O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


[Psicólogo ou psiquiatra] Tenho um transtorno de personalidade, preciso descobrir com qual profissional passar...

Mito 17

Supra-sumo
Mensagens
518
Reações
1.693
Pontos
163
Sempre desconfiei que tinha algum problema psiquiátrico comigo mas demorei muito tempo para entender este problema e finalmente cair a ficha que precisava de ajuda médica, ainda mais depois do término do meu ultimo relacionamento de 5 anos com uma pessoa maravilhosa. Antes de procurar ajuda na metade do ano passado, eu pesquisei sobre transtornos de personalidade na internet pra ver se algum deles batia com o que eu sinto e encontrei o Transtorno de personalidade esquizóide, onde quase todos os sintomas batem. Como ganho pouco, comecei a passar por avaliações com alunos estudando/recém formados de faculdades aqui de SP, que oferecem tratamento psicológico gratuitamente, um deles foi na Cruzeiro do Sul, passei por terapia cognitivo-comportamental mas sei la, não gostei muito e no final ela não me diagnosticou com isso. Na Unip eu só fui uma vez e já me diagnosticaram com depressão, posso até ter mas acho que se precipitaram muito nesse primeira avaliação, não fui mais. Tenho muito potencial mas este problema de merda já me atrapalhou demais minha vida e agora quero procurar profissionais particulares que realmente identifiquem esse problema em mim e o trate de maneira rápida e eficaz (ouvi falar da psicoterapia), mesmo eu tenho que pagar caro mas não sei onde procurar esses profissionais e não sei de qual dos dois (psicólogo ou psiquiatra) eu preciso para este problema. Ah, só quero tomar algum tipo de medicação só em ultimo caso!!! Me ajudem pessoal =/

Qual é o tratamento para o transtorno de personalidade esquizóide?

O tratamento do transtorno de personalidade esquizóide é feito com medicamentos psiquiátricos e psicoterapia. Trata-se de um tratamento muito difícil e longo, podendo levar anos.
É comum a pessoa apresentar também outros transtornos mentais associados, como depressão e ansiedade, que também precisam ser tratados.
As medicações geralmente usadas para tratar o transtorno de personalidade esquizóide são os antidepressivos e ansiolíticos. Já a terapia cognitivo-comportamental está entre os métodos de psicoterapia mais escolhidos.
Através da psicoterapia, o paciente é auxiliado a reformular pensamentos desviantes e diferenciar sentimentos da realidade. Isso ajuda a pessoa a perceber os seus comportamentos e de como os mesmos atuam nos seus sentimentos e emoções.
Para que o transtorno de personalidade esquizóide seja diagnosticado, o indivíduo precisa apresentar as seguintes características:
- Falta de gosto, desejo ou prazer em ter relacionamentos mais próximos ou ter uma família;
- Opção por atividades solitárias, sem contato direto com outras pessoas;
- Pouco ou nenhum interesse em ter relações sexuais;
- Falta de prazer nas atividades que realiza;
- Ausência de amigos íntimos, com exceção dos seus parentes de 1º grau;
- Indiferença a críticas, elogios ou opiniões dos outros;
- Distanciamento, frieza emocional ou pouca afetividade.
Muitas vezes a procura pelo tratamento é da iniciativa de amigos e familiares, já que é comum pessoas com transtornos de personalidade serem resistentes ao tratamento. As mudanças são lentas e graduais. Nos casos mais graves, os resultados podem ser pouco satisfatórios.
O psiquiatra é o especialista responsável pelo diagnóstico e orientação do tratamento do transtorno de personalidade esquizóide.

https://medicoresponde.com.br/qual-e-o-tratamento-para-o-transtorno-de-personalidade-esquizoide/
 


dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
31.684
Reações
52.765
Pontos
979
Você já respondeu sua pergunta. Se medicamento é a ultima opção, voce deveria tentar psicologo primeiro. Não faz muito sentido ir no psiquiatra e não tomar os medicamentos que ele vai receitar.
 

Mito 17

Supra-sumo
Mensagens
518
Reações
1.693
Pontos
163
Você já respondeu sua pergunta. Se medicamento é a ultima opção, voce deveria tentar psicologo primeiro. Não faz muito sentido ir no psiquiatra e não tomar os medicamentos que ele vai receitar.
Dois pontos, promeiro que apesar da minha certeza, somente um profissional pode me diagnosticar com exatidão, as vezes é um outro problema parecido ou uma séria de problemas misturados. Segundo que se eu tiver de fato esse problema, pode ser que um tratamento eficaz precise que envolva medicamentos.
 

Dig Joy

Vem brincar comigo!
VIP
Mensagens
9.186
Reações
23.259
Pontos
353
No outro tópico tu falou com que era comedor e conhecia todo tipo de gente.
Agora nesse tópico tu me fala que tem um transtorno que atrapalha na socialização?

Hum...

Enviado de meu Mi A1 usando o Tapatalk
 

Mito 17

Supra-sumo
Mensagens
518
Reações
1.693
Pontos
163
No outro tópico tu falou com que era comedor e conhecia todo tipo de gente.
Agora nesse tópico tu me fala que tem um transtorno que atrapalha na socialização?

Hum...

Enviado de meu Mi A1 usando o Tapatalk
Transtorno que atrapalha na socialização é diferente de não ter nenhuma socialização!
 

Odin Games

Bam-bam-bam
Mensagens
2.293
Reações
3.439
Pontos
303
Só procurando ajuda mesmo para ter certeza, e procure um médico já formado, pois esses alunos como não tem tanta experiência assim, podem diagnosticar alguma coisa que não é bem aquilo.
 


dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
31.684
Reações
52.765
Pontos
979
Dois pontos, promeiro que apesar da minha certeza, somente um profissional pode me diagnosticar com exatidão, as vezes é um outro problema parecido ou uma séria de problemas misturados. Segundo que se eu tiver de fato esse problema, pode ser que um tratamento eficaz precise que envolva medicamentos.
Vá no psicologo fazer o diagnostico correto. Se for caso de medicamento ele mesmo vai lhe falar.
 

Maladino

Bam-bam-bam
Mensagens
5.652
Reações
5.335
Pontos
459
Se estiver muito em dúvida vá em um clínico geral pra pedir direcionamento.

Pessoalmente eu procuraria psiquiatra, minhas experiências com psicólogos não foram muito boas. Mas eu não ignoraria a possibilidade de uma consulta.

E, pessoalmente de novo, eu não gosto muito dessas consultas com psicólogos de faculdade. Eu estava com uns problemas cabulosos, fui na faculdade aqui e fui tratado como objeto de estudo... Saí de lá pior do que estava. Mas entendo bem como o custo de uma consulta particular pode desanimar.
 

Mito 17

Supra-sumo
Mensagens
518
Reações
1.693
Pontos
163
Se estiver muito em dúvida vá em um clínico geral pra pedir direcionamento.

Pessoalmente eu procuraria psiquiatra, minhas experiências com psicólogos não foram muito boas. Mas eu não ignoraria a possibilidade de uma consulta.

E, pessoalmente de novo, eu não gosto muito dessas consultas com psicólogos de faculdade. Eu estava com uns problemas cabulosos, fui na faculdade aqui e fui tratado como objeto de estudo... Saí de lá pior do que estava. Mas entendo bem como o custo de uma consulta particular pode desanimar.
Eu não entendo sobre o assunto, eu posso passar por terapia com um psiquiatra sem tomar medicação, caso ele entenda assim? O custo desanima sim cara e o pior de tudo é que a maioria das avaliações são cobradas, ai quebra as pernas, deve ter muitos profissionais mesmo sendo do particular que não saberão tratar o problema eficientemente.
 

Maladino

Bam-bam-bam
Mensagens
5.652
Reações
5.335
Pontos
459
Eu não entendo sobre o assunto, eu posso passar por terapia com um psiquiatra sem tomar medicação, caso ele entenda assim? O custo desanima sim cara e o pior de tudo é que a maioria das avaliações são cobradas, ai quebra as pernas, deve ter muitos profissionais mesmo sendo do particular que não saberão tratar o problema eficientemente.
Eu sou leigo também e posso estar falando besteira, mas imagino que um psiquiatra poderia lhe receitar uma terapia com psicólogo. Ou então pode ser um psiquiatra com formação em psicoterapia também, aí precisaria pesquisar bem antes.

Mas eu diria pra não ter receio com medicação. Cada problema é um problema, mas no meu caso eu só resolvi meu transtorno de ansiedade com medicação.
 

soap

Bam-bam-bam
Mensagens
8.157
Reações
12.979
Pontos
344
Amigo, se vc já tem diagnosticado o problema de esquizofrenia, ou algo parecido, esse problema somente um Psiquiatra poderá tratar vc, mas para dar certo primeiro vc terá q acreditar no seu médico, ter fé, assim vc vai ter dado um grande passo pra cura, pq o médico sozinho não é nada sem a ajuda do paciente, pode ter certeza q ele vai te encher de remédios, mas tenha calma e paciencia q tudo vai dar certo se Deus quiser e se vc também quiser, vai na fé garoto.
 

Calcifer

Bam-bam-bam
Mensagens
1.718
Reações
3.866
Pontos
294
Essa lista de "sintomas" parece mais descrição de uma personalidade introvertida
 

Mito 17

Supra-sumo
Mensagens
518
Reações
1.693
Pontos
163
Amigo, se vc já tem diagnosticado o problema de esquizofrenia, ou algo parecido, esse problema somente um Psiquiatra poderá tratar vc, mas para dar certo primeiro vc terá q acreditar no seu médico, ter fé, assim vc vai ter dado um grande passo pra cura, pq o médico sozinho não é nada sem a ajuda do paciente, pode ter certeza q ele vai te encher de remédios, mas tenha calma e paciencia q tudo vai dar certo se Deus quiser e se vc também quiser, vai na fé garoto.
Mas eu não tenho esquizofrenia.
Essa lista de "sintomas" parece mais descrição de uma personalidade introvertida
Além desses sintomas, minha memória é muito falha e estranha pois não lembro de muitos momentos da minha vida e já vi relatarem esse sintoma num grupo de TPE no Facebook. Além disso eu tenho enormes dificuldades de socialização mas não por vergonha/timidez ma sim por não saber o que falar e quando falar, por ex, começar assuntos é raridade e por ai vai.
 

Calcifer

Bam-bam-bam
Mensagens
1.718
Reações
3.866
Pontos
294
Mas eu não tenho esquizofrenia.

Além desses sintomas, minha memória é muito falha e estranha pois não lembro de muitos momentos da minha vida e já vi relatarem esse sintoma num grupo de TPE no Facebook. Além disso eu tenho enormes dificuldades de socialização mas não por vergonha/timidez ma sim por não saber o que falar e quando falar, por ex, começar assuntos é raridade e por ai vai.
Cara, vc nem procurou um profissional ainda mas aparentemente já se auto diagnosticou. Vai procurar um psicologo primeiro.
 

Falken

Bam-bam-bam
Mensagens
2.351
Reações
6.731
Pontos
303
No outro tópico tu falou com que era comedor e conhecia todo tipo de gente.
Agora nesse tópico tu me fala que tem um transtorno que atrapalha na socialização?

Hum...

Enviado de meu Mi A1 usando o Tapatalk
Caralho, vc é chato pra porra. Todo post tá hateando alguma coisa, vai se tratar. Vc já não disse q esse fórum é um lixo? Vaza então.
 

Dig Joy

Vem brincar comigo!
VIP
Mensagens
9.186
Reações
23.259
Pontos
353
Caralho, vc é chato pra porra. Todo post tá hateando alguma coisa, vai se tratar. Vc já não disse q esse fórum é um lixo? Vaza então.
Xiiii...

-----
Não pode nem citar a incoerência dos caras?
 

Mito 17

Supra-sumo
Mensagens
518
Reações
1.693
Pontos
163
Cara, vc nem procurou um profissional ainda mas aparentemente já se auto diagnosticou. Vai procurar um psicologo primeiro.
Procurar eu já procurei mas vou procurar um particular desta vez.
Caralho, vc é chato pra porra. Todo post tá hateando alguma coisa, vai se tratar. Vc já não disse q esse fórum é um lixo? Vaza então.
Faz que nem eu, joga na ignore e segue o jogo.
 

Hellskah

Bam-bam-bam
Mensagens
2.583
Reações
3.344
Pontos
344
Arrume um revólver municiado e coloque sobre uma mesa.
Para, feche os olhos e pense nas coisas que mais te irritam.
Vejamos até onde você é capaz de chegar.
 

Hellskah

Bam-bam-bam
Mensagens
2.583
Reações
3.344
Pontos
344
Arrume um revólver municiado e coloque sobre uma mesa.
Para, feche os olhos e pense nas coisas que mais te irritam.
Vejamos até onde você é capaz de chegar.
Brincadeiras a parte, eu também faço tratamento psiquiatrico em função de leve depre e ultra ansiedade e mal humor.
DETESTO, mas tem que fazer para uma convivência social melhor. Mas DETESTO ser pau mandado de remédio.
 

naka_thanatos

Ser evoluído
Mensagens
113
Reações
67
Pontos
43
Bom, eu tô fazendo residência em Psiquiatria e vou te falar o que penso sobre o assunto.

Os transtornos de personalidade, de modo geral, são tratados com psicoterapia e não com medicamentos. A gente só usa remédios quando tem algum transtorno psiquiátrico associado e pra isso precisaria ver a sua história e suas queixas.

Sua história não parece muito típica porque os pacientes esquizoides, em geral, não sentem falta de ter amigos ou pessoas próximas. Tipo, não faz diferença mesmo. Se tá te causando desconforto, tem que avaliar melhor isso aí.

Existem vários psiquiatras que fazem terapia sim, ele pode fazer a terapia e, se necessário (e se o diagnóstico for esse mesmo), prescrever medicações.

Só pra encerrar, diagnóstico de transtorno de personalidade é diagnóstico de exclusão. Isso significa que precisamos descartar uma série de outras coisas (orgânicas e outras doenças como depressão, transtorno bipolar, etc) até dizer que é, por exemplo, esquizoide. Outra consequência é que não é um diagnóstico que costumamos fechar na primeira consulta.

Enfim, boa sorte aí e abraços!
 

mig29gsxr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.915
Reações
18.354
Pontos
694
Cara, qualquer coisa que vc lê na internet sobre alguma doença, é assim:
Estou com gripe;
Pesquisa gripe;
Sintomas da gripe: fraqueza, dores no corpo, febre, cansaço, etc.
Causas da gripe: Idade, stress, sistema imunológico enfraquecido (Lupus, HIV, câncer).
Consequências: Se não tratada, pneumonia.
Nisso o cara já acha que tem HIV, câncer, que está com pneumonia, etc.

Se já é assim com sintomas físicos, os transtornos de personalidade em geral tem diversas características inerentes ao ser humano, que sentimos todos os dias; raiva, tristeza, ansiedade, frustração, medo, etc. A doença ocorre quando esses sentimentos se manifestam de forma persistente, começam a atrapalhar demais a sua vida, começam a fazer você tomar atitudes inconsequentes e irracionais com certa frequência; ou seja, ainda que essas coisas aconteçam de forma episódica com alguém, não caracteriza uma doença. E para o primeiro diagnóstico, sempre procure o psicólogo. Ele é quem vai encaminhar um caso grave, que exige remédios, para o psiquiatra ou outro profissional.
 

Mito 17

Supra-sumo
Mensagens
518
Reações
1.693
Pontos
163
Bom, eu tô fazendo residência em Psiquiatria e vou te falar o que penso sobre o assunto.

Os transtornos de personalidade, de modo geral, são tratados com psicoterapia e não com medicamentos. A gente só usa remédios quando tem algum transtorno psiquiátrico associado e pra isso precisaria ver a sua história e suas queixas.
Vou pesquisar como funciona essa psicoterapia e espero do fundo do coração não precisar tomar medicamentos para melhorar meus problemas.
Sua história não parece muito típica porque os pacientes esquizoides, em geral, não sentem falta de ter amigos ou pessoas próximas. Tipo, não faz diferença mesmo. Se tá te causando desconforto, tem que avaliar melhor isso aí.
Eu não sentia falta boa parte da minha vida mas sei la, tenho sentido bastante falta nos ultimos 2 anos.
Só pra encerrar, diagnóstico de transtorno de personalidade é diagnóstico de exclusão. Isso significa que precisamos descartar uma série de outras coisas (orgânicas e outras doenças como depressão, transtorno bipolar, etc) até dizer que é, por exemplo, esquizoide. Outra consequência é que não é um diagnóstico que costumamos fechar na primeira consulta.
Bacana entender como funciona o mecanismo de diagnóstico de transtornos de personalidade. Bem alguma coisa eu tenho, seja TPE, depressão, introspecção extrema, resta saber descobrir. Muito obrigado pelo seu post, bastante informativo!:kjoinha
Cara, qualquer coisa que vc lê na internet sobre alguma doença, é assim:
Estou com gripe;
Pesquisa gripe;
Sintomas da gripe: fraqueza, dores no corpo, febre, cansaço, etc.
Causas da gripe: Idade, stress, sistema imunológico enfraquecido (Lupus, HIV, câncer).
Consequências: Se não tratada, pneumonia.
Nisso o cara já acha que tem HIV, câncer, que está com pneumonia, etc.

Se já é assim com sintomas físicos, os transtornos de personalidade em geral tem diversas características inerentes ao ser humano, que sentimos todos os dias; raiva, tristeza, ansiedade, frustração, medo, etc. A doença ocorre quando esses sentimentos se manifestam de forma persistente, começam a atrapalhar demais a sua vida, começam a fazer você tomar atitudes inconsequentes e irracionais com certa frequência; ou seja, ainda que essas coisas aconteçam de forma episódica com alguém, não caracteriza uma doença. E para o primeiro diagnóstico, sempre procure o psicólogo. Ele é quem vai encaminhar um caso grave, que exige remédios, para o psiquiatra ou outro profissional.
Eu acho que esse possível transtorno que eu tenho esteja atrapalhando minha vida e quando algo me incomoda, eu não sossego enquanto não resolver! Já estou procurando um bom psicólogo, de preferência especializado em transtornos de personalidade.
 

Damiora Diku

Habitué da casa
Mensagens
115
Reações
398
Pontos
78
Só pra te dar um toque: eu era resistente a qualquer tratamento com medicamentos para a cachola, e achava que ir no psicólogo era perda de tempo. Perdi anos da minha vida sofrendo que nem um filho da puta, até chegar ao ponto de pensar seriamente que seria muito melhor se eu simplesmente morresse. Aí fiquei com medo e busquei ajuda. Minha qualidade de vida deu um salto gigantesco com o tratamento.

Enfim, fica aí meu relato. Não é frescura, busque ajuda e não perca tempo. Eu perdi tempo demais da minha vida.
 

Vorpal

Bam-bam-bam
Mensagens
8.833
Reações
10.170
Pontos
419
Tenho alguns desses sintomas, mas de médico e de louco todos temos um pouco, se for ver, devo ter inúmeras patologias psicológicas
 

Vorpal

Bam-bam-bam
Mensagens
8.833
Reações
10.170
Pontos
419
Só pra te dar um toque: eu era resistente a qualquer tratamento com medicamentos para a cachola, e achava que ir no psicólogo era perda de tempo. Perdi anos da minha vida sofrendo que nem um filho da puta, até chegar ao ponto de pensar seriamente que seria muito melhor se eu simplesmente morresse. Aí fiquei com medo e busquei ajuda. Minha qualidade de vida deu um salto gigantesco com o tratamento.

Enfim, fica aí meu relato. Não é frescura, busque ajuda e não perca tempo. Eu perdi tempo demais da minha vida.
Adoraria "hackear" meu cérebro, se você tiver alguma dica de algo que começou a fazer que ajudou na mudança, agradeço. De momento, nao tenho como recorrer a um psicologo/psiquiatra por estar fora do país e nao dominar o idioma do mesmo (espanhol)

Mas gostaria de tentar alguns passos, qq sugestao é bem vinda
 
Topo