O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Bem Vindo ao Mundo Linux

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
30.374
Reações
45.908
Pontos
854
Como vocês fazem para abrir esses link no WhatsApp WEB? O site desses links sempre me retorna: "Parece que você não tem nenhum WhatsApp Web instalado, instale."
Bom, quando você clicar, você vai em continuar....

200721

A opção de usar o Whatsapp web está em um link em azul abaixo do botão de download.

200722
 


nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
30.374
Reações
45.908
Pontos
854
NVIDIA lança mais projetos do GameWorks como código aberto com suporte para Linux

Parece que a NVIDIA pode estar sentindo a pressão dos esforços do GPUOpen da AMD com a NVIDIA agora publicando mais projetos do GameWorks como código-fonte aberto para Linux e Windows.

À medida que mais anúncios da NVIDIA saem hoje para a semana da Game Developers Conference, vários novos projetos do GameWorks são lançados como código-fonte aberto. Além de fazer o NVIDIA RTX funcionar no Arm , o DLSS SDK para Linux e a versão estável do driver NVIDIA 470 para usuários do Linux, existem vários novos projetos GameWorks de código aberto.

NVRHI é a interface de hardware de renderização NVIDIA como uma camada de abstração comum sobre Direct3D e Vulkan. NVRHI fornece várias abstrações de API de gráficos em torno do rastreamento de uso de recursos, uso de validação e outros esforços para ajudar na portabilidade entre APIs de gráficos.

Donut é uma estrutura de renderização em tempo real usada pela NVIDIA na prototipagem de renderizadores e exemplos de código. O Donut é compatível com Windows e Linux e também possui vários exemplos de renderização de gráficos por meio de um repositório separado.

RTXMU é um projeto de código aberto que é o utilitário de memória RTX. O RTXMU facilita o emprego de compactação e subalocação de buffers de estrutura de aceleração com o objetivo de reduzir a pegada de vRAM.

Esses novos projetos de código aberto NVIDIA GameWorks estão disponíveis sob uma licença MIT. É ótimo ver mais código-fonte aberto da NVIDIA / GameWorks - seus outros projetos podem ser encontrados no GitHub.


NVIDIA lança 470.57.02 Linux Driver, DLSS SDK adiciona suporte oficial para Linux

Além de mostrar o suporte NVIDIA RTX no Arm, a NVIDIA também usou este primeiro dia da semana GDC para lançar seu driver Linux estável 470.57.02, bem como o suporte DLSS SDK oficial para Linux.

O driver NVIDIA 470.57.02 Linux é lançado hoje como a primeira versão estável da série de drivers NVIDIA 470. Isso leva adiante as mudanças beta anteriores em torno da aceleração XWayland, novas extensões Vulkan e inúmeras outras melhorias.

NVIDIA também anunciou hoje o suporte oficial do Deep Learning Super Sampling (DLSS) para Linux. Isso é em torno do suporte NVIDIA DLSS para jogos Linux nativos, enquanto no mês passado a empresa introduziu o suporte DLSS inicial para Proton que continua a ser melhorado - particularmente ainda esperando o suporte D3D12 DLSS neste outono.

 

eth0

Veterano
Mensagens
886
Reações
843
Pontos
143
NVIDIA lança mais projetos do GameWorks como código aberto com suporte para Linux

Parece que a NVIDIA pode estar sentindo a pressão dos esforços do GPUOpen da AMD com a NVIDIA agora publicando mais projetos do GameWorks como código-fonte aberto para Linux e Windows.

À medida que mais anúncios da NVIDIA saem hoje para a semana da Game Developers Conference, vários novos projetos do GameWorks são lançados como código-fonte aberto. Além de fazer o NVIDIA RTX funcionar no Arm , o DLSS SDK para Linux e a versão estável do driver NVIDIA 470 para usuários do Linux, existem vários novos projetos GameWorks de código aberto.

NVRHI é a interface de hardware de renderização NVIDIA como uma camada de abstração comum sobre Direct3D e Vulkan. NVRHI fornece várias abstrações de API de gráficos em torno do rastreamento de uso de recursos, uso de validação e outros esforços para ajudar na portabilidade entre APIs de gráficos.

Donut é uma estrutura de renderização em tempo real usada pela NVIDIA na prototipagem de renderizadores e exemplos de código. O Donut é compatível com Windows e Linux e também possui vários exemplos de renderização de gráficos por meio de um repositório separado.

RTXMU é um projeto de código aberto que é o utilitário de memória RTX. O RTXMU facilita o emprego de compactação e subalocação de buffers de estrutura de aceleração com o objetivo de reduzir a pegada de vRAM.

Esses novos projetos de código aberto NVIDIA GameWorks estão disponíveis sob uma licença MIT. É ótimo ver mais código-fonte aberto da NVIDIA / GameWorks - seus outros projetos podem ser encontrados no GitHub.


NVIDIA lança 470.57.02 Linux Driver, DLSS SDK adiciona suporte oficial para Linux

Além de mostrar o suporte NVIDIA RTX no Arm, a NVIDIA também usou este primeiro dia da semana GDC para lançar seu driver Linux estável 470.57.02, bem como o suporte DLSS SDK oficial para Linux.

O driver NVIDIA 470.57.02 Linux é lançado hoje como a primeira versão estável da série de drivers NVIDIA 470. Isso leva adiante as mudanças beta anteriores em torno da aceleração XWayland, novas extensões Vulkan e inúmeras outras melhorias.

NVIDIA também anunciou hoje o suporte oficial do Deep Learning Super Sampling (DLSS) para Linux. Isso é em torno do suporte NVIDIA DLSS para jogos Linux nativos, enquanto no mês passado a empresa introduziu o suporte DLSS inicial para Proton que continua a ser melhorado - particularmente ainda esperando o suporte D3D12 DLSS neste outono.

Bom demais! Fico muito contente com o avanço da NVIDIA no suporte ao pinguim.
 

Andrew Christin

Ser evoluído
Mensagens
40
Reações
38
Pontos
28
Estou com um problema, tenho dual boot com Windows 10 e o Ubuntu ambos instalados em um ssd e um hd dividido em três partições para arquivos. No Windows eu consigo acessar as três partições do hd, mas no Ubuntu eu só consigo ter acesso a uma delas, me ajudem ai que eu sou noob no linux.
 

eth0

Veterano
Mensagens
886
Reações
843
Pontos
143
Estou com um problema, tenho dual boot com Windows 10 e o Ubuntu ambos instalados em um ssd e um hd dividido em três partições para arquivos. No Windows eu consigo acessar as três partições do hd, mas no Ubuntu eu só consigo ter acesso a uma delas, me ajudem ai que eu sou noob no linux.
Instala o ntfs-3g, o suporte ao ntfs não está incluso no kernel linux, por enquanto, provavelmente vc precisa desta aplicação para acessar as partições
 


Andrew Christin

Ser evoluído
Mensagens
40
Reações
38
Pontos
28
Instala o ntfs-3g, o suporte ao ntfs não está incluso no kernel linux, por enquanto, provavelmente vc precisa desta aplicação para acessar as partições
Digitei o comando de instalação no terminal e diz que já esta instalado e na versão mais recente
200968
 

Bruno Benitez

Habitué da casa
Mensagens
309
Reações
245
Pontos
78
Digitei o comando de instalação no terminal e diz que já esta instalado e na versão mais recente
Cara, quando eu usei dual boot eu tive um problema parecido... Lembro que era algo sobre o Windows 10 não desligar totalmente, e isso impedia de montar pelo Linux. Tive que dar um comandinho no cmd pra desabilitar isso na época.
Dei uma rápida googlada aqui: https://itsfoss.com/solve-ntfs-mount-problem-ubuntu-windows-8-dual-boot/
Acho isso já deve te guiar.
 

BCoisa

Bam-bam-bam
Mensagens
3.730
Reações
6.859
Pontos
303
Instala o ntfs-3g, o suporte ao ntfs não está incluso no kernel linux, por enquanto, provavelmente vc precisa desta aplicação para acessar as partições
Digitei o comando de instalação no terminal e diz que já esta instalado e na versão mais recente
Visualizar anexo 200968
O NTFS-3G já vem por padrão nas distribuições mais populares faz bastante tempo já, não embutido no kernel mas sempre vem instalado como um pacote normal, na maioria delas.

Provavelmente o que acontece aí é algo que aconteceu essa semana (ou semana passada) com outro user aqui mesmo nesse tópico.

É o Fastboot do Windows bloqueando a unidade em NTFS.

O Fastboot bloqueia o acesso para escrita quando se acessa a unidade pelo Linux

Para resolver é só desativar o fastboot no Windows e depois usar normalmente a unidade tanto no Windows quanto no Linux.

Como desativar o fastboot:

Em Opções de Energia, vá em "Escolher a função dos botões de energia":

199881



Na janela seguinte clique em "Alterar configurações não disponíveis no momento" e depois desmarque a caixa "Ligar inicialização rápida":

199882



Confirme as alterações e desligue o PC.

Quando o PC for ligado novamente o fastboot (inicialização rápida) não estará mais ativo e assim será possível acessar o HD NTFS sem problemas no Linux.
 

Andrew Christin

Ser evoluído
Mensagens
40
Reações
38
Pontos
28
O NTFS-3G já vem por padrão nas distribuições mais populares faz bastante tempo já, não embutido no kernel mas sempre vem instalado como um pacote normal, na maioria delas.

Provavelmente o que acontece aí é algo que aconteceu essa semana (ou semana passada) com outro user aqui mesmo nesse tópico.

É o Fastboot do Windows bloqueando a unidade em NTFS.

O Fastboot bloqueia o acesso para escrita quando se acessa a unidade pelo Linux

Para resolver é só desativar o fastboot no Windows e depois usar normalmente a unidade tanto no Windows quanto no Linux.

Como desativar o fastboot:

Em Opções de Energia, vá em "Escolher a função dos botões de energia":

199881



Na janela seguinte clique em "Alterar configurações não disponíveis no momento" e depois desmarque a caixa "Ligar inicialização rápida":

199882



Confirme as alterações e desligue o PC.

Quando o PC for ligado novamente o fastboot (inicialização rápida) não estará mais ativo e assim será possível acessar o HD NTFS sem problemas no Linux.
Eu já tinha desativado o fast boot e a hibernaçao quando percebi que o windows estaca consumindo escrvendo muito e consumindo o TBW do SSD, agora desativei a opção na bios e problema persiste.

Ilustração do problema

Windows 10
200985

Ubuntu
200986
 

BCoisa

Bam-bam-bam
Mensagens
3.730
Reações
6.859
Pontos
303
Veja se tem o Gerenciador de Discos instalado e abra, pra ver se pelo gerenciador o sistema detecta a Unidade Arquivos 3.

O nome pode ser só Discos no menu no Ubuntu:



Pelo terminal o comando como sudo acho que é: gnome-disk-utility
 

Andrew Christin

Ser evoluído
Mensagens
40
Reações
38
Pontos
28
Pelo visto o sistema esta reconhecendo como se as três partições fosse só uma
200997
o loko é que quando eu abro ela no gerenciador de arquivos é como seu tivesse acessando só uma.
 

BCoisa

Bam-bam-bam
Mensagens
3.730
Reações
6.859
Pontos
303
Pelo visto o sistema esta reconhecendo como se as três partições fosse só uma
Visualizar anexo 200997
o loko é que quando eu abro ela no gerenciador de arquivos é como seu tivesse acessando só uma.
Como foram criadas as partições nesse disco?

O Ubuntu está reconhecendo como uma unidade de disco dinâmico (LDM).

Gerenciadr de discos no Windows 10
Visualizar anexo 201000
As partiçoes estão formatadas como dinamicas, será esse o problema ?
Acho que esse é o problema.

As partições estão como dinâmicas.

Nunca mexi com partições dinâmicas, então não vou poder ajudar muito mas com certeza a causa do problema está aí.

Aqui tem uma dica como montar essas partições no Linux, mas como disse faça por sua conta e risco pois eu não tenho experiência nenhuma com partições dinâmicas:

Basicamente tem que fazer isso:
Seems this questioned might be answered, but I thought I'd offer how I did this for my LDM disk.

You can use ldmtools to handle Microsoft dynamic disks. read more about ldmtools here:
https://manpages.ubuntu.com/manpages/trusty/man1/ldmtool.1.html

sudo apt-get install ldmtool

find the uuid of your dynamic disk, you can do this with sudo blkid

Then mount the disk with ldmtool create volume <uuid> <volume-name>

Fill the angle brackets with the uuid from blkid and choose a volume name, obviously don't include the angle brackets with the command.

Then are many ways to integrate that command to get the disks to mount on start up. There are many other posts regarding this.


Agora a questão é: Por que raios o Windows criou essas partições como dinâmicas? Será que foi vacilo seu na hora de criar as unidades ou o Windows fez no automático como dinâmica durante o particionamento?
 

Andrew Christin

Ser evoluído
Mensagens
40
Reações
38
Pontos
28
Como foram criadas as partições nesse disco?

O Ubuntu está reconhecendo como uma unidade de disco dinâmico (LDM).


Acho que esse é o problema.

As partições estão como dinâmicas.

Nunca mexi com partições dinâmicas, então não vou poder ajudar muito mas com certeza a causa do problema está aí.

Aqui tem uma dica como montar essas partições no Linux, mas como disse faça por sua conta e risco pois eu não tenho experiência nenhuma com partições dinâmicas:

Basicamente tem que fazer isso:
Seems this questioned might be answered, but I thought I'd offer how I did this for my LDM disk.

You can use ldmtools to handle Microsoft dynamic disks. read more about ldmtools here:
https://manpages.ubuntu.com/manpages/trusty/man1/ldmtool.1.html

sudo apt-get install ldmtool

find the uuid of your dynamic disk, you can do this with sudo blkid

Then mount the disk with ldmtool create volume <uuid> <volume-name>

Fill the angle brackets with the uuid from blkid and choose a volume name, obviously don't include the angle brackets with the command.

Then are many ways to integrate that command to get the disks to mount on start up. There are many other posts regarding this.


Agora a questão é: Por que raios o Windows criou essas partições como dinâmicas? Será que foi vacilo seu na hora de criar as unidades ou o Windows fez no automático como dinâmica durante o particionamento?
Obrigado pela atenção e ajuda, eu acho que vou criar um backup e fazer uma formatação limpa do hd.
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
30.374
Reações
45.908
Pontos
854
Excelente. O que não dá pra entender é como que a Canonical ainda não abandonou esse regime de 2 lançamentos por ano.
Manter a versão LTS a cada dois anos, assim como tem hoje, e uma outra Rolling Release é pedir muito?
Realmente, algo que a Suse faz, você tem o Leap, que é um LTS e o Tumbleweed, que é rolling release.
 

ptsousa

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
55.526
Reações
156.489
Pontos
814
Realmente, algo que a Suse faz, você tem o Leap, que é um LTS e o Tumbleweed, que é rolling release.
Inclusive é a distro que eu uso no meu dia-a-dia.

Tô querendo me aventurar no Manjaro/Arch mas devo usar outro SSD de 128GB que tenho vadiando aqui :klolz

Tá demorando para ter um Linux Tech Tips hosteado pelo Antony :klol

Vídeos do LTT com o Anthony são vídeos de cultura :kkong
 

João Ninguém

Veterano
Mensagens
670
Reações
991
Pontos
108
não sei vcs, mas vejo mais gente com problemas no manjaro do q no arch. pode ser tbm pelo fato dos usuários do arch serem mais avançados, aí conseguem resolver um possível problema.

enfim, faz um tempinho q tenho o arch aqui e zero dor de cabeça. no maximo um programa ou outro q acaba quebrando, mas aí é só fazer downgrade. o pacman é excelente, mto tranquilo de fazer por ele.

also, aur é uma delicinha a parte. qqlr coisa q preciso tem lá.
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
30.374
Reações
45.908
Pontos
854
Manjaro é uma distro muito amadora, parece que eles não cuidam exatamente da distro como fazem as outras.
Eles basicamente pegam o Arch, alguns programas, algumas DE, esperam 2 semanas para ver se ninguém reclama das atualizações do Arch e soltam os updates. Aí, como nem tudo atualiza ao mesmo tempo (updates parciais), a chance de quebrar é muito grande.
Também tive experiências ruins com o Manjaro.

Tô querendo voltar fulltime pro Linux, mas ainda estou pensando na distro. Queria muito o ElementaryOS 6, mas tá muito enrolado pra sair, então fico entre o Fedora e o PoP_OS.
Arch não rola por conta da minha GPU ser Nvidia, muito fácil de quebrar a distro por conta dos updates. Quem sabe no futuro, quando pegar uma GPU AMD.
 

Rodrigo Rodfer

Supra-sumo
Mensagens
925
Reações
513
Pontos
154
Manjaro é uma distro muito amadora, parece que eles não cuidam exatamente da distro como fazem as outras.
Eles basicamente pegam o Arch, alguns programas, algumas DE, esperam 2 semanas para ver se ninguém reclama das atualizações do Arch e soltam os updates. Aí, como nem tudo atualiza ao mesmo tempo (updates parciais), a chance de quebrar é muito grande.
Também tive experiências ruins com o Manjaro.

Tô querendo voltar fulltime pro Linux, mas ainda estou pensando na distro. Queria muito o ElementaryOS 6, mas tá muito enrolado pra sair, então fico entre o Fedora e o PoP_OS.
Arch não rola por conta da minha GPU ser Nvidia, muito fácil de quebrar a distro por conta dos updates. Quem sabe no futuro, quando pegar uma GPU AMD.
Como não jogo mais no PC....na verdade não to jogando em lugar algum atualmente.....todos os servidores da empresa agora estão em nuvem, podem ser acessador via rdp....uso pacote office para coisas simples....nada exagerado.....estava pensando seriamente em migrar para o POP OS nessa versão nova....usei ele em demo...e achei o sistema bem fluido.....
 

Crystal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
25.196
Reações
25.350
Pontos
729
Como não jogo mais no PC....na verdade não to jogando em lugar algum atualmente.....todos os servidores da empresa agora estão em nuvem, podem ser acessador via rdp....uso pacote office para coisas simples....nada exagerado.....estava pensando seriamente em migrar para o POP OS nessa versão nova....usei ele em demo...e achei o sistema bem fluido.....
Estou usando pop os faz aí uns 4 meses.
Para trabalhar, tá ótimo, até jogo algumas coisas.
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
30.374
Reações
45.908
Pontos
854
tem mta diferença entre o pop e o ubuntu?
Tem, o PoP é o Ubuntu feito do jeito certo.

Ele até é mais atualizado, porque a System76 vende notebooks com ele, então ele é mais bem pensado, tem gerenciador de energia, drivers embutidos, os apps são constantemente atualizados, ele é quase um rolling release.

E também já vem com muito software embutido na loja deles, então você não precisa apelar muito para PPAs.
 

Rodrigo Rodfer

Supra-sumo
Mensagens
925
Reações
513
Pontos
154
Tem, o PoP é o Ubuntu feito do jeito certo.

Ele até é mais atualizado, porque a System76 vende notebooks com ele, então ele é mais bem pensado, tem gerenciador de energia, drivers embutidos, os apps são constantemente atualizados, ele é quase um rolling release.

E também já vem com muito software embutido na loja deles, então você não precisa apelar muito para PPAs.
A loja então do Pop OS é muito....mas muito melhor que a Gnome Software
 

costa93

Habitué da casa
Mensagens
492
Reações
371
Pontos
88
No geral, o trabalho que System76 vem fazendo com o PopOS é muito bom!
Principalmente para quem precisa de uma solução out of box para driver nvidia.

No entanto, fica engraçado ver vcs criticando o Ubuntu, quando na verdade o trabalho da System76 é completamente dependente do trabalho da Canonical.
Do mesmo modo, a excelente loja do PopOS é dependente do trabalho do pessoal a frente do Elementary.

Quanto ao último PopOS, tá uma gambiarra sem fim aquele limbo entre Gnome 3.x e Gnome 4.x
Conseguiram fazer algo mais redundante que aquele Gnome do Manjaro.
Eu mesmo vou pular essa péssima atualização até que tenham feito algo decente.
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
30.374
Reações
45.908
Pontos
854
No geral, o trabalho que System76 vem fazendo com o PopOS é muito bom!
Principalmente para quem precisa de uma solução out of box para driver nvidia.

No entanto, fica engraçado ver vcs criticando o Ubuntu, quando na verdade o trabalho da System76 é completamente dependente do trabalho da Canonical.
Do mesmo modo, a excelente loja do PopOS é dependente do trabalho do pessoal a frente do Elementary.

Quanto ao último PopOS, tá uma gambiarra sem fim aquele limbo entre Gnome 3.x e Gnome 4.x
Conseguiram fazer algo mais redundante que aquele Gnome do Manjaro.
Eu mesmo vou pular essa péssima atualização até que tenham feito algo decente.
Cara, o PoP_OS só existe porque o Ubuntu carece de polimento, não tem como não criticar. E daí se ele é dependente, isso não quer dizer nada, é meramente a base do sistema. Aliás, por isso que existem tantas distros que consertam as cagadas do Ubuntu.
O Ubuntu só veio ter drivers embutidos na ISO, depois que o PoP_OS começou a ter.

Quanto ao COSMIC, bom, primeira interação da interface, eles vão aprimorando. Ainda está no 3.38, porque a base Ubuntu não atualizou também, entre o lançamento do Gnome 40 e o lançamento do Ubuntu 21.04, era muito pouco tempo para implementar, dado as grandes mudanças ocorridas.

No mais, toda a interface é uma extensão, só desativar. No 21.10, virá com o Gnome 41.
 

Sir Bovino Gadoso

Bam-bam-bam
Mensagens
4.029
Reações
7.540
Pontos
303
O cosmic pra mim é o desktop definitivo, até que enfim uma distro conseguiu fazer eu ficar sossegado, se esse batente continuar vou ficar a vida toda no Pop.
 

waiardo

Supra-sumo
Mensagens
920
Reações
1.123
Pontos
193
Pessoal, recomendam algum widget para monitoramento de uso de processador, ram e temperatura? Estou no Ubuntu 20.04.
 
Topo Fundo