O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Seria um erro uma pessoa com dupla cidadania( com ou sem o passaporte estrangeiro) permanecer no Brasil?

Elijah Kamski

Bam-bam-bam
Mensagens
2.594
Reações
5.189
Pontos
303


Muito se comenta, seja na internet ou mesmo numa roda de amigos, da possibilidade de ir morar fora do Brasil, seja por inúmeros motivos: violência; falta de oportunidades de emprego; não se sentir bem no "país tropical". Ocorre que muitos ainda ficam com a insegurança de se mudar para um local como estrangeiro e das óbvias dificuldades em alguns casos. Porém, várias brasileiros possuem a dupla cidadania de algum local( normalmente europeu) e até já com o passaporte do respectivo país, mas permanecem aqui. No presente tópico, venho debater se isso seria um erro ou desse cidadão em não querer sair do Brasil, mesmo já sendo cidadão originário ou até adquirido de determinado local.

---

Eu pego pelo meu caso. Tenho dupla cidadania italiana desde de 2006 e neste ano peguei o meu passaporte italiano no consulado de Recife. Teria várias facilidades de mudança melhores comparado com os brasileiros sem essa condição, principalmente agora com os países dificultando esse processo em decorrência dos imigrantes, principalmente em questão de estudos. Além de já ter família lá, outro fator de facilitação.

Porém, levo uma vida tecnicamente boa no Brasil, com uma boa condição financeira familiar e com todos os recursos possíveis para se manter bem aqui. Para muitos, quem vive relativamente aqui têm menos vontade de se mudar do país. Contudo, tiro primas minhas que tinham uma condição financeira boa aqui e tudo para ter um ótimo emprego morando aqui, mas se mudaram para fora( uma com um emprego comum) e não querem voltar mais.

Acredito que a condição financeira no local pesa muito, afinal " o local bom é aquele onde você ganha bem". Entretanto, não tem como comparar a qualidade de vida nos países desenvolvidos com aqui e a pessoa sendo cidadão daquele local, realmente seria um vacilo não tentar só ver como é morar fora do Brasil.

---

Deixe a opinião sobre o tema abaixo.

:kpensa
 


Yskar

Habitué da casa
Mensagens
227
Reações
457
Pontos
98
Depende muito, se você tem como exercer a mesma profissão lá ganhando quantia com poder de compra equivalente, tem fluência na língua e conseguiria se adaptar ao modo de vida local, considero sim um erro continuar aqui, caso contrário não.
Depois de ter passado uma semana lá com uma viagem turística eu fiquei bem triste de ter de voltar para Salvador, mesmo Roma me pareceu uma cidade bem pacata, segura e agradável, ainda mais que eu testemunhei como as pessoas não tem nem de perto a mesma preocupação com segurança que temos aqui, eu e minha esposa ficamos num hotel perto de um dos grandes shoppings de lá (Eurome 2), e as pessoas estavam tarde da noite, num lugar meio escuro tranquilas com celulares caros esperando o ônibus, isso e outras coisas que vi durante a viagem me fez ver que mesmo quem é batalhador tem uma qualidade de vida bem melhor do que temos aqui.

Sem falar que como adoro frio, me senti muito mais confortável lá do que aqui no calor nordestino, desde então não consigo afastar o pensamento que nasci na região e país errado! Adoraria fazer minhas certificações de TI e me mudar para algum país que fale inglês (infelizmente é a única língua estrangeira que domino), como a Nova Zelândia.

Mesmo que eu ganhasse apenas o suficiente para poder viver com só um pouco conforto eu preferiria viver lá do que aqui.
 
Ultima Edição:

Dick Grayvison2022

Habitué da casa
Mensagens
157
Reações
621
Pontos
93
Sua condição financeira n importa quando vc pode tomar um tiro na testa em um assalto sempre que for sair de casa. Outra coisa, n tem essa de ganhar equivalente ou não, as coisas têm valores diferentes. O que interessa é o poder de compra.

Exemplo: Um br que ganha 2k por mês tem MUITO menos poder de compra que um cara que mora os EUA ganhando 1000 ~ 1200 dólares. E nem comece a fazer cálculo de conversão, nos EUA vc compra em dólar, não em real.

Minha intenção n é te ofender, mas acho que viver no BR tendo a oportunidade de FUGIR daqui é muita falta de noção da realidade.
 

Yskar

Habitué da casa
Mensagens
227
Reações
457
Pontos
98
Concordo, até editei meu post para deixar mais claro o que quis dizer com "quantia equivalente", o poder de compra na Itália é absurdamente maior que aqui (e olha que lá é um país com custo de vida alto, se comparado a alguns países da UE), mesmo o valor numérico de cotação sendo diferente.
Eletrônicos e boa comida e bebida lá são absurdamente mais baratos.

Sobre o "vc pode tomar um tiro na testa em um assalto sempre que for sair de casa" depende muito onde o cara vive, atualmente eu moro em Aracaju/SE e aqui é bem pacato se você não usa transporte público, e mesmo usando se evitar alguns locais na periferia da cidade o risco de assalto é relativamente baixo.
 

Dick Grayvison2022

Habitué da casa
Mensagens
157
Reações
621
Pontos
93
Concordo, até editei meu post para deixar mais claro o que quis dizer com "quantia equivalente", o poder de compra na Itália é absurdamente maior que aqui (e olha que lá é um país com custo de vida alto, se comparado a alguns países da UE), mesmo o valor numérico de cotação sendo diferente.
Eletrônicos e boa comida e bebida lá são absurdamente mais baratos.

Sobre o "vc pode tomar um tiro na testa em um assalto sempre que for sair de casa" depende muito onde o cara vive, atualmente eu moro em Aracaju/SE e aqui é bem pacato se você não usa transporte público, e mesmo usando se evitar alguns locais na periferia da cidade o risco de assalto é relativamente baixo.
Normal, em todo lugar tem algum buraco onde o sol n bate tão forte.
 

ROLGENIO

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.231
Reações
39.624
Pontos
563
Tenho dupla cidadania italiana desde de 2006 e neste ano peguei o meu passaporte italiano no consulado de Recife. Teria várias facilidades de mudança melhores comparado com os brasileiros sem essa condição, principalmente agora com os países dificultando esse processo em decorrência dos imigrantes, principalmente em questão de estudos. Além de já ter família lá, outro fator de facilitação.
Mano, você tá quase 14 anos atrasado pra sumir dessa latrina chamada HUEzil...
 


Lost Angel

Bam-bam-bam
Mensagens
9.726
Reações
12.676
Pontos
353
Fido, vai para Itália e depois fique em Portugal se não aprender italiano.
 

mig29gsxr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.546
Reações
20.064
Pontos
694
Desencana. Minha situação é bem parecida com a sua. Meus irmãos tão todos na Europa, um na Alemanha e outro na França. Eles estão bem lá; os lugares e os trampos deles são legais. Claro que a segurança lá é outro nível, mas só isso não é suficiente para definir uma mudança. Se vc tem um emprego bom aqui, família, amizades, gosta do estilo de vida que tem aqui, recursos, não há necessidade de ir para o exterior "começar de novo". Sim, a segurança aqui é uma m****, isso é foda. A economia vai mal. Mas aí cabe a vc decidir se vale a pena trocar isso tudo pela vida no exterior; tem que aguentar mudança de clima, barreira linguística, morar de aluguel em mtos casos dividindo com desconhecidos banheiro, leis e estilo de vida do novo país, entre outros. Muitos que falam "iria sem pensar" realmente nem botaram o pé lá fora para ver o tamanho do esforço que é. Mas não estou aqui para te dizer o que é melhor, só mostrando que vai de cada um mesmo. Enfim, só vc pode tomar essa decisão. Eu mesmo prefiro ficar aqui, ter as minhas coisas, ter pontos de apoio, tenho minhas atividades, se precisar de amigos e família a maioria está aqui. Meus irmãos não gostavam daqui e resolveram encarar, estão felizes lá, e nada os faz pensar em voltar para o Brasil, podem ir para parques, andar por aí sem nenhum risco, andar de bike, conhecer lugares legais, bares, museus, restaurantes, conhecer gente nova, etc. Eu nem ligo mto pra isso, prefiro bater uma feijuca no sábado, ficar em casa jogando uns games, cuidar dos meus bichos, tomar umas brejas sempre com os mesmos caras, pegar uma praia de vez enquando... sei lá, é pessoal demais isso aí.
 

Bacciotti

Habitué da casa
VIP
Mensagens
249
Reações
303
Pontos
98
Mesmo que eu ganhasse apenas o suficiente para poder viver com só um pouco conforto eu preferiria viver lá do que aqui.
Minha intenção n é te ofender, mas acho que viver no BR tendo a oportunidade de FUGIR daqui é muita falta de noção da realidade.
Bom dia. Antes eu pensava que sairia de uma vez. Mas realmente é uma decisão bem pessoal. Estou no processo de cidadania e vivi 6 meses na espanha em 2017. tenho muita vontade de ir embora de vez. Mas tem que pensar muito, tem família envolvida também... penso muito em segurança e poder viver tranquilo.

Talvez pela conjuntura econômica e política atual noto uma atmosfera de pessimismo na maioria das pessoas que convivo, tento não ser influenciado por isso...
 

drdreh

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.963
Reações
19.353
Pontos
599
o que conta é família, se for pra ficar sozinho o cara pode nao aguentar, mas se tem familia proxima la, de primeiro grau, principalmente pais, pode ir que é sucesso!!!
 

BillieGDJoe

Supra-sumo
Mensagens
954
Reações
1.498
Pontos
183
Tudo bem que cidadania italiana abre portas para outros países na Europa, mas é bom lembrar que os italianos são considerados os brasileiros da Europa, então já dá pra ter uma base. Se fosse alemã eu nem falaria nada. Enfim, como já falaram isso é muito pessoal. O Brasil, por incrível que pareça tem muita coisa boa sim, é só saber olhar. Tenho colegas de trabalho que foram morar na Polônia e aparentemente estão bem. Mas analisando, é uma mudança muito radical. Eu não me sentiria bem em um lugar que é gelado quase o ano todo, que o sol aparece por 3 horas por dia, etc. O estilo de vida e a cultura também é muito diferente, sem contar a língua. Tem que pesar muito bem os prós e contras, mas se você está bem aqui é difícil valer a pena a troca, talvez seja o caso de ir ficar um tempo e voltar, só pela experiência.
 

Snk-Brazil

Bam-bam-bam
Mensagens
2.792
Reações
1.629
Pontos
244
Tenho três cidadanias, me mudei para a Alemanha e não me arrependo de ter me mudado. Claro que me preparei para isso é ainda estou me adaptando mas com certeza foi a melhor decisão que tomei.
 

iporco

Bam-bam-bam
Mensagens
4.646
Reações
9.804
Pontos
303
familia, amigos, trabalho estavel, idioma... tudo isso pesa; n é so "fugir do brasil" pq aqui a segurança ta uma m**** (num certo lugar ae pode estar, rsrs)
 

k1llm4ster

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.167
Reações
10.994
Pontos
724
Tenho parentes na Europa, Evanil na França, Guilherme na Alemanha, Fred e Rafa na Italia, liniker em portugal, uns morando e outros estudando...
Exceto Guilherme e Liniker todos estão de saco cheio querendo voltar sem contar que a Rafa simplesmente odeia a Italia e a Evanil volta para o Brasil este ano com o Marido francês..

todo lugar tem suas mazelas e quando turistas temos a tendência de não ver..
se tu ta bem aqui, fica aqui... Brasil é ótimo pra quem tem uma condição financeira ok.
 

Jay191

Habitué da casa
Mensagens
223
Reações
153
Pontos
53
Eh uma decisao muito particular, mas o que vejo muitas pessoas fazendo eh cometendo o erro de comparar a vida que tem no Brasil com alguma vivencia turistica que teve no exterior ou a experiencia turistica de alguem proximo.

Ai tem essa ideia, de uma vida incrivel na Europa ou EUA, ou qualquer outra lugar. Sem de fato conhecer o dia dia do pais, leis, impostos, problemas, saude. Etc.
 

arqueiro182

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.890
Reações
42.425
Pontos
553
Eu tenho 3 amigos que tem dupla cidadania e nunca saíram daqui.

Penso que a maioria dos Brasileiros tem dupla-cidadania pra no caso do bicho pegar aqui vazar (tipo um Backup Plan) visto que na Europa atualmente emprego também não tá fácil.
 

Yskar

Habitué da casa
Mensagens
227
Reações
457
Pontos
98
familia, amigos, trabalho estavel, idioma... tudo isso pesa; n é so "fugir do brasil" pq aqui a segurança ta uma m**** (num certo lugar ae pode estar, rsrs)
Talvez a melhor solução seja mudar de estado, troquei Salvador/BA para Aracaju/SE e adoro viver aqui, muito sossegado e povo bem mais educado.
 

sebastiao coelho neto

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.920
Reações
31.340
Pontos
639
Você respondeu sua própria pergunta: Seria um erro? Dependendo da situação, não. No seu caso você tem uma boa qualidade de vida então não vale a pena ir pra Europa ficar em subempregos, mesmo que o medo da deportação não exista. Agora no seu caso eu começaria a investir num plano B no exterior. Supondo que ainda está na faculdade, eu estudaria outras línguas, investiria numa carreira em que haja possibilidade de emprego lá fora (descartaria de cara Direito e partiria para TI ou engenharia) e começaria a mandar currículos para multinacionais.
 

Cielo

Bam-bam-bam
Mensagens
9.778
Reações
15.909
Pontos
389
Se tá feliz fica, é natural do ser humano achar a grama do vizinho mais verde.
é isso que eu ia falar, fica aonde voce se sente bem e feliz, temos casos ai que são conhecidaços, o jogador de futebol Adriano por exemplo, o cara ganhava muito, jogador e tal e o cara curtia ficar na favela no RJ, cada um tem que procurar a sua verdade, tem um monte de gente que vai te chamar de burro e que isso e aquilo, mas ninguem sabe o que voce passa, ninguem sabe como vc vive, ninguem sabe quais são as tuas alegrias, quais são suas tristezas, então cada um é uma coisa.
 

Ryo_Hazuki(

Bam-bam-bam
Mensagens
2.995
Reações
5.061
Pontos
303
Tenho parentes na Itália mas nunca pensei seriamente em ver essa questão de cidadania..
 

leotrix14

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.412
Reações
12.792
Pontos
639
Sua condição financeira n importa quando vc pode tomar um tiro na testa em um assalto sempre que for sair de casa. Outra coisa, n tem essa de ganhar equivalente ou não, as coisas têm valores diferentes. O que interessa é o poder de compra.

Exemplo: Um br que ganha 2k por mês tem MUITO menos poder de compra que um cara que mora os EUA ganhando 1000 ~ 1200 dólares. E nem comece a fazer cálculo de conversão, nos EUA vc compra em dólar, não em real.

Minha intenção n é te ofender, mas acho que viver no BR tendo a oportunidade de FUGIR daqui é muita falta de noção da realidade.
Exatamente, poder de compra é oque realmente importa, pensa que aqui que com oque sobra de 6 meses trabalhados depois de pagar todas as contas você não compra um iphone de 4500 reais.
Lá fora você QUASE compra um iphone a cada mês após já pagar as contas que precisava.
 

Hiei_SS

Bam-bam-bam
Mensagens
7.418
Reações
7.277
Pontos
419
Eu não tenho oque reclamar da segurança aonde eu moro, aqui a criminalidade é bem baixa, não tem assalto, no máximo furtam coisa da sua casa. Interior de SC é vida :kluv
 

*ka

Bam-bam-bam
Mensagens
9.473
Reações
7.136
Pontos
394
Tenho cidadania portuguesa desde 2009 estou por aqui ainda. Eu já tenho dificuldade com relação a conseguir emprego por aqui, e penso que lá fora seria pior começando do 0, e hoje com 30 e alguns anos não sei se compensaria.
 

tiagobronson

We've adopted Satan!
VIP
Mensagens
9.612
Reações
27.940
Pontos
459
Se vc tem uma vida tranquila e estavel financeiramente no BR nem inventa moda.

Eu sai do BR em 2017, pq não aguentava mais viver quebrado e procurando emprego aí, qdo encontrava algum trampo era pra ganhar uma miséria e eu literalmente mandava o responsavel pela vaga tomar no cu.

Hj tou legal, trabalho numa multinacional aqui na Alemanha, não que goste daqui.. o clima, pessoas, lingua e comida é meio m****. Parte boa é que tenho dinheiro no bolso e posso entrar numa loja e comprar a porra que eu quiser (obiviamente excluindo lojas tipo Cartier, Vitton e etc) nunca tive essa segurança financeira no BR.

Outro ponto positivo é que a cada 2-3 meses vc pode pegar 1 semana e ir conhecer algum país novo, vai dar um rolé num canto diferente e tal.

Se vc não sabe lidar com solidão e viver longe da família deixa quieto, eu cheguei sem conhecer uma alma na cidade onde vivo hj, não foi fácil.. hj tenho umas amizades e tal, mas não é a mesma coisa.

Particularmente eu tenho um limite pra ficar aqui, 3-5 anos no máximo, se nada mudar (tipo não conseguir uma promoção e tal) eu vou me mexer pra ir pra algum outro canto. Voltar pro BR é uma opção, desde que eu tenha um cargo com salario compativel daqui (ou seja muuuito dificil).
 

fernandy

Bam-bam-bam
Mensagens
6.559
Reações
2.341
Pontos
479
acompanhando porque tbm estou na mesma situação, mas estamos lutando...
 
Topo