O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Moradia - Aluguel x Financiamento

Na sua opinião, qual opção é mais vantajosa?

  • Alugar

    Votes: 20 57,1%
  • Financiar

    Votes: 15 42,9%

  • Total voters
    35

Dig Joy

Vem brincar comigo!
VIP
Mensagens
9.179
Reações
23.264
Pontos
353
Oshi, só deduzir do que escrevi - 20~25 anos para ter uma casa de mesma padrão que ele financiaria hoje.

E uns 10 anos a menos se ele for construir por conta própria.
Então é melhor morar 10-15 anos de aluguel, sem liberdade, correndo o risco de ser chutado qualquer hora, sem poder colocar seus moveis etc?

Você tem noção de quanto tempo é 10 anos?

Você acha que em 10-15 anos os valores das casas não mudariam?
 


Phoenix Eagle

Bam-bam-bam
Mensagens
14.088
Reações
6.703
Pontos
454
Então é melhor morar 10-15 anos de aluguel, sem liberdade, correndo o risco de ser chutado qualquer hora, sem poder colocar seus moveis etc?
Bom, falo da minha experiência - nunca tive problema com meu locador - logo...

Você tem noção de quanto tempo é 10 anos?
Sim, fazem 9 anos que estou seguindo a receita do que estou pregando.

Você acha que em 10-15 anos os valores das casas não mudariam?
Eu levei isto em consideração na minha conta - se você não notou, esta na ultima linha => 710.000,00 em 30 anos , corresponde a um imóvel de 170.000,00 HOJE
 

darth_senna

Bam-bam-bam
Mensagens
10.040
Reações
4.143
Pontos
459
Em caso de financiamento, é mais vantagem quitar o quanto antes ou, ao invés disso, manter o dinheiro aplicado a uma taxa de juros anual maior do que a taxa de juros anual do financiamento? Existe alguma vantagem em quitar antes o imóvel? Exemplo:

Digamos que a dívida está em 100 mil reais e eu tenha esse dinheiro investido a 10% ao ano, quando o financiamento é 8% ao ano. O que é mais vantajoso?
vc tem que levar em conta, além da taxa do investimento, o prazo dele. Ele rende 10% ao ano pq é pré, ou tá atrelado a selic ou coisa assim? pq se tá atrelado a algo, o indice diminui, o seu retorno diminui. E se for pré, qual o prazo do investimento? pq se seu financiamento dura 15 anos e seu investimento só 5, que garantia vc tem que vai conseguir a mesma taxa depois que o investimento vencer e for reinvestir?
E o prazo tbm conta pra vc calcular o IR que vai pagar. se a taxa do investimento é 10%, vc n vai levar 10%, dependendo do prazo do investimento, o IR pode ser de 22,5% até 15%. ou seja, o juros real que vc estaria recebendo, seria algo entre 8,5 e 7,75%.
Via de regra, a opção mais segura é pagar a divida antes. Pq? pq vc tem mto a perder se n conseguir pagar depois, pq além dos juros as dividas ainda costumam prever reajuste da inflação (coisa que os investimentos via de regra n tem. se tiver, o juros será bem menor que os 10% mencionados no exemplo) e etc.
Mas claro, depende do investimento e do financiamento pra ter uma resposta concreta. E tbm a questão psicológica de ficar livre de dividas e etc...
 

BillieGDJoe

Supra-sumo
Mensagens
883
Reações
1.329
Pontos
183
vc tem que levar em conta, além da taxa do investimento, o prazo dele. Ele rende 10% ao ano pq é pré, ou tá atrelado a selic ou coisa assim? pq se tá atrelado a algo, o indice diminui, o seu retorno diminui. E se for pré, qual o prazo do investimento? pq se seu financiamento dura 15 anos e seu investimento só 5, que garantia vc tem que vai conseguir a mesma taxa depois que o investimento vencer e for reinvestir?
E o prazo tbm conta pra vc calcular o IR que vai pagar. se a taxa do investimento é 10%, vc n vai levar 10%, dependendo do prazo do investimento, o IR pode ser de 22,5% até 15%. ou seja, o juros real que vc estaria recebendo, seria algo entre 8,5 e 7,75%.
Via de regra, a opção mais segura é pagar a divida antes. Pq? pq vc tem mto a perder se n conseguir pagar depois, pq além dos juros as dividas ainda costumam prever reajuste da inflação (coisa que os investimentos via de regra n tem. se tiver, o juros será bem menor que os 10% mencionados no exemplo) e etc.
Mas claro, depende do investimento e do financiamento pra ter uma resposta concreta. E tbm a questão psicológica de ficar livre de dividas e etc...

Foi apenas um exemplo prático, não é um caso real. Mas digamos que ele fosse um investimento em fundos multimercado, que varia o rendimento, mas a média final no ano fica em torno de 10%. Claro que isso não é garantido, apenas uma hipótese. Você está certo, tem que descontar o IR mesmo, mas no caso consideraria 15% e desconsiderei no exemplo porque o financiamento também tem outras taxas incluídas, como as vendas casadas que os bancos fazem, como anuidade de cartão de crédito, contratação de seguros, etc., então desconsiderei isso. O prazo daria para considerar o mesmo, uma vez que o fundo não seria extinto e mesmo que fosse, poderia ser migrado para outro diferente com características parecidas. Pagando antes eu estaria perdendo os 2% da diferença entre 8 e 10 durante todo o prazo do financiamento, no caso 30 anos. Concordo com a parte psicológica, mas pensando financeiramente não é negócio, correto?
 

cmsnes

Bam-bam-bam
Mensagens
6.587
Reações
8.786
Pontos
344
Qual sistema de amortização você usou OP?
Sistema PRICE. Imagina a minha cara quando descobri que passaria anos pagando só juros, praticamente... :kbravo

Quanto a enquete, achei muito interessante o resultado até agora. Achava que a maioria das pessoas iria optar pelo aluguel, mas conforme o pessoal foi contando suas experiências, fica evidente que existem muitas situações diferentes. E o financiamento está na frente! :eek:
 


BAKADESU

Bam-bam-bam
Mensagens
1.455
Reações
1.556
Pontos
203
Quer um conto engraçado? vou relatar como consegui meu AP, moro na zona leste de SP ITAQUERA tem um terreno enorme do lado da escola que já foi invadido 3 vezes ou mais e sempre tirava o povo em 2 meses de alocação com PM etc... nessa ultima invasão eu já casado a 1 ano, estava morando no quarto na casa da minha mãe, decidi eu então junto com minha irmã que pagava aluguelcom ex-cunhado (que não ajudou em porra nenhuma) invadir o terreno junto com umas 600 pessoas, entrando no local pegamos terreno de 10x25cm e que foi uma luta por que tinha muita gente se achando dono da terra sem ter pego, eu e minha irmã conseguimos e começamos a carpinar o terrenos e emfim conseguimos levantar uma casa, gastamos em torno de $15 mil (nesse tempo já tinha comercio no brás região central), construimos no local, e deixei minha irmã lá, se passaram 1 ano e nada da prefeitura e iniciativa privada mecher, então ficamos muito contentes, mais sempre aparecia supostos donos do terreno que nada fazia, o local já estava virando uma parte de Itaquera, poste etc... apareceu prefeitura pra cadastrar a gente pra programa habitacional e nada da PM etc... entrar pra tirar a gente se passou 1 ano e meio eu meio que me preparando para se mudar pra casa, aparece um velho louco que morava aqui que queria que queria uma casa, ai minha mãe foi conversar com ele, e negociamos em passar a casa ja construida +30 mil em dinheiro que eu tinha juntado em 1 ano e meio, minha irmã aceitou junto comigo, pois quem na verdade pegou terreno foi eu "ela só ajudou a segurar e carpinar" ela aceitou e eu tambem pois melhor trocar certo pelo duvidoso do que ficar na duvida e esperar os fdps arrancar a gente de lá pois não confio no ESTADO, fizemos contrato de compra e venda tudo em cartorio e no contrato já dizia que ele sabia dos risco e que o terreno estava na posse da prefeitura etc... ele concordou com a mulher dele por que não aguentava mais ficar em condominio e bla bla bla, e a gente falou se tem certeza? ele sempre falando tenho sim, fizemos o contrato, juiz assinou e já era 30k pra ele mais casa em terreno invadido, concordei em dar 10k pra minha irmã e deixar ela morar 2 anos com meu cunhado no apartamento pra ajudar ela se erguer com ele, que no fim acabou casamento em 1 ano e 3 meses depois de 5 anos juntos, e fui morar no meu apartamento, tirando esse fato, acreditem ou não depois de 1 mes que fiz a troca +$$ os homens do estado, mandou o choque derrubar tudo, e tirar os moradores do local, ou seja fudeu todo mundo que queria ter uma residencia um canto para morar, raça de fdp, o terreno era da nestle , e tava a 20 anos inativado só acumulando mato e escondendo cadaver e carros queimado.

No fim eu me sai bem e mal ao mesmo tempo pelo velho burro =/ que a gente cansou de avisar pra ele pensar direito, mas antes eu do que ele, ia tomar no cu gostoso com minha irmã mas parece que a obra do destino não deixou que ocorresse isso conosco.

Hoje vejo como fui abençoado pelos deuses por que? o que vejo de relatos de pessoas pagando aluguel etc.. é astronomico, e triste, gente com h20s ostentando mais não tem casa e mora de aluguel etc...
fora pessoas de 20 a 60 anos no onibus, metro, trem reclamando é tenso isso dai!

Do mesmo jeito que financiamento lasca você para pagar e se não pagar é rua, aluguel idém, mais prefiro aluguel por ter mais locais para morar sem se prender a um lugar a 30 anos.

Desculpa erros ortografico to no celular é horrivel fica em paz bros!
 

Xenoblade

Bam-bam-bam
Mensagens
3.551
Reações
7.123
Pontos
283
Se a projeção é de um financiamento demasiadamente extenso, melhor optar por outro caminho, até porque as condições são mutáveis ao longo do tempo (hoje mesmo não se sabe ao certo como ficará a questão da CEF).
 

Mister Sam

Habitué da casa
Mensagens
141
Reações
173
Pontos
58
Quer um conto engraçado? vou relatar como consegui meu AP, moro na zona leste de SP ITAQUERA tem um terreno enorme do lado da escola que já foi invadido 3 vezes ou mais e sempre tirava o povo em 2 meses de alocação com PM etc... nessa ultima invasão eu já casado a 1 ano, estava morando no quarto na casa da minha mãe, decidi eu então junto com minha irmã que pagava aluguelcom ex-cunhado (que não ajudou em porra nenhuma) invadir o terreno junto com umas 600 pessoas, entrando no local pegamos terreno de 10x25cm e que foi uma luta por que tinha muita gente se achando dono da terra sem ter pego, eu e minha irmã conseguimos e começamos a carpinar o terrenos e emfim conseguimos levantar uma casa, gastamos em torno de $15 mil (nesse tempo já tinha comercio no brás região central), construimos no local, e deixei minha irmã lá, se passaram 1 ano e nada da prefeitura e iniciativa privada mecher, então ficamos muito contentes, mais sempre aparecia supostos donos do terreno que nada fazia, o local já estava virando uma parte de Itaquera, poste etc... apareceu prefeitura pra cadastrar a gente pra programa habitacional e nada da PM etc... entrar pra tirar a gente se passou 1 ano e meio eu meio que me preparando para se mudar pra casa, aparece um velho louco que morava aqui que queria que queria uma casa, ai minha mãe foi conversar com ele, e negociamos em passar a casa ja construida +30 mil em dinheiro que eu tinha juntado em 1 ano e meio, minha irmã aceitou junto comigo, pois quem na verdade pegou terreno foi eu "ela só ajudou a segurar e carpinar" ela aceitou e eu tambem pois melhor trocar certo pelo duvidoso do que ficar na duvida e esperar os fdps arrancar a gente de lá pois não confio no ESTADO, fizemos contrato de compra e venda tudo em cartorio e no contrato já dizia que ele sabia dos risco e que o terreno estava na posse da prefeitura etc... ele concordou com a mulher dele por que não aguentava mais ficar em condominio e bla bla bla, e a gente falou se tem certeza? ele sempre falando tenho sim, fizemos o contrato, juiz assinou e já era 30k pra ele mais casa em terreno invadido, concordei em dar 10k pra minha irmã e deixar ela morar 2 anos com meu cunhado no apartamento pra ajudar ela se erguer com ele, que no fim acabou casamento em 1 ano e 3 meses depois de 5 anos juntos, e fui morar no meu apartamento, tirando esse fato, acreditem ou não depois de 1 mes que fiz a troca +$$ os homens do estado, mandou o choque derrubar tudo, e tirar os moradores do local, ou seja fudeu todo mundo que queria ter uma residencia um canto para morar, raça de fdp, o terreno era da nestle , e tava a 20 anos inativado só acumulando mato e escondendo cadaver e carros queimado.

No fim eu me sai bem e mal ao mesmo tempo pelo velho burro =/ que a gente cansou de avisar pra ele pensar direito, mas antes eu do que ele, ia tomar no cu gostoso com minha irmã mas parece que a obra do destino não deixou que ocorresse isso conosco.

Hoje vejo como fui abençoado pelos deuses por que? o que vejo de relatos de pessoas pagando aluguel etc.. é astronomico, e triste, gente com h20s ostentando mais não tem casa e mora de aluguel etc...
fora pessoas de 20 a 60 anos no onibus, metro, trem reclamando é tenso isso dai!

Do mesmo jeito que financiamento lasca você para pagar e se não pagar é rua, aluguel idém, mais prefiro aluguel por ter mais locais para morar sem se prender a um lugar a 30 anos.

Desculpa erros ortografico to no celular é horrivel fica em paz bros!
"abençoado pelos deuses"? Já o velho senhor que comprou a casa e foi despachado logo em seguida foi o que? Amaldiçoado por esses tais deuses? eu hein
 

BAKADESU

Bam-bam-bam
Mensagens
1.455
Reações
1.556
Pontos
203
"abençoado pelos deuses"? Já o velho senhor que comprou a casa e foi despachado logo em seguida foi o que? Amaldiçoado por esses tais deuses? eu hein
Sou ateu isso é referente a game of thrones, mas deve ser isso mesmo, lei do retorno! sem falsa moral ai kkk
 

CrazyGuitar

Bam-bam-bam
Mensagens
1.194
Reações
1.291
Pontos
204
Sim. A questão é que eu não tava naquela de "a casa é minha".
Não é. Só é depois do financiamento quitado.

Marcar "casa própria" em formulário não faz a casa ser sua.
É exatamente isso que ilude as pessoas e basicamente fui iludido tbm até cair na real e vender, é o jeito mais caro de falar "tenho uma casa" sem realmente vc ter, o pior cego é aquele q não quer ver.

E digo mais, hoje se tivesse dinheiro pra uma casa a vista, vamos exemplificar uns 300k por ai? dificilmente compraria a casa e seria bem possível que deixaria esse dinheiro render em uma aplicação em torno de 1% ao mês para que com o juros eu pagasse o aluguel e provavelmente estaria morando em uma casa de 600k com esse valor.

Edit: Digo mais um beneficio que ocorreu esses dias ainda, fizeram obra no prédio onde alugo o AP, parece q deu zica e gerou multas, atrasos e etc... na reunião de condomínio foi acordado todos os moradores pagarem 200 reais a mais por mês pra cobrir a divida durante um ano, porém isso não inclui a mim, somente a proprietária do ap q eu alugo, pq como o AP n é meu, então eu não tive melhoria nenhuma. Acaba que os proprietários pagam as contas de quem está alugando.
 
Ultima Edição:

darth_senna

Bam-bam-bam
Mensagens
10.040
Reações
4.143
Pontos
459
Foi apenas um exemplo prático, não é um caso real. Mas digamos que ele fosse um investimento em fundos multimercado, que varia o rendimento, mas a média final no ano fica em torno de 10%. Claro que isso não é garantido, apenas uma hipótese. Você está certo, tem que descontar o IR mesmo, mas no caso consideraria 15% e desconsiderei no exemplo porque o financiamento também tem outras taxas incluídas, como as vendas casadas que os bancos fazem, como anuidade de cartão de crédito, contratação de seguros, etc., então desconsiderei isso. O prazo daria para considerar o mesmo, uma vez que o fundo não seria extinto e mesmo que fosse, poderia ser migrado para outro diferente com características parecidas. Pagando antes eu estaria perdendo os 2% da diferença entre 8 e 10 durante todo o prazo do financiamento, no caso 30 anos. Concordo com a parte psicológica, mas pensando financeiramente não é negócio, correto?
As vendas casadas de financiamento geralmente, salvo engano, são seguros do imovel e esse tipo de coisa. O preço desse tipo de seguro é BEM inferior a 15%, n tem comparação, seguro de imovel costuma ficar abaixo de 200 reais ao ano, enquanto 15% sobre 10% de 100 mil é: 1500 reais (isso só no primeiro ano, se considerar o efeito cascata de juros compostos, a mordida numa média anual é bem maior). Ou seja, é BEM mais que isso.
Não invisto em fundos, mas pelo que sei fundos multimercado são uma cesta de vários produtos, incluindo ações, renda fixa e etc. Considerando que fundos costumam ter taxa de administração e etc, acho BEM dificil assumir que um fundo consegue um rendimento médio de 10% ao ano por 30 anos. Enquanto além do juros, o financiamento tem tbm a incidência de TR, que pode passar de 2% ou pode ser menor de 1%.
aqui um histórico dela:
https://www.tororadar.com.br/investimento/taxa-referencial-o-que-e-tr-mensal-calculo

Enfim, os 8% de juros serão na prática uns 9% com TR, e ainda tem os custos de seguro que vc mencionou.
Do outro lado, os 10% do investimento não tem mais nenhum acréscimo, só desconto. 15% de IR e as taxas de administração do fundo.
As chances do investimento render mais que pagar a divida, pra mim, são bem pequenas. Não vale o risco que vc estaria assumindo do fundo ir pro saco e render menos, até pq esses fundos podem ter até msm rendimento negativo. Sou mil vezes mais um CDB, ai vc consegue um rendimento de uns 10% liquido (já descontado o IR) e n tem taxa de administração. Ai talvez valesse a pena.
De toda forma, SE FOSSE EU, pagaria a divida msm com a possibilidade de um rendimento um pouco superior no investimento só pra encerrar a dor de cabeça do boleto mensal.
 

LucianoBraga

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
34.260
Reações
121.238
Pontos
834
É exatamente isso que ilude as pessoas e basicamente fui iludido tbm até cair na real e vender, é o jeito mais caro de falar "tenho uma casa" sem realmente vc ter, o pior cego é aquele q não quer ver.

E digo mais, hoje se tivesse dinheiro pra uma casa a vista, vamos exemplificar uns 300k por ai? dificilmente compraria a casa e seria bem possível que deixaria esse dinheiro render em uma aplicação em torno de 1% ao mês para que com o juros eu pagasse o aluguel e provavelmente estaria morando em uma casa de 600k com esse valor.
Justamente. Foi mais ou menos assim que eu pensei no fim de 2017, antes de colocar o plano em prática.

Pago 1k no aluguel, no centro da cidade, num prédio legal. Um apartamento aqui custa 450k. Pra conseguir um financiamento, eu teria que pagar pouco mais que 4 mil durante 30 anos e pagaria mais de um milhão no fim das contas.
As contas aqui são bem controladas, eu vivo uns dois ou três degraus abaixo do que poderia e meu carro é quitado, então não pago prestação. Por conta disso, meu salário sobra todo mês e tem a renda da minha esposa, que tem uma empresa.
Os lucros dela não são altos - até porque no meio do ano passado mudamos de sala pra uma maior e melhor, que esperamos que dê bons frutos esse ano - mas dinheiro sempre ajuda e eles também vão pras aplicações. Ainda pago um consignado que fiz pra abertura da empresa, mas ele já acaba agora em julho.

Em 2018, conseguimos juntar quase 1/4 do valor do apartamento que a gente mora (mas a intenção não é comprar o apartamento, é juntar mais dinheiro pra ele trabalhar pra nós).
Uns dois anos atrás, com esse valor dava pra ter rendimento de mil reais e pagar o aluguel, mas hoje já não é possível fora de aplicações com riscos maiores. Mais pra frente quero ver umas coisas de risco maior, mas ainda não.

Então, financiar? Por qual caralho de motivo eu faria isso?

Claro que eu poderia pegar um imóvel menor, mais barato, mais afastado, mas...não tenho porque morar mal durante anos se eu posso morar bem hoje e fazer o dinheiro trabalhar pra mim, ué

Mas claro, cada caso é um caso. Minha renda me permite fazer isso, então funciona pra mim.
E a única coisa que eu...não exatamente me arrependo, mas acho que poderia ter feito antes, era ter desperdiçado menos dinheiro. Dinheiro é foda, se o cara não prestar atenção gasta tudo com sorvete e nem nota.
 

BillieGDJoe

Supra-sumo
Mensagens
883
Reações
1.329
Pontos
183
As vendas casadas de financiamento geralmente, salvo engano, são seguros do imovel e esse tipo de coisa. O preço desse tipo de seguro é BEM inferior a 15%, n tem comparação, seguro de imovel costuma ficar abaixo de 200 reais ao ano, enquanto 15% sobre 10% de 100 mil é: 1500 reais (isso só no primeiro ano, se considerar o efeito cascata de juros compostos, a mordida numa média anual é bem maior). Ou seja, é BEM mais que isso.
Não invisto em fundos, mas pelo que sei fundos multimercado são uma cesta de vários produtos, incluindo ações, renda fixa e etc. Considerando que fundos costumam ter taxa de administração e etc, acho BEM dificil assumir que um fundo consegue um rendimento médio de 10% ao ano por 30 anos. Enquanto além do juros, o financiamento tem tbm a incidência de TR, que pode passar de 2% ou pode ser menor de 1%.
aqui um histórico dela:
https://www.tororadar.com.br/investimento/taxa-referencial-o-que-e-tr-mensal-calculo

Enfim, os 8% de juros serão na prática uns 9% com TR, e ainda tem os custos de seguro que vc mencionou.
Do outro lado, os 10% do investimento não tem mais nenhum acréscimo, só desconto. 15% de IR e as taxas de administração do fundo.
As chances do investimento render mais que pagar a divida, pra mim, são bem pequenas. Não vale o risco que vc estaria assumindo do fundo ir pro saco e render menos, até pq esses fundos podem ter até msm rendimento negativo. Sou mil vezes mais um CDB, ai vc consegue um rendimento de uns 10% liquido (já descontado o IR) e n tem taxa de administração. Ai talvez valesse a pena.
De toda forma, SE FOSSE EU, pagaria a divida msm com a possibilidade de um rendimento um pouco superior no investimento só pra encerrar a dor de cabeça do boleto mensal.
Ainda mantendo o mesmo exemplo, mas mudando um pouco. Digamos que o rendimento do dinheiro investido rendesse exatamente o mesmo valor da parcela do financiamento do imóvel. Ou seja, os juros do investimento estão pagando o imóvel, mesmo que leve os 30 anos. Eu sei que não é garantido e que é apenas uma hipótese, mas vamos tomar esse cenário fictício como realidade, para fins didáticos. Nesse caso, não tem porque quitar a dívida, correto? Uma vez que o financiamento acabar, você ainda vai continuar com o dinheiro investido inicialmente, certo?
 

darth_senna

Bam-bam-bam
Mensagens
10.040
Reações
4.143
Pontos
459
Ainda mantendo o mesmo exemplo, mas mudando um pouco. Digamos que o rendimento do dinheiro investido rendesse exatamente o mesmo valor da parcela do financiamento do imóvel. Ou seja, os juros do investimento estão pagando o imóvel, mesmo que leve os 30 anos. Eu sei que não é garantido e que é apenas uma hipótese, mas vamos tomar esse cenário fictício como realidade, para fins didáticos. Nesse caso, não tem porque quitar a dívida, correto? Uma vez que o financiamento acabar, você ainda vai continuar com o dinheiro investido inicialmente, certo?
vc ainda perderia algum dinheiro, pq 100 mil hj n vale o mesmo que vai valer daqui há 30 anos, vai valer menos. Mas sim, em tese nesse caso valeria mais a pena ir pagando as parcelas. Mas valeria mais a pena ainda nem entrar no financiamento pra começo de conversa, pq com metade dessa grana da parcela vc poderia pagar um aluguel, e o bolo dos 100 mil iria crescendo.
 

Set_10

Bam-bam-bam
Mensagens
11.255
Reações
4.259
Pontos
439
Comprar uma casa é igual ir para disney.

Mais vantajoso é ir para o hopi-hari, voce gasta pouco, se diverte e faz um passeio legal.
Mais se é mais econômico ir para o hopi-hari por que nego gasta uma fortuna para ir na disney (brincar em brinquedos)? EMOÇÃO

Casa é um bem emocional, diferentemente de um bem material.
Casa própria te dá segurança, sensação de conquista etc.
Aluguel não.

Na ponta do papel é uma compra estúpida, mais que só tem devido valor se colocado na balança emocional.

O problema é que a galera hoje dá mais valor ao dinheiro que a sua própria vida. Ignoram um monte de fatores, para no final das contas dizer que X te rende mais """DINHEIRO""".
Cara sei q o topico é sobre financiamento mas disney e hopi hari não sao a mesma coisa não. Eu entendi onde quer chegar mas essa comparação foi um tanto infeliz.
Hehehe

Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

Rodrigo dsf

Bam-bam-bam
Mensagens
6.440
Reações
3.966
Pontos
429
Quer um conto engraçado? vou relatar como consegui meu AP, moro na zona leste de SP ITAQUERA tem um terreno enorme do lado da escola que já foi invadido 3 vezes ou mais e sempre tirava o povo em 2 meses de alocação com PM etc... nessa ultima invasão eu já casado a 1 ano, estava morando no quarto na casa da minha mãe, decidi eu então junto com minha irmã que pagava aluguelcom ex-cunhado (que não ajudou em porra nenhuma) invadir o terreno junto com umas 600 pessoas, entrando no local pegamos terreno de 10x25cm e que foi uma luta por que tinha muita gente se achando dono da terra sem ter pego, eu e minha irmã conseguimos e começamos a carpinar o terrenos e emfim conseguimos levantar uma casa, gastamos em torno de $15 mil (nesse tempo já tinha comercio no brás região central), construimos no local, e deixei minha irmã lá, se passaram 1 ano e nada da prefeitura e iniciativa privada mecher, então ficamos muito contentes, mais sempre aparecia supostos donos do terreno que nada fazia, o local já estava virando uma parte de Itaquera, poste etc... apareceu prefeitura pra cadastrar a gente pra programa habitacional e nada da PM etc... entrar pra tirar a gente se passou 1 ano e meio eu meio que me preparando para se mudar pra casa, aparece um velho louco que morava aqui que queria que queria uma casa, ai minha mãe foi conversar com ele, e negociamos em passar a casa ja construida +30 mil em dinheiro que eu tinha juntado em 1 ano e meio, minha irmã aceitou junto comigo, pois quem na verdade pegou terreno foi eu "ela só ajudou a segurar e carpinar" ela aceitou e eu tambem pois melhor trocar certo pelo duvidoso do que ficar na duvida e esperar os fdps arrancar a gente de lá pois não confio no ESTADO, fizemos contrato de compra e venda tudo em cartorio e no contrato já dizia que ele sabia dos risco e que o terreno estava na posse da prefeitura etc... ele concordou com a mulher dele por que não aguentava mais ficar em condominio e bla bla bla, e a gente falou se tem certeza? ele sempre falando tenho sim, fizemos o contrato, juiz assinou e já era 30k pra ele mais casa em terreno invadido, concordei em dar 10k pra minha irmã e deixar ela morar 2 anos com meu cunhado no apartamento pra ajudar ela se erguer com ele, que no fim acabou casamento em 1 ano e 3 meses depois de 5 anos juntos, e fui morar no meu apartamento, tirando esse fato, acreditem ou não depois de 1 mes que fiz a troca +$$ os homens do estado, mandou o choque derrubar tudo, e tirar os moradores do local, ou seja fudeu todo mundo que queria ter uma residencia um canto para morar, raça de fdp, o terreno era da nestle , e tava a 20 anos inativado só acumulando mato e escondendo cadaver e carros queimado.

No fim eu me sai bem e mal ao mesmo tempo pelo velho burro =/ que a gente cansou de avisar pra ele pensar direito, mas antes eu do que ele, ia tomar no cu gostoso com minha irmã mas parece que a obra do destino não deixou que ocorresse isso conosco.

Hoje vejo como fui abençoado pelos deuses por que? o que vejo de relatos de pessoas pagando aluguel etc.. é astronomico, e triste, gente com h20s ostentando mais não tem casa e mora de aluguel etc...
fora pessoas de 20 a 60 anos no onibus, metro, trem reclamando é tenso isso dai!

Do mesmo jeito que financiamento lasca você para pagar e se não pagar é rua, aluguel idém, mais prefiro aluguel por ter mais locais para morar sem se prender a um lugar a 30 anos.

Desculpa erros ortografico to no celular é horrivel fica em paz bros!

 

xala_may

Bam-bam-bam
Mensagens
8.572
Reações
9.389
Pontos
384
Eu acho loucura ficar amarrado 30 em ano assim.

Fora o fator financeiro..

E se eu não gostar do vizinho, e se construirem uma fábrica que faça sujeira/poeira perto?

E se eu precisar me mudar? E se aparecer uma oportunidade de trabalhar em outro lugar?
 

xala_may

Bam-bam-bam
Mensagens
8.572
Reações
9.389
Pontos
384
Justamente. Foi mais ou menos assim que eu pensei no fim de 2017, antes de colocar o plano em prática.

Pago 1k no aluguel, no centro da cidade, num prédio legal. Um apartamento aqui custa 450k. Pra conseguir um financiamento, eu teria que pagar pouco mais que 4 mil durante 30 anos e pagaria mais de um milhão no fim das contas.
As contas aqui são bem controladas, eu vivo uns dois ou três degraus abaixo do que poderia e meu carro é quitado, então não pago prestação. Por conta disso, meu salário sobra todo mês e tem a renda da minha esposa, que tem uma empresa.
Os lucros dela não são altos - até porque no meio do ano passado mudamos de sala pra uma maior e melhor, que esperamos que dê bons frutos esse ano - mas dinheiro sempre ajuda e eles também vão pras aplicações. Ainda pago um consignado que fiz pra abertura da empresa, mas ele já acaba agora em julho.

Em 2018, conseguimos juntar quase 1/4 do valor do apartamento que a gente mora (mas a intenção não é comprar o apartamento, é juntar mais dinheiro pra ele trabalhar pra nós).
Uns dois anos atrás, com esse valor dava pra ter rendimento de mil reais e pagar o aluguel, mas hoje já não é possível fora de aplicações com riscos maiores. Mais pra frente quero ver umas coisas de risco maior, mas ainda não.

Então, financiar? Por qual caralho de motivo eu faria isso?

Claro que eu poderia pegar um imóvel menor, mais barato, mais afastado, mas...não tenho porque morar mal durante anos se eu posso morar bem hoje e fazer o dinheiro trabalhar pra mim, ué

Mas claro, cada caso é um caso. Minha renda me permite fazer isso, então funciona pra mim.
E a única coisa que eu...não exatamente me arrependo, mas acho que poderia ter feito antes, era ter desperdiçado menos dinheiro. Dinheiro é foda, se o cara não prestar atenção gasta tudo com sorvete e nem nota.
exatamente.. parabéns.
 

darth_senna

Bam-bam-bam
Mensagens
10.040
Reações
4.143
Pontos
459
aproveitando o tópico, queria tirar uma duvida de financiamento:
Suponha que um imóvel é do huguinho, zezinho e luizinho.
huguinho tem 30%, zezinho tem 30% e luizinho tem 40% do imóvel.
zezinho quer comprar a parte do huguinho - ou seja, depois de finalizada a transação o imovel seria 60% de zezinho e 40% do luizinho.
Pra fazer esse tipo de compra, pode-se usar financiamento bancário?
pergunto pois nesse exemplo, ao final, ele n teria 100% do imóvel... e tbm me bateu uma duvida de - no caso de isso ser possivel, pelo fato dele já ter 30% do imovel (50% do total que teria ao final da compra) isso poderia, por exemplo, dispensar a necessidade de uma entrada em dinheiro.
 

Akita

Bam-bam-bam
Mensagens
2.118
Reações
2.532
Pontos
303
Hoje sou favorável ao aluguel, mas também penso em ter um teto garantido para o futuro.

No mais, fica a resposta de do jcouves.

Não vou entrar no lado subjetivo. Coisas como "quero morar no que é meu", "quero ter um patrimônio", "odeio morar de aluguel" e coisas desse tipo são pessoais demais. É como eu tentar te provar que carro vermelho é mais bonito que carro preto (a propósito, vermelho é bem mais bonito).

Sim, a maioria das pessoas têm que mudar um pouco os investimentos a cada 2 a 5 anos. Tipo entrar no site do banco e dar uns 2 ou 3 cliques. Tem que se informar sobre investimentos, sim. Aliás, tem que se informar sobre tudo na vida pra tomar decisões. Se não for pra se informar, é melhor tomar esse tipo de decisão jogando dados ou cara-ou-coroa. Afinal, se informar não é o que você está fazendo aqui no tópico? Não foi tão complicado assim...

Algumas considerações rápidas sobre financiar x alugar.

Fatores contra comprar

  • Você vive no país com os maiores juros reais do mundo. Acha que é melhor pagá-los ou recebê-los? Você vai deixar R$ 300k investido em um imóvel ou deixar R$ 200k parado num contrato de financiamento
  • Só porque você tem uma dívida, você não enriqueceu, pelo contrário. Se alguém vai te EMPRESTAR R$ 100k, seu patrimônio DIMINUIU, não aumentou.
  • Você fica mais "preso" fisicamente. Sua mobilidade diminui, e você pode perder algumas boas oportunidades profissionais por conta disso.
  • "Imóvel sempre valoriza, pelo menos ajusta a inflação". Se você concordou com essa frase, pode parar de pensar e comprar. A análise de comprar x alugar vai depender das suas crenças do que vai acontecer com o valor do imóvel. Se você acha que os imóveis vão crescer 10000% nos próximos 5 ou 10 anos (como já teve uns "causos" de imóveis mágicos postados aqui, nos quais nunca acredito), não há juros que paguem 10000% nos próximos 5 ou 10 anos.
  • Pense na seguinte situação: dois imóveis, um ao lado do outro, idênticos em tamanho, estilo e estão no mesmo local. Um deles tem 20 anos. O outro é "0km", acabou de ser construído na semana passada. Qual vale mais? Quanto? Agora explica pra mim: se imóvel valoriza sempre, não era pro imóvel de 20 anos valer mais que o "0km"? É isso que vai acontecer com seu imóvel.
  • Se imóvel rendesse mais que os juros de um financiamento, banco não te emprestava o dinheiro pra comprar o imóvel, ele te alugava o imóvel.
  • Se ter imóvel é melhor que ter dinheiro, porque alguém está tão louco assim pra te vender o imóvel?
  • "Imóvel é investimento seguro e com boa rentabilidade". Se você concordou com essa frase, você ainda acredita em investimento seguro com boa rentabilidade, e provavelmente vai perder todo seu dinheiro rapidamente.
  • Vou te propor um exercício: 18 de junho de 1985, 30 anos atrás. Você consegue me dizer onde estava nesse dia? Como era o mundo ao seu redor? Lembra que celular não existia? Qual era o seu maior sonho, naquela época? E seu maior medo? O que era chique na época? Quais bairros estavam crescendo? Como era a violência? Era melhor morar em casa ou em apartamento? Pois é. Você vai fazer um financiamento para 30 anos. Você só vai terminar de pagar em 18 de junho de 2045, você pode me dizer como será o mundo ao seu redor lá? É melhor comprar uma casa ou um apartamento?
  • A maioria dos brasileiros tem medo de investir em renda variável, como ações. "É muito perigoso", dizem. Não percebem que comprar um imóvel é renda variável, igualzinho a um investimento em ações.
  • A maioria das pessoas passam a poupar menos e "investir no imóvel". Você arruma uma justificativa linda pra gastar em baboseira: essa TV 4k de 70" vai valorizar o imóvel. Esse móvel na sala vai valorizar o imóvel. Esses armários embutidos caríssimos vão valorizar o imóvel. TUDO valoriza o imóvel, só você que não valoriza seu dinheiro.
  • Não se iluda: você não tem um imóvel. Você tem uma DÍVIDA. Se usar o FGTS para amortizar sua dívida ou para a entrada, e perder o emprego, você vai ter sérios problemas e pode perder seu imóvel RAPIDAMENTE. E não vai ter dinheiro pra pagar o aluguel.
  • Quem corre risco de ficar sem um teto pra morar é quem financia, não quem aluga. Numa hipótese de doença, desemprego, etc, a sua reserva financeira pode ser usada para pagar o aluguel. Se a coisa apertar, você muda para um imóvel com aluguel que custe a metade. Agora, se a coisa apertar num financiamento, não vai dar para ligar no banco e dizer que quer pagar só a metade.

Fatores a favor de comprar

  • MCMV não é financiamento de imóvel. O governo está DANDO imóveis ou parte deles. Nesse caso, nem perca tempo comparando com o aluguel. Compensa MUITO pegar um imóvel no MCMV.
  • O FGTS pesa MUITO a favor de comprar um imóvel ao invés de alugar, principalmente se você usá-lo a cada 2 anos pra amortizar a dívida. Se você é trabalhador CLT, o governo te obriga a deixar 8,5% do seu salário numa conta que não rende nada, sendo corroído pela inflação. Usar esse dinheiro pra comprar um imóvel pode ser interessante.
  • A maioria dos brasileiros tem preguiça de poupar e se informar e deixa o dinheiro lá na poupança, perdendo pra inflação ou no máximo empatando.
  • Ninguém aluga imóvel por 20 anos, você acaba tendo que mudar de imóvel a cada 3 ou 5 anos. Essas mudanças têm custo.
  • Vai que você dá uma sorte e o imóvel valoriza, mesmo?

Por fim, todo brasileiro nasce com o "gene do investimento imobiliário". Você já conheceu alguém que perdeu dinheiro com imóveis? Olha que talento nato pra ganhar dinheiro! Uma coisa, entretanto me deixa encafifado: se tem tanta gente ganhando dinheiro com imóveis, de onde vem esse dinheiro?
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
Mensagens
6.546
Reações
15.124
Pontos
348
O que muita gente esquece é que infelizmente para conseguir algo nesse país, 99,99% só se consegue financiado, seja lá o que for, uma casa, um carro, uma TV etc. Apenas 0,01% da população brasileira consegue comprar as coisas a vista. Se levarmos em conta a relação entre o salário mínimo vs o preço das coisas, são quase extremos opostos. Como uma pessoa que ganha R$ 1.500,00 vai um dia conseguir comprar um imóvel, ou um carro ou qualquer outra coisa?
 

Bug_Secular

Bam-bam-bam
Mensagens
2.840
Reações
4.030
Pontos
303
O que muita gente esquece é que infelizmente para conseguir algo nesse país, 99,99% só se consegue financiado, seja lá o que for, uma casa, um carro, uma TV etc. Apenas 0,01% da população brasileira consegue comprar as coisas a vista. Se levarmos em conta a relação entre o salário mínimo vs o preço das coisas, são quase extremos opostos. Como uma pessoa que ganha R$ 1.500,00 vai um dia conseguir comprar um imóvel, ou um carro ou qualquer outra coisa?
Pois é. Como você disse. Por exemplo é em regiões mais carentes onde o salário mínimo (R$ 9XX,00) reina..., como essa galera compraria uma casa, um carro 0km À VISTA? Quase nunca.

Acho o financiamento uma furada, esses juros não compensam - pagar quase ou mais que o dobro é exploratório demais. Mas ter uma casa própria já é um problema a menos. Se o cara for concursado público, ganha seus 2, 3k e não tem mais perspectiva de se mudar e tentar algo novo, acho uma boa ideia e adquirindo bens próprios. Ao invés de pagar R$ 800, R$ 1.000,00 em um aluguel, pode ir financiando algo próprio.

E detalhe, onde moro boa parte dos salários giram entre R$ 700 ~ R$ 1.200. E o aluguel de uma casa simples chega fácil aos R$ 600. NEsses pontos compensa, mesmo que pagando o dobro do apartamento, financiar e pagar como se fosse um aluguel.

Eu faria isso? Talvez não. Talvez eu saia do estado dentre 5, 10 anos. E não acho vantajoso financiar algo por mais de 12 meses.

Só acho que tá na hora de políticas ajustarem as taxas de financiamento. Isso é até exploração ao meu ver. 10% tudo bem. Mas 100%? huehue
 
Ultima Edição:

pavomba

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.481
Reações
15.908
Pontos
614
Tudo depende das suas condições e interesses.

Meus pais são da área de construção, então as casas que morei sempre foi terreno e construção, não foi compra pronta, ai já temos um gasto menor, porém maior espera e lidar com os procedimentos.

Localização, se você for comprar em um lugar ruim e que não tem ainda por cima uma perspectiva de melhora, tem que ser baratinho porque fora disso é prejuízo, melhor ficar no aluguel mesmo até achar de um lugar bom.

Tempo: Como falei acima, ficar no aluguel e achar uma casa própria em um lugar bom, mas se por exemplo, tu pensa em se mudar daqui poucos anos, vai depender do timing, se estiver num crescimento, ai vende fácil e com reajuste da inflação ou até mais, mas se não, vai penar pra conseguir vender e até sair no preju, e mesmo assim no geral não é coisa que saí de uma semana para outra como carro. Eu moro na mesma casa há 17 anos.

No geral, casa própria compensa se for numa localização ao menos decente (que tenha um comércio basico para o dia a dia, e ser perto do centro ou de transportes como metrô) e for morar por um bom tempo, no caso, basicamente se estabelecer.

Fora disso, aluguel mesmo, enquanto não tiver grana para algo assim, e dependendo, pode ser até mais rentavel se deixar parte em aplicação, pode conquistar algo maior que o previsto.
 

sux138

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.669
Reações
19.909
Pontos
553
a questão é se existe opções de aluguel em preços acessíveis

onde estou morando o preço do aluguel custa 3x o valor da prestação do financiamento no mesmo imóvel.... sim, no final de 30/40 anos você paga 2 apartamentos, mas no aluguel voce paga 3 e nãoé o dono
 

geist

Bam-bam-bam
Mensagens
9.018
Reações
30.446
Pontos
353
Esses vídeos de "educação" financeira são furada em sua maioria. Talvez são de valia para quem tem muita grana ou renda muito alta.
Pra pobre ou classe média é mais vantagem comprar um imóvel. Brasileiro, do jeito que é esperto pra dinheiro, ia ter essa sanha toda por casa própria?

Estava pesquisando um imóvel para comprar por 200 mil reais.
Ficaria 956 reais por mês pela Price (300 meses) + 40 mil até as parcelas (entrada, documentação, taxas, etc).
O condomínio de 260 reais seria somado ao valor da parcela, ficando 1.216 por mês.
O aluguel de imóvel similar na mesma região custa cerca de 1100 reais (com condomínio).

Essa diferença de 116 reais por mês entre comprar e alugar + o valor da entrada:

40.000 + 300x116 = 74.800

Valor gasto em um imóvel que não será seu: 330.000

Não vale a pena. Nesse tempo o aluguel subirá de preço enquanto a parcela do financiamento permanecerá a mesma (se for SAC, melhor ainda). Fora que no imóvel próprio você já deixa do jeito que quer em relação a móveis, piso, paredes. Ele também tende a valorizar. Pode até mesmo se tornar fonte de renda com aluguel no futuro.
 

Geo

Bam-bam-bam
Mensagens
8.966
Reações
9.959
Pontos
429
Do ponto de vista financeiro é sempre melhor comprar. Ponto. As prestações são dinheiro se convertendo em patrimônio. Fato.

Porém a compra de um imóvel a prestação é um compromisso de longo prazo. E moradia não é apenas um investimento. Depende dos teus projetos. Se eu me mudasse para outra cidade a trabalho, certamente alugaria até ter certeza de que meu projeto de vida será lá.
 

Adam Sandler

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
26.141
Reações
40.351
Pontos
553
A liberação de crédito para quem não tem dinheiro fez essas pessoas caírem de cabeça numa piscina sem água e ao mesmo tempo inflacionar o mercado de imóveis com preços surreais.
Casais jovens que optaram se arriscar muitas vezes não vão ficar juntos 5 anos, imagine os 30 do financiamento.
 

Gabjplima

Bam-bam-bam
Mensagens
10.294
Reações
7.502
Pontos
454
Até que achei barato esse AP aí. Quantos metros quadrados e quantos quartos são?
 

a r

Habitué da casa
Mensagens
141
Reações
208
Pontos
54
maior besteira que fiz foi comprar um apê

não levei em consideraçao o condominio todo mes

atualmente tenho que viver me segurando nos gastos porque ele compromete muito meu orçamento
 

Povo da Areia

Bam-bam-bam
Mensagens
2.117
Reações
5.074
Pontos
303
Ta muito mal contata essa sua história, ela só faz sentido se o valor do seu financiamento for mais de 2800 por mês.

Pois a grande maioria que financiam esses APs pagam menos de 800 por mês e sem entrada, essas pessoas não tem outra opção a não ser financiar, pois uma aluguel é 800 reais ou mais que isso.
 

pavomba

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.481
Reações
15.908
Pontos
614
Esses vídeos de "educação" financeira são furada em sua maioria. Talvez são de valia para quem tem muita grana ou renda muito alta.
Pra pobre ou classe média é mais vantagem comprar um imóvel. Brasileiro, do jeito que é esperto pra dinheiro, ia ter essa sanha toda por casa própria?

Estava pesquisando um imóvel para comprar por 200 mil reais.
Ficaria 956 reais por mês pela Price (300 meses) + 40 mil até as parcelas (entrada, documentação, taxas, etc).
O condomínio de 260 reais seria somado ao valor da parcela, ficando 1.216 por mês.
O aluguel de imóvel similar na mesma região custa cerca de 1100 reais (com condomínio).

Essa diferença de 116 reais por mês entre comprar e alugar + o valor da entrada:

40.000 + 300x116 = 74.800

Valor gasto em um imóvel que não será seu: 330.000

Não vale a pena. Nesse tempo o aluguel subirá de preço enquanto a parcela do financiamento permanecerá a mesma (se for SAC, melhor ainda). Fora que no imóvel próprio você já deixa do jeito que quer em relação a móveis, piso, paredes. Ele também tende a valorizar. Pode até mesmo se tornar fonte de renda com aluguel no futuro.
300 meses = 25 anos

Se a pessoal não quiser viver o resto da vida no mesmo lugar, não compensa fazer tamanho parcelamento absurdo, até porque quem aluga fica bem menos tempo que isso.
 

cmsnes

Bam-bam-bam
Mensagens
6.587
Reações
8.786
Pontos
344
Até que achei barato esse AP aí. Quantos metros quadrados e quantos quartos são?
47m², dois quartos.

Ta muito mal contata essa sua história, ela só faz sentido se o valor do seu financiamento for mais de 2800 por mês.

Pois a grande maioria que financiam esses APs pagam menos de 800 por mês e sem entrada, essas pessoas não tem outra opção a não ser financiar, pois uma aluguel é 800 reais ou mais que isso.
Amigo, o valor da prestação do financiamento bancário é uma coisa. Mas eu tinha, além disso, a prestação da entrada. Eu não dei 30.000 a vista, não teria essa condição. Somando as duas, dava o valor que citei.
Além disso, porque teria que ser 2.800 por mês? Qual a lógica, qual o cálculo que você fez pra chegar nesse valor?

Pois pra mim é simples: valor real do imóvel é 160.000,00, e financiado é em torno de 315.000,00, já contando a entrada. Pagando em 10 anos, esse valor cairia pra uns 275.000,00, mais ou menos. Lembrando que o sistema de amortização é PRICE, ou seja, pago a maior parte dos juros primeiro, e depois o saldo devedor.

Aluguei uma casa de um conhecido por 600 reais ao mês, mais as taxas, num local bacana. Obviamente eu não conseguiria nesse valor se não fosse de conhecido. Supondo que eu vá pagar aluguel durante 10 anos, com uma média até maior, uns 800 reais por mês. 120 meses dá 96.000,00, o que PRA MIM vale mais a pena do que pagar a diferença em juros. Considere também que não sou um robô e não estou apenas considerando a moradia. Estou levando em conta toda a minha vida, comparando as duas situações, financiado e alugado. Pra mim vai compensar muito mais pagar o aluguel, depositar um valor confortável numa aplicação que renda legal, e daqui uns 8 anos eu terei mais dinheiro até do que o valor do apartamento. A diferença é que terei a liberdade de escolher o que eu quiser fazer.
 
Ultima Edição:

sux138

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.669
Reações
19.909
Pontos
553
maior besteira que fiz foi comprar um apê

não levei em consideraçao o condominio todo mes
custos de condominio são um business completamente paralelo ao da construção e venda de imóveis... os valrores pagos são sinistros, como que ninguem levanta o tapete disso?
 

Insônia

Bam-bam-bam
Mensagens
2.656
Reações
7.124
Pontos
294
Casa aqui na região onde moro é 400k pra cima. São sobrados em terrenos de no mínimo 100m², todos bem acabados, boa localização. É praticamente comprar e cair pra dentro. Meu vizinho está vendendo à casa dele por fucking 500k, casa térrea 4 quartos + edicula em um terreno de quase 300m².

Agora vem a pergunta: Vocês acham que o cara que possui 500k vai dar essa grana em um imóvel, ou, assumir uma dívida dessa magnitude junto ao banco para um financiamento? Qualquer uma que tem essa grana, sabe o mínimo de investimento e maneira de fazer esse dinheiro multiplicar-se.

Dinheiro também é patrimônio e se você cuidar a inflação não vai comer, diferente do imóvel que pode desvalorizar a qualquer momento por qualquer motivo mercadológico.
 
Topo