O que há de Novo?
  • Novo tema escuro está disponível
    Um novo visual para o fórum com fundo escuro agora está disponível para todos. Você pode escolher o tema clicando no ícone de pincel no canto inferior esquerdo da página.


Como vc escolheu sua profissão? Está feliz com a escolha?



Mensagens
1.975
Curtidas
3.253
Pontos
303
#2
Me formando professor

Contras = alunos fdps de malditos, levar esporro de pai imbecil

Prós = Conhecer alunos gente boas ( até hj tenho contato com meus professores da escola ), dar aula em universidade


Pretendo ingressar na PMPR/PCPR e tentar ser dublador no futuro ainda quando tiver melhor condição financeira
 
Mensagens
4.949
Curtidas
7.547
Pontos
304
#4
Fui parar na logística meio que por acaso. Já são 12 anos pulando de galho em galho nessa área, área saturada e eu ainda não consegui progredir nesse setor, uma pq não tenho perfil de liderança e outra pq não é uma área a qual eu tenha sonhado atuar.
É oq tem pra hj...
 
Mensagens
4.578
Curtidas
7.782
Pontos
304
#5
Eu sou analista de sistemas. Entrei nessa por conveniência afinal, sempre curti computadores e acabou sendo algo natural pra mim. Eu estou feliz mas estou a mais de doze anos na mesma empresa, esse ano eu pretendo mudar daqui. Quero apreender a programar em Progress 4GL, gostaria de melhorar minha qualidade de vida e estudar umas coisas também que acabei deixando de lado nos últimos anos.
 
Mensagens
3.216
Curtidas
1.152
Pontos
214
#6
Analista de T.I em SP. Por mais que falem "T.I. ganha bem, não falta oportunidade e etc" é uma área que se vc não conseguir vaga nas empresas certas, vc sofre. Eu pretendo mudar, talvez para o serviço publico.
O ruim não é o salário em si, mas o que é exigido de vc pelo que vc ganha. Hoje tenho que manjar pra CARALEO de suporte, elétrica, telefonia, rede, etc... mas não ganho metade do que acho que deveria.



Enviado de meu ASUS_Z00LD usando o Tapatalk
 


geist

Bam-bam-bam
Mensagens
7.661
Curtidas
25.212
Pontos
353
#7
Me formando professor

Contras = alunos fdps de malditos, levar esporro de pai imbecil

Prós = Conhecer alunos gente boas ( até hj tenho contato com meus professores da escola ), dar aula em universidade


Pretendo ingressar na PMPR/PCPR e tentar ser dublador no futuro ainda quando tiver melhor condição financeira
De qual disciplina?

Eu atuo como assistente administrativo, vulgo faz-de-tudo.
Pretendo atuar na área contábil.
 

krazyx

The Matrix Engineer
VIP
Mensagens
934
Curtidas
1.930
Pontos
173
#8
Me formei em engenharia de automação, mas nunca exerci a profissão. Hoje sou Analista de planejamento de projetos.

Olhando por outro lado não teria chegado aqui sem a engenharia.
 

Dig Joy

Vem brincar comigo!
VIP
Mensagens
9.187
Curtidas
23.203
Pontos
353
#9
Gosto sim, porem poderia ser melhor, entretanto estou lutando para isso.

As pessoas se perguntam por que as coisas não caminham como elas gostariam, mas elas se esquecem do que fizeram lá atrás para que tudo chegasse a tal ponto. A conta é simples: uma boa plantação + um bom cuidado = uma boa colheita.
Não plante um abacaxi se você quer colher laranjas, a regra é muito clara!

Não adianta culpar o amiguinho ou a profissão...
-----
Agora falando sobre profissão... Não faça o que gosta, faça o que dá dinheiro.
Trabalhar com o que gosta é o primeiro passo para desgostar disso :kkk.
 

PSO

Bam-bam-bam
Mensagens
2.713
Curtidas
3.964
Pontos
303
#10
Sou auditor contábil.

Soube por um tópico de outro fórum, corri atrás de ler tudo sobre a área e consegui entrar. Tô gostando bastante, apesar de ser um trabalho desafiador.

Enviado de meu Redmi Note 6 Pro usando o Tapatalk
 
Mensagens
1.753
Curtidas
5.080
Pontos
303
#11
Sou escrevente técnico judiciário (concurso)
Fiz Direito (porque dava dinheiro) e achei uma merda, BR e leis kkkk, vamo rir, por sorte passei nesse concurso depois de me frustrar muito, pretendo estudar novamente e passar em algo que ganhe mais para ficar sossegado
 
Mensagens
1.150
Curtidas
1.264
Pontos
204
#12
Na época do ensino médio eu precisava fazer um curso técnico, então fiz eletrônica gostei da área e segui para engenharia elétrica. Não posso reclamar como estou hoje, mas queria mais tempo pra fazer minhas coisas ou estudar mais coisas.
 

Damiora Diku

Habitué da casa
Mensagens
115
Curtidas
396
Pontos
78
#14
Sai de um curso foda em universidade federal, para me afastar de más companhias. Me arrependo disso até hoje, porque o que eu faço pra ganhar meu pão simplesmente não me dá tesão. Se bem que se fosse pra dar tesão, era melhor virar ator de filmes educativos, mas divago.

Pena que a vida não tem save state pra voltar num checkpoint aleatório do passado. Hoje estou num ponto que não tenho mais energia para aprender alguma coisa nova, enquanto a coisa atual vai comendo um pedaço da minha alma a cada dia que passa.
 

dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
30.880
Curtidas
49.344
Pontos
979
#16
Programador. Não curto muito meu emprego atual, mas adoro a profissão.
Escolhi durante a faculdade mesmo. Ia bem nas aulas de programação, tinha bastante vaga na cidade, pensei. Vai ser isso.
 
Mensagens
2.230
Curtidas
1.515
Pontos
203
#17
Sou especialista em redes de computadores, durante a infância/começo da adolescência meus pais e avós perceberam um certo "dom" para eletrônicos e me colocaram em um curso técnico em eletrônica. Tive uma disciplina de redes e gostei mais dessa área, graduando em segurança da formação e depois especializando em redes.

Não estou feliz com minha escolha, minha região é muito pobre nessa área e ninguém valoriza seu trabalho, é sempre "o menino da informática", pretendo sair dela o quanto antes.

Estou com quase 26 anos, trabalho com T.I. desde os 17.
 
Mensagens
4.600
Curtidas
3.355
Pontos
369
#20
Eu sou formado em física, fazendo pós em matemática, e planejo ser professor universitário de matemática e seguir carreia acadêmica, no Brasil ou de preferência fora. Escolhi porque sempre gostei de "exatas," não dei certo no curso de ciência da computação, depois de muito ponderar decidi ir para matemática ou física, mas minha cabeça de calouro achava que estudar matemática por si só não servia para nada, ai cursei física na graduação, e conclui que meu lugar era na matemática mesmo, que eu fui seguir na pós graduação. Como eu comecei a focar em relatividade na graduação, decidi seguir carreira acadêmica com geometria pura mesmo (mais especificamente minha área é geometria complexa, não só de ser complicado mas de envolver números complexos), por isso fui fazer pós em matemática.

Não me arrependo mas tenho ressalvas. Me foquei em física teórica na graduação, o que é muito interessante e legal de estudar, mas fora da academia não há emprego. A grosso modo, para físico só há emprego para quem é experimental e vai parar em algum laboratório (trabalhar com eletrônico ou químico, dependendo da especialização), ou pra ir para big data, machine learning e similares, mas geralmente vai o pessoal que trabalha com mecânica estatística, já que eles estudam técnicas estatísticas similares e tem familiaridade com programação estatística. Para quem é físico teórico a coisa é muito restrita.
Emprego para quem é matemático tá ruim também, mas é um pouco melhor dependendo da sua area, tem as mais variadas especializações, depende se o cara sabe programar, fora isso é raro ter emprego onde você use o que estudou. Tipo quem é de probabilidade, se sabe programar pode se meter com machine/deep learning, mas programar depende se o cara é mais aplicado, se ele estuda probabilidade teórica ai fica se masturbando em espaços mensuráveis, Lp, teoremas de limite central, etc... o que é muito interessante e eu gostaria de estudar um dia, mas não é uma habilidade para o mercado de trabalho. E os exemplos continuam, quem é da área de otimização, matemática econômica, equações diferenciais...
 
Ultima Edição:
Mensagens
7.102
Curtidas
6.602
Pontos
419
#21
Me formei em T.I, trabalhei com T.I, mas só em cargo baixo, fiquei um tempinho no Japão trabalhando, juntei dinheiro e voltei, tava foda de achar um emprego na área, aí minha irmã acabou me chamando para trabalhar no restaurante japonês dela em uma cidade do interior de SC, sempre gostei de fazer comida então acabei gostando de trabalhar no restaurante, e agora acabei de comprar o restaurante dela.
Estou muito feliz trabalhando em algo que eu gosto.
 
Mensagens
14.952
Curtidas
7.400
Pontos
484
#22
Eu era um bosta em exatas na escola por conta dos professores horríveis e falta de incentivo... Mesmo assim depois de terminar o ensino médio fiz uns meses de cursinho e acabei amando matemática, aí resolvi fazer engenharia. Fiz dois anos e achei uma merda e fui fazer matemática e resolvi virar professor, pra nenhum aluno passar o que passei quando era moleque. Ainda vou fazer meu mestrado em ed. matemática e talvez uma graduação em Física mais tarde.
 
Mensagens
10.658
Curtidas
3.489
Pontos
439
#23
Me formei em T.I, trabalhei com T.I, mas só em cargo baixo, fiquei um tempinho no Japão trabalhando, juntei dinheiro e voltei, tava foda de achar um emprego na área, aí minha irmã acabou me chamando para trabalhar no restaurante japonês dela em uma cidade do interior de SC, sempre gostei de fazer comida então acabei gostando de trabalhar no restaurante, e agora acabei de comprar o restaurante dela.
Estou muito feliz trabalhando em algo que eu gosto.
Caramba lembro de quando estava falando q ia para o jp trabalhar. Q legal q vc voltou para ca e deu certo com o restaurante.
Essas historias sao comoventes e aí a gente percebe como o tempo passa rapido.



Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 
Mensagens
1.311
Curtidas
2.305
Pontos
283
#24
Optei por algo que pague um salário que considero satisfatório e, ao mesmo tempo, propicie uma rotina com grau de stress/preocupação relativamente baixo em relação a outras áreas.
 

Guastinha

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.948
Curtidas
10.503
Pontos
689
#26
A minha profissão não foi bem uma "escolha" foi mais uma conseguencia, infelizmente. Mas pelo menos, estou na minha area de formação.

Sou formado em Técnico em Processamento de Dados e tenho graduação em Comunicação Digital e em Produção Multimídia.

Atualmente trabalho no serviço público, em um cargo técnico de informatica - já tem 15 anos que estou neste cargo ( e não aguento mais)
Aqui já fiz uso de todas as minhas Skills, mas tive poucas oportunidades de evoluir, tanto academicamente quanto profissionalmente.
O serviço público é bom, pela estabilidade, mas ele traz estagnação profissional e acomodação.
Paralelamente trabalho com produções audiovisuais para eventos ( popularmente filmagens de casamentos\ aniversários) Um extra que tiro nas horas vagas, que me faz trabalhar ainda mais e ganhar pouco. ( montei uma pequena produtora)

Atualmente estou flertando com BI, sempre gostei de trabalhar com BDs ( desde a época do curso técnico) e agora quero trabalhar com BigData.
Vou largar tudo, e pretendo trabalhar só com isso.

Sei uma porrada de coisa, mas não sou bom em nada.
Estou cansado de ser macaco gordo.
 
Mensagens
1.814
Curtidas
1.520
Pontos
204
#27
Sou Cientista de Dados. Estou feliz atualmente! Não gosto muito de fazer cruds e agora faço aplicações mais complexas que requerem mais pesquisa, o que eu acho excelente. Além do que, a remuneração em relação a desenvolvedores, é um pouco melhor.
 
Mensagens
1.814
Curtidas
1.520
Pontos
204
#29
TO querendo entrar nessa área, exatamente pela ultima parte.
Apesar de termos ferramenta que ajudam nessa caso, mais odeio back-end...
Vixe... Se você odeia backend, é complicado. Usar ferramentas também nem sempre é bom, porque daí não dá pra integrar com um sistema.
O ideal é aprender ciência de dados com python. Tem bons cursos na udemy, que vão desde a álgebra linear e estatística, até a parte de redes neurais. Nessa área é muito importante ter os conceitos bem firmes na cabeça.
 

Dig Joy

Vem brincar comigo!
VIP
Mensagens
9.187
Curtidas
23.203
Pontos
353
#30
Vixe... Se você odeia backend, é complicado. Usar ferramentas também nem sempre é bom, porque daí não dá pra integrar com um sistema.
O ideal é aprender ciência de dados com python. Tem bons cursos na udemy, que vão desde a álgebra linear e estatística, até a parte de redes neurais. Nessa área é muito importante ter os conceitos bem firmes na cabeça.
Na verdade não é backend, é SQL mesmo oaishaioshaihsiahs
To mexendo com python já, treinando com uns chatbot.
 

quemsoueu

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.572
Curtidas
10.103
Pontos
659
#32
Eu era um bosta em exatas na escola por conta dos professores horríveis e falta de incentivo... Mesmo assim depois de terminar o ensino médio fiz uns meses de cursinho e acabei amando matemática, aí resolvi fazer engenharia. Fiz dois anos e achei uma merda e fui fazer matemática e resolvi virar professor, pra nenhum aluno passar o que passei quando era moleque. Ainda vou fazer meu mestrado em ed. matemática e talvez uma graduação em Física mais tarde.
vc é foda cara, eu tbm sofri muito com matemática até reprovei na sétima série por causa de 1 ponto, e sinto que esse ano foi um atraso e tanto pra mim, essa reprovação foi muito vergonhosa pra mim, aprofessora era uma verdadeira bruxa fdp
 
Mensagens
66
Curtidas
138
Pontos
33
#33
Fiquei muito tempo em depressão, chegando quase aos 30 e desempregado tive que escolher algo. Optei por Programação pelo simples fato de aparentar ser uma área mais "aquecida". Sou bom em matemática e física. E aprender é minha primeira língua desde de moleque.
Não estou feliz no que faço, e to quase surtando(de novo). Depois do meu curso de ADS na fatec vou retomar meu curso de Física( e não larga o osso, ja fiz duas vezes isso).
 
Mensagens
559
Curtidas
521
Pontos
123
#34
Sou promotor de vendas uma profissão pouco "valorizada"..mas é bem divertido, as horas passam rápido por ser um serviço externo e você tem uma boa liberdade por ser um trabalho "solo"..e dá pra encher a cara tranquilo depois do trampo ahahhaha por ser um serviço boa parte braçal..
Já pedi exoneração de concursos públicos de nível médio e não consegui terminar faculdade..enfim quesito grana nunca dei muita "sorte", que é o que mais incomoda pela minha idade (chegando aos quarenta)..
Mas estou me preparando e estudando para umas dessas quatro possibilidades:

a) Ser vendedor interno ou externo (em algum shopping por exemplo)
b) Ser dealer de poker (vai abrir uma casa aqui perto)
c) Ser professor de ensino médio de Filosofia (estudar Filosofia é um sonho antigo)
d) Passar em algum concurso (é o mais difícil..)
 
Mensagens
880
Curtidas
1.637
Pontos
204
#35
Pequeno queria ser um grande executivo, desses que usam gravata, terno e afins

Final do ensino médio eu queria ir para engenharia química, acabou que fiz um técnico em adm e me fez ir para graduação em adm mesmo com enfase em finanças, se fosse hoje eu iria para operações (logística).

Hoje sou um micro-empresário, adoro o que faço, tem rages, frustração, normal de qualquer área. Pelo menos faço o meu horário, não tenho uma rotina massante de cara crachá e não acho isso uma vantagem, só não é o meu perfil.
 

Topo