O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Gamers Don't Care about Sound Preservation?

Krion

Bam-bam-bam
Mensagens
2.025
Reações
7.048
Pontos
278
Não sou um colecionador de retro games, mas gosto bastante do assunto. :ksorriso
Recentemente me deparei com este vídeo, onde o autor atenta para uma coisa interessante

Gamers Don't Care about Sound Preservation?

que pode estar se "perdendo" o som/áudio/efeitos sonoros originais dos games, pois a emulação não porta/emula o áudio de um jogo antigo 100% igual ao que temos se você usar o hardware original. E os hardwares originais vão acabar se perdendo um dia.
Já os gráficos podem ser emulados com praticamente 100% de precisão (e até aperfeiçoados).

Praticamente todos os novos “retro-consoles” compatíveis que rodam retrogames hoje dia, rodam com o som bem diferente do console original
Um exemplo



Quem tiver tempo de uma assistida no vídeo (é bem curto), será o que ele esta discorrendo é importante mesmo preservar o som original dos games, será que ter um modo de reprodução original do áudio realmente faz/fará alguma diferença? :kpensa


A propósito,
recomendo outros vídeos do canal dele, tem muitos interessantes como este do sobre o MSX

 


Axel Stone

Supra-sumo
Mensagens
789
Reações
1.653
Pontos
168
Não assisti o vídeo, mas a emulação do som hoje é excelente. Bsnes, Genesis Plus GX, Mesen, Mednafen, mGBA, todos tem uma ótima emulação nesse sentido. Genesis Plus GX então teve até um trabalho extenso de engenharia reversa para o audio.

Agora, se estiver falando de consoles brinquedos do tipo Atgames, TecToy, etc. ou mesmo de emuladores antigos como zsnes e Kega Fusion, aí o problema não é da emulação e sim estarem usando algo assim.
 

AlexandreFaustini

Bam-bam-bam
Mensagens
2.401
Reações
3.284
Pontos
294
Não sou um colecionador de retro games, mas gosto bastante do assunto. :ksorriso
Recentemente me deparei com este vídeo, onde o autor atenta para uma coisa interessante

Gamers Don't Care about Sound Preservation?

que pode estar se "perdendo" o som/áudio/efeitos sonoros originais dos games, pois a emulação não porta/emula o áudio de um jogo antigo 100% igual ao que temos se você usar o hardware original. E os hardwares originais vão acabar se perdendo um dia.
Já os gráficos podem ser emulados com praticamente 100% de precisão (e até aperfeiçoados).

Praticamente todos os novos “retro-consoles” compatíveis que rodam retrogames hoje dia, rodam com o som bem diferente do console original
Um exemplo



Quem tiver tempo de uma assistida no vídeo (é bem curto), será o que ele esta discorrendo é importante mesmo preservar o som original dos games, será que ter um modo de reprodução original do áudio realmente faz/fará alguma diferença? :kpensa


A propósito,
recomendo outros vídeos do canal dele, tem muitos interessantes como este do sobre o MSX

Tem os emuladores cycle perfect que resolvem esse problema, não?
 

wtuemura

Veterano
Mensagens
275
Reações
500
Pontos
103
Isso também se aplica com gráficos também, os gráficos dos jogos do passado são considerado "pixel art" hoje a molecada borra o pixel todo reclamando de "serrilhado", o mesmo ocorre com a proporção de tela, na época o padrão eram telas com 4:3, assim, os jogos eram feitos para este formato de tela. Já hoje você muita gente distorcendo os pixels, esticando o formato 4:3 para caber em uma tela 16:9.

Aqui outro vídeo que explica essa questão:

No que tange áudio em específico, é mais do mesmo, poucos se importam com isso também. Aqui um exemplo que fiz demonstrando isso:

Durante a emulação o emulador dá acesso direto ao DAC (conversor digital-analógico), porém ninguém tem acesso direto a saída digital do aparelho, seja Mega Drive, SNES ou o que for, nós acessamos o áudio através de um amplificador se for o caso dos arcades e ou do setor de saída de áudio se for o caso dos consoles como NEOGEO, Mega Drive, etc. É justamente as imperfeições naturais do amplificador ou dos circuitos do mesmo que dão a naturalidade que nenhuma emulação consegue imitar não importa o que seja feito.
 

EvangelionUnit02

Bam-bam-bam
Mensagens
6.979
Reações
6.197
Pontos
444
Eu não me importo assim, não. Mesmo porque a experiência muda de acordo com o reprodutor de som. Na TV vai sair de um jeito, se usar home teather vai ser outra, no fliper usa outro tipo, tem fone de ouvido,...
 


doraemondigimon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.225
Reações
15.161
Pontos
619
Não assisti o vídeo, mas a emulação do som hoje é excelente. Bsnes, Genesis Plus GX, Mesen, Mednafen, mGBA, todos tem uma ótima emulação nesse sentido. Genesis Plus GX então teve até um trabalho extenso de engenharia reversa para o audio.

Agora, se estiver falando de consoles brinquedos do tipo Atgames, TecToy, etc. ou mesmo de emuladores antigos como zsnes e Kega Fusion, aí o problema não é da emulação e sim estarem usando algo assim.
Era justamente o que eu iria dizer. Tá certo que sabemos que, as emulações dos consoles passaram por dificuldades no seu início, mas estão assustadoramente evoluidas hoje em dia.

Uma coisa a se reparar é que, num prazo de mais ou menos 10 anos, os códigos envolvidos para a emulação de hardwares no computador sofreram tantas e tantas alterações que hoje, praticamente não se utiliza mais os códigos dos emuladores 'ancestrais' como ZSNES, NESTICLE e outros!

A evolução apenas começa devido as mudanças de formas de se utilizar a emulação em consoles (non pc) de um jeito que seja BARATO (hah!) e prático (levando pela boa vontade chinesa nesse caso!)

Os códigos de audio ORIGINAIS, estão salvos (já que, quem mantém a programação de audio são os cartuchos) e, cada dump efetuado não tem alteração nessa parte DESDE QUE não seja alguma daquelas ROMs modificadas que existem por aí (mas que permanecem lado a lado com sua versão original!

Então, tendo essa mentalidade, esse tipo de código tende a ser purificado e atualizado. Acredito eu que, em menos de 2 anos, já teremos equipamentos de baixíssimo custo (tipo aqueles mega drive Jackie Chan da vida) com uma qualidade 1:1 tanto em audio, quanto em video (e se duvidar, rodando perfeito em 4K)

O lance é esperar mais um pouco...

Eu não me importo assim, não. Mesmo porque a experiência muda de acordo com o reprodutor de som. Na TV vai sair de um jeito, se usar home teather vai ser outra, no fliper usa outro tipo, tem fone de ouvido,...
Mas, relativo ao caso que ele tava citando, a diferença é tenebrosa, com acordes desafinados, algusn tons mais altos e outros mais lentos ou baixos forçando uma perda de sincronismo e com distorções (mais do que já tem no rouco som do mega)(...que eu gosto muito, diga-se de passagem...), mais ou menos do jeito que sai naquele portátil da Tec Toy/AT Games, o MD Play.
 
Ultima Edição:

sux138

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.754
Reações
22.563
Pontos
553
E os hardwares originais vão acabar se perdendo um dia
Não, isto é uma falsa premissa.

Consoles venderam milhares, milhoes, dezenas de milhões de cópias, e o hardware é em geral bastante sólido.
Além disso existem outros milhões de colecionadores particulares além das próprias empresas desenvolvedores.

Hoje ou daqui a 50 anos você consegue comprar qualquer console minimamente relevante em uma rápida pesquisa online. E se em mais 100 anos não houver tanta oferta, a perda é mínima e pode sempre ser reproduzida com mais fidelidade do que um emulador atual.
 

FeDeBe

Bam-bam-bam
Mensagens
6.364
Reações
9.630
Pontos
353
Eu sou o chatão do som. Transito entre audiófilo e melômano.

Montei um sistema de áudio decente e faço questão de usufruir isso nos meus jogos.
 

User666

Bam-bam-bam
Mensagens
9.478
Reações
22.394
Pontos
354
É que esse youtuber não viu a fanbase do Mega Drive aqui na OS, senão nem esse vídeo iria fazer. :klol
 

keanu_yves

Habitué da casa
Mensagens
254
Reações
379
Pontos
83
O canal dele é bem legal e já tinha cruzado com esses vídeos.

O que vocês não estão atentando é sobre a crítica que ele faz sobre a comunidade que foca extremamente (pra não dizer somente) em vídeo, tanto é que temos cabos, adaptadores, scart, RGB, vídeo-componente, S-Vídeo, escalonadores, geradores de scanline e o carvalho a quatro... mas quando se trata de som... ninguém liga. Não tem quase nenhum material a respeito, não tem cabo, não tem indústria, não tem modificações de hardware, não tem equipamento de som recomendado... quase nada a respeito.

E os que tem, está restrito à um ou outro. É bastante justo e necessário esta posição dele.
 

Trezoitao38

Bam-bam-bam
Mensagens
10.803
Reações
8.639
Pontos
424
Eu não me importo assim, não. Mesmo porque a experiência muda de acordo com o reprodutor de som. Na TV vai sair de um jeito, se usar home teather vai ser outra, no fliper usa outro tipo, tem fone de ouvido,...
É bem isso. Fidelidade de som é algo muito difícil de atingir.

Existem algumas pessoas que botam vinis para tocar e convertem o áudio em digital. Tem vários vídeos de música no Youtube assim. Mas se o áudio era analógico e passou a ser digital, ele já perdeu a sua fidelidade.

Além disso como você colocou tem os equipamentos. Até as TVs da época dos videogames antigos tinham qualidade de som bastante distinta umas das outras. Na realidade até hoje é assim.

Se a pessoa se preocupar demais com isso só irá delirar.
 

G².

Bam-bam-bam
Mensagens
9.909
Reações
24.416
Pontos
353
Excelentes vídeos. É muito irônico ver casos em que é mais fácil emular o som dos consoles da quinta e sexta geração de consoles devido à evolução do som sorround e canais Dolby, mas devido à arquitetura dos chips dos consoles da quarte geração, o som nunca será perfeito, mas os resultados contemporâneos são tão bons quanto eu diria.
 

ptsousa

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
51.353
Reações
143.840
Pontos
814
O bsnes emula o áudio perfeitamente, até porque o byuu destrinchou 99,9% do hardware do snes.

Sobre os demais, acho que os FPGA serão instrumento essencial para isso.

Eu sou o chatão do som. Transito entre audiófilo e melômano.

Montei um sistema de áudio decente e faço questão de usufruir isso nos meus jogos.
Eu consigo perceber nitidamente a diferença no som da porta estéreo frontal do meu Megão gen 1 pra qualquer emulador de Mega no som do Onkyo fuderoso.
 

EvangelionUnit02

Bam-bam-bam
Mensagens
6.979
Reações
6.197
Pontos
444
Era justamente o que eu iria dizer. Tá certo que sabemos que, as emulações dos consoles passaram por dificuldades no seu início, mas estão assustadoramente evoluidas hoje em dia.

Uma coisa a se reparar é que, num prazo de mais ou menos 10 anos, os códigos envolvidos para a emulação de hardwares no computador sofreram tantas e tantas alterações que hoje, praticamente não se utiliza mais os códigos dos emuladores 'ancestrais' como ZSNES, NESTICLE e outros!

A evolução apenas começa devido as mudanças de formas de se utilizar a emulação em consoles (non pc) de um jeito que seja BARATO (hah!) e prático (levando pela boa vontade chinesa nesse caso!)

Os códigos de audio ORIGINAIS, estão salvos (já que, quem mantém a programação de audio são os cartuchos) e, cada dump efetuado não tem alteração nessa parte DESDE QUE não seja alguma daquelas ROMs modificadas que existem por aí (mas que permanecem lado a lado com sua versão original!

Então, tendo essa mentalidade, esse tipo de código tende a ser purificado e atualizado. Acredito eu que, em menos de 2 anos, já teremos equipamentos de baixíssimo custo (tipo aqueles mega drive Jackie Chan da vida) com uma qualidade 1:1 tanto em audio, quanto em video (e se duvidar, rodando perfeito em 4K)

O lance é esperar mais um pouco...



Mas, relativo ao caso que ele tava citando, a diferença é tenebrosa, com acordes desafinados, algusn tons mais altos e outros mais lentos ou baixos forçando uma perda de sincronismo e com distorções (mais do que já tem no rouco som do mega)(...que eu gosto muito, diga-se de passagem...), mais ou menos do jeito que sai naquele portátil da Tec Toy/AT Games, o MD Play.
Então, eu como usuário comum, não tenho como identificar as diferenças porque pra isso precisa ter o equipamento original pra ser comparado. Tipo, eu nunca tive o snes e se eu emular um donkey kong nunca que saberei a diferença no som, principalmente pelo reprodutor de som.

Outro dia fiquei espantado com a qualidade do arranjo da música do Zangief do sfv, dado a diferença do que ouvia no sim do monitor pro fone de ouvido.
 

wtuemura

Veterano
Mensagens
275
Reações
500
Pontos
103
Os códigos de audio ORIGINAIS, estão salvos (já que, quem mantém a programação de audio são os cartuchos)
Infelizmente não é bem assim que a coisa funciona, apensar dessa discussão ser bem antiga, apesar das instruções estarem na ROM do jogo o problema reside em como essas instruções serão interpretadas pelo emulador.

Aqui um exemplo prático disso, Sonic 1 o trecho "SEGAAAA":
Mega Drive Japonês Model 1


Higan 110


Apesar do código ser o mesmo é possível notar que faltam pedaços, que os filtros do hardware original ajudam a suavizar o áudio resultando em um som diferente apensar de utilizarem a mesma ROM.
 

Anexos

doraemondigimon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.225
Reações
15.161
Pontos
619
Infelizmente não é bem assim que a coisa funciona, apensar dessa discussão ser bem antiga, apesar das instruções estarem na ROM do jogo o problema reside em como essas instruções serão interpretadas pelo emulador.

Aqui um exemplo prático disso, Sonic 1 o trecho "SEGAAAA":
Mega Drive Japonês Model 1


Higan 110


Apesar do código ser o mesmo é possível notar que faltam pedaços, que os filtros do hardware original ajudam a suavizar o áudio resultando em um som diferente apensar de utilizarem a mesma ROM.
Mas é justamente isso que eu estava falando. O código original do audio está salvo em ROMs e cartuchos originais. Quem vai realmente fazer a alteração é justamente o código utilizado para a reprodução no HARDWARE utilizado!

Nos emuladores para PC de hoje em dia, já se tem uma excelente qualidade, mas o que tá demorando um pouco são os hardwares 1 Chip ou FPGAs que andam lançando no mercado.

Teve uma pessoa daqui que tava falando justamente do avanço da evolução no sinal de video, meio que, dispensando a qualidade pro audio (peraí que eu acho)

O que vocês não estão atentando é sobre a crítica que ele faz sobre a comunidade que foca extremamente (pra não dizer somente) em vídeo, tanto é que temos cabos, adaptadores, scart, RGB, vídeo-componente, S-Vídeo, escalonadores, geradores de scanline e o carvalho a quatro... mas quando se trata de som... ninguém liga. Não tem quase nenhum material a respeito, não tem cabo, não tem indústria, não tem modificações de hardware, não tem equipamento de som recomendado... quase nada a respeito.
O que o Keanu falou, realmente se torna extressante! No meu caso, que gosto DEMAIS do audio dos videogames (especialmente "chiptunes" e OSTs criadas especificamente para jogos, se diferenciando das trilhas que parecem mais que foram compostas pra filmes e foram extraviadas para o gênero da diversão eletrônica), reconheço diferenças em muitos casos!
 

Trezoitao38

Bam-bam-bam
Mensagens
10.803
Reações
8.639
Pontos
424
Videogames antigos não tinham saídas de vídeo e áudio digitais. Isto quer dizer que a decodificação de vídeo e áudio se dava nos próprios videogames.

Existe uma diferença entre decodificação de áudio saindo de um videogame quando comparado a saindo de uma placa de som de um computador.

Pode ser pequena, mas sempre estará lá.
 

wtuemura

Veterano
Mensagens
275
Reações
500
Pontos
103
O que o Keanu falou, realmente se torna extressante! No meu caso, que gosto DEMAIS do audio dos videogames (especialmente "chiptunes" e OSTs criadas especificamente para jogos, se diferenciando das trilhas que parecem mais que foram compostas pra filmes e foram extraviadas para o gênero da diversão eletrônica), reconheço diferenças em muitos casos!
Eu também sou apaixonado por chiptunes, talvez por ter crescido na era do MIDI no Japão, por lá isso era um universo sem fim, sempre aparecia uma placa nova, um adaptador novo e por aí vai.
Se gosta de chiptunes eu recomendo fortemente o MDPlayer, o projeto começou como uma player para músicas de Mega Drive e hoje já aborda a grande maioria dos chips conhecidos e o mantenedor assim como os apoiadores do projeto são muito chatos quanto a fidelidade do áudio produzido, aqui um exemplo:

E se curte MIDI este também é um dos melhores:

Utilize com o VirtualMIDISynth e o MIDIMapper da Coolsoft, lá eles também oferecem sugestões de ótimas SoundFonts, para o vídeo acima eu utilizei o "HQ Orchestral Soundfont Collection" em conjunto com umas que estão listadas lá no link da Coolsoft.

Quanto a questão do nosso amigo não faz muito sentido pois estamos falando de universos completamente diferentes, para gerar uma saída de vídeo você tem Vermelho (Red), Verde (Green), Azul (Blue) e Sincronia (Sync) então ao longo do refinamento do processamento deste sinal você tem o Vídeo Composto, S-Vídeo, RGB e HDMI onde a qualidade da imagem vai melhorando até chegar no HDMI. Já no áudio não tem mais o que ser feito, há aparelhos e alterações no hardware onde a pessoa pode substituir o DAC original por um mais novo ou adicionar uma saída SPDIF, porém o mesmo "Beep" do Atari com um ADPCM com 4 bit vai continuar soando EXATAMENTE o mesmo se for executado em um equipamento áudio capaz de lidar com 24 bit ou mais.

A única coisa que a pessoa pode fazer é utilizar algum tipo de equalização já disponível na maioria dos equipamentos de som para ajustar alguma coisa, porém não dá para fazer mais que isso.
 
Topo