O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Como seria um Brasil monárquico hoje?

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.695
Reações
51.318
Pontos
553
Imperio: Carga tributária em torno de 20% (apesar de ter aumentado após a Guerra do Paraguai, em que fomos invadidos e tivemos que pegar empréstimos pra não sermos conquistados).
O Imperador gastava X consigo e com a Corte, o restante voltava ao povo na forma de serviços.

República: Taxa de impostos teórica de 37% quase o dobro.
Ja o primeiro gabinete presidencial custava aos cofres públicos 3 vezes mais. Hoje, nem consigo imaginar.

Sim, contem de novo aquela história que monarquista quer ser escravizado... Você que trabalha até metade do ano pra pagar os governantes atuais e no Império trabalhava apenas dois meses e meio...

Enviado de meu MotoG3 usando Tapatalk
 


OdinOS

Supra-sumo
Mensagens
517
Reações
1.114
Pontos
189
O nível de desinformação é tanta que um moderador do fórum foi querer fazer chacota comigo quando eu aventei a possibilidade de um referendo para a volta da monarquia. Felizmente o pessoal aqui do tópico já está vacinado contra isso.

Aliás, falando no referendo:
https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=70135

Já recebeu apoio para ser discutido no congresso, ao menos.
 

Queiroga'

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.413
Reações
13.278
Pontos
629
Como seria um Brasil Colônia hoje?

Como seria um Brasil indígena hoje?

Acho que a questão nem é ser monárquico ou não, mas sim ser parlamentarista (para acabar com o parto que é tirar uma Dilma ou um Temer do poder) e acabar com foro privilegiado e afins (para acabar com impunidade de Jucás, Renans e Aécios).



Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.571
Reações
46.746
Pontos
544
Como seria um Brasil Colônia hoje?

Como seria um Brasil indígena hoje?

Acho que a questão nem é ser monárquico ou não, mas sim ser parlamentarista (para acabar com o parto que é tirar uma Dilma ou um Temer do poder) e acabar com foro privilegiado e afins (para acabar com impunidade de Jucás, Renans e Aécios).



Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
A questão aqui à ser avaliada nesse caso seria a relação entre presidente e parlamento em paralelo com a relação entre rei e parlamento.

O Presidente potencialmente teria vínculo partidário com os deputados e primeiro-ministro. O Rei, por sua vez, não.
Mas concordo que, como um todo, um sistema parlamentarista seria muito superior ao que temos no Brasil hoje, independente de república ou monarquia.

O nível de desinformação é tanta que um moderador do fórum foi querer fazer chacota comigo quando eu aventei a possibilidade de um referendo para a volta da monarquia. Felizmente o pessoal aqui do tópico já está vacinado contra isso.

Aliás, falando no referendo:
https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=70135

Já recebeu apoio para ser discutido no congresso, ao menos.
Bom, o moderador à que você se refere deve ser o @LucianoBraga . Imagino que ele não tenha feito de maldade, mas de fato é algo difícil de passar. No entanto, é o esperado para o momento. Algo assim se algum dia for aprovado, não seria agora, mas sim num prazo mais longo.
 
Ultima Edição:

Brutal Core

Habitué da casa
Mensagens
186
Reações
292
Pontos
98
Brasil depois monarquia

6 CONSTITUIÇÕES FEDERAIS


1891

1934

1937

1946

1967

1988


9 MOEDAS


Reis: até 1941

Cruzeiro: 1942

Cruzeiro Novo: 1967

Cruzeiro: 1970

Cruzado: 1986

Cruzado Novo: 1989

Cruzeiro: 1990

Cruzeiro Real: 1993

Real: 1994


6 VEZES CONGRESSO FECHADO


1891

1930 ~ 34

1937 ~ 46

1966

1968 ~ 69

1977


6 GOLPES DE ESTADO OU REVOLUÇÕES


1889 ~ 2016

1930 ~ 34

1937 ~ 45

1945

1955

1964 ~ 85


1 PLEBISCITO IGNORADO


Venda de armas: 2005


13 PRESIDENTES QUE NÃO CONCLUÍRAM O MANDATO


Deodoro: 1891

Afonso Penha: 1909

Rodrigues Alves: 1918

Washington Luís: 1930

Júlio Prestes: 1930

Vargas: 1945 e 1954

Carlos Luz: 1955

Jânio Quadros: 1961

João Goulart: 1964

Costa e Silva: 1969

Tancredo Neves: 1985

Collor: 1992

Dilma: 2016


31 PRESIDENTES NÃO ELEITOS DIRETAMENTE (também considerando posse de interinos)


Deodoro: 1889*

Floriano Peixoto: 1891*

Prudente: 1894*

Campos Sales: 1898*

Rodrigues Alves: 1902*

Afonso Penha: 1906*

Nilo Peçanha: 1909*

Fonseca: 1910*

Venceslau: 1914*

Rodrigues Alves: 1918*

Delfim Moreira: 1918*

Epitácio: 1919*

Arthur: 1922*

Washington Luis: 1926*

Júlio Prestes: 1930*

Vargas: 1930

José Linhares: 1945

Café Filho: 1954

Carlos Luz: 1955

Nereu Ramos: 1955

Ranieri Mazilli: 1961

João Goulart: 1961

Castelo Branco: 1964

Costa e Silva: 1967

Médici: 1969

Geisel: 1974

Figueiredo: 1979

Tancredo Neves: 1985

José Sarney: 1985

Itamar Franco: 1992

Michel Temer: 2016


*Presidentes do Período da República Velha marcado pelas fraudes eleitorais e o coronelismo.


31 REVOLTAS E GUERRILHAS


Golpe Republicano: 1889

Primeira Revolta de Boa Vista: 1892-1894

Revolta da Armada: 1892-1894

Revolução Federalista: 1893-1895

Revolta de Canudos: 1893-1897

República de Curani: 1895-1900

Revolução Acreana: 1898-1903

Revolta da Vacina: 1904

Segunda Revolta de Boa Vista: 1907-1909

Revolta da Chibata: 1910

Guerra do Contestado: 1912-1916

Sedição de Juazeiro: 1914

Greves Operárias: 1917-1919

Levante Sertanejo: 1919-1930

Revolta dos Dezoito do Forte: 1922

Revolução Libertadora: 1923

Coluna Prestes: 1923-1925

Revolta Paulista: 1924

Revolta de Princesa: 1930

Revolução de 1930: 1930

Revolução Constitucionalista: 1932

Revolta Mineira: 1935-1936

Intentona Comunista: 1935

Caldeirão de Santa Cruz do Deserto: 1937

Revolta das Barcas: 1959

Golpe Militar: 1964

Luta Armada: 1965-1972

Guerrilha de Três Passos: 1965

Guerrilha do Caparaó: 1967

Guerrilha do Araguaia: 1967-1974

Revolta dos Perdidos: 1976


Ainda tem gente acredita republica :coolface
 


Flango Chines

Bam-bam-bam
Mensagens
1.453
Reações
2.510
Pontos
293
Caras, quanta bosta.
Sinceramente.
Falam tanto de monarquia.
Vejam a Suíça.
Precisa de monarquia lá?
Não!
Pq?
Povo informado.
Sem mais.
 

sparcx86_GHOST

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.345
Reações
18.485
Pontos
784
Nos tempos monarquicos tiveram varias revoltas não se esqueçam disto. Não é porque durante a Republica mudaram varias vezes de comando que significava instabilidade. Muitas das revoltas populares o imperador mandou sufocar a bala como foi na revolução farroupilha.
 

berethor_walker

Bam-bam-bam
Mensagens
1.872
Reações
1.855
Pontos
234
Nos tempos monarquicos tiveram varias revoltas não se esqueçam disto. Não é porque durante a Republica mudaram varias vezes de comando que significava instabilidade. Muitas das revoltas populares o imperador mandou sufocar a bala como foi na revolução farroupilha.
A Farroupilha foi antes do Imperador tomar posse, tanto é que a primeira e parte da segunda década do inicio do império foi conturbado, ele ainda não tinha a idade de 18 anos então para dar um jeito foi rei com 15, no periodo da regência Brasil ainda estava se estruturando e não totalmente consolidado em identidade, tanto é que depois do Dom Pedro II ser coroado houve pouquissimas rebeliões e guerrilhas afora, apenas a Guerra do Paraguai que foi inevitavel pela megalomânia de Lopez.
Onde houve inúmeras revoltas tratadas com violência extrema foi no periodo colonial, fora que o Imperador Dom Pedro II teve seu reinado marcado por liberdade de expressão admirada por todos no mundo inteiro.
 

OdinOS

Supra-sumo
Mensagens
517
Reações
1.114
Pontos
189
A Farroupilha foi antes do Imperador tomar posse, tanto é que a primeira e parte da segunda década do inicio do império foi conturbado, ele ainda não tinha a idade de 18 anos então para dar um jeito foi rei com 15, no periodo da regência Brasil ainda estava se estruturando e não totalmente consolidado em identidade, tanto é que depois do Dom Pedro II ser coroado houve pouquissimas rebeliões e guerrilhas afora, apenas a Guerra do Paraguai que foi inevitavel pela megalomânia de Lopez.
Onde houve inúmeras revoltas tratadas com violência extrema foi no periodo colonial, fora que o Imperador Dom Pedro II teve seu reinado marcado por liberdade de expressão admirada por todos no mundo inteiro.
Lembrando que Dom Pedro II lutou a Guerra do Paraguai junto aos soldados, e o parlamento só deixou porque ele ameaçou renunciar.
 

berethor_walker

Bam-bam-bam
Mensagens
1.872
Reações
1.855
Pontos
234
Lembrando que Dom Pedro II lutou a Guerra do Paraguai junto aos soldados, e o parlamento só deixou porque ele ameaçou renunciar.
Tenho o livro "Maldita Guerra" aqui em casa, Dom Pedro chegou perto do campo de batalha para elevar e colocar ordem nas regiões e tropas do local, tanto o fato que os mesmos que 20 anos atrás estavam se rebelando nas farroupilhas, lutaram bravamente pela defesa do Brasil, tal legítimo e justo era o seu governo.
 

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.695
Reações
51.318
Pontos
553
Tenho o livro "Maldita Guerra" aqui em casa, Dom Pedro chegou perto do campo de batalha para elevar e colocar ordem nas regiões e tropas do local, tanto o fato que os mesmos que 20 anos atrás estavam se rebelando nas farroupilhas, lutaram bravamente pela defesa do Brasil, tal legítimo e justo era o seu governo.
A 7 de dezembro de 1864, o diplomata Edward Thornton, representante britânico na Argentina e Paraguai, escreveu ao chanceler paraguaio José Berges uma carta que comprova o desinteresse da Grã-Bretanha na eclosão de uma guerra entre o Paraguai e seus vizinhos. No documento, Thornton afirma textualmente: "V.E. sabe que a Inglaterra também está em atritos com o Brasil, de modo que tanto por esse motivo, como pela falta de instruções de meu governo, não poderia fazer nada de oficial com seu governo; mas particularmente sim, se puder servir, no mínimo que seja, para contribuir para a reconciliação dos dois países, espero que V.E. não hesite em me utilizar".

A disposição do representante britânico de colaborar para evitar o conflito entre Brasil e Paraguai é uma das muitas surpresas guardadas na obra do historiador Francisco Doratioto, que desfaz um dos maiores mitos a respeito da Guerra do Paraguai: o de uma guerra que teria sido provocada pelos interesses "imperialistas" britânicos. Construído inicialmente pelo revisionismo histórico paraguaio, a valorização da figura de Solano López chegou ao paroxismo no final dos anos 1960, quando intelectuais nacionalistas e de esquerda o elevaram à condição de líder antiimperialista. Uma geração inteira de brasileiros concluiu seus estudos secundários e mesmo de nível superior acreditando que o Paraguai alcançou um bom nível de desenvolvimento após a independência, possuía um projeto autônomo e equilibrado de crescimento e que foi destruído pela Tríplice Aliança, por representar uma ameaça aos interesses ingleses na região. A Grã-Bretanha teria se utilizado do Brasil, da Argentina e do Uruguai para pôr fim ao projeto paraguaio.

O livro mais marcante desse revisionismo, na interpretação do autor, foi a obra La Guerra del Paraguay: gran negocio!, publicado em 1968 pelo historiador argentino León Pomer. A simplificação dos argumentos dessa obra resultou no livro Genocídio Americano: a Guerra do Paraguai, do escritor Julio José Chiavennato. No Brasil, o texto de Chiavennato foi contemplado pelo mercado editorial com mais de 27 edições, o que contribuiu para a generalização de idéias equivocadas acerca do conflito.

Doratioto apresenta, com base em ampla pesquisa de fontes primárias e profundo conhecimento da literatura secundária, uma visão muito distinta. Ao mesmo tempo em que se afasta da historiografia mais tradicional – aquela que atribuía a causa da guerra às pretensões descomunais de um ditador megalômano – refuta a argumentação da historiografia dos anos 70 e 80. A historiografia tradicional e o revisionismo simplificaram as causas e o desenrolar da Guerra do Paraguai, ao "ignorar documentos e anestesiar o senso crítico". "Ambos substituíram a metodologia do trabalho histórico pelo emocionalismo fácil e pela denúncia indignada", afirma o autor.

Na "nova história", o Paraguai, após a independência, não se diferenciou substancialmente do padrão apresentado pelos demais países latino-americanos. Foi governado inicialmente por José Gaspar Rodríguez de Francia – o "Ditador Perpétuo" – que promoveu o isolamento do país, o fortalecimento do Estado e manteve uma estrutura produtiva baseada na produção de erva-mate, tabaco e madeira. As famosas Estancias de la Patria, anteriormente tomadas como exemplo de equilíbrio social utilizaram não só o trabalho de camponeses, mas também de escravos de origem africana e de prisioneiros, conforme o estudo de Josefina Plá, Hermano negro: la esclavitud en el Paraguay. Nada, no Paraguai de Rodríguez de Francia, permitiria falar em "igualdade social" ou em "projeto autônomo de desenvolvimento".

Na década de 1840, o país procurava obter o reconhecimento de sua independência e ampliar o contato com o exterior, para modernizar sua economia. A nova orientação, que ganhou força no governo de Carlos Antonio López e, principalmente, de Solano López, era uma tentativa de o Paraguai se inserir no mercado mundial. Com Carlos López, o Estado paraguaio implementou uma est

Enviado de meu MotoG3 usando Tapatalk
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.571
Reações
46.746
Pontos
544
Caras, quanta bosta.
Sinceramente.
Falam tanto de monarquia.
Vejam a Suíça.
Precisa de monarquia lá?
Não!
Pq?
Povo informado.
Sem mais.
Na Suíça eles adotam as políticas certas. As políticas podem ser adotadas na maioria das formas de estado e devem ser pensadas sempre. Só que isso não anula nem refuta o debate aqui. O que se está debatendo aqui é o formato do estado, e não as políticas públicas à serem tomadas.
 

Oh Dae-su

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.449
Reações
24.020
Pontos
654
Como seria um Brasil Colônia hoje?

Como seria um Brasil indígena hoje?

Acho que a questão nem é ser monárquico ou não, mas sim ser parlamentarista (para acabar com o parto que é tirar uma Dilma ou um Temer do poder) e acabar com foro privilegiado e afins (para acabar com impunidade de Jucás, Renans e Aécios).



Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Eu acho que o Brasil precisa de um 4 poder para moderar, mas considerando a merda que esta eu ja me daria por feliz com o parlamentarismo.
 

Queiroga'

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.413
Reações
13.278
Pontos
629
Eu acho que o Brasil precisa de um 4 poder para moderar, mas considerando a merda que esta eu ja me daria por feliz com o parlamentarismo.
Problema da monarquia no Brasil é que, se existisse, rapidamente se tornaria absolutista, posto que as forças militares, econômicas e políticas não são confiáveis.

Monarquia caiu em 1889 porque Dom Pedro Segundo se negou a chamar uma guerra civil que o protegesse do assédio dos militares e dos latifundiários paulistas...
 

sparcx86_GHOST

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.345
Reações
18.485
Pontos
784
Problema da monarquia no Brasil é que, se existisse, rapidamente se tornaria absolutista, posto que as forças militares, econômicas e políticas não são confiáveis.

Monarquia caiu em 1889 porque Dom Pedro Segundo se negou a chamar uma guerra civil que o protegesse do assédio dos militares e dos latifundiários paulistas...
provavelmente o rei nao mandaria nada seria um fantoche nas mãos de algum espertinho.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.571
Reações
46.746
Pontos
544
Problema da monarquia no Brasil é que, se existisse, rapidamente se tornaria absolutista, posto que as forças militares, econômicas e políticas não são confiáveis.

Monarquia caiu em 1889 porque Dom Pedro Segundo se negou a chamar uma guerra civil que o protegesse do assédio dos militares e dos latifundiários paulistas...
Não foi 100% isso, mas o contra que você propõe não é totalmente inválido. Dialogar com o congresso que se tem hoje seria quase impossível. Mas discordo dos militares. Hoje nossas forças militares nem de longe são o que foram em 64 ou 1889. Não creio que dariam um golpe de estado ou intervenção como em tais épocas.
 

Cute Black Cat

Bam-bam-bam
Mensagens
1.022
Reações
1.601
Pontos
203
A melhor coisa sem duvida seria o custo do governo, afinal seria baixissimo se nao tiver corrupção é logico.
E também o tamanho da maquina estatal seria menor.
 

berethor_walker

Bam-bam-bam
Mensagens
1.872
Reações
1.855
Pontos
234
Na Suíça eles adotam as políticas certas. As políticas podem ser adotadas na maioria das formas de estado e devem ser pensadas sempre. Só que isso não anula nem refuta o debate aqui. O que se está debatendo aqui é o formato do estado, e não as políticas públicas à serem tomadas.
Suíça também é conhecida como Confederação Helvética, mas lá há um sentimento muito grande autonomia pouco visto em ouros países, tanto é o fato que os presidentes são trocados todos os anos. Talvez seja hoje ums dos 3 países mais economicamente e socialmente liberais do mundo.
Pessoal insiste em dizer que o rei seria putinha de politicos, isso é muito complexo de vira-lata, essas merdas ocorrem por trocas de favores, e um rei vai precisar disso para que? apenas um psicopata colocaria a sua dinastia em risco por algo tão pequeno.
 

geraltos

Bam-bam-bam
Mensagens
988
Reações
3.218
Pontos
293
Lógica de muitos users da OS


Tem meu voto é o melhor pro Brasil.


Tem meu voto é o melhor pro Brasil:





Ainnn creduuu! Nunca que á a solução; Não aceitaria nunca! :viraolho
 

Tilak

Bam-bam-bam
Mensagens
4.512
Reações
9.441
Pontos
303
existe para presidente da Republica, este cargo aqui em Portugal é preenchido para chefia do Estado. assuntos como viagens para outros paises e representações diplomaticas.
Pela Constituição o presidente tem o direito de dissolver o governo que é representado pelo primeiro ministro. Por razões políticas é algo muito raro de acontecer.
De qualquer maneira, só temos de segurar este cara por 4 anos e voces querem eternamente o mesmo cara nesta cadeira.
Não parece algo viavel hoje em dia.
Essa é a idéia da monarquia parlamentarista.
Só sem eleição a cada 4 anos, e todos seus problemas atrelados
 

Flango Chines

Bam-bam-bam
Mensagens
1.453
Reações
2.510
Pontos
293
Na Suíça eles adotam as políticas certas. As políticas podem ser adotadas na maioria das formas de estado e devem ser pensadas sempre. Só que isso não anula nem refuta o debate aqui. O que se está debatendo aqui é o formato do estado, e não as políticas públicas à serem tomadas.
Isso já invalida todo o seu argumento de monarquia ser algo "melhor".
O melhor é ter políticas certas.
E políticas certas só acontecem sob PRESSÃO POPULAR.
E pressão popular por medidas certas só ocorre quando o povo SABE o que é melhor para si.
Seja em que regime for.
Em outras palavras, não precisamos de um rei escolhido por deus com direito divino pra viver as custas do povo desde o nascimento.
Precisamos é abrir os olhos da população.
Enquanto a população não souber o que é melhor pra si, as políticas certas nunca serão adotadas, seja em que regime for.
E eu não vou mais discutir com vcs pq vcs demonstram uma inocencia absurda quando se trata de monarquia.
Vcs acham que o rei tem sangue azul, que é incorruptivel, que ele nao fará acordo com o governo e vice-versa para algo rentável e duradouro pros dois.
Meu deus... q necessidade de um salvador vcs tem.
Espírito de cordeiro da porra.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.571
Reações
46.746
Pontos
544
Isso já invalida todo o seu argumento de monarquia ser algo "melhor".
O melhor é ter políticas certas.
E políticas certas só acontecem sob PRESSÃO POPULAR.
E pressão popular por medidas certas só ocorre quando o povo SABE o que é melhor para si.
Seja em que regime for.
Em outras palavras, não precisamos de um rei escolhido por deus com direito divino pra viver as custas do povo desde o nascimento.
Precisamos é abrir os olhos da população.
Enquanto a população não souber o que é melhor pra si, as políticas certas nunca serão adotadas, seja em que regime for.
E eu não vou mais discutir com vcs pq vcs demonstram uma inocencia absurda quando se trata de monarquia.
Vcs acham que o rei tem sangue azul, que é incorruptivel, que ele nao fará acordo com o governo e vice-versa para algo rentável e duradouro pros dois.
Meu deus... q necessidade de um salvador vcs tem.
Espírito de cordeiro da porra.
Não, não invalida. São dois debates diferentes e um não refuta necessariamente o outro. As políticas certas podem ser adotadas em qualquer sistema. Mas as vezes, sistemas melhores ajudam que elas sejam melhor implantadas. O parlamentarismo per se, é mais ágil e propício para tal.

E onde nós mostramos inocência? O que foi dito aqui é que o regime é mais estável e equilibrado. Você é que desde aquela outra discussão no tópico dos russos entendeu a questão errado e confundiu coisas com outras, vide estabilidade X tamanho do estado.

Inclusive os poderes do Rei são limitados de propósito. E novamente, não seria impossível que ele fizesse acordos espúrios, mas o estado seria propriedade dele e os olhos da imprensa estariam direto ligados nele. Só um psicopata ou alguém muito burro faria burrada nessa situação. O esperado, é que ele só agisse em casos de crise institucional ou de apelo popular para que houvesse ação.
 

Flango Chines

Bam-bam-bam
Mensagens
1.453
Reações
2.510
Pontos
293
O que te faz acreditar que o Brasil estaria melhor com estes caras?
Chama-se "Fé cega".
É o mesmo efeito encontrado em igrejas evangélicas nas quais os pastores pedem dízimos, trízimos e o escambau e eles pagam achando que irão garantir um lugar no céu.
Esse povo acha que não haveria acordos mútuos entre quem estivesse no poder e o rei.
Perceba como eles relativizam "ah, mesmo que fizessem acordos corruptos, seria algo de leve. A mídia estaria de olho".
loooool.
A mídia globalista esquerdista totalmente comprada, vc quer dizer?
O cara parece q vive em outra realidade.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.571
Reações
46.746
Pontos
544
Chama-se "Fé cega".
É o mesmo efeito encontrado em igrejas evangélicas nas quais os pastores pedem dízimos, trízimos e o escambau e eles pagam achando que irão garantir um lugar no céu.
Esse povo acha que não haveria acordos mútuos entre quem estivesse no poder e o rei.
Perceba como eles relativizam "ah, mesmo que fizessem acordos corruptos, seria algo de leve. A mídia estaria de olho".
loooool.
A mídia globalista esquerdista totalmente comprada, vc quer dizer?
O cara parece q vive em outra realidade.
Quem está sendo cego aqui é você. Mas no sentido oposto ao que aponta para nós.

E porra, sério que hoje você quer usar esse argumento à respeito da mídia, quando se tem a internet e a informação circula de maneira muito mais rápida? Não dependemos mais só de Globo não.

O que te faz acreditar que o Brasil estaria melhor com estes caras?
Não diria "esses caras", mas os moldes do modelo em si, são melhores que o presidencialismo vigente.
 

sparcx86_GHOST

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.345
Reações
18.485
Pontos
784
Quem está sendo cego aqui é você. Mas no sentido oposto ao que aponta para nós.

E porra, sério que hoje você quer usar esse argumento à respeito da mídia, quando se tem a internet e a informação circula de maneira muito mais rápida? Não dependemos mais só de Globo não.



Não diria "esses caras", mas os moldes do modelo em si, são melhores que o presidencialismo vigente.
o presidencialismo não é tão ruim o que quebra é mais o modelo federalista que é pessimo no Brasil.
da uma olhada na renda percapita por estado me diga aí onde que está concentrada a grana do país

Tem algo errado aí não acha???
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.571
Reações
46.746
Pontos
544
o presidencialismo não é tão ruim o que quebra é mais o modelo federalista que é pessimo no Brasil.
da uma olhada na renda percapita por estado me diga aí onde que está concentrada a grana do país

Tem algo errado aí não acha???
Não nego que tenha, mas isso também não anula o fato dos EUA terem sido o único país democrático presidencialista à dar certo. Até tem o Chile, mas num processo bizarro, por lá as políticas econômicas corretas foram adotadas durante uma... ditadura militar.

Eu até acharia interessante um federalismo mais difundido no Brasil, com ou sem presidencialismo. Mas alguns dos problemas do presidencialismo ainda continuariam à existir, vide o gasto absurdo e circense com eleições à cada 4 anos, entre outros.. e claro, Impeachment é um processo traumático ainda que não seja golpe como alguns espertinhos afirmam, e é mais um ponto negativo do sistema. O parlamentarismo é mais barato e ágil como um todo.
 

sparcx86_GHOST

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.345
Reações
18.485
Pontos
784
Não nego que tenha, mas isso também não anula o fato dos EUA terem sido o único país democrático presidencialista à dar certo. Até tem o Chile, mas num processo bizarro, por lá as políticas econômicas corretas foram adotadas durante uma... ditadura militar.

Eu até acharia interessante um federalismo mais difundido no Brasil, com ou sem presidencialismo. Mas alguns dos problemas do presidencialismo ainda continuariam à existir, vide o gasto absurdo e circense com eleições à cada 4 anos, entre outros.. e claro, Impeachment é um processo traumático ainda que não seja golpe como alguns espertinhos afirmam, e é mais um ponto negativo do sistema. O parlamentarismo é mais barato e ágil como um todo.
Parlamentarismo no Brasil seria um desastre também.
 

Yusuke Urameshi

Bam-bam-bam
Mensagens
5.222
Reações
15.615
Pontos
353
Chama-se "Fé cega".
É o mesmo efeito encontrado em igrejas evangélicas nas quais os pastores pedem dízimos, trízimos e o escambau e eles pagam achando que irão garantir um lugar no céu.
Esse povo acha que não haveria acordos mútuos entre quem estivesse no poder e o rei.
Perceba como eles relativizam "ah, mesmo que fizessem acordos corruptos, seria algo de leve. A mídia estaria de olho".
loooool.
A mídia globalista esquerdista totalmente comprada, vc quer dizer?
O cara parece q vive em outra realidade.
Fé cega é o que você tem e vai continuar tendo ad infinitum nessa p******a de República, que agora é que mostrou a sua cara de vez.

E essa história que você repete também ad infinitum que o rei é escolhido por Deus é só falta se chamar Jesus, como se ele também não pudesse ser removido do poder (outra coisa que você repete à exaustão), E PODE, se realmente fizer muita m***a, você não está sendo honesto. Pelo amor, vá ser cego e mal-informado assim lá longe, viu ?

E a cereja do bolo foi falar sobre feudalismo, você, há mais tempo (aliás, você vive fazendo essa comparação), e teve outro user que também falou nisso. Legal, eu não sabia que Reino Unido, Holanda, Bélgica, Noruega, Dinamarca, Espanha, Luxemburgo, Mônaco, Japão, Austrália, Nova Zelândia e Canadá são países que se encontram na Idade Média. Porque, se estes países estão na Idade Média, eu não quero nem imaginar em que período da História NÓS estamos... a única certeza que eu tenho é que, se eles estão na Idade Média, o Brasil ainda não chegou lá...
 
Ultima Edição:
Topo