O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Steam Deck! [Nintendo Switch Killer?] [PREÇOS $$$] [+VIDEO DEMO]



Falk22

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
1.621
Reações
1.584
Pontos
203
O steamOS 3.0 do steamdeck é diferente só pra deixar claro.

A versão antiga(a do link e foi até 2.0) era baseada em debian com gnome, o novo é em arch linux com kde.
Não sabia disso, talvez quando sair liberem essa versão.
 

MFA Games

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
26.097
Reações
35.347
Pontos
574
O steamOS 3.0 do steamdeck é diferente só pra deixar claro.

A versão antiga(a do link e foi até 2.0) era baseada em debian com gnome, o novo é em arch linux com kde.
exato, eu já conhecia o lixo que era o SteamOS anterior em debian (um inferno até pra instalar, tendo que tirar os HDs todos senão ele formata tudo...) Tava querendo saber mesmo era do 3.0!
 

deraol

Bam-bam-bam
Mensagens
4.356
Reações
2.695
Pontos
374
exato, eu já conhecia o lixo que era o SteamOS anterior em debian (um inferno até pra instalar, tendo que tirar os HDs todos senão ele formata tudo...) Tava querendo saber mesmo era do 3.0!

Bem mais fácil de instalar que o Debian kkkk

Falando sério agora não consigo imaginar o que vai ser diferente em usar o Arch

Na verdade a Valve vai ter bem mais esforço já que o Arch atualiza direto e se não souber usar quebra fácil, será que vai ser parecido com o Manjaro que segura os updates?

E outra no final o que interessa é o Steam o Proton talvez também o Mesa e o Kernel, quem quiser fazer mais vai ter que correr atrás

Enviado de meu Mi 9 SE usando o Tapatalk
 

rodrigoxm49

Bam-bam-bam
Mensagens
2.818
Reações
2.466
Pontos
288
Nem ligo para essas pessoas, eu estou falando por mim.
Mal posso esperar para botar minhas mãos no Gabe Gear.
Ah, sim, mas o sucesso da plataforama vai passar pela compatibilidade. To aqui na torcida que esse Proton realmente tenha saido da água pro vinho em somente 1 ano. Tomara mesmo.
 


BTr

Bam-bam-bam
Mensagens
1.715
Reações
1.226
Pontos
214
O que eu tenho mais curiosidade e não vi ninguém comentando por aqui foi que o hardware do Steam deck é algo inédito ainda em PCs (APU "nextgen" DDR5 com RDNA2). Windows teria drivers pra isso já out of the Box?

Enviado de meu SM-G780G usando o Tapatalk
 

Passo's

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
29.773
Reações
29.482
Pontos
724
exato, eu já conhecia o lixo que era o SteamOS anterior em debian (um inferno até pra instalar, tendo que tirar os HDs todos senão ele formata tudo...) Tava querendo saber mesmo era do 3.0!
Olha jovem, se você conseguiu encontrar problemas numa distro debian eu recomendo passa 200km longe de um baseada em arch linux.
 

MFA Games

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
26.097
Reações
35.347
Pontos
574
Olha jovem, se você conseguiu encontrar problemas numa distro debian eu recomendo passa 200km longe de um baseada em arch linux.
O problema não é o debian, e sim o SteamOS! Mint é baseado em debian e funciona de boas!
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
30.542
Reações
46.303
Pontos
854
Esses jogos são todos online, não funcionam por conta do anti-cheat.
Questão performance é só procurar no youtube, muitos jogos são pareados a questão do fps.
Lembrando que isso ocorre somente com jogos que usam kernel anti-cheat. Eles não funcionam obviamente, porque eles instalam um programa no kernel do Windows e atua lá. É até considerado um malware, porque atuar em nível de kernel é muito perigoso em termos de segurança. Por isso não funciona no Linux, por conta das diferenças de kernel. Agora outros anticheats normais funcionam, jogos online como Warframe, Overwatch, etc, funcionam normalmente.

A Collabora, empresa por trás do Wine, está trabalhando em uma solução para isso:


Já procurei um tempo atrás. Diferença de performance da maioria dos jogos com esse Proton é brutal, é inviável. Coisa de 70FPS no Windows e 35/40 nesse Proton com quedas, crashes, tudo de ruim que se possa imaginar. Lembro de ter visto jogos muito específicos, que exigiram esforço de times, para melhorar a performance e ficar ou parecida ou melhor que do WIndows. Deve ter sido pelo ano passado que pesquisei. Duvido um pouco que em um ano tenha mudado tudo. E provavelmente, como Linux é uma comunidade de gente fanática, só vou ver coisas positivas, escondendo o máximo possível as negativas.

Eu só espero que seja tudo o contrário do que tá parecendo ser, porque mais uma bola fora seria devastador para esse futuro muito promissor que um console desse eventualmente tem.
Software opensource é uma coisa que você não pode se basear em experiências passadas, porque eles evoluem muito rápido. O código é aberto, tem muita gente trabalhando em cima, tanto que não existe só o Proton da Valve, existem forks onde as pessoas fazem modificações para jogos específicos.

Hoje em dia, a performance é praticamente o mesmo, a diferença ficou bem próxima. Esse vídeo aqui foi postando na sexta:


Aqui algumas comparações desse mesmo canal.

200668
200672200669200670

Será que esse SteamOS vai ser open, e vamos poder instalar no PC normal? porque eu gostei da interface nova e das novas funções que vão ter
Já existe um SteamOS com base em Arch, chamava GamerOS, mas mudaram o nome para ChimeraOS:

 

LucianoBraga

Operador de Marreta
Membro STAFF
Mensagens
42.332
Reações
151.716
Pontos
834
O que eu tenho mais curiosidade e não vi ninguém comentando por aqui foi que o hardware do Steam deck é algo inédito ainda em PCs (APU "nextgen" DDR5 com RDNA2). Windows teria drivers pra isso já out of the Box?

Enviado de meu SM-G780G usando o Tapatalk
Os drivers sempre saem antes do lançamento das placas.
 

FireMax

Habitué da casa
Mensagens
349
Reações
497
Pontos
83
Será que vai ter repositório oficial da Valve pro Arch family?

Enviado de meu ASUS_X00TDB usando o Tapatalk
 

Bud Spencer Ghost

Bam-bam-bam
Mensagens
4.318
Reações
7.710
Pontos
313
Será que vai ter repositório oficial da Valve pro Arch family?

Enviado de meu ASUS_X00TDB usando o Tapatalk
Tomara que tenha. Arch Linux é uma distro boa.

Ele pode concorrer com GPD Win eu acho. Roda Windows games via proton e temos Street Fighter V pra Linux nativo.

Ele vai rodar Yuzu, Ryujinx e Cemu(Esse último via Wine com certeza).
 

Nilmax3

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.440
Reações
24.985
Pontos
629
se um dia pegar acho que vou deixar com steamOS mesmo ja que tenho win no pc e steamOS ja vai estar todo no jeito pro modo portatil


tava puto com nenhum portatil que preste pra rodar saturn e agora vai :klol
 

robocrazy

Bam-bam-bam
Mensagens
2.570
Reações
5.695
Pontos
304
Do ponto de vista de alguém que sempre apreciou portátil, essa maquininha é realmente incrível e acho que vale demais pelo preço de cada uma de suas versões.
O que vejo positivo de cara:


- CPU decente, RAM bem robusta e GPU com o que a AMD tem de ponta, devidamente adaptada para realidade do bixo, claro, mas pela proposta, mais do que grande parte dos entusiastas poderiam esperar, ainda mais tendo 1280x800 como alvo. E com amadurecimento de tecnologias como FSR, VRS e um eventual DirectML(Windows, mas n é um problema no caso aqui), podem estender ainda mais as possibilidades. Acredito tbm que o suporte oficial por parte da Valve possa ser um diferencial crucial.


Isso tudo já é positivo pensando no futuro, e quando se olha pra tudo que ele já poderia entregar de cara, a coisa é mais incrível ainda, só de pensar que esse portátil seria capaz de rodar um dos AAA mais pesados da geração até momento, que é o Cyberpunk(que sim, tem lá seus problemas, mas que inegavelmente é lindo e que muito provavelmente pode indicar o que games AAA dos próximos anos podem requerer) é realmente de cair o queixo.


Pontos fracos:


- eMMC no modelo de entrada: Que talvez possa segurar a barra por um tempo, afinal até o presente momento não existe nenhum jogo que um HDD mecânico(que já é consideravelmente inferior aos eMMC recentes) minimamente decente não segure sem maiores problemas, mas no futuro com as tecnologias disponíveis, nunca se sabe; e já de cara a quantidade de armazenamento disponível poderia ser um problema. Boa noticia é que aparentemente esse emmc pode ser trocado por um ssd m.2, então, talvez nem seja um problema real afinal de contas, mas é algo que se deve prestar atenção.


- LCD IPS: Talvez dependendo da qualidade da tela n faça tanta diferença, mas eu realmente gostaria de ver uma versão OLED em um desses carinhas, OLED de qualidade é outro nível!Se der tudo como aposta a Valve, talvez alguma parceira possa vim com algo do tipo em um futuro próximo.


- Tamanho: portátil ele nem é tanto, mas se olhar pra ele como uma espécie de netbook(que é como eu vejo), talvez faça mais sentido.


Apesar de tudo, dificilmente terei uma belezinha como essa em mãos tão cedo, e mesmo com todas essas features demasiadamente interessantes pra jogos, são as possibilidades dele como PC portátil que me chamam mais atenção. Pra games, o local stream tem me atendido fantasticamente bem nesse sentido. Vou fazer um post sobre isso no tópico "Os consoles portáteis seguem vivos e fortes" e faço um edit no post aqui.
edit:
"
Continuo firme e forte nos portáteis, em especial o PSP, que jogo de tudo, desde os nativos aos inúmeros emuladores.

Tbm tenho um New 3ds e um VITA(sim, poderia usar mais o vita no lugar do PSP como meu principal, mas por conta do peso, bateria e d-pad, o PSP acaba me sendo mais conveniente), que andam meio abandonados aqui, mas pretendo voltar a jogar alguns jogos que eu deixei no backlog em breve.

Por curtir bastante portátil, considerei pegar um Switch, principalmente por conta do BotW, mas como o preço n estava muito amigável e com o mesmo já sendo totalmente destrinchado e melhorado por emuladores no PC, achei mais negócio simplesmente abandonar a ideia e jogar no PC mesmo. E devo dizer que pelos resultados foi uma decisão acertada por conta de todas as possibilidades extras que o PC proporciona. Mas pra quem curte exclusivamente portáteis, o switch sem duvidas é algo que sempre será lembrado, um verdadeiro monstrinho.

Também estou bem empolgado com o Steam Deck, mas mais por conta do potencial impacto que ele pode causar na indústria do que por conveniência direta, até pq duvido que eu consiga colocar as mãos em um desses no curto ou médio prazo. O que me serve de consolo é que eu tenho uma alternativa bem interessante a ele, que talvez possa funcionar para uma meia dúzia aí, já explico...

Costumo jogar portáteis mais dentro de casa do que fora, fora mesmo só levo o PSP pra jogar games mais arcades, principalmente em emuladores, motivo é a falta de concentração que eu tenho fora de casa por conta da correria do dia a dia e a paranoia de roubo. Neste estado, é simplesmente impossível e bem desconfortável admirar de forma devida: personagens, enredo, trilha sonora, gráficos e etc...

Explicado isto, o portátil que eu tenho mais usado no momento depois do meu PSP, curiosamente é o meu celular, um Moto X Force, mas não pra jogar algo nativo dele, e sim espelhar o meu PC através do app moonlight, que permite stream local para quem tem placa nvidia. E olha, devo dizer que foi uma das coisas mais surpreendente que vi nos últimos anos, pq eu já havia testado esse tipo de feature antes e era uma m**** total a latência, quase impraticável, já com o moonlight, acredito que pra quem tem hardware adequado, a latência possa ser algo parecido com a diferença de uma TV padrão para uma TV com modo baixa latência ativado, diria que menos ainda já que na maioria das vezes uso controle aqui, ou seja, pra maioria das pessoas, imperceptível, e para os mais sensíveis, totalmente tolerável e até mesmo esquecível na maioria dos jogos, e olha que o relato vem de uma pessoa que tem uma certa sensibilidade a isso e que joga alguns FPS online em monitor 144hz de baixa latência. E só reforçando o ponto, se muitos acham perfeitamente aceitável o gamestream por nuvem, o stream local tem tudo pra ser ainda mais estável(com hardware adequado, claro), afinal, menos interlocutores para se comunicar e menor distancia, logo, menos latência.

Bom, talvez alguns possam se perguntar ou até mesmo afirmar que é uma m**** jogar em cel por conta do touch e alternativas meio duvidosas ao controle, mas no caso aqui eu simplesmente sincronizo o meu DS4 no app e uso esse suporte aqui pra acoplar o cel:
Visualizar anexo 201232


Pra jogar deitado é GG

Dito isso, uma vez que só consigo me concentrar no lar, essa alternativa caiu como uma luva. Claro, existem contras: como um fucking PC ligado consumindo 200/250W média em games AAA no talo(no meu caso um tanto menos já que sempre faço underclock e não faço questão alguma de colocar jogos no talo ou de sempre estar jogando AAA pesados, mas ainda sim, é considerável), quando penso nisso é impossível não lembrar do GPD XD do Luciano Braga consumindo apenas 20/25W :klol Mas como tá tudo na tomada e eu iria gastar do mesmo jeito de frente ao monitor sem essa alternativa, whatever! ao menos agora tenho a opção de continuar a jogatina deitado, cagando ou em qualquer outro canto da casa :klingua

Enfim, talvez minha próxima aquisição do tipo(que vai demorar) possa ser um steam deck ou algum derivado da vida, mas mais por conta do fator laptop do que game portátil. E se for exclusivamente para jogar, talvez um eventual futuro aparelho da Nintendo, Sony, Microsoft ou de qualquer outra empresa de nome com o projeto minimamente convincente. Por hora os gadgets que eu tenho em mãos têm me servido muito bem, e para fins mais exigentes, o stream local tem se revelado algo realmente espetacular, sendo assim, não fico tão triste em saber que não poderei pôr as mãos em uma maravilhas como essa tão cedo!
"
Outra coisa que me anima muito, é que se tudo isso der certo, até quem está cagando para esse portátil tem muito a receber. Começando pelo próprio ecossistema da steam, que de forma resumida já ajudaria em coisa como: Proton e otimizações gerais para Linux; dev kit para melhor desenvolvimento, otimizações e ports pra PC; big picture ; otimizações e mitigações de dados para armazenamento; melhor compatibilidade com joystick; Features que possam vim a nascer com o deck e convenientes portadas para desktop e etc...



Do ponto de vista da indústria, a Nintendo pode sim ter que se mexer e de repente fazer um hardware minimamente decente, aliás, nem precisava ser decente ou ter a potencia de um deck, com o talento que ela tem pra desenvolver e otimizar jogos, só de implementar um DLSS da vida com a devida revisão de hardware já faria um belo de um estrago(se bem que conhecendo a peça, talvez ela nem tome conhecimento do Steam Deck e simplesmente lance um switch U tendo um vibrador como diferencial e f**a-se); Existe rumores que a Microsoft tbm poderia tbm entrar na brincadeira, e com o deck na área fazendo sucesso, não poderão fazer algo meia boa(ou pode né, vai saber); E quem sabe a própria Sony poderia animar e voltar pra esse mercado tbm, pois essa com certeza faz falta aqui.


Enfim, possibilidades e mais possibilidades, espero que tudo isso vingue no final das contas.
 
Ultima Edição:

rodrigoxm49

Bam-bam-bam
Mensagens
2.818
Reações
2.466
Pontos
288

Primeiros segundos ele já fala do giroscópio. Meu sonho é as pessoas perceberem a REVOLUÇÃO que é jogar assim.
 
Topo Fundo