O que há de Novo?


[Steam Killer] Loja de games da EPIC cobrará apenas 12% ao invés de 30% de cada venda

7 outros

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.528
Curtidas
54.828
Pontos
849
#1
Epic Launches Digital Games Store With 88 Percent Revenue Going To Developers
by IMRAN KHAN on Dec 04, 2018 at 09:00 AM


Epic Games, developer of titles like Fortnite, the first Gears of War trilogy, and Unreal Tournament, has announced the creation of a new digital PC store that hopes to compete with Steam by offering an unprecedented revenue split for developers.

The Epic Games Store is launching as a full-fledged game marketplace supporting all sorts of titles. The Fortnite developer hopes to incentivize developers to come over to the Epic Games Store by pushing the revenue split for software further than any platform holder has before, giving developers 88 percent of the revenues while keeping 12 percent for overhead. This is a big change considering the traditional industry standard for digital revenue split usually gives 30 percent to the store owner, whether it be Sony, Nintendo, Microsoft, Apple, Android, or Valve. Perhaps anticipating this move, Valve recently made adjustments to Steam's revenue model, but only above certain thresholds that most games won't hit.

“As a developer ourselves, we have always wanted a platform with great economics that connects us directly with our players,” Epic Games founder and CEO Tim Sweeney said in a press statement. “Thanks to the success of Fortnite, we now have this and are ready to share it with other developers.”

The absurd amount of money that Fortnite makes every day clearly allowed Epic to invest the money into making this more developer-friendly store. The company also made this change with its Unreal asset store earlier this year, again citing the massive profits from Fortnite as the reason they can afford a thinner profit off store purchases.

Another prong of Epic's developer-friendly approach is waiving all Unreal Engine royalty fees for revenue generated on the store. If a developer's game uses UE4, copies sold on Epic's store don't give a separate percentage to Epic, encouraging developers and publishers to direct their fans to the Epic Game Store and buy there. To get anywhere close to the same revenue split on Steam, a creator would have to make $50 million in revenue on Steam alone before getting to an 80/20 split, with engine fees still on top.



Despite Epic being the creators of the Unreal Engine, there's no limitations for what kind of games can appear on the store. Whether developers use Unity, GameMaker, or any other engine to make your games, Epic is willing to sell those titles under its umbrella.

In tandem with the store announcement, Epic also plans to launch a Support-A-Creator program, which connects developers to YouTubers, streamers, etc. These developers can share a percentage of their revenue with video producers who make content about their game, with Epic covering the jumpstart costs for the first five percent.

Epic plans to hand-curate its store, which might entice both developers and consumers away from competitors, especially with many expressing frustrations about the poor visibility for software in crowded marketplaces. How that looks in practice is still anyone's guess, but if executed correctly it could answer some complaints that have been boiling for years.

The Epic Game Store is launching soon and is being built out of Epic's current launcher. We got a chance to talk with Epic founder Tim Sweeney and ask him a few things about the store, including questions about DRM, how games are curated, and whether the store will be home to any exclusive games.


Fonte:
https://www.gameinformer.com/2018/1...e-with-88-percent-revenue-going-to-developers

Tradução do Google:
A Epic Games, desenvolvedora de títulos como Fortnite, a primeira trilogia Gears of War, e Unreal Tournament, anunciou a criação de uma nova loja de PCs digitais que espera competir com a Steam, oferecendo uma divisão de receita sem precedentes para os desenvolvedores.

A Epic Games Store está lançando como um mercado de jogos completo que suporta todos os tipos de títulos. O desenvolvedor da Fortnite espera incentivar os desenvolvedores a irem para a Epic Games Store empurrando a divisão de receita de software para mais do que qualquer outra plataforma antes, dando aos desenvolvedores 88 por cento das receitas e mantendo 12 por cento de despesas gerais. Esta é uma grande mudança, considerando que o padrão tradicional da indústria para divisão de receita digital geralmente dá 30 por cento para o dono da loja, seja Sony, Nintendo, Microsoft, Apple, Android ou Valve. Talvez antecipando esse movimento, a Valve recentemente fez ajustes no modelo de receita da Steam, mas apenas acima de certos limites que a maioria dos jogos não atingirá.

"Como desenvolvedores, sempre quisemos uma plataforma com grande economia que nos conecte diretamente com nossos jogadores", disse o fundador e CEO da Epic Games, Tim Sweeney, em comunicado à imprensa. "Graças ao sucesso da Fortnite, agora temos isso e estamos prontos para compartilhá-lo com outros desenvolvedores".

A quantidade absurda de dinheiro que a Fortnite faz todos os dias permitiu claramente que a Epic investisse o dinheiro para fazer essa loja mais amigável ao desenvolvedor. A empresa também fez essa mudança com sua loja de ativos Unreal no início deste ano, novamente citando os enormes lucros da Fortnite como a razão pela qual eles podem pagar um lucro menor das compras nas lojas.

Outro ponto da abordagem amigável da Epic é renunciar a todas as taxas de royalties da Unreal Engine pela receita gerada na loja. Se o jogo de um desenvolvedor usa o UE4, as cópias vendidas na loja da Epic não dão uma porcentagem separada para a Epic, incentivando desenvolvedores e editores a direcionar seus fãs para a Epic Game Store e comprar lá. Para chegar perto da mesma receita dividida no Steam, um criador teria que faturar US $ 50 milhões somente com a Steam antes de chegar a uma divisão 80/20, com as taxas de mecanismo ainda no topo.

Apesar da Epic ser a criadora do Unreal Engine, não há limitações para o tipo de jogos que podem aparecer na loja. Independentemente de os desenvolvedores usarem o Unity, o GameMaker ou qualquer outro mecanismo para criar seus jogos, a Epic está disposta a vender esses títulos sob o seu guarda-chuva.

Em conjunto com o anúncio da loja, a Epic também planeja lançar um programa Support-A-Creator, que conecta desenvolvedores a YouTubers, streamers, etc. Esses desenvolvedores podem compartilhar uma porcentagem de sua receita com produtores de vídeo que fazem conteúdo sobre seu jogo. Épico cobrindo os custos iniciais para os primeiros cinco por cento.

A Epic planeja administrar manualmente sua loja, o que pode atrair desenvolvedores e consumidores para longe dos concorrentes, especialmente com muitos expressando frustração sobre a baixa visibilidade do software em mercados lotados. Como isso parece na prática ainda é uma incógnita, mas se executado corretamente, pode responder a algumas queixas que estão fervendo há anos.

A Epic Game Store está sendo lançada em breve e está sendo construída a partir do lançador atual da Epic. Nós tivemos a chance de conversar com o fundador da Epic, Tim Sweeney, e perguntar a ele algumas coisas sobre a loja, incluindo perguntas sobre DRM, como os jogos são curados, e se a loja vai receber jogos exclusivos.








Acho que é a primeira vez que um concorrente tão agressivo aparece.
Todas lojas digitais (Nintendo, Steam, Sony, Apple, Google e etc) ficam com 30% do valor de cada venda, seja de jogos ou de DLC... e o diferencial dessa loja da Epic é que vão cobrar apenas 12%, aumentando a margem de lucro dos desenvolvedores em 18%.

Só isso já é motivo para todo mundo se interessar em publicar seu jogo na loja deles.

Vale lembrar que Fortnite tem uma base de jogadores absurda então se boa sorte desse pessoal tiver contato com essa loja a chance dos games terem boa exposição é bem grande, ainda mais que Fortnite é exclusivo da loja deles.

Steam tem mais chances de sobreviver um concorrente desses por causa dos exclusivos da plataforma (e consequentemente o Origin tambem) mas lojas que trabalham com multis tipo Humble Bundle, GOG e afins tão ferrados. Vai todo mundo sambar pra sobreviver nos próximos anos.
 


DocVooDoo

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
28.287
Curtidas
34.243
Pontos
739
#3
Steam tem mais chances de sobreviver um concorrente desses por causa dos exclusivos da plataforma (e consequentemente o Origin tambem) mas lojas que trabalham com multis tipo Humble Bundle, GOG e afins tão ferrados. Vai todo mundo sambar pra sobreviver nos próximos anos.
É uma estratégia agressiva, mas arriscada. Tudo vai depender também quanto as devs e jogadores vão aderir. Não adianta ter uma margem de lucro 18% maior se 90% das suas vendas estão na Steam.
No meu caso continuarei com a GOG por ser DRM free e eles se dedicarem a trazer os jogos antigos para rodar nas plataformas atuais.
 

7 outros

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.528
Curtidas
54.828
Pontos
849
#4
É uma estratégia agressiva, mas arriscada. Tudo vai depender também quanto as devs e jogadores vão aderir. Não adianta ter uma margem de lucro 18% maior se 90% das suas vendas estão na Steam.
No meu caso continuarei com a GOG por ser DRM free e eles se dedicarem a trazer os jogos antigos para rodar nas plataformas atuais.
Se for ver essa margem de 30% é dinheiro pra caralho que eles tiram né, acho até meio abusivo pq poderia muito bem ser uns 20%.
Um jogo que vende por 60$ são 18$ que ficam pra loja.
Um jogo que vende 100k a loja ganha quase 2 milhões de "graça" nessa brincadeira.

Mas acredito que nunca mexeram nessa taxa por causa das copias físicas que tambem tem uma margem dessas, se os jogos digitais ficassem muito mais baratos isso acabaria acidentalmente boicotando os jogos físicos e isso enfureceria os lojistas e afins.

Se a Epic vai botar 12% os outros vão precisar fazer isso tambem... os devs vão preferir focar em PC pq lá ganham mais do que nos consoles então as empresas de console teriam que baixar tambem, no fim seria o prego final nas midias físicas. Era o que faltava pra próxima geração ser 100% digital.
 
Ultima Edição:
Mensagens
9.100
Curtidas
14.388
Pontos
353
#6
A Epic inventou uma máquina de imprimir dinheiro que se chama Fortnite e agora não sabe com o que gastá-lo.:kkk

Achei uma ótima notícia, concorrência é sempre bom!

Se derem apoio principalmente as desenvolvedoras indies melhor ainda.

Lembrando que os dois melhores jogos que joguei esse ano são indies, Dead Cells e Hollow Night.
 


Mensagens
8.073
Curtidas
23.776
Pontos
353
#9
- Mais uma loja virtual para fragmentar cada vez mais a biblioteca de jogos do PC... oba!
Disse NENHUM PC Gamer.


Podem ter certeza de que, mais uma vez, o ciclo se repetirá:
1 - Nova loja virtual é anunciada.
2 - Os mesmos jornalistas tontos de sempre bradam aos 4 ventos que tal loja "desbancará o Steam".
3 - Ocorre o lançamento.
4 - O client é todo bugado e não oferece 1/10 das funcionalidades oferecidas pelo Steam.
5 - Na tentativa de atrair consumidores, a loja passa a comprar exclusividades.
6 - Os PC gamers ficam putos com os itens 4 e 5.
7 - A loja flopa e se torna basicamente uma vitrine para jogos da própria empresa.
8 - Gaben ri e coça a pança, enquanto conta $$.
 
Ultima Edição:

Vaynard

Mil pontos, LOL!
Mensagens
60.388
Curtidas
34.651
Pontos
1.014
#11
A plataforma tem que ser boa, mas a ideia é boa. A steam além de ser uma puta loja, tem uma interface muito boa, leve e amigável.

E com taxas menores, eventualmente, pra competir com a steam, de repente consegue lançar as vezes mais barato
 

ludex

Bam-bam-bam
Mensagens
7.949
Curtidas
3.844
Pontos
419
#12
Vamo esperar pra ver como vai ser na prática isso, antes de celebrar. Eles darem mais margem de lucro nao quer dizer que eles vao cobrar preços mais baixos dos jogos. A diferença de porcentagem é muito grande, entao com certeza tem alguma coisa aí na jogada que nao foi exposto ainda, cobrar quase 2/3 a menos que a concorrencia é muita coisa.
 

Passo's

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
25.225
Curtidas
19.289
Pontos
724
#13
O problema são os exclusivos.
Uma coisa é ter concorrência para cada um escolher a plataforma dele, outra é ser obrigado a ter várias

Steam
Origin
Uplay
GoG Galaxy
Epic Laucher
Battle.Net
Twitch
Discord
Windows Store
Oculus laucher
itch.io app
Rockstar Social Club
Até a bestheda resolveu colocar launcher na bomba deles lá do f76.
 
Mensagens
6.295
Curtidas
10.610
Pontos
353
#14
Isso é ótimo pois esses devs q só publicam lixo vão migrar pra lá, deixando o Steam mais limpo e com jogos de melhor qualidade, algo que estava caindo.

Não tem mágica, baixa o preço (no caso a comissão da loja) e isso vai atrair produtos de baixa margem de lucro e baixa qualidade.

No mais, não vou perder tempo pra começar uma nova conta e nova biblioteca, já estou muito velho pra isso, não dou conta nem do Steam e PSN.
 

7 outros

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.528
Curtidas
54.828
Pontos
849
#15
Valve recentemente mudou a cobrança (infelizmente beneficia só os grandes, se fosse o contrário seria lindo):

Steam just announced the new platform split that favors big titles:
First $10m: 70/30
$10m-$50m: 75/25
$50m+: 80/20
Parece uma medida pra não perder uns AAA, mas devia ser ao contrário para beneficiar os indies né?

Quanto menos vender menor a taxa que eles tiram de um jogo.
 

Johnzim

Bam-bam-bam
Mensagens
6.592
Curtidas
12.252
Pontos
369
#16
Depois que passei a usar o Discord, não deixo mais nenhum launcher aberto por default no PC. Se quero ver o que meus amigos tão jogando, só olhar no Discord.

Ou sejE, espero, principalmente, que esse lançamento da Epic faça o Gordão mexer as gorduras dele, já que tá rolando um comodismo monstro por parte do Steam/Valve.

Enviado de meu SM-G950F usando o Tapatalk
 
Ultima Edição:

toad02

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
33.911
Curtidas
45.664
Pontos
959
#18
Isso é ótimo pois esses devs q só publicam lixo vão migrar pra lá, deixando o Steam mais limpo e com jogos de melhor qualidade, algo que estava caindo.

Não tem mágica, baixa o preço (no caso a comissão da loja) e isso vai atrair produtos de baixa margem de lucro e baixa qualidade.

No mais, não vou perder tempo pra começar uma nova conta e nova biblioteca, já estou muito velho pra isso, não dou conta nem do Steam e PSN.
Na verdade é o contrário porque ja foi anunciado que a loja da epic vai ter curadoria, portanto os jogos de baixa qualidade vao continuar no steam / game jolt / itch.io
 

ptsousa

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
45.861
Curtidas
122.400
Pontos
814
#19
Concorrência sempre é e sempre será uma boa notícia.

Agora, se vai vingar ou não, é outra história. O incentivo aos devs é interessante mas o que vai selar o destino são os incentivos ao consumidor.

Como Steam está bem enraizado já, tem que oferecer no mínimo mais features do que o gordão oferece. E mesmo assim não é garantido, vide Whatsapp vs Telegram.
 

toad02

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
33.911
Curtidas
45.664
Pontos
959
#21
Recentemente a Valve mudou algumas coisas que prejudicaram os indies, que estão bem revoltados com essa situação. E não é de hoje as reclamações quanto a Steam.
Epic está de olho nisso. Espero que dê certo, Valve esta precisando levar uns tapas na cara.
Eles até emitiram um comunicado hoje sobre isso:
https://steamcommunity.com/groups/steamworks#announcements/detail/1697191267955776539

O gordão tá ficando queimado na rodinha.
Primeiro a falha dos cartoes de creditos, depois a gafe das divisoes de lucro e agora isso.
 
Ultima Edição:
Mensagens
6.295
Curtidas
10.610
Pontos
353
#22
Gordão viu que quantidade não dá retorno financeiro, por isso vai dar preferência para jogos que vendem.
nada de errado nisso.
o indie quando é bem feito e bem divulgado não passa despercebido na comunidade e na mídia.

itch.io tá aí de prova que ninguém dá a mínima pra essas lojas, nem jogadores nem os próprios indies.
plataforma totalmente gratuita, que o dev paga se quiser, se não quiser pode usar sem pagar comissão.
 

toad02

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
33.911
Curtidas
45.664
Pontos
959
#23
Gordão viu que quantidade não dá retorno financeiro, por isso vai dar preferência para jogos que vendem.
nada de errado nisso.
o indie quando é bem feito e bem divulgado não passa despercebido na comunidade e na mídia.

itch.io tá aí de prova que ninguém dá a mínima pra essas lojas, nem jogadores nem os próprios indies.
plataforma totalmente gratuita, que o dev paga se quiser, se não quiser pode usar sem pagar comissão.
O algoritmo do steam ja favorece jogos que vendem mais. Isso é, na verdade, parte do problema: o bug causou um efeito cascata nos jogos que tiveram a visibilidade afetada e que perdura mesmo depois da correção.

Alguns dizem que isso foi intencional. Pessoalmente eu duvido porque o esperado de uma empresa do tamanho da Valve é que usariam algum tipo de teste A/B ao invés de simplesmente mudar o algoritmo direto, mas se foi intencional mesmo, foi cagada feia. Tanto que isso implicaria que ela fez a mudança e depois voltou atrás.
 
Mensagens
1.817
Curtidas
2.369
Pontos
294
#30
A Steam não vai perder a predominância que tem. O mercado de jogos digitais já está consolidado. O que vai rolar de mudar é só uma disrupção (tipo jogos por assinatura ou streaming).
 
Mensagens
1.773
Curtidas
2.700
Pontos
304
#31
É uma estratégia agressiva, mas arriscada. Tudo vai depender também quanto as devs e jogadores vão aderir. Não adianta ter uma margem de lucro 18% maior se 90% das suas vendas estão na Steam.
No meu caso continuarei com a GOG por ser DRM free e eles se dedicarem a trazer os jogos antigos para rodar nas plataformas atuais.
Entrei com GoG na mão. Quanto será a porcentagem deles?

Enviado de meu Mi A2 Lite usando o Tapatalk
 

toad02

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
33.911
Curtidas
45.664
Pontos
959
#32
Entrei com GoG na mão. Quanto será a porcentagem deles?

Enviado de meu Mi A2 Lite usando o Tapatalk
O gog fecha acordos diferentes por cada jogo e não divulga os valores, mas assume-se que a média é 30%.

Por curiosidade:

Steam 30%
Windows Store 30%
AppStore 30%
Humble Store 10% (5 pro humble e 5 pra uma caridade)
Itch.io quanto o dev quiser, pode ser 0

Eu sempre prefiro comprar do gog por ser DRM free ou do itch/Humble por dar mais pros devs.
 
Mensagens
2.506
Curtidas
1.594
Pontos
254
#33
O gog fecha acordos diferentes por cada jogo e não divulga os valores, mas assume-se que a média é 30%.

Por curiosidade:

Steam 30%
Windows Store 30%
AppStore 30%
Humble Store 10% (5 pro humble e 5 pra uma caridade)
Itch.io quanto o dev quiser, pode ser 0

Eu sempre prefiro comprar do gog por ser DRM free ou do itch/Humble por dar mais pros devs.
Verdade... fui feliz com os bundles do Humble!!! E espero q a Humble continue fazendo assim pra valorizar nao soh a Humble, mas a desenvolvedoras, os jogos e... eh claro, em grande importância, a caridade para um bem maior!!
 

nominedomine

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.918
Curtidas
24.015
Pontos
554
#34
Manjaram, geral já tem o launcher deles instalado por causa de Fortnite e por causa da Unreal.

Quero mais que a Valve se foda, quem sabe assim voltam a fazer jogos.
 


Topo