O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.


Relação consciência e cérebro

abcdario

Bam-bam-bam
Mensagens
3.346
Reações
5.124
Pontos
303
Acabei de ler recentemente um estudo que aponta que temos consciência no momento de nossa morte em alguns casos, com o próprio paciente inclusive ouvindo e vendo momentos da equipe médica no momento de sua morte clínica.
Qual a opinião de vocês a respeito desta dicotomia mente- matéria?
 


Gattuso

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
21.755
Reações
12.090
Pontos
769
é meio paradoxal. Se a mente apenas reproduz coisas do cérebro, seria inútil. Por exemplo, eu achar que decidi algo quando na verdade foi um movimento dos neurônios. Não faz sentido achar que na natureza algo assim seria vantajoso a uma espécie.


Se pode influenciar o cérebro, temos a causalidade mental. Mas como o fenomeno mental pode afetar a matéria? Se a mente é física, de qual matéria é composta?
 

SirMoeckel

Bam-bam-bam
Mensagens
4.948
Reações
9.251
Pontos
303
Atividade cerebral é o corpo usando as energias restantes

Agora quem garante que não é o cérebro tendo alucinações?

Na matéria diz que pessoas infartaram e foram revividas, e elas escutaram msm depois de mortas, mas é um espaço relativamente curto entre a morte e ser ressuscitado

Mas em caso de morte morrida acho que o cérebro acaba por alucinar de vez antes de desligar.
 

JmB!

Bam-bam-bam
Mensagens
11.129
Reações
9.642
Pontos
484
Isso é assustador.

Uma vez sonhei que estava em um helicóptero e ele explodiu.
Normalmente as pessoas acordam nesta hora, mas eu continuei a sonhar... Tudo ficou branco então eu falei: Morri, é assim que é a morte?

Acordei logo em seguida e achei que isto poderia ser um sinal de que há algo no outro lado.

Contudo, esta reportagem me deixou apavorado, pois por alguma razão sempre pensei sobre isso, onde você está morto, porém consciente e isso me aterroriza, ver que isso pode "de fato acontecer" me deixa ainda mais com medo da morte.

T+
 

abcdario

Bam-bam-bam
Mensagens
3.346
Reações
5.124
Pontos
303
A
Isso é assustador.

Uma vez sonhei que estava em um helicóptero e ele explodiu.
Normalmente as pessoas acordam nesta hora, mas eu continuei a sonhar... Tudo ficou branco então eu falei: Morri, é assim que é a morte?

Acordei logo em seguida e achei que isto poderia ser um sinal de que há algo no outro lado.

Contudo, esta reportagem me deixou apavorado, pois por alguma razão sempre pensei sobre isso, onde você está morto, porém consciente e isso me aterroriza, ver que isso pode "de fato acontecer" me deixa ainda mais com medo da morte.

T+
Achei foda demais, e particularmente muito angustiante.
 

abcdario

Bam-bam-bam
Mensagens
3.346
Reações
5.124
Pontos
303
é meio paradoxal. Se a mente apenas reproduz coisas do cérebro, seria inútil. Por exemplo, eu achar que decidi algo quando na verdade foi um movimento dos neurônios. Não faz sentido achar que na natureza algo assim seria vantajoso a uma espécie.


Se pode influenciar o cérebro, temos a causalidade mental. Mas como o fenomeno mental pode afetar a matéria? Se a mente é física, de qual matéria é composta?
É um paradoxo louco demais, mas é mais ou menos isto, achamos que temos um livre arbítrio e que realmente decidimos algo, mas os nossos neurônios, nosso cérebro, já havia decidido muito antes.
 


Geo

Bam-bam-bam
Mensagens
9.895
Reações
11.182
Pontos
429
é meio paradoxal. Se a mente apenas reproduz coisas do cérebro, seria inútil. Por exemplo, eu achar que decidi algo quando na verdade foi um movimento dos neurônios. Não faz sentido achar que na natureza algo assim seria vantajoso a uma espécie.


Se pode influenciar o cérebro, temos a causalidade mental. Mas como o fenomeno mental pode afetar a matéria? Se a mente é física, de qual matéria é composta?
Matéria escura?
 

Gattuso

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
21.755
Reações
12.090
Pontos
769
Matéria escura?
Não sei.


Mas não acho que o livre arbítrio, como o OP disse, seja uma ilusão, apenas resultado dos movimentos dos neurônios.

Porque se a mente apenas reproduz o movimento dos neurônios, por que nós não somos zumbis? A subjetividade obviamente tem um porquê. A mente para mim tem uma interferência no mundo físico. Não é apenas a reprodução de algo que já ocorreu no cérebro.


Sobre ser matéria escura, acho que se for analisar bem, não sou físico nem nada, mas é que o próprio conceito de matéria é extremamente ligado ao que a mente produz. Então talvez não se possa falar de uma localização da mente na matéria.
 

Grave Uypo

Piloto de Grifos
VIP
GOLD
Mensagens
13.436
Reações
23.710
Pontos
553
que eu saiba, vc continua consciente de 20 segundos até 1 minuto depois de ter sua cabeça decepada.
O que muita gente não percebe é que não somos individuos. somos coletivos. o que voce chama de "eu" é um artefato da interação de trilhões de pequenos seres que foram essa colonia onde sua "consciência" é gerada. Um mecanismo de sobrevivencia extremamente vantajoso que permite a properidade por mais tempo da sua linha genetica. por isso coisas assim são possiveis:
 

Kaciq

Veterano
Mensagens
281
Reações
881
Pontos
103
que eu saiba, vc continua consciente de 20 segundos até 1 minuto depois de ter sua cabeça decepada.
O que muita gente não percebe é que não somos individuos. somos coletivos. o que voce chama de "eu" é um artefato da interação de trilhões de pequenos seres que foram essa colonia onde sua "consciência" é gerada. Um mecanismo de sobrevivencia extremamente vantajoso que permite a properidade por mais tempo da sua linha genetica.
Deve ser doloroso pra c***lho, física e psicologicamente.
 

Kaciq

Veterano
Mensagens
281
Reações
881
Pontos
103
deve
Já ouvi falar sobre esse cientista louco que tentou manter vivas cabeças de cachorros desconectadas do corpo. Pelo que me lembro, não teve nenhum resultado. Ou teve?
 

R.And

Supra-sumo
Mensagens
1.302
Reações
862
Pontos
179
O cérebro não gera consciência. A Consciência(Espírito) deu origem a matéria. Não somos um corpo, somos uma entidade espiritual passando por uma experiência física. Daí a ideía de reencarnação, carma, etc.
 

Grave Uypo

Piloto de Grifos
VIP
GOLD
Mensagens
13.436
Reações
23.710
Pontos
553
Já ouvi falar sobre esse cientista louco que tentou manter vivas cabeças de cachorros desconectadas do corpo. Pelo que me lembro, não teve nenhum resultado. Ou teve?
as cabeças morrem depois de 1 dia +-
fizeram transplante de cabeça em macacos também, resultado parecido. viveu por algumas horas depois morreu
 

nominedomine

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.308
Reações
39.474
Pontos
554
"Vixi morri! Putz sem graça isso... não curti. "

Depois de morto você fica consciente, mas se alguém te da um mata-leão você apaga. Sei não hein.

deve
Credo na capa do video o cachorro já é a cara do meu. Deus me livre desse video ai.
 
Ultima Edição:

Berofh Erutron

Bam-bam-bam
GOLD
Mensagens
9.286
Reações
7.880
Pontos
444
Isso é assustador.

Uma vez sonhei que estava em um helicóptero e ele explodiu.
Normalmente as pessoas acordam nesta hora, mas eu continuei a sonhar... Tudo ficou branco então eu falei: Morri, é assim que é a morte?

Acordei logo em seguida e achei que isto poderia ser um sinal de que há algo no outro lado.

Contudo, esta reportagem me deixou apavorado, pois por alguma razão sempre pensei sobre isso, onde você está morto, porém consciente e isso me aterroriza, ver que isso pode "de fato acontecer" me deixa ainda mais com medo da morte.

T+
Para entrar no estado de sonho passamos por uma das quatro mortes, segundo a iniciação são quatro mortes, a do corpo físico seria a primeira.
O sonho também é um dos cinco meios de conhecimento.
 

Ero_Seenin

Spaaaaaace Geek
Mensagens
22.207
Reações
20.077
Pontos
734
é meio paradoxal. Se a mente apenas reproduz coisas do cérebro, seria inútil. Por exemplo, eu achar que decidi algo quando na verdade foi um movimento dos neurônios. Não faz sentido achar que na natureza algo assim seria vantajoso a uma espécie.


Se pode influenciar o cérebro, temos a causalidade mental. Mas como o fenomeno mental pode afetar a matéria? Se a mente é física, de qual matéria é composta?
a mente não é física, mas é o resultado do processamento de informação do substrato material, que é físico.

Assim como um software não é físico, mas ele precisa existir em um meio físico, transístores, ou seja lá o que for.

E uma coisa são os dados, outra coisa diferente é o fluxo de informação, o processamento de dados.

Ainda comparando com um computador, a execução de um programa é diferente do programa em si. Os dados estão sempre lá, mesmo quando a máquina é desligada. Mas o processo não existe enquanto ela estiver OFF.

Ou seja, 3 coisas distantes:

  • o mecanismo físico
  • os dados
  • o fluxo de dados resultado do processamento deles.
O último item é o que mais se relaciona à consciência na mente humana (ou que seja de outros animais).

E naturalmente, um fenômeno não material pode é claro, afetar a matéria. Novamente na analogia com o computador, o processamento de dados de um programa pode resultar em resultados diferentes, produzindo efeitos diferentes, embora o fluxo de dados em si não seja algo material.
 

Ero_Seenin

Spaaaaaace Geek
Mensagens
22.207
Reações
20.077
Pontos
734
O cérebro não gera consciência. A Consciência(Espírito) deu origem a matéria. Não somos um corpo, somos uma entidade espiritual passando por uma experiência física. Daí a ideía de reencarnação, carma, etc.

O cérebro não gera consciência...

aí nego toma uma lesão no córtex pré frontal, e fica inconsciente para o resto da vida, ou extremamente limitado em suas funções cognitivas, ou tem a personalidade complemente zuada ao ponto de parecer uma pessoa completamente diferente.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Phineas_Gage

Mas né. Vai que a consciência existe flutuando por aí sem depender de nada físico.
 

R.And

Supra-sumo
Mensagens
1.302
Reações
862
Pontos
179
O cérebro não gera consciência...

aí nego toma uma lesão no córtex pré frontal, e fica inconsciente para o resto da vida, ou extremamente limitado em suas funções cognitivas, ou tem a personalidade complemente zuada ao ponto de parecer uma pessoa completamente diferente.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Phineas_Gage

Mas né. Vai que a consciência existe flutuando por aí sem depender de nada físico.
O cérebro é apenas a interface. Da mesma maneira que falar ao telefone, não é o aparelho que gera a voz, ele é apenas o meio no qual a voz é transmitida.
 

Ero_Seenin

Spaaaaaace Geek
Mensagens
22.207
Reações
20.077
Pontos
734
O cérebro é apenas a interface. Da mesma maneira que falar ao telefone, não é o aparelho que gera a voz, ele é apenas o meio no qual a voz é transmitida.
a diferença é que com o telefone você pode averiguar de onde está vindo a voz de fato, sabe pela forma como o telefone funciona que não é ele que está consciente.

Mas quando você diz que o cérebro não gera consciência, apesar de tudo que a neurociência já descobriu sobre a fisiologia neural, está se baseando em absolutamente nada.

Me proponha um experimento para testar se a consciência vem do cérebro ou não. Consegue fazer isso? Sabe o conceito de hipótese falseável?

https://pt.wikipedia.org/wiki/Falseabilidade

Como eu posso testar a sua hipótese de que existe um consciência fora do cérebro?
 

R.And

Supra-sumo
Mensagens
1.302
Reações
862
Pontos
179
a diferença é que com o telefone você pode averiguar de onde está vindo a voz de fato, sabe pela forma como o telefone funciona que não é ele que está consciente.

Mas quando você diz que o cérebro não gera consciência, apesar de tudo que a neurociência já descobriu sobre a fisiologia neural, está se baseando em absolutamente nada.

Me proponha um experimento para testar se a consciência vem do cérebro ou não. Consegue fazer isso? Sabe o conceito de hipótese falseável?

https://pt.wikipedia.org/wiki/Falseabilidade

Como eu posso testar a sua hipótese de que existe um consciência fora do cérebro?
As experiências de quase morte já provaram isso. Mesmo quando a pessoa foi considerada clinicamente morta, ela ainda conseguia ter acesso a informações impossíveis de saber naquela situação.
 

Ero_Seenin

Spaaaaaace Geek
Mensagens
22.207
Reações
20.077
Pontos
734
As experiências de quase morte já provaram isso. Mesmo quando a pessoa foi considerada clinicamente morta, ela ainda conseguia ter acesso a informações impossíveis de saber naquela situação.
não existe experimentos controlados e publicados sobre isso. Somente relatos pessoais.
 

Ero_Seenin

Spaaaaaace Geek
Mensagens
22.207
Reações
20.077
Pontos
734
sobre o texto do tópico, isso aqui:

A morte é definida como o ponto em que o coração não bate mais, e o fluxo de sangue para o coração é interrompido. “Tecnicamente, é como você obtém o horário da morte. Tudo é baseado no momento em que o coração para”, disse Parnia ao The Independent. “Assim que isso acontece, o sangue não circula mais no cérebro, o que significa que as funções cerebrais são interrompidas quase instantaneamente, e você perde todos os seus reflexos.”
isso aqui está errado.

o cérebro não para instantaneamente em uma parada cardíaca, ele reduz a atividade para economizar energia, e tentar suportar o máximo de tempo possível.

Pode aguentar até uns 5 minutos sem oxigênio nenhum, somente depois começam os danos neurológicos, e depois de mais algum tempo, aí sim é morte irreversível.

O que acontece em casos como esse: o médico declara morte, mas o sujeito ainda está parcialmente consciente (o cérebro ainda não sofreu dano irreversível). Alguma coisa acontece que faz o sujeito voltar, e daí ele se lembra do que estava ouvindo na sala.

Agora esses casos de gente dizendo que se via flutuando e coisa do tipo, isso são outros 500. Se é real ou não, só seria possível se averiguar com algum experimento controlado.
 

Geo

Bam-bam-bam
Mensagens
9.895
Reações
11.182
Pontos
429
Não sei.


Mas não acho que o livre arbítrio, como o OP disse, seja uma ilusão, apenas resultado dos movimentos dos neurônios.

Porque se a mente apenas reproduz o movimento dos neurônios, por que nós não somos zumbis? A subjetividade obviamente tem um porquê. A mente para mim tem uma interferência no mundo físico. Não é apenas a reprodução de algo que já ocorreu no cérebro.


Sobre ser matéria escura, acho que se for analisar bem, não sou físico nem nada, mas é que o próprio conceito de matéria é extremamente ligado ao que a mente produz. Então talvez não se possa falar de uma localização da mente na matéria.
Como espírita a questão da mente está resolvida para mim.

Mas para fazer um declaração científica acerca da mente é mais complicado. Na verdade ainda não sabemos. Como por exemplo um neurônio toma a decisão de ativar ou não o axônio? Por exemplo, um neurônio tem 2 de seus 5 dendritos (entradas) ativados através das sinapses. Como o neurônio sabe que tem que ativar o axônio (a saída)?

Descobrimos ressonâncias quânticas entre os microtúbulos (organelas de neurônios) no cérebro. Esses túbulos vibram a 1MHz. Pequenas diferenças em relação a essa frequência central podem ser a origem das ondas alfa, beta, delta, etc. A figura abaixo mostra esses microtúbulos posicionados nos dendritos (entradas). Isso sugere que o que quer que os microtúbulos estejam sintonizando, influencia na decisão do neurônio de ativar o axônio (saída), ou seja, o processo decisório (consciente?) pode (especulação minha) estar ocorrendo fora do cérebro biológico.



Esta outra figura abaixo sugere que esse mecanismo de ressonância quântica (entrelaçamento) faz com que os neurônios possam funcionar em uníssono, ou seja, processando dados ao mesmo tempo, o que pode ser a fonte (ou o meio de expressão) da consciência. Sem esse mecanismo, os neurônios funcionariam de forma independente e fora de fase (fora de sincronismo), o que tornaria o sistema consciência impossível pela falta de coerência. Quero dizer, sem trabalhar sintonizados e apenas conectados, os neurônios formariam apenas uma rede de comunicações "zumbi" como dizes.



Uma coisa interessante é que não há limites de espaço e de tempo para o entrelaçamento quântico funcionar. O que poderia explicar cientificamente fenômenos como telepatia, bicorporeidade, autoscopia, presciência, televidência, psicometria, etc.

https://resonance.is/confirmation-quantum-resonance-brain-microtubules/comment-page-1/
 

abcdario

Bam-bam-bam
Mensagens
3.346
Reações
5.124
Pontos
303
Como espírita a questão da mente está resolvida para mim.

Mas para fazer um declaração científica acerca da mente é mais complicado. Na verdade ainda não sabemos. Como por exemplo um neurônio toma a decisão de ativar ou não o axônio? Por exemplo, um neurônio tem 2 de seus 5 dendritos (entradas) ativados através das sinapses. Como o neurônio sabe que tem que ativar o axônio (a saída)?

Descobrimos ressonâncias quânticas entre os microtúbulos (organelas de neurônios) no cérebro. Esses túbulos vibram a 1MHz. Pequenas diferenças em relação a essa frequência central podem ser a origem das ondas alfa, beta, delta, etc. A figura abaixo mostra esses microtúbulos posicionados nos dendritos (entradas). Isso sugere que o que quer que os microtúbulos estejam sintonizando, influencia na decisão do neurônio de ativar o axônio (saída), ou seja, o processo decisório (consciente?) pode (especulação minha) estar ocorrendo fora do cérebro biológico.



Esta outra figura abaixo sugere que esse mecanismo de ressonância quântica (entrelaçamento) faz com que os neurônios possam funcionar em uníssono, ou seja, processando dados ao mesmo tempo, o que pode ser a fonte (ou o meio de expressão) da consciência. Sem esse mecanismo, os neurônios funcionariam de forma independente e fora de fase (fora de sincronismo), o que tornaria o sistema consciência impossível pela falta de coerência. Quero dizer, sem trabalhar sintonizados e apenas conectados, os neurônios formariam apenas uma rede de comunicações "zumbi" como dizes.



Uma coisa interessante é que não há limites de espaço e de tempo para o entrelaçamento quântico funcionar. O que poderia explicar cientificamente fenômenos como telepatia, bicorporeidade, autoscopia, presciência, televidência, psicometria, etc.

https://resonance.is/confirmation-quantum-resonance-brain-microtubules/comment-page-1/
Este estudo foi publicado aonde realmente?, em qual revista de grande impacto?, achei legal mas até agora parece mais com pseudociência mesmo, me desculpe.
 

abcdario

Bam-bam-bam
Mensagens
3.346
Reações
5.124
Pontos
303
sobre o texto do tópico, isso aqui:



isso aqui está errado.

o cérebro não para instantaneamente em uma parada cardíaca, ele reduz a atividade para economizar energia, e tentar suportar o máximo de tempo possível.

Pode aguentar até uns 5 minutos sem oxigênio nenhum, somente depois começam os danos neurológicos, e depois de mais algum tempo, aí sim é morte irreversível.

O que acontece em casos como esse: o médico declara morte, mas o sujeito ainda está parcialmente consciente (o cérebro ainda não sofreu dano irreversível). Alguma coisa acontece que faz o sujeito voltar, e daí ele se lembra do que estava ouvindo na sala.

Agora esses casos de gente dizendo que se via flutuando e coisa do tipo, isso são outros 500. Se é real ou não, só seria possível se averiguar com algum experimento controlado.
Tem um canal no Youtube onde um neurocientista e um físico abordam estas experiências, no Brasil tem um psiquiatra conhecido como Alexander Moreira que também aborda a temática, existem muitas experiências individuais e coletivas a respeito, acho que vale o estudo sem preconceitos apesar de serem experiências subjetivas.
 

dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.886
Reações
66.781
Pontos
979
Tirando eventos catástroficos como explosões, quedas de avião, etc, a morte não é um evento pontual. O corpo vai falhando em cascata até um ponto sem retorno, o que com o avanço da medicina é cada vez mais longe.

Acredito que esses relatos pós mortes são tipo a tela azul do Windows. O sistema falhou é não vai mais voltar, mas ainda existe um pouco de "consciência" para exibir uma mensagem e gravar um arquivo de dump.
 
Mensagens
505
Reações
945
Pontos
133
O cérebro não gera consciência...

aí nego toma uma lesão no córtex pré frontal, e fica inconsciente para o resto da vida, ou extremamente limitado em suas funções cognitivas, ou tem a personalidade complemente zuada ao ponto de parecer uma pessoa completamente diferente.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Phineas_Gage

Mas né. Vai que a consciência existe flutuando por aí sem depender de nada físico.
Fisicalismo (a ideia de que a consciência depende apenas de um substrato material) é uma ideia problemática desde a formulação do Problema Difícil da Consciência, descrita nesse artigo pelo filósofo David Chalmers:


Ele argumenta que o que está ligado ao material, e que pode ser resolvido facilmente, são as funções que envolvem processamento de informações pela mente A experiência subjetiva de consciência, contudo, não pode ser reduzida ao cérebro:

At the end of the day, the same criticism applies to any purely physical account of consciousness. For any physical process we specify there will be an unanswered question: Why should this process give rise to experience? Given any such process, it is conceptually coherent that it could be instantiated in the absence of experience. It follows that no mere account of the physical process will tell us why experience arises. The emergence of experience goes beyond what can be derived from physical theory.


Chalmers termina por rejeitar o dualismo de substância (que existe uma "mente" como uma entidade específica) e propõe uma forma de "dualismo de propriedade": a mente é uma propriedade da matéria arranjada em formas específicas, assim como o magnetismo e gravidade o são. Eu particularmente não sei até onde essa solução é satisfatória. De todo modo, pra mim, fisicalismo é uma explicação que não serve.
 

Amigo Bolha

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.690
Reações
24.242
Pontos
674
Acabei de ler recentemente um estudo que aponta que temos consciência no momento de nossa morte em alguns casos, com o próprio paciente inclusive ouvindo e vendo momentos da equipe médica no momento de sua morte clínica.
Qual a opinião de vocês a respeito desta dicotomia mente- matéria?
Essa pesquisa aparentemente só corrobora o que já foi dito aqui.

O cérebro não desliga instantaneamente apenas por que a pessoa é declarada morta. Ele vai falhando aos poucos.

É um ótimo estudo para ajudar a elucidar as "experiências quase morte".

A pessoa está clinicamente morta. Mas de alguma maneira ainda há vestígios de consciência no cérebro. E quando esta pessoa até então clinicamente morta é "ressuscitada", há memórias no cérebro que justifiquem estas experiências quase morte.

Um ótimo estudo testável para comprovar como a nossa consciência está atrelada ao cérebro.


Qualquer coisa metafísica, não testável, dita aqui vai para sempre ser religião. Respeito mas ninguém jamais pode forçar ninguém a aceitar a sua religião.
 

Berofh Erutron

Bam-bam-bam
GOLD
Mensagens
9.286
Reações
7.880
Pontos
444
Este estudo foi publicado aonde realmente?, em qual revista de grande impacto?, achei legal mas até agora parece mais com pseudociência mesmo, me desculpe.
Pesquisador Anirban Bandyopadhyay
Físico Nassim Haramein .

O Nassim tem teorias muito boas como a de construção da realidade por tetraedros.
Ele teve seus dados removidos de institutos de ciências por abordas aspectos metafísicos e é sempre muito perseguido por céticos.

De todo modo eu considero um grande questionador, daqui umas décadas pode vir a ser um novo tesla.
 
Ultima Edição:

Berofh Erutron

Bam-bam-bam
GOLD
Mensagens
9.286
Reações
7.880
Pontos
444
Essa pesquisa aparentemente só corrobora o que já foi dito aqui.

O cérebro não desliga instantaneamente apenas por que a pessoa é declarada morta. Ele vai falhando aos poucos.

É um ótimo estudo para ajudar a elucidar as "experiências quase morte".

A pessoa está clinicamente morta. Mas de alguma maneira ainda há vestígios de consciência no cérebro. E quando esta pessoa até então clinicamente morta é "ressuscitada", há memórias no cérebro que justifiquem estas experiências quase morte.

Um ótimo estudo testável para comprovar como a nossa consciência está atrelada ao cérebro.


Qualquer coisa metafísica, não testável, dita aqui vai para sempre ser religião. Respeito mas ninguém jamais pode forçar ninguém a aceitar a sua religião.

Uma coisa interessante, acho que vocês estão limitando consciência à interpretação dos cinco sentidos.

Não é só isso...
 

R.And

Supra-sumo
Mensagens
1.302
Reações
862
Pontos
179
Essa pesquisa aparentemente só corrobora o que já foi dito aqui.

O cérebro não desliga instantaneamente apenas por que a pessoa é declarada morta. Ele vai falhando aos poucos.

É um ótimo estudo para ajudar a elucidar as "experiências quase morte".

A pessoa está clinicamente morta. Mas de alguma maneira ainda há vestígios de consciência no cérebro. E quando esta pessoa até então clinicamente morta é "ressuscitada", há memórias no cérebro que justifiquem estas experiências quase morte.

Um ótimo estudo testável para comprovar como a nossa consciência está atrelada ao cérebro.


Qualquer coisa metafísica, não testável, dita aqui vai para sempre ser religião. Respeito mas ninguém jamais pode forçar ninguém a aceitar a sua religião.
Tu parece o Pirula: "Qualquer coisa metafísica, não testável, dita aqui vai para sempre ser religião".

O teste já foi feito e comprovado. O fato de existir médium que consegue trazer informações extremamente específicas a respeito do consulente e sua família , e essas informações posteriormente serem confirmadas pelo mesmo, é prova de que não apenas o metafísico é uma realidade, como também existem planos superiores de consciência onde o ser humano ainda existe, não como ser físico, mas como energia/consciência além da matéria. Isso pra não falar em outras técnicas que provam que o espiritual está subjacente à realidade percebida pelos 5 sentidos. O resto é choro de ateu.
 
Ultima Edição:
Topo