O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


TÓPICO OFICIAL DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA JAIR MESSIAS BOLSONARO

Qual será a moeda nova agora com Bolsonaro?

  • BOLSOS

  • MITOS

  • PITÚS

  • BOLSONAROS

  • TALKEIS

  • NIÓBIOS

  • HELENÕES

  • COISOS

  • JAIRES

  • BONOROS


Results are only viewable after voting.




Blue Falcon

Bam-bam-bam
Mensagens
6.269
Reações
16.790
Pontos
363
Somos do DA (Departamento de Arrependimentos) e estamos passando em todos os tópicos da OS para coletar os nomes de quem se arrependeu do voto e quer mudar e/ou transferir seu voto pro companheiro Haddad.

Encaminharemos tudo para a matriz efetivar os votos e se contabilizados suficientemente, colocá-lo na presidência amanhã mesmo.

Não sou petista, mas meu coração sempre foi 13.

Pro Brasil mudar de verdade!

vou dar por uma semana
Reportado por dação de cu.

Aqui tem regra.
 

batoko

Bam-bam-bam
Mensagens
1.759
Reações
2.735
Pontos
303
"Renegociar dívida" é eufemismo para calote. Isso só aumenta insegurança jurídica no país. Lembrando que não precisa ser nenhum bilionário para comprar título do tesouro, qualquer Barnabé é capaz de fazer isso.
Não é eufemismo não meu caro amigo, pois quando o braZil deu o último calote no pagamento de juros da divida, o termo utilizado pelo presidente na época foi SUSPENSÃO DE PAGAMENTO (ficou com receio de falar MORATÓRIA), e não RENEGOCIAÇÃO DA DIVIDA.

Nem a Venezuela fez algo desse tipo (dar calote), para você ver o descalabro.
Olha amigo, nessa eu acho que você possa estar equivocado, como podemos comprovar abaixo

Calote da dívida na Venezuela agrava a catástrofe econômica
Agência de risco diz que Venezuela deu calote em pagamento de títulos
Os 10 países mais caloteiros do mundo

Governo gastou, se endividou, que o povo pague as dividas.
Acho que assim ficou mais condizente com a realidade, vide a CPMF dos esquerdistas e direitistas.

O que o governo tem de fazer para isso é cortar gastos inúteis (e tem muito a ser cortado).
Concordo amigo, mas não igual foi a Lei do teto de limites de gastos de 2016, que na pratica limitam aos índices do IPCA, os Investimentos públicos do governo junto aos serviços que atendem a população, mas curiosamente deixaram de fora da Lei do teto de gastos, o pagamento de juros da dívida pública, os gastos com eleições e dinheiro injetado em estatais. Essa lei é tão controversa, que até mesmo o presidente quando ainda era deputado, sempre disse ser contra, mais votou a favor, e quando se elegeu a presidência, voltou a ser contra e agora é a favor novamente, e nem é preciso mencionar a tal Lei de responsabilidade fiscal, que na pratica se resume a união comprometer-se a exigir dos estados e municípios o cumprimento das metas fiscais para garantir o acordo firmado com o FMI de reestruturação da dívida publica e o pagamento do juros.

O ideal mesmo é guardar estes dados abaixo, de 2018 na cabeça e confrontar com os dados de 2022, pois aí sim saberemos de fato se a gasolina vendida nesse posto ipiranga da esquina da direita é a "OCTAPRO" de alta octanagem, ou se é gasolina "BATIZADA" igual todo postinho da esquerda que já vimos espalhados de monte por aí.
Se bem que com essa CPMF mascarada com outro nome, já temos pequenos indícios de qual gasolina vai sobrar em 2022.

Dívida pública tem alta de 8,9% em 2018 e chega a R$3,87 trilhões; valor é o maior da série histórica
Segundo o Tesouro Nacional, resgates de títulos superaram emissões em R$23,14 bilhões no ano passado. Ao mesmo tempo, despesas com juros somaram R$342,67 bilhões.

https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/01/28/divida-publica-sobe-89-em-2018-para-r-387-trilhoes-novo-recorde.ghtml
 

Cafetão Chinês

Bam-bam-bam
Mensagens
5.049
Reações
25.879
Pontos
353
Não é eufemismo não meu caro amigo, pois quando o braZil deu o último calote no pagamento de juros da divida, o termo utilizado pelo presidente na época foi SUSPENSÃO DE PAGAMENTO (ficou com receio de falar MORATÓRIA), e não RENEGOCIAÇÃO DA DIVIDA.

Olha amigo, nessa eu acho que você possa estar equivocado, como podemos comprovar abaixo

Calote da dívida na Venezuela agrava a catástrofe econômica
Agência de risco diz que Venezuela deu calote em pagamento de títulos
Os 10 países mais caloteiros do mundo

Acho que assim ficou mais condizente com a realidade, vide a CPMF dos esquerdistas e direitistas.


Concordo amigo, mas não igual foi a Lei do teto de limites de gastos de 2016, que na pratica limitam aos índices do IPCA, os Investimentos públicos do governo junto aos serviços que atendem a população, mas curiosamente deixaram de fora da Lei do teto de gastos, o pagamento de juros da dívida pública, os gastos com eleições e dinheiro injetado em estatais. Essa lei é tão controversa, que até mesmo o presidente quando ainda era deputado, sempre disse ser contra, mais votou a favor, e quando se elegeu a presidência, voltou a ser contra e agora é a favor novamente, e nem é preciso mencionar a tal Lei de responsabilidade fiscal, que na pratica se resume a união comprometer-se a exigir dos estados e municípios o cumprimento das metas fiscais para garantir o acordo firmado com o FMI de reestruturação da dívida publica e o pagamento do juros.

O ideal mesmo é guardar estes dados abaixo, de 2018 na cabeça e confrontar com os dados de 2022, pois aí sim saberemos de fato se a gasolina vendida nesse posto ipiranga da esquina da direita é a "OCTAPRO" de alta octanagem, ou se é gasolina "BATIZADA" igual todo postinho da esquerda que já vimos espalhados de monte por aí.
Se bem que com essa CPMF mascarada com outro nome, já temos pequenos indícios de qual gasolina vai sobrar em 2022.

Dívida pública tem alta de 8,9% em 2018 e chega a R$3,87 trilhões; valor é o maior da série histórica
Segundo o Tesouro Nacional, resgates de títulos superaram emissões em R$23,14 bilhões no ano passado. Ao mesmo tempo, despesas com juros somaram R$342,67 bilhões.

https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/01/28/divida-publica-sobe-89-em-2018-para-r-387-trilhoes-novo-recorde.ghtml
A Venezuela nunca deu calote na dívida interna, nem Argentina, nem nenhum país do mundo. Venezuela deu calote foi em BNDES da vida.
Nenhum governo é burro o suficiente para dar calote em quem o financia.

E eu não entendo a sua lógica. Você quer calote na dívida, mas quer mais estado e mais serviço público.
Quer que o governo gaste os tubos e se endivide, e depois fica putinho com as consequências disso tudo.

Essa é a sina de muitos esquerdistas: odeiam políticos, mas amam um estado inchado.
Típico caso de dissonância cognitiva...
 
Ultima Edição:

Godot

Bam-bam-bam
Mensagens
9.796
Reações
26.916
Pontos
374
Em sabatina 'prévia', Aras defende a senadores Lava Jato 'sem excessos'

11/09/2019 08h36 Atualizado há 3 horas


O procurador Augusto Aras durante entrevista após reunião com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), nesta terça-feira (10) — Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O procurador Augusto Aras durante entrevista após reunião com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), nesta terça-feira (10) — Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Senadores que participaram nesta terça-feira (10) de conversas com procurador Augusto Aras ouviram do indicado pelo presidente Jair Bolsonaro ao comando do Ministério Público Federal (MPF) que ele é a favor da Operação Lava Jato, mas "sem excessos".
O procurador tem repetido que as investigações precisam se expandir pelos estados, mas critica o que classifica de "espetacularização" de procuradores que ele chama de "nutella" – ironizando grupo de procuradores jovens que se destacaram no MP à frente da Lava Jato. Aras repete que os procuradores "raiz", mais experientes, não foram ouvidos nas investigações mais polêmicas e, por isso, na sua visão, houve excessos e abusos.


https://g1.globo.com/politica/blog/andreia-sadi/post/2019/09/11/em-sabatina-previa-aras-defende-lava-jato-sem-excessos-a-senadores-que-temem-denuncias.ghtml

===========

Sim, a fonte é G1. Mas é alguma surpresa?

A Lava Jato já era. Quero queimar muito a minha língua.
 

batoko

Bam-bam-bam
Mensagens
1.759
Reações
2.735
Pontos
303
A Venezuela nunca deu calote na dívida interna, nem Argentina, nem nenhum país do mundo. Venezuela deu calote foi em BNDES da vida.
Nenhum governo é burro o suficiente para dar calote em quem o financia.

E eu não entendo a sua lógica. Você quer calote na dívida, mas quer mais estado e mais serviço público.
Quer que o governo gaste os tubos e se endivide, e depois fica putinho com as consequências disso tudo.

Essa é a sina de muitos esquerdistas: odeiam políticos, mas amam o estado.
Típico caso de dissonância cognitiva...
Ué, não lembro de ter lido nada sobre dívida interna no seu outro post, e nem de ter dito que eu quero calote na divida, foi você quem levou a conversa para calote, sem nem mesmo saber que o próprio brazil já foi caloteiro. O que eu disse e repito, foi RENEGOCIAÇÃO DA DIVIDA, o resto é por sua conta.
 

Cafetão Chinês

Bam-bam-bam
Mensagens
5.049
Reações
25.879
Pontos
353
Ué, não lembro de ter lido nada sobre dívida interna no seu outro post, e nem de ter dito que eu quero calote na divida, foi você quem levou a conversa para calote, sem nem mesmo saber que o próprio brazil já foi caloteiro. O que eu disse e repito, foi RENEGOCIAÇÃO DA DIVIDA, o resto é por sua conta.
Então na sua lógica relativista a interna não vale? Quem você acha que financia o governo, cidadão? Qualquer um pode entrar num banco e comprar títulos públicos.

"Renegociação" de dívida não existe. Isso é mera bravata esquerdista, assim como taxação de grandes fortunas.

Renegociar dívida trás insegurança jurídica e afasta investimentos externos e internos. Mostra que o país não honra os contratos.
O Brasil já fez isso sim. E se FUDEU enormemente. A economia do país entrou em uma recessão que durou anos, pois o governo passou a se financiar por inflação da moeda (o que gerou a hiperinflação).

Se endividou, tem que pagar, não tem outra maneira. A única maneira de não ter dívida, é NÃO SE ENDIVIDAR.

Como se faz isso? Reduzindo o estado a quase zero. Corte 99% das atribuições do estado e nunca mais ouvirá falar em dívida pública. Dívida pública só existe porque o estado tem atribuições demais.

Mas isso tipos como você não querem, querem é que o estado seja o responsável por saúde, educação, transporte, emprego, renda, alimentação, cultura, lazer, esporte, ciência, tecnologia, segurança, justiça social, extração de petróleo...

Odeiam políticos, mas amam um estado inchado.
 
Ultima Edição:

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.809
Reações
35.352
Pontos
553
Na Suécia já tem gente defendendo isso também.

Ativismo climático: Cientista sueco propõe canibalismo para combater as “mudanças climáticas”

Na semana passada, o cientista mencionou a possibilidade de canibalismo, durante uma transmissão no canal de televisão sueco TV4, sobre uma feira em Estocolmo com o tema “comida do futuro”.

Söderlund realizará seminários no evento, intitulado “Encontro de Gastronomia – sobre o futuro dos alimentos”, onde ele pretende discutir a possibilidade de comer pessoas, em nome da “redução das emissões de efeito estufa”.


Ainda bem que quando chegar a este estágio eu terei ripado.
 

geist

Bam-bam-bam
Mensagens
9.628
Reações
33.269
Pontos
353
Essa "CPMF" que vão propor substituirá um dos impostos destinados à contribuição previdenciária né? Mas no final das contas isso representa aumento efetivo de impostos?
Via corte de gastos não dá pra segurar isso no governo federal? Acho muito desgaste partir por esse lado.
 

batoko

Bam-bam-bam
Mensagens
1.759
Reações
2.735
Pontos
303
Então na sua lógica relativista a interna não vale? Quem você acha que financia o governo, cidadão? Qualquer um pode entrar num banco e comprar títulos públicos.

Renegociação de dívida não existe. Isso é mera bravata esquerdista, assim como taxação de grandes fortunas.

Renegociar dívida trás insegurança jurídica e afasta investimentos externos. Mostra que o país não honra os contratos.
O Brasil já fez isso sim. E se FUDEU enormemente. A economia do país entrou em uma recessão que durou anos.

Se endividou, tem que pagar, não tem outra maneira. A única maneira de não ter dívida, é NÃO SE ENDIVIDAR.

Como se faz isso? Reduzindo o estado a quase zero. Corte 99% das atribuições do estado e nunca mais ouvirá falar em dívida pública.
Mas isso tipos como você não querem. Estado tem que ser responsável por saúde, educação, transporte, emprego, renda, cultura, lazer, segurança, justiça social, extração de petróleo...

Odeiam políticos, mas amam o estado.
1 - Eu falei sobre renegociação da divida publica.... Você falou sobre ser pretexto pra calote e que nem mesmo a Venezuela deu calote, mas não sabia que o braZil já foi caloteiro.....
2 - Eu falei que tanto a Venezuela deu calote e até mesmo o braZil já deu calote..... Aí você fala INTERNA.....Agora quer colocar palavras na minha conta, como eu ignoro a divida interna....
3 - Eu falei que a Lei de limites de gastos, só não limitou o pagamento de juros da dívida pública, os gastos com eleições e dinheiro injetado em estatais.... Você falou que eu amo o governo inchado.....

Como é possível eu ignorar a divida interna se desde o princípio eu estou mencionando a renegociar a divida publica? Sendo que a
divida interna faz parte da publica?

Foi bom o bate papo, pelo menos te serviu como aprendizado que no braZil já teve moratória, e pra mim já valeu a pena.

Grécia consegue a maior renegociação de dívida da história
https://istoe.com.br/194110_GRECIA+CONSEGUE+A+MAIOR+RENEGOCIACAO+DE+DIVIDA+DA+HISTORIA/
 
Ultima Edição:

Vim do Futuro

Bam-bam-bam
Mensagens
7.802
Reações
29.568
Pontos
353
imposto em países como o Brasil vai para bancar os altos salários e benefícios de parlamentares e servidores de alto escalão. Em países sérios vão pra infraestrutura e serviços para a população.
Não esqueça que grande parte da receita vai pra rolar a dívida, pra cobrir a previdência, pra construir palácios pro judiciário e legislativo. E isso vale pro nível federal, estadual e até municipal.
O que volta pro povo não é nem 10% do total.
Ou seja, trabalhamos 5 meses ao ano para sustentar um monte de parasitas vagabundos. E tem gente que quer pagar mais impostos!!!!
 

Sgt. Kowalski

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
42.781
Reações
90.757
Pontos
989
Governo deve desbloquear R$ 15 bi do Orçamento neste mês para dar alívio a ministérios


11 de setembro de 2019 | 13h25

BRASÍLIA - Um ganho de arrecadação de cerca de R$ 8 bilhões acima do esperado em julho e agosto vai permitir um desbloqueio próximo de R$ 15 bilhões das despesas do Orçamento para dar alívio aos ministérios que enfrentam um “apagão” administrativo pela falta de recursos, como vem mostrando o Estado.
Os valores ainda não estão fechados e podem ser alterados até o anúncio oficial no próximo dia 20 de setembro, quando o governo terá que enviar ao Congresso Nacional o relatório de avaliação de receitas e despesas do Orçamento.

Os números preliminares apontam, por enquanto, um valor entre R$ 11 bilhões e R$ 15 bilhões, mas "mais próximo de R$ 15 bilhões”, disse uma fonte da equipe econômica sob a condição de anonimato. Atualmente, o valor do bloqueio é de R$ 34 bilhões.
Como o Estado mostrou, se nada for feito, um grupo de 13 ministérios e órgãos do governo federal está com faca no pescoço e deve ficar sem orçamento já neste mês. Outros nove ministérios estão em situação apertada e começariam a ter que “desligar” serviços e programas por falta de dinheiro entre outubro e novembro, mostra levantamento feito pelo com base no que foi autorizado em gastos do orçamento de cada órgão.
Julho e agosto tiveram arrecadação de R$ 8 bilhões, acima dos R$ 5 bilhões previstos inicialmente. O integrante da equipe econômica disse que o resultado, porém, não é para "soltar fogos". O resultado positivo se deu principalmente devido à venda de empresas da Petrobras e de ações do IRB, espécie de seguradora das seguradoras, pelo Banco do Brasil.
Além disso, haverá recolhimento novo de dividendos por parte da Caixa Econômica Federal e do BNDES. Os números ainda estão sendo fechados, mas nesse caso os valores deverão ser menores dos que os R$ 13 bilhões programados inicialmente pela equipe econômica.
O presidente em exercício, Hamilton Mourão, chegou a dizer que o desbloqueio pode chegar a R$ 20 bilhões, mas o valor é difícil de ser alcançado na análise da equipe econômica. Depende ainda de outras receitas, que não estão confirmadas.
O relatório não vai incluir a arrecadação extra esperada com o megaleilão de exploração do pré-sal previsto para novembro.
 

Bastiat_

Bam-bam-bam
Mensagens
956
Reações
2.495
Pontos
283
Se dia 25 não for uma manifestação que de um apavoro no congresso e stf
pode apagar a luz e preparar o bumbum pra um isentão em 2022

pq vai ser um governo boicotado até o fim e que fez umas reformas pro hospedeiro não morrer com os parasitas junto
 

Sgt. Kowalski

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
42.781
Reações
90.757
Pontos
989
Se dia 25 não for uma manifestação que de um apavoro no congresso e stf
pode apagar a luz e preparar o bumbum pra um isentão em 2022

pq vai ser um governo boicotado até o fim e que fez umas reformas pro hospedeiro não morrer com os parasitas junto
Pra dar apavoro no STF só se uma turba entrar lá dentro. qualquer coisa diferente disso será motivos de riso entre Gilmar e Toffoli enquanto tomam um Pinot Noir de 2000 reais pago pelos contribuintes.
 
Mensagens
497
Reações
2.044
Pontos
243
Se dia 25 não for uma manifestação que de um apavoro no congresso e stf
pode apagar a luz e preparar o bumbum pra um isentão em 2022

pq vai ser um governo boicotado até o fim e que fez umas reformas pro hospedeiro não morrer com os parasitas junto
Enquanto n começarem a quebrar tudo esquece, a galera da camisa da cbf acha que eles tiraram a Dilma, o Temer já tinha tudo armado eles só deram um prego no caixão.
 

Ayatollah Khomeini

Bam-bam-bam
Mensagens
4.756
Reações
21.577
Pontos
293
Esse pessoal da "direita apocalíptica" vão se matar antes do mandato do bolsonaro teminar.
Escuto "ou é isso, ou o petê volta" desde o dia primeiro. :klol



 
Ultima Edição:

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.809
Reações
35.352
Pontos
553
Pra dar apavoro no STF só se uma turba entrar lá dentro. qualquer coisa diferente disso será motivos de riso entre Gilmar e Toffoli enquanto tomam um Pinot Noir de 2000 reais pago pelos contribuintes.
Enquanto n começarem a quebrar tudo esquece, a galera da camisa da cbf acha que eles tiraram a Dilma, o Temer já tinha tudo armado eles só deram um prego no caixão.
Fato. Essas manifestações não passam de micaretas dominicais.
 

mfalan

Veterano
Mensagens
920
Reações
1.679
Pontos
148
Enquanto n começarem a quebrar tudo esquece, a galera da camisa da cbf acha que eles tiraram a Dilma, o Temer já tinha tudo armado eles só deram um prego no caixão.
Impeachment sem apoio popular não existe. O vampirão só aproveitou a onda. Se complô de vice derruba presidente que o Bolso se cuido do Mourão e seus maçons.
 
Topo