O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Dekasseguis: os imigrantes que trabalham em fábricas japonesas



Insônia

Bam-bam-bam
Mensagens
4.130
Reações
11.150
Pontos
294


















“Nenhum dicionário do mundo seria capaz de traduzir o tom negativo de ‘o que você está fazendo não é o bastante’ quando alguém diz ‘ganbatte’ em uma fábrica”

O relato "Diário de Dekassegui" é da jornalista @JulianaSayuri11, que passou 3 meses trabalhando em uma fábrica japonesa.
1.00

A experiência, contada em forma de diário, é de fins de 2019, mas retrata condições que marcam o fenômeno dekassegui até hoje. Juliana narra o choque dos primeiros dias de treinamento, a rotina desgastante de operar em uma linha de montagem e as tensas reuniões com a chefia.Image
“A jornada vai das 8h às 17h (o teiji, horário padrão) e 'às vezes' se estende até as 20h. Logo no primeiro dia, descobri que o 'às vezes' é sempre”, conta Juliana.Image
“Sucesso é equilíbrio. Se a fábrica produzir só 50 peças perfeitas no dia, nós falimos. Se produzir 700, mas imperfeitas, também falimos. Se falirmos, vocês não recebem salário. Depende de vocês”, discursa o diretor da fábrica, no relato de Juliana.Image
"No fim do dia, meus ombros pesavam uma tonelada. A lombar travou", conta ela.Image
“Reclamar é ‘chorar’, nos jargões da fábrica. Pedir ajuda, dizer que está passando mal ou não está conseguindo acompanhar o ritmo, idem”.Image
“Nem nos melhores livros da minha estante, pensei, poderia ver um retrato tão nu e cru do capital: o shachou (diretor-presidente) lamentou a queda do lucro (o dele) e, mais uma vez, culpou os operários”, narra @JulianaSayuri11.Image
Leia a reportagem especial aqui

DIÁRIO DE DEKASSEGUI: 12 horas em pé, movimentos mecânicos e cronometrados: a rotina dos imigrantes nas fábricas japonesas12 horas em pé, movimentos mecânicos e cronometrados: a rotina dos imigrantes nas fábricas japonesashttps://tab.uol.com.br/edicao/diario-de-dekassegui-parte-1
,,,,,,

Enviado de meu Moto G Play usando o Tapatalk
 

Giant Enemy Crab

Wyrd biõ ful ãræd
GOLD
Mensagens
25.827
Reações
62.249
Pontos
553
eu resolvi "puxar minha lista de inutilidades pra se fazer nas internerds no ócio".
Entre elas estava averiguar a "jornalista".
Lendo os poucos tweets proprietarios dela (e não retweets de sites de noticia em ingles, esse é cheio, vida de jornalista em pt-br pelo jeito é super facil), entre piadas de cunho "Politica e Religião",
encontro essa pérola:
165054

eu estou vivendo uma mentira, achava que os japoneses se juntavam pra comer bolo de natal e frango natalino,
faltavam ao trabalho pra passear com a familia, desejavam feliz natal para as pessoas a sua volta.
Era "comemoração". Achava que as piadas "mas voce é do Brasil, porque não liga pro Natal? seu brasileiro falsificado"
Mas não, a sagaz e iluminada pós-doutoranda em jornalismo que só consegue postar charge e retweet me iluminou.


e lendo os tweets do adjacentes "da matéria",
não sou só eu que achou que ela mentiu loucamente na matéria.
Pegou o que o pai ou mãe dela deve ter falado quando ela era só uma pimpolha no Brasil e replicou como se fosse atual, Ou ela deu muito azar:klolz
 
Ultima Edição:

Giant Enemy Crab

Wyrd biõ ful ãræd
GOLD
Mensagens
25.827
Reações
62.249
Pontos
553
ultima vez ele tava numa obra caido e passou uma rasteira num transeunte

se eu falar que ja conheci um funcionario da Nintendo mais antigo que o primeiro nintendinho, em uma dessas "beber um goró até amanhacer porque não tenho o que fazer até os trens voltarem a circular e os puliça não me deixa dormir"
:klolz

sem duvida uma das conversas mais magnificas que eu ja tive.
O velho era simplismente uma enciclopédia histórica, além de ser super gente fina e gostar de uma bebida russa em copo de café.
 

Follow

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.318
Reações
22.534
Pontos
629
se eu falar que ja conheci um funcionario da Nintendo mais antigo que o primeiro nintendinho, em uma dessas "beber um goró até amanhacer porque não tenho o que fazer até os trens voltarem a circular e os puliça não me deixa dormir"
:klolz

sem duvida uma das conversas mais magnificas que eu ja tive.
O velho era simplismente uma enciclopédia histórica, além de ser super gente fina e gostar de uma bebida russa em copo de café.
bebado rico ou bebado pobre? pq funcionario com mais de 50 anos de empresa são poucos :keehk
 

Giant Enemy Crab

Wyrd biõ ful ãræd
GOLD
Mensagens
25.827
Reações
62.249
Pontos
553
bebado rico ou bebado pobre? pq funcionario com mais de 50 anos de empresa são poucos :keehk
ja tinha se aposentado, rico eu não sei se é, não perguntei, quando os trens voltaram a circular eu peguei um rumo ao centro de Kyoto pois não via a hora de voltar pra casa, a uns 300km dali, e ele pegou outro em sentido contrario, que nunca fui, mas sei que é interior pela geografia do lugar.
 


Follow

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.318
Reações
22.534
Pontos
629
ja tinha se aposentado, rico eu não sei se é, não perguntei, quando os trens voltaram a circular eu peguei um rumo ao centro de Kyoto pois não via a hora de voltar pra casa, a uns 300km dali, e ele pegou outro em sentido contrario, que nunca fui, mas sei que é interior pela geografia do lugar.
foi no passado ou recente a bebedeira?
só falta ter tomando cachaça com yamaguchi :kkk
 

Giant Enemy Crab

Wyrd biõ ful ãræd
GOLD
Mensagens
25.827
Reações
62.249
Pontos
553
foi no passado ou recente a bebedeira?
vish,
faz tempo.
hoje devo morar a uns 450km ou mais de Kyoto.

Em época de covid nem é bom ficar dando bobeira em centro,
se sem covid os puliça ja são chatos quanto a "vadiagem", hoje em dia deve ta um cu.
se pelo menos as policia que aparece de madrugada fossem meninas kawaiis igual uma aqui que vive multando geral do lado do meu apartamento, nem reclamaria
 

Crystal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
24.634
Reações
24.387
Pontos
729

Crystal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
24.634
Reações
24.387
Pontos
729
Nota sete (de nove) não é necessariamente fácil em speaking e writing pra maioria. Mas é possível. Eu sou a prova viva disso hauahauahsu

Qualquer coisa tamos ae.
Obrigado meu caro.
Tenho um primo que praticamente gabaritou a prova e considero ter quase o mesmo nível de inglês que ele, fiz quase 10 anos de curso e conversação.

Não tenho muita pretensão de ir pra lá, mas foi interessante pra caramba ver a pontuação ali na média que você comentou.

A ideia de ir pra fora é muito boa, mas sabe como é a vida do cara aqui, tendo pessoas que dependem de nós.
 

Forbidden Memories

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
1.714
Reações
4.517
Pontos
304
É sempre bom ver alguém que entende do que fala nesses tópicos de país do exterior, que no geral em fóruns é repleto de achismos e estereótipos de pessoas que nunca pisaram lá (tipo uns tópicos de um certo user com a logo do estado de S. Paulo).
 

.Saturno.

Bam-bam-bam
Mensagens
1.679
Reações
2.339
Pontos
303
Isso é uma rotina cansativa, e ainda tem a cobrança da sociedade japonesa, a taxa de suicídio la é alta e a taxa de natalidade la é baixa nao é por acaso
 

Poor_Boy

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.689
Reações
15.136
Pontos
694
Isso é uma rotina cansativa, e ainda tem a cobrança da sociedade japonesa, a taxa de suicídio la é alta e a taxa de natalidade la é baixa nao é por acaso
Toda sociedade tem problema, te garanto que seria uma boa o Brasil ter apenas os problemas do Japão ao inves dos nossos. Lá eles tem as “mais altas taxas de suicídio” que garanto ser apenas uma fração das nossas mortes de trânsito....

Sem contar que somos top assassinatos, latrocínio, crimes passionais, etc. Literalmente somos o país dos bandidos.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

.Saturno.

Bam-bam-bam
Mensagens
1.679
Reações
2.339
Pontos
303
Toda sociedade tem problema, te garanto que seria uma boa o Brasil ter apenas os problemas do Japão ao inves dos nossos. Lá eles tem as “mais altas taxas de suicídio” que garanto ser apenas uma fração das nossas mortes de trânsito....

Sem contar que somos top assassinatos, latrocínio, crimes passionais, etc. Literalmente somos o país dos bandidos.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Mas o bostil é ruim mesmo, nao precisa de esforço pra isso ser melhor, preferia o japao do que o bostil complicado
 

Mim

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
42.953
Reações
40.835
Pontos
984
"Jornalista e historiadora, doc USP, pós-doc UFSC"

e o tom da materia criticando capitalismo, sentiu cru e nu as trevas do mundo do mercado livre

deve ter se segurado mto pra não gritar o amor pelo socialismo. faltou pouco
 

kreator_br

Bam-bam-bam
Mensagens
3.742
Reações
12.324
Pontos
314
Morei lá por um ano e meio e os problemas de adaptação que lá tinham normalmente eram originados pela filhadaputagem brasileira...

Exemplos:

  • falsidade entre funcionarios brasileiros
  • atrasos e enrolacao quanto a entrega de um simples modem para internet comprado em uma loja de informatica brasileira
  • intimidacao dos funcionarios brasileiros mais antigos perante aos novatos brasileiros
  • voce querer mostrar trabalho e pro atividade vai ser taxado como baba ovo
Isso tudo dependendo da cabeça da pessoa acaba destruindo ela mentalmente e muitos acabam ate absorvendo esses comportamentos para serem aceitos pelos grupos. Sem hipocrisia, depois que passei da epoca de cabaço de fabrica maltratei muito novato. Hoje me arrependo. Lugar e gente ruim tem em todo lugar...fica choramingando (eu fiz) não vai ajudar em nada. Depois que se cria uma casca, dá pra viver de boa.

O trabalho é cansativo mas ao meu ver é remunerado adequadamente. Normalmente quem reclama quer vida mansa e afago.
 

Kaiji

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.649
Reações
23.801
Pontos
654
eu resolvi "puxar minha lista de inutilidades pra se fazer nas internerds no ócio".
Entre elas estava averiguar a "jornalista".
Lendo os poucos tweets proprietarios dela (e não retweets de sites de noticia em ingles, esse é cheio, vida de jornalista em pt-br pelo jeito é super facil), entre piadas de cunho "Politica e Religião",
encontro essa pérola:
Visualizar anexo 165054

eu estou vivendo uma mentira, achava que os japoneses se juntavam pra comer bolo de natal e frango natalino,
faltavam ao trabalho pra passear com a familia, desejavam feliz natal para as pessoas a sua volta.
Era "comemoração". Achava que as piadas "mas voce é do Brasil, porque não liga pro Natal? seu brasileiro falsificado"
Mas não, a sagaz e iluminada pós-doutoranda em jornalismo que só consegue postar charge e retweet me iluminou.


e lendo os tweets do adjacentes "da matéria",
não sou só eu que achou que ela mentiu loucamente na matéria.
Pegou o que o pai ou mãe dela deve ter falado quando ela era só uma pimpolha no Brasil e replicou como se fosse atual, Ou ela deu muito azar:klolz

Primeira coisa que eu fiz foi pesquisar quem era a mina. Nem li a matéria com atenção.
A pessoa não entende que, culturalmente, a forma como o japonês encara o trabalho é diferente.
As leis trabalhistas estão se atualizando, aos poucos, e obviamente, elas visam o lucro da empresa (que costuma pagar os bônus do funcionários). Não é uma rotina fácil, quase nunca é. Porém, nem toda fábrica é esse inferno na Terra que a mina tá pitando ai...

Ganbatte, usando nesse contexto, tá mais como o nosso "é foda".
Se fosse para ter um tom rude ou imperativo, como a mina falou, eles utilizariam ganbare, provavelmente.
 

Giant Enemy Crab

Wyrd biõ ful ãræd
GOLD
Mensagens
25.827
Reações
62.249
Pontos
553
Primeira coisa que eu fiz foi pesquisar quem era a mina. Nem li a matéria com atenção.
A pessoa não entende que, culturalmente, a forma como o japonês encara o trabalho é diferente.
As leis trabalhistas estão se atualizando, aos poucos, e obviamente, elas visam o lucro da empresa (que costuma pagar os bônus do funcionários). Não é uma rotina fácil, quase nunca é. Porém, nem toda fábrica é esse inferno na Terra que a mina tá pitando ai...

Ganbatte, usando nesse contexto, tá mais como o nosso "é foda".
Se fosse para ter um tom rude ou imperativo, como a mina falou, eles utilizariam ganbare, provavelmente.
Provavelmente seria mandar trabalhar mesmo.
Gambare é muito usado pra qualquer coisa também.
Bem comum ver placas na rua escrito "gambare nihon" quando o país precisa passar por algo(tsunami, covid) ou ganhar alguma competição esportiva.
 
Topo