O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


[Na Lomba News > BOLSONARO DISSE NÃO!] Guedes prevê arrecadação de R$ 150 bilhões por ano com 'nova CPMF' / PRESIDENTE DETERMINA NÃO A CPMF e IMPOSTOS



PhylteR

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.072
Reações
10.304
Pontos
769
Isso já existe (veja a diferença de tributação de um maço de cigarros e de um pacote de arroz). O problema é que a legislação tributária é uma confusão e as alíquotas variam dependendo da qualidade do produto, da origem etc.

Exemplo: arroz com casca produzido e comercializado dentro do Rio Grande do Sul tem alíquota de 7%. O mesmo produto, se originado de outro estado, tem alíquota de 12%.
Exato, existe, mas nessa zona que você exemplificou. Criando um imposto único, taxado na venda ao consumidor final, é muito mais fácil.
 

DanielMF

Habitué da casa
Mensagens
556
Reações
436
Pontos
78
Mesmo que não se aumentasse a carga tributária, esse imposto é uma aberração estrutural fiscal.

Guedes com interesses obscuros. Ou com interesse em aumentar a carga tributária mesmo.
 

color kid

Veterano
Mensagens
336
Reações
903
Pontos
128
Nós impedimos esse destino quando derrotamos vocês na última eleição.

---

Caramba, QUEM AVISOU QUE ERA SUBSTITUTIVO MESMO?
Como é substitutivo se um imposto sobre movimentação financeira incide sobre toda cadeia produtiva? É evidente que isso aí é malabarismo argumentativo do Paulo Guedes e ele sabe muito bem disso. Por definição esse imposto NÃO pode ser substitutivo se visa aumentar a arrecadação.

Em outras palavras, onde isso será um um imposto substitutivo para o cara que fizer um TED para pagar pensão, uma transferência de dinheiro para família, um investimento em qualquer coisa de longo prazo/etc?

Essa porra desse imposto é uma merda, cara. Para um negócio desses ser minimamente aceitável o governo teria que EXTIRPAR muitos outros impostos que incidem principalmente em consumo (afetando a camada mais pobre da população), de forma a manter a mesma arrecadação. Se não for assim, é só botar mais (ainda) no cu da população.

Mesmo que não se aumentasse a carga tributária, esse imposto é uma aberração estrutural fiscal.

Guedes com interesses obscuros. Ou com interesse em aumentar a carga tributária mesmo.
O Brasil precisa de dinheiro. Congelar salários de servidores, fazendo os coitadinhos ganharem apenas 24k por mês, ajuda a diminuir a popularidade dele. Contingenciar verbas de lugares que realmente precisam de verba, também. Acabar com regalias de políticos, então, é incogitável.

O remédio da austeridade é amargo e tem implicações políticas. A população já está acostumada: a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco. Se não tem grana, corta dos serviços básicos (educação, saúde, segurança). O jeito político de resolver isso é colocar um imposto sobre movimentação financeira "pequenininho", arrecadar mais grana e poder fazer uma austeridade menos austera.
 
Ultima Edição:


DanielMF

Habitué da casa
Mensagens
556
Reações
436
Pontos
78
O Brasil precisa de dinheiro. Congelar salários de servidores, fazendo os coitadinhos ganharem apenas 24k por mês, ajuda a diminuir a popularidade dele. Contingenciar verbas de lugares que realmente precisam de verba, também. Acabar com regalias de políticos, então, é incogitável.

O remédio da austeridade é amargo e tem implicações políticas. A população já está acostumada: a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco. Se não tem grana, corta dos serviços básicos (educação, saúde, segurança). O jeito político de resolver isso é colocar um imposto sobre movimentação financeira "pequenininho", arrecadar mais grana e poder fazer uma austeridade menos austera.
Se querem aumentar a carga tributária, não tem problema, então que abandonem o discurso liberal e aumentem os impostos já existentes, ou criem outro que não distorça a economia.

Mas o imposto sobre transação financeira irá distorcer o arranjo estrutural da economia. Tributação sobre o que não gera renda, e tributação em cascata, são nocivas para a economia e o livre-mercado.
 

RoLukeSky

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.148
Reações
25.267
Pontos
553
Como é substitutivo se um imposto sobre movimentação financeira incide sobre toda cadeia produtiva? É evidente que isso aí é malabarismo argumentativo do Paulo Guedes e ele sabe muito bem disso. Por definição esse imposto NÃO pode ser substitutivo se visa aumentar a arrecadação.

Em outras palavras, onde isso será um um imposto substitutivo para o cara que fizer um TED para pagar pensão, uma transferência de dinheiro para família, um investimento em qualquer coisa de longo prazo/etc?

Essa porra desse imposto é uma merda, cara. Para um negócio desses ser minimamente aceitável o governo teria que EXTIRPAR muitos outros impostos que incidem principalmente em consumo (afetando a camada mais pobre da população), de forma a manter a mesma arrecadação. Se não for assim, é só botar mais (ainda) no cu da população.



O Brasil precisa de dinheiro. Congelar salários de servidores, fazendo os coitadinhos ganharem apenas 24k por mês, ajuda a diminuir a popularidade dele. Contingenciar verbas de lugares que realmente precisam de verba, também. Acabar com regalias de políticos, então, é incogitável.

O remédio da austeridade é amargo e tem implicações políticas. A população já está acostumada: a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco. Se não tem grana, corta dos serviços básicos (educação, saúde, segurança). O jeito político de resolver isso é colocar um imposto sobre movimentação financeira "pequenininho", arrecadar mais grana e poder fazer uma austeridade menos austera.
No meu caso, eu recebo o salario na CC do Itau. Como no Itau tem muitas taxas, eu gero um boleto no Nubank, pago pra mim mesmo, e um ou dois dias depois a grana está no Nubank. Logo, não pago um centavo se quer para o Itau!!!

Com essa ação, vou pagar para movimentar um dinheiro pra mim mesmo!!!

:kkk
 

Stranger_Eddie

Bam-bam-bam
Mensagens
3.600
Reações
11.298
Pontos
303
O Inferno não será o limite com esta merda aprovada... :facepalm

Creio que todo mundo já devem ter visto/lido fontes a rodo por ai...

Só gostaria de chamar atenção para este trecho:

....

"Pela proposta em estudo, cada saque e cada depósito em dinheiro deverá ser taxado inicialmente com uma alíquota inicial de 0,4% – que poderá aumentar ao longo do tempo. Já cada operação de débito e de crédito deve ser submetida a uma alíquota de 0,2%. O ministro da Economia, Paulo Guedes, no entanto, chegou a falar que a alíquota poderia chegar a 1%. "





.... :kflame
 

arg2agames

Ser evoluído
Mensagens
27
Reações
37
Pontos
24
Galera, o negocio é se realmente levarem essa ideia absurda ao congresso, temos que nos organizar e fazer varias manifestações, ligar ou mandar email/mensagem pra seu deputado e encher o saco pra isso não passar de jeito nenhum, praticamente vai ser a gota d'agua pra Brasil ir pro buraco...conversei ontem com minha familia que se aprovado um troço desse vou me embora...e sugiro o mesmo aos que tem condição de faze-lo, continuar sendo escravo do sistema não dá...
isso mostra que não podemos confiar em poilitico nenhum...
 

color kid

Veterano
Mensagens
336
Reações
903
Pontos
128
O Diabo Loiro já destruiu esta merda argumentativamente, junto do mancebo pseudo-ancap que defendia algo parecido:


Não é à toa que o Diabo disse:

"'Homem de banco, tudo bem. Mas me chamar de ultrarreacionário e comparar ao Paulo Guedes é demais! No Nordeste, seria como chamar a mãe de leviana! No Rio de Janeiro, seria como dizer que o papel da mulher da vida de um político é dormir com o marido.'

Em junho, Guedes afirmou ao Estadão que convidaria economistas liberais para discutir propostas, e listou o nome de Lisboa como um dos convidados. Lisboa reagiu e disse que não falaria com Guedes."

https://piaui.folha.uol.com.br/marcos-lisboa-me-comparar-paulo-guedes-e-demais/

c

Porra! Marcos Lisboa comeu o cu do moleque aí no seco kkk
 

Chimpanú

Supra-sumo
Mensagens
452
Reações
1.291
Pontos
168
Desde 88 não foi feito um ajuste fiscal sequer que não tenha sido integralmente constituído de aumento de impostos. Nada mudou.

Talvez o Cintra (de todas as pessoas) tenha pulado na granada e chocado o CPMF, mas pode acreditar: vai ter aumento de impostos. O desespero já tá batendo em Brasília.

Preparem os bumbumzinhos.
 

Cafetão Chinês

Bam-bam-bam
Mensagens
5.015
Reações
25.644
Pontos
353
O Guedes aformou que vai criar um novo imposto:
Imposto
Sobre
Fake
News

Vai arrecadar mais que todos os outros tributos somados.
O Guedes afirmou categoricamente que "pequenininho não machuca", e defendeu essa estrovenga de CPMF. Não teve fake news nenhuma. No máximo recuaram após a repercussão extremamente negativa.

Apoio esse governo e o próprio Guedes, mas que não comece com palhaçada querendo abusar da boa vontade do povo porque estamos sempre vigilantes.

Quem quiser tecer plano sobre CPMF, que o faça na Venezuela.
 
Ultima Edição:

overoad

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.439
Reações
15.747
Pontos
659
Agora é a hora da extrema imprensa começar a produzir matérias sobre como enterrar a cpmf pelo PR é uma medida pra beneficiar os ricos às custas dos mais pobres.

Enviado de meu SM-A705MN usando o Tapatalk
 

Grave Uypo

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.917
Reações
18.867
Pontos
553
No meu caso, eu recebo o salario na CC do Itau. Como no Itau tem muitas taxas, eu gero um boleto no Nubank, pago pra mim mesmo, e um ou dois dias depois a grana está no Nubank. Logo, não pago um centavo se quer para o Itau!!!

Com essa ação, vou pagar para movimentar um dinheiro pra mim mesmo!!!

:kkk
Eu também faço isso. Soh q eu ia pagar o imposto 2x
 

Wayne Gretzky

Mil pontos, LOL!
Mensagens
38.479
Reações
52.476
Pontos
1.024
Não generalize ofensas.
Foi isso o que aconteceu mesmo ou vc ta zoando?

To perdido no que aconteceu.
Cintra foi usado como boi de piranha. A atitude dele gerou uma insatisfação generalizada na população, o governo percebeu que estava dando um tiro na cabeça e resolveu cortar a cabeça do dedo duro para sair como os bonzinhos que estavam defendendo o povo de mais um imposto, quando na realidade o cérebro do projeto é o Guedes com aval do Jair.

O rebanho agora criou uma teoria que tudo foi uma fake news e estão glorificando ainda mais a dupla Guedes-Jair.
 
Topo