O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Por que você acredita, ou não, em Deus?

-Drope-

Habitué da casa
Mensagens
258
Reações
267
Pontos
63
Digo Deus no sentido religioso e teológico. Tirando a afirmação ontológica filosófica de Espinoza na qual Deus é a natureza, já que é o único conceito lógico que possa estar relacionado à onipotência, onisciência e onipresença desse Ser, por que você acredita, ou não, em Deus?

Eu particularmente não acredito em Deus. Não é porque quero parecer diferentão, nada disso - aliás, admito que existem muitos ateus que afirmam serem ateus para parecerem legais que não acreditam em Deus, entretanto, acreditam em muitas outras coisas como astrologia -, mas porque eu nunca senti a presença de Deus em mim como algumas pessoas crentes dizem sentir. Nada contra os religiosos, mas acho que a crença em Deus é uma necessidade em dar sentido a algo que não tem sentido, uma tentativa de se sentir protegido, acolhido e guiado por um Ser maior que guiará o seu destino e te fará sentir um pouco mais especial neste mundo tão caótico.

Digam aí.

83779
:kbozo (Papai do céu te ama) :kbozo
 
Ultima Edição:


Leon Powalski

Bam-bam-bam
Mensagens
1.691
Reações
4.501
Pontos
293
Cara... não sei você, mas eu já passei por um momento em que eu tinha minhas dúvidas acerca de Deus... às vezes me perguntava se Ele existia ou não, essas coisas. Minha resposta à essas dúvidas só veio quando eu comecei a observar mais o mundo ao meu redor e ver a existência do mal. Pra mim só o fato do mal existir já me aponta a existência de um ser divino, pois a meu ver, se não houvesse o mal, creio que ninguém se importaria com isso e até mesmo deixaria de crer em sua existência, afinal de contas, de que adiantaria crer em uma entidade divina se tá tudo bem nesse mundo, tudo tranquilo, com as pessoas vivendo bem (isso hipoteticamente falando é claro)? Mas não é bem assim a realidade em que vivemos e até, digamos, é necessário que o mal exista por um determinado tempo, pois o sofrimento serve como uma ferramenta para entender quem nós somos, quem Deus é e como devemos crescer tanto intelectualmente quanto espiritualmente.

Enfim, não sei se vc já pensou dessa forma ou não. Já no meu caso, isso fez com que eu me aproximasse mais do entendimento do transcedente do que me afastar dele.
 

R.And

Supra-sumo
Mensagens
1.261
Reações
799
Pontos
179
Já se sabe que a essência da realidade é espiritual. Se ela é espiritual, significa que não é um acidente. Se não é um acidente, então existe uma Inteligência que está por trás de tudo isso. Fim.
 

-Drope-

Habitué da casa
Mensagens
258
Reações
267
Pontos
63
Cara... não sei você, mas eu já passei por um momento em que eu tinha minhas dúvidas acerca de Deus... às vezes me perguntava se Ele existia ou não, essas coisas. Minha resposta à essas dúvidas só veio quando eu comecei a observar mais o mundo ao meu redor e ver a existência do mal. Pra mim só o fato do mal existir já me aponta a existência de um ser divino, pois a meu ver, se não houvesse o mal, creio que ninguém se importaria com isso e até mesmo deixaria de crer em sua existência, afinal de contas, de que adiantaria crer em uma entidade divina se tá tudo bem nesse mundo, tudo tranquilo, com as pessoas vivendo bem (isso hipoteticamente falando é claro)? Mas não é bem assim a realidade em que vivemos e até, digamos, é necessário que o mal exista por um determinado tempo, pois o sofrimento serve como uma ferramenta para entender quem nós somos, quem Deus é e como devemos crescer tanto intelectualmente quanto espiritualmente.

Enfim, não sei se vc já pensou dessa forma ou não. Já no meu caso, isso fez com que eu me aproximasse mais do entendimento do transcedente do que me afastar dele.
Então, já cheguei a questionar isso também. Mas, há um problema no mal, que Nietzsche chega a falar na genealogia da moral: ele é um conceito criado em um determinado contexto e que prevalece até hoje. No primeiro capítulo do livro, Nietzsche chega a diferenciar "bom ou ruim" e "bom ou mal". Na Grécia Antiga esse dualismo entre bom ou mau não tinha o mesmo significado que hoje temos sobre. Antigamente a distinção de qualidades era entre "bom ou ruim". O bom, nessa época segundo a moralidade guerreira, era aquilo relacionado à nobreza, coragem e força. O ruim, era aquilo contrário, eram os escravos, e seus inimigos - que, a princípio, tais inimigos eram até contemplados pelos próprios antigos. O ruim, não era ruim no sentido pejorativo, mas ruim no sentido que era "perigoso" e "fraco" (não lembro exatamente as palavras que Nietzsche usou para definir o ruim). Com o crescimento da religião judaico-cristã, os conceitos foram mudados por essa moral sacerdotal. A partir daí, começou a existir o "bom ou mal". O que era bom estava relacionado às virtudes, que antes eram consideradas negativas, como a covardia, a fraqueza e a humildade. E o mau se tornou tudo aquilo que antes era considerado à coragem, força, nobreza e etc. Tanto que existem certas passagens na bíblia que são muito citadas pelos cristãos como: "oferecer as duas faces", "dar a César o que é de César", etc.
 

Maladino

Bam-bam-bam
Mensagens
5.914
Reações
6.248
Pontos
459
Eu acho que não existe um motivo filosófico e primordial que eu possa dar.

Eu era católico, comecei a questionar, as pessoas não respondiam de maneira satisfatória os meus questionamentos, comecei a estudar por minha conta e a ver os outros pontos de vistas (Outras religiões, outras vertentes, outras opiniões e etc) e cheguei a conclusão que esse lado transcendental e espiritual/religioso que as pessoas adotaram não passa de uma construção pra justificar e ordenar o mundo a sua volta. Mas isso foi um processo de vários anos.

Pessoalmente eu acharia muito mais fácil acreditar em um deus e ter um propósito e uma resposta objetiva e já respondida pra tudo. Mas seria muito desonesto da minha parte me forçar a acreditar em algo (Se é que isso é possível) apenas por ser melhor.

Sou aberto a evidências e me considero ateu agnóstico, não acredito por conclusão própria mas aceito a possibilidade de estar errado por não termos maneiras de provar ou desprovar que alguma divindade exista.

Também nunca passei por alguma situação que mudasse minha visão. E funfact já passei por diversas situações de quase morte e, fora as situações em que você mal tem chance de controlar o próprio esfíncter, nunca vi nada nessa situações que me fizessem repensar. Já até passei por uma situação equivalente com aquele exemplo idiota do "ateu no avião" (Carro aquaplanando em direção ao despenhadeiro na Serra do Mar, e chegou a rolar um pouco no começo da ladeira) e não tive nenhum momento de conversão ou algo parecido... Na real só pensei na minha família, nos meus amigos e nas coisas que queria fazer ainda.
 


iporco

Bam-bam-bam
Mensagens
4.031
Reações
8.560
Pontos
303
o deus cristao ou qualquer deus personificado como um super-humano q "nos ajuda" é totalmente descartado por mim pq n faz o menor sentido, parece historinha de criança o troço todo; porem algo criador do universo (q pode ser ate outro universo, ou um objeto n conhecido por nos ainda) é uma possibilidade q admito existir

edit - e sou um completo crente no materialismo e fatalismo; pra mim existir algo fora do mundo fisico e material é um negocio absurdo
 
Ultima Edição:

Giant Enemy Crab

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.330
Reações
47.005
Pontos
553
Cristianismo eu sempre achei a história completamente sem sentido, a biblia claramente é um remendo de idéias, tipo uma série de filmes qualquer que sempre muda o roteirista a cada filme.


É uma opinião impopular, mas a própria crucificação de Cristo para pagar pelos pecados do mundo é algo completamente sem sentido em termos de usabilidade. Talvez se Jesus tivesse ficado vivo alguns anos a mais teria explanado suas idéias de forma mais objetiva que impedisse as infinitas interpretações que existem. A própria mitologia por tras do mesmo é um punhado de mitologias mais antigas atribuidas a ele. Embora eu não duvide que ele tenha sido Um Grande homem, mas nada de filho de Deus nem de milagres.

Outro ponto que impede eu de acreditar na mitologia cristã são as infinitas interpretações dos próprios fieis, cujo a gigante maioria dos casos, passa muito longe da simplicidade que foram os ensinamentos de Jesus (que não ta nada longe dos ensinametnos de outras religiões). Olhando por cima, sociedades cujo o conhecimento do cristianismo é pifio seguem mais os ensinamentos do mesmo, sem saber, apenas por educação, que o próprio ocidente cristão.

Deus bondoso também é sem duvidas o maior psicopata sadico e tirano que eu ja vi em uma obra litetaria, e olha que ja li centenas de livros, cujo uma parcela consideravel é de terror.


No mundo existem diversas religiões, isso por si só pra mim anula qualquer divindidade ja dita até hoje.


Mas, por mim, pode crer no que quiser, não batendo na minha porta 10 da noite (como algumas verdetes budistas) ou 7 da manhã (como as testemunhas de Jeová), e nao querendo se explodir do lado de inocentes, cada um cre no que quiser.
 

-Drope-

Habitué da casa
Mensagens
258
Reações
267
Pontos
63
Cristianismo eu sempre achei a história completamente sem sentido, a biblia claramente é um remendo de idéias, tipo uma série de filmes qualquer que sempre muda o roteirista a cada filme.


É uma opinião impopular, mas a própria crucificação de Cristo para pagar pelos pecados do mundo é algo completamente sem sentido em termos de usabilidade. Talvez se Jesus tivesse ficado vivo alguns anos a mais teria explanado suas idéias de forma mais objetiva que impedisse as infinitas interpretações que existem. A própria mitologia por tras do mesmo é um punhado de mitologias mais antigas atribuidas a ele. Embora eu não duvide que ele tenha sido Um Grande homem, mas nada de filho de Deus nem de milagres.

Outro ponto que impede eu de acreditar na mitologia cristã são as infinitas interpretações dos próprios fieis, cujo a gigante maioria dos casos, passa muito longe da simplicidade que foram os ensinamentos de Jesus (que não ta nada longe dos ensinametnos de outras religiões). Olhando por cima, sociedades cujo o conhecimento do cristianismo é pifio seguem mais os ensinamentos do mesmo, sem saber, apenas por educação, que o próprio ocidente cristão.

Deus bondoso também é sem duvidas o maior psicopata sadico e tirano que eu ja vi em uma obra litetaria, e olha que ja li centenas de livros, cujo uma parcela consideravel é de terror.


No mundo existem diversas religiões, isso por si só pra mim anula qualquer divindidade ja dita até hoje.


Mas, por mim, pode crer no que quiser, não batendo na minha porta 10 da noite (como algumas verdetes budistas) ou 7 da manhã (como as testemunhas de Jeová), e nao querendo se explodir do lado de inocentes, cada um cre no que quiser.
Realmente parece completamente sem sentido essa crucificação de Jesus Cristo como objetivo de salvar as pessoas. Mas talvez esse tipo de lógica pensado por ele estaria mais relacionado contexto inserido. É comum, atualmente, termos um pensamento mais técnico, estratégico e objetivo. O contexto daquela época não era assim, era completamente irracional, na qual as bases sobre a realidade eram explicadas por explicações transcendentais.

Hoje em dia, com o avanço científico, se lê esse tipo de coisa (sobre a mitologia cristã) e acha engraçado. Isso é espantoso.

o deus cristao ou qualquer deus personificado como um super-humano q "nos ajuda" é totalmente descartado por mim pq n faz o menor sentido, parece historinha de criança o troço todo; porem algo criador do universo (q pode ser ate outro universo, ou um objeto n conhecido por nos ainda) é uma possibilidade q admito existir

edit - e sou um completo crente no materialismo e fatalismo; pra mim existir algo fora do mundo fisico e material é um negocio absurdo
Acho difícil que exista um "criador". Essa noção de que possa existir um "criador", vejo como uma construção social e de linguagem.
 

Giant Enemy Crab

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.330
Reações
47.005
Pontos
553
Realmente parece completamente sem sentido essa crucificação de Jesus Cristo como objetivo de salvar as pessoas. Mas talvez esse tipo de lógica pensado por ele estaria mais relacionado contexto inserido. É comum, atualmente, termos um pensamento mais técnico, estratégico e objetivo. O contexto daquela época não era assim, era completamente irracional, na qual as bases sobre a realidade eram explicadas por explicações transcendentais.

Hoje em dia, com o avanço científico, se lê esse tipo de coisa (sobre a mitologia cristã) e acha engraçado. Isso é espantoso.



Acho difícil que exista um "criador". Essa noção de que possa existir um "criador", vejo como uma construção social e de linguagem.
Sim, o contexto religioso "pré-histórico" poderia até fazer sentido, porém. Isso é anulado quando um dos personagens tem inteligencia infinita, presença infinita e visão infinita.

Repare que todas as passagens biblicas são limitadas aos conhecimentos e filosofias locais da época. Mesmo com o seu protagonista sendo infinitamente inteligente e infinitamente poderoso.


Mas, um "sentido da crucificação" é que uma pessoa morta tende a ter mais argumentos que uma pessoa viva, talvez o autor "matou Jesus de forma cruel" para dar mais credibilidade as suas palavras.
Assim como pastores vendem pedaço do céu com dinheiro terraqueo.
Historicamente falando, a crucificação de Jesus há controvérsias históricas.
 
Ultima Edição:

leandromede

Bam-bam-bam
Mensagens
1.545
Reações
2.414
Pontos
303
Acredito porque a Bíblia é a única verdade que existe no mundo inteiro.
Não existe algo mais atual e praticado do que as palavras escritas em um livro tão antigo, só você ler passagens como Romanos capítulo 1, 1 Coríntios capítulo 15, Efésios capítulo 5 sem contar os evangelhos.
Você percebe que assim como foi nos dias de Ló seriam na vinda de Cristo, uma sociedade sodomita que estamos vendo hoje.
Diz que se Cristo não ressuscitou somos os mais miseráveis de todos os homens, imagine alguém se abster de tudo que o mundo oferece e até morrer por causa de um homem e no final isso não passar de uma fantasia?
Você lê que as obras da carne são manifestas e tem 16 características que são praticadas todos os dias constantemente em todos os lugares, basta ver as notícias.
Pra mim só esses motivos são suficientes.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

-Drope-

Habitué da casa
Mensagens
258
Reações
267
Pontos
63
Acredito porque a Bíblia é a única verdade que existe no mundo inteiro.
Não existe algo mais atual e praticado do que as palavras escritas em um livro tão antigo, só você ler passagens como Romanos capítulo 1, 1 Coríntios capítulo 15, Efésios capítulo 5 sem contar os evangelhos.
Você percebe que assim como foi nos dias de Ló seriam na vinda de Cristo, uma sociedade sodomita que estamos vendo hoje.
Diz que se Cristo não ressuscitou somos os mais miseráveis de todos os homens, imagine alguém se abster de tudo que o mundo oferece e até morrer por causa de um homem e no final isso não passar de uma fantasia?
Você lê que as obras da carne são manifestas e tem 16 características que são praticadas todos os dias constantemente em todos os lugares, basta ver as notícias.
Pra mim só esses motivos são suficientes.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
Cara, é até bem interessante perceber como essa figura chamada Jesus se absteve de todas as "vontades da carne", algo relacionado aos instintos primitivos. Ficou um longo tempo no deserto, não se drogou e recusou qualquer tipo de desejo para satisfazer suas necessidades primitivas. Assim, demonstrando um certo "grau de superioridade" (que está acima da manifestação material) de controle emocional que naquela época e contexto era incomum, no qual entendo como uma manifestação de um milagre, no sentido religioso.

Admito que não tenho muito conhecimento sobre a bíblia, mas acho muito interessante o estudo teológico do cristianismo e judaísmo. Para mim, percebo essa literatura como um mito, mas há muitas passagens refinadas que nos faz pensar sobre a nossa própria existência e os nossos próprios medos que são simbolicamente representados na bíblia. A serpente (que aparece no livro Gênesis, na qual é a traiçoeira por influenciar "Eva" a persuadir "Adão" a comer o fruto do conhecimento), é um medo nosso geneticamente consolidado, passado de geração à geração na tentativa de evitar o contato com tal animal perigoso. Esses tipos de coincidências realmente são belas de serem refletidas. É quase como um tipo de Inconsciente Coletivo.
 

Leon Powalski

Bam-bam-bam
Mensagens
1.691
Reações
4.501
Pontos
293
Cara, é até bem interessante perceber como essa figura chamada Jesus se absteve de todas as "vontades da carne", algo relacionado aos instintos primitivos. Ficou um longo tempo no deserto, não se drogou e recusou qualquer tipo de desejo para satisfazer suas necessidades primitivas. Assim, demonstrando um certo "grau de superioridade" (que está acima da manifestação material) de controle emocional que naquela época e contexto era incomum, no qual entendo como uma manifestação de um milagre, no sentido religioso.

Admito que não tenho muito conhecimento sobre a bíblia, mas acho muito interessante o estudo teológico do cristianismo e judaísmo. Para mim, percebo essa literatura como um mito, mas há muitas passagens refinadas que nos faz pensar sobre a nossa própria existência e os nossos próprios medos que são simbolicamente representados na bíblia. A serpente (que aparece no livro Gênesis, na qual é a traiçoeira por influenciar "Eva" a persuadir "Adão" a comer o fruto do conhecimento), é um medo nosso geneticamente consolidado, passado de geração à geração na tentativa de evitar o contato com tal animal perigoso. Esses tipos de coincidências realmente são belas de serem refletidas. É quase como um tipo de Inconsciente Coletivo.
Mas aí é que tá o negócio: Na teologia cristã bíblica, Jesus Cristo é Deus na pessoa do Filho (faz parte do que chamamos de Trindade). Ele era o PRÓPRIO LOGOS encarnado. Possuidor da natureza divina e humana. Essa natureza dupla de Cristo é o que faz Ele ser o que é: ser tentado (uma espécie de representação do ser humano falho), mas nunca ceder às tentações ou impulsos da carne (natureza divina entrando em ação aqui). Por isso que vc vê passagens como por exemplo a de Jesus Cristo como mediador entre Deus e os homens ou a de Cristo ser nosso advogado. Depois de ser ressuscitado e assunto aos céus, Cristo trabalha em favor dos crentes, pois ele passou pelas mesmas mazelas que nós passamos aqui, sem ter cometido pecado é claro.

Sobre a questão da serpente, esse é um ponto interessante e aqui me separo de muitos cristãos e do senso comum. Foi aqui, na tentação de Adão e Eva, que o Livre Arbítrio como muitos conhecem deixou de existir. Depois que Adão pecou, toda a sua descendência ficou condenada à destruição. Mas Deus elegeu alguns antes da fundação do mundo e essa eleição é confirmada na obra de Cristo, já que ele veio para resgate de muitos. Só ressaltando aqui pra que ninguém pense que sou crente no livre arbítrio, hahahahahaha...
 
Ultima Edição:

-Drope-

Habitué da casa
Mensagens
258
Reações
267
Pontos
63
Mas aí é que tá o negócio: Na teologia cristã bíblica, Jesus Cristo é Deus na pessoa do Filho (faz parte do que chamamos de Trindade). Ele era o PRÓPRIO LOGOS encarnado. Possuidor da natureza divina e humana. Essa natureza dupla de Cristo é o que faz Ele ser o que é: ser tentado (uma espécie de representação do ser humano falho), mas nunca ceder às tentações ou impulsos da carne (natureza divina entrando em ação aqui). Por isso que vc vê passagens como por exemplo a de Jesus Cristo como mediador entre Deus e os homens ou a de Cristo ser nosso advogado. Depois de ser ressuscitado e assunto aos céus, Cristo trabalha em favor dos crentes, pois ele passou pelas mesmas mazelas que nós passamos aqui, sem ter cometido pecado é claro.

Sobre a questão da serpente, esse é um ponto interessante e aqui me separo de muitos cristãos e do senso comum. Foi aqui, na tentação de Adão e Eva, que o Livre Arbítrio como muitos conhecem deixou de existir. Depois que Adão pecou, toda a sua descendência ficou condenada à destruição. Mas Deus elegeu alguns antes da fundação do mundo e essa eleição é confirmada na obra de Cristo, já que ele veio para resgate de muitos. Só ressaltando aqui pra que ninguém pense que sou crente no livre arbítrio, hahahahahaha...
Essas interpretações das narrativas bíblicas são mó viagens msm
 

Leon Powalski

Bam-bam-bam
Mensagens
1.691
Reações
4.501
Pontos
293
Essas interpretações das narrativas bíblicas são mó viagens msm
Então... é exatamente por esse motivo que sou Protestante Monergista (ou Calvinista): sou bem tranquilão em falar sobre essas coisas e esperar de boa respostas como essa, por que sei que não convenço ninguém a nada (isso cabe ao Espírito Santo fazer isso). Não fico enchendo a paciência de alguém tentando converter na marra.

Falo o que falo e bem, aí Deus cuida do resto...:ksafado
 

-Drope-

Habitué da casa
Mensagens
258
Reações
267
Pontos
63
Meses atrás cheguei a ler um artigo que criticava as teorias neuropsicológicas para explicar o processamento da mente. Segundo o artigo, escrito por defensores da permanência da terapia psicanalítica, as neurociências em geral estavam dando tanta ênfase ao cérebro (dizendo das grandes potencialidade dele, como algo também místico cheio de "enigmas"), poderia passar de um objeto profano para sagrado. Isso poderia gerar alguma crença nos sujeitos, talvez até inconsciente, de que esse órgão é o novo Deus e, assim, santificá-lo.

Tenho que procurar pelo artigo, é bem interessante.
 

-Drope-

Habitué da casa
Mensagens
258
Reações
267
Pontos
63
Então... é exatamente por esse motivo que sou Protestante Monergista (ou Calvinista): sou bem tranquilão em falar sobre essas coisas e esperar de boa respostas como essa, por que sei que não convenço ninguém a nada (isso cabe ao Espírito Santo fazer isso). Não fico enchendo a paciência de alguém tentando converter na marra.

Falo o que falo e bem, aí Deus cuida do resto...:ksafado
Os calvinistas tem muita relação com o liberalismo, tá ligado, né? Weber, em seu livro "A ética protestante e o espírito do Capitalismo", fala bastante sobre a relação entre o protestantismo calvinista e o próprio sistema capitalista liberal. A ideia que a salvação é alcançada pela acumulação da riqueza e de suas boas ações.
 

Lightwarrior8

Bam-bam-bam
Mensagens
1.577
Reações
1.916
Pontos
203
A criação do Universo não tem como ser por acaso , e se fosse com certeza iríamos ter formas de inteligência superiores á humana em tantas galáxias e planetas.
Qual é o máximo que uma pessoa pode realizar na vida ? Agora pense nas pessoas que você acredita que chegou lá e se elas parecem felizes. Muitas das que eu imaginava que eram se suicidaram tamanho sofrimento e tristeza que deviam sentir.
A Bíblia descreve cada passo da humanidade desde o nascimento até o fim dos tempos , tudo detalhado e com a ciência atual provando que muito do que foi dito alí foi real.
Nenhuma invenção se sustentaria por milhares de anos assim , ainda mais com tantos detalhes.
Infelizmente muitas pessoas e religiões querem distorcer Deus como forma de comércio , é onde muitas pessoas chegam a conclusão que tudo é uma forma de manipulação.
Deus é real mas também é espiritual , Jesus é pai , filho e espirito santo , é difícil pra gente entender pois somos limitados.
Mas uma coisa é certa , toda pessoa em algum momento tem a oportunidade de conhecer esse Deus. Não feche seu coração e intelecto limitado pra ele.
O inimigo por muito tempo tentou destruir o homem pela força e pelo sangue , mas notou que é muito mais eficiente distorcer a realidade e reduzir a fé das pessoas em Cristo.
É sério , esqueça os rótulos , só pense consigo mesmo e peça que Deus fale contigo se for da vontade dele de alguma maneira.

Enviado de meu Moto G (5S) usando o Tapatalk
 

-Drope-

Habitué da casa
Mensagens
258
Reações
267
Pontos
63
A Bíblia descreve cada passo da humanidade desde o nascimento até o fim dos tempos , tudo detalhado e com a ciência atual provando que muito do que foi dito alí foi real.
Não me parece que a ciência está provando tudo que foi escrito pela bíblia, entendo que está acontecendo o oposto. A bíblia nos diz que o mundo surgiu em torno de 6 mil anos atrás, enquanto que a ciência nos diz que a Terra surgiu em torno de 4,5 bilhões de anos atrás.
Concordo contigo quando você diz que Deus está se tornando um comércio. Muitos ganham em cima disso, inclusive psicopatas (como no caso de João de Deus). Com a lógica estratégica e racional atualmente, muitos não tem mais tanto medo do sagrado, dizendo a palavra de Deus em vão com fins lucrativos. Mas, sei lá... ainda tenho minhas dúvidas. Anos atrás Deus foi utilizado para ganhos pessoais de todos os tipos, mas acho que naquela época os crentes realmente acreditavam muito que estavam realizando alguma coisa certa. Hoje parece que os crentes que praticam a manipulação psicológica e violência social, com o uso da palavra de Deus, têm consciência que estão fazendo algo errado porque sabem que a bíblia é passível de inúmeras interpretações.
 

Doydis

Bam-bam-bam
Mensagens
5.713
Reações
5.806
Pontos
394
Os três maiores mistérios da vida me fazem duvidar e ao mesmo tempo não duvidar da existência de Deus.

1. De onde viemos?

2. Para onde vamos?

3. Qual o sentido da vida?

Se procurar no sentido científico ficará sem respostas, se procurar na filosofia também. Se procurar na religiosidade vai depender da sua fé em acreditar...

Sigo em modo de neutralidade nesse assunto, mas confesso já ter sido desses ateus militantes quando mais jovem.
 

Leon Powalski

Bam-bam-bam
Mensagens
1.691
Reações
4.501
Pontos
293
Os calvinistas tem muita relação com o liberalismo, tá ligado, né? Weber, em seu livro "A ética protestante e o espírito do Capitalismo", fala bastante sobre a relação entre o protestantismo calvinista e o próprio sistema capitalista liberal. A ideia que a salvação é alcançada pela acumulação da riqueza e de suas boas ações.
Sim, de uma certa forma eles possuíam. Hoje em dia isso é praticamente raro. A maioria dos calvinistas (eu vejo mais isso nas denominações Presbiterianas, visto q sou um) tem uma visão amplamente conservadora. Quanto à idéia de salvação alcançada pela acumulação de riqueza, esse pensamento foi fruto de uma secularização do calvinismo na época de Weber, que desprezava certos princípios básicos e até mesmo as questões mais sociais. Felizmente esse pensamento já não é mais uma realidade.

Dê uma olhada nesse texto aqui, o autor esclarece essa relação entre o Calvinismo e o Capitalismo.


Tem esse pequeno artigo aqui, onde um autor faz uma análise das idéias de Weber e de um outro autor, Trevor-Roper.

 
Ultima Edição:

Sgt. Kowalski

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
42.504
Reações
89.892
Pontos
989
eu acharia sensacional se deuses existissem de verdade, se tivéssemos panteões com divindades que interagissem com os mortais, eu certamente seria devoto de uma delas.
mas deuses que ficam no "I hear voices in my head"....meh.
 

kapiel10

Bam-bam-bam
Mensagens
5.399
Reações
2.977
Pontos
354
Cristianismo eu sempre achei a história completamente sem sentido, a biblia claramente é um remendo de idéias, tipo uma série de filmes qualquer que sempre muda o roteirista a cada filme.


É uma opinião impopular, mas a própria crucificação de Cristo para pagar pelos pecados do mundo é algo completamente sem sentido em termos de usabilidade. Talvez se Jesus tivesse ficado vivo alguns anos a mais teria explanado suas idéias de forma mais objetiva que impedisse as infinitas interpretações que existem. A própria mitologia por tras do mesmo é um punhado de mitologias mais antigas atribuidas a ele. Embora eu não duvide que ele tenha sido Um Grande homem, mas nada de filho de Deus nem de milagres.

Outro ponto que impede eu de acreditar na mitologia cristã são as infinitas interpretações dos próprios fieis, cujo a gigante maioria dos casos, passa muito longe da simplicidade que foram os ensinamentos de Jesus (que não ta nada longe dos ensinametnos de outras religiões). Olhando por cima, sociedades cujo o conhecimento do cristianismo é pifio seguem mais os ensinamentos do mesmo, sem saber, apenas por educação, que o próprio ocidente cristão.

Deus bondoso também é sem duvidas o maior psicopata sadico e tirano que eu ja vi em uma obra litetaria, e olha que ja li centenas de livros, cujo uma parcela consideravel é de terror.


No mundo existem diversas religiões, isso por si só pra mim anula qualquer divindidade ja dita até hoje.


Mas, por mim, pode crer no que quiser, não batendo na minha porta 10 da noite (como algumas verdetes budistas) ou 7 da manhã (como as testemunhas de Jeová), e nao querendo se explodir do lado de inocentes, cada um cre no que quiser.
qual a lógica de vc pregar algo irracional , sem ganhar nada em troca se não fosse verdade ? A crucificação de Jesus e pro este a salvação da humanidade é vista como escândalo para os judeus e loucura para o mundo Grego ( palavras do proprio apostolo Paulo) então essa ideia que o pessoal da epoca aceitava tudo de boa não é verdade ,já naquela epoca existia todo esse confronte de ideia que vc citou
 

Giant Enemy Crab

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.330
Reações
47.005
Pontos
553
qual a lógica de vc pregar algo irracional , sem ganhar nada em troca se não fosse verdade ? A crucificação de Jesus e pro este a salvação da humanidade é vista como escândalo para os judeus e loucura para o mundo Grego ( palavras do proprio apostolo Paulo) então essa ideia que o pessoal da epoca aceitava tudo de boa não é verdade ,já naquela epoca existia todo esse confronte de ideia que vc citou
dinheiro? fama? poder? coach?

igual acontece hoje em dia?
 

kapiel10

Bam-bam-bam
Mensagens
5.399
Reações
2.977
Pontos
354
dinheiro? fama? poder? coach?

igual acontece hoje em dia?
o apóstolo Paulo era um fariseu ( parecido com um servidor publico ganhando bem ) , era um aluno de gamalieu ( um dos maiores autoridades judaicas da época respeitado por todos os judeus) tinha dinheiro , tinha simpatia de grande autoridade ( sumo sarcedote ) e rejeitou tudo isso para ser perseguido , apanhar . ser açoitado e passou fome , tudo isso para pregar jesus cristo crucificado, morto e ressucitado , e isso era visto como escândalo para os proprios judeus e loucura para os gentios , ou seja se fosse invenção dele qual a lógica dele inventar algo para ganhar ( o que ele já tinha ) se isso não tem sentido para as pessoas da epoca dele ?

alem disso ele perseguiu os seguidores cristos e acabou virando um dos perseguidos ,
 

-Drope-

Habitué da casa
Mensagens
258
Reações
267
Pontos
63
o apóstolo Paulo era um fariseu ( parecido com um servidor publico ganhando bem ) , era um aluno de gamalieu ( um dos maiores autoridades judaicas da época respeitado por todos os judeus) tinha dinheiro , tinha simpatia de grande autoridade ( sumo sarcedote ) e rejeitou tudo isso para ser perseguido , apanhar . ser açoitado e passou fome , tudo isso para pregar jesus cristo crucificado, morto e ressucitado , e isso era visto como escândalo para os proprios judeus e loucura para os gentios , ou seja se fosse invenção dele qual a lógica dele inventar algo para ganhar ( o que ele já tinha ) se isso não tem sentido para as pessoas da epoca dele ?

alem disso ele perseguiu os seguidores cristos e acabou virando um dos perseguidos ,
A real é que Paulo sofria de delírios, alucinações auditivas e visuais.
 

Leon Powalski

Bam-bam-bam
Mensagens
1.691
Reações
4.501
Pontos
293
qual a lógica de vc pregar algo irracional , sem ganhar nada em troca se não fosse verdade ? A crucificação de Jesus e pro este a salvação da humanidade é vista como escândalo para os judeus e loucura para o mundo Grego ( palavras do proprio apostolo Paulo) então essa ideia que o pessoal da epoca aceitava tudo de boa não é verdade ,já naquela epoca existia todo esse confronte de ideia que vc citou
Sem contar os apóstolos e discípulos, que morreram afirmando o que viram, estudos de Flávio Josefo, etc...
 

Pingu77

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.410
Reações
25.163
Pontos
614
Quando paramos para pensar em qual é a natureza do mundo, do universo, de nós, do que são feitas todas as coisas, repetimos mais ou menos as discussões gregas do atomismo (epicurismo).

E esse elemento fundamental, que une todas as coisas, não tem como ser à parte, separado desse mundo que vivemos, divino ou qualquer outra baboseira, ou de outra natureza, "superior" ou "elevada".

E nesse universo, só existem esses elementos em conflito - como forças de variação e forças de conservação -, de modo que o próprio mundo, o desenrolar dele, o tempo e o espaço, são derivações desse movimento, desse desdobramento do mundo, de maneira que não existe o eterno. E o infinito é a própria variação, a própria diferença que sempre torna a repetir. As coisas sempre vão se diferenciar, vão surgir e ser destruídas.

Forças que surgem e perseveram para existir, e outras que tomam corpo e as destroem. De modo que nunca se criou e destruiu nada DO ZERO, a criação é fruto de uma destruição que a precedeu.
 

kapiel10

Bam-bam-bam
Mensagens
5.399
Reações
2.977
Pontos
354
A real é que Paulo sofria de delírios, alucinações auditivas e visuais.
milhares de pessoas seguiriam a ideia um maluco que sofria delirios , cuja as ideias os fariam ser perseguidos ate´a morte pelo estado romano , e além disso a ideia desse "maluco" só vai de oposto ao pensamento humano como dividir os poucos bens que vc tanto ralou com os pobres, respeitar as autoridades que te perseguem ,

quem seguiria um cara desses se o que ele falasse não se cumprisse , se eles não sentissem algo diferente quando ele falava , algo como o espirito sando , ou como milagres ?

não existe nenhum ideia que cresceu tanto mesmo sendo atacada de tudo quando é jeito como o cristianismo e ainda este sem revidar as estes agressores ,
 

Ivo Maropo

Bam-bam-bam
Mensagens
5.607
Reações
7.077
Pontos
353
Só existem duas alternativas:

A) Ele não existe;

B) Ele existe e é um tremendo de um pervertido.

Não existe letra C).

A existência divina seria um escândalo que nos suscitaria logo uma pergunta: "mas que merda Você estava pensando quando criou o mundo?"
 

Ivo Maropo

Bam-bam-bam
Mensagens
5.607
Reações
7.077
Pontos
353
Quando paramos para pensar em qual é a natureza do mundo, do universo, de nós, do que são feitas todas as coisas, repetimos mais ou menos as discussões gregas do atomismo (epicurismo).

E esse elemento fundamental, que une todas as coisas, não tem como ser à parte, separado desse mundo que vivemos, divino ou qualquer outra baboseira, ou de outra natureza, "superior" ou "elevada".

E nesse universo, só existem esses elementos em conflito - como forças de variação e forças de conservação -, de modo que o próprio mundo, o desenrolar dele, o tempo e o espaço, são derivações desse movimento, desse desdobramento do mundo, de maneira que não existe o eterno. E o infinito é a própria variação, a própria diferença que sempre torna a repetir. As coisas sempre vão se diferenciar, vão surgir e ser destruídas.

Forças que surgem e perseveram para existir, e outras que tomam corpo e as destroem. De modo que nunca se criou e destruiu nada DO ZERO, a criação é fruto de uma destruição que a precedeu.
O infinito é apenas a pulsão de morte do finito em paradoxal autorrelação, à semelhança de como a ausência é sentida como um excesso apenas pelo resultado de uma paralaxe - a pergunta ontológica clássica está equivocada: não é "por que existe algo ao invés do nada?" Mas sim "por que existe o nada ao invés de algo?". O que temos é o impossível que possibilita "algo" em sua própria autodiferenciação. O Absoluto está em guerra consigo próprio.
 

jor280

Bam-bam-bam
Mensagens
4.470
Reações
5.287
Pontos
309
Acredito em Deus sim!
Não em religião ou seita ,mas num ser superior que criou o universo já que a terra tem explicação científica.
Mas e antes dela como surgiu o infinito universo?
Existe um set superior sim,dependendo da crença ou cultura de cada país ele é chamado por um nome diferente, mas é a única explicação da criação do universo.

Enviado de meu ONE TOUCH 4015N usando o Tapatalk
 

-Drope-

Habitué da casa
Mensagens
258
Reações
267
Pontos
63
milhares de pessoas seguiriam a ideia um maluco que sofria delirios , cuja as ideias os fariam ser perseguidos ate´a morte pelo estado romano , e além disso a ideia desse "maluco" só vai de oposto ao pensamento humano como dividir os poucos bens que vc tanto ralou com os pobres, respeitar as autoridades que te perseguem ,

quem seguiria um cara desses se o que ele falasse não se cumprisse , se eles não sentissem algo diferente quando ele falava , algo como o espirito sando , ou como milagres ?

não existe nenhum ideia que cresceu tanto mesmo sendo atacada de tudo quando é jeito como o cristianismo e ainda este sem revidar as estes agressores ,
Milhares de pessoas votaram em um presidente alienado preso em suas fantasias infantis. Até hoje, muitos parecem ainda acreditar na narrativa delirante que o cara é um mito pronto salvar o Brasil do "comunismo esquerdopata". As pessoas tendem a acreditar em cada coisa, não precisa ser verdade. Faz parte da própria natureza humana para conseguir fazer uma certa organização mental sobre a realidade, para que assim faça sentido e possa ser confortável vivê-la.

E a quantidade de casos de pessoas que sentem esse espírito santo e esse "algo diferente" da palavra do outro é imensa. Antes mesmo do cristianismo, a galera ficou um bom tempo acreditando e sendo persuadida, por exemplo, por filósofos com boa retórica e em autores de narrativas míticas como Homero. Aliás, religiões mais antigas, como o Hinduísmo, até hoje persistem e continuam fortes. As pessoas acreditam em muitas coisas.
 
Topo