O que há de Novo?
Fórum Outer Space - O maior fórum de games do Brasil

Registre uma conta gratuita hoje para se tornar um membro! Uma vez conectado, você poderá participar neste site adicionando seus próprios tópicos e postagens, além de se conectar com outros membros por meio de sua própria caixa de entrada privada!

  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Central de críticas. [Qual o último filme que você viu?]

johnhartigan

Bam-bam-bam
Mensagens
6.421
Reações
24.429
Pontos
353
0865460.jpg


Vingança e Castigo - Faroreste, um cara mata o pai e mãe de uma criança que depois cresce, vira um ladrão, junta um bando e vai atrás do assassino de seus pais e do bando.
Filme peca pelo excesso, excesso de diálogos lentos e inúteis, de sequências longas e inúteis, de caras e bocas inúteis, alguns momentos tenta ser um Tarantino segunda linha, você vê que tentaram dar um visual diferente ao filme, mas só te engana na primeira meia hora, depois enche o saco, o bom fica o plot twist final que achei bem feito. Pode ver pra passar o tempo sim, é divertido no final, minha crítica é que o filme tenta ser algo grandioso e falha no meio do caminho, um pipocão teria se saído melhor. 6/10
 


TheBoss

Bam-bam-bam
Mensagens
11.981
Reações
3.615
Pontos
464
2244788.jpg

8 Bit Christmas

Que filme bom de se assistir, nostalgia pura para quem viveu aquela época ou para quem quer conhecer como eram as coisas antigamente...

no final ate caiu um cisco no meu olho... recomendo...

Nota: 8/10
 

johnhartigan

Bam-bam-bam
Mensagens
6.421
Reações
24.429
Pontos
353
Venom_2018.jpg


Venom 2 - Sinceramente eu gostei, fui já esperando um filme cheio de piadinhas e sem pretensão de revolucionar, não fica se apegando a dramas desnecessários, só mostra ação que queremos ver. 7/10
 

johnhartigan

Bam-bam-bam
Mensagens
6.421
Reações
24.429
Pontos
353
3653490.jpg


Cry Macho - Clint sempre faz um belo trabalho de direção, como fazer um filme lento ser interessante, pra variar ele é o velho rabugento com um passado não tão legal que procura consertar algum erro da vida através de uma nova jornada que cai na frente dele. Logicamente que a gente já gosta pq o ator é foda, mas é delicioso ver simplesmente um filme bom e gostoso de assistir. 7/10
 

Inland Taipan

Bam-bam-bam
Mensagens
2.491
Reações
4.808
Pontos
303
Venom_2018.jpg


Venom 2 - Sinceramente eu gostei, fui já esperando um filme cheio de piadinhas e sem pretensão de revolucionar, não fica se apegando a dramas desnecessários, só mostra ação que queremos ver. 7/10
Exatamente, quem vai pensando em ver uma obra de arte, precisa rever seus conceitos.

Enviado de meu SM-A207M usando o Tapatalk
 


thiago_solid

Supra-sumo
Mensagens
767
Reações
1.520
Pontos
173
Venom_2018.jpg


Venom 2 - Sinceramente eu gostei, fui já esperando um filme cheio de piadinhas e sem pretensão de revolucionar, não fica se apegando a dramas desnecessários, só mostra ação que queremos ver. 7/10

Assisti ontem e tbm gostei, achei um bom entretenimento, ainda não consigo aceitar muito bem esse Venom todo heroizinho mas se esuecer isso é um filme legal, não chega a ser tão legal como um deadpool da vida mas é legal.

quero ver se assisto hoje ou amanhã o novo 007...
 

C A O S

Larva
Mensagens
2
Reações
4
Pontos
3
Last Night in Soho



228433

Assisti anteontem o filme. Minhas expectativas estavam altas. Até me perdoo facilmente por isso, já que o elenco traz nada mais, nada menos, que Anya Taylor-Joy.
Tudo estava indo maravilhosamente bem. A protagonista Eloise, uma Lilly, doçura, pura leveza, feéricamente bela. Mesmo sendo sequelada e problemática, ela cativa a gente. Fora isso, os cenários, jogos de luzes, tudo intensamente rico e fascinante, toca em nosso âmago, hipnotiza e baqueia com o transbordamento de pulsões, movimentos e arte. Sem contar a atuação instigante e sensual da Anya!
O que me fez mudar totalmente de ideia, e, cansar, saturar, nausear, querer abandonar o filme, foi o "excesso de homens fantasmas", as tais assombrações, que, nem medo davam! Fediam? Não. Cheiravam? Não.
Antes, dava pra você criar uma linha de raciocínio polida e plácida sobre a mensagem do filme, sobre a arte do filme, sentir a vibe, o feeling, curtir, degustar. Porém, chegou um momento, em que tudo isso desapareceu, fez-se morrer, só se via os malditos homens-fantasma. Parecia que o povo gastou uma grana preta só pra jogar um maremoto de homens-fantasma na tela, quadro-a-quadro, cena-a-cena. Todo o brilho e glamour que o filme vinha construindo, ao meu ver, morreu nisso.
"Aiiin, mas o filme é de terror". Sim! Contudo, senti que esse terror não foi corretamente trabalhado, não tocou o corpo, o ser, de um jeito que causa medo, aversão, repulsa e horror. Só causou cansaço mesmo.
Ao final, o filme mais parecia uma série americana Netflixzada teen. Tudo ficou cansativo, repetitivo, saturado, enfadonho, e, maçante. Sem contar que apelaram muito numa violência clichê, fica claro quem vai morrer, como vai morrer, etc. Pior foi a escolha do personagem para sofrer cada fobia clichê dessa kk.

P.S: Quero ler o texto de alguém falando que GOSTOU.
Grata pela atenção!​
 

Brunus

Bam-bam-bam
Mensagens
3.562
Reações
2.725
Pontos
389
Arrival (A Chegada - 2016)

arrival.jpg


Bomzão. Aquele saborzinho de O Contato, mesmo que 'nada a ver'. Na verdade a comparação pode ser boa: um dos filmes dá mais tela para os 'ets' e efeitos especiais, o outro é até mais 'pé no chão' e comedido.


Dune (Duna - 2021)

duna-poster-760x950.jpg


Bem espetaculoso. Belíssimo acabamento. Um filmão mesmo: grande demais :klolwtf- e absurdamente menor que o primeirão. Não digeri muito bem esse aqui.
 

Preses

Bam-bam-bam
Mensagens
9.362
Reações
4.997
Pontos
439
Acabei de assistir ao Duna aqui... Alguém pode me explicar o sucesso desse filme?

Que troço chato. Roteiro mais aleatório. As coreografias de lutas são péssimas.

Só o visual do filme que salva. Cenários e máquinas espetaculares.

228604

Nota: 6/10
 
Ultima Edição:

Riveler

Bam-bam-bam
VIP
GOLD
Mensagens
2.654
Reações
4.684
Pontos
314
Revi, nesta madrugada, um filme que eu aluguei há muitos anos em VHS: O Mistério de Karmina (Karmina, Canadá, 1996).

Karmina-film-images-df64371d-0361-4235-a9c3-991fb598c85.jpg



Filme de comédia com toques de terror, tipo Beetlejuice, Caça-Fantasmas, etc, onde vemos uma jovem vampira da Transilvânia em idade casadoura (200, 250 anos?) ser forçada a se casar com um próspero comerciante de "nabos", chamado Vlad, mas que, para escapar da sina nefasta que a aguarda, foge do castelo de seu pai, o poderoso vampiro Barão na noite em que seu noivado iria ser anunciado e vai para o Canadá, em busca de refúgio.

O filme conta com a presença de Isabelle Cyr, no papel de Karmina, a vampira fujona.
oUuLcA5Z9byugOfjPfmrVupg2K0.jpg





Yves Pelletier, como Vlad Sanguinars que é muito engraçado em seu papel de vampiro caricato. A cena da dança é memorável.
R.b1cbfda2f9bcea84d7790dadfe099416



Robert Brouillette, como Phillipe, o músico.
karmina_robert-brouillette_filmsquebecdotcom.jpg



Há muitas piadinhas legais, trocadilhos intraduzíveis e menções outros filmes de vampiro, como Nosferatu e Dracula de Bram Stoker, sem ficar parecendo um daqueles filmes da série Todo Mundo em Pânico. A maquiagem também é outro ponto forte do filme, tornando alguns dos atores praticamente irreconhecíveis em suas formas vampirescas. No entanto, os efeitos especiais são sofríveis, mas não poderia ser diferente por se tratar de um filme de baixo orçamento.
Nota 8

Existe uma continuação, mas eu nunca achei legenda em português para ela e acabei desistindo de ver. Mas agora que posso ler inglês mais rápido, vou ver se acho legenda neste idioma.
 

Leandro2112

Bam-bam-bam
Mensagens
1.503
Reações
1.869
Pontos
203
Matrix - The Matrix (1999) - Lana Wachowski e Lilly Wachowski - Excelente


228692

Assistindo agora, mais de duas décadas depois, é impossível não reconhecer o marco que Matrix foi para o cinema, mesmo que alguns efeitos sendo vistos hoje em dia não tenham envelhecido tão bem, no geral tudo é bastante marcante.
A história é muito bem apresentada e conduzida. As cenas de lutas são emblemáticas, muito por conta do esforço do elenco, que está ótimo por sinal.
Matrix é um filme obrigatório para todos, cinéfilos ou não.
 

Leira

Bam-bam-bam
Mensagens
2.033
Reações
1.665
Pontos
249
Amor sem Medida

Comédia romântica da Netflix que conta a história de um casal, uma mulher alta (Juliana Paes) e um homem portador de nanismo (Leandro Hassum com efeitos especiais), e a forma como lidam com o preconceito e barreiras criadas por eles próprios. O filme causou uma certa polêmica, pois nem todos concordaram em colocar o Leandro Hassum como protagonista, ao invés de um ator PCD, além de fazer algumas piadas consideradas impróprias. A polêmica ganhou força com o relato da atriz Juliana Caldas, que é portadora de nanismo e criticou bastante o longa. Apesar disso, o filme teve críticas positivas de forma geral.

Deixando a polêmica de lado, achei um bom filme, engraçado na maior parte do tempo e com uma história romântica que encaixa. O pessoal que assiste séries como "Os Pequenos Johnstons" e "Pequena Grande Família" talvez identifique algumas situações apresentadas no filme. Não é o melhor filme de comédia romântica de todos os tempos, mas vale para passar o tempo.

228754
 

thiago_solid

Supra-sumo
Mensagens
767
Reações
1.520
Pontos
173
Matrix - The Matrix (1999) - Lana Wachowski e Lilly Wachowski - Excelente


Visualizar anexo 228692

Assistindo agora, mais de duas décadas depois, é impossível não reconhecer o marco que Matrix foi para o cinema, mesmo que alguns efeitos sendo vistos hoje em dia não tenham envelhecido tão bem, no geral tudo é bastante marcante.
A história é muito bem apresentada e conduzida. As cenas de lutas são emblemáticas, muito por conta do esforço do elenco, que está ótimo por sinal.
Matrix é um filme obrigatório para todos, cinéfilos ou não.

quando anunciaram que sairia um novo matrix eu tratei de maratonar a trilogia de novo, e matrix continua foda mesmo!!
 

Rodrigo91

Veterano
Mensagens
803
Reações
708
Pontos
143
Assisti Ataque dos cães, novo filme com o Benedict Cumberbatch, e nunca vi tanto personagem esquisito reunidos em um mesmo filme kkkkk, toda hora eu ficava me questionando, o que vc tá fazendo, pq tá falando isso, o que isso significa, tudo esquisito, sei nem que nota dar pra esse filme, quem curte filme bizarro vai curtir, mesmo sendo estranhas as atuações estão boas, só assistindo pra entender o que falei, e já aproveita e me explica a relação do cão nessa história aí kkkkkk
 

Metal God

Ei mãe, 500 pontos!
GOLD
Mensagens
35.286
Reações
30.423
Pontos
944
Assisti Ataque dos cães, novo filme com o Benedict Cumberbatch, e nunca vi tanto personagem esquisito reunidos em um mesmo filme kkkkk, toda hora eu ficava me questionando, o que vc tá fazendo, pq tá falando isso, o que isso significa, tudo esquisito, sei nem que nota dar pra esse filme, quem curte filme bizarro vai curtir, mesmo sendo estranhas as atuações estão boas, só assistindo pra entender o que falei, e já aproveita e me explica a relação do cão nessa história aí kkkkkk
Num review que li, o cara tava exaltando o filme porque ele mostra como masculinidade tóxica prejudica a vida de todo mundo. Depois de ler isso, já fiquei com um pé atrás e diminuiu a vontade de ver o filme.
 

EgonRunner

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.693
Reações
26.732
Pontos
553
Num review que li, o cara tava exaltando o filme porque ele mostra como masculinidade tóxica prejudica a vida de todo mundo. Depois de ler isso, já fiquei com um pé atrás e diminuiu a vontade de ver o filme.

as vezes um charuto é só um charuto, já dizia Freud.

é como ver O Nascimento de Uma Nação ou Encouraçado Potemkin nos dias de hoje.
independente da mensagem, é possível admirar a qualidade cinematográfica desses filmes sem se deixar levar pela narrativa planfetária e deturpada dos críticos.

mas nas críticas que li não vi comentário disso de masculinidade tóxica (deve ser porque filtro esse tipo de coluna).
até porque o personagem principal é, claramente, homossexual reprimido e isso causa toda a tensão com os pais, irmão e família deste.
provavelmente Benedito vai ser indicado ao Oscar.
 

Niko

V Has Come To
VIP
Mensagens
6.721
Reações
6.424
Pontos
354
oRjfHac.jpg


Citizen Kane (1941)


Gostei do filme, é muito bom, mas não sei se concordaria de ele ser o melhor de todos os tempos ou um dos melhores, uma obra de arte. É de fato uma excelente produção, que consegue trazer uma narrativa intrigante com vários atores e personagens muito bons, mas não consegui ver tudo isso que muita gente preza.
O destaque vai, em minha opinião, para direção do Orson Welles, simplesmente fantástica numa trama que parece ser biográfica, mas é ficcional e que prende o telespectador até o fim. Definitivamente um cinematógrafo à frente de seu tempo, por muitos momentos senti muita semelhança com filmes do Martin Scorsese, até um pouco de ''O aviador'', talvez pela temática da trama e pela personalidade à parte do protagonista. Os ângulos e cortes são muito bons, assim como o uso de trilha sonora em momentos cruciais, elevem demais o nível da narrativa. A atuação do Orson Welles também se destaca, assim como o roteiro que ele co-escreveu, podemos notar vislumbres de um verdadeiro artista de categoria mesmo lá naqueles tempos distantes dos atuais, também porque apesar do filme ser de 1941 ele muito parece ser mais atual, moderno e charmoso, não envelheceu tão mal, se é que envelheceu.
O roteiro original, de fato, merece todas as aclamações, muito bem concatenado e trabalhado da melhor forma a extrair o melhor da narrativa e dos personagens, mesmo sendo focado em seu protagonista. Até por não ser linear, demonstra mais ainda a perspicácia e talento dos envolvidos nessa inovação na produção daquela época.
Como disse, o filme é muito bom, mas não sei se é essa obra de arte como melhor filme de todos os tempos que muitos dizem, mas por óbvio, é um excelente filme, recomendo, vale a pena.



3KKvtvA.jpg


Mank (2020)

É uma excelente produção do David Fincher. Esse diretor está entre meus favoritos e estava ansioso por esse filme principalmente por ser seu primeiro em mais de 6 anos e agente pode ver que o cara é um put* cinematógrafo, consegue trazer toda a beleza dos filmes daquela época e conseguiu "copiar" o estilo e o gênero de forma maravilhosa. Mas, mesmo assim, creio que o filme não é pra todo mundo, meio lento em alguns momentos, demora pra deslanchar, alguns diálogos são complexos e rápidos demais. Também é necessário ter assistido o Cidadão Kane pra entender melhor. Ele tenta fazer uma ''continuação'' stand alone se é que isso é possível, traz a visão do principal roteirista do filme do Orson Welles e sua excêntrica personalidade. Gary Oldman está impecável nesse filme, é impressionante como o cara consegue desempenhar dessa forma, em muitos de seus filmes a gente esquece que o cara é britânico, seu sotaque americano é quase como se ele fosse americano. O filme também conta com uma ótima cinematografia, trilha original, muitos atores bons e tem até o Tywin Lannister que é sempre muito bom de ver, o ator é muito primoroso e elegante apesar de sempre interpretar o mesmo papel. Os cortes e as transições do David Fincher, assim como a mixagem de som dão um tom ainda mais charmoso ao filme que se aproxima dos filmes daquela época. Ótimo filme, recomendo.

Não sei se concordo muito com o tom do filme querer canonizar demais o Mank. Sim, o roteiro que ele escreveu do Citzen Kane foi um marco e é sensacional, principalmente para a época, mas a gente não pode esquecer do trabalho primoroso feito pelo Orson Welles tanto na direção como na atuação. Sem falar que é muito difícil de saber até que ponto ele teve participação no roteiro, o que ele modificou da peça original do Mank. Esse filme do Mank quis dizer que ele fez todo o trabalho sozinho basicamente e acho isso meio difícil de engolir, por mais que ele tenha feito praticamente todo o roteiro.




aoHbWJh.jpg


007 - No Time to Die (2021)

Um put* filme pra encerrar com chave de ouro. Simplesmente excelente, fiquei impressionado com tudo que entregaram, tava um pouco com pé atrás por causa da escolha da atriz negona lá e da Phoebe Waller-Bridge, que é uma ótima roteirista, mas de comédia, mas ao terminar de ver o filme podemos concluir que 007 sempre será 007, a pegada sempre vai ser a mesma, quem conhece sabe. O diretor Cary jogi fukunaga representa muito o que a série se tornou nesses últimos anos com o Daniel Craig, com filmes mais sérios, diretores de alto calibre e roteiros mais bem trabalhados. O diretor desse filme consegue deixar sua marca mesmo tendo que trazer a marca obrigatória de uma cinematografia de 007, meu destaque vai para as cenas de ação e para uma sequência típica do diretor no final que lembra a sequência ininterrupta de um episódio do True Detective dirigido pelo mesmo. É possível ver também clara inspiração no Sam Mendes que dirigiu de forma magistral os dois últimos filmes.
O filme é uma clara continuação do filme anterior, que aliás virou marca dessa saga do Daniel Craig, um composto de filmes trabalhados como se fossem continuações de uma mesma história, algo nunca visto antes em 007. Algo jamais visto também em 007 foi a repetição de uma bondgirl interpretando a mesma personagem, em minha opinião a Léa seydoux foi uma ótima escolha pra isso acontecer e sua relação com o Bond traz à tona toda uma carga que só Daniel craig conseguiu fazer desde Casino Royale (2006), trazendo mais sentimentos e emoções ao agente, algo raramente visto, consagrando de vez como o melhor ator de james bond de todos os tempos, pra mim bateu o Sean Connery.
O filme também conta com a atriz Ana de Armas, confesso que nunca tinha visto ela, embora tenha ouvido falar, e não tinham como errar na finalíssima bondgirl, simplesmente deslumbrante, carismática e sexy. Já que houve bastante discussão de fazer ou não um 007 mulher eu não me importaria de ver essa personagem como 007, ficou sensacional. A negona que tem bastante destaque foi uma boa adição tbm, mas não sei se representaria o 007 como fã de 007 quer ver.
A trama consegue trazer originalidade, pelo menos em 007, falando especificamente das armas de seu vilão, foi algo que acredito não ter visto em 007 e olha que vi todos os filmes. Agora do vilão em si creio que não poderíamos esperar muita coisa, achei bom, mas convenhamos, todo o vilão de 007 traz consigo um estigma, um estereótipo bem batido de 007 e mesmo trazendo ganhadores de Oscar, como Javier Bardem, Christopher Waltz e Rami Malek fica muito difícil de entregar algo diferente, é tipo super herói da marvel o ator pode ser o melhor de todos os tempos, mas não vai trazer nada original, por isso não tem nem como culpar o Malek, ainda assim dentro dos limites acho que foi aceitável.
Enfim, excelente filme, super recomendo, até não me importaria se nunca mais fizessem filmes do 007, foi uma ótima conclusão.
 

Grief

Bam-bam-bam
Mensagens
1.136
Reações
3.549
Pontos
303
Eternos da Marvel.

maxresdefault.jpg


Filme, tecnicamente falando, muito bem feito e produzido.
História bem + ou - e trilha sonora eu achei boa.
Uma coisa que me incomodou foi o excesso de "lacração" e veadagem o que implica em certas inconsistências no enredo.
 

Rodrigo91

Veterano
Mensagens
803
Reações
708
Pontos
143
Num review que li, o cara tava exaltando o filme porque ele mostra como masculinidade tóxica prejudica a vida de todo mundo. Depois de ler isso, já fiquei com um pé atrás e diminuiu a vontade de ver o filme.
Sim da pra perceber essa intenção no filme durante uns 40% do filme, da uma incomodada um pouco e depois da uma soltada, faz isso umas 2 a 3 vezes, e ainda bem q não chegou aos finalmentes de “Brokeback Mountain” kkkk
 

Tsultrim

Bam-bam-bam
Mensagens
10.359
Reações
3.236
Pontos
444
Eternos da Marvel.

maxresdefault.jpg


Filme, tecnicamente falando, muito bem feito e produzido.
História bem + ou - e trilha sonora eu achei boa.
Uma coisa que me incomodou foi o excesso de "lacração" e veadagem o que implica em certas inconsistências no enredo.

Eu queria entender uma coisa: Esse Eternos tem algo a ver com aquele seriado do Netflix de um grupo de heróis que é uma família e que tentam ser bons ?
 

Metal God

Ei mãe, 500 pontos!
GOLD
Mensagens
35.286
Reações
30.423
Pontos
944
melhor passar longe então
Verei igual, porque...
as vezes um charuto é só um charuto, já dizia Freud.

é como ver O Nascimento de Uma Nação ou Encouraçado Potemkin nos dias de hoje.
independente da mensagem, é possível admirar a qualidade cinematográfica desses filmes sem se deixar levar pela narrativa planfetária e deturpada dos críticos.

mas nas críticas que li não vi comentário disso de masculinidade tóxica (deve ser porque filtro esse tipo de coluna).
até porque o personagem principal é, claramente, homossexual reprimido e isso causa toda a tensão com os pais, irmão e família deste.
provavelmente Benedito vai ser indicado ao Oscar.
Exatamente isso.
Sim da pra perceber essa intenção no filme durante uns 40% do filme, da uma incomodada um pouco e depois da uma soltada, faz isso umas 2 a 3 vezes, e ainda bem q não chegou aos finalmentes de “Brokeback Mountain” kkkk
Verei o filme de qualquer jeito.
 

Player_1

Veterano
Mensagens
695
Reações
884
Pontos
133
228993
Deadly Sniper 2019

A China tem grandes filmes, atores e diretores, mas saiu de cena nos últimos anos, e tem feito algumas coisas bem legais mas bem herméticas mais para o gosto do público interno, que pra gente aqui fica até meio obscuro, tive dificuldade até pra saber o nome em inglês do filme.
O filme é uma historinha bacaninha de um atirador chinês contra um japonês na segunda guerra sino japonesa. O estilo e clima do filme lembra um pouco aquele jogo the saboteur do xbox360.
Bem médio até o filme mas com certeza um "worth watching" pra quem quer voltar a explorar o mercado chinês.
 

Grief

Bam-bam-bam
Mensagens
1.136
Reações
3.549
Pontos
303
Eu queria entender uma coisa: Esse Eternos tem algo a ver com aquele seriado do Netflix de um grupo de heróis que é uma família e que tentam ser bons ?
Desculpe, não faço ideia. Eu raramente assisto séries, só assisti esse filme no cinema por recomendação de um colega.
 

Leandro2112

Bam-bam-bam
Mensagens
1.503
Reações
1.869
Pontos
203
Matrix Reloaded - The Matrix Reloaded (2003) - Lana Wachowski e Lilly Wachowski - Bom

229036

Matrix Reloaded não é tão bom quanto o primeiro, mas ainda assim é um bom filme. O elenco principal ainda consegue sustentar bem a trama, mas parece que tudo ficou mais megalomaníaco e o resultado acaba não sendo do mesmo nível das ambições das diretoras.
O destaque fica por conta da cena no trânsito, mesmo hoje em dia a mesma se mostra muito bem dirigida e montada.
Enfim, esse segundo episódio da franquia de Matrix não consegue manter a qualidade do anterior e mesmo sendo uma ponte para o fechamento no terceiro filme, Matrix Reloaded fica naquela galeria dos bons, mas que poderiam ter ido além.
 

Tsultrim

Bam-bam-bam
Mensagens
10.359
Reações
3.236
Pontos
444
007 No time to die:


Tenho estado afastado da franquia, sendo que não assisti aos últimos filmes. O meu review também abrangerá a franquia em si e o que seria o "persona" James Bond e como (a meu ver) tal persona amadureceu.

Algo que nos últimos anos tem me incomodado é a representação unidimensional do James Bond, como se fosse um playboy matador ou "bon viva" com licença para matar.

A meu ver o Daniel Craig trouxe uma outra personalidade à franquia, muito bem vinda e esse filme é a coroação disso. Pois se formos analisar, na verdade o James Bond vive no inferno. Mesmo quando tem momentos de alegria e prazer, não consegue relaxar pois tem alguém à espreita dele para ferir as pessoas que ele ama. Uma vida sem paz é uma das definições mais abertas de inferno em vários caminhos espirituais, e não apenas um lugar com lava, fogo e demônios chicoteando as pessoas como tradicionalmente se conhece.

E, já que ele vive essa vida, faz sentido muito do que ele faz, como não confiar, etc.

É um filme longo, com 2 h 30 min de duração e isso cansa, mas entendo ter como motivo o final da era Daniel Craig e é um fechamento digno.

O filme é muito bem-feito: fotografia, figurino, trilha sonora, cenas de ação, tudo se encaixa no perfil da franquia, embora, a meu ver, exista algo diferente nesse filme, como se fosse uma assinatura que não encaixa totalmente com o histórico da franquia (e isso não é uma crítica, apenas observação).

Para quem não assistiu, segue meu veredicto:

8/10

Com isso, vou ao filme em si e para quem já assistiu:

O filme definitivamente mostra como as ações geram reações da mesma espécie. O pai da Madeleine matou a família do Saifi, e aí ele foi matar toda a família dela, só que em um momento raro de compaixão, salvou a vida dela e por ela ser o único vínculo dele com a bondade e ele ser insano, ele se vinculou a ela de forma doentia.

Alguns diálogos são memoráveis e fica bem claro que o filme quis mostrar (ou levantar a reflexão) que no final o James Bond era um assassino, como aqueles que combatia. A cena final onde ele mata o Saifi desarmado e caído é emblemática neste sentido de que o James Bond é um vilão também, só que com a premissa de ajudar as pessoas. Matar milhares para salvar milhões é ok ? E REALMENTE ajuda? Ficam aí questionamentos levantados pelo filme de forma mais clara que os anteriores que assisti.

E não estou falando de deixar os vilões soltos por aí, mas também parece haver um questionamento sobre as várias mortes de pessoas desarmadas e inofensivas ao longo do filme. No final, o que o separa dos vilões que combate? Um rosto bonito enquanto os vilões tem cicatrizes? A morte do Saifi no final. Aquilo foi justiça? Ou vingança pois o Saifi tirou a coisa mais importante do Bond e ele revidou tirando a vida dele?

Quem se vinga e mata por raiva é um mocinho, ou vilão ?

Nisso a trilogia Nolan do Batman é muito rica e interessante.

Fica uma observação sobre o Saifi: Gosto muito do Malek e gostei do vilão, mas é uma pena que a meu ver dava para ter ido bem mais longe, como foi nos 007 do passado, onde em algum deles o mesmo vilão "passou" de um filme para outro, se não me engano.

Achei interessante a estética zen da fortaleza. Tinha muita coisa que dava para ir mais longe.

E achei ridículo o texto no final de que ele voltaria. Se o cara voltar dos mortos é ridículo e se for um outro James Bond é enganação, além de demonstrar a ganância dos estúdios de manterem a cansada franquia de pé, quando este poderia ser um belo momento para um "descanse em paz James Bond, você serviu à rainha com maestria, agora tenha um pouco de paz".
 

Darkx1

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
26.356
Reações
60.456
Pontos
544
E achei ridículo o texto no final de que ele voltaria. Se o cara voltar dos mortos é ridículo e se for um outro James Bond é enganação, além de demonstrar a ganância dos estúdios de manterem a cansada franquia de pé, quando este poderia ser um belo momento para um "descanse em paz James Bond, você serviu à rainha com maestria, agora tenha um pouco de paz".

Vai ser um novo reboot com elenco completamente novo. Pode anotar.
 

EgonRunner

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.693
Reações
26.732
Pontos
553
229141

Venom 2
já que é pra deixar o Venom "engraçadinho", deviam transformar numa cópia do Deadpool.
e colocar a mesma equipe que fez o CGI do Carnage, porque está muito superior a qualidade gráfica.
no mais, história sem graça que só se salva por algumas piadas.
nota 5/10

229142

Silent Night
filme de apocalipse natalino e humor negro britânico.
não é pra ficar pensando muito na coerência, apenas pra curtir boas atuações e diálogos bem escritos.
nota 7.5/10.
 

makeikow

Bam-bam-bam
Mensagens
2.253
Reações
5.446
Pontos
303
Duna.

Gostei bastante da ambientação, cenários, história, elenco. Esperava mais do final.
9/10
 

albanibr

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
12.838
Reações
25.301
Pontos
599
Ghostbuster-Mais-Alem-Poster.jpg


Ghostbuster Afterlife (2021)

Uma mãe solteira resolve se mudar para uma pequena cidade do interior com seus filhos, e acaba descobrindo uma conexão com os Caça-Fantasmas originais e o que o seu avô deixou para trás como legado.

Confesso que tinha medo que a franquia tivesse morrido depois do filme lacrador de 2015 acho, e olha q nem assisti.
Depois do primeiro trailer tava certo q a coisa ia voltar e pqp, fui recompensado!
Achei o ritmo um pouco lento no começo, mas depois engrena.
Atuações legais, personagens carismáticos (a Phebes é tão fofinha, podcast tem um alívio comico natural)
Enfim, bons efeitos especiais, fan service maravilhoso, e a nostalgia...pqp, to ficando velho e me emocionando com tudo.
Na boa, no meio do filme já tem o primeiro suor no olho involuntário e o final é uma coisa tão maravilhosa, tão honesta e bem feita que respirei fundo p não me entregar as lagrimas.

Que sirva de lição aos produtores RESPEITEM OS FÃS!

nota 9,5/10
 
Topo Fundo