O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Marvel's Guardians of the Galaxy (26/10/21 )

slashf

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.809
Reações
30.344
Pontos
553

Eidos Montréal e Marvel Games anunciaram, neste domingo (13), Marvel’s Guardians of the Galaxy, jogo dos Guardiões da Galáxia. A formação será exatamente a mesma dos filmes, portanto, Senhor das Estrelas, Groot, Gamora, Rocket Raccoon e Drax são os personagens principais.

Durante toda a campanha, o jogador controlará somente Peter Quill (Senhor das Estrelas). Os demais personagens apenas receberão comandos ao longo das batalhas. Assim, é possível criar combos mais poderosos, por exemplo, mas nunca assumir o controle direto.
A história é completamente original. Não se trata de uma adaptação dos filmes ou quaisquer quadrinhos do grupo. No início do jogo, os Guardiões da Galáxia estão juntos há cerca de um ano — tempo o bastante para que se conheçam, mas não para que confiem tanto assim uns nos outros.

Embora não adapte diretamente histórias existentes, o tom de Marvel’s Guardians of the Galaxy, nitidamente, se aproxima bastante do que vemos nos filmes. Eles estão sempre fazendo piadas, ouvindo músicas dos anos 1980 e tirando sarro um do outro. O trailer ao som de “Holding Out For A Hero”, de Bonnie Tyler, deve ter deixado isso bem claro.

Além dos Guardiões de sempre, Mantis estará no jogo. No lado dos vilões, Lady Hellbender foi revelada como uma das antagonistas, que os heróis enfrentarão no planeta Seknarf Nine, conforme demonstrado na apresentação da Square Enix na E3 2021.

Bill Rosemann, vice-presidente da Marvel Games, disse que queria um time não tão apelão, que fizesse o jogador se perguntar como eles sobreviveriam. Resta saber quais outros inimigos eles terão de enfrentar.
Gameplay

Embora apenas Quill seja jogável, ele nunca estará sozinho. Os demais Guardiões da Galáxia o acompanharão nas missões e poderemos dar alguns comandos de combate para todos eles. A não ser que eles se recusem a ajudar, é claro — existe essa possibilidade.

Além da ação, que é exatamente o que você provavelmente já esperava de um jogo de aventura com heróis da Marvel em terceira pessoa, existirá um sistema de decisões em Marvel’s Guardians of the Galaxy.

Como Peter Quill, o autoproclamado líder do grupo, o jogador terá de escolher quem ouvir antes das missões. Portanto, se Gamora e Drax estiverem discutindo, por exemplo, caberá a Quill intervir e decidir como a equipe vai prosseguir.

A questão é: se um dos integrantes do grupo não gostar da decisão, ele pode se recusar a ajudar o jogador em determinadas sessões. Logo, se você deixou Rocket Raccoon chateado, ele pode se recusar a seguir as ordens de Quill em batalha ou não aceitar algo em uma cutscene futura, o que levará a um caminho diferente para o cumprimento da missão. A história, entretanto, é linear (não espere por múltiplos finais ou algo do tipo).

O loop do jogo parece ser algo relativamente comum em jogos de aventura. Existe uma cena cinematográfica que leva os personagens do ponto A ao ponto B e, uma vez no lugar certo, é necessário controlar os personagens em amplos cenários com inimigos e chefões.

O Senhor das Estrelas terá uma série de habilidades, um especial que o torna mais poderoso e faz com que uma música comece a tocar durante o combate e golpes fracos/fortes, como já era de se esperar.

Os inimigos poderão variar entre personagens icônicos da Marvel e criaturas originais criadas apenas para o jogo, assim como os planetas (alguns serão do universo original dos personagens e outros serão originais).

As cenas de gameplay destacam ainda objetos dos cenários com os quais podemos interagir e outros detalhes de Quill, como a possibilidade de paralisar inimigos usando eletricidade. Há também as clássicas cenas em que os personagens caem em um túnel e é preciso controlá-los para desviar de pedras e outros objetos.

Marvel's Guardians of the Galaxy será lançado em 26 de outubro para PS5, Xbox Series, PS4, Xbox One e PC.
 


osfelas

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.155
Reações
10.136
Pontos
674
Me pareceu melhor que o jogo dos Vingadores, achei ok pegaria em uma promoção

Enviado de meu SM-J810M usando o Tapatalk
 

darth_senna

Bam-bam-bam
Mensagens
12.514
Reações
7.041
Pontos
459
parece legalzinho. provavelmente jogarei em algum momento, mas n é nada que eu esteja no hype.
 

renbh

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
GOLD
Mensagens
16.928
Reações
14.382
Pontos
634
Gostei, acho o time legal para um jogo do gênero.
 


Jailcante

Bam-bam-bam
Mensagens
3.289
Reações
6.284
Pontos
303
Acho que não tô muito exigente, já que achei legal.

E pelo que vi só joga com o Peter com um single player mais direto, sem muitos frus frus.

Quando tiver preço praticável, talvez pegue.
 

Maze

Bam-bam-bam
Mensagens
5.718
Reações
7.669
Pontos
404
Olha, gostei. Ficaria legal um combate no estilo ff7 remake, podendo trocar entre os personagens nas lutas. É so reaproveitar e tirar os elementos de rpg, até mais fácil.

Enviado de meu Redmi Note 6 Pro usando o Tapatalk
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
30.404
Reações
45.958
Pontos
854
Eu achei o gameplay maneiro, só mesmo o visual que é estranho, pois se afastam demais do que nós nos acostumamos nos filmes. Tipo, não precisa ser igual, mas dá pra fazer algo mais parecido.
 

[[Solid_Snake]]

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
38.832
Reações
30.898
Pontos
959
Achei interessante o gameplay, nada OMG/GOTY, mas parece um jogo divertido. Essa história/conversar interativas com diferentes desfechos lembrou bastante Mass Effect na estrutura.
 

SamasosukE

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.762
Reações
15.500
Pontos
644

Eidos Montréal e Marvel Games anunciaram, neste domingo (13), Marvel’s Guardians of the Galaxy, jogo dos Guardiões da Galáxia. A formação será exatamente a mesma dos filmes, portanto, Senhor das Estrelas, Groot, Gamora, Rocket Raccoon e Drax são os personagens principais.

Durante toda a campanha, o jogador controlará somente Peter Quill (Senhor das Estrelas). Os demais personagens apenas receberão comandos ao longo das batalhas. Assim, é possível criar combos mais poderosos, por exemplo, mas nunca assumir o controle direto.
A história é completamente original. Não se trata de uma adaptação dos filmes ou quaisquer quadrinhos do grupo. No início do jogo, os Guardiões da Galáxia estão juntos há cerca de um ano — tempo o bastante para que se conheçam, mas não para que confiem tanto assim uns nos outros.

Embora não adapte diretamente histórias existentes, o tom de Marvel’s Guardians of the Galaxy, nitidamente, se aproxima bastante do que vemos nos filmes. Eles estão sempre fazendo piadas, ouvindo músicas dos anos 1980 e tirando sarro um do outro. O trailer ao som de “Holding Out For A Hero”, de Bonnie Tyler, deve ter deixado isso bem claro.

Além dos Guardiões de sempre, Mantis estará no jogo. No lado dos vilões, Lady Hellbender foi revelada como uma das antagonistas, que os heróis enfrentarão no planeta Seknarf Nine, conforme demonstrado na apresentação da Square Enix na E3 2021.

Bill Rosemann, vice-presidente da Marvel Games, disse que queria um time não tão apelão, que fizesse o jogador se perguntar como eles sobreviveriam. Resta saber quais outros inimigos eles terão de enfrentar.
Gameplay

Embora apenas Quill seja jogável, ele nunca estará sozinho. Os demais Guardiões da Galáxia o acompanharão nas missões e poderemos dar alguns comandos de combate para todos eles. A não ser que eles se recusem a ajudar, é claro — existe essa possibilidade.

Além da ação, que é exatamente o que você provavelmente já esperava de um jogo de aventura com heróis da Marvel em terceira pessoa, existirá um sistema de decisões em Marvel’s Guardians of the Galaxy.

Como Peter Quill, o autoproclamado líder do grupo, o jogador terá de escolher quem ouvir antes das missões. Portanto, se Gamora e Drax estiverem discutindo, por exemplo, caberá a Quill intervir e decidir como a equipe vai prosseguir.

A questão é: se um dos integrantes do grupo não gostar da decisão, ele pode se recusar a ajudar o jogador em determinadas sessões. Logo, se você deixou Rocket Raccoon chateado, ele pode se recusar a seguir as ordens de Quill em batalha ou não aceitar algo em uma cutscene futura, o que levará a um caminho diferente para o cumprimento da missão. A história, entretanto, é linear (não espere por múltiplos finais ou algo do tipo).

O loop do jogo parece ser algo relativamente comum em jogos de aventura. Existe uma cena cinematográfica que leva os personagens do ponto A ao ponto B e, uma vez no lugar certo, é necessário controlar os personagens em amplos cenários com inimigos e chefões.

O Senhor das Estrelas terá uma série de habilidades, um especial que o torna mais poderoso e faz com que uma música comece a tocar durante o combate e golpes fracos/fortes, como já era de se esperar.

Os inimigos poderão variar entre personagens icônicos da Marvel e criaturas originais criadas apenas para o jogo, assim como os planetas (alguns serão do universo original dos personagens e outros serão originais).

As cenas de gameplay destacam ainda objetos dos cenários com os quais podemos interagir e outros detalhes de Quill, como a possibilidade de paralisar inimigos usando eletricidade. Há também as clássicas cenas em que os personagens caem em um túnel e é preciso controlá-los para desviar de pedras e outros objetos.

Marvel's Guardians of the Galaxy será lançado em 26 de outubro para PS5, Xbox Series, PS4, Xbox One e PC.

Parece divertido pelo gameplay.
 

Raz8R

Bam-bam-bam
Mensagens
10.561
Reações
9.758
Pontos
489
Pena a Marvel ter fechado com a SquareEnix, ótimas franquias que ficaram genéricas nas mãos erradas, ficaria perfeito com a Capcom.
O time de DMC com uma engine aprimorada faria maravilhas com essas franquias da Marvel.
 

YSolaire

Bam-bam-bam
Mensagens
1.565
Reações
2.887
Pontos
303
Pena a Marvel ter fechado com a SquareEnix, ótimas franquias que ficaram genéricas nas mãos erradas, ficaria perfeito com a Capcom.
O time de DMC com uma engine aprimorada faria maravilhas com essas franquias da Marvel.
Tem muita cara que eles decidiram fazer esse jogo virar singleplayer por causa do fracasso do jogo dos Vingadores. N duvido que no começo isso era para ser uma dlc do Avengers.

O problema da SquareEnix é eles continuarem dando para os estudios ocidentais fazer esses jogos.
 

Lord Atma

Bam-bam-bam
Mensagens
5.844
Reações
4.038
Pontos
444
O que???

Calma eu vi o trailer por ver. Isso é um jogo novo?????
Crente que era adição no jogo da Square.

Enviado de meu SM-G985F usando o Tapatalk
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
30.404
Reações
45.958
Pontos
854
Tem muita cara que eles decidiram fazer esse jogo virar singleplayer por causa do fracasso do jogo dos Vingadores. N duvido que no começo isso era para ser uma dlc do Avengers.

O problema da SquareEnix é eles continuarem dando para os estudios ocidentais fazer esses jogos.
Aí vc olha o que os estúdios orientais estão fazendo e ainda bem que ficou com os ocidentais. :klol
 

YSolaire

Bam-bam-bam
Mensagens
1.565
Reações
2.887
Pontos
303
Aí vc olha o que os estúdios orientais estão fazendo e ainda bem que ficou com os ocidentais. :klol
É, olha Final Fantasy 7 Remake, olha Dragon Quext XI, Kingdom Hearts 3, Trials of Mana, Octopath Traveler, shadowbringers.

Realmente, os estudios orientais só estão fazendo m****, meu deus. Nem sei como a square ainda está em pé com esses jogos! Ainda bem que temos os estudios ocidentais deles, pq se não já teria falido.
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
30.404
Reações
45.958
Pontos
854
É, olha Final Fantasy 7 Remake, olha Dragon Quext XI, Kingdom Hearts 3, Trials of Mana, Octopath Traveler, shadowbringers.

Realmente, os estudios orientais só estão fazendo m****, meu deus. Nem sei como a square ainda está em pé com esses jogos! Ainda bem que temos os estudios ocidentais deles, pq se não já teria falido.
Então, franquias japonesas né, eles ainda mantêm. Quando tentam fazer algo mais ocidental, sempre sai algo genérico, vide o novo FF Origins.
 

YSolaire

Bam-bam-bam
Mensagens
1.565
Reações
2.887
Pontos
303
Então, franquias japonesas né, eles ainda mantêm. Quando tentam fazer algo mais ocidental, sempre sai algo genérico, vide o novo FF Origins.
Mas essa é a questão. Imagine um Tomb Raider com um que oriental da square. Se eles forem fazer, eles não podem emular o estilo ocidental. Os jogos ocidentais já estão genéricos mesmo. Eles precisam fazer um tomb raider no estilo de jogos orientais. Ai é full win.

Veja FF 7 remake, da para fazer um jogo cyberpunk incrivel. Agora pense o que eles podiam fazer com a série Deus Ex.
 

leonardo__cruz

- Endure and Survive -
VIP
Mensagens
11.869
Reações
32.688
Pontos
594

Guardiões da Galáxia exala um carisma sem igual. Eu gostei do design dos personagens, as artes estão lindas.

O que me deixou um pouco com o pé atrás foi o gameplay, achei meio desengonçado o Peter atirando, sei lá. Também acho que seria legal poder trocar de personagem, mas ao menos deram a possibilidade de dar comandos aos outros personagens para fazer combos.

Eu vou esperar as análises, mas confesso que achei esse Steelbook muito foda e ainda tem artbook. Quem sabe encalha igual ao Avengers e eu consigo comprar a edição com Steelbook barato. (Isso se lançar no Brasil...)

 

Axel Stone

Bam-bam-bam
Mensagens
1.777
Reações
3.581
Pontos
288
Aqui não vale nem o tempo gasto com o download de um jogo desses.

A square deveria acabar com esses estudios ocidentais ou pelo menos tirar o nome square enix. Já tem gente esperando qualidade ou funções do FF7R.
 

Queiroga'

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.428
Reações
18.532
Pontos
629
Achei legalzinho, tem uma vibe divertido mas ordinário daqueles jogos de PS2 que lançavam juntos com os filmes.
 

Raz8R

Bam-bam-bam
Mensagens
10.561
Reações
9.758
Pontos
489
Eu disse pra colocarem nas mãos de uma equipe competente, não essa heresia...ainda assim o que peca nesse jogo é o design dos chars e o baixo orçamento,mas em termos de gameplay e diversão , é infinitamente melhor que Avengers da S.E.
DMC 5 come com farinha esses jogos genericos da S.E.
 
Reações: PC2

renbh

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
GOLD
Mensagens
16.928
Reações
14.382
Pontos
634
Tem muita cara que eles decidiram fazer esse jogo virar singleplayer por causa do fracasso do jogo dos Vingadores. N duvido que no começo isso era para ser uma dlc do Avengers.
Improvável, os personagens não fazem parte do núcleo dos Avengers e este último é um living game, ou seja, o que tiver de ser DLC vai ser DLC e há a possibilidade de recuperação a medida que o game for recebendo atualizações. Em suma, Avengers não está morto.

Sobre o visual, pelo visto os direitos da Square estão no visual das HQs, não deve se estender para a imagem dos atores. Por mais que tenha inspirações nas ideias do filme, o design lembra mais as HQs.
 

FirstSoldier

Bam-bam-bam
Mensagens
1.611
Reações
1.432
Pontos
203
Achei muito interessante o jogo. Só o fato de não ser no mesmo modelo focando no online como o Avengers já ganhou minha atenção.

O jogos dos Vingadores é bem interessante nas partes singles player e o gameplay é divertido, o que mata são a falta de variedade nas missões.

As mecânicas desse jogo dos guardiões estão interessantes. Pessoal vai ficar com o pé atrás o que é normal, mas acredito que vai ser um ótimo jogo.
 
Topo Fundo