O que há de Novo?
Fórum Outer Space - O maior fórum de games do Brasil

Registre uma conta gratuita hoje para se tornar um membro! Uma vez conectado, você poderá participar neste site adicionando seus próprios tópicos e postagens, além de se conectar com outros membros por meio de sua própria caixa de entrada privada!

  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Está a homofobia associada a excitação homossexual? [+estudo científico]

AndrezinhoEC

Habitué da casa
Mensagens
1.126
Reações
1
Pontos
92
nako;8103984 disse:
por isso que fico no esportes zuando o povo e no tópico do SSFIV :p, pq o q vc aprendeu HJ eu já aprendi alguns anos atrás..............:lol

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Pra falar a verdade, eu ficava restrito ao Playstation, que foi como eu descobri o fórum. Postei uma parada lá e falara que iam mover pra cá! Ai me divirto pacas por aqui... Muitos tópicos fazem a gente pensar! E muitos fazem a gente rir um bocado, pra "desopilar o fígado"!


red13th;8104131 disse:
não, mas terá se o PLC 122/06 passar. ;D
médico e músico, mas pelo visto não entende tanto assim de leis, então fica a informação. recomendo que o sr. defenda o PLC 122/06 com unhas e dentes. ;D

Leis? Afff... Infelizmente nada! Completamente leigo! Cada vez que vejo o salário de um juiz estadual (e pricipalmente federal), eu quase choro! Estudei mais (6 anos), me especializei mais (5 anos) e hoje, 20 anos depois, meu salário mensal não paga 1 dia de trabalho de um juiz...
Mas tô um pouco por dentro dessa onda do PLC 122/06, e torço pra que seja aprovada (com menos politicagens do que tá lá).


lucky_ace;8104165 disse:
Andrezinho, como médico, e conhecendo a ineficácia no "tratamento" de comportamentos como pedo e zoofilia, entre outros.

Como você encara esses fenômenos? Orientações sexuais ou distúrbios sexuais?

Sou pediatra, neonatologista e intensivista infantil. Apesar de não ser psiquiatra, vou dar palpite aqui, ok? Nem um nem outro! Nesses 2 casos, especificamente, são distúrbios comportamentais, de carater psicológico. Por não serem doenças, não são tratáveis por outro método que não a castração química. Na pedofilia, na minha opinião, a castração tinha que ser no método do SUS, conforme ilustrado abaixo.

vasectomia_sus.gif


Mas voltando a falar sério, algumas preferências (e não só sexuais) são tratadas como tabus por muitas sociedades. Por exemplo, se você beijar sua esposa em público em algumas cidades islâmicas, você pode ser preso por atentado ao pudor, enquanto os homens se beijam no rosto e andam de mãos dadas como sinal de amizade e isso é considerado normal, mas se homens forem pegos em ato homossexual, serão emasculados e apedrejados até a morte.
A maioria das tendências e opções sexuais é comportamental, determinada pela união de diversos fatores, tais como orientação familiar, religiosidade (sim, infelizmente isso tá envolvido), meio-ambiente, fatores culturais e sociais, etc. Nâo dá pra pensar em tratamento para o que não é doença.
Mas sinceramente, não é muito normal da cabeça uma pessoa que prefere transar com uma cabra, uma galinha, um jumento ou sei lá o quê... Concorda?
Lembrei disso:

sr=1

Motumbo, chefe de uma tribo na África, pergunta ao padre: - "Ei padre Joseph. Eu muito bravo. Eu ter 10 criança. Tudo negra. Agora nasce uma branca. Você único branco em 200 km. Você explica pra mim".

E o padre: -"Calma John, a natureza é incomensurável... Veja, todas as cabras são brancas, mas as vezes nasce uma preta. Esses são os segredos da natureza. Você deve aceitá-los sem questioná-los."

cabra.JPG


Motumbo pensa por uns instantes e responde: - "Está OK padre. Eu ficar quieto sobre criança branca, e você fica quieto sobre cabra preta, certo"?


Mas a maioria dos garotos, pelo resíduo de instinto animal, se vê um bicho trepando, já fica logo "entusiasmadinho"!
Na pedofilia, a sensação de superioridade e subjugação causa mais prazer do que o ato sexual em si. O pedófilo se sente melhor ao mostrar que "ele pode"! Mas cá pra nós, tem umas gurias de 13, 14 anos que podem tirar muito marmanjo do sério! A normalidade está na capacidade de repressão à esses instintos, onde a razão tem que falar mais alto que a sensação. Ou seja, pensar com a cabeça de cima!
 


Lord Seph

Bam-bam-bam
Mensagens
10.232
Reações
2.529
Pontos
454
AndrezinhoEC;8103669 disse:
PELAMOR DA CAÇULETA!!

Nem acredito! Li este tópico inteiro achando que era uma discussão séria e tô arrependido pacas! Podia ter continuado estudando algumas técnicas aqui no meu fretless que teria ganho muito mais!

Antes de ser crucificado, sou hetero, casado, tenho 3 filhos, sou médico e músico.
Como músico vivo num meio apinhado de homoafetivos (masculinos e femininos) e sempre me dei muito bem com todos eles, sempre fui muito claro com relação à minha opção e sempre demonstrei todo meu respeito pela opção de cada um e também sempre fui muito respeitado por isso.
Nunca levei cantada de nenhum homoafetivo (e não sou mesmo o tipo que atrai a atenção deles - ainda bem), da mesma forma que nenhuma das minhas amigas jamais cantou minha esposa.

Mas depois de ler este tópico, vou ter que mudar muita coisa na minha vida e no meu dia-a-dia, porque aprendi várias coisas:

1 - Pesquisas são tendenciosas. E sempre pro lado de quem as paga! (FATO! Já foi dito que "a estatística é a arte de torturar os números até eles dizerem o que se quer ouvir.")

2 - Aprendi que homofóbicos são homossexuais enrustidos e violentos. (Acho realmente bem possível...)

3 - Aprendi que muitas pessoas não sabem discernir o significado de palavras como DISCORDAR, NATURAL, OPINIÃO, entre outras... (mesmo com tantos dicionários online, ainda insistem em dizer que fulano falou isso e aquilo, ignorando até mesmo o significado das palavras).

4 - Aprendi que expor sua opinião pode te transformar em um Hitleriano, mesmo que sua opinião faça todo sentido, porque algumas pessoas simplesmente não sabem ler, escrever e interpretar um texto. (Deve ser efeito da nossa educação de altíssima qualidade apregoada pelos Lulas e Tiriricas da vida juntamente com seus asseclas, associada ao Internetês, que é uma praga cultural.)

5 - Aprendi que a Civilização Romana é um exemplo a ser seguido. Temos que ser homossexuais, ladrões, bêbados, assassinos, escravagistas, violentos e etc., porque essa é a moda. (Talvez assim nossa civilização acabe logo também, afinal em Roma o homossexualismo era um retrato da natureza onde o mais forte subjuga o mais fraco dessa forma pra dizer que ele é que manda e era praticado pelas elites, que comiam os escravos e serviçais, fora um ou outro que era liberado mesmo e não tinha família).

6 - Aprendi que intolerância é a palavra de ordem, onde homoafetivos e heteroafetivos não podem conviver em harmonia, aceitando as suas diferenças e continuando com as suas vidas normalmente. (vai que... um resolve dar um beijinho no outro pra fazer as pazes e a porrada estanque... Eu, hein!!!)

7 - Aprendi que intolerância étnica é legal, desde que praticada pelos outros. Se eu praticar, é crime! Idem pras intolerâncias religiosas, de opção sexual, de nacionalidade, etc, etc, etc... (tem contra heterofobia?)

8 - Aprendi que as religiões devem ser extirpadas da Terra (nisso eu concordo). Vamos extirpá-las, mas deixemos a FÉ, que é necessária para a maioria das pessoas. (Afinal, tanto pra afirmar que Deus existe quanto pra afirmar que ele não existe, é preciso ter FÉ - capacidade de acreditar em algo que não se pode provar).

9 - Aprendi que nem sempre é legal ficar viciado nesse fórum, porque temos que ser tolerantes demais com a intolerância. (ainda tô pensando que podia ter ficado tocando meu baixo aqui...)

10 - Aprendi que eu sou apenas uma aberração genética que aconteceu em um macaco qualquer, de repente do nada. E assim permaneceremos (eu e todas as espécies de plantas e animais da Terra) até o ano que vem, pois em 2012 isso acaba... (Graças a Deus, Alah, Shiva, Bhrama, God, Jeová, Seu Manel do Botequim, o Nada ou seja lá o que for!)

11 - Aprendi que reprodução assistida, fertilização "in vitro", adoção e barriga de aluguel são formas naturais de reprodução, assim como 2 óvulos ou 2 espermatozoides podem cruzar material genético entre si para gerar um novo indivíduo. (Essa foi uma das melhores - Ai, papai!!!)

12 - Aprendi que o homossexualismo é uma aberração da genética, mesmo sem nunca se ter descoberto algum gene que determina a OPÇÃO sexual. Apesar de meus 22 anos de medicina me fazerem acreditar (erradamente) que era apenas uma complexa mistura de fatores sócio-ambientais, psico-sociais e pessoais. (Ai, papai... O Século 21 tá sendo uma grande decepção pra mim!)



Sinceramente, acho que esse tópico está bom pra ser fechado mesmo!

otimo texto, mas squeceu de mencionar que trepar com crianças em roma era algo "natural" também.

Vinicam;8103696 disse:
Olha só, vc sintetizou tudo que escrevi no tópico, vamos ver se começa o mimimi denovo dos que não sabem interpretar um texto. :D

pelo menos ele sabe redigir um texto.

AndrezinhoEC;8104541 disse:
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Pra falar a verdade, eu ficava restrito ao Playstation, que foi como eu descobri o fórum. Postei uma parada lá e falara que iam mover pra cá! Ai me divirto pacas por aqui... Muitos tópicos fazem a gente pensar! E muitos fazem a gente rir um bocado, pra "desopilar o fígado"!




Leis? Afff... Infelizmente nada! Completamente leigo! Cada vez que vejo o salário de um juiz estadual (e pricipalmente federal), eu quase choro! Estudei mais (6 anos), me especializei mais (5 anos) e hoje, 20 anos depois, meu salário mensal não paga 1 dia de trabalho de um juiz...
Mas tô um pouco por dentro dessa onda do PLC 122/06, e torço pra que seja aprovada (com menos politicagens do que tá lá).




Sou pediatra, neonatologista e intensivista infantil. Apesar de não ser psiquiatra, vou dar palpite aqui, ok? Nem um nem outro! Nesses 2 casos, especificamente, são distúrbios comportamentais, de carater psicológico. Por não serem doenças, não são tratáveis por outro método que não a castração química. Na pedofilia, na minha opinião, a castração tinha que ser no método do SUS, conforme ilustrado abaixo.

vasectomia_sus.gif


Mas voltando a falar sério, algumas preferências (e não só sexuais) são tratadas como tabus por muitas sociedades. Por exemplo, se você beijar sua esposa em público em algumas cidades islâmicas, você pode ser preso por atentado ao pudor, enquanto os homens se beijam no rosto e andam de mãos dadas como sinal de amizade e isso é considerado normal, mas se homens forem pegos em ato homossexual, serão emasculados e apedrejados até a morte.
A maioria das tendências e opções sexuais é comportamental, determinada pela união de diversos fatores, tais como orientação familiar, religiosidade (sim, infelizmente isso tá envolvido), meio-ambiente, fatores culturais e sociais, etc. Nâo dá pra pensar em tratamento para o que não é doença.
Mas sinceramente, não é muito normal da cabeça uma pessoa que prefere transar com uma cabra, uma galinha, um jumento ou sei lá o quê... Concorda?
Lembrei disso:

sr=1

Motumbo, chefe de uma tribo na África, pergunta ao padre: - "Ei padre Joseph. Eu muito bravo. Eu ter 10 criança. Tudo negra. Agora nasce uma branca. Você único branco em 200 km. Você explica pra mim".

E o padre: -"Calma John, a natureza é incomensurável... Veja, todas as cabras são brancas, mas as vezes nasce uma preta. Esses são os segredos da natureza. Você deve aceitá-los sem questioná-los."

cabra.JPG


Motumbo pensa por uns instantes e responde: - "Está OK padre. Eu ficar quieto sobre criança branca, e você fica quieto sobre cabra preta, certo"?


Mas a maioria dos garotos, pelo resíduo de instinto animal, se vê um bicho trepando, já fica logo "entusiasmadinho"!
Na pedofilia, a sensação de superioridade e subjugação causa mais prazer do que o ato sexual em si. O pedófilo se sente melhor ao mostrar que "ele pode"! Mas cá pra nós, tem umas gurias de 13, 14 anos que podem tirar muito marmanjo do sério! A normalidade está na capacidade de repressão à esses instintos, onde a razão tem que falar mais alto que a sensação. Ou seja, pensar com a cabeça de cima!

então castração quimica não funcionaria mesmo nesse caso, já que o que excita ele seria apenas o ato de ter controle sobre a vitima como um estuprador certo?
 

Gato Descabelado

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.009
Reações
19.978
Pontos
649
Jack T;8103548 disse:
Não costumo discutir nada do campo religioso (leia-se fé), pois é algo muito próprio e não cabe discussão.

Realmente. Fé é discutida apenas pelos chefões das igrejas. Aos fieis basta apenas seguir a vontade destes chef… de Deus sem nunca questionar.
------------------------------





AndrezinhoEC;8103669 disse:
4 - Aprendi que expor sua opinião pode te transformar em um Hitleriano, mesmo que sua opinião faça todo sentido, porque algumas pessoas simplesmente não sabem ler, escrever e interpretar um texto. (Deve ser efeito da nossa educação de altíssima qualidade apregoada pelos Lulas e Tiriricas da vida juntamente com seus asseclas, associada ao Internetês, que é uma praga cultural.)

Afirmar que característica biológica X é superior à característica biológica Y foi o que Hitler fez, portanto a comparação é justa. Em momento algum foi dito que alguém é "hitleriano" portanto pense bem antes de dizer que são os outros que não sabem interpretar.
E segundo você a afirmação faz sentido. Então você realmente acredita que algumas pessoas são biologicamente superiores à outras!? E ainda acha incoerente a comparação!?


AndrezinhoEC;8103669 disse:
5 - Aprendi que a Civilização Romana é um exemplo a ser seguido. Temos que ser homossexuais, ladrões, bêbados, assassinos, escravagistas, violentos e etc., porque essa é a moda. (Talvez assim nossa civilização acabe logo também, afinal em Roma o homossexualismo era um retrato da natureza onde o mais forte subjuga o mais fraco dessa forma pra dizer que ele é que manda e era praticado pelas elites, que comiam os escravos e serviçais, fora um ou outro que era liberado mesmo e não tinha família).

Roma, depois de "herdar" a cultura grega, espalhou sua cultura pelo continente, sendo dai a principal base de nossa cultura "ocidental". O grande problema ai é que relações que serviam pra proteção, hegemonia e até estilo de vida pelos gregos foram banalizados pelos romanos e transformados em pura perversão.


AndrezinhoEC;8103669 disse:
6 - Aprendi que intolerância é a palavra de ordem, onde homoafetivos e heteroafetivos não podem conviver em harmonia, aceitando as suas diferenças e continuando com as suas vidas normalmente. (vai que... um resolve dar um beijinho no outro pra fazer as pazes e a porrada estanque... Eu, hein!!!)

Mas que comentários são esses?
Pra cada homossexual existem de 5 a 8 heterossexuais. Você realmente acredita que homossexuais querem viver de forma intolerante?
Agora te pergunto; você acha que discordar (e muitas vezes bater o pé) com pessoas que te querem ver morto e no inferno é ser intolerante?
Você realmente acha justo eu passar minha vida tolerando agressões como um cidadão de segunda classe que apesar de pagar a mesma quantia de impostos de um cidadão de primeira classe, não tem boa parte dos direitos?


AndrezinhoEC;8104541 disse:
Mas voltando a falar sério, algumas preferências (e não só sexuais) são tratadas como tabus por muitas sociedades. Por exemplo, se você beijar sua esposa em público em algumas cidades islâmicas, você pode ser preso por atentado ao pudor, enquanto os homens se beijam no rosto e andam de mãos dadas como sinal de amizade e isso é considerado normal, mas se homens forem pegos em ato homossexual, serão emasculados e apedrejados até a morte.
A maioria das tendências e opções sexuais é comportamental, determinada pela união de diversos fatores, tais como orientação familiar, religiosidade (sim, infelizmente isso tá envolvido), meio-ambiente, fatores culturais e sociais, etc. Nâo dá pra pensar em tratamento para o que não é doença.

Apesar da referencia existir você misturou totalmente comportamento sexual com orientação sexual. Sendo que comportamento sexual difere de acordo com a cultura, e orientação sexual é algo sólido e imutável.

Lembrar de também não misturar orientação sexual com fetiche sexual. Fetiches como zoofilia e pedofilia não estão ligados à orientação do indivíduo, seja este homo ou hétero. Senão daqui a pouco teremos outra Myrian Rios.
 

lucky_ace

Bam-bam-bam
Mensagens
8.919
Reações
3.825
Pontos
409
Gato Descabelado;8104924 disse:
Apesar da referencia existir você misturou totalmente comportamento sexual com orientação sexual. Sendo que comportamento sexual difere de acordo com a cultura, e orientação sexual é algo sólido e imutável.

Lembrar de também não misturar orientação sexual com fetiche sexual. Fetiches como zoofilia e pedofilia não estão ligados à orientação do indivíduo, seja este homo ou hétero. Senão daqui a pouco teremos outra Myrian Rios.

Bem lembrado, Gato. Ficou mais claro agora
 

miojow

Veterano
Mensagens
897
Reações
3
Pontos
104
SolidIdea;8103908 disse:
Eu sempre aprendo com essas conversas. Sem sarcasmo.

Se for usar sarcasmo, use esta imagem para justificar, pois aparentemente alguns aqui não sabem identifica-lo.

The_Sarcasm_Misunderstanding_by_ThePlotThinnens.jpg
 

Vinicam

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.956
Reações
19.725
Pontos
669
Lord Seph;8104876 disse:
pelo menos ele sabe redigir um texto.

Mimimimi... Meus posts nesse tópico são facilmente interpretados, por quem tem vontade de entender e não de causar picuinha.

Se seus argumentos não fazem o menor sentido e vc precise atacar minha gramática pra rebater, da pra perceber quem é o errado na história. :D




E vc insiste em falar de pedofilia em tudo que é tópico e como isso é normal, hein? Somando isso ao seu fetiche por lolicons, é de se assustar... [kdesconfia]
 


red13th

Bam-bam-bam
Mensagens
4.260
Reações
1.883
Pontos
279
Gato Descabelado;8104924 disse:
Lembrar de também não misturar orientação sexual com fetiche sexual. Fetiches como zoofilia e pedofilia não estão ligados à orientação do indivíduo, seja este homo ou hétero. Senão daqui a pouco teremos outra Myrian Rios.

HAHAHA
Miriam Rios e seus motoristas com orientação sexual pedófila.
 

Lord Seph

Bam-bam-bam
Mensagens
10.232
Reações
2.529
Pontos
454
Vinicam;8105049 disse:
Mimimimi... Meus posts nesse tópico são facilmente interpretados, por quem tem vontade de entender e não de causar picuinha.

Se seus argumentos não fazem o menor sentido e vc precise atacar minha gramática pra rebater, da pra perceber quem é o errado na história. :D




E vc insiste em falar de pedofilia em tudo que é tópico e como isso é normal, hein? Somando isso ao seu fetiche por lolicons, é de se assustar... [kdesconfia]

eu ataquei sua gramatica? vai ler o que você escreveu e tentou passar vai filho... se você escreve uma coisa pensando em outra o erro não é meu...

e sobre meu gosto por lolicons... eles não passam disso e eu estava falando sobre normalidade algo que para voc~e pelo visto só funciona quando é de seu agrado.

por mim seriamos todos assexuados e nasceriamos em tubos de ensaio sem erros geneticos.
 

AndrezinhoEC

Habitué da casa
Mensagens
1.126
Reações
1
Pontos
92
Lord Seph;8104876 disse:
otimo texto, mas squeceu de mencionar que trepar com crianças em roma era algo "natural" também.

Ops... Falha minha!!! Isso é verdade mesmo!

Lord Seph;8104876 disse:
então castração quimica não funcionaria mesmo nesse caso, já que o que excita ele seria apenas o ato de ter controle sobre a vitima como um estuprador certo?

Funciona biologicamente falando, porque pela castração química a libido é muito reduzida, e mesmo que ele tenha alguma excitação, não haverá ereção.


Gato Descabelado;8104924 disse:
Afirmar que característica biológica X é superior à característica biológica Y foi o que Hitler fez, portanto a comparação é justa. Em momento algum foi dito que alguém é "hitleriano" portanto pense bem antes de dizer que são os outros que não sabem interpretar.
E segundo você a afirmação faz sentido. Então você realmente acredita que algumas pessoas são biologicamente superiores à outras!? E ainda acha incoerente a comparação!?

Infelizmente, biologicamente falando, existem sim características biológicas superiores à outras, DENTRO DE DETERMINADOS CONTEXTOS.
Algumas pessoas tem melhor capacidade de equilíbio que outras, mais flexibilidade que outras, etc. Vamos olhar os atletas, como exemplo:
Imagine o Diego Hipólito jogando basquete! Será que ele teria destaque? OU o Oscar Schimdt fazendo ginática Olímpica... Piada!!!
Então, ao mesmo tempo que a altura e distribuição muscular do Oscar o torna "superior" ao Diego para o basquete, o torna completamente inapto para a ginástica olimpica.
Uma gazela que seja milésimos de segundo mais rápida que outra pode sobreviver à investida de um leão facilitando que ela transmita seus genes e continue a espécie, enquanto a outra mais lenta vai ajudar a continuar a espécie dos leões.
Essa coisa de "superior" ou "inferior" é muito dependente do contexto onde se insere a frase.
Eu entendi o que ele quis dizer quando colocou o termo "biologicamente superior", pois, como médico entendi o contexto que ele tentou colocar.
Acho que eu não teria escrito da mesma forma, que acabou criando polêmica.
Ainda acho que ele não quiz dizer que um heterossexual é superior ao homossexual. Ele quis dizer que 2 gametas masculinos sozinhos, ou 2 femininos sozinhos não reproduzem a espécie. Sem entrar no mérito de sexo por prazer, fecundação in vitro, desejo ou não de se reproduzir, etc...
Mas chamaram o cara de Hitler sim! Lê lá! Mesmo não tendo sido Hitler que "inventou" a eugenia... Mas são águas passadas, meu querido! Deixa isso pra lá!


Gato Descabelado;8104924 disse:
Roma, depois de "herdar" a cultura grega, espalhou sua cultura pelo continente, sendo dai a principal base de nossa cultura "ocidental". O grande problema ai é que relações que serviam pra proteção, hegemonia e até estilo de vida pelos gregos foram banalizados pelos romanos e transformados em pura perversão.

Verdade! Mais um motivo pra abominar a sociedade romana antiga!


Gato Descabelado;8104924 disse:
Mas que comentários são esses?
Pra cada homossexual existem de 5 a 8 heterossexuais. Você realmente acredita que homossexuais querem viver de forma intolerante?
Agora te pergunto; você acha que discordar (e muitas vezes bater o pé) com pessoas que te querem ver morto e no inferno é ser intolerante?
Você realmente acha justo eu passar minha vida tolerando agressões como um cidadão de segunda classe que apesar de pagar a mesma quantia de impostos de um cidadão de primeira classe, não tem boa parte dos direitos?

São comentários de alguém que ODEIA a intolerância, meu querido!
Independente de quantidade de integrantes de um lado e do outro, somos todos cidadãos! A intolerância é de ambas as partes e NÃO ACREDITO que nenhum dos lados queira viver assim! Mas infelizmente uns poucos que tomam partido fazendo estardalhaço (de ambos os lados) é que aparecem.
Acho que você tem que discordar e bater o pé sim, e também mostrar sua opinião e seu pontoi de vista! É um direito seu! Mas os outros também tem o direito de expressar a opinião (por mais imbecil que a opinião pareça pra você) e seu ponto de vista. Temos TODOS que aceitar, mesmo não concordando!
Acho que se você mesmo se considerar de "segunda classe", vai ser difícil alguém te considerar como de "primeira". Então quando você se rebaixa pra discutir algo num nivel "ralezão" com alguém assim, fica difícil se levantar de novo!
Lembre-se da frase que meu pai me ensinou há uns 38 anos atrás: "Nunca discuta com um idiota! Você vai ter que se rebaixar ao nivel dele e é ai que ele ganha de você pela experiência!" Quando sentir que o nivel baixou demais, simplesmente IGNORE... e se dirija apenas aos que estão no seu nivel! Sacou?


Gato Descabelado;8104924 disse:
Apesar da referencia existir você misturou totalmente comportamento sexual com orientação sexual. Sendo que comportamento sexual difere de acordo com a cultura, e orientação sexual é algo sólido e imutável.
Lembrar de também não misturar orientação sexual com fetiche sexual. Fetiches como zoofilia e pedofilia não estão ligados à orientação do indivíduo, seja este homo ou hétero. Senão daqui a pouco teremos outra Myrian Rios.

Defina pra mim então a sua visão de orientação e comportamento sexual.
Orientação sexual, segundo me lembro, não é imutável. Mas é da orientação sexual, juntamente com os fatores sócio-ambientais e culturais que provém o comportamento sexual.
Fetiche vem de fétiche, termo que os franceses "emprestaram" da nossa palavra feitiço, é proveniente do latim facticius = fictício. A idéia do termo é demonstrar algo de fantasia, de mentirinha, de brincadeira... Acho isso bastante saudável e até necessário.
Quando o indivíduo passa a desviar seu foco de prazer do parceiro ou parceira para os objetos do fetiche, a coisa começa a ficar estranha, pois é um comportamento pseudopsicopatológico ou pré-patológico.
Se o prazer ou mesmo o interesse sexual passa a só existir em função do objeto do fetiche, passamos a chamar de FETICHISMO, que é um comportamento sexual.
Pedofilia e zoofilia, assim como qualquer outro fetiche só fica no nível de fetiche quando não é levado às vias de fato. Deste ponto em diante, quando o fetiche passa a ser real, se torna um comportamento sexual. Na minha opinião pessoal, é um comportamento patológico! Não dá pra dizer que é uma doença, mas é um comportamento doentio! Será que consegui explicar? Acho que nem eu mesmo conseguiria entender, mas podemos esticar o papo por MP, se vc quiser!
Cara... COm relação à Miriam Rios, ainda não assisti essa parada por falta de tempo! Mas como acabei agora de editar o meu programa, vou lá dar uma olhada!
 

Lord Seph

Bam-bam-bam
Mensagens
10.232
Reações
2.529
Pontos
454
pô AndrezinhoEC, pelo menos coloca uns espaõs, ficou tenso ler o que escreveu...

mas fetiche e parafilia são a mesma coisa? sempre pensei que fetiche era apenas aqueles jogos sexuais menos convencionais e parafilia seria o termo medico para doenças legado ao comportamento sexual.
 

AndrezinhoEC

Habitué da casa
Mensagens
1.126
Reações
1
Pontos
92
Lord Seph;8105905 disse:
pô AndrezinhoEC, pelo menos coloca uns espaõs, ficou tenso ler o que escreveu...

mas fetiche e parafilia são a mesma coisa? sempre pensei que fetiche era apenas aqueles jogos sexuais menos convencionais e parafilia seria o termo medico para doenças legado ao comportamento sexual.

Ops... Sorry!!! Falta de tempo mesmo!
Escrevi correndo aqui e depois ainda tive que editar algumas coisinhas... heheheh

O fetiche é algo saudável, quando não impõe o comportamento. A partir do momento que passa a impor o comportamento ao indivíduo, passa a se tornar uma parafilia.
Mas nem toda parafilia é considerada patológica, certo?
Vamos criar uma hipótese: você tem uma irmã deliciosa (ou irmão, sei lá...). As vezes vê ela/ele trocando de roupa e talz e até gosta... Até ai, nada de mais.
Mas na hora que vc pega ela (ou ele) e estupra, passou muito dos limites do patológio, concorda?
A mesma coisa acontece com relação às parafilias. Se você acha legal ver um coelhinho transando e isso te dá tesão e vc parte pra cima do companheiro(a) e dá uam trepada bem gostosa, nada de mais! É um fetiche! Uma fantasia que estimula sensações eróticas...
Mas se ao invés disso vc pega o coelho, dá-lhe meia dúzia de porradas e fala: "Sai pra lá, otário, que agora sou eu!" e tenta enrrabar a coelha, passa a ser um comportamento sexual patológico, ou uma parafilia patológica.
 

Vinicam

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.956
Reações
19.725
Pontos
669
Lord Seph;8105331 disse:
eu ataquei sua gramatica? vai ler o que você escreveu e tentou passar vai filho... se você escreve uma coisa pensando em outra o erro não é meu...

e sobre meu gosto por lolicons... eles não passam disso e eu estava falando sobre normalidade algo que para voc~e pelo visto só funciona quando é de seu agrado.

por mim seriamos todos assexuados e nasceriamos em tubos de ensaio sem erros geneticos.

Eu sei que ficou bem claro o que escrevi, pelo menos quem não é extremista e mente fechada entendeu. ;)

E o gosto é seu, só acho meio suspeito, mas até ai não posso falar nada. :p
 

Lord Seph

Bam-bam-bam
Mensagens
10.232
Reações
2.529
Pontos
454
AndrezinhoEC;8105965 disse:
Ops... Sorry!!! Falta de tempo mesmo!
Escrevi correndo aqui e depois ainda tive que editar algumas coisinhas... heheheh

O fetiche é algo saudável, quando não impõe o comportamento. A partir do momento que passa a impor o comportamento ao indivíduo, passa a se tornar uma parafilia.
Mas nem toda parafilia é considerada patológica, certo?
Vamos criar uma hipótese: você tem uma irmã deliciosa (ou irmão, sei lá...). As vezes vê ela/ele trocando de roupa e talz e até gosta... Até ai, nada de mais.
Mas na hora que vc pega ela (ou ele) e estupra, passou muito dos limites do patológio, concorda?
A mesma coisa acontece com relação às parafilias. Se você acha legal ver um coelhinho transando e isso te dá tesão e vc parte pra cima do companheiro(a) e dá uam trepada bem gostosa, nada de mais! É um fetiche! Uma fantasia que estimula sensações eróticas...
Mas se ao invés disso vc pega o coelho, dá-lhe meia dúzia de porradas e fala: "Sai pra lá, otário, que agora sou eu!" e tenta enrrabar a coelha, passa a ser um comportamento sexual patológico, ou uma parafilia patológica.

compreendo.

Vinicam;8105969 disse:
Eu sei que ficou bem claro o que escrevi, pelo menos quem não é extremista e mente fechada entendeu. ;)

E o gosto é seu, só acho meio suspeito, mas até ai não posso falar nada. :p

eu tenho mente fechada? ahahaha... certo, ok... deixo você e seus pensamentos quietos então.
 

fishbits

Veterano
Mensagens
1.720
Reações
106
Pontos
149
Os filmes sempre mostraram isso... pode ser verdade, quando se fala em homofóbicos agressivos principalmente...
 

Gato Descabelado

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.009
Reações
19.978
Pontos
649
AndrezinhoEC;8105885 disse:
Infelizmente, biologicamente falando, existem sim características biológicas superiores à outras, DENTRO DE DETERMINADOS CONTEXTOS.
Algumas pessoas tem melhor capacidade de equilíbio que outras, mais flexibilidade que outras, etc. Vamos olhar os atletas, como exemplo:
Imagine o Diego Hipólito jogando basquete! Será que ele teria destaque? OU o Oscar Schimdt fazendo ginática Olímpica... Piada!!!
Então, ao mesmo tempo que a altura e distribuição muscular do Oscar o torna "superior" ao Diego para o basquete, o torna completamente inapto para a ginástica olimpica.
Uma gazela que seja milésimos de segundo mais rápida que outra pode sobreviver à investida de um leão facilitando que ela transmita seus genes e continue a espécie, enquanto a outra mais lenta vai ajudar a continuar a espécie dos leões.
Essa coisa de "superior" ou "inferior" é muito dependente do contexto onde se insere a frase.
Eu entendi o que ele quis dizer quando colocou o termo "biologicamente superior", pois, como médico entendi o contexto que ele tentou colocar.
Acho que eu não teria escrito da mesma forma, que acabou criando polêmica.
Ainda acho que ele não quiz dizer que um heterossexual é superior ao homossexual. Ele quis dizer que 2 gametas masculinos sozinhos, ou 2 femininos sozinhos não reproduzem a espécie. Sem entrar no mérito de sexo por prazer, fecundação in vitro, desejo ou não de se reproduzir, etc...
Mas chamaram o cara de Hitler sim! Lê lá! Mesmo não tendo sido Hitler que "inventou" a eugenia... Mas são águas passadas, meu querido! Deixa isso pra lá!

O que foi afirmado que é que existe superioridade biológica, e não superioridade biológica dentro de um contexto.
Que dentro de contextos específicos as diferenças geram vantagens é algo óbvio; quem nunca invejou o corpo daquele cara gostosão que atire a primeira pedra.






AndrezinhoEC;8105885 disse:
Verdade! Mais um motivo pra abominar a sociedade romana antiga!

Abominar a sociedade romana antiga significa abrir mão de grande parte de seus costumes. O passado já foi, e se a história é preservada o mínimo que devemos fazer é aprender com os erros e acertos dos outros. Mas entendi o ponto.






AndrezinhoEC;8105885 disse:
São comentários de alguém que ODEIA a intolerância, meu querido!
Independente de quantidade de integrantes de um lado e do outro, somos todos cidadãos! A intolerância é de ambas as partes e NÃO ACREDITO que nenhum dos lados queira viver assim! Mas infelizmente uns poucos que tomam partido fazendo estardalhaço (de ambos os lados) é que aparecem.
Acho que você tem que discordar e bater o pé sim, e também mostrar sua opinião e seu pontoi de vista! É um direito seu! Mas os outros também tem o direito de expressar a opinião (por mais imbecil que a opinião pareça pra você) e seu ponto de vista. Temos TODOS que aceitar, mesmo não concordando!
Acho que se você mesmo se considerar de "segunda classe", vai ser difícil alguém te considerar como de "primeira". Então quando você se rebaixa pra discutir algo num nivel "ralezão" com alguém assim, fica difícil se levantar de novo!
Lembre-se da frase que meu pai me ensinou há uns 38 anos atrás: "Nunca discuta com um idiota! Você vai ter que se rebaixar ao nivel dele e é ai que ele ganha de você pela experiência!" Quando sentir que o nivel baixou demais, simplesmente IGNORE... e se dirija apenas aos que estão no seu nivel! Sacou?

Eu queria que a realidade fosse simples assim.
Você fala como se existissem dois lados e gays fossem intolerantes com heterossexuais, mas gays são filhos de pais heterossexuais, tem amigos heterossexuais e tem filhos heterossexuais. Falando como homossexual te digo que não consigo visualizar esses dois lados, pois em minha vida, tudo se mistura.
Infelizmente algumas pessoas insistem em separar o inseparável e criam esse tipo de "disputa".

Eu brigo pelos direitos que eu julgo ter e que muitos tentam cercear. Se você julga isso como intolerância, fique a vontade. Vou continuar sendo intolerante com quer quer me ver apedrejado ou queimando em uma fogueira. Se você acha isso injusto, eu apenas lamento.

Sobre ignorar, não sei se notou mas foi exatamente o que fiz nesse tópico.





AndrezinhoEC;8105885 disse:
Defina pra mim então a sua visão de orientação e comportamento sexual.
Orientação sexual, segundo me lembro, não é imutável. Mas é da orientação sexual, juntamente com os fatores sócio-ambientais e culturais que provém o comportamento sexual.
Fetiche vem de fétiche, termo que os franceses "emprestaram" da nossa palavra feitiço, é proveniente do latim facticius = fictício. A idéia do termo é demonstrar algo de fantasia, de mentirinha, de brincadeira... Acho isso bastante saudável e até necessário.
Quando o indivíduo passa a desviar seu foco de prazer do parceiro ou parceira para os objetos do fetiche, a coisa começa a ficar estranha, pois é um comportamento pseudopsicopatológico ou pré-patológico.
Se o prazer ou mesmo o interesse sexual passa a só existir em função do objeto do fetiche, passamos a chamar de FETICHISMO, que é um comportamento sexual.
Pedofilia e zoofilia, assim como qualquer outro fetiche só fica no nível de fetiche quando não é levado às vias de fato. Deste ponto em diante, quando o fetiche passa a ser real, se torna um comportamento sexual. Na minha opinião pessoal, é um comportamento patológico! Não dá pra dizer que é uma doença, mas é um comportamento doentio! Será que consegui explicar? Acho que nem eu mesmo conseguiria entender, mas podemos esticar o papo por MP, se vc quiser!
Cara... COm relação à Miriam Rios, ainda não assisti essa parada por falta de tempo! Mas como acabei agora de editar o meu programa, vou lá dar uma olhada!

Já tinha descrito no tópico da Myrian Rios.

Orientação sexual:

Heterossexual
Homossexual
Bissexual
Assexual


Fetiches:

Zoofilia
Pedofilia
Sadomasoquismo
(…)

Como fetiches "evoluem" não entraria no escopo, mas concordo que estes fazem parte do comportamento sexual.
Porém, independente do comportamento sexual do indivíduo ser influenciado por fetiches, ele necessariamente possui uma orientação sexual definida.

Resumindo; todos possuem uma imutável orientação sexual, mas o comportamento varia de indivíduo por indivíduo. E comportamento não está necessáriamente atrelado a orientação.



O que Myrian Rios disse é que não queria uma empregada homossexual pois ela poderia ter orientação sexual pedófila e atacar uma das filhas. É tanta m**** que eu me recuso a dizer o que penso sobre uma pessoa que chega à nível tão degradante de burrice.
 

AndrezinhoEC

Habitué da casa
Mensagens
1.126
Reações
1
Pontos
92
Gato Descabelado;8106165 disse:
O que foi afirmado que é que existe superioridade biológica, e não superioridade biológica dentro de um contexto.
Que dentro de contextos específicos as diferenças geram vantagens é algo óbvio; quem nunca invejou o corpo daquele cara gostosão que atire a primeira pedra.


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Boa...

Se bem que eu costumo dizer por ai que em plena época da tecnologia, as mulheres não estão atrás de barriga de tanquinho. Porque se esofrçar no tanque quando têm à disposição uma lava e seca 12 kg, como meu barrigão aqui! hehehehhee
Afinal o que conta é que a torneira funcione, né?


Gato Descabelado;8106165 disse:
Abominar a sociedade romana antiga significa abrir mão de grande parte de seus costumes. O passado já foi, e se a história é preservada o mínimo que devemos fazer é aprender com os erros e acertos dos outros. Mas entendi o ponto.

Legal! Já começamos a concordar em alguma coisa! Vou pedir outro chopp então!


Gato Descabelado;8106165 disse:
Eu queria que a realidade fosse simples assim.
Você fala como se existissem dois lados e gays fossem intolerantes com heterossexuais, mas gays são filhos de pais heterossexuais, tem amigos heterossexuais e tem filhos heterossexuais. Falando como homossexual te digo que não consigo visualizar esses dois lados, pois em minha vida, tudo se mistura.
Infelizmente algumas pessoas insistem em separar o inseparável e criam esse tipo de "disputa"..

Nahhhhhhh!!! Não, não não e not!
Leia de novo lá! Deixei bem claro no texto que acho que a intolerância é bilateral. Vejo gays contra héteros e héteros contra gays. Mas são minoria. Barulhentos, mas minoria, felizmente. A grande maioria simplesmente leva suas vidas na boa, independente do resto.


Gato Descabelado;8106165 disse:
Eu brigo pelos direitos que eu julgo ter e que muitos tentam cercear. Se você julga isso como intolerância, fique a vontade. Vou continuar sendo intolerante com quer quer me ver apedrejado ou queimando em uma fogueira. Se você acha isso injusto, eu apenas lamento.

Sobre ignorar, não sei se notou mas foi exatamente o que fiz nesse tópico.

Brigar pelos direitos é uma coisa e ser intolerante é outra! Pelos seus direitos (e pelos meus), brigo junto contigo até cair o último justo! MAs pra intolerância, também tento ignorar! Meus melhores amigos na música são gays e luto pacas pelos direitos deles (e delas).


Gato Descabelado;8106165 disse:
Já tinha descrito no tópico da Myrian Rios.

Orientação sexual:

Heterossexual
Homossexual
Bissexual
Assexual


Fetiches:

Zoofilia
Pedofilia
Sadomasoquismo
(…)

Como fetiches "evoluem" não entraria no escopo, mas concordo que estes fazem parte do comportamento sexual.
Porém, independente do comportamento sexual do indivíduo ser influenciado por fetiches, ele necessariamente possui uma orientação sexual definida.

Resumindo; todos possuem uma imutável orientação sexual, mas o comportamento varia de indivíduo por indivíduo. E comportamento não está necessáriamente atrelado a orientação.

Ops... Então um hétero não pode virar bi ou homo? Sei não, hein!!!
O que eu acho que é imutavel é apenas e unicamente o sexo genético, porque até o fenótipo já se muda por cirurgia...

é que orientação (pra mim) é a tendência estabelecida pelos padrões aprendidos e absorvidos da família e da sociedade nos primeiros anos de vida.

Hetero, bi, homo ou assexuado seriam OPÇÕES sexuais...
Acho que estamos usando palavras diferentes para descrever a mesma coisa... hehehehehehhe

A parte dos fetiches eu coloquei pra responder outra parada...


Gato Descabelado;8106165 disse:
O que Myrian Rios disse é que não queria uma empregada homossexual pois ela poderia ter orientação sexual pedófila e atacar uma das filhas. É tanta m**** que eu me recuso a dizer o que penso sobre uma pessoa que chega à nível tão degradante de burrice.

PUTAKIOPARILHAAAAAAAA
Jura? Vou procurar essa porcaria agora mesmo!

KARAY!!!
Tem que levar surra de gato morto essa anta!
 

Charrua

Mil pontos, LOL!
Mensagens
51.390
Reações
59.241
Pontos
1.034
Lí o título e fiquei estarrecido
Homossexuais são preconceituosos, hein?
 

Lord Seph

Bam-bam-bam
Mensagens
10.232
Reações
2.529
Pontos
454
sendo seres humanos eles podem sim ser preconceituosos... se até um negro pode ser racista um homo também pode ser homofobico.
 

red13th

Bam-bam-bam
Mensagens
4.260
Reações
1.883
Pontos
279
Gato Descabelado;8106165 disse:
Eu brigo pelos direitos que eu julgo ter e que muitos tentam cercear. Se você julga isso como intolerância, fique a vontade. Vou continuar sendo intolerante com quer quer me ver apedrejado ou queimando em uma fogueira. Se você acha isso injusto, eu apenas lamento.

pois é.
é totalmente contraditório exigir que os intolerados tenham tolerânia pelos intolerantes.
vc exige mais das pessoas em situação de opressão do que é exigível. é o tal do sangue de barata. vc é humilhado e tratado como cidadão de segunda classe. então continue sendo, de boca calada, e agradeça que vc é. um dia pode talvez quem sabe melhorar.

e essa dicotomia entre héteros e homos é balela, porque pressupõe que todos os héteros são homofóbicos.
explico: um confronto entre homos e homofóbicos é óbvio e evidente que existe. mas disso vc não extrai que existe confronto entre homos e héteros. falando isso, vc está implicando que todos os héteros fossem homofóbicos.
um gay pode odiar um hétero por ser homofóbico, mas dificilmente odiará apenas por ser hétero. heterosexualidade e homofobia são características distintas da pessoa, não se confundem.

enfim, apenas alguns argumentos de ordem lógica para essa discussão.
 

Lord Seph

Bam-bam-bam
Mensagens
10.232
Reações
2.529
Pontos
454
não existe logica quando tentam impor ideologias diversificadas em um mesmo patamar... pe preciso rever os prós e contras e depois disso trabalhar o assunto.
 

Vinicam

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.956
Reações
19.725
Pontos
669
Gato Descabelado;8106165 disse:
O que foi afirmado que é que existe superioridade biológica, e não superioridade biológica dentro de um contexto.
Que dentro de contextos específicos as diferenças geram vantagens é algo óbvio; quem nunca invejou o corpo daquele cara gostosão que atire a primeira pedra.

Não, não foi. Eu disse sim que dentro de um contexto havia superioridade. E ainda dei exemplo. Vc foi extremista ao me chamar de Hitler, só não quer admitir. :p

AndrezinhoEC;8106325 disse:
Ops... Então um hétero não pode virar bi ou homo? Sei não, hein!!!
O que eu acho que é imutavel é apenas e unicamente o sexo genético, porque até o fenótipo já se muda por cirurgia...

é que orientação (pra mim) é a tendência estabelecida pelos padrões aprendidos e absorvidos da família e da sociedade nos primeiros anos de vida.

Hetero, bi, homo ou assexuado seriam OPÇÕES sexuais...

Eu também acho que é uma opção, até pq como já disse, tive amiga que resolveu virar lésbica simplesmente por insatisfação com o sexo oposto, o que não quer dizer que ela nunca gostou de homem, e sim que experiências e vivências criaram nela essa opinião.
 

AndrezinhoEC

Habitué da casa
Mensagens
1.126
Reações
1
Pontos
92
miojow;8106364 disse:

Thanks... O link que eu achei aqui no fórum tem um video quase pejorativo de tão tendencioso, com comentários inseridos que tiram a credibilidade da coisa.
Inclusive aludindo à trabalhos (pseudo) científicos de mais de 50 anos.
Quase tão ruim quanto justificar a opção pelo homossexualismo por causa da sociedade romana ou dos animais da natureza!

Se é por que se quer ser, por que se acha melhor, por que faz bem... Sei lá!
Acho que não se precisa de desculpas pra isso! É só ser e ir em frente!

Entendi o discurso dela, quando me inseri na mente ignorante dela!
Mas da mesma forma que a lei diz que não se pode discriminar, também diz que não se pode privilegiar! Isso acho que ela leu, mas não entendeu!

Mas tipo assim: eu contrataria qualquer gay ou lésbica, se fossem bons para o trabalho. Mas se tentasse mexer com meus filhos, seria demitido pelas causas da lei, sejam elas quais forem! Pedofilia, atentado ao pudor, sei lá!
Vai responder processo!

E tem mais: se atentar contra meus filhos, é capaz de levar muita da porrada!
O baixinho aqui é tranks, desde que não coloquem em risco a integridade física, moral e psicológica minha da família... Se rolar, viro bicho!
Posso até fazer coisas beeeeem piores...
 

Gato Descabelado

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.009
Reações
19.978
Pontos
649
AndrezinhoEC;8106325 disse:
Se bem que eu costumo dizer por ai que em plena época da tecnologia, as mulheres não estão atrás de barriga de tanquinho. Porque se esofrçar no tanque quando têm à disposição uma lava e seca 12 kg, como meu barrigão aqui! hehehehhee
Afinal o que conta é que a torneira funcione, né?

Você é heterossexual não é? Neste caso basta ter dinheiro.


AndrezinhoEC;8106325 disse:
Legal! Já começamos a concordar em alguma coisa! Vou pedir outro chopp então!

Aqui na serra está tão frio que acho que vou ficar no vinho.


AndrezinhoEC;8106325 disse:
Nahhhhhhh!!! Não, não não e not!
Leia de novo lá! Deixei bem claro no texto que acho que a intolerância é bilateral. Vejo gays contra héteros e héteros contra gays. Mas são minoria. Barulhentos, mas minoria, felizmente. A grande maioria simplesmente leva suas vidas na boa, independente do resto.

Nunca em minha vida de gay eu conheci alguém que tivesse algo contra heterossexuais. Conheci muitos (eu incluso) que que tem muita coisa contra homofóbicos e preconceituosos em geral, mas nunca por heterossexuais.
Não existe homossexuais X heterossexuais; existe homofóbicos X homossexuais.


AndrezinhoEC;8106325 disse:
Brigar pelos direitos é uma coisa e ser intolerante é outra! Pelos seus direitos (e pelos meus), brigo junto contigo até cair o último justo! MAs pra intolerância, também tento ignorar! Meus melhores amigos na música são gays e luto pacas pelos direitos deles (e delas).

Infelizmente isso está nos olhos de quem vê. É impressionante como as pessoas vêem a mesma coisa de maneiras diferentes e obscuras.


AndrezinhoEC;8106325 disse:
Ops... Então um hétero não pode virar bi ou homo? Sei não, hein!!!
O que eu acho que é imutavel é apenas e unicamente o sexo genético, porque até o fenótipo já se muda por cirurgia...

é que orientação (pra mim) é a tendência estabelecida pelos padrões aprendidos e absorvidos da família e da sociedade nos primeiros anos de vida.

Hetero, bi, homo ou assexuado seriam OPÇÕES sexuais...
Acho que estamos usando palavras diferentes para descrever a mesma coisa... hehehehehehhe

A parte dos fetiches eu coloquei pra responder outra parada...

Pra deixar bem claro.

Sobre orientações sexuais:

Homossexual sente atração sexual por indivíduos do mesmo sexo. (Homens que gostam de pica e mulheres que curtem uma xoxota)
Heterossexual sente atração sexual por indivíduos do sexo oposto (Homens que curtem uma vagina e mulheres que curtem um pênis)
Bissexual sente atração sexual por indivíduos de ambos os sexos (Acho que você entendeu)

Isso é totalmente diferente de comportamento sexual. Meu companheiro, por exemplo, foi casado com uma mulher e tem dois filhos. Isso não torna ele um heterossexual que se transformou em homossexual; é apenas mais um dos milhares de casos de homossexuais que apresentam um comportamento heterossexual.
Em momento algum da vida dele ele curtiu uma vagina, mas por diversos motivos ele escolheu por muitos anos viver como heterossexual. Apenas mais um caso de pessoas que preferem viver uma mentira em vez de enfrentar a pressão social (que te afirmo que [infelizmente] é forte).

Meio social também não influencia. Os dois filhos dele são heterossexuais, um deles inclusive mora conosco e é 100% heterossexual mesmo morando com um casal gay. Se influenciasse, eu seria o maior machão de todos, pois cresci em um ambiente bastante sexualizado onde homossexualidade era vista como aberração. E meus irmãos que receberam a mesma educação são todos héteros.

Te afirmo; o dia que um hétero virar bi ou homo eu vendo tudo que tenho e dôo pra igreja. Apesar do comportamento sexual ser variável de indivíduo para indivíduo, a orientação sexual é única e imutável. E isso é algo que todo homossexual sabe.
-------------------------------




Lord Seph;8106428 disse:
sendo seres humanos eles podem sim ser preconceituosos... se até um negro pode ser racista um homo também pode ser homofobico.

Infelizmente isso existe. Preconceito não está atrelado a fatores biológicos.
--------------------------------




red13th;8106448 disse:
pois é.
é totalmente contraditório exigir que os intolerados tenham tolerânia pelos intolerantes.
vc exige mais das pessoas em situação de opressão do que é exigível. é o tal do sangue de barata. vc é humilhado e tratado como cidadão de segunda classe. então continue sendo, de boca calada, e agradeça que vc é. um dia pode talvez quem sabe melhorar.

e essa dicotomia entre héteros e homos é balela, porque pressupõe que todos os héteros são homofóbicos.
explico: um confronto entre homos e homofóbicos é óbvio e evidente que existe. mas disso vc não extrai que existe confronto entre homos e héteros. falando isso, vc está implicando que todos os héteros fossem homofóbicos.
um gay pode odiar um hétero por ser homofóbico, mas dificilmente odiará apenas por ser hétero. heterosexualidade e homofobia são características distintas da pessoa, não se confundem.

enfim, apenas alguns argumentos de ordem lógica para essa discussão.

Exato. Não há o que florear. As coisas são mais simples do que se comenta.
--------------------------------




Vinicam;8106491 disse:
Não, não foi. Eu disse sim que dentro de um contexto havia superioridade. E ainda dei exemplo. Vc foi extremista ao me chamar de Hitler, só não quer admitir. :p

Who cares about you.
 
Topo Fundo