O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Project REsistance é o novo Resident Evil [Teaser pg. 4]



Axel:

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.027
Reações
23.257
Pontos
553
O produtor do jogo e o "veja bem..."

Os fãs querem o bom feijão com arroz do re2.Os caras entregam essa bomba e agora ficam de mimimi.:facepalm

A Capcom deveria focar no nicho deles, que são os singleplayer e desistir de uma vez por todos de jogos online, até porque eles não tem nenhuma relevância nisso.
 

BlooMorte

Bam-bam-bam
Mensagens
6.531
Reações
8.113
Pontos
374
Podiam lançar como free to play e soltar umas DLC's com personagens icônicos, aos poucos colocando eventos com personagens outras franquias e por aí vai.
Eu não compraria esse jogo, mas certamente jogaria se fosse nesse formato. Pagar por jogos assim não vale a pena, pois em questão de poucos meses os servidores podem ficar vazios. Até tentei jogar aquele Umbrella Corps quando ganhei em alguma promoção que nem lembro, mesmo com expectativa baixa, mas já não tinha mais ninguém jogando.
 

Skyloft

Smelly cat
VIP
GOLD
Mensagens
13.992
Reações
33.630
Pontos
584

  • O personagem, depois tomar uma espécie de suco gummy, fica frenético e sai socando os zumbis.
  • O outro solta um ki sayajin com um impulso de ar e afasta todos do seu entorno.
  • A outra toma uma substância e uma luz cobre o corpo, deixando-a blindada.
  • O zumbi tem olhos lasers.
  • O Mr. X desfere socos que deixa um traçado de luz.
  • O licker fica com o corpo translúcido e amarelo.
  • Um portal de Terminator se abre e surgem cães cérberos e lickers.
  • Exatamente os mesmos assets de RE2make. Os personagens se movem exatamente iguais a Leon e Claire.
  • Quatro jovens descolados, geniosos, ousados e dinâmicos... Só faltou o Scooby-doo.
Esses caras comeram bosta ou algo do gênero para perderem o senso do ridículo? Os caras gastam um precioso tempo e muitos recursos em algo tão whatever, preguiçoso e anticonsumo. Não há o menor esmero e coerência com a proposta e o enredo original da franquia, com os quais a CAPCOM fez todo esse sucesso e, no início do ano, por meio do Re2make resgatou o prestigio outrora perdido.

Poderiam ter feito a sequência de RE Outbreak ou o próprio remake, com a mesmo ritmo e espírito do original. Cada cenário tem sua história, assim como cada personagem selecionável tem seu papel na cidade. O gamedesign se resumiria tão somente em avançar pelo cenário, redescobrindo o background do local, solucionando puzzles e superando os obstáculos (inimigos), para encontrar caminhos até se chegar ao final. Simples assim!

Totalmente desnecessário esse ritmo de ação, com apelos visuais pastelões e japonguices cafonas. Essa sangria desatada para fazer dinheiro às pressas, lançando jogos paliativos e mal acabados, é tão típico desta CAPCOM burra e estúpida. Os caras realmente vivem em uma bolha e não sabem absorver, interpretar e materializar a vontade dos fãs.

Todo esse tempo poderia ser gasto alimentando o RE2make com DLCs, como o real Cenário B, campanhas robustas de Marvin, Ford e Ada, retratando os eventos antes de Leon e Claire e depois da saída de Jill. Para além de proporcionar novas horas de jogatina com novos cenários e inimigos, serviria para complementar e retocar o enredo, explicando como o Marvin se lesionou, o destino de Ford, a chegada de Ada à cidade e à Delegacia, a atuação de Irons na Delegacia etc.

Que cobrasse um preço módico por cada, assim como faz com as seasons de SFV. Por certo, iria atrair consumidores. Ao fim de tudo, que lançasse uma versão definitiva nos consoles da próxima geração. Tudo isso poderia manter o potencial de vendas do jogo por alguns anos, até a versão definitiva. Enfim, seguindo a fórmula da CDPR com Witcher 3.

Inacreditável a capacidade de autodestruição da CAPCOM.

Esse é o meu amigo e vizinho de porta!

 

Adam Sandler

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
41.879
Reações
65.334
Pontos
753
O produtor do jogo e o "veja bem..."

Eles escreveu mais ou menos isso "Estou fazendo m**** mas não quero admitir com medo de perder o emprego, então f**a-se". Quem é fã deveria soltar o verbo nesse tweet, o problema que sempre vejo é a pirralhada batendo palma para qualquer coisa, muitas vezes nem consumir aquilo elas consomem, apenas ficam apoiando para parecer legal.
 
Ultima Edição:


Dilios

Bam-bam-bam
Mensagens
2.672
Reações
4.604
Pontos
303
Eu devo estar com algum problema, pois gostei do jogo! kkkk

É legal o trabalho de cooperação, o problema é o ritmo, é muita coisa acontecendo ao mesmo tempo e fica confuso.

Como o pessoal ainda não sabe controlar as habilidades individuais muito bem, fica mais complicado.

Cheguei a passar 3 áreas e morri (com o time) na quarta.

Deveria ser um DLC, faria até sucesso.
 

T-Rexz

Bam-bam-bam
Mensagens
8.040
Reações
6.434
Pontos
404
Eu devo estar com algum problema, pois gostei do jogo! kkkk

É legal o trabalho de cooperação, o problema é o ritmo, é muita coisa acontecendo ao mesmo tempo e fica confuso.

Como o pessoal ainda não sabe controlar as habilidades individuais muito bem, fica mais complicado.

Cheguei a passar 3 áreas e morri (com o time) na quarta.

Deveria ser um DLC, faria até sucesso.
Poxa.... kkkk. Bom, nao tenho nada contra vc se gostou, mas diga a verdade ai... diga no fundo de tudo isso se isso, pelo q vc jogou, eh realmente Resident Evil? Ou deveria ter um outro nome pra nao prejudicar o nome da serie RE, pois este beta esta mais pra ser como aconteceu com ORC e Umbrella Corps. Deveria ser algo no mesmo naipe de RE2 ou RE7, ate o Tribbiani estava querendo Outbreak, mas o beta apresentado está fora do conceito do que o Outbreak eh. Entao, e nao eh soh ele, há mais gente q estao criticando o jogo. Parece que eh um jogo generico com informacoes pipocando na tela, dai soh joga os assets e ícones conhecidos da serie RE e pronto... dai falou-se o "f**a-se" do produtor de RE Resistance.
 

Dilios

Bam-bam-bam
Mensagens
2.672
Reações
4.604
Pontos
303
Poxa.... kkkk. Bom, nao tenho nada contra vc se gostou, mas diga a verdade ai... diga no fundo de tudo isso se isso, pelo q vc jogou, eh realmente Resident Evil? Ou deveria ter um outro nome pra nao prejudicar o nome da serie RE, pois este beta esta mais pra ser como aconteceu com ORC e Umbrella Corps. Deveria ser algo no mesmo naipe de RE2 ou RE7, ate o Tribbiani estava querendo Outbreak, mas o beta apresentado está fora do conceito do que o Outbreak eh. Entao, e nao eh soh ele, há mais gente q estao criticando o jogo. Parece que eh um jogo generico com informacoes pipocando na tela, dai soh joga os assets e ícones conhecidos da serie RE e pronto... dai falou-se o "f**a-se" do produtor de RE Resistance.
Carece de polimento e alterações, mas no ritmo certo e com personagens carismáticos, daria um modo de jogo alternativo dentro de um título principal.

Do jeito que está, não vale o preço de um jogo solo mesmo. É um equívoco maior até do que MG Survive, se é que é possível.

Ontem após várias partidas, me pareceu um tanto desbalanceado em prol do vilão, parece que as habilidades dele carregam mais rápido que as dos sobreviventes.
 

PocketCrocodile

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.818
Reações
36.462
Pontos
553
O produtor do jogo e o "veja bem..."

Pior coisa que tem é seguir game dev no twitter
Putz cara, nunca vi tanta gente chorona num lugar só, put* que pariu
Tem suas excessões como Lukas Pope (que na real quase nunca aparece pra falar algo lol) e alguns poucos outros, o resto são uma galera nesse nivel ai
 

Joey Tribbiani

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.740
Reações
39.563
Pontos
654
É uma completa falta de sensibilidade e de desconexão com a comunidade de fãs a visão deste jogo. Eu não sei se isso é arrogância de querer, de forma mesquinha, rechaçar o trabalho alheio para colocar a sua assinatura no jogo ou, realmente, falta de recursos e capacidade técnica para repetir os exitosos trabalhos da equipe principal (Dev 1) da Capcom.
  • Bastava seguir a atmosfera pronta de RE2make;
  • Bastava trazer de volta os oito personagens de Outbreak;
  • Bastava colocar tão somente o Mr. X para compor o 4x1 para o usuário caçar os outros quatro e impedir os seus avanços no cenário;
  • Bastava, de início, criar quatro cenários de Raccoon City, por exemplo, o "Madison Square Garden" de Raccoon, a Prefeitura, o Departamento de Bombeiros e uma Tower Center da Umbrella. Além disso, colocaria caminhos pelas ruas, estacionamentos e becos da cidade;
  • Bastava escrever uma história intimista, humanizada e de sobrevivência nos caos, particularizada com a vida dos personagens, assim como de cada cenário, distribuindo pelas localidades NPCs com a finalidade de desenvolver o enredo Raccoon-Umbrella;
  • Bastava, para dar identidade aos personagens, capturar os movimentos e a estrutura física de pessoas reais;
  • Bastava retrabalhar a física para conferir mais impacto aos ataques melee.
Creio que com isso daria credibilidade ao jogo e entusiasmaria muita gente. Enfim, seguir a simples e já pronta fórmula de Outbreak. Seriam decisões que demandariam tempo e um pouco de custo, sim, mas seriam bem melhores do que fazer um copy-paste indolente e aleatório dos assets de RE2make. Valeria a pena, pois, às vezes, o barato sai caro, quando o jogo não se paga e o conceito da empresa cai no mercado de investidores.

Não, mas o camarada prefere colocar monstros convocados diretamente do inferno por meio de portais que brotam do nada; um punhado de metralhadoras nos cantos das paredes, soltando rajadas, enquanto o Mr. X solta fogo pelas mãos a cada soco que desfere, numa suruba nervosa com cérberos, lickers e zumbis espremidos num quarto fechado; e, nesse engodo, o nosso personagem incorporando o Rocky Balboa e saindo no braço com todos eles. Gente do céu... Que mau gosto da porra!

Aliás, acho que estou esperando demais da CAPCOM...
 
Ultima Edição:

Dilios

Bam-bam-bam
Mensagens
2.672
Reações
4.604
Pontos
303
É uma completa falta de sensibilidade e desconexão com a comunidade de fãs da franquia. Eu não sei se isso é arrogância de querer de forma pretensiosa colocar a sua assinatura no jogo ou realmente seja falta de recursos e capacidade técnica para repetir os trabalhos da equipe principal da Capcom.

  • Bastava seguir a atmosfera pronta de RE2make;
  • Bastava trazer de volta os oito personagens de Outbreak;
  • Bastava colocar tão somente o Mr. X (evoluindo de acordo com os ataques) para compor o 4x1;
  • Bastava criar quatro cenários iniciais (os demais adicionavam via DLC), como por exemplo: o "Madison Square Garden" de Raccoon, a Prefeitura da Cidade, o Departamento de Bombeiros e uma Tower Center da Umbrella, com passagens pelas ruas, estacionamentos e becos da cidade;
  • Bastava escrever uma história intimista, humanizada, de cada personagem, de cada cenário, adicionando-lhes NPCs para alimentar a conspiração e o enredo Raccoon-Umbrella.
  • Bastava pôr humanos para colocar novas animações nos movimentos e para simular a estrutura física de cada personagem.
  • Bastava retrabalhar a física para conferir mais impacto nos ataques melee.
Creio que com isso iria entusiasmar muita gente. Seguir a simples fórmula de Outbreak.

Não, mas o camarada prefere colocar monstros advindo diretamente do inferno por meio portais que surgem do nada e um punhado de metralhadoras nos cantos das paredes soltando rajadas, enquanto o Mr. X solta fogos pelas mãos a cada soco que desfere e o personagem incorpora o Rocky Balboa e sai no braço com o Licker e o Mr. X. Gente do céu... Que mau gosto da porra!

Acho que estou propondo demais para a CAPCOM...
Ri com o último parágrafo! Haha

Realmente, é um desperdício de oportunidade, uma pena. Tem potencial escondido, bem escondido. Paciência.
 

lucas789

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.430
Reações
69.004
Pontos
554
É uma completa falta de sensibilidade e desconexão com a comunidade de fãs da franquia. Eu não sei se isso é arrogância de querer de forma pretensiosa colocar a sua assinatura no jogo ou realmente seja falta de recursos e capacidade técnica para repetir os trabalhos da equipe principal da Capcom.

  • Bastava seguir a atmosfera pronta de RE2make;
  • Bastava trazer de volta os oito personagens de Outbreak;
  • Bastava colocar tão somente o Mr. X (evoluindo de acordo com os ataques) para compor o 4x1;
  • Bastava criar quatro cenários iniciais (os demais adicionavam via DLC), como por exemplo: o "Madison Square Garden" de Raccoon, a Prefeitura da Cidade, o Departamento de Bombeiros e uma Tower Center da Umbrella, com passagens pelas ruas, estacionamentos e becos da cidade;
  • Bastava escrever uma história intimista, humanizada, de cada personagem, de cada cenário, adicionando-lhes NPCs para alimentar a conspiração e o enredo Raccoon-Umbrella.
  • Bastava pôr humanos para colocar novas animações nos movimentos e para simular a estrutura física de cada personagem.
  • Bastava retrabalhar a física para conferir mais impacto nos ataques melee.
Creio que com isso iria entusiasmar muita gente. Seguir a simples fórmula de Outbreak.

Não, mas o camarada prefere colocar monstros advindo diretamente do inferno por meio portais que surgem do nada e um punhado de metralhadoras nos cantos das paredes soltando rajadas, enquanto o Mr. X solta fogos pelas mãos a cada soco que desfere e o personagem incorpora o Rocky Balboa e sai no braço com o Licker e o Mr. X. Gente do céu... Que mau gosto da porra!

Acho que estou propondo demais para a CAPCOM...
Isso é obra do Kawata, ele é o cara que disse que Resident Evil é uma franquia grande demais pra ficar no survival horror

Inclusive dizem que aquele boss gigante no RE7 que é o que destoa do resto é dedo do kawata no desenvolvimento
 

lucas789

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.430
Reações
69.004
Pontos
554
O produtor do jogo e o "veja bem..."

Eles escreveu mais ou menos isso "Estou fazendo m**** mas não quero admitir com medo de perder o emprego, então f**a-se". Quem é fã deveria soltar o verbo nesse tweet, o problema que sempre vejo é a pirralhada batendo palma para qualquer coisa, muitas vezes nem consumir aquilo elas consomem, apenas ficam apoiando para parecer legal.


Ele é um produtor da Capcom, mas pelo que eu sei ele não está envolvido nesse jogo aí não
 

Loflite

Bam-bam-bam
Mensagens
2.443
Reações
2.815
Pontos
303
Isso é obra do Kawata, ele é o cara que disse que Resident Evil é uma franquia grande demais pra ficar no survival horror

Inclusive dizem que aquele boss gigante no RE7 que é o que destoa do resto é dedo do kawata no desenvolvimento
Aquele rosto gigante? Só falta esse maluco ter criado o mosquitão da dengue do RE6, que negócio ruim.
 

Aoshi

Bam-bam-bam
Mensagens
9.179
Reações
11.153
Pontos
414
Entrei só para ver a galera criticando.

Não me decepcionei.

Jogo deve ser lixoso demais, só pelos trailers já dá para sentir isso
 

Joey Tribbiani

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.740
Reações
39.563
Pontos
654
Ele é um produtor da Capcom, mas pelo que eu sei ele não está envolvido nesse jogo aí não
Aquele rosto gigante? Só falta esse maluco ter criado o mosquitão da dengue do RE6, que negócio ruim.
Eu estava curioso sobre a hediondez desse "Projeto", e o que pude, a princípio, obter de informação foi que o Kawata seria o consultor e o Matt Walker, o produtor, em conjunto com a Neobards (uma empresa terceirizada, de Taiwan). Não sei se esta é a verdade. Mas vocês estão completamente certos quanto ao Kawata. O tino criativo desse cidadão sempre foi extravagante, alienado e imprestável.
 
Ultima Edição:

Joey Tribbiani

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.740
Reações
39.563
Pontos
654
ENTREVISTA COM KAWATA

Via google translate.

-Eu tentei jogar imediatamente. A qualidade do jogo é completamente diferente no lado do sobrevivente e no lado da mente principal.

Kawada: O sistema de jogo é uma batalha de quatro para um, mas como você pode fazer com que cinco jogadores se sintam divertidos? Eu acho que esse será o ponto principal deste trabalho.

――De onde surgiu a ideia de “horror assimétrico do tipo batalha”?

Kawada "Resistência ao Projeto" é um título desafiador. O modo de campanha offline continuará sendo agradável como uma única unidade, assim como o anterior "Resident Evil" funciona. Ao mesmo tempo, focaremos no modo online para criar uma experiência nunca vista antes.

――Quando você fala sobre "Resident Evil" online, muitos fãs pensam em "Resident Evil Outbreak".

Kawada: Embora não sejamos inspirados por “Outbreak”, pensamos que “Resident Evil” é algo em comum. No entanto, existem muitos clientes que experimentaram no TGS que o sobrevivente se sente difícil e acho que há espaço para ajustes.

-Certamente, quando tentei, o sobrevivente não conseguia escapar com pesar, mas quando joguei Mastermind, fui capaz de impedir a fuga no segundo mapa.

Kawada: Mesmo no desenvolvimento, a taxa de vitórias no lado da mente-mestre era alta no início, mas a taxa de vitórias no lado dos sobreviventes aumentou à medida que jogávamos. Quando o jogador capta o fluxo para escapar (aquisição de itens-chave, etc.), aprende a estrutura do mapa e monta as táticas, o lado da mente principal fica completamente envolvido.

――Se você está acostumado ao lado do sobrevivente, pode tentar escapar eficientemente?

Kawada: O sobrevivente costuma fazer isso e pode ser difícil de entender. O lado da mente do mestre é uma história extrema, e o jogo progride sem nenhuma operação; portanto, a mente do mestre é esmagadora em termos de facilidade de aderência.

-O sobrevivente precisa ler as ações de Mastermind enquanto luta contra zumbis e outras criaturas.

Kawada: Na minha primeira jogada, acho que é um fator que o lado sobrevivente está em desvantagem, pois tende a sentir que as habilidades não são muito usadas ou as armas não são personalizadas. Não sei onde usar antes de saber a hora de reutilizar uma habilidade, então acho que há espaço para ajustes.

-Parece difícil ajustar a balança se for assimétrica ...?

Kawada: Embora difícil, o ponto é que os jogadores do lado sobrevivente também podem sentir uma sensação de realização.

Com tempo limitado de teste, é difícil chegar a um lugar onde você possa sentir uma sensação de realização.

Kawada: Um teste beta fechado será realizado das 16h às 16h em 4 de outubro de 2019 (horário do Japão), portanto, faça o teste até que você tenha sucesso.

-Os ajustes serão inseridos a partir da versão da exposição TGS?

Kawada Na TGS, a NeoBards Entertainment, uma desenvolvedora conjunta, chegou ao estande de teste. Acabamos de discutir como organizar o teste beta fechado.

--Então é isso. A propósito, este trabalho está posicionado como um “título de trabalho” e o lançamento é indeciso, mas eu gostaria de perguntar o que é necessário para finalizar o lançamento.

Kawada: Primeiro de tudo, é o requisito mínimo que todos possam se sentir "interessantes". Para aqueles que esperavam refazer ou remasterizar "Outbreak", seria uma pena trair as expectativas, mas, por outro lado, foi recebido como um novo título, como "Mastermind parece ser divertido". ouvido de clientes. O primeiro objetivo é divulgar trabalhos de qualidade que atendam a essas expectativas.

- O título “Project Resistance” também é um título provisório?

Kawada: Isso mesmo. A propósito, "resistência" neste título inclui o tema da resistência ao cérebro. Além disso, você pode fazer algo interessante além da estrutura atual da série "Resident Evil"? Também significa resistência à teoria até agora.

――Os olhos vão para o local onde o logotipo do título “RE” está vermelho.

Kawada está consciente de "Resident Evil (título internacional de" Resident Evil ")". É fácil entender que é um trabalho relacionado a "Resident Evil"? Na época de "Resident Evil RE: 2", "Remake" e "Resident Evil" eram de duplo sentido, mas pode ter sido recebido como remake de "Outbreak".

―― Parece haver um modo de campanha offline no palco.

Kawada: A única coisa sobre a qual podemos falar no momento é que existe um modo de campanha.

- Estou ansioso por isso. Voltando à Internet, haverá outros caracteres além daqueles selecionados na versão de teste?

Kawada Survivor e Mastermind estão preparando outros personagens. Eu acho que haverá personagens familiares aos fãs da série, então, por favor, aguardem informações futuras. Também há muitas criaturas planejadas, incluindo zumbis, rickers e tiranos.

-Eu quero jogar o teste beta fechado o mais rápido possível. A composição de 4 para 1 é inalterada em relação à versão TGS?

Kawada: Sim. No entanto, é necessário criar um jogo online para que não apenas o equilíbrio do jogo, mas também a mente perdedora não caia como "sair" e o jogo possa continuar mesmo que isso aconteça. Eu acho que. Eu quero definir pontos e classificações, mas o mesmo é verdade para um sistema que permite que os jogadores correspondam sem problemas.

――Você acha que pode continuar se desenvolvendo enquanto assiste o TGS, o teste beta fechado que será realizado no futuro e a voz dos fãs?

Kawada: Embora haja momentos em que temos uma opinião negativa, é muito importante obter suas opiniões. Eu gostaria de dar feedback o máximo possível. Por favor, coopere com o teste beta fechado!

https://www.famitsu.com/news/201909/14183357.html
 

Rodokiz

Ser evoluído
Mensagens
158
Reações
36
Pontos
44
Bom pelo que eu entendi da entrevista este seria apenas um modo online de um novo RE ainda não anunciado.
 

Joey Tribbiani

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.740
Reações
39.563
Pontos
654
Bom pelo que eu entendi da entrevista este seria apenas um modo online de um novo RE ainda não anunciado.
Quando o Kawata fala que o Project Resistance é um título provisório e que o jogo terá um modo campanha (narrativa), dá margem aos boatos de que este jogo seria o MP de RE3make, como o colega acima mencionou e um insider (AestheticGamer) menciona.

Este último, aliás, acredita que o RE3make será anunciado ano que vem, feito para os consoles desta geração. E que já estaria em produção há certo tempo, simultânea ao RE2make. Então, anunciar o Project Resistance e depois disponibilizar o seu beta teria como objetivo testar o netcode do jogo e receber os feedbacks da comunidade, tendo em vista que a CAPCOM não é perita no assunto.

Esse jogo está sofrendo muitas críticas porque é estupidamente genérico, cafona e simplista para ser, irresponsavelmente, lançado de forma independente.

Depois desta entrevista, eu não sei qual é a da CAPCOM. Mas se fosse para a apostar, como tem o produtor de RE7 encampando o projeto, tudo leva a crer que será um jogo spin-off.

Se não mudar muita coisa, torço para que não faça sucesso.
 
Ultima Edição:

leonardo__cruz

- Endure and Survive -
VIP
GOLD
Mensagens
11.731
Reações
32.431
Pontos
594
Bom, joguei bastante esse final de semana porque como diz o ditado: "De graça até injeção na testa."



Bom, eu sei que é um Beta e uma amostra de um produto inacabado, mas depois de passar muito tempo jogando e depois de ler a entrevista do Kawata, me parece que esse jogo vai ser uma bomba se for lançado como um jogo solo. O jogo está totalmente desbalanceado e a maioria das partidas são frustrantes para os sobreviventes.

O próprio Kawata admite na entrevista que desde os testes internos a taxa de vitórias do mastermind é MUITO maior. E depois de levar o jogo a eventos no Japão, as pessoas falaram que só é divertido jogar de Mastermind (por motivos óbvios). O jogo está obviamente quebrado e o cara não enxerga isso, o que me leva a pensar se esse jogo algum dia será balanceado. E um jogo de multiplayer assimétrico desbalanceado é a RECEITA DO FRACASSO.

Alguns momentos chegam a ser ridículos, porque tem uma sala de sei lá, 3 metros quadrados com um objetivo dentro. E lá dentro o Mastermind coloca 1 licker, 1 cachorro, 3 zumbis, armadilhas para prender o pé, mina explosiva, tem direito a 1 metralhadora na câmera e se estiver muito puto, lançar um Mister X que é praticamente imparável. Enquanto você tá enfrentando essa horda de inimigos que dão um certo trabalho (e com recursos limitadíssimos), os cooldowns das cartas do mastermind já estão recarregando e ele continua lançando novos inimigos que se teleportam debaixo dos seus pés de um portal satânico do além. Todos sinais de que o Game Design foi pessimamente planejado porque a jogabilidade do Mastermind e dos Sobreviventes não combinam.

Parece que eles criaram o jogo para ser um jogo em que você seria o Mastermind (tudo indica isso, desde o menu principal do jogo até o maior capricho na jogabilidade do Mastermind) mas não conseguiram programar uma IA legal para serem os seus adversários e aí pensaram: SIMPLES! Vamos colocar outros jogadores para serem os adversários, assim a gente não precisa programar os bots que vão se F**** aqui nesse jogo.

Obviamente, que não é impossível de ganhar, mas você tem que estar com um time (MUITO) bom, objetivos plenamente decorados e ter a sorte do Mastermind não ser apelão. Quando o Mastermind ainda tá aprendendo a jogar você consegue até fazer um Rank S e escapar. Porém foram raras as vezes que eu caí em um time minimamente bom e como o jogo tem um limite de tempo APERTADÍSSIMO, fica difícil explicar o jogo e ganhar com alguém que já não tenha jogado a fase umas 30 vezes pelo menos.

Para colocar a cereja no bolo, como eu previ, vez ou outra um player simplesmente desconecta da partida porque não conseguiu pegar o personagem que queria. E o jogo fica ainda mais desbalanceado, porque você tem que fazer todas as mesmas coisas, com o mesmo tempo só que em 3 players.
 

M.Shadows

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.115
Reações
39.918
Pontos
589
Espero algo do tipo Outbreak e quebrei a cara lindo, vou passar longe dessa porcaria.
 

Dilios

Bam-bam-bam
Mensagens
2.672
Reações
4.604
Pontos
303
Bom, joguei bastante esse final de semana porque como diz o ditado: "De graça até injeção na testa."



Bom, eu sei que é um Beta e uma amostra de um produto inacabado, mas depois de passar muito tempo jogando e depois de ler a entrevista do Kawata, me parece que esse jogo vai ser uma bomba se for lançado como um jogo solo. O jogo está totalmente desbalanceado e a maioria das partidas são frustrantes para os sobreviventes.

O próprio Kawata admite na entrevista que desde os testes internos a taxa de vitórias do mastermind é MUITO maior. E depois de levar o jogo a eventos no Japão, as pessoas falaram que só é divertido jogar de Mastermind (por motivos óbvios). O jogo está obviamente quebrado e o cara não enxerga isso, o que me leva a pensar se esse jogo algum dia será balanceado. E um jogo de multiplayer assimétrico desbalanceado é a RECEITA DO FRACASSO.

Alguns momentos chegam a ser ridículos, porque tem uma sala de sei lá, 3 metros quadrados com um objetivo dentro. E lá dentro o Mastermind coloca 1 licker, 1 cachorro, 3 zumbis, armadilhas para prender o pé, mina explosiva, tem direito a 1 metralhadora na câmera e se estiver muito puto, lançar um Mister X que é praticamente imparável. Enquanto você tá enfrentando essa horda de inimigos que dão um certo trabalho (e com recursos limitadíssimos), os cooldowns das cartas do mastermind já estão recarregando e ele continua lançando novos inimigos que se teleportam debaixo dos seus pés de um portal satânico do além. Todos sinais de que o Game Design foi pessimamente planejado porque a jogabilidade do Mastermind e dos Sobreviventes não combinam.

Parece que eles criaram o jogo para ser um jogo em que você seria o Mastermind (tudo indica isso, desde o menu principal do jogo até o maior capricho na jogabilidade do Mastermind) mas não conseguiram programar uma IA legal para serem os seus adversários e aí pensaram: SIMPLES! Vamos colocar outros jogadores para serem os adversários, assim a gente não precisa programar os bots que vão se F**** aqui nesse jogo.

Obviamente, que não é impossível de ganhar, mas você tem que estar com um time (MUITO) bom, objetivos plenamente decorados e ter a sorte do Mastermind não ser apelão. Quando o Mastermind ainda tá aprendendo a jogar você consegue até fazer um Rank S e escapar. Porém foram raras as vezes que eu caí em um time minimamente bom e como o jogo tem um limite de tempo APERTADÍSSIMO, fica difícil explicar o jogo e ganhar com alguém que já não tenha jogado a fase umas 30 vezes pelo menos.

Para colocar a cereja no bolo, como eu previ, vez ou outra um player simplesmente desconecta da partida porque não conseguiu pegar o personagem que queria. E o jogo fica ainda mais desbalanceado, porque você tem que fazer todas as mesmas coisas, com o mesmo tempo só que em 3 players.
Boa análise.

Também senti a frustração que você citou.

Realmente o jogo está desbalanceado. É um desperdício de oportunidade, pois a ideia tem potencial pra gerar um bom DLC.
 

FloresDG

Ser evoluído
Mensagens
35
Reações
30
Pontos
38
Bom, joguei bastante esse final de semana porque como diz o ditado: "De graça até injeção na testa."



Bom, eu sei que é um Beta e uma amostra de um produto inacabado, mas depois de passar muito tempo jogando e depois de ler a entrevista do Kawata, me parece que esse jogo vai ser uma bomba se for lançado como um jogo solo. O jogo está totalmente desbalanceado e a maioria das partidas são frustrantes para os sobreviventes.

O próprio Kawata admite na entrevista que desde os testes internos a taxa de vitórias do mastermind é MUITO maior. E depois de levar o jogo a eventos no Japão, as pessoas falaram que só é divertido jogar de Mastermind (por motivos óbvios). O jogo está obviamente quebrado e o cara não enxerga isso, o que me leva a pensar se esse jogo algum dia será balanceado. E um jogo de multiplayer assimétrico desbalanceado é a RECEITA DO FRACASSO.

Alguns momentos chegam a ser ridículos, porque tem uma sala de sei lá, 3 metros quadrados com um objetivo dentro. E lá dentro o Mastermind coloca 1 licker, 1 cachorro, 3 zumbis, armadilhas para prender o pé, mina explosiva, tem direito a 1 metralhadora na câmera e se estiver muito puto, lançar um Mister X que é praticamente imparável. Enquanto você tá enfrentando essa horda de inimigos que dão um certo trabalho (e com recursos limitadíssimos), os cooldowns das cartas do mastermind já estão recarregando e ele continua lançando novos inimigos que se teleportam debaixo dos seus pés de um portal satânico do além. Todos sinais de que o Game Design foi pessimamente planejado porque a jogabilidade do Mastermind e dos Sobreviventes não combinam.

Parece que eles criaram o jogo para ser um jogo em que você seria o Mastermind (tudo indica isso, desde o menu principal do jogo até o maior capricho na jogabilidade do Mastermind) mas não conseguiram programar uma IA legal para serem os seus adversários e aí pensaram: SIMPLES! Vamos colocar outros jogadores para serem os adversários, assim a gente não precisa programar os bots que vão se F**** aqui nesse jogo.

Obviamente, que não é impossível de ganhar, mas você tem que estar com um time (MUITO) bom, objetivos plenamente decorados e ter a sorte do Mastermind não ser apelão. Quando o Mastermind ainda tá aprendendo a jogar você consegue até fazer um Rank S e escapar. Porém foram raras as vezes que eu caí em um time minimamente bom e como o jogo tem um limite de tempo APERTADÍSSIMO, fica difícil explicar o jogo e ganhar com alguém que já não tenha jogado a fase umas 30 vezes pelo menos.

Para colocar a cereja no bolo, como eu previ, vez ou outra um player simplesmente desconecta da partida porque não conseguiu pegar o personagem que queria. E o jogo fica ainda mais desbalanceado, porque você tem que fazer todas as mesmas coisas, com o mesmo tempo só que em 3 players.
Resumindo: Tentaram dar uma inovada no estilo dos jogos como o Dead By Daylight e Friday The 13 e no fim acabaram criando um Evolve.
 

Diego Sakazaki

Bam-bam-bam
Mensagens
5.740
Reações
10.808
Pontos
354
Sinceramente, com o lançamento do Remake de RE2 meu "ciclo" com a série foi fechado. Na série Resident Evil tem tanta ideia boa que foi deixada de lado e os caras não utilizam que chega a ser frustrante pra quem é fã. Esses dias estava pensando em como tinham umas ideias legais utilizadas em Outbreak e aquele lance de zumbi plantas que meio que foi uma ideia originalmente desenvolvida no "Resident Evil Dash" que seria um jogo exclusivo do Sega Saturn onde teríamos que visitar os destroços da mansão do primeiro game e o local estaria todo tomado pela PLANT 42.

Infelizmente a Capcom vai sempre continuar nessa de ficar usando o nome da franquia pra experimentar qualquer m**** e tentar ganhar dinheiro.
 

leonardo__cruz

- Endure and Survive -
VIP
GOLD
Mensagens
11.731
Reações
32.431
Pontos
594
Sinceramente, com o lançamento do Remake de RE2 meu "ciclo" com a série foi fechado. Na série Resident Evil tem tanta ideia boa que foi deixada de lado e os caras não utilizam que chega a ser frustrante pra quem é fã. Esses dias estava pensando em como tinham umas ideias legais utilizadas em Outbreak e aquele lance de zumbi plantas que meio que foi uma ideia originalmente desenvolvida no "Resident Evil Dash" que seria um jogo exclusivo do Sega Saturn onde teríamos que visitar os destroços da mansão do primeiro game e o local estaria todo tomado pela PLANT 42.

Infelizmente a Capcom vai sempre continuar nessa de ficar usando o nome da franquia pra experimentar qualquer m**** e tentar ganhar dinheiro.
A pior burrice é ter um bom exemplo a seguir, que é a série Outbreak e simplesmente virar as costas.

O próprio Kawata cita o Outbreak na entrevista e diz que não o usaram como referencial, quando é CLARAMENTE o que as pessoas queriam.

Eu fico pensando se não é uma coisa de ego, não querer copiar o trabalho do Mikami. Ele está tentando em vez de apostar no certo, emplacar esse conceito dele de "cobaias" que tem que sobreviver a uma horda de inimigos. É exatamente o mesmíssimo conceito usado no Umbrella Corps (você é uma cobaia colocada contra experimentos e tem que sobreviver) e de uma certa forma até mesmo o conceito dos modos RAID que ele sempre coloca nos jogos.

Um Outbreak hoje em dia utilizando esta engine, co-op para 4 jogadores com objetivos diversos para variar o fator replay e uma história bacana seria um enorme sucesso de vendas. Poderia até mandar o esquema de 4 x 1, mas coloca esse player extra para controlar um Nemesis, Mister X, Birkin da vida para ficar caçando os players e pronto. Não essa doidera do cara ter inimigos infinitos a disposição contra players com recursos limitados e mapas extremamente apertados e mal projetados para esse tipo de confronto.

Seguimos aguardando desde 2004...

 

Joey Tribbiani

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.740
Reações
39.563
Pontos
654
Sinceramente, com o lançamento do Remake de RE2 meu "ciclo" com a série foi fechado. Na série Resident Evil tem tanta ideia boa que foi deixada de lado e os caras não utilizam que chega a ser frustrante pra quem é fã. Esses dias estava pensando em como tinham umas ideias legais utilizadas em Outbreak e aquele lance de zumbi plantas que meio que foi uma ideia originalmente desenvolvida no "Resident Evil Dash" que seria um jogo exclusivo do Sega Saturn onde teríamos que visitar os destroços da mansão do primeiro game e o local estaria todo tomado pela PLANT 42.

Infelizmente a Capcom vai sempre continuar nessa de ficar usando o nome da franquia pra experimentar qualquer m**** e tentar ganhar dinheiro.
Extremamente frustrante.

Eles cometem um erro palmar quando decidem, de modo pretensioso, que precisam atingir novos horizontes. Esse tipo de pensamento é falacioso ou, no mínimo, ignorante. Todas as franquias de sucesso só assim se tornaram porque respeitaram os elementos básicos de sua identidade, com os quais cooptaram uma fanbase.

O erro da CAPCOM é confundir evolução tecnológica e de gameplay com a transmutação de gênero, saindo do survivor para o shooting action. Não tem nada a ver uma coisa com a outra.

Os fãs míopes e antipáticos, e também os produtores, como o desastrado Kawata, diziam que o gênero survivor era ultrapassado e de nicho, que só funcionava porque a câmera fixa era um recurso de uma tecnologia atrasada e porque a jogabilidade tanque era o que se tinha à época. Nada a ver.

https://www.eurogamer.net/articles/2012-03-23-capcom-survival-horror-market-too-small-for-resident-evil

Então, veio TLOU, nas suas situações com os monstros, e mostrou e provou que o espírito de sobrevivência está atrelado ao gamedesign (gestão de inventário, cadência, exploração, backtracking, solidão, suspense, impotência), e não com a mecânica e atraso tecnológico em si.

E aprenderam com RE2make.

Sem deixar de falar das ideias que são boicotadas ou desprezadas. O próprio RE2make tinha ideias magníficas, conforme as artworks divulgadas nos extras do jogo e nos vídeos dos produtores publicados no youtube.

Além de mais cenários pela cidade, como ruas e becos (que acredito que seriam utilizados em situações do abandonado Cenário B), tinham locais estendidos do Orfanato e novos monstros, como a evolução de zumbi para licker, as crianças zumbis (como aparece na intro) e aqueles zumbis brancos e regenetivos do modo Survivor que foram desprezados para o jogo principal.

Como falei, teria sido melhor seguirem a formula da Naughty Dog e da CDPR, terminado o jogo principal, uma segunda equipe se dedicaria a produzir mais conteúdo do RE2make, em vez de spin-offs impopulares e mal-acabados.
 
Ultima Edição:

Diego Sakazaki

Bam-bam-bam
Mensagens
5.740
Reações
10.808
Pontos
354
A pior burrice é ter um bom exemplo a seguir, que é a série Outbreak e simplesmente virar as costas.

O próprio Kawata cita o Outbreak na entrevista e diz que não o usaram como referencial, quando é CLARAMENTE o que as pessoas queriam.

Eu fico pensando se não é uma coisa de ego, não querer copiar o trabalho do Mikami. Ele está tentando em vez de apostar no certo, emplacar esse conceito dele de "cobaias" que tem que sobreviver a uma horda de inimigos. É exatamente o mesmíssimo conceito usado no Umbrella Corps (você é uma cobaia colocada contra experimentos e tem que sobreviver) e de uma certa forma até mesmo o conceito dos modos RAID que ele sempre coloca nos jogos.

Um Outbreak hoje em dia utilizando esta engine, co-op para 4 jogadores com objetivos diversos para variar o fator replay e uma história bacana seria um enorme sucesso de vendas. Poderia até mandar o esquema de 4 x 1, mas coloca esse player extra para controlar um Nemesis, Mister X, Birkin da vida para ficar caçando os players e pronto. Não essa doidera do cara ter inimigos infinitos a disposição contra players com recursos limitados e mapas extremamente apertados e mal projetados para esse tipo de confronto.

Seguimos aguardando desde 2004...
Eu acho que no caso do Kawata e do Kobayashi deve rolar isso que você disse. Primeiro o Kobayashi foi quem deu a direção mais action e "cool" em RE4. Ao meu ver, o jogo só não foi uma bomba pois todo o core do game, jogabilidade e todo o resto já estava prontinho então meio que ele só mexeu em poucas coisas. E o Kawata, é só ver que ele tá sempre tentado botar Resident Evil pra surfar na onda de algum game do momento.
 

Bat_The

Veterano
Mensagens
720
Reações
706
Pontos
143
Se for DLC free do RE3: Remake tenho coragem de jogar. Se não, passarei tranquilamente.
 

Dilios

Bam-bam-bam
Mensagens
2.672
Reações
4.604
Pontos
303
Esse negócio do modo Raid que o Leonardo citou faz todo o sentido: nos 2 Revelations tem inimigos surgindo sabe-se lá de onde a todo momento enquanto refazemos os trajetos do modo história.

As bizarrices forçadas não são de hoje.
 

Joey Tribbiani

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.740
Reações
39.563
Pontos
654
O alento é que essa porqueira é um projeto de uma equipe de porão da CAPCOM, nem isso, aliás, uma terceirizada, pois segundo o Jun Takeuchi, a Dev 1 trabalhava com a estrutura de 3 jogos AAA em produção simultânea, mas, a partir de 2019, os planos seriam para quatro jogos. Tem sentido o que ele fala, diante dos lançamentos sequenciais de Monster Hunter, RE2 e DMC5.


Com esta declaração de 2018, de que está liderando um novo projeto surpreendente, é provável que seja o RE3 mesmo, decisão tomada logo após a recepção ultrapositiva do RE2, mesmo quando o jogo sequer tinha lançado.

Acho que o RE3 pode ser lançado no segundo semestre de 2020, até para fugir de TLOU2.

Então, além de RE3, a sequência de Monster Hunter já deva estar em produção, junto com o RE8 e provavelmente Dino Crisis (ou outra coisa). Claro, só estou no campo da especulação.
 
Ultima Edição:

Axel:

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.027
Reações
23.257
Pontos
553
O alento é que essa porqueira é um projeto de uma equipe de porão da CAPCOM, nem isso, aliás, uma terceirizada, pois segundo o Jun Takeuchi, a Dev 1 trabalhava com a estrutura de 3 jogos AAA em produção simultânea, mas, a partir de 2019, os planos seriam para quatro jogos. Tem sentido o que ele fala, diante dos lançamentos sequenciais de Monster Hunter, RE2 e DMC5.


Com esta declaração de 2018, de que está liderando um novo projeto surpreendente, é provável que seja o RE3 mesmo, decisão tomada logo após a recepção ultrapositiva do RE2, mesmo quando o jogo sequer tinha lançado.

Acho que o RE3 pode ser lançado no segundo semestre de 2020, até para fugir de TLOU2.

Então, além de RE3, a sequência de Monster Hunter já deva estar em produção, junto com o RE8 e provavelmente Dino Crisis (ou outra coisa). Claro, só estou no campo da especulação.
Até alguns meses atrás, eu ficaria animado com uma declaração dessas, mas agora é impossível hypar a Capcom.Essa série acabou pra mim, com ou sem remake do re 3.
 

lucas789

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.430
Reações
69.004
Pontos
554
Até alguns meses atrás, eu ficaria animado com uma declaração dessas, mas agora é impossível hypar a Capcom.Essa série acabou pra mim, com ou sem remake do re 3.
Vocês fazem muito drama tambem

Umbrella Corps é um lixo muito pior que esse jogo ai, operarion raccoon city era outro lixo, se você tivesse tomado essa atitude nessas duas bombas teria deixado de jogar RE7 e RE2 remake

RE2 remake que é o melhor jogo que eu joguei nos últimos anos

Esse ai é mais um jogo feito por uma terceirizada pra capcom, igual o umbrella corps, só ignorar e seguir a vida
 
Topo Fundo