O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Luis Miranda USA vence eleição para deputado



geist

Bam-bam-bam
Mensagens
9.602
Reações
33.155
Pontos
353
Vai dar em nada isso aí. No máximo (bota máximo nisso) ele não conseguirá se reeleger.
O cara é mais liso que sabonete em banheiro de presídio.
 

Adam Sandler

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.027
Reações
42.149
Pontos
553
Tenho pena nenhuma de quem investiu isso.
Em todo vídeo ele falava que não precisava trabalhar kkk
O cara transpira estelionatáriez ...
Ele tem o perfil para outro tipo de negócio, a forma que fala geralmente vemos milhares assistindo.
 


sua mãe

Habitué da casa
Mensagens
350
Reações
534
Pontos
93
uahsuhasu tem que se fuder mesmo, maluco ostentava nota falsa na interwebz pra pagar de milionário
 

Ultima Weapon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.122
Reações
15.691
Pontos
629

k1llm4ster

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.175
Reações
10.877
Pontos
724
Cara, eu não sei se tenho dó das vitimas ou raiva...

Cara, eu tenho um puta MEDO de colocar meu dinheiro numa XP, Banco qualquer da vida imagina enviar na conta PF de alguém em outro país... kk sei la..
 

Adam Sandler

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.027
Reações
42.149
Pontos
553
Cara, eu não sei se tenho dó das vitimas ou raiva...

Cara, eu tenho um puta MEDO de colocar meu dinheiro numa XP, Banco qualquer da vida imagina enviar na conta PF de alguém em outro país... kk sei la..
Por que você acha que as igrejas estão cheias?
 

k1llm4ster

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.175
Reações
10.877
Pontos
724
Por que você acha que as igrejas estão cheias?
Não acho uma comparação válida.
Igreja não vende sonhos e sim um caminho para a Fé das pessoas em algo maior, seja ela qual for, só sou contra em não pagarem impostos mas se o cara quer dar dizimo pro pastor paciência mas não vejo semelhança ao caso do Luiz Miranda.
 

drdreh

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.349
Reações
17.171
Pontos
599
viram isso?

só vai pagar a dívida se a Globo pagar a dela antes! kkkkkkkkkkkk

vai colocar todo o patrimonio dele a venda se a Globo pagar a divida dela antes kkkkkk

"Desafio a Globo a pagar sua dívida com a sociedade e a minha será paga!"

 

geist

Bam-bam-bam
Mensagens
9.602
Reações
33.155
Pontos
353
O brasileiro quer ser tão espertão que só toma no cu. Claro que não todos, mas é o velho ditado: o que vem fácil vai fácil.
 

Wayne Gretzky

Mil pontos, LOL!
Mensagens
38.479
Reações
52.484
Pontos
1.024
Conheço esse picareta desde 2015 quando ele virou youtuber. Naquela época ele tinha poucos seguidores e xingava todos que zuavam a pregação dele.

Já tive a honra de ser chamado de FDP pelo Lulu. :klol
 

extremepower

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
26.627
Reações
34.011
Pontos
649

constatine

Bam-bam-bam
Mensagens
4.514
Reações
21.982
Pontos
294
Só atualizando para manter a linha cronológica:

Deputado federal do DF é acusado de aplicar golpes milionários no Brasil e nos EUA
Reportagem do Fantástico entrevistou 25 pessoas que se dizem vítimas de Luis Miranda, do DEM; 11 gravaram entrevista. Parlamentar nega as acusações.

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) é acusado de aplicar golpes milionários em quem aceitasse se tornar sócio dele em supostos negócios no Estados Unidos. O caso foi revelado neste domingo (8) pelo Fantástico.

A reportagem conversou com 25 pessoas que se dizem ter sido vítimas de Luis Miranda. Onze gravaram entrevista. Destas, nove preferiram não se identificar porque disseram ter medo do parlamentar.

O empresário Sandro Silveira Antonalia contou ao Fantástico que teve um prejuízo de cerca de R$ 150 mil.

Minha surpresa é que, de tudo o que ele prometeu, não aconteceu nada.”
Outro empresário, que não quis se identificar, disse que acreditou em Luis Miranda quando ele começou a vender franquias da Fitcorpus — clínica de estética criada em 2008 pelo deputado.

“Ele ficava com todo o lucro, praticamente. A gente dependia dele para o aluguel de máquinas e era onde realmente se ganhava dinheiro, que era com os equipamentos de laser”, afirmou.

Segundo o empresário, depois de quatro meses, a franquia fechou, e até hoje, Luis Miranda não pagou o que lhe devia: “A gente ficou com um prejuízo de cerca de R$ 200 mil”.

Outra empresária comprou uma franquia da Fitcorpus, mas desistiu no mesmo dia, ao ler o contrato com mais atenção. Ela exigiu a devolução do dinheiro (também cerca de R$ 200 mil), mas também disse que não recebeu nada até hoje.

O deputado nega ter aplicado golpes no Brasil e nos Estados Unidos (veja as declarações no fim da matéria). Após a publicação da reportagem, o DEM informou que Miranda terá de "prestar esclarecimentos".

87448
Youtuber Luís Miranda foi eleito deputado federal pelo DF  — Foto: Arquivo pessoal

Youtuber Luís Miranda foi eleito deputado federal pelo DF — Foto: Arquivo pessoal

Miami

O Conselho Regional de Medicina do DF proibiu a clínica de estética de Luis Miranda de realizar qualquer tipo de procedimento cirúrgico. Ele sofreu pelo menos 26 ações na Justiça — são processos de franqueados, sócios, pacientes e ex-funcionários.

Depois dos processos, Luis Miranda se mudou, em 2014, para os Estados Unidos. Em um vídeo gravado na chegada ao país, ele explicou assim a saída de Brasília: “Fui muito prejudicado pela desonestidade das pessoas no Brasil”.

A equipe do Fantástico foi a Miami, na Flórida. Para ostentar o dinheiro, Miranda chegou a gravar um vídeo em uma concessionária comprando um dos carros mais caros do mundo, pagando por ele mais de R$ 1 milhão.

Nos tempos em que morou nos Estados Unidos, o número de seguidores nas redes sociais de Luis Miranda foi aumentando. Nos discursos de motivação, dizia que “qualquer um pode ter uma casa na beira do mar, é só querer, é uma decisão”. Também afirmou que cresceu “absurdamente” nos Estados Unidos “não é porque eu sou cara mais inteligente do mundo, é que eu aprendi que o meu dinheiro pode trabalhar para mim”. Assim, chegou a 4 milhões de seguidores.

Prometendo ensinar seus segredos para ganhar dinheiro fácil, ele achou uma forma de ganhar dinheiro com os seguidores: vendendo cursos on-line.
“Imagina você ganhar R$ 180 mil dentro de casa, com seus filhos, com seus amigos, tomando cerveja. Botar R$ 180 mil no bolso fazendo simplesmente, absolutamente, nada”, afirmou em um dos vídeos.

Em outra filmagem, Luis Miranda disse que teve 18 mil alunos entre janeiro de 2017 e julho de 2018. Como estratégia para ganhar a confiança de todos, criou um bordão: “Estamos juntos e juntos somos mais fortes”.

87449
Nos Estados Unidos, Luís Miranda trabalha com a venda e a compra de carros e imóveis; ele foi eleito deputado federal pelo DF  — Foto: Arquivo pessoal

Nos Estados Unidos, Luís Miranda trabalha com a venda e a compra de carros e imóveis; ele foi eleito deputado federal pelo DF — Foto: Arquivo pessoal

Curso e sociedade

O empresário Sandro Silveira Antonalia acreditou no curso e disse que pagou por ele R$ 1.200, custo dividido em 12 vezes. Se cada um dos 18 mil alunos anunciados por Luis Miranda tiver pago o mesmo valor, ele teria recebido R$ 21,6 milhões em 18 meses.
“Ele demonstrava ali como se fosse uma coisa muito fácil, muito garantida, que daria muito certo”, disse ao Fantástico uma das vítimas. “É um estelionatário, um quadrilheiro.”

Além dos cursos, Miranda encontrou outra fonte de renda: oferecer sociedade aos seus seguidores nas redes sociais na compra e venda de mercadorias dos EUA, principalmente carros.

Ele afirmava aos seguidores que compraria veículos batidos em leilões, faria reformas em oficinas — inclusive na dele, em Miami — e os colocaria à venda por um preço bem maior. Para isso, os sócios teriam de mandar dinheiro para ele. Segundo as vítimas, Luis Miranda dizia que ficaria com a metade do lucro e o sócio, com a outra metade.

“Eu faço a operação toda para vocês. Vocês ficam despreocupados do início ao fim.”
Um brasileiro que não quis se identificar enviou US$ 60 mil (cerca de R$ 240 mil) para a compra de dois carros. Como não teve lucro, pediu a devolução, pelo menos, do valor investido.

“Era um dinheiro que eu guardava para minha aposentadoria. Fiquei inconformado.”

Grupo de investimento

Em dezembro de 2017, Luis Miranda teve outra ideia — um grupo de investimento. De acordo com ele, os lucros seriam maiores do que os da caderneta de poupança e do Tesouro Direto, por exemplo.
Em um vídeo, Miranda disse que quem investisse US$ 1 mil teria US$ 150 mil após cinco anos.

“Vamos bater metas inacreditáveis e vamos crescer muito, porque o mais importante no mundo é a honestidade.”
Alguns brasileiros foram para os Estados Unidos, para conversar pessoalmente com Luis Miranda. Entre eles, Sandro Antonalia. Depois de fazer o curso on-line, ele queria ser um dos investidores. Para isso, vendeu dois carros e a empresa que tinha no Brasil.

O empresário foi para Miami em maio do ano passado, onde conheceu Miranda. “Convivendo na empresa dele todos os dias, depois de um tempo, eu vi que acabei caindo num golpe. Ele é um vendedor de sonhos”, disse.

Antonalia disse ao Fantástico que Luis Miranda reservou moradia para ele nos Estados Unidos. Quinze pessoas — a maioria delas, brasileiros atraídos pelas promessas de riqueza — dividiam o mesmo espaço.
Depois de três meses, um encontro com investidores, Antonalia disse que tudo não passava de um golpe. Segundo ele, Luis Miranda teria feito ameaças.

“Ele queria me bater com um taco de beisebol que ele tinha no escritório. Tinha arame farpado.”
Depois disso, Antonalia voltou ao Brasil. “Eu vivi toda a tensão. Enquanto não cheguei aqui no Brasil, eu não sosseguei”, afirmou.

Dados falsos

Nos Estados Unidos, a reportagem do Fantástico encontrou Francisco Martins, que trabalhou com Luis Miranda. Ele afirmou que, no primeiro trimestre de 2018, o fundo de investimentos não deu o lucro esperado, mas Miranda mentiu, apresentando dados falsos, de que o ganho líquido por mês tinha sido de 6%.
“Na verdade, essa planilha foi criada com os números reais. Depois, ele mudou. Ele alterou”, disse Martins. Segundo o ex-funcionário, o resultado da mentira foi imediato.

“Teve muitas pessoas que venderam casas, carros. Pegaram dinheiro com familiares, juntaram dinheiro. Pai, mãe, tio… Juntavam dinheiro para mandar para esse investimento.”

O ex-funcionário, que tinha acesso a toda a contabilidade, disse que Luis Miranda tinha pelo menos 280 investidores. Quantas pessoas conseguiram resgatar o dinheiro? “Eu acho que um pouco mais de 10 pessoas. Não mais que isso.”
Um brasileiro que mora nos Estados Unidos investiu US$ 30 mil e não recebeu nenhum retorno. Outro, que mora no Brasil, investiu US$ 50 mil e convenceu um parente a usar o mesmo valor.

“Raspei a poupança e coloquei tudo na mão dele. Me separei, perdi família. Tive que tirar meus filhos da escola.”

Dívida

A estimativa é de que a dívida do deputado chegue a quase R$ 9 milhões. Onde foi parar o dinheiro? Francisco Martins afirmou que Miranda fazia saques da conta onde estava o dinheiro dos investidores para bancar os gastos milionários.

Segundo outro ex-funcionário, a despesa pessoal dele chegaria a R$ 200 mil por mês. Na Flórida, ele morava em um condomínio onde o valor médio de um aluguel é de R$ 16 mil.

“Tudo isso com dinheiro de investidor que estava na conta, e ele usava sem ter uma separação”, diz Martins.
Nas redes sociais, o deputado sempre atribuiu o fracasso dos negócios a uma campanha difamatória liderada por um grupo de internautas.
Nesta semana, a Polícia Civil do DF indiciou quatro pessoas que seriam desse grupo. Nenhuma delas foi ouvida até a noite deste domingo (8). Na noite de quinta-feira (5), um outro suspeito foi preso em Brasília.

Segundo a polícia, ele se encontrou com Luis Miranda e teria exigido R$ 760 mil dizendo que, entre outras promessas, conseguiria evitar que o Fantástico exibisse a reportagem deste domingo sobre o deputado.

Como estão os negócios

A LX Holding, empresa montada por Luis Miranda nos Estados Unidos, funcionava no centro comercial de Miami. Hoje, está abandonada, sem ninguém.
A equipe do Fantástico também esteve em uma oficina que reforma carros comprados em leilão. Segundo testemunhas, o verdadeiro dono é Luis Miranda, mas o deputado teria um “laranja” para cuidar do negócio.

No local, a reportagem foi recebida por um homem que disse se chamar Eudes e ter nascido na República Dominicana.
Primeiro, ele falou que era o dono da oficina e não conhecia Luis Miranda. Depois, disse que era sócio do deputado, que o negócio não estava encerrado e prometeu aos investidores que todos vão receber: “Claro que vai pagar. E Luis Miranda vai ser presidente do Brasil”.

Pelo menos 50 vítimas procuraram a Justiça exigindo a devolução do dinheiro relacionado a investimentos nos Estados Unidos.

87450
Deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) — Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) — Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Vida pública

Em setembro do ano passado, Luis Miranda anunciou que voltaria a Brasília, onde nasceu, para se lançar candidato a deputado federal. Foi eleito com mais de 65 mil votos.

Durante a campanha, ele disse que não queria “salário do governo, verba de gabinete, nada disso”, pois pretendia dar o exemplo.
Ele não cumpriu o que disse na campanha: por mês, recebe R$ 33.700 do salário de deputado e mais R$ 111 mil de verba de gabinete. Ele é titular em 10 comissões na Câmara dos Deputados, entre elas a da Previdência Social, a de Finanças e Tributação, e a de Reforma Tributária.

Além disso, Luis Miranda teve as contas da campanha reprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral. Ele recorre da decisão.
O deputado também enfrenta processo de cassação na Justiça Eleitoral e foi obrigado a entregar o passaporte para a Polícia Federal devido a um outro processo, sobre indenização. Ele também está recorrendo desta decisão.

Miranda também é investigado pela procuradoria-geral da República. A apuração é sigilosa.

O que Luis Miranda diz

Luis Miranda conversou com a reportagem do Fantástico na tarde deste sábado (7), na casa dele, em Brasília. O deputado negou ter aplicado golpes no Brasil e nos EUA e voltou a culpar os ataques virtuais que, segundo ele, tinham como um dos objetivos tirá-lo do mercado de cursos on-line.

“Foi minado o capital por causa desses ataques. O faturamento despencou, caiu em 90%. Infelizmente, existem pessoas mau caráter. E esse não sou eu. Estou aqui de cara aberta querendo resolver os meus problemas. E resolvendo todos da forma mais correta possível, dentro da lei”, afirmou.

Sobre Sandro Silveira Antonalia, que se diz vítima do golpe, o deputado alegou que ele nunca foi um investidor. Sobre a suposta falsificação das planilhas apresentadas aos sócios, Miranda culpou o ex-funcionário: “Eu não sou especialista em números, ele era a pessoa que se responsabilizava por isso. Ele vai responder por isso e vai responder de verdade”.

Luis Miranda alegou também que, por causa de gastos de campanha, ainda não abriu mão do salário de deputado, mas que vai fazer isso. Afirmou também que nunca gastou dinheiro dos outros.

“Eu ganhei R$ 4 milhões e meio só com a venda de cursos. Me permite comprar uma Lamborghini nos Estados Unidos de US$ 250 mil”, disse. Questionado sobre por que não a vendia para quitar as dívidas, respondeu que a empresa está “cumprindo seu papel legal” e que, se a empresa se encontrar “numa situação impossível de efetuar seus pagamentos”, o patrimônio dele estará “à disposição”.

O deputado disse que as pessoas estão recebendo as dívidas: “Elas estão recebendo. Estão pagando toda semana. Mas, infelizmente, tem pessoas que querem furar fila. A gente montou uma fila porque foi uma quantidade imensa de resgates. É um a um. É lento. São 50 pessoas querendo sair agora, está pagando um por semana. Às vezes, um a cada 15 dias. Então é lento, mas está pagando. Sabe qual é o problema das pessoas? Elas querem entrar em um negócio e só ganhar. Quando tem uma dificuldade, ninguém quer passar dificuldade”.
https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2019/09/08/deputado-federal-do-df-e-acusado-de-aplicar-golpes-milionarios-no-brasil-e-nos-eua.ghtml







Em áudio, deputado Luis Miranda conta estratégia para conseguir nunca ser intimado pela Justiça

'Seria ludibriar, fraudar o sistema jurídico, pra gente ganhar fôlego', disse, em 2013, durante reunião. Conteúdo está anexado a um dos processos contra o parlamentar.

87458
Deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) terá prestar esclarecimentos ao DEM — Foto: TV Globo/Reprodução

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), acusado de aplicar golpes milionários em vítimas no Brasil e nos Estados Unidos, tinha uma estratégia para escapar da Justiça: dar um jeito de nunca ser intimado.

A TV Globo obteve um áudio gravado de 2013, no qual ele explica o plano durante uma reunião com funcionários. O conteúdo está anexado a um dos processos contra Miranda:

"Seria ludibriar, fraudar o sistema jurídico, pra gente ganhar fôlego pra poder criar metodologias pra ganhar dinheiro."

Ouça o áudio [no link]


Deputado federal Luis Miranda (DEM) conta estratégia para não ser intimado pela Justiça

Deputado federal Luis Miranda (DEM) conta estratégia para não ser intimado pela Justiça

A estratégia do deputado era mandar que os funcionários dissessem que a Fitcorpus não funcionava no local onde estava. O juiz, então, perguntaria a quem o processou onde seria a empresa. Quando a vítima respondesse que era no mesmo lugar, o juiz diria que o oficial de Justiça – que tem fé pública – foi ao local e descobriu que ali funcionava outra empresa.

No áudio, o próprio Luis Miranda disse que a medida era "imoral", mas admitiu que, assim, "a Justiça não pode fazer nada": "Ela trava se ela não acha a empresa".

Leia a transcrição do áudio

"Eu comecei a ver os resultados do processo. Quando o oficial de Justiça voltar, vamos dizer assim: 'Não, a Fitcorpus Clínica de Estética não é lá'.
A decisão do juiz era assim: 'Bom, se não é lá... pergunta pra outra parte onde é.

A outra parte: 'Mas é lá'.

[O juiz:] 'Não. Uma pessoa que tem fé pública, que é o oficial de Justiça, foi lá e disse que e não é lá. Lá tem outra empresa. Fitcorpus Assessoria e Serviços Ltda, que é uma franqueadora.

É imoral, mas é um jogo que depois, aí vai do meu bom-senso, vai da minha decência, de decidir o seguinte: essa pessoa merece receber, essa não, essa era sacanagem, essa aqui eu devo de verdade.

Na Justiça, a Justiça não pode fazer nada. Ela trava se ela não acha a empresa."


O que Luis Miranda diz

Em vídeo enviado à TV Globo, o deputado perguntou "o que está de errado nisso": "Eu estava orientando umas pessoas de que, se fossem à minha empresa, eu atenderia, iria obviamente dar a devida atenção e efetuar o pagamento, conforme o próprio áudio fala, daqueles que provavelmente a gente deveria".

"Agora, nos casos em que era sacanagem, que o processo não era nosso, era de outro franqueado, esses eu não iria pagar. Claro que não. O que está de errado nisso?"
Desde sábado (7), quando foi entrevistado pela equipe do Fantástico, Luis Miranda nega todas as acusações. Ele prometeu ao DEM prestar esclarecimentos até quarta-feira (11).
A assessoria de imprensa de Luis Miranda não soube informar se o parlamentar vai à Câmara dos Deputados nesta segunda-feira, porque ele passou por cirurgia de hérnia em 31 de agosto.

87459
Deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) é acusado de aplicar golpes no Brasil e nos EUA — Foto: TV Globo/Reprodução

Deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) é acusado de aplicar golpes no Brasil e nos EUA — Foto: TV Globo/Reprodução

Relatos de vítimas

O empresário Sandro Silveira Antonalia contou ao Fantástico que teve um prejuízo de cerca de R$ 150 mil.

“Minha surpresa é que, de tudo o que ele prometeu, não aconteceu nada.”
Outro empresário, que não quis se identificar, disse que acreditou em Luis Miranda quando ele começou a vender franquias da Fitcorpus — clínica de estética criada em 2008 pelo deputado..
“Ele ficava com todo o lucro, praticamente. A gente dependia dele para o aluguel de máquinas e era onde realmente se ganhava dinheiro, que era com os equipamentos de laser”, afirmou.



Deputado federal é acusado de aplicar golpes milionários em seguidores nas redes sociais

Deputado federal é acusado de aplicar golpes milionários em seguidores nas redes sociais
Segundo o empresário, depois de quatro meses, a franquia fechou, e até hoje, Luis Miranda não pagou o que lhe devia: “A gente ficou com um prejuízo de cerca de R$ 200 mil”.
Outra empresária comprou uma franquia da Fitcorpus, mas desistiu no mesmo dia, ao ler o contrato com mais atenção. Ela exigiu a devolução do dinheiro (também cerca de R$ 200 mil), mas também disse que não recebeu nada até hoje.

Depois que se mudou para os Estados Unidos, em 2014, e ficou famoso nas redes sociais Miranda também ofereceu cursos on-line e sociedades em revenda de carros reformados e em grupos de investimentos.

Francisco Martins, ex-funcionário do parlamentar, tinha acesso a toda a contabilidade. Ele disse que Luis Miranda tinha pelo menos 280 investidores. Quantas pessoas conseguiram resgatar o dinheiro? “Eu acho que um pouco mais de 10 pessoas. Não mais que isso.”

Um brasileiro que mora nos Estados Unidos investiu US$ 30 mil e não recebeu nenhum retorno. Outro, que mora no Brasil, investiu US$ 50 mil e convenceu um parente a usar o mesmo valor.

“Raspei a poupança e coloquei tudo na mão dele. Me separei, perdi família. Tive que tirar meus filhos da escola.”
A estimativa é de que a dívida do deputado chegue a quase R$ 9 milhões. Pelo menos 50 vítimas procuraram a Justiça exigindo a devolução do dinheiro relacionado a investimentos nos Estados Unidos.

Outros casos

Além disso, Luis Miranda teve as contas da campanha reprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral. Ele recorre da decisão.
O deputado também enfrenta processo de cassação na Justiça Eleitoral e foi obrigado a entregar o passaporte para a Polícia Federal devido a um outro processo, sobre indenização. Ele também está recorrendo desta decisão.

Miranda também é investigado pela procuradoria-geral da República. A apuração é sigilosa.

87460
Nos Estados Unidos, Luís Miranda trabalha com a venda e a compra de carros e imóveis; ele foi eleito deputado federal pelo DF  — Foto: Arquivo pessoal

Nos Estados Unidos, Luís Miranda trabalha com a venda e a compra de carros e imóveis; ele foi eleito deputado federal pelo DF — Foto: Arquivo pessoal

Luis Miranda conversou com a reportagem do Fantástico na tarde deste sábado (7), na casa dele, em Brasília. O deputado negou ter aplicado golpes no Brasil e nos EUA e voltou a culpar os ataques virtuais que, segundo ele, tinham como um dos objetivos tirá-lo do mercado de cursos on-line.

“Foi minado o capital por causa desses ataques. O faturamento despencou, caiu em 90%. Infelizmente, existem pessoas mau caráter. E esse não sou eu. Estou aqui de cara aberta querendo resolver os meus problemas. E resolvendo todos da forma mais correta possível, dentro da lei”, afirmou.

Sobre Sandro Silveira Antonalia, que se diz vítima do golpe, o deputado alegou que ele nunca foi um investidor. Sobre a suposta falsificação das planilhas apresentadas aos sócios, Miranda culpou o ex-funcionário: “Eu não sou especialista em números, ele era a pessoa que se responsabilizava por isso. Ele vai responder por isso e vai responder de verdade”.
https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2019/09/09/em-audio-deputado-luis-miranda-conta-estrategia-para-conseguir-nunca-ser-intimado-pela-justica.ghtml









UPDATE: Mais material para reportagens e denuncias.
 
Ultima Edição:

DoMorro

Bam-bam-bam
Mensagens
842
Reações
3.868
Pontos
283
Existe alguma chance dele ser extraditado para responder os processos lá nos EUA? Depois que perder o mandato e o foro privilegiado claro.
 

xxxnerozzz

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.172
Reações
15.500
Pontos
569
Um exemplo de um possível psicopata, não é a maioria que mata, a maioria é isso aí, muitos tem sucesso na vida e ninguém imagina era um psicopata.

Eu não sei o pq fico surpreso de pessoas caírem em um golpe assim, a cara de golpe é enorme
 

constatine

Bam-bam-bam
Mensagens
4.514
Reações
21.982
Pontos
294
Gente enrolada é isso. Se enrola tanto que se enrosca nos próprios fios.
O cara tem rabo preso e fica peitando todo mundo. :brbr


Deputado Luís Miranda responde por abuso de poder econômico e compra de votos no TRE do DF

Parlamentar também é acusado de aplicar golpes em quem aceitasse se tornar sócio dele em supostos negócios no Estados Unidos; deputado nega. Nesta segunda (9), audiência no tribunal foi cancelada.

87613Deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) — Foto: TV Globo/Reprodução

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), responde a quatro processos no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Distrito Federal. Todos têm relação com a compra de votos e o abuso de poder econômico durante a campanha de 2018. O deputado nega as acusações.

Os casos correm em segredo de Justiça e, segundo o tribunal, alguns podem ser agrupados. Nesta terça (9), uma audiência sobre a distribuição de telefones celulares, antes das eleições (entenda abaixo), foi suspensa pelo TRE.

A testemunha que seria ouvida não compareceu. Segundo o advogado, "ela mora em outro estado". O relator vai decidir se ouve a testemunha em um segundo momento, ou não.

No domingo (8), o Fantástico mostrou que Luis Miranda (DEM-DF) é acusado de aplicar golpes milionários em quem aceitasse se tornar sócio dele em supostos negócios no Estados Unidos.

A reportagem conversou com 25 pessoas que dizem ter sido vítimas do deputado. Onze gravaram entrevista. Destas, nove preferiram não se identificar porque disseram ter medo do parlamentar.
Outro empresário, que não quis se identificar, disse que acreditou em Luis Miranda quando ele começou a vender franquias da Fitcorpus — clínica de estética criada por ele em 2008, quando morava em Brasília.
Luis Miranda nega ter aplicado golpes no Brasil e nos Estados Unidos (veja as declarações no fim da matéria).

Depois da denúncia do Fantástico, o Democratas pediu esclarecimentos ao deputado. Luis Miranda ficou de apresentar informações formais ao partido até a próxima quarta-feira (11).

"O Democratas vai continuar acompanhando os desdobramentos do caso", diz a nota do partido.
Sorteio de telefones
87614
Youtuber eleito deputado federal do DF é acusado de corrupção e abuso de poder por sortear celulares na eleição — Foto: Facebook/Reprodução

O deputado federal e ex-youtuber Luis Miranda é acusado de corrupção eleitoral ativa e abuso de poder econômico, no Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE), por ter sorteado telefones celulares dois dias antes do começo da campanha, no ano passado.

De acordo com a denúncia, ele prometeu entregar três aparelhos de última geração – no valor de R$ 6.990 cada – para os participantes que mais interagissem durante a transmissão no Facebook.

O sorteio, ao vivo, foi feito em 14 de agosto de 2018. No dia 18 de agosto, Miranda divulgou os nomes dos vencedores e entregou os aparelhos. Nessa data, a campanha já havia começado.

Segundo o parlamentar, não houve motivação política no sorteio. "Minha empresa nos EUA sorteou, fora do período eleitoral, três iPhones para ganhadores de Miami", disse ao G1, quando foi feita a denúncia.

Segundo o processo no TRE, Luis Miranda usou o próprio cartão de crédito para patrocinar o post do sorteio na internet. Pelas regras, todas as despesas eleitorais têm que ser pagas por meio de uma conta exclusiva da campanha – com um CNPJ apenas para esse fim.
Além disso, a despesa não foi declarada à Justiça Eleitoral. As contas do parlamentar foram reprovadas pelo TRE em dezembro de 2018 (entenda abaixo).

Outros casos
87615
Deputado federal Luís Miranda vinculou seu número de campanha antes mesmo do início da campanha eleitoral; imagem retirada de processo sobre abuso de poder econômico — Foto: Reprodução

Luis Miranda, eleito deputado federal pelo DF com 65.107 votos, teve as contas da campanha reprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral. Ele recorre da decisão.
De acordo com o relator do caso, Waldir Leôncio, Miranda cometeu três irregularidades:

  • comprovação irregular dos gastos;
  • não apresentação dos comprovantes das despesas efetuadas;
  • saques de R$ 95.731,23 que não se destinaram à composição do fundo de caixa, mas para o pagamento de diferentes despesas. A norma determina que os pagamentos devam ser feitos individualmente, por meio de cheque nominal ou transferência bancária.
Mesmo com a reprovação, o parlamentar foi diplomado.

O ex-youtuber ainda teria vinculado seu número de campanha antes do início da corrida eleitoral. Em uma imagem publicada em 5 de agosto de 2018 nas redes sociais de Luis Miranda, ele já divulgava o site de campanha e a sigla que utilizaria (veja imagem acima).
Miranda também é investigado pela procuradoria-geral da República. A apuração é sigilosa.

Em agosto passado, o deputado foi obrigado a entregar o passaporte para a Polícia Federal por causa de um outro processo, sobre indenização a uma paciente da clínica dele, no Distrito federal. Luis Miranda está recorrendo desta decisão e alega ser inocente.

O caso é de oito anos antes de o empresário tomar posse como deputado. Na época, ele era sócio em uma clínica de estética e foi processado por uma paciente.
A mulher disse que foi fazer uma depilação a laser, mas que saiu com várias queimaduras no corpo.

De youtuber a deputado federal
87616

Youtuber Luís Miranda foi eleito deputado federal pelo DF — Foto: Arquivo pessoal

Em setembro do ano passado, Luis Miranda – que morava havia 4 anos em Miami, nos EUA – anunciou que voltaria a Brasília, onde nasceu, para se lançar candidato a deputado federal.

Famoso por dar dicas na internet de como empreender nos Estados Unidos, o youtuber brasiliense conseguiu se eleger à Câmara dos Deputados pelo Distrito Federal.

Luis Miranda havia se mudado para Miami em 2014, antes da Copa do Mundo. Em entrevista ao G1, disse que o governo colocou um "elefante branco" no centro de Brasília [o Estádio Nacional Mané Garrincha] e que ele não conseguiu ficar no país vendo os gastos com o Mundial "enquanto a população sofria".

Durante a campanha, disse que não queria "salário do governo, verba de gabinete, nada disso" pois pretendia dar o exemplo.
O parlamentar recebe R$ 33.700 do salário de deputado e mais R$ 111 mil de verba de gabinete. O deputado é titular em 10 comissões na Câmara, entre elas a da Previdência Social, a de Finanças e Tributação, e a de Reforma Tributária.

O que diz Luis Miranda

Luis Miranda conversou com a reportagem do Fantástico na tarde de sábado (7), na casa dele, em Brasília. O deputado negou ter aplicado golpes no Brasil e nos EUA e voltou a culpar os ataques virtuais que, segundo ele, tinham como um dos objetivos tirá-lo do mercado de cursos on-line.

“Foi minado o capital por causa desses ataques. O faturamento despencou, caiu em 90%. Infelizmente, existem pessoas mau caráter. E esse não sou eu. Estou aqui de cara aberta querendo resolver os meus problemas. E resolvendo todos da forma mais correta possível, dentro da lei”, afirmou.

Sobre Sandro Silveira Antonalia, que se diz vítima do golpe, o deputado alegou que ele nunca foi um investidor. Sobre a suposta falsificação das planilhas apresentadas aos sócios, Miranda culpou o ex-funcionário: “Eu não sou especialista em números, ele era a pessoa que se responsabilizava por isso. Ele vai responder por isso e vai responder de verdade”.

Luis Miranda alegou também que, por causa de gastos de campanha, ainda não abriu mão do salário de deputado, mas que vai fazer isso. Afirmou também que nunca gastou dinheiro dos outros.

“Eu ganhei R$ 4 milhões e meio só com a venda de cursos. Me permite comprar uma Lamborghini nos Estados Unidos de US$ 250 mil”, disse. Questionado sobre por que não a vendia para quitar as dívidas, respondeu que a empresa está “cumprindo seu papel legal” e que, se a empresa se encontrar “numa situação impossível de efetuar seus pagamentos”, o patrimônio dele estará “à disposição”.

O deputado disse que as pessoas estão recebendo as dívidas: “Elas estão recebendo. Estão pagando toda semana. Mas, infelizmente, tem pessoas que querem furar fila. A gente montou uma fila porque foi uma quantidade imensa de resgates. É um a um. É lento. São 50 pessoas querendo sair agora, está pagando um por semana. Às vezes, um a cada 15 dias. Então é lento, mas está pagando. Sabe qual é o problema das pessoas? Elas querem entrar em um negócio e só ganhar. Quando tem uma dificuldade, ninguém quer passar dificuldade”.
https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2019/09/09/deputado-youtuber-luis-miranda-responde-por-abuso-de-poder-economico-e-compra-de-votos-no-tre-do-df.ghtml
 

carlos222

Veterano
Mensagens
646
Reações
754
Pontos
134
Da um spoiler para vcs.
No Brasil n vai acontecer nd com ele.
Mais fácil ele se ferrar nos EUA

Enviado de meu Redmi Note 7 usando o Tapatalk
 

constatine

Bam-bam-bam
Mensagens
4.514
Reações
21.982
Pontos
294
Empresário afirma que foi ameaçado de morte por deputado Luis Miranda, do DF

Ameaças teriam começado após homem denunciar golpe financeiro. Parlamentar afirma que denúncia é falsa.
https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2019/09/12/empresario-afirma-que-foi-ameacado-de-morte-por-deputado-luis-miranda-do-df.ghtml



Luís Miranda ameaçou matar vítima
https://jornaldebrasilia.com.br/cidades/luis-miranda-ameacou-matar-vitima/




VÍTIMA DO DEP. LUÍS MIRANDA 02




Justiça determina bloqueio de parte do salário de Luis Miranda

A unica coisa que funciona nesse pais. Divida trabalhista e pencão alimentícia.




Assessores do Luis Miranda mandaram polícia me prender!

Deram uma de Maria do Rosário!
 
Topo