essa decisao.

O mercado e os tempos são outros.
Merda qual parte?

A minha opinião está após o itálico, e, pelo que entendi, não difere muito da sua, inclusive, não considero o Cube um SNES 2, justamente pela fraqueza dos suporte das thirdies e por não ter uma linha de jogos do nível do PS2, em relação era bem inferior. Deixei claro também que o Cube era meu segundo console, tais como os respectivos subsequentes consoles de mesa da Nintendo, sempre ficaram em segundo plano, ao contrário do SNES.

Inclusive, como dono do console e fã, acho que, após o SNES, a Nintendo tem deixado muito a desejar, desde de o N64 até o recente WiiU, ressalvando-se os portáteis, nos quais se sobressai.

Porém, considero-o um bom console, pois teve grandes exclusivos, inclusive, acho bem superior, em termos de jogos, ao finado XBOX, que, francamente, ofereceu muito pouco, salvo a potência superior (grande coisa, 3DO também tinha potência bem superior ao SNES e nunca teve jogos do nível do mesmo).

Problema que a Nintendo cometeu erros e pecados, passados e recentes, dos quais possivelmente nunca se livrará dos respectivos estigmas e consequências. Cito:

- monopólio pertinente às thirdies, nos tempos de 8 bits e parcialmente na época de 16 bits, ficou mal acostumada (o saudoso MS tinha que peitar - e não conseguiu - só com os jogos da SEGA);
- traíragem com a Sony, que desenvolveria o CD para SNES, mas, pelo que sei, a Nintendo simplesmente quebrou a palavra; com isso, surgiu o seu futuro algoz, o Playstation;
- tentativa de manutenção de monopólio ou coisa parecida relativo às thirdies, apertou tanto a rosca, que espanou, square e outras se encheram da putaria e tocaram o foda-se, migrando para o concorrente playstation;
- políticas obsoletas, tacanhas e irracionais, que não fazem o menor sentido, a não ser irritar os fãs;.
- Reggie.
 

_kana_

Bam-bam-bam
Mensagens
7.951
Reações
22.204
Pontos
364
Merda qual parte?
A premissa base, primeiro parágrafo, oras...
Fora os argumentos 'positivos' usados apenas quando convêm,
não levando em consideração cenário de mercado da época.

Sabe qual é o problema da Nintendo?
A falta do comando desde que esse cara foi embora (morreu). Aqueles idiotas que estão lá não sabem o que fazem!
Na real? Se valoriza demais a figura do Yamauchi... Existe muita punhetagem ao
redor da figura dele, principalmente por já ter morrido e pela nintendo ter
entrado em declínio depois (mas que já havia começado, justamente, com ele).

E não sejamos levianos: N64 foi um console medíocre em termos de lucro absoluto,
começou o foda-se em massa com todas as thirds grandes, deu um foda-se pro
consumidor com o 64DD e simplesmente perdeu a liderança comercial - e a nintendo
só não foi pra vala porque tinha GB/GBA + pokémon na mesma época pra carregar o piano...
E isso foi na gestão dele ainda... Se fosse hoje, iria cometer as mesmas
cagadas do zacarias, com uma ou outra coisa diferente apenas. No lugar
de um presidente novo, sem visão e que 'se desculpa' (prease, understand),
seria um presidente velho, teimoso e com fogo nas ventas. Mesma merda...

Sinceramente, a nintendo sempre foi prepotente e só se deu bem em 80 e
metade de 90 porque, comercialmente, não tinha concorrente a altura e tinha
prendido as softs com royalties altos e contratos estuprantes... Fora Sega, que
não era opção pra muitos, não tinha pra onde correr. Mas bastou aparecer
gente nova na jogada, com dinheiro e com políticas melhores que os caras
começaram a cagar nas calças e perder público ano a ano, se limitando hoje a
fazer reuso de hardware e manter apenas os exclusivos, sem criar nada equivalente
ao que foi feito no passado. E essa E3 de agora foi apenas a confirmação máxima que
essa mentalidade está chegando ao fim pois não se sustenta mais em 2015.

Ou não.
 
Ultima Edição:

Ivo Ornelas

Ser evoluído
Mensagens
73
Reações
83
Pontos
28
A premissa base, primeiro parágrafo, oras...
Fora os argumentos 'positivos' usados apenas quando convêm,
não levando em consideração cenário de mercado da época.


Na real? Se valoriza demais a figura do Yamauchi... Existe muita punhetagem ao
redor da figura dele, principalmente por já ter morrido e pela nintendo ter
entrado em declínio justamente depois (mas que já havia começa com ele).
E não sejamos levianos: N64 foi um console medíocre em termos de lucro absoluto,
começou o foda-se em massa com todas as thirds grandes, deu um foda-se pro
consumidor com o 64DD e simplesmente perdeu a liderança comercial - e a nintendo
só não foi pra vala porque tinha GB/GBA + pokémon na mesma época pra carregar o piano...
E isso foi na gestão dele ainda... Se fosse hoje, iria cometer as mesmas
cagadas do zacarias, com uma ou outra coisa diferente apenas. No lugar
de um presidente novo, sem visão e que 'se desculpa' (prease, understand),
seria um presidente velho, teimoso e com fogo nas ventas. Mesma merda...

Sinceramente, a nintendo sempre foi prepotente e só se deu bem em 80 e
metade de 90 porque, comercialmente, não tinha concorrente a altura e tinha
prendido as softs com royalties altos e contratos estuprantes... Fora Sega, que
não era opção pra muitos, não tinha pra onde correr. Mas bastou aparecer
gente nova na jogada, com dinheiro e com políticas melhores que os caras
começaram a cagar nas calças e perder público ano a ano, se limitando hoje a
fazer reuso de hardware e manter apenas os exclusivos, sem criar nada equivalente
ao que foi feito no passado. E essa E3 de agora foi apenas a confirmação máxima que
essa mentalidade está chegando ao fim pois não se sustenta mais em 2015.

Na real _Kana_ Não é idolatria cara, aconselho você a ler o livro " Os Mestres do Jogo" que nem é um livro voltando a fãs da Nintendo e sim para Marketing e negócios empresarias, para você ver como realmente quanta coisa ele fez nessa área. Um comentário bem "desvirtuado" para falar que é "punhatagem", mesmo porque quem conhece de games sabe a importância dele no mundos dos games. E outra, eu mesmo citei que ele não era das melhores pessoas/personalidades (acima), mas sim um grande administrador/estrategista, coisa que Iwata em profissionalismo não tem e fica cada vez mais claro isso.

E vamos ser sinceros amigo, ficar os anos 80 líder e levantando o mercado quase abandonado de games, anos 90 líder com concorrentes de peso (falar que é Sega não era opção para muitos =/ por favor).

Outra, fracasso em lucros absolutos: Nintendo 64 (N64)- 32.93 milhões (Fonte Wikipedia). Vendeu mais que Mega Drive. Discordo completamente de você, agora se você disser que foi um console com pouco sucesso comparado aos outros da Nintendo e concorrentes, entenderia perfeitamente.

Se o Yamauchi iria comentar os mesmo erros? Pode até ser, mas aposto que atitudes como essa apresentação na E3 não aconteceria.

E novamente outro comentário equivocado seu ! Se ela fosse um fracasso completo, não teria 3 produtos dela como os "consoles + portáteis" mais vendidos no mundo. Novamente é só pesquisar. Mas como colocar como os mais vendidos e estar do jeito que é está?

A minha resposta é clara: Má administração e decisões erradas. Como toda empresa faz, mas a Nintendo vêm fazendo e seguidamente a muito tempo e claro que os concorrentes estão levantando troféu atrás de troféu em cima dela, esse é o mercado de hoje.

Entenda bem, da minha parte não tem "Nintendismo" nenhum e muito menos proteção pelo lado dela, ela nem paga meu salário hahahahaha XD. Mas sim minha opinião que ela tem um péssimo comando, decisões erradas e sua política de viver sozinha (sem ajuda das produtoras) e outras coisas que os amigos nos tópico acima citaram, vêm fazendo ela se sair cada vez pior e isso é fato.
 
Ultima Edição:

_kana_

Bam-bam-bam
Mensagens
7.951
Reações
22.204
Pontos
364
Na real? Você está levando as coisas muito ao pé da letra...

Primeiro, óbvio que Yamauchi teve sua importância. Isso é inquestionável, NES-GB-SNES
estão aí pra mostrar. Mas o lance aí é no tempo verbal... 'TEVE'. Isso porque, no final da
vida, o cara também só fez merdas e, quer queira ou não, contribuiu pra afundar a nintendo
nos consoles de mesa. Pior: já morreu, nunca deu declaração sobre o mercado atual. Logo,
juntando ambos, o máximo que dá pra dizer é que ele, provavelmente, faria diferente agora.
Mas assegurar que ele tiraria a Nintendo do atoleiro, como muitos afirmam, é total viagem...
É mensurar o imensurável, em termos financeiros; e forçar a barra, em termos pessoais.

Segundo, leia de novo o que falei e já disse milhares de vezes aqui nos tópicos do 64:
N64 vendeu mais que o Mega, mas pra nintendo, que veio de 2 consoles que venderam
62 e 49 milhões, foi muito fraco. E se levarmos em consideração o cenário (numero de
títulos, thirds debandadas), foi ainda pior porque simplesmente perdeu o primeiro lugar
- e ainda pra uma novata... Então saibamos separar as coisas. Adoro vários jogos dela,
acho OOT ainda hoje de vanguarda, mas o console em si foi uma merda. Só não foi um
fracasso literal porque a nintendo tinha o mercado portátil + pokémon pra aguentar as pontas.

Terceiro, a Sega nos anos 80 teve várias softhouses limadas por ameças da nintendo
via contrato, nem port. Tanto é que a maioria dos grandes títulos do console vindos de thirds
só saíram no final da vida, já com o Mega Drive (uma dor de cabeça maior pra ela) no mercado.
Isso é público e só foi extinto nos 16 bits (fora os royalties estuprantes).

Por fim, óbvio que existe muita punhatagem não apenas com Yamauchi, mas muita gente
do ramo: Steve Jobs, Gaben, Miyamoto, Yu Suzuki, Carmack etc... Todos eles criam coisas
importantes no passado, mas também fizeram muitas cagadas e alguns até se desviaram de
suas criações originais. E o povo que fica endeusando eles ignora isso, afinal... é o meme pelo meme.
 
Ultima Edição:

Land Stalker

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
18.150
Reações
59.643
Pontos
554
A premissa base, primeiro parágrafo, oras...
Fora os argumentos 'positivos' usados apenas quando convêm,
não levando em consideração cenário de mercado da época.


.
É pra discussão, oras...

Nem concordei com boa parte do texto, inclusive questionei vários pontos, justamente por conta dos mercados das respectivas épocas.
 

Ivo Ornelas

Ser evoluído
Mensagens
73
Reações
83
Pontos
28
Na real? Você está levando as coisas muito ao pé da letra...

Primeiro, óbvio que Yamauchi teve sua importância. Isso é inquestionável, NES-GB-SNES
estão aí pra mostrar. Mas o lance aí é no tempo verbal... 'TEVE'. Isso porque, no final da
vida, o cara também só fez merdas e, quer queira ou não, contribuiu pra afundar a nintendo
nos consoles de mesa. Pior: já morreu, nunca deu declaração sobre o mercado atual. Logo,
juntando ambos, o máximo que dá pra dizer é que ele, provavelmente, faria diferente agora.
Mas assegurar que ele tiraria a Nintendo do atoleiro, como muitos afirmam, é total viagem...
É mensurar o imensurável.

Segundo, leia de novo o que falei e já disse milhares de vezes aqui nos tópicos do 64:
N64 vendeu mais que o Mega, mas pra nintendo, que veio de 2 consoles que venderam
62 e 49 milhões, foi muito fraco. E se levarmos em consideração o cenário (numero de
títulos, thirds debandadas), foi ainda pior porque simplesmente perdeu o primeiro lugar
- e ainda pra uma novata... Então saibamos separar as coisas. Adoro vários jogos dela,
acho OOT ainda hoje de vanguarda, mas o console em si foi uma merda. Só não foi um
fracasso literal porque a nintendo tinha o mercado portátil + pokémon pra aguentar as pontas.

Terceiro, a Sega nos anos 80 teve várias softhouses limadas por ameças da nintendo
via contrato, nem port. Tanto é que a maioria dos grandes títulos do console vindos de thirds
só saíram no final da vida, já com o Mega Drive (uma dor de cabeça maior pra ela) no mercado.
Isso é público e só foi extinto nos 16 bits (fora os royalties estuprantes).

Por fim, óbvio que existe muita punhatagem não apenas com Yamauchi, mas muita gente
do ramo: Steve Jobs, Gaben, Miyamoto, Yu Suzuki, Carmack etc... Todos eles criam coisas
importantes no passado, mas também fizeram muitas cagadas e alguns até se desviaram de
suas criações originais. E o povo que fica endeusando eles ignora isso, afinal... é o meme pelo meme.
Cara, esse assunto vai ser "discutir no molhado contigo". Você tá num lugar "Retro" e quer discutir tempo verbal? "TEVE, FOI, ERA" é o que você escutar mais aqui. A discussão não é o que o cara deixou de fazer, mas sim a importância dele. Se o cara teve atitudes erradas, quem não tem?! Cara tem 20 anos de liderança no mercado de games e você vem com pedra e pau na mão.
Acredite, não sou eu que estou levando ao pé da letra aqui.

Se ele iria tirar? Se ele iria piorar? Não tem como saber, você mesmo disse, o cara morreu, mas uma coisa é certa... certas atitudes do que vemos da Nintendo hoje não aconteceria.

E você foi redundante novamente. Foi que afirmei lá em cima, se você viesse falando com esse comentário seu agora "que venderam abaixo dos consoles anteriores" entenderia, mas você veio com: "medíocre em lucro absurdos". São milhões de consoles vendidos... O_o

Bom cara, como você disse, todos fazem cagadas... mas que não faz cagada não saí do lugar né?! Os caras estão aê para comprovar isso.
Alguns fazem e crescem e outros fazem e somem, agora é saber quem fim vai ler.
Agora da minha parte digo e repito: Problema da Nintendo é administração.

Se ela vai voltar ao que era?! Se vai acabar?! Só o tempo dirá. No momento, como atitudes assim... sem muitas chances.

E voltando ao assunto do tópico. Para mim o PS1 foi o Super Nintendo 2 e não o GameCube, se pensarmos em um sentido maior.
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.382
Reações
18.215
Pontos
553
Cara, esse assunto vai ser "discutir no molhado contigo". Você tá num lugar "Retro" e quer discutir tempo verbal? "TEVE, FOI, ERA" é o que você escutar mais aqui. A discussão não é o que o cara deixou de fazer, mas sim a importância dele. Se o cara teve atitudes erradas, quem não tem?! Cara tem 20 anos de liderança no mercado de games e você vem com pedra e pau na mão.
Acredite, não sou eu que estou levando ao pé da letra aqui.

Se ele iria tirar? Se ele iria piorar? Não tem como saber, você mesmo disse, o cara morreu, mas uma coisa é certa... certas atitudes do que vemos da Nintendo hoje não aconteceria.

E você foi redundante novamente. Foi que afirmei lá em cima, se você viesse falando com esse comentário seu agora "que venderam abaixo dos consoles anteriores" entenderia, mas você veio com: "medíocre em lucro absurdos". São milhões de consoles vendidos... O_o

Bom cara, como você disse, todos fazem cagadas... mas que não faz cagada não saí do lugar né?! Os caras estão aê para comprovar isso.
Alguns fazem e crescem e outros fazem e somem, agora é saber quem fim vai ler.
Agora da minha parte digo e repito: Problema da Nintendo é administração.

Se ela vai voltar ao que era?! Se vai acabar?! Só o tempo dirá. No momento, como atitudes assim... sem muitas chances.

E voltando ao assunto do tópico. Para mim o PS1 foi o Super Nintendo 2 e não o GameCube, se pensarmos em um sentido maior.
O que o kana quis dizer é que:
Yamauchi foi sim muito importante para a Nintendo.Sem ele a Nintendo não seria o que é hoje.Positivamente,devido à era NES/GB/SNES,mas negativamente no N64/GameCube.

Ou seja,depois à partir do N64 só fez a empresa cair.

Se ele seria importante hoje e levaria a Nintendo nas costas atualmente?
Não sei.Mas todo mundo sabe que,apesar de empenhado e rígido,era também arrogante e orgulhoso - mesmo pensamento dos integrantes da empresa hoje.

Iwata não consegue nada porque não possui as duas características positivas do Yamauchi.Nem sei se é arrogante,mas parece "o bobão da turma".

Reggie tem carisma mas tem cara de " tá bom desse jeito".Ele disse que "está satisfeito" com a E3 2015 da Nintendo.

Miyamoto agora fica dando desculpa esfarrapada.

Quanto à vendas,Wii U vendeu milhões ué...e é uma droga comparado com os outros.

N64 tomou um pau bonito do PS1.Talvez até maior do que o PS2 sobre o GC.
A perda das thirdies é reflexo do que acontece até hoje com a Nintendo.

O problema da empresa,é tudo.Até como softhouse está pecando muito.
Cadê o mano de Mother?
F-Zero?
Pokemon de console?
Star Fox bom?
Metroid sério?
Novas IPs relevantes?
De Miyamoto,Aonuma,e companhia?

Tá osso.

Enviado de meu GT-I8190 usando Tapatalk
 

pagodinhos

Veterano
Mensagens
544
Reações
71
Pontos
104
Cara, esse assunto vai ser "discutir no molhado contigo". Você tá num lugar "Retro" e quer discutir tempo verbal? "TEVE, FOI, ERA" é o que você escutar mais aqui. A discussão não é o que o cara deixou de fazer, mas sim a importância dele. Se o cara teve atitudes erradas, quem não tem?! Cara tem 20 anos de liderança no mercado de games e você vem com pedra e pau na mão.
Acredite, não sou eu que estou levando ao pé da letra aqui.

Se ele iria tirar? Se ele iria piorar? Não tem como saber, você mesmo disse, o cara morreu, mas uma coisa é certa... certas atitudes do que vemos da Nintendo hoje não aconteceria.

E você foi redundante novamente. Foi que afirmei lá em cima, se você viesse falando com esse comentário seu agora "que venderam abaixo dos consoles anteriores" entenderia, mas você veio com: "medíocre em lucro absurdos". São milhões de consoles vendidos... O_o

Bom cara, como você disse, todos fazem cagadas... mas que não faz cagada não saí do lugar né?! Os caras estão aê para comprovar isso.
Alguns fazem e crescem e outros fazem e somem, agora é saber quem fim vai ler.
Agora da minha parte digo e repito: Problema da Nintendo é administração.

Se ela vai voltar ao que era?! Se vai acabar?! Só o tempo dirá. No momento, como atitudes assim... sem muitas chances.

E voltando ao assunto do tópico. Para mim o PS1 foi o Super Nintendo 2 e não o GameCube, se pensarmos em um sentido maior.
Você tem razão, mercado não é um mundo de achismos e fatos premeditados. De maneira nenhuma as vendas do n64 foram mediocres, a SONY já era grande em outros mercados desde os tempos do Super Nintendo, e ela podia sim investir numa grande máquina que os consumidores poderiam escolher, e de fato isso realmente aconteceu. Isso não pode desmerecer a Nintendo, pois seu console vulgo n64 foi sim um sucesso de vendas, considerando o novo posicionamento do mercado gamer que foi estabelecido naquela época.
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.382
Reações
18.215
Pontos
553
Você tem razão, mercado não é um mundo de achismos e fatos premeditados. De maneira nenhuma as vendas do n64 foram mediocres, a SONY já era grande em outros mercados desde os tempos do Super Nintendo, e ela podia sim investir numa grande máquina que os consumidores poderiam escolher, e de fato isso realmente aconteceu. Isso não pode desmerecer a Nintendo, pois seu console vulgo n64 foi sim um sucesso de vendas, considerando o novo posicionamento do mercado gamer que foi estabelecido naquela época.
Em relação ao PS1 foram insignificantes.

Passou muito longe de ser um sucesso.

Enviado de meu GT-I8190 usando Tapatalk
 

Silius

Habitué da casa
Mensagens
552
Reações
92
Pontos
54
Boa tarde a todos forum.
O Cube foi foi um grande console "Resident evil 0 que o diga " mas chegar a ser um snes 2 impossivel.
Acho que depois que o cancêr sony dominou o mercado com o seu ps 1 fudeu literalmente com tudo, agora não temos mais nada a não ser a microsoft e a sony e uma nintendo respirando por aparelho , uma merda total,o pior disso tudo e estar vivo e poder viver essa decadencia fim.....:kcry
 

PC-Crew

Supra-sumo
Mensagens
2.139
Reações
853
Pontos
174
Nintendo se resume em: Nes + Snes, atualmente se perdeu!
Sega se resume em: Arcades + Megadrive + Dreamcast, sendo que o Dream foi muito revolucionário para época!
Sony se resume em: Playstation até hoje, formula simples não acham?
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.382
Reações
18.215
Pontos
553
Nintendo se resume em: Nes + Snes, atualmente se perdeu!
Sega se resume em: Arcades + Megadrive + Dreamcast, sendo que o Dream foi muito revolucionário para época!
Sony se resume em: Playstation até hoje, formula simples não acham?
Ah tu tá de brincadeira né...se bota o DC também pode botar fácil o N64 que foi muito mais importante.

Nintendo - NES,SNES - portáteis GB e DS
Sega - Genesis e Arcades


Enviado de meu GT-I8190 usando Tapatalk
 

Ridge

Bam-bam-bam
Mensagens
1.490
Reações
2.882
Pontos
303
Nintendo se resume em: Nes + Snes, atualmente se perdeu!
Sega se resume em: Arcades + Megadrive + Dreamcast, sendo que o Dream foi muito revolucionário para época!
Sony se resume em: Playstation até hoje, formula simples não acham?
Você se enganou hein, esqueceu boa parte da historia da nintendo ae.

Nintendo poderia se resumir em: NES + SNES + Game Boy + Game Boy Advance + Nintendo DS

E pra muitos o Nintendo DS foi o SNES 2, tem muitos classicos nesse portatil, e foi muito bem servido de thirds tambem.
 

Silius

Habitué da casa
Mensagens
552
Reações
92
Pontos
54
Você se enganou hein, esqueceu boa parte da historia da nintendo ae.

Nintendo poderia se resumir em: NES + SNES + Game Boy + Game Boy Advance + Nintendo DS

E pra muitos o Nintendo DS foi o SNES 2, tem muitos classicos nesse portatil, e foi muito bem servido de thirds tambem.
Nintendo se resume em: Nes + Snes, atualmente se perdeu!
Sega se resume em: Arcades + Megadrive + Dreamcast, sendo que o Dream foi muito revolucionário para época!
Sony se resume em: Playstation até hoje, formula simples não acham?
Não sony se resume em : pirataria pura so sobreviveu por conta disso ,.alias ninguem se pergunta pq a sony facilitou tanto o desbloqueio dos seus consoles antigos.......:kronald
 

*ka

Bam-bam-bam
Mensagens
9.104
Reações
6.525
Pontos
394
Não sony se resume em : pirataria pura so sobreviveu por conta disso ,.alias ninguem se pergunta pq a sony facilitou tanto o desbloqueio dos seus consoles antigos.......:kronald
Mas o único que era chato de destravar era o N64, e fora que tinham poucos jogos piratas, e quando mal feita a cópia do cartucho, podia danificar o console, e na outra geração o GC era o mais chato deles, pois o leitor era bem fresco. O DC a pirataria corria solta, apesar de alguns jogos terem que ser capados, e mesmo assim não deu certo, o saturn idem.
 
Ultima Edição:

JUGULADOR

Mil pontos, LOL!
Mensagens
51.239
Reações
37.792
Pontos
1.129
Eu parei de ler quando disseram que o GC teve bom suporte das thirdies. Ele teve bom suporte de ALGUMAS thirdies... é bem diferente. É melhor que o WiiU, não muito diferente do Wii, mas infinito inferior ao SNes, que tinha suporte de praticamente todas as thirdies. Dos principais jogos da geração ele não recebeu quase que nenhum. Achei que o XBox teve um suporte muito melhor que o dele... e ainda estava longe do ideal, mas pelo menos conseguiu arrastar pros consoles alguns dos melhores jogos de PC da época, como os maravilhosos KOTOR e Jade Empire, entre muitos outros.

Na parte de hardware a única coisa que não gostei no GC foi seu gamepad... parece que foi feito pra criança ou pessoas com a mão muito pequena, mas aquele d-pad dele pra mim era injogável, e na época ainda era um input muito importante (mais que o analógico). Ele também não era tão parrudo quanto o XBox, mas vamos lembrar que era bem mais barato. Acho que ele cagou por não usar DVD... se todas as thirdies trabalhassem nele impediria, por exemplo, a Rockstar de lançar San Andreas... provavelmente outros jogos tb esbarrariam nessa limitação.

Mas em hardware ele não tinha de fato nenhum grande problema... seu único problema foi ser da Nintendo, oque afastou quase todas as thirdies, o deixando muito longe de ser um SNES2.
 

JUGULADOR

Mil pontos, LOL!
Mensagens
51.239
Reações
37.792
Pontos
1.129
Não sony se resume em : pirataria pura so sobreviveu por conta disso ,.alias ninguem se pergunta pq a sony facilitou tanto o desbloqueio dos seus consoles antigos.......:kronald
Ptz, cara... pirataria foi algo tão terceiro mundo... onde o console vendia mais jogos originais iam muito bem.

Além de que, o XBox teve mais pirataria que o PS2, pois além de tudo ele tinha um monte de homebrew que iam desde excelentes emuladores até media centers de qualidade... assim mesmo ele mal bateu o GC em vendas... não lembro quem vendeu mais entre eles, só que ficaram próximos... pouco acima do DC, que tb tinha piratariam e muito abaixo do PS2.

Os PS1/2 venderam pra caralho porque tinham os melhores jogos... digo, todos os muitos melhores jogos. A diferença deles terem ou não pirataria é que se não tivessem as locadoras ainda existiriam fortes, como eram até o começo dos anos 90... o pessoal continuaria comprando Playstations.
 

Allejo

Veterano
Mensagens
761
Reações
656
Pontos
144
Nintendo nunca mais vai ser como era, nunca mais vai existir um "super nintendo 2". A Nintendo foi por esse caminho mais infantil mesmo e com o sucesso do Wii só deu mais certeza do que estavam fazendo, o fracasso do WiiU poderia dar esperanças que ela poderia voltar a fazer outro console top mas com o mega sucesso dos Amibos lá duvido muito.

Aceitem, a nintendo dos anos 90 morreu...
 

Léo Stanbuck

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
30.913
Reações
27.494
Pontos
859
O SNES 2 foi o PS1.

Enviado de meu GT-I8190 usando Tapatalk
Pois é.

Pessoal clama por um "snes 2". Mas não entende que o snes só foi o console líder daquela geração, que recebeu as principais franquias de todas as grandes empresas. O mesmo aconteceu com o PSX.
 

Léo Stanbuck

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
30.913
Reações
27.494
Pontos
859
Boa tarde a todos forum.
O Cube foi foi um grande console "Resident evil 0 que o diga " mas chegar a ser um snes 2 impossivel.
Acho que depois que o cancêr sony dominou o mercado com o seu ps 1 fudeu literalmente com tudo, agora não temos mais nada a não ser a microsoft e a sony e uma nintendo respirando por aparelho , uma merda total,o pior disso tudo e estar vivo e poder viver essa decadencia fim.....:kcry
Cancer por cancer, a Nintendo era mais. As devs todas odiavam ela e a primeira oportunidade eles caíram fora. A Nintendo era uma empresa muito boa para criar jogos, mas que prejudicava demais muita gente nesse mercado. O "cancer" Sony só deu liberdade e suporte a quem tem muita qualidade.
 

Silius

Habitué da casa
Mensagens
552
Reações
92
Pontos
54
Cancer por cancer, a Nintendo era mais. As devs todas odiavam ela e a primeira oportunidade eles caíram fora. A Nintendo era uma empresa muito boa para criar jogos, mas que prejudicava demais muita gente nesse mercado. O "cancer" Sony só deu liberdade e suporte a quem tem muita qualidade.
Claro liberdade de baciadas de jogos a R$5.00 na galeria pagé,.
Não estou defendendo a nintendo,até pq na época eu era da trupe da sega então já viu,agora falar que a sony trouxe qualidade e liberdade ai já demais antes da sony já existia muiiiita qualidade digo isso com toda a convicção ,agora liberdade ,se vc acha que liberdade se define a duas empresas no mercado.....
 

Silius

Habitué da casa
Mensagens
552
Reações
92
Pontos
54
Ptz, cara... pirataria foi algo tão terceiro mundo... onde o console vendia mais jogos originais iam muito bem.

Além de que, o XBox teve mais pirataria que o PS2, pois além de tudo ele tinha um monte de homebrew que iam desde excelentes emuladores até media centers de qualidade... assim mesmo ele mal bateu o GC em vendas... não lembro quem vendeu mais entre eles, só que ficaram próximos... pouco acima do DC, que tb tinha piratariam e muito abaixo do PS2.

Os PS1/2 venderam pra caralho porque tinham os melhores jogos... digo, todos os muitos melhores jogos. A diferença deles terem ou não pirataria é que se não tivessem as locadoras ainda existiriam fortes, como eram até o começo dos anos 90... o pessoal continuaria comprando Playstations.
 
Topo