O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Witzel diz que 'em outros lugares do mundo', poderia ter autorização para jogar míssil em bandidos da Cidade de Deus

Doug.Exausto

Supra-sumo
Mensagens
499
Reações
1.026
Pontos
168
O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse nesta sexta-feira (14) que criminosos da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, poderiam ser explodidos por um míssil, como mostrou o RJ2.
"O vagabundo bandido quer atalho e aí nós cidadãos não vamos aceitar isso. A nossa polícia, ela não quer matar. Mas nós não queremos ver cenas como aquelas que nós vimos, na Cidade de Deus, que, se fosse com autorização da ONU, em outros lugares do mundo, nós tínhamos autorização para mandar um míssil naquele local e explodir aquelas pessoas."
O governador fez a declaração em uma solenidade em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e foi aplaudido pelos presentes após o discurso.
Witzel também disse que o Rio de Janeiro vive um estado de terrorismo.
"Porque nós estamos vivendo um estado de terrorismo, não só no estado do Rio de Janeiro, mas nas comunidades onde eles se infiltraram. Não é a comunidade que faz o sujeito ser terrorista porque lá na CDD[Cidade de Deus], na Rocinha, no Vidigal, tem gente decente, que trabalha e estuda", completou.
Horas após o comentário no discurso, o governador afirmou que, em sua declaração, comparou as ações dos traficantes do Rio com conflitos armados que existem no mundo.

Witzel ressaltou ainda que o Rio vive um estado de terrorismo nas comunidades, deixando milhares de famílias reféns da violência.
Em relação à expressão "aquelas pessoas" , o governador disse que se referia aos bandidos que enfrentaram os policiais e atiraram por trás de um muro na Cidade de Deus no confronto da última quarta-feira (12). Segundo ele, num conflito bélico, eles seriam alvo de míssil.

Repercussão

A Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alerj, deputada Renata Souza (PSOL), divulgou uma nota criticando a declaração.
Segunda ela, a declaração do governador revela uma mentalidade autoritária e violenta e que segurança pública se faz com estratégia, prevenção e inteligência, não com mísseis e execuções sumárias.
A ONG Redes da Maré disse que a declaração do governador soa como uma carta branca para policiais que atuam ao arrepio da lei nas favelas do Rio de Janeiro. Ainda sendo a ONG, não será com mais violência que a grave crise na segurança pública no Rio será resolvida.

Fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/06/14/em-discurso-witzel-fala-em-jogar-missil-em-traficantes-na-cidade-de-deus.ghtml
 


Cafetão Chinês

Bam-bam-bam
Mensagens
5.719
Reações
28.915
Pontos
353
O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse nesta sexta-feira (14) que criminosos da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, poderiam ser explodidos por um míssil, como mostrou o RJ2.
"O vagabundo bandido quer atalho e aí nós cidadãos não vamos aceitar isso. A nossa polícia, ela não quer matar. Mas nós não queremos ver cenas como aquelas que nós vimos, na Cidade de Deus, que, se fosse com autorização da ONU, em outros lugares do mundo, nós tínhamos autorização para mandar um míssil naquele local e explodir aquelas pessoas."
O governador fez a declaração em uma solenidade em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e foi aplaudido pelos presentes após o discurso.
Witzel também disse que o Rio de Janeiro vive um estado de terrorismo.
"Porque nós estamos vivendo um estado de terrorismo, não só no estado do Rio de Janeiro, mas nas comunidades onde eles se infiltraram. Não é a comunidade que faz o sujeito ser terrorista porque lá na CDD[Cidade de Deus], na Rocinha, no Vidigal, tem gente decente, que trabalha e estuda", completou.
Horas após o comentário no discurso, o governador afirmou que, em sua declaração, comparou as ações dos traficantes do Rio com conflitos armados que existem no mundo.

Witzel ressaltou ainda que o Rio vive um estado de terrorismo nas comunidades, deixando milhares de famílias reféns da violência.
Em relação à expressão "aquelas pessoas" , o governador disse que se referia aos bandidos que enfrentaram os policiais e atiraram por trás de um muro na Cidade de Deus no confronto da última quarta-feira (12). Segundo ele, num conflito bélico, eles seriam alvo de míssil.

Repercussão

A Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alerj, deputada Renata Souza (PSOL), divulgou uma nota criticando a declaração.
Segunda ela, a declaração do governador revela uma mentalidade autoritária e violenta e que segurança pública se faz com estratégia, prevenção e inteligência, não com mísseis e execuções sumárias.
A ONG Redes da Maré disse que a declaração do governador soa como uma carta branca para policiais que atuam ao arrepio da lei nas favelas do Rio de Janeiro. Ainda sendo a ONG, não será com mais violência que a grave crise na segurança pública no Rio será resolvida.

Fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/06/14/em-discurso-witzel-fala-em-jogar-missil-em-traficantes-na-cidade-de-deus.ghtml
76756
 

Yapathi

Bam-bam-bam
Mensagens
1.963
Reações
8.243
Pontos
303
A ironia é que o Rio de Janeiro nem é exatamente a capital mais violenta do Brasil. E ainda assim pode se dizer sem medo que está em guerra civil e que o estado não tem controle total de seu território naquela cidade.

O desastre da segurança publica da era do PT de Lula e Dilma é tão grande que o povo fica chocado ao ver uma mera média. Vai ver Fortaleza, Salvador e São Luiz.
 
Ultima Edição:


Aet3rnus

Bam-bam-bam
Mensagens
844
Reações
2.974
Pontos
258
A ironia é que o Rio de Janeiro nem é exatamente a capital mais violenta do Brasil. E ainda assim pode ser dizer sem medo que está em guerra civil e que o estado não tem controle total de seu território naquela cidade.

O desastre da segurança publica da era do PT de Lula e Dilma é tão grande que o povo fica chocado ao ver uma mera média. Vai ver Fortaleza, Salvador e São Luiz.
Fortaleza teve uma oportunidade de ouro, quando foi escolhida para o Projeto Piloto de Segurança Pública (Sergio Moro). Mas o cearense escolheu um governador PTista (que ñ cooperou com o Governo Federal). E agora tomaram no cú pq Fortaleza foi descartada.
 

Yapathi

Bam-bam-bam
Mensagens
1.963
Reações
8.243
Pontos
303
Fortaleza teve uma oportunidade de ouro, quando foi escolhida para o Projeto Piloto de Segurança Pública (Sergio Moro). Mas o cearense escolheu um governador PTista (que ñ cooperou com o Governo Federal). E agora tomaram no cú pq Fortaleza foi descartada.
Aqui se faz, aqui se paga.

Mas Nordeste é um lugar tradicionalmente complicado de discutir politica. Faz muito que desisti de entender certas escolhas que o eleitor dali faz e o que tem por trás, a vida deles é muito fora da minha realidade de cidadão do ABC de São Paulo. Deve ter alguma coisa à mais por trás, nunca fui pregador dessa tese que a razão dessas escolhas seja apenas Bolsa Família.
 

Doug.Exausto

Supra-sumo
Mensagens
499
Reações
1.026
Pontos
168
A ironia é que o Rio de Janeiro nem é exatamente a capital mais violenta do Brasil. E ainda assim pode ser dizer sem medo que está em guerra civil e que o estado não tem controle total de seu território naquela cidade.

O desastre da segurança publica da era do PT de Lula e Dilma é tão grande que o povo fica chocado ao ver uma mera média. Vai ver Fortaleza, Salvador e São Luiz.
Norte e Nordeste historicamente sempre prevaleceu o coronelismo e a "cultura de macho", em que se resolve os problemas na base da bala estilo filmes sobre noroeste. Mas é sabido que o aumento exponencial da violência lá se dá devido a expansão do PCC e Comando vermelho (além da formação de facções locais), tendo em vista que o Nordeste é ponto para envio de droga para a Europa e Norte, além dessas facções, você tem disputas por terras envolvendo grilheiros e indígenas, fora que a Amazônia virou ambiente de disputa por zona de importação e distribuição de Armas e drogas por todo o país (Acre e Mato Grosso sofrem demais com isso).
 

Stranger_Eddie

Bam-bam-bam
Mensagens
4.009
Reações
12.645
Pontos
303
Uma M230 faria esse trabalho com maestria.

Maquina Linda! :kluv

....

Fazendo uma trágica analogia com o filme Apocalipse Now!...

Exercito Americano = Brasil

Praia Vietnamita = Praia RJ próxima ao morro do tráfico

Vietcongues (no filme tem vítimas inocentes), mas... só por devaneios estes vietnamitas ai fossem = Os Traficantes...

E ao invés de mísseis, nossa armada entrar assim!

v
v

Seria uma investida mais overpower :kkong
 
Ultima Edição:

Zefiris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.991
Reações
40.955
Pontos
664
Dizem que os americanos fizeram uma variação do míssil Hellfire onde - em vez de usar uma ogiva explosiva - é desdobrado 6 lâminas de bom tamanho para fatiar terroristas. E assim sem ferir civis nas proximidades.

Hora de aproveitar que o Brasil foi aceito como aliado extra-Otan e ir às compras :obrigue
 

Guy_Debord

Supra-sumo
Mensagens
1.877
Reações
1.756
Pontos
178
Quer dizer então que não acaba com o tráfico no Brasil pq nossa pobre coitada polícia não tem armamento pesado? Achava que era pq a força policial era corrupta pra cacete, tanto quanto os políticos, que inclusive estão diretamente relacionados com o tráfico de drogas e ganham dinheiro em cima disso. Sempre aprendendo na Outerspace :kjoinha:kjoinha

Joga míssil na favela que resolve o tráfico de dorga :khuebr

É desse tipo de postura burra e acrítica que a Marilene Chauí tira essas ideias sobre a classe média. É cheio de gente que pensa igual vcs, gostando ou não faz sentido o que ela fala :klolwtf
 

Yusuke Urameshi

Bam-bam-bam
Mensagens
5.221
Reações
15.626
Pontos
353
Direito humano é o caralho... tomar no cú, tem que exterminar esses lixos. Bandido tem que andar com o cool na mão dentro das comunidade...

Não vejo a hora disso acontecer... sim, eu sei que é quase um sonho meu, mas?
Direitos humanos são - ou pelo menos deveriam ser - para os humanos direitos.

Que é algo que ladrões/assassinos/estupradores/traficantes NÃO SÃO.
 

Cafetão Chinês

Bam-bam-bam
Mensagens
5.719
Reações
28.915
Pontos
353
Direitos humanos são - ou pelo menos deveriam ser - para os humanos direitos.

Que é algo que ladrões/assassinos/estupradores/traficantes NÃO SÃO.
"Direitos humanos" (ou direitos de segunda geração), são uma deturpação de socialistas e esquerdistas dos direitos fundamentais/naturais lockeanos.

Os direitos fundamentais de primeira geração/naturais eram apenas 3:
  • o direito que não lhe tirem a vida (desde que você não agrida ou coaja terceiros);
  • o direito que não lhe tirem a liberdade (desde que você não ameace ou violente terceiros);
  • o direito que não lhe roubem a propriedade privada honestamente adquirida.
E só. Esses são os únicos direitos éticos, universais e absolutos. Não existe nenhum outro direito a priori.
E quem viola esses direitos, deve ser punido.
Aquele que violenta ou coage terceiros perde completamente seus direitos fundamentais por uma questão lógica.

Ladrões, furtadores, fraudadores, estelionatários já perdem parcialmente esses direitos.
assassinos, estupradores, latrocidas, assaltantes, sequestradores e pedófilos não tem mais direito a vida, pois negaram a terceiros esse direito.

Portanto:

 
Ultima Edição:

Dark Texugo

Bam-bam-bam
Mensagens
2.105
Reações
2.354
Pontos
303
"Jogar míssil em traficantes".

Tá, e o problema é?
O próprio Witzel inconscientemente sabe qual o problema dessa idéia:

"Não é a comunidade que faz o sujeito ser terrorista porque lá na CDD[Cidade de Deus], na Rocinha, no Vidigal, tem gente decente, que trabalha e estuda"
 

Guy_Debord

Supra-sumo
Mensagens
1.877
Reações
1.756
Pontos
178
Claro, até porque neste fórum só tem usuários que nasceram em berço de ouro, e que odeiam os pobres (SQN).

Você é um péssimo piadista.
Pelo nível das postagens, é o que me parece sim. Pelo menos o pessoal que visita mais a pasta de política, me parece que a grande maioria esmagadora é, no mínimo, classe média. Sem dúvidas um monte de pequenos empresários, engenheiros, trabalhadores bem pagos do Estado e etc.

Acho bem difícil ver morador de favela sendo a favor de jogar míssil na porra da favela viu.
 

Flavius Maximus

Bam-bam-bam
Mensagens
3.197
Reações
8.101
Pontos
304
Pelo nível das postagens, é o que me parece sim. Pelo menos o pessoal que visita mais a pasta de política, me parece que a grande maioria esmagadora é, no mínimo, classe média. Sem dúvidas um monte de pequenos empresários, engenheiros, trabalhadores bem pagos do Estado e etc.

Acho bem difícil ver morador de favela sendo a favor de jogar míssil na porra da favela viu.
meu amigo mora na rocinha e falou que é favor de míssil sim e ai kd seu Deus agora?
 

Scorpion

Bam-bam-bam
Mensagens
10.989
Reações
9.025
Pontos
434
Pessoal gosta de ver pobre sendo morto. Hue mete míssil na favela, oq poderia dar errado:khuebr
Ja da errado pelos traficante mesmo, deixa como está?. Moro em comunidade e por muito pouco não levo balaço pq simplesmente esqueci de um maldito pisca alerta.

Amigo, pare de falar merda, sofro com esses lixos, é foda estar num café da manha em um sábado ou domingo e ouvir sons de tiros, sua casa sendo desvalorizada e não conseguir vender por um valor real. SIM, esses lixos devem ser mortos mesmo! E se aparece mais 10 bandidos por cada morte, que mate 20 deles. Até diminuir as admissões dos trabalhadores do trafico. Se a morte de bandidos fosse mais frenética eles estariam com o cool na mão e o abençoado sementinha do mal ia pensar em fazer oura coisa.
 
Ultima Edição:

Ivo Maropo

Bam-bam-bam
Mensagens
6.038
Reações
7.703
Pontos
353
Direito humano é o caralho... tomar no cú, tem que exterminar esses lixos. Bandido tem que andar com o cool na mão dentro das comunidade...

Não vejo a hora disso acontecer... sim, eu sei que é quase um sonho meu, mas?
Gostei do "exterminar" (esqueçamos "executar", que ainda é muito individualista). Por que não levar a lógica até sua óbvia conclusão final e defender também a criação de campos de extermínio? Você iria a público pregar este extermínio?
 
Topo