O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


[CaridosOS] Sejemos menos paul no cool.

Tus se envolvem com caridade

  • Esporadicamente, mas poderia mais.

    Votes: 0 0,0%

  • Total voters
    10

Rodrigo Zé do Cx Jr

Lenda da OS desde 2000
VIP
Mensagens
21.700
Reações
26.259
Pontos
609
Nunca fui egoísta e sempre curti ajudar os outros, mas me faltava uma ação mais "filantrópica", mas de verdade, tendo em vista que eu poderia ajudar muito mais do que eu ajudo.
Googlei um orfanato de crianças carentes aqui de PoA e me deparei com cada história macabra, pai que matou a mãe e depois se matou e a porra toda... Triste demais.

Comprei um simples PS2 com 10 joguetes infantis + futebol + NFS etc,, passei no super e comprei um carrinho inteiro de refri e guloseimas pra fazerem tipo uma festa. Fui lá, instalei o console e ajudei a organizar a "comemoração". Simplesmente INDESCRITÍVEL o sentimento. Não gastei nem R$ 500 e fiz 18 crianças alegres por muito tempo, levando em consideração, ainda, o meu apego com vídeo games, meio de entretenimento que já me tirou do buraco tanto na infância quanto na vida adulta.

Agora de manhã a cuidadora me mandou uma foto deles jogando Bomba Patch, organizaram um campeonato e quem ganhasse levaria 5 caixas de BIS das várias que comprei. Arrepiou até o os pentelhos intra-anais, não tem como explicar chapas.

Prometi pra mim mesmo que vou fazer mais isso, participar mais desse tipo de ação, com o devido cuidado de fazer isso de FATO visando o bem estar alheio e não o meu orgulho preenchido (ainda que isso não seja necessariamente uma coisa ruim).

Experimentem, desgraçados, uma vez isso na vida. Pode ser R$ 5 Talkeys, uma caixa de bombom, tanto faz...Mas FAÇAM.
 
Ultima Edição:


Landstalker

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.386
Reações
24.495
Pontos
584
Prometi pra mim mesmo que vou fazer mais isso, participar mais desse tipo de ação, com o devido cuidado de fazer isso de FATO visando o bem estar alheio e não o meu orgulho preenchido (ainda que isso não seja necessariamente uma coisa ruim).
A verdadeira bondade vem no desequilíbrio e na desvantagem.

Mesmo que pareça ser "egoísmo" se sentir bem ajudando os outros já que seremos recompensado pela gratidão daqueles que ajudamos. Melhor sentir isso o que você sentiu e passou a nada sentir, mesmo que remeta até num ato de vaidade como esse de chegar aqui e falar para todos. É uma vaidade que nos faz bem, pois o seu fruto é benéfico. Antes isso a nada fazer e a nada ajudar.

Parabéns.
 

Daitenshi

Habitué da casa
Mensagens
150
Reações
304
Pontos
63
Meu dinheirinho mensal não é o dos maiores e a minha família não é de classe alta, mas se eu vejo uma pessoa tocando um instrumento ou vendendo pipoca no ônibus, eu ajudo como posso. Melhor a pessoa me abordar com mercadorias do que com uma arma na mão pegando meu celular e documentos.
E se vejo alguém me pedindo esmola, eu dou uma moeda para ele (quando eu tenho, é claro).
Mas se eu tivesse mais condições eu ajudaria mais.
 

Rodrigo Zé do Cx Jr

Lenda da OS desde 2000
VIP
Mensagens
21.700
Reações
26.259
Pontos
609
Meu dinheirinho mensal não é o dos maiores e a minha família não é de classe alta, mas se eu vejo uma pessoa tocando um instrumento ou vendendo pipoca no ônibus, eu ajudo como posso. Melhor a pessoa me abordar com mercadorias do que com uma arma na mão pegando meu celular e documentos.
E se vejo alguém me pedindo esmola, eu dou uma moeda para ele (quando eu tenho, é claro).
Mas se eu tivesse mais condições eu ajudaria mais.
Pois é... Esse é o caminho.
Comigo é o contrário: graças a muito trabalho tenho uma renda alta mas minha família é extremamente pobre, dependem demais de mim. Ainda assim eu poderia ajudar muito mais... Algo que me despertou demais pra isso foi um dia que sai pra comer com a patroa e gastei bastante dinheiro, algo que aliás, faço direto. O que gasto numa janta fora é o suficiente pra eu comprar um vídeo game e fazer a alegria de várias crianças por MUITO tempo.

Mas pequenas ações também contribuem. Num semáforo a caminho da minha casa pro serviço tem uma senhora extremamente simpática que vende bala de goma, faça chuva faça sol. Certa vez dei R$ 50,00 pra ela, me mandou um "Deus te abençoe" quase chorando e ficou uma semana sem trabalhar. Na outra semana ela me agradeceu pela "folga" que dei pra ela.

R$ 50 é grana, mas sinceramente, muito pouco perto do que posso ajudar. E essa lógica se aplica a todos, sempre podemos ajudar com mais do que já ajudamos. Tenho um vizinho que ganha um salário mínimo mas reserva um sábado do mês pra ajudar em trabalho voluntário, ajudando o pessoal a fazer doce pra vender e gerar recursos pra entidade que ele apoia.
 


SMARTchaser

Habitué da casa
Mensagens
318
Reações
484
Pontos
73
Eu sempre ajudo até os dias de hoje, gasto uma nota por mês com ajuda de gente que vejo na rua e me pede. Mas, é muita gente, não dá para ajudar todo mundo, vou ter que diminuir. Até porque sou sustentado por meus pais ainda kk
 

Pseudim

Doutrinador Escandinavo
Mensagens
10.110
Reações
11.026
Pontos
639
Que massa sua ação, bicho! Parabéns de coração!

Eu estou ganhando bem, mas num perrengue financeiro foda, conta no vermelho e o caralho a quatro. Mas esse ano a meta é mudar isso, e a "comemoração" vai ser fazer uma ação dessa natureza.
 
Mensagens
915
Reações
587
Pontos
143
Nunca fui egoísta e sempre curti ajudar os outros, mas me faltava uma ação mais "filantrópica", mas de verdade, tendo em vista que eu poderia ajudar muito mais do que eu ajudo.
Googlei um orfanato de crianças carentes aqui de PoA e me deparei com cada história macabra, pai que matou a mãe e depois se matou e a porra toda... Triste demais.

Comprei um simples PS2 com 10 joguetes infantis + futebol + NFS etc,, passei no super e comprei um carrinho inteiro de refri e guloseimas pra fazerem tipo uma festa. Fui lá, instalei o console e ajudei a organizar a "comemoração". Simplesmente INDESCRITÍVEL o sentimento. Não gastei nem R$ 500 e fiz 18 crianças alegres por muito tempo, levando em consideração, ainda, o meu apego com vídeo games, meio de entretenimento que já me tirou do buraco tanto na infância quanto na vida adulta.

Agora de manhã a cuidadora me mandou uma foto deles jogando Bomba Patch, organizaram um campeonato e quem ganhasse levaria 5 caixas de BIS das várias que comprei. Arrepiou até o os pentelhos intra-anais, não tem como explicar chapas.

Prometi pra mim mesmo que vou fazer mais isso, participar mais desse tipo de ação, com o devido cuidado de fazer isso de FATO visando o bem estar alheio e não o meu orgulho preenchido (ainda que isso não seja necessariamente uma coisa ruim).

Experimentem, desgraçados, uma vez isso na vida. Pode ser R$ 5 Talkeys, uma caixa de bombom, tanto faz...Mas FAÇAM.
Você me surpreendeu. Apesar de saber que você é meio diferentão digamos assim, penso que foi muito bom o que fez. Não mude nunca seu pensamento amigo, seja você mesmo.

Bom eu sou cristão, atualmente vivendo um período difícil (doença e problemas de saúde sérios, mas não vem ao caso) em que não posso trabalhar, mas nesse ano ja fiz muitas coisas, ao mesmo tempo tão poucas, mesmo nunca esperando um resultado simplesmente por fazer.
Um dia sai com o povo para orar pelas pessoas e teve um senhor que estava bem maltrapilho, e sabe o que ele me pediu, um lanche. Na hora fui correndo para uma lanchonete do bairro e comprei uma quantidade de salgados e um refrigerante e levei eu mesmo para os irmão que estavam com ele. Simplesmente o cara chorou e me abraçou. Nesse dia fique triste por não poder fazer mais. É isso que está faltando, estender a mão ao próximo sem pré julgamentos. Eu mesmo não tenho o recurso que gostaria, mas quando tenho oportunidade, não nego favores a ninguém. Só pelo fato de fazer alguém sorrir vale demais. Não quero nada, somente fazer o que ja fizeram por mim, me fazer sorrir.

Desculpe os erros ortográficos e vida que segue.
 
Topo