O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


The Economist’ aponta risco à Amazônia e pede reação mundial a Bolsonaro

Cafetão Chinês

Bam-bam-bam
Mensagens
5.719
Reações
28.916
Pontos
353
Infelizmente os chineses e americanos dão as cartas do jogo, só peitam um ao outro e pelos seus próprios interesses econômicos.

O Brasil tem que saber em que posição está.
Certo, eu até posso concordar com você que o Brasil talvez tenha que se sujeitar e se colocar na posição de anão diplomático que é perante o mundo. Portanto aderir algumas regras para não ser pisoteado.

Mas que rola um dois pesos e duas medidas dessa turma aí com Brasil e China rola sim. E você admitiu.
 


Kaneda1985

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.316
Reações
32.656
Pontos
563
Engraçado que o cara escreve trinta linhas para se justificar.. Eu acho que deve ser complexo de pênis pequeno, não tem outra explicação. As duas revoluções industriais da Inglaterra ninguém mandou para de desmatar nada ne? Amazônia é nossa e fazemos o que quisermos, ponto final
 


gamermaniacow

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
38.378
Reações
35.851
Pontos
932
Teve uma época que quase fui pra esse lado "ambientalista", mas quando comecei a pesquisar de fato sobre as coisas, percebi que, novamente mais uma vez, não é bem o que falam. E essa área ambiental tem uma alta concentração de cagadores de regra (Pra variar).

O mundo inteiro cagou pra isso durante toda a história, e agora querem culpar alguém. E o Brasil da era Bolsonaro é o responsável pela destruição do mundo.

O famoso botar a culpa em alguém e não resolver o problema de fato. Cadê programas de reflorestamento? Descentralização da indústria? Condições de trabalho favoráveis? Pesquisa? Incentivo?
Isso ninguém quer. Só apontar que o Brasil ta destruindo o nosso planetinha e voltar a viver sua vida insustentável num país que esta explodindo em crise.

E sinceramente, não tem o que fazer num futuro quando essa bomba explodir. Humanidade e sua prepotência de achar que conseguem vencer a natureza.
Tratar a Amazônia como o "zoológico do planeta num potinho intocável" para salvar do mundo é patético.

Enfim, a regra sempre foi e sempre sera simples: Nunca dê pitaco no país alheio. Se não da nem pra saber o que acontece no teu país, o cidadão quer cagar regra no país que sempre foi ignorado pelo resto do mundo quando lhe convém.
Que a Inglaterra resolva o problema ambiental e migratório deles, que nós resolvemos o problema econômico e de segurança por aqui. Sem sensacionalismo, curto e grosso.
 

DanielMF

Veterano
Mensagens
852
Reações
644
Pontos
118
Certo, eu até posso concordar com você que o Brasil talvez tenha que se sujeitar e se colocar na posição de anão diplomático que é perante o mundo. Portanto aderir algumas regras para não ser pisoteado.

Mas que rola um dois pesos e duas medidas dessa turma aí com Brasil e China rola sim. E você admitiu.
Com certeza, podemos fazer esta análise, mas jamais conduzir o país por ela.
 

Mokvwap

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.849
Reações
45.306
Pontos
553
Comunista raiz seriam os comunistas originais do século 19. Principalmente o Marx.
Você chegou aqui como o comunista fodão, e dizendo que defendia as ideias originais, mas não, você é um pós-moderno bem pro lado progressista.

Escola de Frankfurt tem raízes marxistas, mas é pós-moderna, tanto que foram rejeitados pelos marxistas clássicos.
"Isso aí não é o comunismo de verdade"
"Aquilo lá não era o comunismo de verdade"
"Nossa, você nem sabe o que é o comunismo de verdade"
"Os partidos comunistas brasileiros não são comunistas de verdade"
"China, Coréia do Norte e Cuba não são e nunca foram comunistas de verdade"
"Eu sei o que é o comunismo de verdade, é que o comunismo de verdade nunca foi posto em prática"
Rep.
 

Chris Redfield jr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
23.661
Reações
48.550
Pontos
629


ONG acusa governo Lula de financiar desmatamento na Amazônia


ONG acusa governo de financiar criação de gado em área desmatada


Um relatório divulgado nesta segunda-feira pela ONG ambientalista Greenpeace acusa o governo brasileiro de financiar indiretamente a destruição da Amazônia por meio de recursos destinados à criação de gado em áreas desmatadas ilegalmente.
De acordo com o relatório, o governo brasileiro é, na prática, "sócio" de grandes empresas do setor por conta dos empréstimos concedidos pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).
Segundo a ONG, os grandes criadores de gado do Brasil, que respondem por 50% das exportações de carne do país, receberam cerca de R$ 5,2 bilhões do BNDES entre 2007 e 2009.
"Os três produtores que receberam a maior parcela dos investimentos do governo brasileiro incluem um dos maiores exportadores mundiais de couro e o maior exportador mundial de carne (controlando ao menos 10% da produção global)", afirma o relatório.
Para o Greenpeace, "a expansão desses grupos é, na prática, uma sociedade com o governo brasileiro". "Para aumentar a parcela do Brasil no comércio global, o governo está fornecendo capital para a expansão da infraestrutura da criação de gado na região amazônica", diz o relatório.
Licença ambiental
O BNDES disse à BBC Brasil que não recebeu oficialmente o estudo e que, portanto, não faria comentários sobre os casos específicos citados no relatório.
A assessoria de imprensa do banco disse ainda que somente os projetos com licença ambiental têm acesso às suas linhas de financiamento. Nos casos com indício de irregularidade ambiental, o assunto é investigado e, se comprovada a irregularidade, a empresa pode ter sua linha de crédito suspensa, segundo o BNDES.
Consultado também pela BBC Brasil, o Ministério do Meio Ambiente não havia se pronunciado até o início da tarde desta segunda-feira.
Desmatamento
De acordo com o Greenpeace, os criadores de gado na Amazônia brasileira são hoje os maiores responsáveis pelo desmatamento no mundo, respondendo por um em cada oito hectares desmatados globalmente.
O relatório observa que o Brasil é o quarto maior emissor mundial de gases do efeito estufa e que a maior parte de suas emissões vêm do desmatamento da Amazônia.
"Acabar com o desmatamento é uma parte essencial da estratégia global de combate às mudanças climáticas e para preservar a biodiversidade", afirma o Greenpeace.
Segundo a ONG, a expansão da criação de gado na Amazônia ameaça a meta do governo brasileiro de cortar o desmatamento em 72% até 2018.
"Ao financiar a destruição da Amazônia para a criação de gado, o governo do presidente Lula está prejudicando seus próprios compromissos sobre o clima e também os esforços globais para combater a crise climática", afirma o coordenador da Campanha da Amazônia do Greenpeace, André Muggiati.
"Se quiser ser parte da solução para o clima, o governo Lula precisa deixar de dividir a cama com a indústria do gado e se comprometer a acabar com o desmatamento na Amazônia. Senão, será culpado pela catástrofe climática que se seguirá", acrescenta Muggiati.
Marcas internacionais
O relatório do Greenpeace afirma ainda que muitas marcas internacionais estariam contribuindo indiretamente para o desmatamento da Amazônia ao comprar produtos da indústria da carne brasileiros.
Segundo a ONG, entre os compradores de produtos como couro e carne brasileiros produzidos na Amazônia estariam marcas como Adidas/Reebok, Timberland, Geox, Carrefour, Honda, Gucci, IKEA, Kraft, Nike e Wal-Mart.
A acusação ganhou destaque nesta segunda-feira na mídia britânica. Com uma reportagem em sua primeira página, o jornal The Guardian afirma que "os supermercados britânicos estão levando à rápida destruição da Floresta Amazônica ao usar carne de fazendas responsáveis pelo desmatamento ilegal".
O jornal Financial Times diz que a maioria das marcas citadas diz ter contratos com exportadores brasileiros com cláusulas que exigem que o gado não seja originário da região amazônica.



https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/06/090601_greenpeace_gado_amazonia_rw
 

Grave Uypo

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
11.309
Reações
19.850
Pontos
553
Reportagem AGORA no Jornal da Band sobre essa MENTIRA. Só um dado: R$2,3tri em áreas agricultáveis que são áreas de preservação.
brasil é o unico país do mundo com lei que obriga a propriedade rural a ter entre 20 e 90% de area de reserva natural. mesmo se raparmos a amazonia inteira, ainda vamos ter mais floresta que qualquer país no mundo.

esse bando de FDP tem mais que ir tomar no cu. não quer q exploremos nosso território então trata de desenbolsar ao menos 1 trilhão de dolares por ano pros nossos cofres como renda. se não quer entao toma no cu, vai cuidar da propria terra e nao ficar dando pitaco no país alheio.
 

Geo

Bam-bam-bam
Mensagens
9.462
Reações
10.489
Pontos
429
Estão reclamando de quê? Certíssima a publicação. O mundo todo tem que saber.

De um lado, o INPE, uma das instituições científicas mais respeitadas do mundo, prova cientificamente que houve aumento de desmatamento na Amazônia.

Do outro, Bolsonaro, uma pessoa sem qualquer qualificação ou experiência na área, questiona a conclusão só com achismo e quer abafar o caso "sugerindo" a demissão do diretor do instituto e propondo uma censura estatal prévia sobre a publicação desses resultados.

Uma lástima (mais uma).
 

Geo

Bam-bam-bam
Mensagens
9.462
Reações
10.489
Pontos
429
Reportagem AGORA no Jornal da Band sobre essa MENTIRA. Só um dado: R$2,3tri em áreas agricultáveis que são áreas de preservação.
Só para constar: o solo da Amazônia é extremamente pobre em nutrientes. Só serve no máximo para pasto depois de derrubada a floresta. A floresta só se sustenta lá pelo ciclo natural de vida/morte das árvores.

Pq em vez de se preocupar com a Amazônia, em outro continente, não se preocupam com todas as florestas que destruiriam na Europa. Não tem um trecho significativo de terra intocada como a Amazônia na Europa.
Aquilo foi um erro. Mas é para isso que estudamos história: não repetirmos os erros do passado.

No dia que a esquerda europeia tão "preocupada com o meio-ambiente" reflorestar a Europa inteira, que nem floresta tem mais.

Aí eu viro ambientalista.

Bando de hipócritas.
Foi um erro. Mas não dá para reescrever o passado. É por saber que é um erro que não devemos explorar a Amazônia de forma insustentável.

Tenho estado ocupado jogando FFXIV e traduzindo anime, mas parece os ataques contra o Bolsonaro continuam no mesmo embalo. Mentiras, exageros e meia-verdades continuam sendo o prato principal servido pelos haters com viés político-partidário.

E a esquerda deveria ser a última a se dizer preocupada com coisas ambientais. Usam esse argumento simplesmente por motivos politicos e econômicos.
Mentiras? Dê uma olhada na minha assinatura. Tudo que está ali são fatos e coisas que Bolsonaro disse.

Engraçado por demais, nego destrói a fauna/flora do país em nome do progresso e vem encher o saco da gente pra garantir as árvores como se elas fossem de propriedade deles. Vão pentear macaco e... wait...
Foi um erro. Mas não dá para reescrever o passado. É por saber que é um erro que não devemos explorar a Amazônia de forma insustentável.

The Economist é da Inglaterra né? Quantos porcento de mata nativa eles tem mesmo? E o resto da Europa?
Foi um erro. Mas não dá para reescrever o passado. É por saber que é um erro que não devemos explorar a Amazônia de forma insustentável.

Deviam se atentar ao Brexit, em vez de interferir na gestão do governo brasileiro sobre seu território. Só isso.
O Brasil não está fora da Terra, está? O que fazemos aqui tem impacto no globo.

A China dá um foda-se para o meio ambiente em nome do desenvolvimento.

Cadê a esquerda europeia peitando a China?

Vir meter o bedelho no Brasil é fácil.
Não é verdade. A China é a que mais tem investido pesadamente em questões ambientais, a começar pelo estímulo à adoção de veículos elétricos.
 

Denrock

Bam-bam-bam
Mensagens
9.997
Reações
51.570
Pontos
384
não é não acreditar em números, é não acreditar em números totalmente manipulados/distorcidos por esquerdistas


.
 

abcdario

Bam-bam-bam
Mensagens
2.338
Reações
3.133
Pontos
303
Questão complexa, o solo da amazônia é extremamente pobre, se aquilo for desmatado vai virar um cerrado da vida, e lembro que a existência da floresta amazônica impede a desertificação de algumas regiões do país, como o próprio sul, então é sim preocupante, agora quanto a dois pesos e duas medidas isto é um fato realmente, a China destruiu mais da metade dos seus rios em algumas décadas e ninguém fica enchendo o saco dos mesmos, crescer e gerar riquezas tem o seu preço, e a floresta não deve ser intocável.
 

Cafetão Chinês

Bam-bam-bam
Mensagens
5.719
Reações
28.916
Pontos
353
Ultima Edição:

Lost Brother

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.149
Reações
20.059
Pontos
554
1 - A china e os Eua sao os paises que mais poluem o meio ambiente. 2 - o brasil nunca deu exemplo na preservacao da floresta amazonica mas este governo faz um esforco para piorar o que ja estava ruim. 3 - o the economist elogiava o desenvolvimento economico do Brasil com aquela capa iconica do cristo mas quando o governo dilma colocou o brasil numa grave crise economica, o mesmo jornal criticou o governo. Entao deixem de desonestidade intelectual, a capa do cristo tratava sobre economia, e nao, sobre desmatamento.

Enviado de meu Moto C Plus usando o Tapatalk
 

Metaliun

Habitué da casa
Mensagens
624
Reações
484
Pontos
89
não é não acreditar em números, é não acreditar em números totalmente manipulados/distorcidos por esquerdistas


.
O sistema DETER do INPE é voltado à alertas de desmatamento para ajudar a fiscalização. Para analisar seus dados tem que levar em conta a tendência do desmatamento e não a taxa em si. Por isso mesmo a taxa de desmatamento que tem q ser analisada é a do sistema PRODES que é anual. A grande questão é que os dados levantados pelo DETER historicamente tem relação com os dados do PRODES. O ministro mostrar algumas partes sobrepostas não faz sentido nenhum pois como o sistema DETER é voltado a fiscalização seu satélite capta imagens de baixa resolução.
 
Ultima Edição:

AndersoNego

Supra-sumo
Mensagens
503
Reações
1.338
Pontos
183
Já que existem forças externas que fazem pressão para não haver desmatamento da Amazônia, por que esses países que desmataram tudo deles não participam financeiramente?
Um fundo internacional de proteção à Amazônia e também compensação por proibirem o desenvolvimento econômico daqui, o que eles fizeram pra si.
Porém, se o desenvolvimento e desmatamento vierem de uma forma sustentável, em que houvesse reflorestamento na mesma medida, qual o problema?
Mesmo se houvesse um fundo de preservação, onde poderia ser permitido desmatar, mas também reflorestar outros locais, o Brasil deveria decidir a melhor forma.
Talvez essa ideia já exista e eu não saiba.
Isso sim que eu chamo de dívida histórica!
Os países que destruíram suas florestas, desenvolvendo economicamente, agora exigem que o Brasil poupe a floresta amazônica. Deveria ter uma indenização deles, que compensasse a não utilização da floresta, igual disse o amigo aí acima, indenizando o Brasil em 1 trilhão (de euros) por ano para o Brasil.
Esquerdista fica bugado com essa ideia, já que se isso de fundo fosse feito, beneficiaria o Governo atual
 
Ultima Edição:

NEOMATRIX

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
31.066
Reações
23.729
Pontos
909
Esses malucos sabem nem que o Brasil fica no continente americano vem falar merda.
Melhor cuidarem do próprio rabo que ta cheio de homem bomba querendo estourar.
Enquanto isso, os alienados tão enchendo o rabo de Rainhas e príncipes como se conto de fadas ainda existissem.

Pior é o Huezileiro dar corda pra isso

Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 
Ultima Edição:

Vim do Futuro

Bam-bam-bam
Mensagens
9.056
Reações
34.161
Pontos
353
Ontem de curioso fui procurar como estão as florestas lá no reino unido...não achei até agora.
É que deturparam as florestas do UK. Nunca foram florestas de verdade.

BTW: o Saara já foi coberto por árvores e vegetação. Hoje é o que sabemos. Acho que o Bozonauro nem era nascido na época. Mas vou consultar a Economist pra saber de quem é a culpa.
 

abcdario

Bam-bam-bam
Mensagens
2.338
Reações
3.133
Pontos
303
É que deturparam as florestas do UK. Nunca foram florestas de verdade.

BTW: o Saara já foi coberto por árvores e vegetação. Hoje é o que sabemos. Acho que o Bozonauro nem era nascido na época. Mas vou consultar a Economist pra saber de quem é a culpa.
A Alemanha é o maior produtor de lignito da Europa, um tipo de carvão muito mais poluente e ineficiente energeticamente, todos estes países geraram riqueza e prosperidade através da extração e da pilhagem, estes merdas deveriam se calar e cuidar da recuperação do seu próprio meio ambiente agora que podem fazer isto.
 

Metaliun

Habitué da casa
Mensagens
624
Reações
484
Pontos
89
Já que existem forças externas que fazem pressão para não haver desmatamento da Amazônia, por que esses países que desmataram tudo deles não participam financeiramente?
Um fundo internacional de proteção à Amazônia e também compensação por proibirem o desenvolvimento econômico daqui, o que eles fizeram pra si.
Mas isso já existe em várias formas. O Acordo de Paris determina que os países desenvolvidos deverão investir 100 bilhões de dólares por ano em medidas de combate à mudança do clima e adaptação, em países em desenvolvimento.
Pelo Fundo Amazônia o Brasil já recebeu 3,5 BILHÕES de reais através de doações de países (Noruega e alemanha, principalmente) para o custeio de medidas de combate, monitoramento e Prevenção ao Desmatamento.
 

Vim do Futuro

Bam-bam-bam
Mensagens
9.056
Reações
34.161
Pontos
353
A Alemanha é o maior produtor de lignito da Europa, um tipo de carvão muito mais poluente e ineficiente energeticamente, todos estes países geraram riqueza e prosperidade através da extração e da pilhagem, estes merdas deveriam se calar e cuidar da recuperação do seu próprio meio ambiente agora que podem fazer isto.
Outro dia mesmo a Etiópia realizou o maior florestamento diário da história (ainda que os dados oficiais possam ser questionados). Outros países africanos têm atuações semelhantes, até para conter a desertificação e recuperar seu meio ambiente. Mesmo a China e Índia têm projetos de reflorestamento consideráveis.
Só os europeus, preocupadíssimos com a ecologia, não seguem o exemplo. Eles gostam mesmo é de cagar regras e explorar os países mais pobres.
 

alucardlv1313

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.215
Reações
42.072
Pontos
734
Engraçado q, não se importavam quando dilma nomeou Katia "moto-serra" Abreu para ministra da agricultura. e tb não se importaram quando marina era ministra do meio ambiente e seu marido um contrabandista de madeira.
Mas nossa...em 1 ano do governo Bolsonaro não vai mais ter florestas, são precisos pra caramba....q nem o al gore sobre o derretimento das geleiras :klolwtf

Aposto q o editor q defecou essa matéria tem um carro elétrico, se acha "o defensor" do meio ambiente, e quando pluga seu carrinho na tomada para recarregar as baterias a energia é fornecida pelos peidos dos unicórnios coloridos q moram na terra onde o socialismo deu certo....e não de usinas termo elétricas q queimam combustíveis fósseis a torto e direito.
 
Ultima Edição:

Ivo Maropo

Bam-bam-bam
Mensagens
6.047
Reações
7.714
Pontos
353
Aqui, temos um impasse curioso: se as instituições científicas são uma "balela", então vamos acreditar em quem e baseados no quê? No astrólogo que odeia a ciência, vive sonhando com teorias conspiratórias e tira dados do próprio cu? Embora o Brasil nunca tenha sido referência internacional em meio ambiente, ao menos nós não tínhamos gente que nega o aquecimento global, o desmatamento da Amazônia, a terra ser redonda e orbitar ao redor do sol, e a lista de sandices é vasta.

O Brasil claramente está nas mãos de lunáticos, paranóicos conspiracionistas e sociopatas. "Saudades" dos bons e velhos corruptos. A patológica desconfiança conspiratória por tudo quanto é oficial, científico, institucional e "do Estado" nos remete, obviamente, ao teórico e guru da extrema-direita que, assim como a Xuxa, acredita em gnomos. Muito bem, Brasil. É assim que nós vamos longe. Mais religião fundamentalista e autoritarismo, e menos ciência, por favor.
 

$delúbio$

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.961
Reações
39.475
Pontos
599
internacionalização da amazônia já

ou

grupos de pressão eco-melancias querendo arrumar pretextos ocos para melar acordo comercial Mercosul-UE.


No mais, foro de São Paulo já conclamou seus membros a combaterem o governo, o que caracteriza submissão de partidos brasileiros a entidades internacionais e sua imediata ilegalidade.
 
Ultima Edição:

$delúbio$

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.961
Reações
39.475
Pontos
599
Enquanto isso, o poste dos Castro e o Maduro dão lembranças enquanto matam um monte de gente de fome.
o Nhonho best coreano solta foguetes e dá risada.


Revisteca hipócrita podre da esquerda fabiana inglesa

Histeria, dedo no cu e gritaria.
 
Ultima Edição:
Topo