O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


The Intercept começou a publicar uma série de artigos sobre a lava-jato que podem ser interessantes.



*Splash*

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.699
Reações
37.972
Pontos
664
PF investiga programador que vive em Dublin
Um novo elemento, ligado ao hacker-estelionatário Walter Delgatti Neto, surgiu no horizonte de investigação da Polícia Federal. Trata-se do programador Rafael Felipe Gibin, que hoje vive em Dublin, Irlanda.

O nome de Gibin consta da ficha criminal de Delgatti anexada a uma investigação de 2017 que apurava o envolvimento de Vermelho em crimes de estelionato via internet. Quando foram deflagradas as primeiras prisões da Spoofing, Gibin já estava longe. Desde abril do ano passado, ele foi para terras irlandesas. E estaria trabalhando numa empresa chamada Fusioneer, especializada em desenvolvimento de softwares.

Nas redes sociais, o programador mantém poucas postagens. No Twitter, retuitou uma mensagem de Glenn Greenwald em 29 de julho – pouco mais de um mês depois da primeira reportagem do Intercept.

Logo após as prisões dos amigos, fechou seu perfil no Twitter e desativou o do Facebook.


fonte
 

*Splash*

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.699
Reações
37.972
Pontos
664
Juiz homologa delação de hacker
Vallisney de Souza Oliveira, juiz da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, homologou a delação premiada de Luiz Henrique Molição, noticia a Folha. O hacker deverá deixar a cadeia até o fim da semana.

Um dos presos na Operação Spoofing, Molição é acusado de integrar o grupo de hackers de Walter Delgatti Neto, o Vermelho, que invadiu contas de autoridades públicas no Telegram –entre elas, Sergio Moro, Deltan Dallagnol e outros procuradores da Lava Jato.

Molição teria armazenado parte das mensagens roubadas e feito contatos com Glenn Greenwald, que divulgou o material obtido ilegalmente.


fonte
 


*Splash*

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.699
Reações
37.972
Pontos
664
Os hackers desmoronam
A quadrilha de hackers verdevaldianos acabou desmoronando.

Três acusados de terem hackeado celulares de Sergio Moro e dos procuradores da Lava Jato avançaram em acordos de delação premiada definidos com a Polícia Federal, diz o Estadão. Eles, no entanto, ainda não foram homologados.

O jornal acrescenta: O governo acompanha, à distância, com ansiedade.


fonte
 

*Splash*

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.699
Reações
37.972
Pontos
664
Hacker delata militantes do PT
O hacker que delatou à PF o esquema das mensagens verdevaldianas forneceu uma pista que pode levar a uma reviravolta no caso, segundo a Veja.

Luiz Molição entregou aos investigadores o nome de três novos personagens que estariam envolvidos na invasão dos celulares e na divulgação das mensagens da Lava Jato.

Um deles seria um militante do PT ligado à família do ex-ministro Antonio Palocci.


fonte
 

XINTSUAI2

Mil pontos, LOL!
Mensagens
32.311
Reações
15.085
Pontos
1.029


Turminha do "não fale mal do meu herói" passando o pano abaixo hehe...
 
Ultima Edição:

*Splash*

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.699
Reações
37.972
Pontos
664
Procurador quer denunciar hackers antes do recesso
O procurador da República Wellington Divino Marques de Oliveira quer denunciar ainda neste mês os hackers que atacaram celulares e aplicativos de mensagens de autoridades, informa Mateus Coutinho na Crusoé.

Oliveira está há cerca de duas semanas trabalhando na denúncia contra o grupo, preso na Operação Spoofing.

O procurador depende apenas do relatório final da PF sobre a operação para que a denúncia seja apresentada já nesta semana, na véspera do recesso do Judiciário.


fonte
 

*Splash*

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.699
Reações
37.972
Pontos
664
Mais um hacker fecha acordo de delação premiada
Vallisney de Souza Oliveira, juiz da 10ª Vara Federal de Brasília, homologou o acordo de delação premiada fechado entre o MPF e o ex-DJ Gustavo Henrique Elias Santos, um dos acusados na Operação Spoofing.

Com base na homologação, a Justiça Federal determinou ontem à noite a soltura do hacker, que estava preso desde julho.


fonte
 

constatine

Bam-bam-bam
Mensagens
5.221
Reações
25.774
Pontos
344
Diretor da TV Cultura chama Greenwald de "indelicado" por crítica ao Roda Viva
Bancada será amigável a Moro


O diretor de jornalismo da TV Cultura, Leão Serva, criticou nesta quarta-feira 15/I a campanha nas redes sociais que pedia a participação de um jornalista do Intercept Brasil (que publica a série de reportagens Vaza Jato) no programa Roda Viva da próxima segunda-feira, que terá como entrevistado o ministro da Justiça de Jair Bolsonaro, Sergio Moro. Como o Conversa Afiada noticiou mais cedo, a bancada escolhida pode ser considerada, no mínimo, bastante amigável a Moro.

Na véspera, o jornalista Glenn Greenwald, fundador e colunista do Intercept, disse que "seria indesculpável e um tanto covarde para o Roda Viva permitir que Sergio Moro aparecesse sem colocar um jornalista do Intercept Brasil no painel para participar da discussão".

A Mauricio Stycer, colunista do UOL, Serva chamou a postura de Greenwald (e de outros jornalistas do Intercept) de "indelicada".

“A escolha do entrevistado e dos entrevistadores é feita pela TV Cultura. Não pedimos sugestões nem submetemos a bancada ao entrevistado. Alguns já fizeram sugestões, mas nenhuma foi acatada”, afirmou ainda Serva.

Segundo ele, atualmente a escolha é feita em uma reunião semanal com as presenças do editor-chefe do programa (Carlos Taquari), a apresentadora (Vera Magalhães), o diretor de jornalismo (Serva), o presidente da TV Cultura (José Roberto Maluf) e o vice-presidente (Carlito Camargo).

Participarão da bancada na entrevista com Moro: Alan Gripp (O Globo), Andreza Matais (Estadão), Leandro Colon (Folha), Malu Gaspar (Piauí) e Felipe Moura Brasil (Jovem Pan).
https://www.conversaafiada.com.br/pig/diretor-da-tv-cultura-chama-greenwald-de-indelicado-por-critica-ao-roda-viva







A escolha do entrevistado e dos entrevistadores é feita pela TV Cultura. Não pedimos sugestões nem submetemos a bancada ao entrevistado. Alguns já fizeram sugestões, mas nenhuma foi acatada
 
Topo