O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


XBOX SERIES X | Lançamento: 23.10.2020? + Evento em Julho

Azeon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.456
Reações
19.422
Pontos
554
Postei e saí correndo...
1 - Excelente que os consoles tem a mesma tecnologia, logo não precisa ficar nessa de "ain o meu fais iço, u seu naum, seu feio".
2 - Tenho um controle do Xbox One S, como habilita esse haptic feedback ? A única coisa que conheço é o Rumble nos triggers que é ANIMAL mas no PC só um jogo usa que é o F1 (uma pena, acho essa função espetacular).
 


Mr Bones

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.065
Reações
10.893
Pontos
694
1 - Excelente que os consoles tem a mesma tecnologia, logo não precisa ficar nessa de "ain o meu fais iço, u seu naum, seu feio".
2 - Tenho um controle do Xbox One S, como habilita esse haptic feedback ? A única coisa que conheço é o Rumble nos triggers que é ANIMAL mas no PC só um jogo usa que é o F1 (uma pena, acho essa função espetacular).
Nao tem no controle do Xbox. So rumble mesmo. A Sony esta prometendo oferecer o que o controle do Xbox ja oferece, e ir além. Espero que Mic faca o memso.

No Elite 2 tem nos direcionais analogicos haptic feedback. Mas no trigger somente rumbre. Apesar que e melhor implementado, rumble no Elite e bem mais robusto. Vc percebe mais.
 

Mr Bones

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.065
Reações
10.893
Pontos
694
Até à data, o início de cada nova geração ficou marcado pela chegada de novos jogos que apenas podias jogar na nova consola, exclusivos concebidos para incentivar uma transição rápida para a plataforma mais recente.

No entanto, a Xbox Series X pretende revolucionar esse conceito e não chegará às lojas com exclusivos first-party pois a Microsoft não quer abandonar quem comprou uma Xbox One ou ainda pretende comprar uma.

Numa recente entrevista, Matt Booty, gestor da Xbox Game Studios, explicou que o plano é esse, cumprir com as promessas e ter a certeza que, independente da consola Xbox que compras em 2020, terás grande qualidade.

Booty diz que a Xbox Series X romperá com o conceito de reinício de plataforma que acontece a cada nova geração pois, além do PC, próximos lançamentos da Xbox Game Studios poderão ser jogados na Xbox One.

"Consoante o nosso conteúdo é lançado ao longo do próximo ano ou dois, todos os nossos jogos, tal como no PC, podem ser jogados na mais recente ou anterior família de dispositivos."

"Queremos ter a certeza que se alguém investir numa Xbox entre agora e a Xbox Series X, sentem que fizeram um bom investimento e que teremos conteúdo para lhe apresentar."

A Microsoft pretende reescrever as regras convencionais para o lançamento de uma consola, mas a Xbox Series X será capaz de mostrar o seu poder ao tirar partido de novas funcionalidades.

"A nossa abordagem é pegar numa ou duas propriedades intelectuais nas quais nos vamos focar e assegurar que estão no lançamento da consola, tirando proveito de todas as funcionalidades. Para nós, será Halo Infinite, que é uma grande oportunidade.

Booty diz que Halo Infinite estará no lançamento da Xbox Series X e vai mostrar o seu poder.


Eu sempre defendi isso, e acho acertado. Desde que ele faça memso o que falou em usar potencial do novo hardware. Ou seja, nos proximos dois anos tudo vai sair no One.


Edit: link da materia original

 
Ultima Edição:

Harold_Finch

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
23.316
Reações
29.377
Pontos
654
Caramba, mais uma vez, o controle do Xbox one tem haptic feedback. Isso é o nome dessa variação de vibração, que faz com que vc tenha "sensações" diferentes dependendo do jogo nos gatilhos.
Em Dirt Rally, vc consegue sentir a deformação do terreno pelo controle. A sensação é muito imersiva.
Em Rise of Tomb Raider, ao usar o arco, o controle vai aumentando a vibração conforme vc vai segurando ele esticado. Chega até ser meio agoniante ficar segurando o arco o tempo todo.

O que o controle do PS5 vai trazer, pelo o que se lê, é o adaptive triggers, que vai regular a pressão dos gatilhos, deixando eles mais "duros ou moles", conforme algo ocorra no jogo.
Um exemplo que consigo pensar é em jogos de tiro, onde ao acabar a munição, seu gatilho ficaria duro.

https://news.xbox.com/en-us/2013/06/06/xbox-one-controller-feature/
 

Azeon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.456
Reações
19.422
Pontos
554
Nao tem no controle do Xbox. So rumble mesmo. A Sony esta prometendo oferecer o que o controle do Xbox ja oferece, e ir além. Espero que Mic faca o memso.

No Elite 2 tem nos direcionais analogicos haptic feedback. Mas no trigger somente rumbre. Apesar que e melhor implementado, rumble no Elite e bem mais robusto. Vc percebe mais.
Vamos ver, a MS não vai colocar aquela bosta de trackpad o que já é ótimo.


Sent from my MI 9 using Tapatalk
 


pavomba

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.012
Reações
18.423
Pontos
614
Caramba, mais uma vez, o controle do Xbox one tem haptic feedback. Isso é o nome dessa variação de vibração, que faz com que vc tenha "sensações" diferentes dependendo do jogo nos gatilhos.
Em Dirt Rally, vc consegue sentir a deformação do terreno pelo controle. A sensação é muito imersiva.
Em Rise of Tomb Raider, ao usar o arco, o controle vai aumentando a vibração conforme vc vai segurando ele esticado. Chega até ser meio agoniante ficar segurando o arco o tempo todo.

O que o controle do PS5 vai trazer, pelo o que se lê, é o adaptive triggers, que vai regular a pressão dos gatilhos, deixando eles mais "duros ou moles", conforme algo ocorra no jogo.
Um exemplo que consigo pensar é em jogos de tiro, onde ao acabar a munição, seu gatilho ficaria duro.

https://news.xbox.com/en-us/2013/06/06/xbox-one-controller-feature/
Acho bem curioso como o Xbox One é um console cheio de features pequenas.
 

hayabasa

Habitué da casa
Mensagens
418
Reações
291
Pontos
89
Até à data, o início de cada nova geração ficou marcado pela chegada de novos jogos que apenas podias jogar na nova consola, exclusivos concebidos para incentivar uma transição rápida para a plataforma mais recente.

No entanto, a Xbox Series X pretende revolucionar esse conceito e não chegará às lojas com exclusivos first-party pois a Microsoft não quer abandonar quem comprou uma Xbox One ou ainda pretende comprar uma.

Numa recente entrevista, Matt Booty, gestor da Xbox Game Studios, explicou que o plano é esse, cumprir com as promessas e ter a certeza que, independente da consola Xbox que compras em 2020, terás grande qualidade.

Booty diz que a Xbox Series X romperá com o conceito de reinício de plataforma que acontece a cada nova geração pois, além do PC, próximos lançamentos da Xbox Game Studios poderão ser jogados na Xbox One.

"Consoante o nosso conteúdo é lançado ao longo do próximo ano ou dois, todos os nossos jogos, tal como no PC, podem ser jogados na mais recente ou anterior família de dispositivos."

"Queremos ter a certeza que se alguém investir numa Xbox entre agora e a Xbox Series X, sentem que fizeram um bom investimento e que teremos conteúdo para lhe apresentar."

A Microsoft pretende reescrever as regras convencionais para o lançamento de uma consola, mas a Xbox Series X será capaz de mostrar o seu poder ao tirar partido de novas funcionalidades.

"A nossa abordagem é pegar numa ou duas propriedades intelectuais nas quais nos vamos focar e assegurar que estão no lançamento da consola, tirando proveito de todas as funcionalidades. Para nós, será Halo Infinite, que é uma grande oportunidade.

Booty diz que Halo Infinite estará no lançamento da Xbox Series X e vai mostrar o seu poder.


Eu sempre defendi isso, e acho acertado. Desde que ele faça memso o que falou em usar potencial do novo hardware. Ou seja, nos proximos dois anos tudo vai sair no One.


Edit: link da materia original

Faria sentido se fosse apenas para o X, mas o xbox one normal é muito fraco, imagina a cagada que vai ficar nele.
 

capixaba

Bam-bam-bam
Mensagens
1.682
Reações
2.451
Pontos
303
Flight Simulator vem pro Xbox one, já foi anunciado, age of empires 4 eu vi gente dizendo que sairia tbm, os anteriores não sairam pois são um Remaster de PC
Gears tatics ta confirmado, acho deveria sr simultâneo o lançamento, mas o rod que focar primeiro no público alvo.
Aposto em fs e gears saindo no XSX.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

Azeon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.456
Reações
19.422
Pontos
554
Caramba, mais uma vez, o controle do Xbox one tem haptic feedback. Isso é o nome dessa variação de vibração, que faz com que vc tenha "sensações" diferentes dependendo do jogo nos gatilhos.
Em Dirt Rally, vc consegue sentir a deformação do terreno pelo controle. A sensação é muito imersiva.
Em Rise of Tomb Raider, ao usar o arco, o controle vai aumentando a vibração conforme vc vai segurando ele esticado. Chega até ser meio agoniante ficar segurando o arco o tempo todo.

O que o controle do PS5 vai trazer, pelo o que se lê, é o adaptive triggers, que vai regular a pressão dos gatilhos, deixando eles mais "duros ou moles", conforme algo ocorra no jogo.
Um exemplo que consigo pensar é em jogos de tiro, onde ao acabar a munição, seu gatilho ficaria duro.

https://news.xbox.com/en-us/2013/06/06/xbox-one-controller-feature/
Porra, sério que tem isso ?
Em qual Tomb Raider ? Porque no do PC não acontece isso no Rise nem no normal, nunca joguei o Shadow, acho isso animal
 

Kise Ryota

Exploiter Lixoso
VIP
Mensagens
43.470
Reações
61.032
Pontos
909
Até à data, o início de cada nova geração ficou marcado pela chegada de novos jogos que apenas podias jogar na nova consola, exclusivos concebidos para incentivar uma transição rápida para a plataforma mais recente.

No entanto, a Xbox Series X pretende revolucionar esse conceito e não chegará às lojas com exclusivos first-party pois a Microsoft não quer abandonar quem comprou uma Xbox One ou ainda pretende comprar uma.

Numa recente entrevista, Matt Booty, gestor da Xbox Game Studios, explicou que o plano é esse, cumprir com as promessas e ter a certeza que, independente da consola Xbox que compras em 2020, terás grande qualidade.

Booty diz que a Xbox Series X romperá com o conceito de reinício de plataforma que acontece a cada nova geração pois, além do PC, próximos lançamentos da Xbox Game Studios poderão ser jogados na Xbox One.

"Consoante o nosso conteúdo é lançado ao longo do próximo ano ou dois, todos os nossos jogos, tal como no PC, podem ser jogados na mais recente ou anterior família de dispositivos."

"Queremos ter a certeza que se alguém investir numa Xbox entre agora e a Xbox Series X, sentem que fizeram um bom investimento e que teremos conteúdo para lhe apresentar."

A Microsoft pretende reescrever as regras convencionais para o lançamento de uma consola, mas a Xbox Series X será capaz de mostrar o seu poder ao tirar partido de novas funcionalidades.

"A nossa abordagem é pegar numa ou duas propriedades intelectuais nas quais nos vamos focar e assegurar que estão no lançamento da consola, tirando proveito de todas as funcionalidades. Para nós, será Halo Infinite, que é uma grande oportunidade.

Booty diz que Halo Infinite estará no lançamento da Xbox Series X e vai mostrar o seu poder.


Eu sempre defendi isso, e acho acertado. Desde que ele faça memso o que falou em usar potencial do novo hardware. Ou seja, nos proximos dois anos tudo vai sair no One.


Edit: link da materia original

Boa notícia para quem tem um Xone.

Mas pra alguém como eu que tá cagando pra atual gen, é algo totalmente dispensável. No fim, não acho uma boa ideia não. Já há algum tempo que os estúdios da SONY estão trabalhando é no PS5.
 

Azeon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.456
Reações
19.422
Pontos
554
Boa notícia para quem tem um Xone.

Mas pra alguém como eu que tá cagando pra atual gen, é algo totalmente dispensável. No fim, não acho uma boa ideia não. Já há algum tempo que os estúdios da SONY estão trabalhando é no PS5.
Rapaaaz...
Isso pode capar e muito os jogos do XSX, porque se a base for o One/S ou até mesmo o X (por causa do Jaguar) os jogos só ficarão mais bonitos e mais estáveis no XSX.

Sinceramente não quero isso na próxima gen, se não tiver evolução na AI, física e outras coisas (nem ligo para o Ray Tracing, é só efeito bonitinho) não vai ter graça, já achei essa geração muito limitada nisso principalmente depois de ver o que o WiiU foi capaz no BoTW em relação a física.

Quero muito, muito mesmo uma dificuldade baseada no seu estilo de jogo, onde a AI aprende como você se movimenta e vai mudando o comportamento (hoje isso é possível graças aos algoritmos "autodidatas".

Uma das coisas que vem me desanimando nos jogos PvE ultimamente é isso, em jogos fáceis demais você nem precisa decorar os movimentos dos inimigos mas em jogos "dificeis" como a série Souls é "só" decorar o padrão de movimentação do inimigo, não vejo um desafio real nisso, é mais memória e timing que estratégia mesmo.
 

OUTKAST

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.202
Reações
43.701
Pontos
594
Até à data, o início de cada nova geração ficou marcado pela chegada de novos jogos que apenas podias jogar na nova consola, exclusivos concebidos para incentivar uma transição rápida para a plataforma mais recente.

No entanto, a Xbox Series X pretende revolucionar esse conceito e não chegará às lojas com exclusivos first-party pois a Microsoft não quer abandonar quem comprou uma Xbox One ou ainda pretende comprar uma.

Numa recente entrevista, Matt Booty, gestor da Xbox Game Studios, explicou que o plano é esse, cumprir com as promessas e ter a certeza que, independente da consola Xbox que compras em 2020, terás grande qualidade.

Booty diz que a Xbox Series X romperá com o conceito de reinício de plataforma que acontece a cada nova geração pois, além do PC, próximos lançamentos da Xbox Game Studios poderão ser jogados na Xbox One.

"Consoante o nosso conteúdo é lançado ao longo do próximo ano ou dois, todos os nossos jogos, tal como no PC, podem ser jogados na mais recente ou anterior família de dispositivos."

"Queremos ter a certeza que se alguém investir numa Xbox entre agora e a Xbox Series X, sentem que fizeram um bom investimento e que teremos conteúdo para lhe apresentar."

A Microsoft pretende reescrever as regras convencionais para o lançamento de uma consola, mas a Xbox Series X será capaz de mostrar o seu poder ao tirar partido de novas funcionalidades.

"A nossa abordagem é pegar numa ou duas propriedades intelectuais nas quais nos vamos focar e assegurar que estão no lançamento da consola, tirando proveito de todas as funcionalidades. Para nós, será Halo Infinite, que é uma grande oportunidade.

Booty diz que Halo Infinite estará no lançamento da Xbox Series X e vai mostrar o seu poder.


Eu sempre defendi isso, e acho acertado. Desde que ele faça memso o que falou em usar potencial do novo hardware. Ou seja, nos proximos dois anos tudo vai sair no One.


Edit: link da materia original

Vishh

Vão fazer um novo console parrudo e não vão deixar os devs usarem ele de base pra criar novos jogos, XONE vai ficar capando eles...
 

Julian - Talude

Supra-sumo
Mensagens
1.176
Reações
1.492
Pontos
184
Rapaaaz...
Isso pode capar e muito os jogos do XSX, porque se a base for o One/S ou até mesmo o X (por causa do Jaguar) os jogos só ficarão mais bonitos e mais estáveis no XSX.

Sinceramente não quero isso na próxima gen, se não tiver evolução na AI, física e outras coisas (nem ligo para o Ray Tracing, é só efeito bonitinho) não vai ter graça, já achei essa geração muito limitada nisso principalmente depois de ver o que o WiiU foi capaz no BoTW em relação a física.

Quero muito, muito mesmo uma dificuldade baseada no seu estilo de jogo, onde a AI aprende como você se movimenta e vai mudando o comportamento (hoje isso é possível graças aos algoritmos "autodidatas".

Uma das coisas que vem me desanimando nos jogos PvE ultimamente é isso, em jogos fáceis demais você nem precisa decorar os movimentos dos inimigos mas em jogos "dificeis" como a série Souls é "só" decorar o padrão de movimentação do inimigo, não vejo um desafio real nisso, é mais memória e timing que estratégia mesmo.
Só imaginando os caras implantando algoritmos "autodidatas" que aprendem o teu estilo de jogo para reagir a você adequadamente e começarmos a discutir que deveria também existir um "algoritmo de burrice" já que nem todo inimigo deveria aprender tão rápido uma nova estratégia para lhe vencer.... rsrsrs
 

Kise Ryota

Exploiter Lixoso
VIP
Mensagens
43.470
Reações
61.032
Pontos
909
Rapaaaz...
Isso pode capar e muito os jogos do XSX, porque se a base for o One/S ou até mesmo o X (por causa do Jaguar) os jogos só ficarão mais bonitos e mais estáveis no XSX.

Sinceramente não quero isso na próxima gen, se não tiver evolução na AI, física e outras coisas (nem ligo para o Ray Tracing, é só efeito bonitinho) não vai ter graça, já achei essa geração muito limitada nisso principalmente depois de ver o que o WiiU foi capaz no BoTW em relação a física.

Quero muito, muito mesmo uma dificuldade baseada no seu estilo de jogo, onde a AI aprende como você se movimenta e vai mudando o comportamento (hoje isso é possível graças aos algoritmos "autodidatas".

Uma das coisas que vem me desanimando nos jogos PvE ultimamente é isso, em jogos fáceis demais você nem precisa decorar os movimentos dos inimigos mas em jogos "dificeis" como a série Souls é "só" decorar o padrão de movimentação do inimigo, não vejo um desafio real nisso, é mais memória e timing que estratégia mesmo.
Baita coincidência que eu já há um bom tempo venho pensando a mesma coisa sobre A.I.

Esse negócio de ter níveis de dificuldade completamente quebrados já se alongou por tempo demais. Tá na hora de termos algo mais orgânico. Tenho pensado num jogo capaz de avaliar o jogador (seus tempos de resposta, sua capacidade de memorizar combinações, sua flexibilidade em bolar estratégias, etc) e então responder a altura. Calcula aí entre 30 e 50% de chances do jogador falhar (acho que é uma porcentagem razoável para o jogador sentir a dificuldade e ter que insistir, mas sem se sentir frustrado e ficar desmotivado a continuar) e coloca a A.I. pra pressionar de acordo com esses números. O cara tem que sentir que pode falhar, que pode ter que jogar de novo algumas vezes certas partes, mas que não é nada absurdo.

Uma A.I. realmente escalonável, usando como parâmetro as skills do jogador, seria algo revolucionário. O problema é que a maior parte do budget/tempo é investido em coisas superficiais. Decepcionante.
 

Harold_Finch

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
23.316
Reações
29.377
Pontos
654
Baita coincidência que eu já há um bom tempo venho pensando a mesma coisa sobre A.I.

Esse negócio de ter níveis de dificuldade completamente quebrados já se alongou por tempo demais. Tá na hora de termos algo mais orgânico. Tenho pensado num jogo capaz de avaliar o jogador (seus tempos de resposta, sua capacidade de memorizar combinações, sua flexibilidade em bolar estratégias, etc) e então responder a altura. Calcula aí entre 30 e 50% de chances do jogador falhar (acho que é uma porcentagem razoável para o jogador sentir a dificuldade e ter que insistir, mas sem se sentir frustrado e ficar desmotivado a continuar) e coloca a A.I. pra pressionar de acordo com esses números. O cara tem que sentir que pode falhar, que pode ter que jogar de novo algumas vezes certas partes, mas que não é nada absurdo.

Uma A.I. realmente escalonável, usando como parâmetro as skills do jogador, seria algo revolucionário. O problema é que a maior parte do budget/tempo é investido em coisas superficiais. Decepcionante.
Eu acho que hoje em dia eles podem usar Deep Learning para isso, mas exigiria poder computacional melhor. Seria viável talvez nos novos consoles ou via rede mesmo, por conta de uma maior participação dos usuários na rede.

Essa era a ideia da Microsoft em 2013 com o always on. Só que os consumidores rejeitaram a ideia, então, em tese, os consumidores causaram um atraso na evolução tecnológica :klol

Whitten offered an even more profound example of what the cloud can offer gaming. Today, he explained, “most games work on artificial intelligence … There’s this bounding box that’s close to where you, as a player, are that’s running full A.I. In the rest of it, it is running a very simplified model.” Whitten then let his hand fall to the table with a thump. “And you wait for someone to come there. Suddenly, a world can be experiencing a shared simulation for long periods of time, in a persistent manner, regardless of where you are.” To explain this another way: imagine that you are the center of the universe, and everything exists solely for your benefit. People only interact when they’re in your presence; the sun shines only when you’re looking outside; dogs only bark and wag their tails when they see you; and so on. This is how most A.I.-governed worlds in games work now. Now imagine “The Matrix,” in which billions of people participated in an ongoing virtual world that, like real life, was shaped by infinitely complex dynamics, all powered by countless machines. Whitten was quick to offer a caveat for his scenario: “This is a hypothetical; I’m not talking about a specific game or anything like that.” Regardless, artificial intelligence powered by thousands of machines can be a lot smarter than A.I. powered by a single console, particularly four years into the future.
https://www.newyorker.com/tech/annals-of-technology/the-future-of-video-games-a-box-and-a-cloud
 

Mr Bones

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.065
Reações
10.893
Pontos
694
Vishh

Vão fazer um novo console parrudo e não vão deixar os devs usarem ele de base pra criar novos jogos, XONE vai ficar capando eles...
Vai depender do esforço adicional. Nao me preocupo com isso. Halo Infinite nao vai estar devendo nada para nenhum jogo do PS5. Mesma coisa FM8.

Basta ver o nivel de Hellblade 2. Aquilo esta absurdo. Hoje as engine estao escalonavel. O que mais vai evoluir nessa geracao sera construir mundo mais crivel, organicos, como movimentação mais fluidas, fisica de cabelo, roupa, vegetação natural, expressões faciais e iluminação por RT. Desliga tudo que roda no One. Deixa tudo no Low, 900p/30fps.

Isso ja acontece. Compara Control, Metro, RDR 2 no PC no Ultra e com RT em 4K. O quanto que escalonam. Vai dependerndas ferramentasnde desenvolvimento da Mic.

Sobre SSD, nao esqueça que nesse primeiro momento, nao vao poder ignorar a base de gamers em PC. Nao tenho dados, mas duvido que a maioria dos gamer terem SSD no seus PC otimizados como serao para PS5 e Series X. Sera que vao ignorar o PC e fazer jogos so rodem no PS5 e Series X? Duvido muito.

Vale lembrar que Sony teve dois anos de conteudo bem fraco de exclusivo no PS4. Viveu maisnde remaster, que de jogos novos. So a partir de 2015 que as coisas ficaram boas. Microsoft teve jogos exclusivos bem melhores visualmente no lançamento e ano subsequente.

Se Mic tiver o consoles como preco e poder, desde que tenha jogos inéditos para ele, esta sussa. Tendo os multi melhores( console mais poderoso), jogos novos( Halo Infinite, FM8 e outros) enhanced/remaster dos jogos ja lancados nao terao problema.

Mas ainda eu acho que vai ter jogos exclusivos para Series X que vao sair a partir de 2022. Phill Spencer deu a entender no anuncio do Series X. Entendo nessa declaração do Matt, que eles vao lancar/fazer compromisso com os jogos ja anunciados e que serao anunciados para sai ate fim 2021. Tipo, podem comprar One que garantimos suporte ate 2021.
 
Ultima Edição:

Azeon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.456
Reações
19.422
Pontos
554
Só imaginando os caras implantando algoritmos "autodidatas" que aprendem o teu estilo de jogo para reagir a você adequadamente e começarmos a discutir que deveria também existir um "algoritmo de burrice" já que nem todo inimigo deveria aprender tão rápido uma nova estratégia para lhe vencer.... rsrsrs
Com certeza, afinal não é todo inimigo que tem que ser esperto, os mais fracos, tipo soldadinhos, lobos e etc. tem que continuar "burros" mas seria legal o jogo pegar os dados e adaptar vou usar como exemplocomo jogo o The Witcher 3:

Sempre ativo o Quen logo de cara para não tomar um dano bobo, logo em seguida preparo o Igni para dano em área, o jogo sabendo disso poderia espalhar os inimigos para que não compense eu usar o Igni, também fico combando o fast attack, entendendo isso o inimigo poderia armar o ataque dele baseado no meu, isso seria BEM legal.


Baita coincidência que eu já há um bom tempo venho pensando a mesma coisa sobre A.I.

Esse negócio de ter níveis de dificuldade completamente quebrados já se alongou por tempo demais. Tá na hora de termos algo mais orgânico. Tenho pensado num jogo capaz de avaliar o jogador (seus tempos de resposta, sua capacidade de memorizar combinações, sua flexibilidade em bolar estratégias, etc) e então responder a altura. Calcula aí entre 30 e 50% de chances do jogador falhar (acho que é uma porcentagem razoável para o jogador sentir a dificuldade e ter que insistir, mas sem se sentir frustrado e ficar desmotivado a continuar) e coloca a A.I. pra pressionar de acordo com esses números. O cara tem que sentir que pode falhar, que pode ter que jogar de novo algumas vezes certas partes, mas que não é nada absurdo.

Uma A.I. realmente escalonável, usando como parâmetro as skills do jogador, seria algo revolucionário. O problema é que a maior parte do budget/tempo é investido em coisas superficiais. Decepcionante.
Sim, mas o jogo também tem que oferecer o modo "normal" para que não frustre quem não quer desafio, assim agrada a "gregos e troianos", podia ter as opções :
- Easy - 80% HP - 80% Enemies
  • Normal - 100% HP - 100% enemies
  • Hard - Self Learning AI On
  • Hardest - 120% HP - 120% Enemies - Self Learning AI On.
Ou ter a opção de ligar a AI inteligente em qualquer modo de dificuldade... Mas sinto que isso sim seria uma evolução bem legal, no MGS1 era impensável isso mas no MGS4 eu achava ridículo demais o cara te ver, atirar em você e depois que você fica 1 minuto escondido ele tem amnésia.
 

Azeon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.456
Reações
19.422
Pontos
554
Vai depender do esforço adicional. Nao me preocupo com isso. Halo Infinite nao vai estar devendo nada para nenhum jogo do PS5. Mesma coisa FM8.

Basta ver o nivel de Hellblade 2. Aquilo esta absurdo. Hoje as engine estao escalonavel. O que mais vai evoluir nessa geracao sera construir mundo mais crivel, organicos, como movimentação mais fluidas, fisica de cabelo, roupa, vegetação natural, expressões faciais e iluminação por RT. Desliga tudo que roda no One. Deixa tudo no Low, 900p/30fps.

Isso ja acontece. Compara Control, Metro, RDR 2 no PC no Ultra e com RT em 4K. O quanto que escalonam. Vai dependerndas ferramentasnde desenvolvimento da Mic.

Sobre SSD, nao esqueça que nesse primeiro momento, nao vao poder ignorar a base de gamers em PC. Nao tenho dados, mas duvido que a maioria dos gamer terem SSD no seus PC otimizados como serao para PS5 e Series X. Sera que vao ignorar o PC e fazer jogos so rodem no PS5 e Series X? Duvido muito.

Vale lembrar que Sony teve dois anos de conteudo bem fraco de exclusivo no PS4. Viveu maisnde remaster, que de jogos novos. So a partir de 2015 que as coisas ficaram boas. Microsoft teve jogos exclusivos bem melhores visualmente no lançamento e ano subsequente.

Se Mic tiver o consoles como preco e poder, desde que tenha jogos inéditos para ele, esta sussa. Tendo os multi melhores( console mais poderoso), jogos novos( Halo Infinite, FM8 e outros) enhanced/remaster dos jogos ja lancados nao terao problema.

Mas ainda eu acho que vai ter jogos exclusivos para Series X que vao sair a partir de 2022. Phill Spencer deu a entender no anuncio do Series X. Entendo nessa declaração do Matt, que eles vao lancar/fazer compromisso com os jogos ja anunciados e que serao anunciados para sai ate fim 2021. Tipo, podem comprar One que garantimos suporte ate 2021.
Legal tudo isso que você falou, mas aí é só visual, grande m****.
Como citei acima eu honestamente espero melhorias na AI e outras coisas que o Jaguar com certeza não suporta, se for no início da geração isso é OK e aceitável, assim como os jogos do Xbox One/Ps4 tinham versões para PS360, mas se for isso a geração inteira (como se o XoneS fosse low, X medium e XSX high) será um atraso absurdo.
 

rsmoraisjr

Bam-bam-bam
Mensagens
6.187
Reações
5.265
Pontos
419
Com certeza, afinal não é todo inimigo que tem que ser esperto, os mais fracos, tipo soldadinhos, lobos e etc. tem que continuar "burros" mas seria legal o jogo pegar os dados e adaptar vou usar como exemplocomo jogo o The Witcher 3:

Sempre ativo o Quen logo de cara para não tomar um dano bobo, logo em seguida preparo o Igni para dano em área, o jogo sabendo disso poderia espalhar os inimigos para que não compense eu usar o Igni, também fico combando o fast attack, entendendo isso o inimigo poderia armar o ataque dele baseado no meu, isso seria BEM legal.

Ou ter a opção de ligar a AI inteligente em qualquer modo de dificuldade... Mas sinto que isso sim seria uma evolução bem legal, no MGS1 era impensável isso mas no MGS4 eu achava ridículo demais o cara te ver, atirar em você e depois que você fica 1 minuto escondido ele tem amnésia.
Esse tipo de coisa que poderia ser utilizado machine learning. O jogo vai aprendendo as estratégia do jogador e adaptando os seus movimentos.

Outra coisa que machine learning pode ser utilizada é em bot em jogo multiplayer.

Enviado de meu Redmi Note 7 usando o Tapatalk
 

Kise Ryota

Exploiter Lixoso
VIP
Mensagens
43.470
Reações
61.032
Pontos
909
Ou ter a opção de ligar a AI inteligente em qualquer modo de dificuldade.
Acho que o ideal era ter em qualquer nível de dificuldade. Se fossemos ainda ter essa de nível, seria uma questão de quantos % o jogador tem de chances de falhar (independente da habilidade dele):

Toddynho = 0%
Easy = 20%
Normal = 50%
Hard = 70%
Masochist = 95%

Com isso, até no nível toddynho a A.I. poderia dar um calor no tetudo, que iria "passar um sufoco" mas no final venceria. Claro, o resultado já estaria definido desde o começo, mas a A.I. faria uma bela encenação pro teta acreditar que tava numa disputa equilibrada e que o resultado era imprevisível.
 

Azeon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.456
Reações
19.422
Pontos
554
Esse tipo de coisa que poderia ser utilizado machine learning. O jogo vai aprendendo as estratégia do jogador e adaptando os seus movimentos.

Outra coisa que machine learning pode ser utilizada é em bot em jogo multiplayer.

Enviado de meu Redmi Note 7 usando o Tapatalk
Sim, é essa evolução que eu quero.
Eu vejo o eSports na vanguarda disso, ter um sistema inteligente de Bots para treinar os jogadores, até mesmo os profissinais passarem a usar isso para treinar, exemplo :


Seria legal ter uma opção assim nos jogos PvE para deixá-los mais dinâmicos, PvE atualmente não me da a mesma adrenalina que um MP online, mesmo sendo um Dark Souls da vida eu sei que o inimigo tem um padrão, que no final é só ficar morrendo até decorar os movimentos e etc. Não vejo um "desafio real" nisso.
 

Azeon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.456
Reações
19.422
Pontos
554
Acho que o ideal era ter em qualquer nível de dificuldade. Se fossemos ainda ter essa de nível, seria uma questão de quantos % o jogador tem chances de falhar (independente da habilidade dele):

Toddynho = 0%
Easy = 20%
Normal = 50%
Hard = 70%
Masochist = 95%

Com isso, até no nível toddynho a A.I. poderia dar um calor no tetudo, que iria "passar um sufoco" mas no final venceria. Claro, o resultado já estaria definido desde o começo, mas a A.I. faria uma bela encenação pro teta acreditar que tava numa disputa equilibrada e que o resultado era imprevisível.
Porra, aí seria mais lindo que eu imaginei!
Mas aí os youtubers que jogam no Easy iam se sentir fodões também :klolwtf
 

User666

Bam-bam-bam
Mensagens
9.152
Reações
21.368
Pontos
354
Acho que o ideal era ter em qualquer nível de dificuldade. Se fossemos ainda ter essa de nível, seria uma questão de quantos % o jogador tem chances de falhar (independente da habilidade dele):

Toddynho = 0%
Easy = 20%
Normal = 50%
Hard = 70%
Masochist = 95%

Com isso, até no nível toddynho a A.I. poderia dar um calor no tetudo, que iria "passar um sufoco" mas no final venceria. Claro, o resultado já estaria definido desde o começo, mas a A.I. faria uma bela encenação pro teta acreditar que tava numa disputa equilibrada e que o resultado era imprevisível.

-Leitinho = 0%
-Miojinho com batatinha cozida = 15%
-Easy = 30%
-Normal = 50 %
-Hard = 70%
-Very hard = 80%
-Extreme = 95%
-Inimigos invisíveis querendo dedar seu boneco = 101%
 

Mr Bones

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.065
Reações
10.893
Pontos
694
Legal tudo isso que você falou, mas aí é só visual, grande m****.
Como citei acima eu honestamente espero melhorias na AI e outras coisas que o Jaguar com certeza não suporta, se for no início da geração isso é OK e aceitável, assim como os jogos do Xbox One/Ps4 tinham versões para PS360, mas se for isso a geração inteira (como se o XoneS fosse low, X medium e XSX high) será um atraso absurdo.
Mas e o que que esta sendo desde geração PS2. No PC mesma coisa. Pessoas( maioria esmagadora) querem jogos bonitos acima de tudo. Esta evolucao que vc esta pedindo, vai acontecer daqui duas gerações. Quando nao tiver mais que evoluir aspecto visual nos jogos.

A geracao do PS7 e respectivo Xbox deveremos ter chagado a um nível grafico fotorealistico, mudando o foco para outras coisas que nao seja aspecto visual, AI por exemplo. Agora, AI não ganha consumidor. Gráficos, resolucao, SSD rápido, dados de specs que sao apelativos. O que importa hoje e ter jogo bonito acima de tudo.

Nessa geracao o One rodar jogos em 900p ou 720p foi um histeria coletiva que ajudou afundar console. Mic so tem que garantir consoles mais poderoso( multi melhores), preco competitivo, jogos inéditos, nao exclusivos( pois ja pode jogar no PC os jogos da Microsoft, agora tera mais um opcao Series X).
 

Batman-X

Bam-bam-bam
Mensagens
1.912
Reações
1.280
Pontos
203
Vai depender do esforço adicional. Nao me preocupo com isso. Halo Infinite nao vai estar devendo nada para nenhum jogo do PS5. Mesma coisa FM8.

Basta ver o nivel de Hellblade 2. Aquilo esta absurdo. Hoje as engine estao escalonavel. O que mais vai evoluir nessa geracao sera construir mundo mais crivel, organicos, como movimentação mais fluidas, fisica de cabelo, roupa, vegetação natural, expressões faciais e iluminação por RT. Desliga tudo que roda no One. Deixa tudo no Low, 900p/30fps.

Isso ja acontece. Compara Control, Metro, RDR 2 no PC no Ultra e com RT em 4K. O quanto que escalonam. Vai dependerndas ferramentasnde desenvolvimento da Mic.

Sobre SSD, nao esqueça que nesse primeiro momento, nao vao poder ignorar a base de gamers em PC. Nao tenho dados, mas duvido que a maioria dos gamer terem SSD no seus PC otimizados como serao para PS5 e Series X. Sera que vao ignorar o PC e fazer jogos so rodem no PS5 e Series X? Duvido muito.

Vale lembrar que Sony teve dois anos de conteudo bem fraco de exclusivo no PS4. Viveu mais de remaster, que de jogos novos. So a partir de 2015 que as coisas ficaram boas. Microsoft teve jogos exclusivos bem melhores visualmente no lançamento e ano subsequente.

Se Mic tiver o consoles como preco e poder, desde que tenha jogos inéditos para ele, esta sussa. Tendo os multi melhores( console mais poderoso), jogos novos( Halo Infinite, FM8 e outros) enhanced/remaster dos jogos ja lancados nao terao problema.

Mas ainda eu acho que vai ter jogos exclusivos para Series X que vao sair a partir de 2022. Phill Spencer deu a entender no anuncio do Series X. Entendo nessa declaração do Matt, que eles vao lancar/fazer compromisso com os jogos ja anunciados e que serao anunciados para sai ate fim 2021. Tipo, podem comprar One que garantimos suporte ate 2021.
Concordo plenamente com vc. Até porque games que começaram o seu desenvolvimento há alguns anos não teria porque não serem lançados para os consoles atuais. Lá para 2022 que deva começar a saírem games que estão sendo desenvolvidos a menos tempo.

O Rise of Tomb Raider lançado no final de 2015 teve uma versão para o Xbox 360. Ou seja o game saiu depois de 10 anos do lançamento do console. E conseguiu ficar até mais bonito que o Low do PC. No X360 ele roda em 720p/Médio-Low/30fps.

E realmente o PS4 foi sofrível nos seus dois primeiros anos de vida. Até o final de 2015 o Xbox One era bastante superior em matéria de games exclusivos.

E não podemos esquecer que temos tanto o Xbox One X quanto o PS4 Pro na praça. Será mesmo que a Sony vai lançar um Gran Turismo 7 exclusivo de PS5 já no seu lançamento? Eu queria que lançasse para a geração atual para jogar no meu PS4 Pro. Assim como quero jogar os games exclusivos da M$ no Xbox One X. Pois só pretendo pegar console novo em 2022.

O PS3 também recebeu alguns games 10 anos depois do seu lançamento. Vide os Tales of Berseria e Persona 5. Que possuem os mesmos gráficos do PS4. Só muda que rodam em 720p contra os 1080p do PS4.

Portanto acho bem normal e natural os Xone e PS4 continuarem a receber uma boa quantidade de games pelo menos até o final de 2022.

Ou vcs acham que o novo AC vai ser exclusivo da nova geração? A Ubisoft iria perder a base instalada atual dos Xone e PS4 que já ultrapassou os 150milhões de unidades vendidas?
 

Azeon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.456
Reações
19.422
Pontos
554
Mas e o que que esta sendo desde geração PS2. No PC mesma coisa. Pessoas( maioria esmagadora) querem jogos bonitos acima de tudo. Esta evolucao que vc esta pedindo, vai acontecer daqui duas gerações. Quando nao tiver mais que evoluir aspecto visual nos jogos.

A geracao do PS7 e respectivo Xbox deveremos ter chagado a um nível grafico fotorealistico, mudando o foco para outras coisas que nao seja aspecto visual, AI por exemplo. Agora, AI não ganha consumidor. Gráficos, resolucao, SSD rápido, dados de specs que sao apelativos. O que importa hoje e ter jogo bonito acima de tudo.

Nessa geracao o One rodar jogos em 900p ou 720p foi um histeria coletiva que ajudou afundar console. Mic so tem que garantir consoles mais poderoso( multi melhores), preco competitivo, jogos inéditos, nao exclusivos( pois ja pode jogar no PC os jogos da Microsoft, agora tera mais um opcao Series X).
Sim, a física dos jogos de PS1/PS2 é igual a física dos jogos de PS3/PS4, GTA por exemplo do PS2 é igual ao do PS4 né? Só mudam os gráficos, o resto não evoluiu nada...

AI não ganha consumidor, está certo isso e concordo, porém não é só por isso que temos que deixar essa área parada, não estou dizendo para investirem milhões na área ou ser o foco número 1 das empresas mas ter a mesma AI do PS3 é ridículo e eu tenho certeza que irão melhorar essa área, no PS4 eu não esperei muita coisa porque Jaguar né, processador m**** demais.
 

Batman-X

Bam-bam-bam
Mensagens
1.912
Reações
1.280
Pontos
203
Mas e o que que esta sendo desde geração PS2. No PC mesma coisa. Pessoas( maioria esmagadora) querem jogos bonitos acima de tudo. Esta evolucao que vc esta pedindo, vai acontecer daqui duas gerações. Quando nao tiver mais que evoluir aspecto visual nos jogos.

A geracao do PS7 e respectivo Xbox deveremos ter chagado a um nível grafico fotorealistico, mudando o foco para outras coisas que nao seja aspecto visual, AI por exemplo. Agora, AI não ganha consumidor. Gráficos, resolucao, SSD rápido, dados de specs que sao apelativos. O que importa hoje e ter jogo bonito acima de tudo.

Nessa geracao o One rodar jogos em 900p ou 720p foi um histeria coletiva que ajudou afundar console. Mic so tem que garantir consoles mais poderoso( multi melhores), preco competitivo, jogos inéditos, nao exclusivos( pois ja pode jogar no PC os jogos da Microsoft, agora tera mais um opcao Series X).
Na próxima geração a taxa de frames maior também vai ser uma realidade. Ao menos para mim que prefiro bem mais jogar a 60fps do que a 30fps vai ser um bom upgrade. Existem muitas pessoas como eu. Tanto é que muitos zeraram os seus games em 1080p/60fps no PS4 Pro ao invés de 1440p/30fps.

Pode esperar 60fps como padrão/default por parte da M$ nos seus novos Xbox. E em alguns games até mais que 60fps.
 

Mr Bones

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.065
Reações
10.893
Pontos
694
Concordo plenamente com vc. Até porque games que começaram o seu desenvolvimento há alguns anos não teria porque não serem lançados para os consoles atuais. Lá para 2022 que deva começar a saírem games que estão sendo desenvolvidos a menos tempo.

O Rise of Tomb Raider lançado no final de 2015 teve uma versão para o Xbox 360. Ou seja o game saiu depois de 10 anos do lançamento do console. E conseguiu ficar até mais bonito que o Low do PC. No X360 ele roda em 720p/Médio-Low/30fps.

E realmente o PS4 foi sofrível nos seus dois primeiros anos de vida. Até o final de 2015 o Xbox One era bastante superior em matéria de games exclusivos.

E não podemos esquecer que temos tanto o Xbox One X quanto o PS4 Pro na praça. Será mesmo que a Sony vai lançar um Gran Turismo 7 exclusivo de PS5 já no seu lançamento? Eu queria que lançasse para a geração atual para jogar no meu PS4 Pro. Assim como quero jogar os games exclusivos da M$ no Xbox One X. Pois só pretendo pegar console novo em 2022.

O PS3 também recebeu alguns games 10 anos depois do seu lançamento. Vide os Tales of Berseria e Persona 5. Que possuem os mesmos gráficos do PS4. Só muda que rodam em 720p contra os 1080p do PS4.

Portanto acho bem normal e natural os Xone e PS4 continuarem a receber uma boa quantidade de games pelo menos até o final de 2022.

Ou vcs acham que o novo AC vai ser exclusivo da nova geração? A Ubisoft iria perder a base instalada atual dos Xone e PS4 que já ultrapassou os 150milhões de unidades vendidas?
O que a Microsoft tem que fazer e garantir Halo Infinite e FM8 incríveis no Series X.

Mais importante e mostrar jogos em desenvolvimento incriveis. Para mim isto e mais importante que lancar algum jogo exclusivo day one.

E comigo isso, pois ate pouco tempo atrás, ninguem compraria mais One pelos jogos sair no PC. Nao foi o que aconteceu.

As pessoas irao comprar Series X se tiver jogos fodas graficamente( Halo Infinite vai ser o jogo mais bonito da next-gen, assim como FM 8 vai estar incrivel), ser poderoso( multi melhores) e preco competitivo.

De quebra teremos enhanced do Gear 5, Cyberpunk 2077, FH 4 e outros....Tudo na faixa. Muita polemica para pouca coisa.
 

hayabasa

Habitué da casa
Mensagens
418
Reações
291
Pontos
89
O que a Microsoft tem que fazer e garantir Halo Infinite e FM8 incríveis no Series X.

Mais importante e mostrar jogos em desenvolvimento incriveis. Para mim isto e mais importante que lancar algum jogo exclusivo day one.

E comigo isso, pois ate pouco tempo atrás, ninguem compraria mais One pelos jogos sair no PC. Nao foi o que aconteceu.

As pessoas irao comprar Series X se tiver jogos fodas graficamente( Halo Infinite vai ser o jogo mais bonito da next-gen, assim como FM 8 vai estar incrivel), ser poderoso( multi melhores) e preco competitivo.

De quebra teremos enhanced do Gear 5, Cyberpunk 2077, FH 4 e outros....Tudo na faixa. Muita polemica para pouca coisa.
Da onde tirou que Halo infinite vai ser o mais bonito da next-gen.

A microsoft fazendo isso vai capar os lançamentos do série x isso sim.
 

wesleibruno

Bam-bam-bam
Mensagens
4.311
Reações
6.494
Pontos
303
Até à data, o início de cada nova geração ficou marcado pela chegada de novos jogos que apenas podias jogar na nova consola, exclusivos concebidos para incentivar uma transição rápida para a plataforma mais recente.

No entanto, a Xbox Series X pretende revolucionar esse conceito e não chegará às lojas com exclusivos first-party pois a Microsoft não quer abandonar quem comprou uma Xbox One ou ainda pretende comprar uma.

Numa recente entrevista, Matt Booty, gestor da Xbox Game Studios, explicou que o plano é esse, cumprir com as promessas e ter a certeza que, independente da consola Xbox que compras em 2020, terás grande qualidade.

Booty diz que a Xbox Series X romperá com o conceito de reinício de plataforma que acontece a cada nova geração pois, além do PC, próximos lançamentos da Xbox Game Studios poderão ser jogados na Xbox One.

"Consoante o nosso conteúdo é lançado ao longo do próximo ano ou dois, todos os nossos jogos, tal como no PC, podem ser jogados na mais recente ou anterior família de dispositivos."

"Queremos ter a certeza que se alguém investir numa Xbox entre agora e a Xbox Series X, sentem que fizeram um bom investimento e que teremos conteúdo para lhe apresentar."

A Microsoft pretende reescrever as regras convencionais para o lançamento de uma consola, mas a Xbox Series X será capaz de mostrar o seu poder ao tirar partido de novas funcionalidades.

"A nossa abordagem é pegar numa ou duas propriedades intelectuais nas quais nos vamos focar e assegurar que estão no lançamento da consola, tirando proveito de todas as funcionalidades. Para nós, será Halo Infinite, que é uma grande oportunidade.

Booty diz que Halo Infinite estará no lançamento da Xbox Series X e vai mostrar o seu poder.


Eu sempre defendi isso, e acho acertado. Desde que ele faça memso o que falou em usar potencial do novo hardware. Ou seja, nos proximos dois anos tudo vai sair no One.


Edit: link da materia original

nao acredito que ainda vao capar os jogos pra rodar na bosta do jaguar do one padrão
 

Mr Bones

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.065
Reações
10.893
Pontos
694
Da onde tirou que Halo infinite vai ser o mais bonito da next-gen.

A microsoft fazendo isso vai capar os lançamentos do série x isso sim.
Melhor dizendo, jogo mais bonito de 2020. Intuicao minha. Minha aposta. Sony nunca lancou nenhum AAA junto com lançamento do console. No PS4 demorou um pouco. Ela tera tb jogos cross-gen como TLOU 2 e jogo do samurai. Que acho que vai ficar para sair junto com PS5, tipo o Halo da Sony.

Nao creio num Horizon 2, GOW 2 ja fim 2020 exclusivo do PS5. Provavel ter anúncio desses jogos, para sair fim de 2021 ou 2022. Mesma epoca que vai comecar ter jogos lançados exclusivos do Series X tb.

Jogos exclusivos do PS5 fim de 2020 sera algo como Knack 3, KZ, etc...

 
Topo