O que há de Novo?
  • Novo tema escuro está disponível
    Um novo visual para o fórum com fundo escuro agora está disponível para todos. Você pode escolher o tema clicando no ícone de pincel no canto inferior esquerdo da página.


Abertura de negócio "lan house de PS4"

Mensagens
785
Curtidas
1.210
Pontos
194
#1
Fala pessoal.

Estou para receber o seguro do meu carro que foi roubado mês passado e estou pensando em usar esse dinheiro para abrir uma locadora no estilo dos anos 90.

Pegar 8 ps4 com psn plus e cobrar 6 reais a hora.

Moro no Méier (RJ) e vou abrir a loja em frente ao meu condomínio (mais de 300 apartamentos). Já fiz uma pesquisa com a mulecada e acho que tem mercado.

O que vocês acham da ideia?
Como posso controlar o tempo de maneira mais profissional?
Quero deixar todos os consoles e tvs presos de maneira que não seja fácil remover em caso de assalto.

Estou fazendo umas pesquisas, como o faturamento máximo por hora seria de 48 reais e se isso pagaria o valor da energia gasta dos equipamentos ( 8 ps4 e tvs. Mais ar condicionado e outros gastos elétricos como lampadas e câmera de segurança). Se não cobrir ou se cobrir e eu não tiver lucro eu teria de aumentar o valor por hora e se o público estaria disposto a pagar esse valor.

Qualquer ajuda seria bem vinda.

Enviado de meu LM-Q610.FGN usando o Tapatalk
 


Mensagens
1.264
Curtidas
2.232
Pontos
303
#2
Vai falir. Eu não teria coragem, ja fui dono de video locadora. Hoje em dia maioria tem game em casa, e os pais não deixam os guris na "rua".
Vai precisar de funcionários, funcionar 7 dias na semana etc, tem que ter outras coisas para vender para melhorar a renda.
Controlar o tempo, existem uns dispositivos que desligam a TV e tal, mas nunca usei. Colocava no timer mesmo.
Aqui na cidade todos que inventaram de montar fecharam.
Boa sorte.
 
Mensagens
16.434
Curtidas
12.991
Pontos
594
#3
Acho legal a vontade de empreender, mas não concordo com essa parada não... Vídeo game estilo locadora já passou o tempo...

Aqui no meu bairro em Duque de Caxias no final de da geração passada (Lá pra 2012) o cara fez com 3 X360 em poucos meses (coisa de 5 meses) as crianças e adolescentes que gostaram da loja simplesmente pediram aos pais um X360 qu parcelaram em 12x. E olha que o poder aquisitivo no Méier é superior ao do pessoal pobre aqui....

De qualquer forma, se abrir avisa que eu dou um pulo aí, moro em Caxias mas faço faculdade no norte shopp

Enviado de meu Moto G (5S) usando o Tapatalk
 
Mensagens
785
Curtidas
1.210
Pontos
194
#4
Vai falir. Eu não teria coragem, ja fui dono de video locadora. Hoje em dia maioria tem game em casa, e os pais não deixam os guris na "rua".
Vai precisar de funcionários, funcionar 7 dias na semana etc, tem que ter outras coisas para vender para melhorar a renda.
Controlar o tempo, existem uns dispositivos que desligam a TV e tal, mas nunca usei. Colocava no timer mesmo.
Aqui na cidade todos que inventaram de montar fecharam.
Boa sorte.
Me fale da sua locadora. Tinha quantos equipamentos. Dava para jogar on line? Vc cobrava quanto por hora?

Meu público alvo seria algumas crianças. Adolescente e adultos... E atrair o pessoal do condomínio, tentar fazer um ambiente familiar.

Enviado de meu LM-Q610.FGN usando o Tapatalk
 

Cyber King

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.676
Curtidas
11.561
Pontos
699
#5
Você é doido cara, aluguel, energia, manutenção, correr atrás da licença pra funcionamento, ter que fazer seguro, lidar com possibilidade de assalto (principalmente de madrugada), e o pior lidar com essa geração de molecada mal educada sem respeito o dia inteiro.

Anos 80 e 90 molecada era mais inocente e respeitadores, hoje só encrenca.
 
Mensagens
4.566
Curtidas
4.274
Pontos
369
#6
Acho que tu devia ter o foco em venda/aluguel de jogos e video games. E como atrativo ter a disponibilidade de 2, 3 PS4 para jogar por hora na loja.

Agora como foco principal como lan house de ps4, isso é totalmente furado.

Procure os jogos competitivos, para organizar torneios.
 


Mensagens
2.398
Curtidas
10.215
Pontos
293
#8
Eu acho um mau negócio. Primeiro porque é um mercado em decadência e sem perspectiva, segundo que depende de um público muito específico e que não estará presente em todo o horário comercial (sua loja poderá ficar vazia uma boa parte do tempo), terceiro que seria, para tanto, necessário o investimento em outras coisas também. Você precisaria ter algum tipo de fornecimento de comida (a menos que tenha alguma loja ao lado fazendo isso), manutenção, e segurança, o que torna a operação muito mais custosa.
 
Mensagens
785
Curtidas
1.210
Pontos
194
#9
Acho que tu devia ter o foco em venda/aluguel de jogos e video games. E como atrativo ter a disponibilidade de 2, 3 PS4 para jogar por hora na loja.

Agora como foco principal como lan house de ps4, isso é totalmente furado.

Procure os jogos competitivos, para organizar torneios.
Estou querendo vender algumas bugigangas (capa de celular, cabos, controles etc) e ter algund serviços como manutenção de computadores, impressão , xerox e etc.).

Se fosse focar em produtos eu teria e investir em um ponto mais movimentado.

Enviado de meu LM-Q610.FGN usando o Tapatalk
 
Mensagens
2.467
Curtidas
3.996
Pontos
303
#10
Hoje em dia a molecada não tem permissão nem pra atravessar a rua sozinho, quanto mais a ficar em uma locadora.
A tarde, quando a molecada mais velha não tá na escola, poderia parecer alguém. De manhã ficaria as moscas.
 
Mensagens
1.264
Curtidas
2.232
Pontos
303
#11
Me fale da sua locadora. Tinha quantos equipamentos. Dava para jogar on line? Vc cobrava quanto por hora?

Meu público alvo seria algumas crianças. Adolescente e adultos... E atrair o pessoal do condomínio, tentar fazer um ambiente familiar.

Enviado de meu LM-Q610.FGN usando o Tapatalk
Era locadora básica mesmo de bairro, eu cheguei até no inico do Ps3 mas o pau que rolava era PS2 e futebol. Tinha 3 arcades que ajudavam também. Era umas 10 Tvs, tinha um dreamcast, ps2, mas eu venho do tempo do mega drive e super nes.
Tem uns 10 anos que fechei.
Se ta afim de investir, melhor pensar em revender acessórios e coisas de celular, mas ai como aqui deve ter muito camelô, isso atrapalha fora o comércio online que "não" tem custo.
PS. não sei ai, mas oque fudeu mesmo foi o juizado aqui que proibiu menores de 12 anos sem um responsável. Dependendo do horario so maiores de 14 anos desacompanhado. O pai queria era deixar o filho e sair, ai não podia deixar. E precisa do alvara do juizado, além da prefeitura.
 
Mensagens
785
Curtidas
1.210
Pontos
194
#12
Acho que tu devia ter o foco em venda/aluguel de jogos e video games. E como atrativo ter a disponibilidade de 2, 3 PS4 para jogar por hora na loja.

Agora como foco principal como lan house de ps4, isso é totalmente furado.

Procure os jogos competitivos, para organizar torneios.
Estou querendo vender algumas bugigangas (capa de celular, cabos, controles etc) e ter algund serviços como manutenção de computadores, impressão , xerox e etc.).

Se fosse focar em produtos eu teria e investir em um ponto mais movimentado.

Sobre torneios estou querendo fazer na inauguração

Enviado de meu LM-Q610.FGN usando o Tapatalk
 

Aulendil

Gato do Mato
VIP
Mensagens
1.677
Curtidas
10.219
Pontos
309
#13
Ouça o pessoal da OS. A ideia é fora de época. Seus potenciais clientes pertencem a um nicho pouco numeroso, insuficientes para sustentar esse tipo de negócio.

Use o seguro do seu carro e compre outro. Senão vai acabar sem dinheiro e a pé.

Mas se ainda assim quiser prosseguir, não faça nada com base no achismo. Contrate um consultor do SEBRAE para te auxiliar a fazer uma análise de custos e faturamento, bem como para conhecer os procedimentos legais para abrir um negócio e evitar as armadilhas mais comuns de empreendedores iniciantes. Se quiser ir além, contrate uma empresa de pesquisa de mercado para prospectar o potencial do negócio antes de abrir.

Fiz isso no início dos anos 2000. Foi tão bem feito que consegui sócio-capitalista sem dificuldade, dado que o plano de negócios era o mais completo e abrangente possível. Mas acabei não abrindo a empresa, porque um concorrente com o dobro do tamanho que minha Lan House teria resolveu abrir a 300m da loja, mandando a previsão de faturamento pro espaço...
 
Ultima Edição:

Metal God

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
28.386
Curtidas
18.978
Pontos
744
#16
Se for levar adiante a empreitada, faça um negócio envolvendo o condomínio, tipo uma parceria. Tu faz o investimento do equipamento e pede pro condomínio providenciar o local, aí te livra do aluguel, os pais ficarão tranquilos com os filhos, porque é dentro do condomínio e pode ter a chance do lance vingar. Apresente estas ideias e não deixe de seguir os conselhos do povo ali de cima que falou sobre ir ao Sebrae, pra fazer planejamento. Quem sabe no Sebrae eles te proponham outro tipo de negócio...
 
Mensagens
1.168
Curtidas
1.843
Pontos
194
#18
O condomínio tem salão de festas? Se tiver, poderia fazer um bem bolado e alugar o equipamento para festas lá, os pais iam adorar ficar tomando cerveja de boa enquanto a mulecada joga
 
Mensagens
16.434
Curtidas
12.991
Pontos
594
#19
Só pra fins de informação, lembre-se que na Torre do Norte Shopping existe a MultiVRso Games (aluguel de jogos com ENTREGA) e o catálogo deles é insano. Pesquisa por eles no facebook.
Sei que não é a mesma coisa, mas falei mais pra fins de informação.

Menos de 3km de onde vc está.
 
Mensagens
826
Curtidas
1.210
Pontos
183
#21
Eu acho bem arriscado. Você conhece muitos lugares assim que estão dando certo? Não é o caso de ser uma ideia inovadora, então deveria ter outros lugares assim. Dá pra ter uma referência positiva ou negativa a respeito.
 
Mensagens
785
Curtidas
1.210
Pontos
194
#22
Só pra fins de informação, lembre-se que na Torre do Norte Shopping existe a MultiVRso Games (aluguel de jogos com ENTREGA) e o catálogo deles é insano. Pesquisa por eles no facebook.
Sei que não é a mesma coisa, mas falei mais pra fins de informação.

Menos de 3km de onde vc está.
Eu ja fui lá. O valor para jogar 30 minutos de psvr é de 30 reais.

Enviado de meu LM-Q610.FGN usando o Tapatalk
 
Mensagens
872
Curtidas
1.624
Pontos
204
#26
Eu conto ou vocês contam?

_______________________

Desculpe a joke mas isso não tem mercado, essa pesquisa que você fez, qual foi a amostra? Pesquisou todos do condomínio ou fora dele? Fez a relação dos custos operacionais do negócio? Fez um estudo sobre os concorrentes diretos e indiretos do seu modelo de negócio?

Tem uma porrada de coisas para fazer antes e ver se é viável ou não.
 
Mensagens
8.048
Curtidas
3.459
Pontos
409
#28
Vocês estão sendo muito negativo eu conheço UMA lan house só de games e umas três misturadas (tem uma que é só de arcades até), acho que se for em um lugar onde tem bastante jovens pode dar certo, principalmente em periferias desde que seja um preço acessivel tipo uns 3 dórias a hora
 
Mensagens
1.781
Curtidas
2.440
Pontos
349
#30
Vou contar minha experiência. A opinião difere um pouco do que você leu até aqui.

Em 2016 eu tava sem saber o que fazer da minha vida em uma cidade do interior da Bahia com aproximadamente 140k hab.
Em uma rua não tão movimentada do comércio local (diga-se de passagem, cidades do interior sobrevivem, em sua maioria, do comércio aqui na BA) existe um colégio bem famoso daqui, o segundo maior.
Em frente a esse colégio existem 3 portinhas que, antigamente, eram garagens do dono do prédio, que mora em cima.
Meados de abril do ano citado um desses pontos ficou disponível para aluguel e eu prontamente peguei. Vou revelar o valor do aluguel: R$ 1.100,00.
Naquela época eu tinha R$ 2.500,00 guardados, além de 6 computadores bem simples (comprei pq eu dava aula de informática em uma antiga sala que funcionava o escritório de minha empresa que não foi à frente). Dessa grana eu utilizei uma parte para banner do topo, um lateral e uma reforma básica aqui dentro. Pintura, fiação nova (toda). Outra parte da grana eu comprei 3 armários e um balcão. Já tinha a mesa do escritório e uma mesa grande que dá pra 3 computadores.
Montei toda a rede, coloquei expositor na parede (esses expositores um amigo me deu), instalei os computadores e coloquei um ventilador que custou 250,00.
A grana acabou! Pedi emprestado R$ 3.000,00 à minha irmã e comprei caneta, lapis, borracha, caderno, cola, fita adesiva, classificador plástico, além de película de vidro e capas para celular. Essas coisas foram em pequenas quantidades. Para o armário não ficar com aspecto de vazio, eu coloco algumas caixas atrás e os produtos na frente, aí dá ideia de que tem um monte de coisa lá atras kkkkkk
Porta aberta (23/06/16) eu vendi 14,00 no primeiro dia. Jamais esquecerei!
Essas vendas foram impressão de boletos e/ou uma caneta aqui, outra ali de algum curioso.
As coisas começaram a andar quando eu peguei uma ideia de despachante para cartório que funcionava aqui do lado. Eu não sei o motivo para eles encerrarem o negócio, mas a mulher do cara acabou tornando minha amiga e me deu as dicas. Basicamente é entrar em contato com os cartórios e solicitar os documentos.
Faturo pouco com isso, afinal mudaram algumas coisas nos cartórios em todo o Brasil e caiu bastante o movimento. Mas vez em quando eu faço algumas. O faturamento com isso é algo em torno de 500 a 600 reais livres. Não é muito, mas ajuda nas despesas.
O meu forte aqui é impressão. Aí vc pensa: pô, ta na frente do colégio... mas te digo que menino nao tem dinheiro. e quando tem, utiliza com coisas fúteis. Raramente entra um aluno aqui, geralmente eles têm impressora em casa ou fazem em outro lugar. Não sei.
O que eu faço aqui é muitos serviços diversos. Impressão, boletos, curriculo, essas coisas. Também faço algumas artes que a galera pede pra imprimir em adesivo, além de impressão de fotos no papel glossy.
Tenho 3 computadores que servem como lanhouse e cobro R$ 1,00 até 30 min. Não é permitido instalar nada nem ficar jogando. O computador é para acesso rápido, fazer inscrição em cursos e concursos. Não são máquinas para jogos.
Nunca pensei em colocar isso para os alunos do colégio aqui de frente, mas quem sabe um dia, talvez.
Atualmente parei com o negócio das capinhas porque em todo canto tem, todo mundo vende e as minhas ficaram paradas, defasadas. Parei de investir nisso.
Películas ainda vendo, bastante. Compro por 2,50 no máximo e vendo a partir de 10,00 (dependendo da marca).
Curriculo, envio de curriculo para empresas, cadastros, plastificação, encadernação, impressão colorido e P&B, impressão e pastificação de documentos (cartao sus, cpf, etc), boletos de contas, cartões, financiamento, etc... são diversos serviços e eu não tô lembrando agora.
Tenho uma menina que me ajuda um turno de seg e quarta, pago 200,00. Peço pra assinar que recibos de pagamento além de uma folha de ponto, pra evitar problemas judiciais.
É aprendiz, não posso explorar mto dela. Me ajuda nos momentos de sufoco.
Bicho, meu faturamento aqui é algo em torno de 700,00 liquidos.
É pouco? É. Mas aliado aos serviços de despachante e algumas coisas que faço com celular (manutenção lógica boba) e manutenção de computadores que vem em quando aparecem, me dá um gás pra sobreviver nessa vida.
Poderia estar em outro patamar, buscando novos caminhos e ganhando mais, eu sei, mas, por ora, isso é o que tem me sustentado.

Minha pretensão é ampliar o negócio colocando alguns produtos de bebida e lanches (chocolate, balas, bombons, essas coisas).
Pretendo também comprar uma maquina pra estampar camisa que custa em torno de 1.500,00.
Além disso, vou colocando aos poucos algum tipo de chaveiro diferente, alguns cabos de TV, video game, P2 e adereços para criança e adolescente. Sai muito pouco, mas sai.
Quero ver se compro até o meio do ano uma quantidade básica de porta retratos, algumas pipas e linhas, um pouco de produto de costureira (linhas, novelos, zipers, agulha, etc) além de algumas bobagens de informática como pendrive, mouse, teclado. Também alguns brinquedos para crianças, coisas baratas. Lembrei também de guarda-chuvas que vou pendurar ali em cima.

Ah, tenho e vendo MUITO fone de ouvido. Compro por até 6,00 vendo a partir de 15,00. Carregador oligilau né, raquete de mosquito, CABO PARA CELULAR, vendo bastante também. Compro de 4,00 e vendo de 12/14.

A lojinha aqui vai fazer 3 anos. Nunca atrasei um recibo de água (tenho um purificador que comprei com o dinheiro dela), luz, internet ou aluguel.
Mta gente me chama de corajoso, de arrojado, mas, na verdade, eu tenho é vontade de vencer. Minha motivação é acordar todo dia e saber que dia 05 tem o boleto do melhor colégio da cidade que eu pago pra meu filho estudar. Ele é colega de filhos de médicos, juízes, políticos e afins. Não que isso represente muita coisa pra mim, mas dá pra vc ter noção aí de que o colégio investe em bons professores (da capital) por causa desse público.

Não pense apenas nos pontos negativos. Se atualmente você fica em casa coçando o saco, cheirando e acessando a OS, recomendo meter as caras e correr pro abraço. Minha mãe sempre me diz que pé que não anda, não leva topada. Com essa grana que me sobra já comprometi toda no curso de direito que comecei terça-feira. Em breve mais um teta adeeevogado por aqui pra sanar os mbmls da galere.

Força, brother! Fica atento na área, na vizinhança, na criançada... sempre há um mercado onde ninguém consegue visualizar.
Pensa no aluguel, na internet, nas outras despesas e, caso não seja algo surreal, se joga mesmo! Desejo sucesso e estou no MP pra qualquer ajuda. Sua ou de alguém aqui que lê.

Vou postar aqui a prateleira que citei aí:

 

Quilava

Habitué da casa
Mensagens
248
Curtidas
400
Pontos
88
#31
Vou contar minha experiência. A opinião difere um pouco do que você leu até aqui.

Em 2016 eu tava sem saber o que fazer da minha vida em uma cidade do interior da Bahia com aproximadamente 140k hab.
Em uma rua não tão movimentada do comércio local (diga-se de passagem, cidades do interior sobrevivem, em sua maioria, do comércio aqui na BA) existe um colégio bem famoso daqui, o segundo maior.
Em frente a esse colégio existem 3 portinhas que, antigamente, eram garagens do dono do prédio, que mora em cima.
Meados de abril do ano citado um desses pontos ficou disponível para aluguel e eu prontamente peguei. Vou revelar o valor do aluguel: R$ 1.100,00.
Naquela época eu tinha R$ 2.500,00 guardados, além de 6 computadores bem simples (comprei pq eu dava aula de informática em uma antiga sala que funcionava o escritório de minha empresa que não foi à frente). Dessa grana eu utilizei uma parte para banner do topo, um lateral e uma reforma básica aqui dentro. Pintura, fiação nova (toda). Outra parte da grana eu comprei 3 armários e um balcão. Já tinha a mesa do escritório e uma mesa grande que dá pra 3 computadores.
Montei toda a rede, coloquei expositor na parede (esses expositores um amigo me deu), instalei os computadores e coloquei um ventilador que custou 250,00.
A grana acabou! Pedi emprestado R$ 3.000,00 à minha irmã e comprei caneta, lapis, borracha, caderno, cola, fita adesiva, classificador plástico, além de película de vidro e capas para celular. Essas coisas foram em pequenas quantidades. Para o armário não ficar com aspecto de vazio, eu coloco algumas caixas atrás e os produtos na frente, aí dá ideia de que tem um monte de coisa lá atras kkkkkk
Porta aberta (23/06/16) eu vendi 14,00 no primeiro dia. Jamais esquecerei!
Essas vendas foram impressão de boletos e/ou uma caneta aqui, outra ali de algum curioso.
As coisas começaram a andar quando eu peguei uma ideia de despachante para cartório que funcionava aqui do lado. Eu não sei o motivo para eles encerrarem o negócio, mas a mulher do cara acabou tornando minha amiga e me deu as dicas. Basicamente é entrar em contato com os cartórios e solicitar os documentos.
Faturo pouco com isso, afinal mudaram algumas coisas nos cartórios em todo o Brasil e caiu bastante o movimento. Mas vez em quando eu faço algumas. O faturamento com isso é algo em torno de 500 a 600 reais livres. Não é muito, mas ajuda nas despesas.
O meu forte aqui é impressão. Aí vc pensa: pô, ta na frente do colégio... mas te digo que menino nao tem dinheiro. e quando tem, utiliza com coisas fúteis. Raramente entra um aluno aqui, geralmente eles têm impressora em casa ou fazem em outro lugar. Não sei.
O que eu faço aqui é muitos serviços diversos. Impressão, boletos, curriculo, essas coisas. Também faço algumas artes que a galera pede pra imprimir em adesivo, além de impressão de fotos no papel glossy.
Tenho 3 computadores que servem como lanhouse e cobro R$ 1,00 até 30 min. Não é permitido instalar nada nem ficar jogando. O computador é para acesso rápido, fazer inscrição em cursos e concursos. Não são máquinas para jogos.
Nunca pensei em colocar isso para os alunos do colégio aqui de frente, mas quem sabe um dia, talvez.
Atualmente parei com o negócio das capinhas porque em todo canto tem, todo mundo vende e as minhas ficaram paradas, defasadas. Parei de investir nisso.
Películas ainda vendo, bastante. Compro por 2,50 no máximo e vendo a partir de 10,00 (dependendo da marca).
Curriculo, envio de curriculo para empresas, cadastros, plastificação, encadernação, impressão colorido e P&B, impressão e pastificação de documentos (cartao sus, cpf, etc), boletos de contas, cartões, financiamento, etc... são diversos serviços e eu não tô lembrando agora.
Tenho uma menina que me ajuda um turno de seg e quarta, pago 200,00. Peço pra assinar que recibos de pagamento além de uma folha de ponto, pra evitar problemas judiciais.
É aprendiz, não posso explorar mto dela. Me ajuda nos momentos de sufoco.
Bicho, meu faturamento aqui é algo em torno de 700,00 liquidos.
É pouco? É. Mas aliado aos serviços de despachante e algumas coisas que faço com celular (manutenção lógica boba) e manutenção de computadores que vem em quando aparecem, me dá um gás pra sobreviver nessa vida.
Poderia estar em outro patamar, buscando novos caminhos e ganhando mais, eu sei, mas, por ora, isso é o que tem me sustentado.

Minha pretensão é ampliar o negócio colocando alguns produtos de bebida e lanches (chocolate, balas, bombons, essas coisas).
Pretendo também comprar uma maquina pra estampar camisa que custa em torno de 1.500,00.
Além disso, vou colocando aos poucos algum tipo de chaveiro diferente, alguns cabos de TV, video game, P2 e adereços para criança e adolescente. Sai muito pouco, mas sai.
Quero ver se compro até o meio do ano uma quantidade básica de porta retratos, algumas pipas e linhas, um pouco de produto de costureira (linhas, novelos, zipers, agulha, etc) além de algumas bobagens de informática como pendrive, mouse, teclado. Também alguns brinquedos para crianças, coisas baratas. Lembrei também de guarda-chuvas que vou pendurar ali em cima.

Ah, tenho e vendo MUITO fone de ouvido. Compro por até 6,00 vendo a partir de 15,00. Carregador oligilau né, raquete de mosquito, CABO PARA CELULAR, vendo bastante também. Compro de 4,00 e vendo de 12/14.

A lojinha aqui vai fazer 3 anos. Nunca atrasei um recibo de água (tenho um purificador que comprei com o dinheiro dela), luz, internet ou aluguel.
Mta gente me chama de corajoso, de arrojado, mas, na verdade, eu tenho é vontade de vencer. Minha motivação é acordar todo dia e saber que dia 05 tem o boleto do melhor colégio da cidade que eu pago pra meu filho estudar. Ele é colega de filhos de médicos, juízes, políticos e afins. Não que isso represente muita coisa pra mim, mas dá pra vc ter noção aí de que o colégio investe em bons professores (da capital) por causa desse público.

Não pense apenas nos pontos negativos. Se atualmente você fica em casa coçando o saco, cheirando e acessando a OS, recomendo meter as caras e correr pro abraço. Minha mãe sempre me diz que pé que não anda, não leva topada. Com essa grana que me sobra já comprometi toda no curso de direito que comecei terça-feira. Em breve mais um teta adeeevogado por aqui pra sanar os mbmls da galere.

Força, brother! Fica atento na área, na vizinhança, na criançada... sempre há um mercado onde ninguém consegue visualizar.
Pensa no aluguel, na internet, nas outras despesas e, caso não seja algo surreal, se joga mesmo! Desejo sucesso e estou no MP pra qualquer ajuda. Sua ou de alguém aqui que lê.

Vou postar aqui a prateleira que citei aí:

Bro, aproveitando seu post, você optou por se estabelecer como trabalhador autônomo, MEI, ME, o que?

Pretendo abrir uma empresa no futuro mas tenho várias dúvidas em relação a legislação.
 
Mensagens
19
Curtidas
24
Pontos
3
#32
Anos 80 e 90 molecada era mais inocente e respeitadores, hoje só encrenca.
Você acha, é?

Olha esse relato do dono da locadora Zeta Games que funcionou entre 1996-1999:

"passávamos alguns apertos, haviam brigas entre pais e filhos, birras, crianças se jogando no chão, meninos mal-educados, às vezes sem tomar banho e até matando aula, tinha de tudo! "
 
Mensagens
1.781
Curtidas
2.440
Pontos
349
#33
Bro, aproveitando seu post, você optou por se estabelecer como trabalhador autônomo, MEI, ME, o que?
Pretendo abrir uma empresa no futuro mas tenho várias dúvidas em relação a legislação.
Como aqui é garagem que virou comércio, o dono do prédio ainda está embolado com a documentação, apesar de sempre pedir a ele pra resolver.
O tempo vai passando, já fui notificado duas vezes pela prefeitura.
Eu tenho uma empresa de construção civil que está parada, por isso não posso registrar nada em meu nome. Tenho uma pendência financeira que não consigo quitar, por isso nao encerrei ela ainda pra abrir outra. Mas eu recomendo fortemente que, caso seja um negócio similar ao meu, você se registre como MEI, pois os impostos são bem suaves, diferente do ME.
Não tem muita complicação pra conseguir o alvará para quem é MEI. Aqui a prefeitura ajuda bastante, tanto que estou pensando em colocar a loja aqui no nome de meu pai. Mas agora com mais essa preocupação de estudar na faculdade é que eu vou enrolar por mais algum tempo esse registro.
 
Mensagens
10.051
Curtidas
5.584
Pontos
419
#34
Eu pretendo abrir um negócio para mim. Queria mesmo era abrir uma Lotéria aqui no meu bairro.
É afastado do centro da cidade (uns 30 minutos de carro) e não tem nenhuma por perto. Só que acho que não da mais pra abrir né.

Não sei como é ai onde tu mora, mas a ideia de locadora de PS4 aqui no bairro sempre acaba fechando. Já teve uns 4/5 dessa geração que não foram pra frente.
 
Mensagens
651
Curtidas
530
Pontos
154
#35
Se for pra playtime acredito que o publico em potencial seja menor. Muita gente tem ps4 em casa, adulto ou criança. E até por isso talvez seja melhor investir em locação de games do que playtime.
 

Topo