O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

TÓPICO OFICIAL DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA JAIR MESSIAS BOLSONARO

Qual será a moeda nova agora com Bolsonaro?

  • BOLSOS

    Votes: 104 12,4%
  • MITOS

    Votes: 188 22,4%
  • PITÚS

    Votes: 75 8,9%
  • BOLSONAROS

    Votes: 54 6,4%
  • TALKEIS

    Votes: 192 22,8%
  • NIÓBIOS

    Votes: 60 7,1%
  • HELENÕES

    Votes: 23 2,7%
  • COISOS

    Votes: 41 4,9%
  • JAIRES

    Votes: 12 1,4%
  • BONOROS

    Votes: 92 10,9%

  • Total voters
    841
  • Poll closed .


PhylteR

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.899
Reações
25.758
Pontos
769
Só agora fiquei sabendo que essa parada de associar a vacina à AIDS é real... Tinha ouvido algo por cima mas achei que inventaram que o Bolsonaro falou isso, mas o cara ainda consegue me surpreender.

Incrível como ele tem a habilidade de divulgar tudo que é ruim (seja verdadeiro ou não) sobre a vacina, mas nada que seja bom. Inclusive tem alguns seguidores dessa prática no fórum (que obviamente são ignorados em prol de minha sanidade).
 

Sgt. Kowalski

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
50.857
Reações
115.921
Pontos
989
eu realmente não acredito que não tem NENHUM assessor que por mais que goste do Presidente, não tente impedir ele de falar essas asneiras numa live.

"escuta presidente, acho topzera esse conteudo aí do HIV, mas acho, SÓ ACHO, que as empresas globalistas do Soros vão dar trabalho com isso, vamos tentar outra coisa?"
 

digodmeloo

Habitué da casa
Mensagens
234
Reações
448
Pontos
73
eu realmente não acredito que não tem NENHUM assessor que por mais que goste do Presidente, não tente impedir ele de falar essas asneiras numa live.

"escuta presidente, acho topzera esse conteudo aí do HIV, mas acho, SÓ ACHO, que as empresas globalistas do Soros vão dar trabalho com isso, vamos tentar outra coisa?"
Com os assessores que o Bozo tem, acho dificil. Devem apoiar.
 


Najib Salomão

Bam-bam-bam
Mensagens
828
Reações
3.741
Pontos
283
eu realmente não acredito que não tem NENHUM assessor que por mais que goste do Presidente, não tente impedir ele de falar essas asneiras numa live.

"escuta presidente, acho topzera esse conteudo aí do HIV, mas acho, SÓ ACHO, que as empresas globalistas do Soros vão dar trabalho com isso, vamos tentar outra coisa?"
É tudo intencional
Ele faz isso pra chamar a atenção mesmo pra esse tipo de bobajada, pra tirar o foco de coisas realmente importantes e também ta caçando que sua live seja derrubada pra ficar chorando e reclamando de censura
 

Chris Redfield jr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.628
Reações
96.064
Pontos
829
Notícia errada não tem que corrigir?
BOLSONARO REQUENTA FAKE NEWS QUE ASSOCIA VACINA CONTRA COVID AO HIV?





O que a imprensa noticiava até esse pronunciamento do presidente?

Visualizar anexo 221175

Pesquisadores alertam que algumas vacinas contra a covid-19 podem aumentar o risco de HIV

Um estudo publicado no jornal científico The Lancet está causando preocupação na comunidade médica que tenta desenvolver uma vacina contra a covid-19. Isso porque de acordo com pesquisadores, algumas vacinas que usam um adenovírus específico no combate ao vírus SARS-CoV-2 podem aumentar o risco de que pacientes sejam infectados com HIV, o vírus da aids.

O estudo foi publicado na segunda-feira (19) e é de autoria do pesquisador Lawrence Corey, especialista do Centro de Pesquisas do Câncer Fred Hutchinson, nos Estados Unidos. A pesquisa aponta que a infecção por HIV pode ser facilitada caso o paciente vacinado tenha recebido uma dose contendo o adenovírus de número 5 (Ad5).

“A possibilidade de testar vacinas baseadas em Ad5 em estados o HIV ainda é uma praga deve ser avaliada cuidadosamente”, relatou o pesquisador no estudo. Vale lembrar que a covid-19 usa uma estratégia similar a da Aids para propagar a infecção.

Os cientistas se baseiam em análises feitas ainda em 2007 para a tentativa de criação de uma vacina contra a própria HIV e que também foi baseada no adenovírus 5. Na ocasião, a pesquisa foi interrompida porque os resultados iniciais mostravam que a própria vacina ironicamente parecia aumentar o risco dos voluntários contraírem a doença.

O Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH, na sigla em inexaglês) já se posicionou contra o uso do Ad5 para a produção de vacinas contra a Aids justamente pelos resultados apresentados nesta pesquisa feita ainda na década passada. Estudos recentes apontam que a covid-19 pode até aumentar o número de mortes por HIV.

Por ora, nenhum teste realizado com as vacinas que estão sendo desenvolvidas contra o novo coronavírus mostraram resultados semelhantes. Mesmo assim, os pesquisadores resolveram alertar sobre o risco presente neste vetor, principalmente em regiões onde a HIV ainda está longe de ser controlada, como na África.

As principais vacinas em desenvolvimento atualmente utilizam o Ad5 em sua composição. A principal talvez seja a vacina russa Sputnik V – que deve ter produção iniciada no Brasil já em dezembro. Há também uma vacina chinesa que utiliza o Ad5, a CanSino. É importante não confundir com a CoronaVac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan. Conheça os detalhes desta vacina.

Outras vacinas, como as que estão sendo produzidas pela Johnson & Johnson e pela AstraZeneca junto com a Universidade de Oxford fazem o uso de outro tipo de adenovírus. Neste caso, como lembra o ScienceMag, não há nenhuma evidência sobre o aumento no risco de que os pacientes contraiam HIV.

Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) apontam que pelo menos 1 milhão de pessoas morrem de Aids todos os anos. Já em relação a covid-19, os números mais recentes apontam que 1,1 milhão de pessoas já morreram pela doença que infectou 40 milhões de pessoas em todo o planeta.

Fonte: Revista Exame

Esta matéria foi replicada em diversos outros meios de comunicação, como na forbes:

Visualizar anexo 221178
Visualizar anexo 221179






.......................................................

Após a fala do Presidente sobre o assunto, a revista exame alterou a matéria:



Visualizar anexo 221176


Um estudo publicado no jornal científico The Lancet está causando preocupação na comunidade médica que tenta desenvolver uma vacina contra a covid-19. Isso porque de acordo com pesquisadores, algumas vacinas que usam um adenovírus específico no combate ao vírus SARS-CoV-2 podem aumentar o risco de que pacientes sejam infectados com HIV, o vírus da Aids -- para isso, a pessoa precisa ser exposta ao vírus.

Até agora, não se comprovou que alguma vacina contra a covid-19 reduza a imunidade a ponto de facilitar a infecção em caso de exposição ao vírus.

O estudo foi publicado na segunda-feira (19/10/2020) e é de autoria do pesquisador Lawrence Corey, especialista do Centro de Pesquisas do Câncer Fred Hutchinson, nos Estados Unidos. A pesquisa aponta que a infecção por HIV pode ser facilitada caso o paciente vacinado tenha recebido uma dose contendo o adenovírus de número 5 (Ad5).

“A possibilidade de testar vacinas baseadas em Ad5 em estados o HIV ainda é uma praga deve ser avaliada cuidadosamente”, relatou o pesquisador no estudo. Vale lembrar que a covid-19 usa uma estratégia similar a da Aids para propagar a infecção.



Os cientistas se baseiam em análises feitas ainda em 2007 para a tentativa de criação de uma vacina contra a própria HIV e que também foi baseada no adenovírus 5. Na ocasião, a pesquisa foi interrompida porque os resultados iniciais mostravam que a própria vacina ironicamente parecia aumentar o risco dos voluntários contraírem a doença.

O Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH, na sigla em inexaglês) já se posicionou contra o uso do Ad5 para a produção de vacinas contra a Aids justamente pelos resultados apresentados nesta pesquisa feita ainda na década passada. Estudos recentes apontam que a covid-19 pode até aumentar o número de mortes por HIV.

Por ora, nenhum teste realizado com as vacinas que estão sendo desenvolvidas contra o novo coronavírus mostraram resultados semelhantes. Mesmo assim, os pesquisadores resolveram alertar sobre o risco presente neste vetor, principalmente em regiões onde a HIV ainda está longe de ser controlada, como na África.

As principais vacinas em desenvolvimento atualmente utilizam o Ad5 em sua composição. A principal talvez seja a vacina russa Sputnik V – que deve ter produção iniciada no Brasil já em dezembro. Há também uma vacina chinesa que utiliza o Ad5, a CanSino. É importante não confundir com a CoronaVac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan. Conheça os detalhes desta vacina.
Outras vacinas, como as que estão sendo produzidas pela Johnson & Johnson e pela AstraZeneca junto com a Universidade de Oxford fazem o uso de outro tipo de adenovírus. Neste caso, como lembra o ScienceMag, não há nenhuma evidência sobre o aumento no risco de que os pacientes contraiam HIV.

Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) apontam que pelo menos 1 milhão de pessoas morrem de Aids todos os anos. Já em relação a covid-19, os números mais recentes apontam que 1,1 milhão de pessoas já morreram pela doença que infectou 40 milhões de pessoas em todo o planeta.



A matéria original que aparentemente deu origem a que foi lida pelo presidente deve ser esta aqui:

Visualizar anexo 221180

Os números mais recentes do UK PHE Vaccine Surveillance Report sobre os casos da Covid mostram que pessoas de 40 a 70 anos duplamente vacinadas perderam 40% da capacidade do sistema imunológico em comparação com pessoas não vacinadas. Seus sistemas imunológicos estão se deteriorando em cerca de 5% por semana (entre 2,7% e 8,7%). Se isso continuar, então as pessoas de 30-50 anos terão 100% de degradação do sistema imunológico, defesa viral zero no Natal e todas as pessoas duplamente vacinadas com mais de 30 anos terão perdido seu sistema imunológico em março do próximo ano.

Por um leitor preocupado

(Leia a última atualização deste artigo aqui - 'É pior do que pensávamos - uma comparação de relatórios oficiais do governo sugere que os totalmente vacinados estão desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida muito mais rápido do que o previsto')


As 5 tabelas de PHE abaixo de seu excelente Relatório de Vigilância de Vacinas, separadas por 4 semanas, mostram claramente o dano progressivo que as vacinas estão causando à resposta do sistema imunológico.

Pessoas com idades entre 40-69 já perderam 40% da capacidade do sistema imunológico e estão perdendo progressivamente de 3,3% a 6,4% por semana.

Declínio semanal no desempenho do sistema imunológico duplamente vacinado em comparação com pessoas não vacinadas ...



Qualquer pessoa com mais de 30 anos terá perdido 100% de toda a sua capacidade imunológica (para vírus e certos tipos de câncer) em 6 meses.
30-50 anos terão perdido no Natal. Essas pessoas, então, terão efetivamente a síndrome da imunodeficiência adquirida desenvolvida e destruirão o SNS.

As injeções de reforço da vacina devem ser as mesmas das próprias vacinas, porque leva uma eternidade para fazer testes clínicos e obter aprovação para algo diferente. Portanto, se você tomar uma injeção de reforço, esses números mostram que você está aplicando a si mesmo uma forma progressiva ainda mais rápida da síndrome da imunodeficiência adquirida (após alguns meses de eficácia).

Tabela 2. Casos de COVID-19 por estado de vacinação ...

Casos relatados por data da amostra entre a semana 32 e a semana 35 2021 - https://assets.publishing.service.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/1016465/Vaccine_surveillance_report_-_week_36.pdf


Casos relatados por data da amostra entre a semana 33 e a semana 36 de 2021 - https://assets.publishing.service.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/1018416/Vaccine_surveillance_report_-_week_37_v2.pdf


Casos relatados por data da amostra entre a semana 34 e a semana 37 de 2021 - https://assets.publishing.service.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/1019992/Vaccine_surveillance_report_-_week_38.pdf


Casos relatados por data da amostra entre a semana 35 e a semana 38 de 2021 - https://assets.publishing.service.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/1022238/Vaccine_surveillance_report_-_week_39.pdf


Casos relatados por data da amostra entre a semana 36 e a semana 39 de 2021 - https://assets.publishing.service.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/1023849/Vaccine_surveillance_report_-_week_40.pdf


A Pfizer originalmente reivindicou uma eficiência de 95% para sua vacina (calculada como na última coluna acima). Os números acima indicam que seus números podem muito bem estar corretos imediatamente após a vacinação (os grupos de idade mais jovens estão vacinados há menos tempo).

Mas os números acima também mostram que as vacinas NÃO apenas perdem eficiência ao longo do tempo até atingir a eficiência zero, elas danificam progressivamente o sistema imunológico até que uma eficiência negativa seja alcançada. Atualmente, eles deixam qualquer pessoa com mais de 30 anos em uma posição pior do que antes da vacinação. Para mais informações, consulte aqui.




.....................
 

Zefiris Metherlence

Bam-bam-bam
Mensagens
1.705
Reações
5.507
Pontos
268
Minha postagem mais recente neste tópico foi bem neutra. Simplesmente mostrando que a Exame aparentemente fez correções em uma matéria antiga para deixar a discrepância temporal mais óbvia frente a controvérsia recente do Bolsonaro.

Mas se tem gente que gosta de fazer a montanha parir um rato, o problema não é meu. No fim do dia, os melhores cabos eleitorais do Bolsonaro devem ser aqueles que o odeiam.
 

Giggity

Bam-bam-bam
Mensagens
2.384
Reações
5.571
Pontos
334
eu realmente não acredito que não tem NENHUM assessor que por mais que goste do Presidente, não tente impedir ele de falar essas asneiras numa live.

"escuta presidente, acho topzera esse conteudo aí do HIV, mas acho, SÓ ACHO, que as empresas globalistas do Soros vão dar trabalho com isso, vamos tentar outra coisa?"
Ele faz de propósito.
Ele sabe que o núcleo duro vai trabalhar nas redes sociais pra convencer os outros, com a ajuda de memes, sarcasmo, distorções e falta de caráter, que o mito tava falando a verdade.
 

Yapathi

Bam-bam-bam
Mensagens
4.220
Reações
18.278
Pontos
303
Ele faz de propósito.
Ele sabe que o núcleo duro vai trabalhar nas redes sociais pra convencer os outros, com a ajuda de memes, sarcasmo, distorções e falta de caráter, que o mito tava falando a verdade.
Resta saber a proporção do povo Brasileiro que ainda é babaca de cair nessa depois de tudo. Tudo bem que boomer inclusão digital da vida é a maioria sem filtro ou senso critico, mas esse imbecil está forçando.

Assumo que tudo é um processo de amadurecimento. Mas nosso país tem essa fama de ser uma vigorosa fabrica de otários.
 

Superd7br

Bam-bam-bam
Mensagens
5.712
Reações
8.165
Pontos
353
Agora todo mundo que pegar AIDS nos próximos anos vai usar a vacina como justificativa pra arrancar uma indenização contra a União, Estados e Municípios.
Olha a bomba de efeito retardado que o Bolsonaro vai deixar pro próximo governo…
 

sebastiao coelho neto

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.663
Reações
44.497
Pontos
639
1 - bolsonaro não deveria se informar pela midia golpista. é tudo jornalixo, certo?;

2 - "Exame corrigiu notícia após live". Realmente, deveria ter corrigido antes;

3 - Aqui é a cereja do bolo, a matéria do The Exposé. Sério mesmo? É esse o argumento? Olha, se as vacinas derrubam o sistema imunológico isso pouco importa pro HIV. Ele não escolhe quem tem defesas altas ou baixas pra entrar. O cara pode ter o sistema imunológico mais forte do mundo que se receber sangue contaminado o HIV entra e se estabelece. Não é a toa que esse é o governo 5 série. Além das piadas de baixo calão ninguém entende o mínimo de biologia.

e sobre o site, muito interessante. Aí a fonte dos antivaxxers:

221210

Esta é a fonte isenta????
KKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Vai lá, chris. doa pra eles que estão precisando! Eles precisam espalhar a "verdade":
221211
 

Superd7br

Bam-bam-bam
Mensagens
5.712
Reações
8.165
Pontos
353
Ah cara do PR ouvindo o PG falar que o governo militar nao foi "democraticamente eleito" é impagável KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Rapaz, isso vai queimar o Guedes com o Clube Militar, que ainda defende a tese de que o Brasil do regime militar era uma “democracia” pois na época havia eleições (mesmo que indiretas) pra presidente e pro legislativo. :klol:klol:klol
 

Yapathi

Bam-bam-bam
Mensagens
4.220
Reações
18.278
Pontos
303
Agora todo mundo que pegar AIDS nos próximos anos vai usar a vacina como justificativa pra arrancar uma indenização contra a União, Estados e Municípios.
Olha a bomba de efeito retardado que o Bolsonaro vai deixar pro próximo governo…
O presidente pode ser um débio mental, mas juiz não é.
 

Superd7br

Bam-bam-bam
Mensagens
5.712
Reações
8.165
Pontos
353
O presidente pode ser um débio mental, mas juiz não é.
Considerando que temos juízes que são negacionistas, não duvido de nada (aliás, meu irmão bolsonarista está acompanhando o curso virtual daquela juíza Ludmila Lins, que é contra o uso da máscara) :facepalm:facepalm:facepalm
 

Sgt. Kowalski

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
50.857
Reações
115.921
Pontos
989
Live de Bolsonaro derrubada pelo Facebook é trágica, falsa, absurda, grotesca, diz presidente do Conass



Para Carlos Lula, presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), a live em que Jair Bolsonaro leu uma suposta notícia que alertava que "vacinados [contra a Covid] estão desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida [Aids]" foi absurda, trágica, falsa, mentirosa e grotesca.

"Mais do que isso, ela impõe um ônus aos portadores de HIV. Mais um capítulo lamentável dessa sucessão de absurdos do presidente durante o enfrentamento da pandemia", completa Lula, que é secretário de Saúde do governo do Maranhão.

Na noite deste domingo (24), o Facebook tirou do ar o vídeo da live, originalmente transmitida na quinta-feira (21). O vídeo não está mais disponível nem no Facebook nem no Instagram.

Após a gravação divulgada por Bolsonaro, médicos e especialistas reagiram e disseram que a associação entre o imunizante contra o coronavírus e a transmissão do HIV, o vírus da Aids, é falsa e inexistente.

Jamal Suleiman, infectologista do Instituto de Infectologia Emilio Ribas, destacou à Folha que as vacinas da Covid não utilizam nenhum fragmento de HIV em sua composição.

Além disso, enfatizou, são doenças com transmissões completamente diferentes. Enquanto o HIV é transmitido por meio de relações sexuais e compartilhamento de seringas, o novo coronavírus que causa a Covid se espalha por meio da respiração.

"O presidente tem uma fixação anal e precisa ir para o divã", comenta Suleiman. "Ao dizer isso, o presidente coloca em xeque o PNI [Programa Nacional de Imunização]."
 

Prodigy__

Supra-sumo
Mensagens
580
Reações
979
Pontos
159
Para Carlos Lula, presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass),
:viraolho

"O presidente tem uma fixação anal e precisa ir para o divã", comenta Suleiman.
Já falei várias vezes aqui, bolso gosta da coisa..

"Ao dizer isso, o presidente coloca em xeque o PNI [Programa Nacional de Imunização]."
Não sei o que é pior, um presidente imbecil, patético, irresponsável desses, ou a turminha que apoia esse cara
 

Sgt. Kowalski

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
50.857
Reações
115.921
Pontos
989
Ministra Damares levou sete parentes de Michelle Bolsonaro em voo da FAB para SP

BRASÍLIA - A ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) deu carona em avião da Força Aérea Brasileira (FAB) a sete parentes da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, em uma viagem de Brasília para São Paulo no dia 21 de agosto, um sábado. O voo foi solicitado por Damares com a justificativa de ir a um evento do Pátria Voluntária, programa social coordenado por Michelle, que também estava na aeronave.

Um decreto do governo federal estipula que “a comitiva que acompanha a autoridade na aeronave do Comando da Aeronáutica terá estrita ligação com a agenda a ser cumprida, exceto nos casos de emergência médica ou de segurança”. À noite, Damares e Michelle participaram na capital paulista do aniversário do maquiador e influenciador digital Agustin Fernandez, amigo das duas.

O avião deixou Brasília com 16 passageiros, incluindo Sarita Pessoa, mulher do ministro do Turismo, Gilson Machado. No dia seguinte, na volta para a capital federal, o grupo se manteve: a filha mais velha, três irmãos, uma cunhada e dois sobrinhos de Michelle embarcaram. Fernandez, o aniversariante, também pegou carona no voo oficial de retorno.

===============================

Além do cara socar no brioco da primeira-dama, ainda estamos pagando o deslocamento do mesmo para esse fim.
 

Chris Redfield jr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.628
Reações
96.064
Pontos
829
1 - bolsonaro não deveria se informar pela midia golpista. é tudo jornalixo, certo?;

2 - "Exame corrigiu notícia após live". Realmente, deveria ter corrigido antes;

3 - Aqui é a cereja do bolo, a matéria do The Exposé. Sério mesmo? É esse o argumento? Olha, se as vacinas derrubam o sistema imunológico isso pouco importa pro HIV. Ele não escolhe quem tem defesas altas ou baixas pra entrar. O cara pode ter o sistema imunológico mais forte do mundo que se receber sangue contaminado o HIV entra e se estabelece. Não é a toa que esse é o governo 5 série. Além das piadas de baixo calão ninguém entende o mínimo de biologia.

e sobre o site, muito interessante. Aí a fonte dos antivaxxers:

Visualizar anexo 221210

Esta é a fonte isenta????
KKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Vai lá, chris. doa pra eles que estão precisando! Eles precisam espalhar a "verdade":
Visualizar anexo 221211
O interessante é que a matéria da exame não foi ''corrigida'' até as 7 horas da manhã de hoje, e somente após a repercussão dos acontecimentos que usaram sua matéria para mostrar a possibilidade de pessoas estarem mais suscetiveis ao HIV é que as "correções" foram feitas.

O link da forbes que eu postei, por exemplo, agora não está acessível:

221221221222



No Twitter, a forbes esqueceu de "corrigir" ou deletar a informação:



221226

A correção que a revista exame fez na matéria foi , além de alterar o título, acrescentar o seguinte parágrafo:

''Até agora, não se comprovou que alguma vacina contra a covid-19 reduza a imunidade a ponto de facilitar a infecção em caso de exposição ao vírus.''

Isso de forma alguma torna a matéria uma mentira que precisava ser corrigida. Tanto que não o fizeram além do acréscimo desse parágrafo e do título/subtítulo, que a meu ver teve mais motivação política que informativa.


Eu no lugar do Bolsonaro teria tido o cuidado de verificar junto as autoridades de saúde do reino unido sobre a informação, bastava um telefonema, os meios ele possui.

Exatamente por isso eu não fico compartilhando de tudo que vejo, procuro sempre mostrar o que a midia main stream noticia. Sites sensacionalistas tem grande chance de ter informações incorretas, mesmo que as vezes com um fundo de verdade. E olha que até assim me deparo diariamente com ad hominem e falácias de falsa causalidade por aqui.
 
Topo Fundo