O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


TÓPICO OFICIAL DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA JAIR MESSIAS BOLSONARO

Qual será a moeda nova agora com Bolsonaro?

  • BOLSOS

  • MITOS

  • PITÚS

  • BOLSONAROS

  • TALKEIS

  • NIÓBIOS

  • HELENÕES

  • COISOS

  • JAIRES

  • BONOROS


Results are only viewable after voting.


Malaquias Duro

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.767
Reações
44.958
Pontos
553
O governo federal vai destinar mais recursos para unidades básicas de saúde que estenderem o horário de atendimento ao público.


Mas ainda haverá gente saudosa de injetar dinheiro na ditadura cubana e assim reclamar dos caminhos percorridos pelo Bolsonaro para levar mais saúde ao povo brasileiro.
Por outro lado tem que der 3x mais fiscalizado.

Saúde é um mar de profissional corrupto. Capaz de ampliarem os horários sem a devida contraprestação. Médico é muito corporativista. Não deixam fiscalizar mesmo.
 

Darkx1

Bam-bam-bam
Mensagens
9.901
Reações
22.175
Pontos
344
Até o atual pinaculo do humor sem ofensa, que é o choque de cultura, ofende.
É altamente preconceituosa com os motoristas de trasporte alternativo, os tratando como um bando de ignorantes, completamente boçais.
E é exatamente por isso, que fizeram algum sucesso
Se ve o passado de alguns deles fica ainda mais evidente, o ator que faz o Renan fazia o Amadafoca que é tudo, menos um canal politicamente correto(e hoje é comandado por um grupo de "comediantes" literalmente de esquerda, com criticas rasas que fazem o Porta dos Fundos parecer o Hipócritas).

Esse negócio de rir do opressor que alguns usam é pura balela. Tai a Tatá Werneck, abriram o precedente com o Gentili e vai começar a caça as bruxas.
 

constatine

Bam-bam-bam
Mensagens
3.891
Reações
18.456
Pontos
294
Freixo “ensina” estratégia anti-Bolsonaro para calouros de Universidade Federal
69855


Diante de um público jovem, em sua grande maioria entre 18 e 21 anos e, predominantemente, branco, o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) apresentou estratégias para combater o atual governo federal e para brecar a reforma da previdência, na tarde da última sexta-feira (5), na porta da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O encontro, atividade integrante das Calouradas 2019, foi promovido pelo Coletivo RUA- Juventude Anticapitalista, que se diz lutar “por uma sociedade livre da exploração, do machismo, racismo e do preconceito anti-LGTBs ”. E estava previsto para ser realizado no auditório da instituição. Mas, na quinta-feira (4), a faculdade recebeu a visita do Ministério Público notificando que a realização do ato configuraria ato de improbidade administrativa. Por isso, o evento aconteceu na porta de entrada contando com aproximadamente 90 jovens estudantes recém ingressos na vida universitária.

Antes da chegada do deputado do PSOL, panfletos foram distribuídos explicando as finalidades do movimento estudantil que usa o bordão: “Juventude nas ruas contra a direita”. O encontro foi aberto por membros do RUA, entre eles Wesley Priscilia, pastor e estudante que lidera a Frente dos Evangélicos pelo Estado Democrático de Direito. Ele explicou a necessidade de “mudanças na linguagem” para recuperar o apoio que a esquerda perdeu nas últimas eleições. Também salientou a importância das pequenas igrejas instauradas nas comunidades pobres para a conscientização politica contra o governo.

A fala de Marcelo Freixo durou aproximadamente 20 minutos. O deputado afirmou que o governo de Bolsonaro instaurou o medo e que, embora se declare “ antissistêmico”, colaborou para a destruição do Estado, já que “sempre apoiou Cabral, Pezão e Eduardo Paes”. Freixo não falou, ou talvez esqueceu, o apoio que o PT e a esquerda proporcionou ao MDB no Rio de Janeiro na última década.

O psolista ressaltou ainda: “O PSL não vai nos calar.” Ao referir-se ao deputado Carlos Jordy (PSL-RJ), responsável por solicitar ao Ministério Público a suspensão do ato dentro da universidade. “Não consegue fazer nada e precisa desse tipo de aberração política”, disse. Já ao propor a autocrítica da esquerda, que, segundo ele, permitiu brechas para a eleição de presidente do candidato do PSL, afirmou: “Bolsonaro representa o esgoto do sistema, as piores práticas.”

O deputado afirmou aos calouros que adotou como estratégia de atuação parlamentar participar da Comissão de Segurança Pública com o objetivo de discutir direitos humanos naquela instância e, assim, combater a política bolsonarista. "Matar, prender e superlotar e privatizar os presídios”, disse Freixo ao descrever o que considera o projeto Anticrime levada a cabo pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Por fim, expôs aos jovens presentes seu ponto de vista sobre a Reforma da Previdência, que seria uma péssima lógica de Estado Mínimo, com o objetivo de impedir que as pessoas se aposentem com dignidade. Chamou os jovens a “apropriar-se do debate da previdência para ir a rua, para sentar num banco da esquina, para chamar as pessoas na porta do hospital, na Central do Brasil...” Propôs resumir em dez pontos didáticos os supostos "malefícios" da reforma da previdência a fim de explicar para as pessoas simples o projeto que denominou como “crime bárbaro.” Freixo criticou a mera “lacração da esquerda” e exigiu um projeto :"Não podemos ser infantis perante o fascismo”, afirmou a certa altura.

O ato também teve a participação da deputada estadual recém-eleita pelo PSOL Dani Monteiro e da cantora Bia Ferreira, que entoou o que chamou de hino de resistência que dizia no final: “Vamos derrubar esse governo.” Todos ressaltaram que o próximo ato deve ocorrer dentro da universidade.
https://www.gazetadopovo.com.br/educacao/freixo-ensina-estrategia-anti-bolsonaro-para-calouros-de-universidade-federal
 

constatine

Bam-bam-bam
Mensagens
3.891
Reações
18.456
Pontos
294
Confiança no trabalho do STF aumenta em 2019, diz pesquisa

Levantamento mostra que 64% dos entrevistados "confiam muito" ou pelo menos "confiam um pouco" no trabalho dos ministros do Supremo
69857

O brasileiro está mais confiante no trabalho dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). É o que aponta um levantamento divulgado pelo Instituto Datafolha divulgado na sexta-feira (12).

De acordo com a pesquisa, o Supremo ganhou mais confiança da população em 2019: 64% dos entrevistados afirmaram que "confiam muito" (18%) ou pelo menos "confiam um pouco" (46%) no trabalho dos ministros. Em junho do ano passado, esse número era de 57% - um aumento de sete pontos percentuais.

A rejeição em relação aos trabalhos do STF também diminuiu em comparação ao último estudo, realizado em junho de 2018, indo de 39% para 31%.

O Instituto Datafolha ouviu 2.086 pessoas nos dias 2 e 3 de abril em 130 municípios de todo o Brasil. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

https://noticias.r7.com/brasil/confianca-no-trabalho-do-stf-aumenta-em-2019-diz-pesquisa-13042019
:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk





Deputado do PSL quer classificar carros como “domicílio” para autorizar porte de arma nos veículos
69856
Um projeto de lei do deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS), protocolado na Câmara na semana passada, propõe liberar o porte de armas "em veículos de passeio ou comerciais". A autorização seria dada àqueles que já têm armas legalmente registradas, com direito à posse dentro de casa.

Na justificativa do texto, o parlamentar pede que os carros sejam considerados domicílio, já que automóveis também seriam "locais em que o proprietário poderá estar sujeito a agressões atuais ou potenciais e que poderão exigir defesa com o emprego de arma de fogo".



"Muitas pessoas passam horas e horas dentro do carro. E o carro é um bem visível e de alto interesse para os assaltantes. Então nada mais justo do que o cidadão também estar com a arma no seu carro, onde poderá se defender. O uso seria restrito dentro do carro", disse o parlamentar ao Congresso em Foco. A ideia desta proposta, segundo Bibo Nunes, partiu de um delegado da Polícia Federal (PF).

Assinado pelo presidente Bolsonaro em janeiro, o decreto das armas eliminou restrições para compra e posse (manutenção dentro de casa), mas não flexibilizou o porte, que é a autorização para carregar a arma consigo.

Deputados da frente da segurança pública, a chamada bancada da bala, têm a intenção de afrouxar também as regras do porte, mas a pauta ainda não caminhou este ano no Congresso. Se aprovado, o projeto de Bibo Nunes seria uma extensão do benefício aos que atualmente só podem manter armas na residência.

O congressista, que fez carreira como apresentador de TV em Porto Alegre, foi eleito no ano passado com 91 mil votos para seu primeiro mandato. No final de fevereiro, Nunes fez um pronunciamento acusando o ex-ministro da Secretaria-geral da Presidência, Gustavo Bebianno, de tê-lo ameaçado de expulsão do PSL durante as eleições do ano passado. O discurso ocorreu um dia após Bebianno ter sido exonerado do governo Bolsonaro.

"Eu liguei para ele [Bebianno] denunciando que a presidente [do PSL] no estado do Rio Grande do Sul estava se portando de maneira indigna, que Não era dentro das regras do PSL. Ele me disse o seguinte: que se eu não parasse de criticar a presidente do PSL, eu não seria nem candidato, ou expulso do partido", acusou o parlamentar. Veja o vídeo:

https://congressoemfoco.uol.com.br/seguranca-publica/deputado-do-psl-quer-classificar-carros-como-domicilio-para-autorizar-porte-de-arma-nos-veiculos
 

lucas789

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.580
Reações
48.943
Pontos
554
Confiança no trabalho do STF aumenta em 2019, diz pesquisa

Levantamento mostra que 64% dos entrevistados "confiam muito" ou pelo menos "confiam um pouco" no trabalho dos ministros do Supremo
Visualizar anexo 69857

O brasileiro está mais confiante no trabalho dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). É o que aponta um levantamento divulgado pelo Instituto Datafolha divulgado na sexta-feira (12).

De acordo com a pesquisa, o Supremo ganhou mais confiança da população em 2019: 64% dos entrevistados afirmaram que "confiam muito" (18%) ou pelo menos "confiam um pouco" (46%) no trabalho dos ministros. Em junho do ano passado, esse número era de 57% - um aumento de sete pontos percentuais.

A rejeição em relação aos trabalhos do STF também diminuiu em comparação ao último estudo, realizado em junho de 2018, indo de 39% para 31%.

O Instituto Datafolha ouviu 2.086 pessoas nos dias 2 e 3 de abril em 130 municípios de todo o Brasil. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

https://noticias.r7.com/brasil/confianca-no-trabalho-do-stf-aumenta-em-2019-diz-pesquisa-13042019
:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk





Deputado do PSL quer classificar carros como “domicílio” para autorizar porte de arma nos veículos
Visualizar anexo 69856
Um projeto de lei do deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS), protocolado na Câmara na semana passada, propõe liberar o porte de armas "em veículos de passeio ou comerciais". A autorização seria dada àqueles que já têm armas legalmente registradas, com direito à posse dentro de casa.

Na justificativa do texto, o parlamentar pede que os carros sejam considerados domicílio, já que automóveis também seriam "locais em que o proprietário poderá estar sujeito a agressões atuais ou potenciais e que poderão exigir defesa com o emprego de arma de fogo".



"Muitas pessoas passam horas e horas dentro do carro. E o carro é um bem visível e de alto interesse para os assaltantes. Então nada mais justo do que o cidadão também estar com a arma no seu carro, onde poderá se defender. O uso seria restrito dentro do carro", disse o parlamentar ao Congresso em Foco. A ideia desta proposta, segundo Bibo Nunes, partiu de um delegado da Polícia Federal (PF).

Assinado pelo presidente Bolsonaro em janeiro, o decreto das armas eliminou restrições para compra e posse (manutenção dentro de casa), mas não flexibilizou o porte, que é a autorização para carregar a arma consigo.

Deputados da frente da segurança pública, a chamada bancada da bala, têm a intenção de afrouxar também as regras do porte, mas a pauta ainda não caminhou este ano no Congresso. Se aprovado, o projeto de Bibo Nunes seria uma extensão do benefício aos que atualmente só podem manter armas na residência.

O congressista, que fez carreira como apresentador de TV em Porto Alegre, foi eleito no ano passado com 91 mil votos para seu primeiro mandato. No final de fevereiro, Nunes fez um pronunciamento acusando o ex-ministro da Secretaria-geral da Presidência, Gustavo Bebianno, de tê-lo ameaçado de expulsão do PSL durante as eleições do ano passado. O discurso ocorreu um dia após Bebianno ter sido exonerado do governo Bolsonaro.

"Eu liguei para ele [Bebianno] denunciando que a presidente [do PSL] no estado do Rio Grande do Sul estava se portando de maneira indigna, que Não era dentro das regras do PSL. Ele me disse o seguinte: que se eu não parasse de criticar a presidente do PSL, eu não seria nem candidato, ou expulso do partido", acusou o parlamentar. Veja o vídeo:

https://congressoemfoco.uol.com.br/seguranca-publica/deputado-do-psl-quer-classificar-carros-como-domicilio-para-autorizar-porte-de-arma-nos-veiculos
Pra mim metade da população não confia no STF, já a outra metade não o conhece e nem sabe que ele existe
 


TyraelGaara_Lucas

Bam-bam-bam
Mensagens
12.455
Reações
759
Pontos
344
Freixo “ensina” estratégia anti-Bolsonaro para calouros de Universidade Federal
Visualizar anexo 69855


Diante de um público jovem, em sua grande maioria entre 18 e 21 anos e, predominantemente, branco, o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) apresentou estratégias para combater o atual governo federal e para brecar a reforma da previdência, na tarde da última sexta-feira (5), na porta da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O encontro, atividade integrante das Calouradas 2019, foi promovido pelo Coletivo RUA- Juventude Anticapitalista, que se diz lutar “por uma sociedade livre da exploração, do machismo, racismo e do preconceito anti-LGTBs ”. E estava previsto para ser realizado no auditório da instituição. Mas, na quinta-feira (4), a faculdade recebeu a visita do Ministério Público notificando que a realização do ato configuraria ato de improbidade administrativa. Por isso, o evento aconteceu na porta de entrada contando com aproximadamente 90 jovens estudantes recém ingressos na vida universitária.

Antes da chegada do deputado do PSOL, panfletos foram distribuídos explicando as finalidades do movimento estudantil que usa o bordão: “Juventude nas ruas contra a direita”. O encontro foi aberto por membros do RUA, entre eles Wesley Priscilia, pastor e estudante que lidera a Frente dos Evangélicos pelo Estado Democrático de Direito. Ele explicou a necessidade de “mudanças na linguagem” para recuperar o apoio que a esquerda perdeu nas últimas eleições. Também salientou a importância das pequenas igrejas instauradas nas comunidades pobres para a conscientização politica contra o governo.

A fala de Marcelo Freixo durou aproximadamente 20 minutos. O deputado afirmou que o governo de Bolsonaro instaurou o medo e que, embora se declare “ antissistêmico”, colaborou para a destruição do Estado, já que “sempre apoiou Cabral, Pezão e Eduardo Paes”. Freixo não falou, ou talvez esqueceu, o apoio que o PT e a esquerda proporcionou ao MDB no Rio de Janeiro na última década.

O psolista ressaltou ainda: “O PSL não vai nos calar.” Ao referir-se ao deputado Carlos Jordy (PSL-RJ), responsável por solicitar ao Ministério Público a suspensão do ato dentro da universidade. “Não consegue fazer nada e precisa desse tipo de aberração política”, disse. Já ao propor a autocrítica da esquerda, que, segundo ele, permitiu brechas para a eleição de presidente do candidato do PSL, afirmou: “Bolsonaro representa o esgoto do sistema, as piores práticas.”

O deputado afirmou aos calouros que adotou como estratégia de atuação parlamentar participar da Comissão de Segurança Pública com o objetivo de discutir direitos humanos naquela instância e, assim, combater a política bolsonarista. "Matar, prender e superlotar e privatizar os presídios”, disse Freixo ao descrever o que considera o projeto Anticrime levada a cabo pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Por fim, expôs aos jovens presentes seu ponto de vista sobre a Reforma da Previdência, que seria uma péssima lógica de Estado Mínimo, com o objetivo de impedir que as pessoas se aposentem com dignidade. Chamou os jovens a “apropriar-se do debate da previdência para ir a rua, para sentar num banco da esquina, para chamar as pessoas na porta do hospital, na Central do Brasil...” Propôs resumir em dez pontos didáticos os supostos "malefícios" da reforma da previdência a fim de explicar para as pessoas simples o projeto que denominou como “crime bárbaro.” Freixo criticou a mera “lacração da esquerda” e exigiu um projeto :"Não podemos ser infantis perante o fascismo”, afirmou a certa altura.

O ato também teve a participação da deputada estadual recém-eleita pelo PSOL Dani Monteiro e da cantora Bia Ferreira, que entoou o que chamou de hino de resistência que dizia no final: “Vamos derrubar esse governo.” Todos ressaltaram que o próximo ato deve ocorrer dentro da universidade.
https://www.gazetadopovo.com.br/educacao/freixo-ensina-estrategia-anti-bolsonaro-para-calouros-de-universidade-federal
É isso que o pessoal da direita delirante deveria estar fazendo...Esses dias indo para o trabalho me deparei com um militante usando um megafone na esquina do Shopping, falando asneiras sobre a reforma de previdência.
É surreal.
 

Doydis

Bam-bam-bam
Mensagens
5.139
Reações
3.716
Pontos
394
engraçado que ele sabe esse dado correto, garanto 100%. Até dá pra imaginar que ele fala isso pra causar nas faculdades msm

Edit: MAS com grafeno é só a mackenzie que faz msm, e como grafeno é o que vai levantar o brasil dá pra entender pq ele só se importa com a pesquisa privada xD
Foi pra provocar mesmo. Ele mesmo disse que não consegue chegar perto das universidades federais sem ficar ouvindo gracinhas do tipo: "fascistas, racistas, não passarão!" ou "Lula livre" e etc.

Foi provocação do Bolsonaro raiz. :klol
 
Reações: PVC

Zefiris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.088
Reações
34.137
Pontos
664
O fluxo de noticias no Antagonista, ou mesmo de um Infomoney da vida, meio que insinua que estão tentando induzir uma gangorra emocional nos seus eleitores. E, na sequência, no mercado de ações.

Entre os altos e baixos noticiados por eles, continuo achando que a previdência passa pelo Congresso, e com pouca desidratação.
 

♈he Øne

Bam-bam-bam
Mensagens
2.500
Reações
7.902
Pontos
303
O fluxo de noticias no Antagonista, ou mesmo de um Infomoney da vida, meio que insinua que estão tentando induzir uma gangorra emocional nos seus eleitores. E, na sequência, no mercado de ações.

Entre os altos e baixos noticiados por eles, continuo achando que a previdência passa pelo Congresso, e com pouca desidratação.
Faz parte. Principalmente o antagonista, pois os donos são a empiricus. Ai eles causam um caos e depois fazem carinho.
 

Mega_X

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.754
Reações
24.581
Pontos
654
Você vê o momento em que começa a tocar Mad World na cabeça do Humberto Costa. Alias, eu odeio esse cara com todas as minhas forças e mais um pouco, tudo nesse filho da puta me irrita, o nome, a voz, o sotaque, essa cara de pau no cu, tudo.
Ele nem responde pq não tem nem o que falar, é alog mágico esse momento hehe
 

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.012
Reações
25.650
Pontos
553
Você vê o momento em que começa a tocar Mad World na cabeça do Humberto Costa. Alias, eu odeio esse cara com todas as minhas forças e mais um pouco, tudo nesse filho da puta me irrita, o nome, a voz, o sotaque, essa cara de pau no cu, tudo.
Também odeio ele, tive o desprazer de trabalhar no MS quando ele foi ministro na época.

Enviado de pornland
 

Mustafa90

Bam-bam-bam
Mensagens
1.666
Reações
3.608
Pontos
303

O homem não para.

Enqt isso na mídia esquerdista...


No caso do porto de Paranaguá o Bolsonaro tá indo só na onda. Uma das únicas coisas que o Richa fez de bom para o estado, foi a modernização de Paranaguá. O porto ficou um absurdo, tudo do mais moderno, pude estar visitando, e o plano é aumentar ainda mais, fazendo várias docas em alto mar, possibilitando a vinda de navios ainda maiores.
 

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.012
Reações
25.650
Pontos
553
Conte-nos mais.

Enviado de meu MotoG3 usando o Tapatalk
Não tem muita coisa: entrei em 2005 no MS e saí em 2010. Na época ele era ministro e ficou acobertando aquele escândalo das ambulâncias e quando a bomba estourou deu uma de João sem braço e se safou é lógico.

Enviado de pornland
 

_alef_

Bam-bam-bam
Mensagens
8.296
Reações
8.012
Pontos
353

Ronin Ogun

Bam-bam-bam
Mensagens
8.622
Reações
5.957
Pontos
464

Ronin Ogun

Bam-bam-bam
Mensagens
8.622
Reações
5.957
Pontos
464

_alef_

Bam-bam-bam
Mensagens
8.296
Reações
8.012
Pontos
353
Em relação a 2018, o crescimento do faturamento publicitário da Record junto à Secom no primeiro trimestre de 2019 foi de 659%, valor já considerando a variação da inflação no período.

Edirzão voando alto.

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/04/15/gastos-publicidade-governo-bolsonaro-crescem-r-755-mi-record-lidera.htm?cmpid=copiaecola&fbclid=IwAR3V8AdjAdhk8kHv4ZAP9QNLVQIW1YfVvXvNOI5ax6jXm7I3QcRlpE1rvN0

gestão pra nenhum Bill Gates botar defeito
 

Mega_X

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.754
Reações
24.581
Pontos
654
O PIB só caindo.
É bom o Jair já esteja planejando.


Isto que deixa o povo puto da vida.
Enquanto temos um monte de reforma pra fazer, o fdp fica dando passaporte. Vai se foder.
Cara Lula e Dilma davam passaporte diplomático a rodo para a difusão esquerdistas no mundo, parecia papai noel jogando bala pra crianças.

Quanto a queda do PIB, o índice atual é medido com base nos anos passados do governo petista, só vamos ter a realmente situação do governo Bolsonaro no ano que vem.
 

rbregalda

Bam-bam-bam
Mensagens
7.770
Reações
8.043
Pontos
434
Cara Lula e Dilma davam passaporte diplomático a rodo para a difusão esquerdistas no mundo, parecia papai noel jogando bala pra crianças.

Quanto a queda do PIB, o índice atual é medido com base nos anos passados do governo petista, só vamos ter a realmente situação do governo Bolsonaro no ano que vem.
a previsão do pib pra este ano e ano que vem estão caindo. enquanto guedes tenta fazer a coisa andar, o bolsonaro fica dando as caneladas... complica...
 

_alef_

Bam-bam-bam
Mensagens
8.296
Reações
8.012
Pontos
353
Cara Lula e Dilma davam passaporte diplomático a rodo para a difusão esquerdistas no mundo, parecia papel jogando bala pra crianças.

Quanto a queda do PIB, o índice atual é medido com base nos anos passados do governo petista, só vamos ter a realmente situação do governo Bolsonaro no ano que vem.
Lula tá preso
Dilmãe tá passando vergonha em Portugal.
Estamos em 2019, nosso ministro é o mister power Paulinho e nosso presida é o Jair. Por mim ele de passaporte até pro Gugu, mas que ponha o país no eixo.
Acabou PT, esquece essa porra. Agora é Jairizinho e companhia.
E o PIB é relacionado ao primeiro trimestre. Tá foda mano.




69886
 

Mister Chocobo

Bam-bam-bam
Mensagens
2.795
Reações
4.007
Pontos
314
Você vê o momento em que começa a tocar Mad World na cabeça do Humberto Costa. Alias, eu odeio esse cara com todas as minhas forças e mais um pouco, tudo nesse filho da puta me irrita, o nome, a voz, o sotaque, essa cara de pau no cu, tudo.
Sempre encontra esse verme no shopping Recife.
Tenho vontade de meter o pau nele.
 
Topo