O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Até que idade um filho deve morar na casa dos pais?

Saoro Master

Bam-bam-bam
Mensagens
2.184
Reações
1.313
Pontos
264
Meio dificil perguntar isso aqui, deve ter pelo menos 3 gerações diferentes. Os mais velhos vão com certeza criticar, antes era comum sair o mais rápido possível e até casar mais cedo (e também era mais fácil). Os mais novos com certeza vão defender tendo em vista que hoje é exigido um aprimoramento muito maior e investimento da pessoa, o normal é estender o tempo com os pais. No meu ponto de vista, a idade para sair é igual relacionamento, se as duas partes estão OK com isso, não tem porque sofrer "pressão da sociedade" para sair. Se você quer ter sua independência e sair da casa dos seus pais, vai com Deus! Se seus pais estão incomodados com você, creio que já é sinal claro para sair fora, independentemente da sua idade. Cada um vive numa realidade diferente, tem gente que tem condição de sair com 20 anos, outros com 30, outros estão no sufoco, desempregados, sem grana para comprar um pão, imagina pensa em bancar toda uma estrutura que inclui aluguel, alimentação, agua, energia e internet (que é básico hoje em dia).
 


Takayuki Yagami

Bam-bam-bam
Mensagens
7.760
Reações
15.880
Pontos
353
Eu até os 17 quando passei no ENEM e tive que sair pra estudar, já que na minha cidade não tinha ençino çuperior :kcaipira
 

Baneman

Discípulo de São Jorge
VIP
Mensagens
13.467
Reações
21.879
Pontos
553
Eu queria sair pra tocar o puteiro, mas aparentemente não vai dar certo.

Então vou ficando enquanto der, é como o dtado diz, o último a morrer fica com a casa.

Enviado de meu SM-G9600 usando o Tapatalk
 

Rickzinho

Bam-bam-bam
Mensagens
2.722
Reações
7.016
Pontos
324
tenho 37 e moro com eles

Já fui casado por 10 anos e sai de casa aos 18, fui pai de família por 10 e com 28 eu retornei, não tenho problemas em morar com eles. Tenho uma ótima relação dos os dois e pago TODAS as contas de casa, água, luz, internet, net e ainda minhas contas, um carro que financiei uma parte e dei entrada em outra, estou conseguindo mesmo com tudo isso ainda guardar grana, então qual o sentido de sair de casa? NENHUM pra mim mas já coloquei pra mim como meta que assim que terminar de pagar o carro eu vou sair e alugar um cafofo pra mim, ou então financiar um apto mesmo que longe dos centros.

Aqui em SP qualquer apzinho custo 250mil pra cima de 35m², então tem que ser bem afastado, como não tenho problema de andar de transporte público pra mim tá suave. Não compensa pegar trânsito então eu fico na boa e vou levando a vida.
 

Köln Palladium

Veterano
Mensagens
597
Reações
1.521
Pontos
148
Isso depende de muitas variáveis. Não existe padrão. Gente rica tá cagando e andando se o filho tá dentro de casa ou não.
 

javagod

Bam-bam-bam
GOLD
Mensagens
5.490
Reações
7.590
Pontos
439
Saí de casa aos 18 e nunca mais voltei. Mas até os 20 tinha alguma ajuda financeira da minha mãe, porque não conseguia trabalhar em tempo integral, estudando (meu curso era à tarde... uma m****). Desde os 22 nunca pedi um centavo a ninguém, mas se me ofereceram e eu podia pagar depois, aceitei. E houve vez, antes disso, que não tive dinheiro para comprar comida ou remédios; pedi emprestado e paguei dois ou três dias depois. Ia me virando. Sou muito grato a um gerente do extinto Banco Real que esticava meus limites e me ensinava como lidar com as regras do banco para conseguir me manter.

Aos 25 me casei. Minha esposa se mudou para morar comigo e estava desempregada. Sustentei a casa sozinho por 9 meses. Dois meses depois de eu ter perdido 4/5 da minha renda, descobrimos que ela estava grávida. Arrumei outro emprego e trabalhava até as 23 horas todos os dias. Aprendi a me virar.

Meus irmãos mais novos foram por outro caminho. Viveram com ajuda da minha mãe e avó até quase os 30 anos. Nesse tempo puderam se planejar melhor, prosperar melhor.

Eu sempre tive a convicção que, assim que pudesse, deveria tocar minha própria vida. Não sei se foi um movimento muito inteligente, mas não deu errado. Meus irmãos são mais bem sucedidos e essa "base" inicial que tiveram, pelo apoio familiar, foi um diferencial. Mas não foi tudo.

Acho que as pessoas podem sim, se beneficiar do que a família pode proporcionar e claro que isso inclui moradia. Pais investirem na carreira do filho, desde que o marmanjo se esforce, é válido. Não vou forçar meu filho a sair de casa cedo, como fiz. Mas não tolero vagabundo. E minha casa, minhas regras. Gosto de quem assume a própria vida. Uma coisa é saber que, se arriscar e fracassar, terá um teto e comida no fim do dia; outra completamente diferente é se acomodar e depender dos outros.
 


Mr Magoo

Supra-sumo
Mensagens
545
Reações
1.296
Pontos
183
O que eu acho mais foda é gente que não tem a menor motivação pra sair de casa, ter seu espaço, privacidade...
Tenho um amigo que dorme no mesmo quarto com a mãe até hoje! Mais de 30 anos e um salário de 3.5k
Como já comentaram, enquanto se morar com os pais vc continua sendo um adolescente...mesmo que ajude nas contas, em alguns serviços de casa
 

soap

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.416
Reações
18.297
Pontos
544
Filho sempre será uma criança enquanto morar com seus pais. Feliz dos pais q ainda tem seus filhos perto para cuidar deles.
 

Stuttz1

Bam-bam-bam
Mensagens
2.529
Reações
2.983
Pontos
303
sai com 19 mas acho que uma idade maneira está na casa dos 25 anos.
 

Jolteon

Evolução elétrica do Eevee
Mensagens
3.410
Reações
5.926
Pontos
303
Problema é que com o alto custo de vida e os salários cada vez mais achatados, na realidade do brasileiro médio, cuja renda média é de R$1,380,00, pagar aluguel e principalmente financiar um imóvel tornou-se impossível. "Ain, é só controlar os gastos". Vai falar isso pra quem ganha mínimo. Ganhando um mínimo até morar em kitnet fica caro. Isso sem falar dos desempregados. Como o @Piga já disse, 0 de renda até morar embaixo da ponte fica caro.

Depende. Pra mim o estopim é quando a convivência não é mais possível e/ou saudável. Se todos convivem bem e estão confortáveis, pode até ser pra sempre.

A própria pessoa, por uma questão de amadurecimento e orgulho pessoal, deve sentir vontade de sair...no meu tempo era normal com 14, 15 anos a molecada já doida pra completar 18 e sair.
Concordo plenamente.

__

No meu caso, eu tô pensando em vender meu carro para arrumar um canto. Mas como tô procurando outro emprego, então não sei se REALMENTE compensa agora, pois pode ser que eu me mude por conta deste.
 

Katsura_chan

Bam-bam-bam
Mensagens
1.945
Reações
3.831
Pontos
303
Ah eu moro com a minha mãe até hoje com 30 anos. Não me orgulho disso não mais nunca consegui o suficiente pra sair de casa. Fazer o que né. Por mim teria saído com 18 anos mais a vida não colabora. Tenho uma amiga que paga kit net e ganha um salário mínimo só sobra 300 pra ela viver. Cruz credo. Pra sair de casa eu queria ganhar uns 2.000 pelo menos. Salário de técnico é de fome infelizmente. Minha mãe colocou nossa casa pra vender aí ela compraria uma pra mim em meu nome e eu moraria com ela e uma para o meu irmão. Mais vai ser difícil vender essa casa ela é muito cara. Queria ser filha única. Aí eu já ficaria com essa casa. Fazer o que tenho irmão
 

Jolteon

Evolução elétrica do Eevee
Mensagens
3.410
Reações
5.926
Pontos
303
Ah eu moro com a minha mãe até hoje. Não me orgulho disso não mais nunca consegui o suficiente pra sair de casa. Fazer o que né. Por mim teria saído com 18 anos mais a vida não colabora. Tenho uma amiga que paga kit net e ganha um salário mínimo só sobra 300 pra ela viver. Cruz credo. Pra sair de casa eu queria ganhar uns 2.000 pelo menos. Salário de técnico é de fome infelizmente. Minha mãe colocou nossa casa pra vender aí ela compraria uma pra mim em meu nome e eu moraria com ela e uma para o meu irmão. Mais vai ser difícil vender essa casa ela é muito cara. Queria ser filha única. Aí eu já ficaria com essa casa. Fazer o que tenho irmão
É exatamente como eu falei, ganhando mínimo até morar em kitnet fica caro, estando desempregado até morar embaixo da ponte fica caro.
 

Katsura_chan

Bam-bam-bam
Mensagens
1.945
Reações
3.831
Pontos
303
É exatamente como eu falei, ganhando mínimo até morar em kitnet fica caro, estando desempregado até morar embaixo da ponte fica caro.
Ah eu não tenho coragem de sair de casa pra viver com 300 não Minha amiga leva uma bosta de vida. Se um dia eu conseguir ganhar 2.000 eu sairia daqui. Ah tem que sobrar pelo menos 900 reais pra viver se pagar aluguel. Menos que isso é desumano. Pior que o emprego do meu irmão no RJ é indicação não é pra sempre. Se ele voltar pra casa com certeza eu saio fazer o que nem que seja pra viver com 300. Impossível viver com ele. Ignorante , enfia mulher dentro de casa toda hora, faz festa até meia noite , ensaia com a banda desafinada dele nas alturas, coloca música alta quando eu e minha mãe estamos dormindo. Minha mãe já tem 62 anos ele não respeita. Detesto ele. Mais fazer o que minha mãe puxa o saco dele.
:kkong
 
Ultima Edição:

OSMattOS

Bam-bam-bam
Mensagens
6.523
Reações
10.993
Pontos
353
Ah eu não tenho coragem de sair de casa pra viver com 300 não Minha amiga leva uma bosta de vida. Se um dia eu conseguir ganhar 2.000 eu sairia daqui. Ah tem que sobrar pelo menos 900 reais pra viver se pagar aluguel. Menos que isso é desumano. Pior que o emprego do meu irmão no RJ é indicação não é pra sempre. Se ele voltar pra casa com certeza eu saio fazer o que nem que seja pra viver com 300. Impossível viver com ele. Ignorante , enfia mulher dentro de casa toda hora, faz festa até meia noite , ensaia com a banda desafinada dele nas alturas, coloca música alta quando eu e minha mãe estamos dormindo. Minha mãe já tem 62 anos ele não respeita. Detesto ele. Mais fazer o que minha mãe puxa o saco dele.
:kkong
Com idiotas nós temos que ter calma e paciência, em muitos casos são curaveis.
Ele é seu irmão tenha paciência, rsrs.
:kjoinha
Ele pode mudar!
 

Drunk Dwarf

Supra-sumo
Mensagens
706
Reações
1.532
Pontos
183
Essa é uma resposta que depende de algumas variáveis:

  1. Quão bem você se dá com seus pais? (vou dar meu exemplo: minha mãe tem neurose e não podia ouvir o som quando eu digitava no teclado, ela começava a gritar me xingar; ela chegou a brigar feio comigo por causa que eu fiz barulho pra abrir o saco de pão um dia as 10 da manhã, entre inúmeras coisas que ela fazia, inclusive piores que essas, que me perturbavam... por ex, um dia ela saiu com amigos e voltou 5 da manhã... ela desligou o celular, eu pensava que ela estava morta, mas ela estava só "badalando")
  2. Qual sua situação financeira? Você ganha bem pra sair e se manter?
  3. Você QUER sair? Por que isso é uma decisão que cabe ao dono da casa (aos pais) e a você... a mais ninguém.
Eu acho que não tem uma resposta certa, cada caso é um caso. E como eu já disse, quem tem que avaliar são os envolvidos, não se deixem guiar pelo que as pessoas falam, tomem decisões racionais... eu sai por que não aguentava mais.
 

Dathilot

Bam-bam-bam
Mensagens
14.217
Reações
9.426
Pontos
454
Fui expulso aos 14.
Se não tivesse a ajuda de outros parentes teria morado na rua até os 27 pelo o menos, quando comprei meu apartamento.

--

Esses dias fui na taqi comprar um móvel. A vendedora pediu ajuda para achar um apartamento para alugar. Tinha cara de uns 58 anos, veio do interior. Com o salário dela de vendedora em Porto Alegre nunca vai achar um lugar para morar a menos que seja na favela ou na zona rural (30Km de distância do trabalho e fora de PoA). Expliquei isso da forma mais educada possível.

Ela vai largar o emprego e voltar pro interior, pois tem mais chances lá.
 

Tatuira Mamicuda

Bam-bam-bam
Mensagens
5.167
Reações
13.316
Pontos
374
Saí com 29, tomei no cu no casamento, e voltei com 30.

Na boa, adoro meus pais e sei que o tempo deles aqui não é eterno. Estarei do lado deles.

Tô nem aí para o que a sociedade acha, embora eu ache que a questão de independência e fortaleza, é benéfica.
 
Ultima Edição:

Megabyte 2.0

Bam-bam-bam
Mensagens
3.414
Reações
5.227
Pontos
303
Sei lá, com o custo de vida aumentando e os salários caindo, vai ser bem comum chegar aos 40 ainda nas casas dos pais. Ainda mais se o cara não casar, por exemplo. Um tio meu ficou nas casas dos pais até os 40, mesmo ele tendo um bom emprego e tal. Essa história de sair de casa para aprender e "crescer" é algo que é bonito só no papel, tem muita gente que sai da casa para se pagar de fodão, mas chega no fim do mês no zero a zero. Pior não é morar até os 40 na casa dos pais, pior é sair e ter que voltar porque o salário não consegue mais ser o suficiente.
 

danitokaawa

Bam-bam-bam
Mensagens
7.026
Reações
5.268
Pontos
353
Independência para autista, é complicado.Além do mais, não tenho nenhum incentivo para sair de casa
 

Katsura_chan

Bam-bam-bam
Mensagens
1.945
Reações
3.831
Pontos
303
Com idiotas nós temos que ter calma e paciência, em muitos casos são curaveis.
Ele é seu irmão tenha paciência, rsrs.
:kjoinha
Ele pode mudar!
Muda nada. Já tem quase 40 anos. Eu também fui malvada com ele na infância. Hoje eu me arrependo. Eu mexia nas coisas dele e até quebrei algumas sem querer. Eu tinha ciúmes porque minha mãe pagou a faculdade dele inteira sendo que ele trabalhava podia ter pago a metade. E ele tinha o salário dele todo pra ele pra comprar coisas caras e como resultado sobrava nada do salário da minha mãe pra ela gastar comigo. Pior que ele nem trabalha na área que ela se matou pra pagar. Ela pagou atoa. O que me faz detestar mais ele ainda.
 

Set_10

Bam-bam-bam
Mensagens
14.050
Reações
8.246
Pontos
439
Independência para autista, é complicado.Além do mais, não tenho nenhum incentivo para sair de casa
bom,mas como vc mesmo falou em outro tópico q seus pais já são de idade e um dia eles se vão. Você,de qualquer forma lá na frente terá q se virar sozinho.
 

matgaudio

Bam-bam-bam
Mensagens
6.921
Reações
4.200
Pontos
414
morei 9 anos sozinho e depois pintou uma transferência e voltei a morar com meus pais. Rapaz, isso é bom demais, não quero morar sozinho nunca mais kkkkkkkkkkk

acho que é bom pra eles tbm, além de ajudar financeiramente e nas tarefas diárias, temos companhia um do outro, além de meus amigos que vem em casa as vezes pra um churras ou outro, isso dá uma movimentada. Acho que eles gostam.
Eu tenho um terreno, vou construir e levar meus pais pra morarem comigo. Quando conto isso as pessoas fazem chacota, não me importo. Eu tenho condições financeiras pra morar sozinho como morava antes, mas quero ficar perto das pessoas que amo o máximo que conseguir. Depois de muito tempo longe eu percebi como isso é bom.

Minha vó tinha 89 anos e morava sozinha, eu sempre falei pro meu pai que ela não podia morar sozinha, mas os irmãos falavam que ela não queria ir pra casa de ninguém, que era 100% independente... fim do ano passado ela escorregou e caiu, estava sozinha quando caiu e ficou lá por quase 3 horas, chorando de dor, é foda cara. Quebrou a bacia e entre a queda e a morte dela foi 1 mês (queda é talvez o que mais mata os velhinhos).

As vezes as pessoas são egoístas e não pensam que deverão cuidar dos pais.
 

durabolin

Bam-bam-bam
Mensagens
1.171
Reações
2.190
Pontos
314
Sai aos 25, qdo casei. Morar em seu próprio teto é a melhor coisa q existe.
 

durabolin

Bam-bam-bam
Mensagens
1.171
Reações
2.190
Pontos
314
É com esse pensamento de sair de casa só quando as questões econômicas melhorarem que faz com que muitos marmanjos se sintam acomodados e fadados ao fracasso. Por isso está tão comum chupins sugando velhos de 70 anos... Pois a situação econômica nunca vai estar cômoda o suficiente.
Acho já uma mamata muito boa ter que trabalhar apenas depois de se formar.
Mas agora tem uns sanguessugas que além de estudar até o fim da graduação sem custear nada, só no estudo e gandaia, ficam na dependência dos pais esperando cair no colo o emprego dos sonhos para que possam comprar uma casa e só então pensar em se virar sozinho.
Mesmo que os pais tenham condições de manter o boneco, acho essa atitude uma tremenda falta de caráter e filadaputice. Falta de brio e orgulho próprio do k7
Melhor resposta do tópico. Qdo casei eu ganhava na época 800 conto, não chegava a 2 salários mínimos. A patroa ganhava um salário mínimo. Decidimos encarar a vida e a partir daí progredir. Passamos aperto, tudo sempre na ponta do lápis, mas desde de que casei nunca ninguém pagou uma conta minha. Hoje já vivemos mais confortavelmente graças a Deus.
As pessoas estão muito madas hoje, querem sair da faculdade ganhando 10k. Querem morar em apto top, em bairro nobre. Se for esperar o momento certo vc nunca vai fazer nada na vida.
 

trunks_ssj

Bam-bam-bam
Mensagens
3.473
Reações
4.194
Pontos
314
Nesse país cagado que vivemos, onde boa parte das pessoas com o básico de qualificação ganham no máximo 2 mil (fora os descontos), só vai sair da casa dos pais se for pra morar em quebrada e complementar renda fazendo bicos. É viver no fio da navalha.

Do pessoal que saí de casa, a grande maioria ou é porque casou (como foi o meu caso) ou porque arrumou amigos pra dividir o teto. Poucos são aqueles que o fazem tendo condição plena.
 

Köln Palladium

Veterano
Mensagens
597
Reações
1.521
Pontos
148
Ah eu moro com a minha mãe até hoje com 30 anos. Não me orgulho disso não mais nunca consegui o suficiente pra sair de casa. Fazer o que né. Por mim teria saído com 18 anos mais a vida não colabora. Tenho uma amiga que paga kit net e ganha um salário mínimo só sobra 300 pra ela viver. Cruz credo. Pra sair de casa eu queria ganhar uns 2.000 pelo menos. Salário de técnico é de fome infelizmente. Minha mãe colocou nossa casa pra vender aí ela compraria uma pra mim em meu nome e eu moraria com ela e uma para o meu irmão. Mais vai ser difícil vender essa casa ela é muito cara. Queria ser filha única. Aí eu já ficaria com essa casa. Fazer o que tenho irmão
Minha irmã ganha uns 4K e não quer sair de casa. Eu só sairia se casasse ou tivesse filhos. É complicado ter um filho e receber ele na casa dos pais. Não faço questão de privacidade porque transo pouco e não tenho muitos amigos para trazer em casa.
 
Ultima Edição:

konata

Pior user da OS
VIP
Mensagens
4.124
Reações
11.647
Pontos
288
Eu vivo com meus pais e tento pagar umas contas mas o veio não deixa, fazer o quê. Acho que dá próxima vou pegar a conta e pagar sem pedir.
 

Rickzinho

Bam-bam-bam
Mensagens
2.722
Reações
7.016
Pontos
324
Para os que estão em dúvida sobre sair ou ficar, tem que ponderar as suas realidades, de cada um é diferente.

A minha como já morei sozinho, já fui pai de família e soube exatamente por anos o que é ser o provedor do sustento da casa. Pagar contar que não acabam NUNCA, perrengues com mulé, quando vai sobrar grana quebra uma coisa nova, trocar resistência, furar cano por erro, e por ai vai, quando você é o dono da casa é foda porque passa por tudo que nosso pais passaram. Isso foi bom e me fez amadurecer muito como pessoa então como a minha meta e ter novamente meu canto para ficar de boa e nem é que me faça falta, eu tenho uma privacidade imensa em casa.

Após me separar já namorei duas vezes e minhas namoradas frequentaram bastante a minha casa, se eu quiser levar alguém a noite para um fight e levar embora dificilmente irão ver ou falar algo mas não faço. As contas desde que voltei eu sempre paguei, primeiro porque não achava justo meus pais me pagarem mais nada, sempre faço compras em casa esporádicas, minha comida quando estou em casa eu compro, as contas eu pago e como moramos de aluguel meu pai só paga o aluguel o as coisas inúteis que ele não precisa mas compra, afinal o dindin é dele. Ajudei minha mãe a se aposentar então agora até o dindin pra ela já tem, é pouco mas para quem não tinha muita coisa e vivia de fazer artesanato, está bom demais.

Vivemos uma vida simples com certo luxo e também não precisamos de muita coisa, meus pais tem problemas de saúde, pai hipertenso com diabetes e mãe com problemas cardíacos e osteoporose.

PARA QUE CARGAS D'ÁGUA EU IRIA SAIR SÓ PARA ATENDER UMA NECESSIDADE SOCIAL?

Cada um sabe a sua realidade, onde o calo aperta e a vida é uma só, é você quem vive ela, use-a da melhor forma porque no final você morrerá sozinho e as pessoas que te impõe x ou y pouco vão se importar se você fez algo bom ou mais aos olhos delas.
 
Topo