O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Banco do Brasil fechará 361 unidades, sendo 112 agências e pretende cortar 5 mil empregos.

lucas789

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
26.648
Reações
66.601
Pontos
554
Mas os funcionários do B.B também pagam impostos, hahaha, cara, se você tivesse noção de como banco enxerga essas palavras que você disse: funcionário - funcionário redundante.

O lema do banco é o seguinte: Se são necessários 10 funcionários, 3 dão conta. Só ver o colega acima reclamando da Caixa, por que será que ele reclama? Por que todos reclamam? Falta de funcionários. 1 gerente pra atender 500 pessoas.

Você se engana quando pensa que a carga de trabalho diminuiu, visto que as metas só aumentaram, inclusive, provavelmente no B.B. Você não faz ideia do que está falando, mas, enfim, senso comum.

Obs: Eu lembro quando era adolescente, fiz piada de uma greve dos bancários, e até mesmo quando ia entrar no Santander, eu criei um tópico aqui, falando exatamente isso: Como a vida do bancário era boa, entrava as 10, saia as 16... spoiler, não é.
Cara, eu trabalho DIRETAMENTE prestando serviço pra caixa, e eu te digo que na grande maioria das agencias é exatamente isso

Nas agencias de cidades pobres ta um caos agora, mas por causa do auxílio emergencial, mas nas agências de bairros ricos? É vazio mesmo na pandemia
 


Elijah Kamski

Bam-bam-bam
Mensagens
4.514
Reações
10.063
Pontos
303
Em outro tópicos estavam falando sobre profissões para seguir e tal. Um cara falou que uma forma de sair da classe média seria estudar medicina. Sem vocação, um médico ganha 12K no SUS.
A área de finanças pagava muito bem antigamente porque meu pai tirava 15 e até 18K sendo gerente geral do Banco do Brasil. Meu irmão deve ganhar 10K com participação nos lucros e cargo comissionado do BB. Me iludi entrando nessa área porque acreditava piamente que iriam ter muitos concursos bons e esses planos de carreira. Tá tudo estagnado e diminuindo bastante. Uma área que me traria benefícios seria CC e estou tendo que me esforçar muito para aprender coisas novas.
Sair da classe média no caso passando numa pública, porque o custo de uma faculdade de medicina é absurdo. Além do que o Brasil não vai sustentar mais uma pessoa ganhar um bom dinheiro de plantão sem efetuar um bom trabalho, aí a tendência será os médicos plantonistas ganharem menos e o pessoal focar na residência, que é super concorrido.
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
26.635
Reações
37.802
Pontos
654
Bom essa medida é por conta das reformulações no banco.
Tem vários cargos e pessoas no banco que não estão mais alinhadas ao que o banco quer.

O que eu vejo é um forte investimento na área de TI, o último concurso diz isso, pois foram chamados escriturários com formação em TI.

As agências estão bem vazias, porque o app resolve bastante coisa. Até mesmo um simples depósito é feito de forma automática, não há mais necessidade de um funcionário para efetuar a conferência.

Esse PDV é uma continuação do que teve em 2018~19 e teve metade da adesão. Agora eles estão tentando novamente, principalmente daqueles gerentes com salários enormes em áreas pouco produtivas. O BB trabalhava com crédito imobiliário do Minha Casa Minha Vida. Agora não trabalha mais, então todo o aparato que girava em torno disso foi desconstruído.
 

DirtyMagic

Veterano
Mensagens
507
Reações
885
Pontos
108
Sair da classe média no caso passando numa pública, porque o custo de uma faculdade de medicina é absurdo. Além do que o Brasil não vai sustentar mais uma pessoa ganhar um bom dinheiro de plantão sem efetuar um bom trabalho, aí a tendência será os médicos plantonistas ganharem menos e o pessoal focar na residência, que é super concorrido.
Pagar quase 1 milhão para se formar até vale a pena se você tiver muitos milhões sobrando. Meu pai ofereceu até pagar para mim, mas não via sentido no investimento. O ser humano adoece muito rápido, pode morrer num acidente e todo o dinheiro investido na formação ser jogado no lixo. Se você abre uma empresa e não dá certo, ao menos você recupera uma parte do investimento. Medicina em particular só vale a pena para quem tem muito dinheiro sobrando. 1 milhão ou 2 milhões de reais ainda não acho grande coisa. Essa é a visão que tenho de mundo. Parece muito arriscado o investimento. Deveriam pagar até mais do que 12K pelo risco que a pessoa corre tendo que pagar tanto por uma formação.
Sim, numa pública vale a pena sem sombra de dúvidas.
 
Ultima Edição:

EgonRunner

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.666
Reações
21.565
Pontos
553
Talvez não. Se você não tem mais a "conveniência" da agência (que pra muita gente ainda é algo bom, pois são incapazes de pagar uma simples conta sozinhos, eles são muito dependentes dos caixas e gerentes das agências), então que razão teria para continuar sendo cliente do bancão com suas taxas, quando tem Nubank ou Banco Inter que é tudo de graça?

Uma vez que esses bancos arrancarem o band-aid dessa galera mais humilde, vai ser muito difícil manter a fidelidade dos clientes.

É muito louco isso, pra mim é uma baita incógnita o futuro dos bancos, pelo menos no quesito de correntista pessoa física, ainda acho que podem perder muuuitos clientes.
entre um Banco do Brasil/Itaú/Bradesco 100% virtual e um Nubank 100% virtual, quem vc acha que a tiazinha que mora no Cafundó do Sul vai ter conta?

se for olhar quem são os maiores bancos nos EUA, Japão, Europa, não tem nenhum "nubank".

e taxa é o de menos, não é nisso que banco ganha dinheiro (dinheiro de verdade).

complementando: as coisas podem mudar quando fundos soberanos e bilionários começarem a usar fintechs.
mas duvido que o Lemann, Safra, Barsi, se esses caras que tem dinheiro grande vão aderir.
acho que nem financiamento imobiliário é capaz de ter.
 
Ultima Edição:


-Zeh-

Bam-bam-bam
Mensagens
3.919
Reações
1.192
Pontos
264
Cara, posso ser sincero? Se fosse por mim viveríamos numa sociedade totalmente automatizada, sério, eu poderia morar tranquilamente na minha casa, tendo diversos robôs fazendo os afazeres, a geladeira com I.A. fazendo meu café da manhã balanceado, depois sairia para um passeio no parque.

Só que o que acontece é que a vida não é assim, é muito fácil falar "Uau, você está querendo garantir o cabide do funça", sem prestar atenção de que o B.B gera lucros, não prejuízo, além disso, aquele "funça" tem uma família que muitas vezes depende dele, se ele perder o emprego, você acha que o "João" de 40 anos, 20 de banco, vai saber fazer alguma outra coisa?

E aí? Apontar o erro é fácil amigo, mas a crítica é leviana, o que o "João" vai fazer? Simplesmente "se atualizar"? Ou a gente mata o João, pra só ficar no sociedade quem "podem se adequar em algo melhor"?

Inclusive gostaria que você me citasse esse "algo melhor", é ir pra área de TI? Virar youtuber? Imagina um país com 20 milhões de programadores de T.I, que máximo! Quer dizer, o João já vai ter morrido de fome muito antes disso né? Mas quem se importa, o "mercado" manda em tudo.

Amigão, se a prática fosse realmente como a teoria, todos teriam os direitos garantidos pela Constituição, é assim na vida real? A vida real é diferente.

Espero que você não seja prejudicado pela automatização, ou talvez seja, quem sabe assim você desenvolve um pouco de empatia pelo próximo.



Sim, as pessoas não estão nem aí, enquanto não dói no bolso delas, "que comam brioches", é a sensação que eu fico com alguns comentários aqui. É fácil comentar isso com o papai bancando.



Inútil aonde amigo? Você já viu o funcionamento de um banco como o BB? Sabe quanto de dinheiro roda ali dentro? Se o gerente de uma agência especializada em crédito rural é mandado embora, imagina a expertise que vai embora.
E outra, levando em consideração esse seu raciocínio, posso dizer que a Kalunga é inútil, que a Renner é inútil, enfim, que todo tipo de comércio/serviço é inútil, porque hoje se encontra tudo na internet. Tudo bem, concordo com seu ponto de vista, mas aí, vai fazer o que com todo o "exército" que trabalha nesses locais? Vão virar programadores?

Por favor né... Moramos no Brasil, não na Suiça, já somos pobres, essas medidas só aumentam a concentração de renda na mão dos "acionistas", mas prejudicam a economia como um todo.



A solução seria o governo facilitar a criação de empregos, mas não se pode simplesmente abandonar essa massa de desalentados, pois isso não prejudica apenas eles, mas sim, toda a economia.
O b.b gera lucros exatamente por atitudes como essa, bastam alguns anos de bondade e você verá os lucros sumindo....


Não é que eu não tenha empatia, mas no seu pensamento o progresso é negativo, por que não proibir os apps de banco logo? Aí você vai garantir o máximo de emprego oras...

Com os anos as coisas mudam, ser reacionário (anti mudanças) não vai garantir emprego para você só te tornar defasado.

Pensa na quantidade de pessoas que também seriam lesadas sem bancos com apps e essas tecnologias novas. Os bancos estão cada vez mais cobrando menos taxas graças a isso, bilhões e bilhões de reais que tendem a ser economizados de milhões de pessoas, não só funcionários do Banco.

Se eu tenho pena do funcionário, claro que tenho, mas a verdade é que precisamos nos encaixar na sociedade e não moldar a sociedade inteira para nos encaixar.

O único jeito de garantir emprego assim é proibir a criação de profissões novas e tecnologias novas. Pronto agora o atendente tem emprego para a vida inteira nada pode substituir ele. Depois não reclame quando a taxa do banco duplicar triplicar sei lá quanto é necessário.

Precisamos adequar o cara na sociedade e pode ficar tranquilo que com vontade de trabalhar existem dezenas de carreiras que ele consegue seguir. Ele não é um eterno somente bancário.

Vamos voltar com cursos de datilografia também para "criar empregos"?

Não entendo essa sanha de torrar dinheiro alheio, por que você não contrata essas pessoas oras? Não me leve a mal mas você parece ter um salário maior que o mínimo, não acha isso injusto também?
 
Ultima Edição:

geist

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.910
Reações
55.537
Pontos
553
Toda demissão em massa é triste. Triste porque aqui não é um país de grandes oportunidades. Muitos vão penar para conseguir uma nova colocação (se é que conseguirão).
A propósito, como vão cortar 5 mil funcionários se são concursados? PDV ou aposentadoria compulsória?

Procuro ter empatia porque sei que muitas pessoas dependem desses 5 mil, não tem impacto isolado, mas ressoa em toda engrenagem econômica.
 

Elijah Kamski

Bam-bam-bam
Mensagens
4.514
Reações
10.063
Pontos
303
Toda demissão em massa é triste. Triste porque aqui não é um país de grandes oportunidades. Muitos vão penar para conseguir uma nova colocação (se é que conseguirão).
A propósito, como vão cortar 5 mil funcionários se são concursados? PDV ou aposentadoria compulsória?

Procuro ter empatia porque sei que muitas pessoas dependem desses 5 mil, não tem impacto isolado, mas ressoa em toda engrenagem econômica.
Banco do Brasil é sociedade de economia mista, não tem estabilidade.
Pagar quase 1 milhão para se formar até vale a pena se você tiver muitos milhões sobrando. Meu pai ofereceu até pagar para mim, mas não via sentido no investimento. O ser humano adoece muito rápido, pode morrer num acidente e todo o dinheiro ser investido na formação ser jogado no lixo. Se você abre uma empresa e não dá certo, ao menos você recupera uma parte do investimento. Medicina em particular só vale a pena para quem tem muito dinheiro sobrando. 1 milhão ou 2 milhões de reais ainda não acho grande coisa. Essa é a visão que tenho de mundo. Parece muito arriscado o investimento. Deveriam pagar até mais do que 12K pelo risco que a pessoa corre tendo que pagar tanto por uma formação.
Sim, numa pública vale a pena sem sombra de dúvidas.
Pior que quem tem um milhão, acho melhor comprar uns imóveis e alugá-los, mas medicina virou meio uma área garantida da classe média alta.
 

Elijah Kamski

Bam-bam-bam
Mensagens
4.514
Reações
10.063
Pontos
303
Não tem mais ou menos, nunca vi ninguém demitido por causa de crise e etc

Esses 5 mil dever ser nego que não quer aposentar.
Falo na teoria, na prática, são outros quinhentos.

Além disso, o pessoal pode pegar essa galera e deslocá-la em alguns locais para locais com falta de servidores, tipo o INSS e até mesmo uma receita da vida (aí seria outros quinhentos).
 

Jolteon

Evolução elétrica do Eevee
GOLD
Mensagens
2.952
Reações
4.944
Pontos
303
Falo na teoria, na prática são outros quinhentos.

Além disso, o pessoal pode pegar esse pessoal e deslocar em alguns locais para evitar alguns locais com falta de servidores, tipo o INSS e até mesmo uma receita da vida (aí seria outros quinhentos).
Isso é impossível pq o funcionário do BB, embora concursado, é CLT, logo não pode prestar serviços para o governo federal. Funcionário é diferente de servidor.

O mesmo para Caixa e Correios.
 

Elijah Kamski

Bam-bam-bam
Mensagens
4.514
Reações
10.063
Pontos
303
Isso é impossível pq o funcionário do BB, embora concursado, é CLT, logo não pode prestar serviços para o governo federal. Funcionário é diferente de servidor.

O mesmo para Caixa e Correios.
Sim, mas o Brasil é tenebroso e meio o que consta na lei é mais enfeite.
 

City Hunter

Bam-bam-bam
Mensagens
3.309
Reações
6.860
Pontos
309
Pensar que o concurso para o banco do Brasil era um dos mais, se não for o maior, almejados do país.

Com o avanço da tecnologia, normal isso acontecer.
Eu fui chamado para tomar posse num concurso do Banco do Brasil exatos 11 meses depois de entrar como servidor na universidade federal de meu estado.

Fiquei super tentado a trocar de emprego (fgts, carteira assinada, comissões, supostas 6 horas de trabalho, plano de saúde...)

quando fui na tal agência onde eu seria lotado...sabe quando seu santo não bate com o da gerente? Achei-a muito rude, escrota, não esclareceu nenhuma das minhas dúvidas e teve um surto quando fiz uma pergunta sobre licença por morte de parente (tenho mãe velhinha e com baixa imunidade).

todas as “vantagens” do emprego foram por água abaixo nessa conversa: as 6 horas poderiam virar 8 (a gerente tinha o poder de destravar meu computador e determinar que eu faria hora extra). O plano de saúde era pago proporcional ao uso. Qualquer promoção de carreira de acordo com minha formação era para trabalhar em Brasília.

Abri mão da vaga. Uma caralhada de gente me chamava de louco. Menos de 1 ano depois a tal agência “mágica” (ficava dentro de uma grande empresa) foi fechada.

Agora, 6 anos depois, eu poderia estar desempregado. Cada vez mais vejo que eu não deveria trocar de cargo e de emprego! Ufa!
 

Bono Tobias

Veterano
Mensagens
251
Reações
644
Pontos
113
Eu fui chamado para tomar posse num concurso do Banco do Brasil exatos 11 meses depois de entrar como servidor na universidade federal de meu estado.

Fiquei super tentado a trocar de emprego (fgts, carteira assinada, comissões, supostas 6 horas de trabalho, plano de saúde...)

quando fui na tal agência onde eu seria lotado...sabe quando seu santo não bate com o da gerente? Achei-a muito rude, escrota, não esclareceu nenhuma das minhas dúvidas e teve um surto quando fiz uma pergunta sobre licença por morte de parente (tenho mãe velhinha e com baixa imunidade).

todas as “vantagens” do emprego foram por água abaixo nessa conversa: as 6 horas poderiam virar 8 (a gerente tinha o poder de destravar meu computador e determinar que eu faria hora extra). O plano de saúde era pago proporcional ao uso. Qualquer promoção de carreira de acordo com minha formação era para trabalhar em Brasília.

Abri mão da vaga. Uma caralhada de gente me chamava de louco. Menos de 1 ano depois a tal agência “mágica” (ficava dentro de uma grande empresa) foi fechada.

Agora, 6 anos depois, eu poderia estar desempregado. Cada vez mais vejo que eu não deveria trocar de cargo e de emprego! Ufa!
Foi livramento
 

Snk-Brazil

Bam-bam-bam
Mensagens
3.026
Reações
1.941
Pontos
244
Bancos físicos sempre vão precisar existir, somente irão diminuir.
É uma utopia tudo ser digital...
O ideal acho que seria uma agência por cidade com um horário maior funcionando mais como um Sac do que propriamente um banco e as agências digitais.
 

sua mãe

Supra-sumo
Mensagens
756
Reações
1.161
Pontos
158
Acho que se a gente conseguisse resolver a maioria dos problemas pelos aplicativos já dava uma desafogada grande. Agora se você quer resolver algo, pelo menos na caixa que é o que eu uso, no chat do site é um bot, no whatsapp outro bot, por telefone outro bot. Até hoje nunca consegui falar com um ser humano nos canais digitais da caixa. Gerente da caixa então, nunca vi nem foto.

Agora o nubank você entra lá no aplicativo rapidinho alguém te responde e resolve seu problema. Mas eu estou ciente que o problema principal é a falta de funcionários dos bancos tradicionais, a demanda é muito grande ainda mais na caixa que movimentas os programas financeiros do governo. Estou querendo financiar uma casa e estou sofrendo por antecipação em saber que vou ter que ir na caixa mil vezes.
 

EgonRunner

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.666
Reações
21.565
Pontos
553
Toda demissão em massa é triste. Triste porque aqui não é um país de grandes oportunidades. Muitos vão penar para conseguir uma nova colocação (se é que conseguirão).
A propósito, como vão cortar 5 mil funcionários se são concursados? PDV ou aposentadoria compulsória?

Procuro ter empatia porque sei que muitas pessoas dependem desses 5 mil, não tem impacto isolado, mas ressoa em toda engrenagem econômica.
concordo com ti, esse é o maior impacto.
e não vai ser fintech que vai gerar emprego, direta ou indiretamente, para absorver essa mão-de-obra.

só pensar nos milhares de fornecedores que prestam os mais variados serviços em agências, desde pintor, eletricista, TI, manutenção de caixa automático, segurança, faxineiro, até tiazinha que faz café e vende marmitex pros funcionários, todo um ecosistema suportado direta e indiretamente.

aí vc estende para as dezenas de fundos imobliários atrelados em aluguel de agências, que nunca mais irão ver um centavo de aluguel.
porque ninguém vai alugar uma agência bancária, é derrubar (modo de dizer) e fazer outra coisa no lugar, o que exige investimento pesado.
 
Ultima Edição:

geist

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.910
Reações
55.537
Pontos
553
Banco do Brasil é sociedade de economia mista, não tem estabilidade.
Acho que depois do período de experiência não é bem assim não heim... :kpensa
Mesmo sendo CLTista, acho que precisa de processo administrativo para ocorrer uma demissão e esse precisa ser fundamentado. Pelo que eu saiba, o BB não está com orçamento insuficiente para manter esses funcionários. Essa seria uma justificativa válida.

Edit: Vi agora no Fala Brasil (Record) que será via PDV esses desligamentos e a maioria das agências são do interior.
 
Ultima Edição:

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
26.635
Reações
37.802
Pontos
654
Isso é impossível pq o funcionário do BB, embora concursado, é CLT, logo não pode prestar serviços para o governo federal. Funcionário é diferente de servidor.

O mesmo para Caixa e Correios.
Na verdade, pode sim, é a chamada Cessão de Funcionário. Só que o órgão precisa aceitar, visto que é ele que toma os custos do funcionário.

Conheço gente que era concursado do banco, mas trabalha na AGU e na PGFN.
 

Rodrigo Zé do Cx Jr

Lenda da OS desde 2000
VIP
Mensagens
25.845
Reações
35.959
Pontos
609
Sindicato dos bancários desesperado, fazendo propaganda "duuuuuh bozo fascista" em tudo que é local, eu inclusive conheço uma das cabeças daqui do RS, povo mais vadio impossível.
Lamento DE VERDADE pelos desempregados, mas a diminuição do estado é a única saída pra essa pocilga em forma de país.
 

NEOMATRIX

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
36.989
Reações
34.849
Pontos
909
Não vai resolver nada. Os cabides de emprego estão nos cargos mais altos. A cada 1000 mandado embora dá a despesa de 20 cargos de alto escalão. Tão cortando errado, mas é estatal né.
Nada de novo no front


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

RodrigoANBR

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.107
Reações
12.625
Pontos
584
Sindicato dos bancários desesperado, fazendo propaganda "duuuuuh bozo fascista" em tudo que é local, eu inclusive conheço uma das cabeças daqui do RS, povo mais vadio impossível.
Lamento DE VERDADE pelos desempregados, mas a diminuição do estado é a única saída pra essa pocilga em forma de país.
eu não consigo lamentar pelos empregos...
sindicato dos bancários é tão lixo quanto o dos metalúrgico e o dos correios...

é greve todo ano e serviços precários.
 

San São

Bam-bam-bam
Mensagens
2.116
Reações
2.999
Pontos
303
Seguindo sua lógica daqui a pouco estaremos queimando café produzido "em excesso" de novo para gerar demanda e manter o preço, poupando empregos claro, destruindo comida, jogando carros zero no lixo para abaixar produção.

Qualquer coisa nacional é melhor faltar, correto ? Ai sempre estará faltando gente para empregar.

Ai o preço de tudo sobe e sempre temos demanda.

Ou num exemplo totalmente diferente, se houvesse uma forma de produzir comida nova, que não demandasse tempo nem mão de obra (colhedores etc) você defenderia a volta da fome, pois a maquina que produz comida infinita demitiu milhares de pessoas certo?

O banco mudou, o mundo mudou, essas agências já tem 1/5 do trafego diário que tinham antigamente antes da Internet e dos Apps. O Banco não tá fechando agência lotada, mas o que está ficando inutilizado.

Enfim.... Ao invés de criar cargos inúteis (como se ser atendende de um banco fosse um "Ótimo Emprego") essas pessoas tem que adequadas em algo melhor, não ficar abaixando a qualidade de tudo do país para manter empregos e diga-se de passagem que já são empregos meia boca (atendente de banco, frentista de posto, etc)
E pensar que o Brasil, o país das crises, sempre teve altos e baixos.


Muitas histórias e episódios antigos em que estávamos todos com receio de daqui 2 anos todo mundo morrer de fome. A queima de café é um bom exemplo de que nem tudo fica perdido, pois podemos aproveitar o outro lado fantástico que é adotar uma nova postura e solução. Assim tem sido a nossa Nação, que teve que se virar sempre nos 30 com bancos e credores nos negando várias vezes. Já passamos por moratória e tudo quanto é sofrimento. Mas o Brasil está em pé, apesar de tudo.


Outro bom exemplo é que teve uma época em que o brasileiro tinha de andar de bicicleta de tão cara que era a gasolina no que o pais vinha importando. A importação desequilibrava as metas fiscais e o que eles acharam uma saída? A fundação e implementação tecnológica de energia, petróleo, logística, alimentícios e etc. Nos deram limonada pra não ficarmos chupando casa vez mais amarga mas sim que fizemos limonada com muito esforço depois de muitos anos. Desde então, teoricamente, somos auto suficientes com mercado interno, que é um fator que muitos países afora sonham.


Pais que experimentasse a sensação brasileira, pelo menos com o primeiro problema no colo em que tivemos de enfrentar, eles não resistem a bravata de primeira. É o caso da Argentina, que deu calote não sei quantas vezes ao FMI no que o Brasil paga se quiser fazer o dever de casa direitinho.
 
Ultima Edição:

DirtyMagic

Veterano
Mensagens
507
Reações
885
Pontos
108
O lobby sindical é muito forte. A não ser que você seja um assassino, dificilmente é demitido.
Meu pai e irmão trabalham no banco há bastante tempo. Meu pai tem mais de 20 anos de Banco do Brasil... acho que são 25 anos na verdade ou pouco mais do que isso. Ninguém lá é demitido por desempenho abaixo do esperado. O máximo que acontece é reprovar alguma especialização, curso de reciclagem e perder uma comissão. A comissão seria o cargo de gerência.

Tem muita estabilidade no BB. Os casos de demissão envolvem furto e peculato por parte de algum funcionário. O único caso de demissão que achei estranho foi quando um cara tentou atropelar um gerente geral da agência. Esse gerente era bem linha dura. O cara foi demitido por conta disso.
 

BurntEbony

Bam-bam-bam
Mensagens
7.752
Reações
4.041
Pontos
494
Toda demissão em massa é triste. Triste porque aqui não é um país de grandes oportunidades. Muitos vão penar para conseguir uma nova colocação (se é que conseguirão).
A propósito, como vão cortar 5 mil funcionários se são concursados? PDV ou aposentadoria compulsória?

Procuro ter empatia porque sei que muitas pessoas dependem desses 5 mil, não tem impacto isolado, mas ressoa em toda engrenagem econômica.
PDV, público alvo são os antigos. É chato nem pelos funcionários e sim por vigilantes, pessoal de limpeza, gente que faz manutenção predial, restaurantes do entorno que faturavam no começo de mês com agência cheia, carro forte, valores, pessoal que fazia manutenção de rede das agências e toda uma galera de fornecedores de equipamentos e gente que não lembro no momento.

Se fechamento de agência já é ruim nem imagino o impacto em cidades como Camaçari com o fechamento da fábrica da Ford.
 

proximus-one

Bam-bam-bam
Mensagens
3.493
Reações
11.539
Pontos
299
eu não consigo lamentar pelos empregos...
sindicato dos bancários é tão lixo quanto o dos metalúrgico e o dos correios...

é greve todo ano e serviços precários.
Imagina se você conhecesse o Sindicato dos Rodoviários aqui do DF... Você começaria a ter anseios assassinos e violentos de tanto ódio que iria criar.
 

City Hunter

Bam-bam-bam
Mensagens
3.309
Reações
6.860
Pontos
309
Foi livramento
Foi!

Meu salário inicial no Banco do Brasil seria quase mil reais menor do que na Universidade. E eu até poderia ir de bike para a tal agência onde eu trabalharia - mas pegando um sol pesado na beira da praia (e claro que a gerente reclamaria d’eu chegar suado/ de roupa amassada). Com o fechamento da agência, vai-se saber para onde eu seria transferido...ou seja: eu teria que me estrepar financeiramente para financiar um carro.

Hoje, 6 anos depois: fiz mestrado e estou esperando sair meu diploma para pedir Incentivo à qualificação (um aumento de salário). Trabalho perto de casa (dá para ir à pé ou de bicicleta). Não estou à mercê de encerramento de agência ou transferências aleatórias. Tenho tempo, energia e incentivo da chefia para fazer doutorado e concurso para professor substituto/efetivo.
 

makeikow

Bam-bam-bam
Mensagens
1.193
Reações
2.039
Pontos
303
Nos anos 80, era o concurso mais visado. Além de vários benefícios, como a facilitação na compra de imóveis e outras coisas. Tinham pessoas que formadas em cursos totalmente diferente para trabalhar lá, mas mudava de ofício na hora. Têm vários aposentados do BB muito bem de vida.
Exatamente. 80/90, era considerado o emprego dos sonhos, justamente pelos benefícios, plano de saúde, PL, etc.
Conheço vários muito bem aposentados.
 
Topo