O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Tópico para gamers acima de 30 anos!

gukut

Bam-bam-bam
Mensagens
2.454
Reações
4.149
Pontos
303
Ae moçada, salve!

Volta e meia eu penso na facilidade de se obter jogos novos e originais hoje em dia. Visto serviços como Game Pass, Ubi Connect, EA Play e a quantidade absurda de jogos! Soma-se os jogos novos e os antigos que alguns mais novos estão descobrindo agora. Fora a Epic Store que dá jogos gratuitos semanalmente!

Lembro que quando era muleque, às vezes conseguia alugar um jogo no fim de semana, conseguia algum emprestado. Muitos jogos piratas que não salvava no cartucho e tinha sempre que começar tudo do zero. Muito jogo vinha em japonês e ia apertando o botão até começar o jogo, sem entender nada, kkkkk! E por não ter muito jogo, tinha que aprender a jogar o que tinha.

Quando consegui um PC, com Kit Multimidia, para rodar CDs! Começamos com os jogos, mas também não muitos, não tinha grana para ficar comprando. Aquelas revistas com CDs com "101 jogos", pqp, um punhado de demos juntos! Até que começou uma revista, não lembro qual a lançar jogos completos todo mês, foi por lá que consegui o Total Annihilation, um dos RTS que mais joguei até hoje.

Voltando ao início, se eu tivesse crescido nessa abundância de jogos e facilidades de hoje em dia, não sei se teria curtido tudo da mesma forma, talvez não teria dado o mesmo valor.

O saudosismo é inerente a cada um, mas foi uma época divertida, acompanhar a evolução dos jogos sendo que comecei com um Philips Odyssey! Hoje reclamam de cada coisa, antigamente rodando o jogo já era lucro! :klol


Sinta-se à vontade para deixar ser relato abaixo!
 


Jay-z

Bam-bam-bam
Mensagens
2.422
Reações
1.059
Pontos
269
Então, é relativo. Acredito que todo mundo nessa idade pegou a época fervorosa da pirataria, no final dos anos 90. Isso fez com que o acesso a jogos (e hidden gems) fosse bem mais abrangente. A dificuldade realmente fazia a gente dar mais valor aos games, principalmente nos jogos alugados de final de semana. Mas os jogos daquela época eram bem menores (mesmo sendo mais difíceis)
 


Link_1998

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.962
Reações
22.284
Pontos
649
Era mais difícil arranjar algo pra jogar. Na verdade a oferta era limitada em plataformas escassas, então a valorização era maior. Apesar que a pirataria zuava essa noção.
 

-HULK-

Veterano
Mensagens
445
Reações
873
Pontos
128
Mas naquela época era difícil ate de achar algo pirata, lembro que foi um sufoco, comprar o street fighter II do mega piratão, quase não encontrava o cartucho, isso rodando a Celso Garcia e a Santa Ifigênia...

depois de começar a jogar no pc (wolfenstein, doom, heretic, stunts, test drive, the incredible machine) ai sim a pirataria rolava solta.
 

Phoenix Eagle

Bam-bam-bam
Mensagens
15.306
Reações
8.320
Pontos
454
Hoje reclamam de cada coisa, antigamente rodando o jogo já era lucro! :klol
Mas cada época com seus problemas o que não o torna pequenos, apenas "pequenos" aos nossos olhos.

Igual no meu serviço, cansei de ver pessoas que acabam de entrar reclamando do sistema (e com razão) e como são as coisas e dai sempre tem o tiozão que esta na empresa a 20-30 anos para dizer que "na minha época era pior, não reclame" - aff véi - isso me da angustia.

Para nós que conseguimos passar por toda uma evolução gráfica, tecnológica, o que temos hoje é praticamente o ó do borigodó uhahuahuahu mas pra quem nasce nesta época é natural, nada demais - só que daqui a 30 anos vai ser ele com sua visão e assim sucessivamente, é o ciclo natural.

Tenho sobrinho que reclama de ter que esperar os 5 segundos do comercial do YouTube para pular - por que esta é a realidade dele e ele não passou por nossa época onde assistíamos mais comercial do que filme :klol
 

Xenoblade

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.164
Reações
34.194
Pontos
553
No meu caso, o acesso era mais difícil por depender inteiramente dos pais, que obviamente não achavam razoável ficar comprando jogo sempre que saísse algum título do meu interesse.

Mas a diferença mais evidente pra mim é a facilidade no acesso à informação sobre jogos.
 

XINTSUAI2

Mil pontos, LOL!
Mensagens
39.516
Reações
28.029
Pontos
1.029
Ah sim lembro de deixar meu nome na lista de espera para quando o jogo fosse devolvido na locadora. Ou quando um amigo falava "Tal jogo chegou na locadora X" lá na pqp, reservava e ia de bicicleta com uma mochila para alugar com uns amigos...
 

lanthis

Bam-bam-bam
Mensagens
3.245
Reações
6.546
Pontos
303
Minha diversão na época do SNES com poucos jogos di$poníveis era disputar com meus amigos quem fazia a maior porcentagem e o menor tempo nos Donkey Kongs.

Para mim nostalgia tem limites!
Adoro lembrar dessa época, mas só...
Acho patético listas de melhores que colocam jogos de NES no topo, por exemplo.

O melhor momento dos jogos é agora.
Sou fã de tecnologia, então quero ver gráficos AAA, jogos VR, som 5.1 (no mínimo), mais interatividade e por ai vai.
 

Pockett

Nostálgico
Mensagens
11.608
Reações
29.013
Pontos
553
lembro que no psone eu era viciado em rpgs , nossa joguei muitos mesmo, todos piratas. hj não consigo jogar rpg nem ferrando
 

rafael.mosterio

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.046
Reações
3.431
Pontos
504
Anos 90 oque eu mais jogava era jogo de luta.
Street Fighter, KOF, Tekken, Samurai Shodown, Marvel, série Versus da Capcom, Darkstalkers...

Frequentava fliperama direto, passava o dia neles se pudesse.

Com a chegada dos consoles 32 bits eu comecei a jogar mais em casa por conta dos ports quase perfeitos de jogos de arcade pra consoles.

Antes disso tive um Intelivision, um Phantom System, um Master System e um Mega Drive, mas só o Mega Drive eu aproveitei bastante, os outros eu era muito criança e não sabia jogar direito.

Tive os 3 consoles da geração 32/64 bits, mas oque eu mais joguei e gostei foi o Playstation, mesmo tendo comprado ele por último. Era muito jogo bom e com a pirataria era fácil ter os jogos.
 

Silverock®

Bam-bam-bam
Mensagens
3.668
Reações
5.939
Pontos
319
É estamos velhos kkkk
Seria melhor ter feito acima de 40anos ai seria um pouco mais seletivo

Voltando ao assunto, as facilidades nos acostumam mau, tem muita gente das antigas mesmo hoje em dia que ja não consegue jogar se o game não esta em português, vejo isso direto em grupos do face
Eu mesmo me acostumei mau com RGB em consoles antigos e não consigo jogar em av, put* frescura e assumo mas fazer o que...
 

wtsds

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.420
Reações
14.401
Pontos
594
Eu na época do Snes só vivia alugando fitas. Não lembro de pirataria grande na minha cidade. Tinha q ir no Paraguai se quisesse comprar jogos piratas! haha! Moro a uns 300km da fronteira. Me divertia horrores, a gente disputava até pra alugar tal fita antes. Bons tempos. No n64 tb só alugava, não conhecia lugares q vendiam jogos piratas. Só fui descobrir na época q troquei ele em um ps1 com uns 5 jogos. Da li pra frente nunca mais aluguei nada!:klolEu ia no camelo era jogos por 5 a 10 reais. Vc fazia a festa. E foi ali no ps1 q comecei a gostar de jogar jrpgs. FF7 foi um marco, acho q foi um dos poucos jogos q terminei mais de 1 vez na vida. Mesmo naquela época, só terminava jogos mais de uma vez se fosse de luta, ou algo rápido de aventura como Super mario Bros. O antigão.

To com 36 e firme e forte no PC atualmente. Não tenho frescura em jogar jogos, não idolatro empresa nenhuma. Simplesmente jogo oq tem no PC e eu gosto.
To jogando o Zelda BOTW atualmente no emulador. To com mais de 110h, jogão demais.
 

Askeladd

Bam-bam-bam
Mensagens
1.665
Reações
3.432
Pontos
288
No pc era relativamente fácil conseguir jogos.
Bastava ter uma caixa de disquete e ir trocando com gente que eu nem conhecia. Tipo gravo mortal kombat e você grava Decent II.
Dava para comprar cds piratas nos classificados da Folha de SP, até mesmo nas lojas bem no meio da Avenida Paulista.

Nos vídeos games fazia amizade com a escola inteira e no bairro e era super comum emprestarmos cartuchos. Te empresto Street of Rage e você me empresta Sonic 2.
 

CarlitosBR

Supra-sumo
Mensagens
793
Reações
1.213
Pontos
183
Ae moçada, salve!

Volta e meia eu penso na facilidade de se obter jogos novos e originais hoje em dia. Visto serviços como Game Pass, Ubi Connect, EA Play e a quantidade absurda de jogos! Soma-se os jogos novos e os antigos que alguns mais novos estão descobrindo agora. Fora a Epic Store que dá jogos gratuitos semanalmente!

Lembro que quando era muleque, às vezes conseguia alugar um jogo no fim de semana, conseguia algum emprestado. Muitos jogos piratas que não salvava no cartucho e tinha sempre que começar tudo do zero. Muito jogo vinha em japonês e ia apertando o botão até começar o jogo, sem entender nada, kkkkk! E por não ter muito jogo, tinha que aprender a jogar o que tinha.

Quando consegui um PC, com Kit Multimidia, para rodar CDs! Começamos com os jogos, mas também não muitos, não tinha grana para ficar comprando. Aquelas revistas com CDs com "101 jogos", pqp, um punhado de demos juntos! Até que começou uma revista, não lembro qual a lançar jogos completos todo mês, foi por lá que consegui o Total Annihilation, um dos RTS que mais joguei até hoje.

Voltando ao início, se eu tivesse crescido nessa abundância de jogos e facilidades de hoje em dia, não sei se teria curtido tudo da mesma forma, talvez não teria dado o mesmo valor.

O saudosismo é inerente a cada um, mas foi uma época divertida, acompanhar a evolução dos jogos sendo que comecei com um Philips Odyssey! Hoje reclamam de cada coisa, antigamente rodando o jogo já era lucro! :klol


Sinta-se à vontade para deixar ser relato abaixo!
Concordo. Tenho 37 anos e minha infância foi como a sua. Era uma alegria amanhecer na locadora sábado de manhã e por um milagre conseguir alugar Street Fighter II.

Hoje em dia não vou valor em quase nenhum jogo. Tenho condições, compro e não jogo. Os da Plus eu baixo e ficam de enfeite no console.

A idade chegou.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

toad02

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
39.779
Reações
67.467
Pontos
959
Outro dia tava comentando com um amigo que quando eu era criança e achava um amigo que tinha o mesmo videogame que eu, eu sempre fazia a mesma pergunta:

Que jogos vc tem?
Imagina se alguem te faz essa pergunta hj em dia? :klol

Pior queuma vez, nao muito tempo atrás, era aniversario da minha sogra e tava tendo uma festa. Tinha um primo da minha namorada jogando switch num canto e fui lá falar com ele. O moleque tava jogando Fortnite, obviamente. Falei que tinha um switch tbm e tal, ele perguntou:
- Que jogos vc tem?
Aí eu pensei nos que tinha em cartucho, que dava pra emprestar pra ele, se quisesse, e fui falando:
- Bayonetta, Astral Chain, Final Fantasy X, Hollow Knight, Xenoblade, Pokemon...
Ele respondeu:
- Só conheço pokemon

Eu:

 

Vraian

Bam-bam-bam
Mensagens
15.891
Reações
7.020
Pontos
449
Mas cada época com seus problemas o que não o torna pequenos, apenas "pequenos" aos nossos olhos.

Igual no meu serviço, cansei de ver pessoas que acabam de entrar reclamando do sistema (e com razão) e como são as coisas e dai sempre tem o tiozão que esta na empresa a 20-30 anos para dizer que "na minha época era pior, não reclame" - aff véi - isso me da angustia.

Para nós que conseguimos passar por toda uma evolução gráfica, tecnológica, o que temos hoje é praticamente o ó do borigodó uhahuahuahu mas pra quem nasce nesta época é natural, nada demais - só que daqui a 30 anos vai ser ele com sua visão e assim sucessivamente, é o ciclo natural.

Tenho sobrinho que reclama de ter que esperar os 5 segundos do comercial do YouTube para pular - por que esta é a realidade dele e ele não passou por nossa época onde assistíamos mais comercial do que filme :klol
Sempre assim, haha. Participei de um comitê de avaliação esses tempos e um dos caras basicamente desconsiderou todos os problemas levantados porque antigamente era pior.

Outro dia tava comentando com um amigo que quando eu era criança e achava um amigo que tinha o mesmo videogame que eu, eu sempre fazia a mesma pergunta:

Que jogos vc tem?
Imagina se alguem te faz essa pergunta hj em dia? :klol

Pior queuma vez, nao muito tempo atrás, era aniversario da minha sogra e tava tendo uma festa. Tinha um primo da minha namorada jogando switch num canto e fui lá falar com ele. O moleque tava jogando Fortnite, obviamente. Falei que tinha um switch tbm e tal, ele perguntou:
- Que jogos vc tem?
Aí eu pensei nos que tinha em cartucho, que dava pra emprestar pra ele, se quisesse, e fui falando:
- Bayonetta, Astral Chain, Final Fantasy X, Hollow Knight, Xenoblade, Pokemon...
Ele respondeu:
- Só conheço pokemon

Eu:

Fortnite e Minecraft são basicamente tudo que conhecem :(

Fiquei sabendo que meu primo de 10 anos estava com um deck de Pokémon. Fui conversar com ele e fiquei surpreso porque ele não conhecia quase nada :(

Antes era uma luta pegar um jogo novo para jogar. Hoje tenho backlog e não tenho vontade de jogar nenhum. Perde-se valor quando fica fácil.
Basicamente. Mas essa facilidade vem desde a época que a pirataria ficou fácil. R$10 comprava um jogo de PS1, no PS2 eu comprava 3 por 20... Tanto que a grande maioria nunca foi aproveitada.
 

Poor_Boy

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.943
Reações
18.060
Pontos
694
Hoje em dia mulecada vive no paraíso (gamer) não sabe.
Meu filho tem PS4 com plus, gamepass no pc, etc...

Quando eu tinha a idade dele eu tinha Atari e um Hi top game com 3 jogos cada...


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

Selaht

Veterano
Mensagens
370
Reações
964
Pontos
114
Na época do Atari acontecia muito o empréstimo de jogos.
Me lembro q no caminho da casa do meu primo até minha casa, íamos pegando jogos emprestados com os colegas de um ou de outro, e qdo chegava tava com mais de 30 cartuchos.
Isso sem contar q vários deles eram de 4 jogos, mas tinha muita coisa repetida também.

Já na era do NES, aí era mais locadora, pois como os jogos eram caros, pouca gente tinha gdes qtdes e quem tinha não emprestava.
 

Grave Uypo

Piloto de Grifos
VIP
Mensagens
15.719
Reações
26.906
Pontos
553
primeira coisa que vem a cabeça quando lembro dessa epoca é eu trocando o chip do meu streets of rage original pelo pirata da locadora só por que era region free o deles e funcionava no meu mega drive japones. ironicamente, eles foram fechados logo depois por pirataria, e meu cartucho original foi destruido com o resto do acervo deles. :<
ainda tenho o pirata aqui, no casing do meu original
 
Ultima Edição:

rodrigolml

Bam-bam-bam
Mensagens
1.083
Reações
2.197
Pontos
303
Lembro a primeira vez que joguei um Master system, o jogo era shopping g e possuía uma voz digitalizada, lembro que quase cai para trás e disse, isso é igual desenho e animado e ainda fala! A diferenças para o Atari 2600 era absurda
 

Knarf.Rocha

Bam-bam-bam
Mensagens
2.757
Reações
3.721
Pontos
299
Estou com 40, mas jogando firme e forte.
Por tudo isso, que nem entro em console wars. Só de ter o que jogar, já é lucro. Só quem viveu aquela época de oferta escassos de jogos sabe que temos uma abundância a comemorar.
 
Ultima Edição:

Ultima Weapon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.782
Reações
22.159
Pontos
629
Legal só porque éramos crianças ou adolescentes com disponibilidade de passar tempo em locadora, eram eventos também sociais. A acessibilidade maior de hoje é muito benéfica, tanto que ainda consigo jogar bastante mesmo com 1000 outras atividades.
 

MR ARCADE

Bam-bam-bam
GOLD
Mensagens
4.515
Reações
7.526
Pontos
303
Pegar os lançamentos na locadora era uma sensação maravilhosa. Eu adorava passar lá pra conferir se já tinham chego jogos novos ou só pra ficar olhando e conversando com o pessoal da locadora. Tb adorava jogar os consoles mais caros que ninguém tinha na época como o neo geo ou um console novo que tinha acabado de lançar. Hoje em dia a informação e acesso são tão imediatos que tiram um pouco da magia de saber esperar e apreciar as coisas
 

lanthis

Bam-bam-bam
Mensagens
3.245
Reações
6.546
Pontos
303
O grande barato da época era que vc fazia muitas amizades trocando cartuchos, fazendo vaquinha para alugar e trocar revistas de games.
Fiz amigos que considero até hoje S2
Muito bem lembrado!

Todos os meus amigos (os parças mesmo) são dessa época.
Um deles inclusive a gente se odiava pq éramos rivais na KOF.
Um belo dia ele apareceu com o FFV (em JP claro) e eu queria tanto jogar que fui pedir emprestado pra ele.
Selamos a paz, terminei o jogo em JP sem nenhum detonado (até pq nem existia) e o mais importante: somos amigos até hj!
 
Topo Fundo