O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


[Ajuda] Consórcio Moto Zero

DamnedAngel

Veterano
Mensagens
376
Reações
783
Pontos
128
Olar conhecidos,

Preciso de uma ajuda, quero comprar uma moto e estou considerando muito um consórcio pelas condições. Estou cansada demais para andar de ônibus ultimamente e o trajeto que faço é de normalmente 60km por dia com ida e volta.

Estava olhando os consórcios entre Yamaha, Honda e Dafra.

A favoritinha do momento é a CG Titan 160 EX, que possui as melhores condições e um prazo decente, incluindo documentação e emplacamento. Fica em torno de 210 reais por mês em 80x. Porém li que ela não é lá muito confortável.

A Factor 150 com documentação inclusa tbm, sai por 218 em 72x, mas me disseram que é a que possui manutenção mais cara.

E por fim, a Dafra Horizon 150 com o menor prazo, em 50x de 250 reais por mês. Única coisa que sei é que consegue ser mais confortável.

Quem puder me ajudar aí, eu agradeço. E não estou cogitando modelos muito mais caros por falta de orçamento mesmo.
 


ESNER

Habitué da casa
Mensagens
124
Reações
112
Pontos
53
Se você quer comprar uma moto, tem que financiar. No consórcio você paga sem saber quando será contemplado a não ser que de um lance. Ou faz um consórcio de um valor mais alto e usa parte do crédito como lance e com que sobrar você compra a moto.

Em relação a essas 3 opções ai, nunca vi ninguém reclamar de falta de conforto nessas motos, até porque não são motos feitas para isso.
Honda tem um valor baixo de manutenção por ser mais vendida e as fabricantes de peças paralelas atendem bem, obrigando a honda a vender as peças por um valor menor.
Yamaha tem menos opções de peças não originais no mercado, o que faz com que as peças sejam mais caras.
Dafra não tem uma boa fama, você pode até comprar essa moto ai e ela te agradar, mas o mercado é bem restrito.
 

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.060
Reações
25.836
Pontos
553
Essa história que Yamaha é mais caro que Honde é balela. O que pode complicar é talvez a honda ter mais facilidade de encontrar Concessionária. A factor 150 tem ótima manutenção, agora se você procurar moto mais confortável, qual é sua altura?Pois dependendo você pode "apertar" mais o cinto e pegar uma Bros ou Crosser.
 

dauther

Veterano
Mensagens
661
Reações
353
Pontos
114
crosser muito mais confortável pois tem suspensão traseira monolink a gás. Mas caso queira economizar mais, ja viu as motos da Haojue? Praticamente suzuki, mesma marca que fabricava suzuki yes e intruder. tem o melhor custo beneficio nessa faixa de preço no quesito segurança, a chopper road 150, unica com freio a disco tambem atras e ja com mangueiras de freio aeroquip.
https://haojuemotos.com.br/models/chopper-road-150/ e podendo investir em um banco da pedrinho motos ou erê, fica muito confortável.
 

Supedaneo

Bam-bam-bam
Mensagens
2.356
Reações
1.808
Pontos
244
CG Titan 160 EX

80x R$ 210,00 = R$ 16.800,00 :kqueixo:kqueixo


Tirando esse preço absurdo, o grande problema de moto é a segurança.

Conheço dois tipos de motoqueiros, os que já cairão e quebraram pé, perna, braço etc... e os que ainda vão cair.

E o problema não é você pilotar de boa com atenção, têm o fator outros motoristas, esse não dá para você controlar.

Se for cidade pequena até pode ser viável, agora de for de São Paulo capital, eu não arriscaria!
 

Littleausto

Bam-bam-bam
Mensagens
7.156
Reações
5.138
Pontos
352
Consorcio é a maior furada. Fiz uma vez pra nunca mais.
É bem melhor ir juntando o dinheiro da parcela do consorcio para dar entrada num financiamento.
 


Málocco Meeeermo

Bam-bam-bam
Mensagens
4.570
Reações
4.482
Pontos
349
Que cidade mora? O trajeto será por vias rápidas ou mais lentas (no máximo 60 km/h)? Tem algum valor disponível? Qual seu peso? Tem objeção quanto a usadas?

Enviado de meu GT-I9100 usando Tapatalk
 

Roveredo

Bam-bam-bam
Mensagens
6.202
Reações
19.276
Pontos
353
Consorcio é a maior furada. Fiz uma vez pra nunca mais.
É bem melhor ir juntando o dinheiro da parcela do consorcio para dar entrada num financiamento.
Se você tem pressa em pegar o bem e quer para ontem, sim, é melhor financiar.

Caso não tenha muita pressa e não tenha disciplina pra guardar a grana, consórcio é melhor.
 

geist

Bam-bam-bam
Mensagens
8.134
Reações
26.791
Pontos
353
Tirando esse preço absurdo, o grande problema de moto é a segurança.

Conheço dois tipos de motoqueiros, os que já cairão e quebraram pé, perna, braço etc... e os que ainda vão cair.

E o problema não é você pilotar de boa com atenção, têm o fator outros motoristas, esse não dá para você controlar.

Se for cidade pequena até pode ser viável, agora de for de São Paulo capital, eu não arriscaria!
Obviamente o motociclista está bem mais exposto e em caso de acidente está arriscado a sofrer muito mais danos físicos.
Só que esse exemplo seu pode ser aplicado a qualquer meio de transporte. Quantos e quantos motoristas de carros também não sofrem colisão involuntária?

Sobre o tópico eu não recomendo consórcio. Demora demais.
Mete as caras num financiamento mesmo que você já vai melhorar sua qualidade de vida (tempo) e economizar talvez com condução. Só não esqueça de só retirar sua moto se já tiver segurada. Conduza com atenção e redobre o cuidado em altas velocidades.
Se não puder gastar muito agora dá pra pegar uma Yes usadinha. Se quiser algo mais novo tem a Fazer 150.
 

Supedaneo

Bam-bam-bam
Mensagens
2.356
Reações
1.808
Pontos
244
Obviamente o motociclista está bem mais exposto e em caso de acidente está arriscado a sofrer muito mais danos físicos.
Só que esse exemplo seu pode ser aplicado a qualquer meio de transporte. Quantos e quantos motoristas de carros também não sofrem colisão involuntária?

Sobre o tópico eu não recomendo consórcio. Demora demais.
Mete as caras num financiamento mesmo que você já vai melhorar sua qualidade de vida (tempo) e economizar talvez com condução. Só não esqueça de só retirar sua moto se já tiver segurada. Conduza com atenção e redobre o cuidado em altas velocidades.
Se não puder gastar muito agora dá pra pegar uma Yes usadinha. Se quiser algo mais novo tem a Fazer 150.
Nesse meu exemplo:

colisão de moto leve = Chão/braço quebrado/perna/morte
colisão de carro leve = para-choque amassado

Todo santo dia, mas todo dia mesmo! têm motociclista no chão da marginal tietê, assim como colisões leves de veículos, a diferença é essa!
Eu mesmo já sofri umas 4 colisões traseiras, o máximo que aconteceu foi parachoque danificado, se estivesse de moto nesses pequenas colisões, poderia nem estar mais aqui.

Por isso não confio não! perdi dois amigos na época da faculdade por esses colisões, 3 anos atrás foi um tio meu que ficou internado depois de cair de moto, nunca mais subiu em uma, esse ano o filho de um primo faleceu também.

Todo ano faço os cálculos de quando gasto com o carro ( R$ 1.250,00) por mês esse ano, isso com o carro pago! esse custo é IPVA/Seguro/Combustível, nem coloquei manutenção, estacionamento, desvalorização etc.. imagina quanto economizaria utilizando uma moto! mas depois penso que minha vida vale muito mais.
 
Ultima Edição:

dauther

Veterano
Mensagens
661
Reações
353
Pontos
114
depende de onde for usar, cidade interior com transito leve é tranquilo moto, ainda mais se tiver freio a disco nas 2 rodas, salva bem de sustos como cachorro passando na sua frente do nada.
 

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.060
Reações
25.836
Pontos
553
Nesse meu exemplo:

colisão de moto leve = Chão/braço quebrado/perna/morte
colisão de carro leve = para-choque amassado

Todo santo dia, mas todo dia mesmo! têm motociclista no chão da marginal tietê, assim como colisões leves de veículos, a diferença é essa!
Eu mesmo já sofri umas 4 colisões traseiras, o máximo que aconteceu foi parachoque danificado, se estivesse de moto nesses pequenas colisões, poderia nem estar mais aqui.

Por isso não confio não! perdi dois amigos na época da faculdade por esses colisões, 3 anos atrás foi um tio meu que ficou internado depois de cair de moto, nunca mais subiu em uma, esse ano o filho de um primo faleceu também.

Todo ano faço os cálculos de quando gasto com o carro ( R$ 1.250,00) por mês esse ano, isso com o carro pago! esse custo é IPVA/Seguro/Combustível, nem coloquei manutenção, estacionamento, desvalorização etc.. imagina quanto economizaria utilizando uma moto! mas depois penso que minha vida vale muito mais.
Mano, essa marginal deve ser a travessia do inferno ou seus parentes foram amaldiçoados, pois eu ando de moto há 4 anos e só sofri um único acidente voltando para casa, mas que nem foi grave a ponto de ir para o hospital.
 

Supedaneo

Bam-bam-bam
Mensagens
2.356
Reações
1.808
Pontos
244
Mano, essa marginal deve ser a travessia do inferno ou seus parentes foram amaldiçoados, pois eu ando de moto há 4 anos e só sofri um único acidente voltando para casa, mas que nem foi grave a ponto de ir para o hospital.
Cara sem post irônico, sem antes dar uma pesquisada nas estatísticas!

De acordo com o balanço do Infosiga, o banco de dados do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, 253 pessoas morreram em acidentes de moto entre janeiro e setembro deste ano em São Paulo número 62% maior em relação ao mesmo período do ano passado.
Deste total de vítimas fatais, 188 morreram na hora devido à violência do acidente, e metade era jovem de 18 a 29 anos.

Dá praticamente uma morte diária! O levantamento de acidentes com moto nas marginais foi mais de 2.158 em 2018.

Dados do DPVAT:

Só nos três primeiros meses de 2018, o Seguro DPVAT registrou o pagamento de 50.469 indenizações por invalidez permanente, além de outras 4.578 por morte e 11.154 por despesas médicas… apenas para acidentes relacionados a motocicletas.

Fontes:

https://www.motonline.com.br/noticia/dpvat-moto-em-2018-mais-de-50-mil-casos-de-invalidez/

https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2018/10/19/mortes-em-acidentes-de-moto-aumentam-62-em-sp-diz-infosiga.ghtml

Na família como você não deve ter lido direito foi um tio acidentado e um primo morto, nada de maldição aqui.
 

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.060
Reações
25.836
Pontos
553
Cara sem post irônico, sem antes dar uma pesquisada nas estatísticas!

De acordo com o balanço do Infosiga, o banco de dados do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, 253 pessoas morreram em acidentes de moto entre janeiro e setembro deste ano em São Paulo número 62% maior em relação ao mesmo período do ano passado.
Deste total de vítimas fatais, 188 morreram na hora devido à violência do acidente, e metade era jovem de 18 a 29 anos.

Dá praticamente uma morte diária! O levantamento de acidentes com moto nas marginais foi mais de 2.158 em 2018.

Dados do DPVAT:

Só nos três primeiros meses de 2018, o Seguro DPVAT registrou o pagamento de 50.469 indenizações por invalidez permanente, além de outras 4.578 por morte e 11.154 por despesas médicas… apenas para acidentes relacionados a motocicletas.

Fontes:

https://www.motonline.com.br/noticia/dpvat-moto-em-2018-mais-de-50-mil-casos-de-invalidez/

https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2018/10/19/mortes-em-acidentes-de-moto-aumentam-62-em-sp-diz-infosiga.ghtml

Na família como você não deve ter lido direito foi um tio acidentado e um primo morto, nada de maldição aqui.
Não estou sendo irônico. Eu contei minha experiência de vida em cima de uma moto, se isto não vale ok! Agora não dá para generalizar dizendo que "subiu em cima de uma moto, vai morrer, sofrer acidente e outras coisas".

Estatísticas existem?Sim, então tente fugir delas pilotando com segurança. Eu vou falar uma coisa que poucas pessoas aceitam "o que mata não é a moto e sim quem está em cima dela".
 

Supedaneo

Bam-bam-bam
Mensagens
2.356
Reações
1.808
Pontos
244
Não estou sendo irônico. Eu contei minha experiência de vida em cima de uma moto, se isto não vale ok! Agora não dá para generalizar dizendo que "subiu em cima de uma moto, vai morrer, sofrer acidente e outras coisas".

Estatísticas existem?Sim, então tente fugir delas pilotando com segurança. Eu vou falar uma coisa que poucas pessoas aceitam "o que mata não é a moto e sim quem está em cima dela".
Claro que vale sim!! só me pareceu meio irônico, mas de boa.

Para mim, a grande questão não é você ser um bom piloto, e sim a conduta dos outros motoristas, eu não confio é nos outros.

Então na minha cabeça essa teoria de que quem mata é o que está acima dela não é muito válida, um desses amigos amigos foi fechado por um veículo trocando de faixa caiu e um caminhão que vinha atrás passou por cima.

Quem pilota aqui em SP têm que andar no famoso corredor entre os carros, só nisso a pessoal já está extremamente exposta ao perigo.

Em cidades pequenas até acho viável.

Mas é minha opinião, sei que a moto é o ganha pão de muitos por ai!
 

DamnedAngel

Veterano
Mensagens
376
Reações
783
Pontos
128
Se você tem pressa em pegar o bem e quer para ontem, sim, é melhor financiar.

Caso não tenha muita pressa e não tenha disciplina pra guardar a grana, consórcio é melhor.
Falta de disciplina é meu problema.

Que cidade mora? O trajeto será por vias rápidas ou mais lentas (no máximo 60 km/h)? Tem algum valor disponível? Qual seu peso? Tem objeção quanto a usadas?

Enviado de meu GT-I9100 usando Tapatalk
Andaria mais em BR, moro numa cidade do lado de Curitiba. Ou seja, peço a 116 para ir para o trampo todo santo dia. Não tenho nada guardado. Peso de mulher não se discute. :coolface
Não tenho objeção com motos usadas não.

Essa história que Yamaha é mais caro que Honde é balela. O que pode complicar é talvez a honda ter mais facilidade de encontrar Concessionária. A factor 150 tem ótima manutenção, agora se você procurar moto mais confortável, qual é sua altura?Pois dependendo você pode "apertar" mais o cinto e pegar uma Bros ou Crosser.
Tenho 1,80m de altura.

CG Titan 160 EX

80x R$ 210,00 = R$ 16.800,00 :kqueixo:kqueixo


Tirando esse preço absurdo, o grande problema de moto é a segurança.

Conheço dois tipos de motoqueiros, os que já cairão e quebraram pé, perna, braço etc... e os que ainda vão cair.

E o problema não é você pilotar de boa com atenção, têm o fator outros motoristas, esse não dá para você controlar.

Se for cidade pequena até pode ser viável, agora de for de São Paulo capital, eu não arriscaria!
Altas vezes eu já vi muitas cagadas com motoqueiros em horário de pico, ainda mais quando amam correr no corredor. Sei que o cuidado seria triplicado. Benzadeus eu não moro em SP!
 

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.060
Reações
25.836
Pontos
553
Falta de disciplina é meu problema.



Andaria mais em BR, moro numa cidade do lado de Curitiba. Ou seja, peço a 116 para ir para o trampo todo santo dia. Não tenho nada guardado. Peso de mulher não se discute. :coolface
Não tenho objeção com motos usadas não.



Tenho 1,80m de altura.



Altas vezes eu já vi muitas cagadas com motoqueiros em horário de pico, ainda mais quando amam correr no corredor. Sei que o cuidado seria triplicado. Benzadeus eu não moro em SP!
Pela sua altura e km por dia percorridos eu me apertaria mais e pegaria uma nmax ou bros.

Enviado de meu LG-M250 usando o Tapatalk
 

Jurubeba2.0

Veterano
Mensagens
222
Reações
820
Pontos
128
Olha, pela sua altura e por pegar BR, eu passaria longe de qualquer moto que não for no mínimo 250cc. Moto pequena na rodovia é complicado, até vai, mas por ser veículo de uso diário eu não arriscaria. Eu tenho duas motos, uma 125cc e uma 650cc, a 125 uso só na cidade, das vezes que peguei rodovia achei extremante perigoso, não tem motor pra ultrapassar, as ultrapassagens se tornam lentas e arriscadas, e quando for ultrapassada por a moto ser leve fica instável. Eu olharia para uma fazer 250 ou até mesmo uma cb300 (que apesar da fama de trincar cabeçote, parece que a honda está fazendo o serviço sem custos) usadas. E claro, não se esqueça de investir em EPI's, como jaqueta, calça, botas, luvas...
 

Málocco Meeeermo

Bam-bam-bam
Mensagens
4.570
Reações
4.482
Pontos
349
Se vai usar mais em BR, ainda mais essa e pela sua altura e...imaginando o peso... pegue uma Fazer 250 usada ou uma Tenere 250 usada. Fazer a partir de 2011 se acha a partir de 7000/7500 e Tenere a partir de uns 9000.

Enviado de meu GT-I9100 usando Tapatalk
 

quemsoueu

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.834
Reações
10.570
Pontos
659
é um trajeto razoavelmente longo pra pegar todo dia de moto pense bem , geralmente quem comprar moto pela primeira vez acha que só vai andar com solzinho e no seco, veja se tá disposta a enfrentar mau tempo .
 

DamnedAngel

Veterano
Mensagens
376
Reações
783
Pontos
128
é um trajeto razoavelmente longo pra pegar todo dia de moto pense bem , geralmente quem comprar moto pela primeira vez acha que só vai andar com solzinho e no seco, veja se tá disposta a enfrentar mau tempo .
Vou cuidar disso, e não me importo com o mau tempo, considerando que Curitiba tem as quatro estações em um dia.
 

f0rg0tten

Bam-bam-bam
Mensagens
8.186
Reações
7.681
Pontos
394
Pessoalmente, se for para fazer consórcio eu pegaria a Nmax ou a Crosser. Ou mesmo a Bros.

As duas ultimas pelo conforto, para quem é mais alto (ou mesmo para quem convive com o piso bem mais ou menos) faz uma bela diferença.

A Nmax pela conveniência, anda bem, tem baú, automática e ABS (que faz muita diferença na chuva). Como é scooter não é tão confortável com as outras (rodas menores, suspensão mais "curta").

Outra opção seria pegar a elite 125 da honda, dá para fazer o consórcio mais em conta (167,00 com documentação) e qualquer coisa depois usa ela como entrada em uma moto maior depois.
 

dauther

Veterano
Mensagens
661
Reações
353
Pontos
114
fiz teste drive da bros e não gostei, esperava bem mais de conforto em piso ruim, a frente é macia mas a traseira é dura como uma titan normal. crosser deve ser bem melhor por ter suspensão a gás atras com pro link, mas ainda não pude testar.
 
Topo