O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Famitsu, Semana 13/2021 (22-28/3) - Switch segura 2021 acima de 2020; PS5 tem ótima semana! Rise esgota estoque e mais um third A abre acima no Switch

MetroidPirate

Bam-bam-bam
Mensagens
7.051
Reações
8.838
Pontos
353
Eu comprei meu Switch Lite em janeiro principalmente por conta de Monster Hunter Rise e o jogo tá bom pra cacete!

Interessante que o que fez o Switch vender absurdamente ano passado tb, foi justamente o Lite.
 


ptsousa

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
54.454
Reações
153.285
Pontos
814
Meu deus do céu, se tivesse saco, ia atrás da semana de lançamento do MH World só pra ver a cara de pau da galera mudando o tom sobre os numeros de vendas.

MH Rise com a pior estréia desses ae. Já já vao falar "mas compensou nos digitais", mas quando era pra falar isso sobre o World, ae nao podia contar, ou nao podia confiar nas fontes.

Sobrou terem que mudar o foco pra falarem das vendas mundiais em vez das vendas do Japao.

E só pra deixar claro, nao to negando que as vendas foram ótimas. Ali tá 94% vendido, o que é muito bom, mas MH4 teve até uma porcentagem um pouco maior e mesmo assim vendeu uns 500 mil a mais. Pode ter pernas mais duradouras, mas pra mim essa primeira semana foi decepcionante sim.

O "world" dá voltas...
Essa vai ser uma boa comparação. Para referência, as segundas semanas:

01./01. [PSP] Monster Hunter Freedom 3 # <ACT> (Capcom) {2010.12.01} (¥5.524) - 514.198 / 2.660.665 (-76%)

01./01. [3DS] Monster Hunter 4 # <ACT> (Capcom) {2013.09.14} (¥5.705) - 432.286 / 2.307.401 <98,40%> (-77%)

01./01. [3DS] Monster Hunter Generations # <ACT> (Capcom) {2015.11.28} (¥5.800) - 374.682 / 1.916.786 <80-100%> (-76%)

01./01. [PS4] Monster Hunter World # <ACT> (Capcom) {2018.01.26} (¥8.980) - 223.274 / 1.573.686 <80-100%> (-83%)

Vamos ver como o Rise se sai.

Particularmente, eu acredito que vai vender mais que o World no Japão mas menos que o World mundialmente.
 

pavomba

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.460
Reações
20.619
Pontos
614
Meu deus do céu, se tivesse saco, ia atrás da semana de lançamento do MH World só pra ver a cara de pau da galera mudando o tom sobre os numeros de vendas.

MH Rise com a pior estréia desses ae. Já já vao falar "mas compensou nos digitais", mas quando era pra falar isso sobre o World, ae nao podia contar, ou nao podia confiar nas fontes.

Sobrou terem que mudar o foco pra falarem das vendas mundiais em vez das vendas do Japao.

E só pra deixar claro, nao to negando que as vendas foram ótimas. Ali tá 94% vendido, o que é muito bom, mas MH4 teve até uma porcentagem um pouco maior e mesmo assim vendeu uns 500 mil a mais. Pode ter pernas mais duradouras, mas pra mim essa primeira semana foi decepcionante sim.

O "world" dá voltas...
O world não teve um dia a mais contado?
 

DanBann

Bam-bam-bam
Mensagens
1.894
Reações
2.373
Pontos
303
Meu deus do céu, se tivesse saco, ia atrás da semana de lançamento do MH World só pra ver a cara de pau da galera mudando o tom sobre os numeros de vendas.

MH Rise com a pior estréia desses ae. Já já vao falar "mas compensou nos digitais", mas quando era pra falar isso sobre o World, ae nao podia contar, ou nao podia confiar nas fontes.

Sobrou terem que mudar o foco pra falarem das vendas mundiais em vez das vendas do Japao.

E só pra deixar claro, nao to negando que as vendas foram ótimas. Ali tá 94% vendido, o que é muito bom, mas MH4 teve até uma porcentagem um pouco maior e mesmo assim vendeu uns 500 mil a mais. Pode ter pernas mais duradouras, mas pra mim essa primeira semana foi decepcionante sim.

O "world" dá voltas...
Mas o contexto global é completamente diferente né, nós estamos no meio de uma pandemia, faz sentido que as vendas digitais importem mais no caso do Rise.
 

Gamer King

O Soberano
VIP
Mensagens
58.747
Reações
69.902
Pontos
1.069
Meu deus do céu, se tivesse saco, ia atrás da semana de lançamento do MH World só pra ver a cara de pau da galera mudando o tom sobre os numeros de vendas.

MH Rise com a pior estréia desses ae. Já já vao falar "mas compensou nos digitais", mas quando era pra falar isso sobre o World, ae nao podia contar, ou nao podia confiar nas fontes.

Sobrou terem que mudar o foco pra falarem das vendas mundiais em vez das vendas do Japao.

E só pra deixar claro, nao to negando que as vendas foram ótimas. Ali tá 94% vendido, o que é muito bom, mas MH4 teve até uma porcentagem um pouco maior e mesmo assim vendeu uns 500 mil a mais. Pode ter pernas mais duradouras, mas pra mim essa primeira semana foi decepcionante sim.

O "world" dá voltas...
Putz, as vendas foram excelentes, incluindo digital pode ter sido recorde da franquia ou próximo disso.

Não tem como chamar de decepção.
 


Queiroga'

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.745
Reações
17.322
Pontos
629
As vendas do MHW no PS4 segundo a Famitsu, pra ir comparando com as vendas do MHR nas semanas seguintes:

MONSTER HUNNTER WORLD
Week 1: 1.350.412 -- 1.350.412 (total)
Week 2: 223.274 ---- 1.573.686
Week 3: 114.740 ---- 1.688.426
Week 4: 85.762 ----- 1.774.188
Week 5: 54.915 ------ 1.829.103
Week 6: 38.504 ------ 1.867.607
Week 7: 24.351 ------ 1.891.958
Week 8: 14.610 ------ 1.906.568
Week 9: 10.924 ------ 1.917.492
Week 10: 7.480 ------ 1.924.972
TOTAL ---------------- 2.575.764

MONSTER HUNTER RISE
Week 1: 1.302.132 --- 1.302.132
 

ludex

Bam-bam-bam
Mensagens
8.973
Reações
5.163
Pontos
419
Essa vai ser uma boa comparação. Para referência, as segundas semanas:

01./01. [PSP] Monster Hunter Freedom 3 # <ACT> (Capcom) {2010.12.01} (¥5.524) - 514.198 / 2.660.665 (-76%)

01./01. [3DS] Monster Hunter 4 # <ACT> (Capcom) {2013.09.14} (¥5.705) - 432.286 / 2.307.401 <98,40%> (-77%)

01./01. [3DS] Monster Hunter Generations # <ACT> (Capcom) {2015.11.28} (¥5.800) - 374.682 / 1.916.786 <80-100%> (-76%)

01./01. [PS4] Monster Hunter World # <ACT> (Capcom) {2018.01.26} (¥8.980) - 223.274 / 1.573.686 <80-100%> (-83%)

Vamos ver como o Rise se sai.

Particularmente, eu acredito que vai vender mais que o World no Japão mas menos que o World mundialmente.
É óbvio que vai passar, mas até aí, primeira vez que vejo se "preocuparem" em colocar a 2a semana pra comparar tb. Desde sempre, comparam a primeira semana, o lançamento em si, das grandes franquias, ou entao as vendas totais. Mas agora que Rise ficou atrás de tanto jogo, vao querer vir falar de 2a semana?

O world não teve um dia a mais contado?
Nem idéia, mas digamos que teve e além disso digamos que o Rise tirasse a diferença... ainda assim, seria pequena a diferença. Continuaria sendo pouco se fosse comparar a reaçao da galera na época das vendas iniciais do World (diminuindo, citando o "fator console" ou "nao lançar pra nintendo") e ver a reaçao de agora.

Mas o contexto global é completamente diferente né, nós estamos no meio de uma pandemia, faz sentido que as vendas digitais importem mais no caso do Rise.
A diferença é que com o World nem citavam pq as fontes citadas o povo nao acreditava, entao por isso nao contavam pro resultado total. Alguma duvida que quando falarem dos numeros digitais do Rise, vao prontamente contar?

Quem falou que digital não importa?
Sem resposta genérica, por favor.
Resposta acima. E nao falei de nao "importar", mas sim de nao quererem contar por nao confiarem nas fontes.

Putz, as vendas foram excelentes, incluindo digital pode ter sido recorde da franquia ou próximo disso.

Não tem como chamar de decepção.
Volta e le o que eu postei
 

Kobaia

Bam-bam-bam
Mensagens
1.349
Reações
2.046
Pontos
299
Meu deus do céu, se tivesse saco, ia atrás da semana de lançamento do MH World só pra ver a cara de pau da galera mudando o tom sobre os numeros de vendas.

MH Rise com a pior estréia desses ae. Já já vao falar "mas compensou nos digitais", mas quando era pra falar isso sobre o World, ae nao podia contar, ou nao podia confiar nas fontes.

Sobrou terem que mudar o foco pra falarem das vendas mundiais em vez das vendas do Japao.

E só pra deixar claro, nao to negando que as vendas foram ótimas. Ali tá 94% vendido, o que é muito bom, mas MH4 teve até uma porcentagem um pouco maior e mesmo assim vendeu uns 500 mil a mais. Pode ter pernas mais duradouras, mas pra mim essa primeira semana foi decepcionante sim.

O "world" dá voltas...
É complicado comparar somente pela primeira semana pra tirar qualquer conclusão.
A estréia no PS4 foi fenomenal mesmo, ainda mais levando em conta que a base na época era menos da metade da do Switch hoje.
Por outro lado, lembro que existia uma demanda gigantesca pelo jogo no PlayStation, pois ainda é um dos pouquíssimos System Sellers que sobraram na plataforma no Japão, enquanto o Switch a base é composta por um público mais abrangente e boa parte não é o público alvo desse jogo.

O que vai determinar o sucesso em comparação vai ser mesmo o desempenho no resto do mundo, pois no Japão é certeza que vai passar. E foi o sucesso no ocidente foi o que tornou o jogo esse fenômeno que foi.
 

ptsousa

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
54.454
Reações
153.285
Pontos
814
É óbvio que vai passar, mas até aí, primeira vez que vejo se "preocuparem" em colocar a 2a semana pra comparar tb. Desde sempre, comparam a primeira semana, o lançamento em si, das grandes franquias, ou entao as vendas totais. Mas agora que Rise ficou atrás de tanto jogo, vao querer vir falar de 2a semana?
Eu só citei como dado, não inferi nada. Só promovo o espetáculo :obrigue

Switch com mais de 2x a base do PS4 e tratorando no JP é obrigação vender mais. A surpresa pra mim (e para a Capcom, aparentemente) foi ter esgotado o estoque, dado o tratamento de versão alternativa/não-principal do jogo.

Eu tô jogando aqui, acabei de fazer a primeira missão do Rampage.

Tô gostando, claro, mas tô achando mais fácil que o World até aqui. O feeling é meio que um World 1.5 Lite.

Depois eu passo no tópico e deixo o FC para eventualmente jogarmos :kjoinha
 

Queiroga'

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.745
Reações
17.322
Pontos
629
Meu deus do céu, se tivesse saco, ia atrás da semana de lançamento do MH World só pra ver a cara de pau da galera mudando o tom sobre os numeros de vendas.

MH Rise com a pior estréia desses ae. Já já vao falar "mas compensou nos digitais", mas quando era pra falar isso sobre o World, ae nao podia contar, ou nao podia confiar nas fontes.

Sobrou terem que mudar o foco pra falarem das vendas mundiais em vez das vendas do Japao.

E só pra deixar claro, nao to negando que as vendas foram ótimas. Ali tá 94% vendido, o que é muito bom, mas MH4 teve até uma porcentagem um pouco maior e mesmo assim vendeu uns 500 mil a mais. Pode ter pernas mais duradouras, mas pra mim essa primeira semana foi decepcionante sim.

O "world" dá voltas...
Eu faço o serviço por você:


Mas não vi ninguém mudando de tom. Meu post por exemplo:

Capcom realmente acertou em cheio com esse jogo.

Devem ter recebido uma grana da Sony, não alienaram o público cativo japonês (que era o maior risco), e ainda conseguiram internacionalizar a marca (maior objetivo).

Se também acertarem a mão no jogo de Switch, terão praticamente um Pokémon em mãos, com vendas anuais multimilionárias garantidas...
Talvez você esteja confundindo com tópicos da época do anúncio do World, porque aí sim muitos duvidavam da estratégia da Capcom (eu inclusive). Mas depois que o jogo saiu e vendeu 5 milhões de cópias no lançamento, o sucesso se tornou inquestionável.

É como dizem, devemos basear nossa opinião em evidências e, se as evidências mudarem, devemos mudar nossa opinião...

É complicado comparar somente pela primeira semana pra tirar qualquer conclusão.
A estréia no PS4 foi fenomenal mesmo, ainda mais levando em conta que a base na época era menos da metade da do Switch hoje.
Por outro lado, lembro que existia uma demanda gigantesca pelo jogo no PlayStation, pois ainda é um dos pouquíssimos System Sellers que sobraram na plataforma no Japão, enquanto o Switch a base é composta por um público mais abrangente e boa parte não é o público alvo desse jogo.

O que vai determinar o sucesso em comparação vai ser mesmo o desempenho no resto do mundo, pois no Japão é certeza que vai passar. E foi o sucesso no ocidente foi o que tornou o jogo esse fenômeno que foi.
Ocidente e resto da Ásia, graças ao lançamento no PC. Breakdown da série por região, com os números de vendas no PC entre parenteses:

Total USA: 4.008.000 (1.616.000)
Total Europa: 3.272.000 (1.570.000)
Total Japão: 3.420.000 (236.000)
Total resto Asia: 3.945.000 (2.531.000)

O Rise do Switch deverá vender mais na Ásia do que o World no PS4, mas as vendas na Europa e EUA devem equilibrar os números totais entre as plataformas.
 
Ultima Edição:

IuriXtremeSilver

Bam-bam-bam
Mensagens
5.815
Reações
7.915
Pontos
338
Meu deus do céu, se tivesse saco, ia atrás da semana de lançamento do MH World só pra ver a cara de pau da galera mudando o tom sobre os numeros de vendas.

MH Rise com a pior estréia desses ae. Já já vao falar "mas compensou nos digitais", mas quando era pra falar isso sobre o World, ae nao podia contar, ou nao podia confiar nas fontes.

Sobrou terem que mudar o foco pra falarem das vendas mundiais em vez das vendas do Japao.

E só pra deixar claro, nao to negando que as vendas foram ótimas. Ali tá 94% vendido, o que é muito bom, mas MH4 teve até uma porcentagem um pouco maior e mesmo assim vendeu uns 500 mil a mais. Pode ter pernas mais duradouras, mas pra mim essa primeira semana foi decepcionante sim.

O "world" dá voltas...

Sabemos que 50% das vendas globais vieram no japão +2 de milhões, e o Rise tinha participação digital de 40% versus 30% do World nos seus 5 milhões, e isso tá no PR da Capcom + David Gibson(e sempre foi confiável, ainda mais sobre japão e nintendo, acompanho desde de 2019 o twiiter dele)

E sim vender mais de 2 milhões de unidades só no japão em uma só semana é decepcionante sim lol , tipo tirando jogos da nintendo que outro Third vende isso em uma só plataforma, nos últimos 3 anos na primeira semana?

MH World 3 no PS5 esse sim pode ser decepcionante como FF que mal consegue ultrapassar mais 1 milhão físico no lançamento hoje em dia , o " World 2 " 50/50 japão e mundo, diferente do World 1 que foi 30/70 , e World 1 só bateu 2 milhões no japão e com vendas digitais só meio em fevereiro(ele lançou em janeiro) , RISE já fez isso agora na útlima semana
 

IuriXtremeSilver

Bam-bam-bam
Mensagens
5.815
Reações
7.915
Pontos
338
Eu faço o serviço por você:


Mas não vi ninguém mudando de tom. Meu post por exemplo:



Talvez você esteja confundindo com tópicos da época do anúncio do World, porque aí sim muitos duvidavam da estratégia da Capcom (eu inclusive). Mas depois que o jogo saiu e vendeu 5 milhões de cópias no lançamento, o sucesso se tornou inquestionável.

É como dizem, devemos basear nossa opinião em evidências e, se as evidências mudarem, devemos mudar nossa opinião...



Ocidente e resto da Ásia, graças ao lançamento no PC. Breakdown da série por região, com os números de vendas no PC entre parenteses:

Total USA: 4.008.000 (1.616.000)
Total Europa: 3.272.000 (1.570.000)
Total Japão: 3.420.000 (236.000)
Total resto Asia: 3.945.000 (2.531.000)

O Rise do Switch deverá vender mais na Ásia do que o World no PS4, mas as vendas na Europa e EUA devem equilibrar os números totais entre as plataformas.
Ludex que mudou o tom, 2 milhões antes era absurdamente impressionantes, agora de repente é decepcionante lol

____

MH Rise no Switch deve vendeu o mesmo que o PS4 fez, na verdade, baseado nos Leaks(MH World vendeu 1.8 no Xbox), dos 5 milhões, 4 milhões eram só do PS4 , então regionalmente a distribuição deve ser isso aí, melhor no Japão e Asia, pior na Europa, e acima do Xbox nos EUA mas abaixo do PS4 por lá
 

Queiroga'

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.745
Reações
17.322
Pontos
629
Sabemos que 50% das vendas globais vieram no japão +2 de milhões, e o Rise tinha participação digital de 40% versus 30% do World nos seus 5 milhões, e isso tá no PR da Capcom + David Gibson(e sempre foi confiável, ainda mais sobre japão e nintendo, acompanho desde de 2019 o twiiter dele)

E sim vender mais de 2 milhões de unidades só no japão em uma só semana é decepcionante sim lol , tipo tirando jogos da nintendo que outro Third vende isso em uma só plataforma, nos últimos 3 anos na primeira semana?

MH World 3 no PS5 esse sim pode ser decepcionante como FF que mal consegue ultrapassar mais 1 milhão físico no lançamento hoje em dia , o " World 2 " 50/50 japão e mundo, diferente do World 1 que foi 30/70 , e World 1 só bateu 2 milhões no japão e com vendas digitais só meio em fevereiro(ele lançou em janeiro) , RISE já fez isso agora na útlima semana
World vendeu 2 milhões na primeira semana no Japão:


40% de 5 milhões = 2 milhões

No LT vendeu 3 milhões, o que provavelmente o deixa no top 5 dos mais vendidos da série no Japão:

179557

(não dá pra cravar porque não temos os números de vendas digitais da série no 3DS, mas acho seguro afirmar que as vendas digitais do World foram consideravelmente maiores)

Ludex que mudou o tom, 2 milhões antes era absurdamente impressionantes, agora de repente é decepcionante lol

____

MH Rise no Switch deve vendeu o mesmo que o PS4 fez, na verdade, baseado nos Leaks(MH World vendeu 1.8 no Xbox), dos 5 milhões, 4 milhões eram só do PS4 , então regionalmente a distribuição deve ser isso aí, melhor no Japão e Asia, pior na Europa, e acima do Xbox nos EUA mas abaixo do PS4 por lá
2 milhões não tem nada de decepcionante, mesmo nos EUA (mais consumistas e com uma população três vezes maior) são raros os jogos que chegam em tais números na semana de lançamento.

E está de acordo com os mais vendidos da série, sendo que agora a Capcom precisa suprir demanda no mundo todo, o que prejudica a logística de estoque, ainda que dirimido pelas vendas digitais.

Dependendo dos números da semana que vem (e sua relação com o estoque), já vai dar até pra arriscar um palpite se o Rise se tornará ou não o Monster Hunter mais vendido da história do Japão...
 
Ultima Edição:

PocketCrocodile

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.076
Reações
34.975
Pontos
553
Porra, DDG não pegou nem Top 10
Realmente a estratégia deles foi péssima pro Switch, era pra ter saído muito antes
 

ptsousa

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
54.454
Reações
153.285
Pontos
814
Realmente a estratégia deles foi péssima pro Switch, era pra ter saído muito antes
Quase ninguém confiava no sucesso do Switch, dentre as thirds grandes, e nem tem essa lealdade toda como ainda têm com a Sony. Até entendo porque parte do motivo é a mão de ferro do Yamauchi na época do NES e SNES além das plataformas da Sony serem bem mais simpáticas mercadologicamente aos jogos grandões third party (melhores datas exclusivas para os lançamentos, menor resistência mercadológica dos firsts, mais acordos para propaganda, etc).

Se o Switch tivesse começado a vida como o PS5 tá começando agora ou como o PS3 começou, a galera já tinha pulado fora do barco nas toras e a Capcom tinha botado o Rise Switch pra debaixo do tapete e lançado PS4/PC. Só ver que eles começaram a desenvolver o jogo na época que Switch lançou, aí um olho no peixe e outro no gato, se desse m**** dava pra engavetar:klolz


Nesse ponto, é uma bela posição a da Sony porque as thirds grandes vão lançar os jogos para levantar a plataforma enquanto no caso da Nintendo o console precisa se provar bem primeiro pra aí talvez receber suporte. Apesar da mudança de política ter pulverizado os jogos A e AA japas (que o Switch absorveu bastante), os AAA sempre estarão garantidos por conta do apelo também no ocidente.
 

IuriXtremeSilver

Bam-bam-bam
Mensagens
5.815
Reações
7.915
Pontos
338
Porra, DDG não pegou nem Top 10
Realmente a estratégia deles foi péssima pro Switch, era pra ter saído muito antes
é um port tardio da versão de PS4 não? Se for, é normal, e convenhamos que lançar na semana de Rise foi um tiro no pé, só Quintuplas escapou um pouco por ser um sucesso em mangás, Balan Wonderland nem deve aparecer no top 20, será muita sorte entrar no top 30
 

ludex

Bam-bam-bam
Mensagens
8.973
Reações
5.163
Pontos
419
É complicado comparar somente pela primeira semana pra tirar qualquer conclusão.
A estréia no PS4 foi fenomenal mesmo, ainda mais levando em conta que a base na época era menos da metade da do Switch hoje.
Por outro lado, lembro que existia uma demanda gigantesca pelo jogo no PlayStation, pois ainda é um dos pouquíssimos System Sellers que sobraram na plataforma no Japão, enquanto o Switch a base é composta por um público mais abrangente e boa parte não é o público alvo desse jogo.

O que vai determinar o sucesso em comparação vai ser mesmo o desempenho no resto do mundo, pois no Japão é certeza que vai passar. E foi o sucesso no ocidente foi o que tornou o jogo esse fenômeno que foi.
Desde muito tempo sempre usamos a primeira semana (ou no caso das vendas dos EUA, primeiro mes) pra medir o sucesso de um jogo, principalmente de grandes franquias. É feito assim desde sempre pra Pokemon, Dragon Quest, Monster Hunter... esquisito agora quererem relativizar isso só pq o Rise nao bateu o recorde que esperavam.

E como assim Switch nao é o publico alvo? Esse jogo JÁ tá vendendo muito.

Sim, ele vai ter sucesso mundial, mas o tópico é sobre as vendas do Japao nessa ultima semana. Como disse no primeiro post, foram vendas ótimas, mas nao quebrou recorder e ainda ficou atrás da maioria dos ultimos lançamentos da série, incluindo o World que tinham ctz que venderia pouco no Japao pq era em console só.

Eu só citei como dado, não inferi nada. Só promovo o espetáculo :obrigue

Switch com mais de 2x a base do PS4 e tratorando no JP é obrigação vender mais. A surpresa pra mim (e para a Capcom, aparentemente) foi ter esgotado o estoque, dado o tratamento de versão alternativa/não-principal do jogo.

Eu tô jogando aqui, acabei de fazer a primeira missão do Rampage.

Tô gostando, claro, mas tô achando mais fácil que o World até aqui. O feeling é meio que um World 1.5 Lite.

Depois eu passo no tópico e deixo o FC para eventualmente jogarmos :kjoinha
E vai vender mais, eu acho que um tempo atrás já tinha apostado em algum tópico aqui que chegaria nuns 10kk mundiais provavelmente. No Japao ainda acho possível ser o mais vendido, mesmo com um começo abaixo dos outros. Ainda mais levando em conta isso que vc falou de bases, que na verdade nao era perto de metade, era 1/3 do Switch.

Tamo mais ou menos na mesma parte no Rise pelo visto. Já deixei meu FC lá, se quiser, a gente joga sim! E sim, to achando tb mais fácil, mas acho que tb tem o fator de a cada MH novo, a bagagem dos veteranos é maior, entao sempre vai ficando mais facilitado nesse sentido... mesmo assim, chuto que pros menos veteranos, deve ser o caso tb, pq mta gente falou disso em reviews.

Eu faço o serviço por você:


Mas não vi ninguém mudando de tom. Meu post por exemplo:



Talvez você esteja confundindo com tópicos da época do anúncio do World, porque aí sim muitos duvidavam da estratégia da Capcom (eu inclusive). Mas depois que o jogo saiu e vendeu 5 milhões de cópias no lançamento, o sucesso se tornou inquestionável.

É como dizem, devemos basear nossa opinião em evidências e, se as evidências mudarem, devemos mudar nossa opinião...
Vc tá certo, devo ter confundido de tópico mesmo, mas nao tava pensando no de anuncio do World (que tb é uma maravilha), mas talvez na semana anterior e posterior a essa das vendas.

Quando eu falo mudança de postura, nao é necessariamente de um jeito escrachado do tipo "VENDAS LIXO" pra world e "VENDAS PERFEITAS" pro Rise, mas mais na busca de argumentos pra querer justificar um vs o outro. Pro World, fizeram de tudo possível pra querer diminuir tanto o jogo em si quanto as vendas (previsoes até entao). Quando um nao colou mais, focaram em falar mal do jogo em si e que "No switch vao acertar, vao manter a versao tradicional nele". Quando isso tb nao aconteceu, ae voltaram a focar nas possíveis vendas desse Rise. Ae agora com mais esse tombo, já vai vir o argumento de vendas digitais, vendas globais, "tá muito cedo", etc...

Sim, vai vender muito, ainda acho que pode bater recorde de mais vendido no Japao e tudo mais, mas o meu ponto era só mesmo notar a diferença de postura em volta dos dois jogos.

Sabemos que 50% das vendas globais vieram no japão +2 de milhões, e o Rise tinha participação digital de 40% versus 30% do World nos seus 5 milhões, e isso tá no PR da Capcom + David Gibson(e sempre foi confiável, ainda mais sobre japão e nintendo, acompanho desde de 2019 o twiiter dele)

E sim vender mais de 2 milhões de unidades só no japão em uma só semana é decepcionante sim lol , tipo tirando jogos da nintendo que outro Third vende isso em uma só plataforma, nos últimos 3 anos na primeira semana?

MH World 3 no PS5 esse sim pode ser decepcionante como FF que mal consegue ultrapassar mais 1 milhão físico no lançamento hoje em dia , o " World 2 " 50/50 japão e mundo, diferente do World 1 que foi 30/70 , e World 1 só bateu 2 milhões no japão e com vendas digitais só meio em fevereiro(ele lançou em janeiro) , RISE já fez isso agora na útlima semana
Se vc quis falar de um jeito sarcástico a sua parte em negrito, recomendo vc ler direito o que eu postei. Dica: ultimo parágrafo

Ludex que mudou o tom, 2 milhões antes era absurdamente impressionantes, agora de repente é decepcionante lol

____

MH Rise no Switch deve vendeu o mesmo que o PS4 fez, na verdade, baseado nos Leaks(MH World vendeu 1.8 no Xbox), dos 5 milhões, 4 milhões eram só do PS4 , então regionalmente a distribuição deve ser isso aí, melhor no Japão e Asia, pior na Europa, e acima do Xbox nos EUA mas abaixo do PS4 por lá
Mesma resposta acima sobre a parte do "decepcionante". Sobre a parte impressionante, bem... MHW vendeu 2kk em um console de mesa no Japao com 6kk de base, o Rise vendeu menos em um portátil no Japao com 19kk de base, mais de 3x a base do PS4.
 

IuriXtremeSilver

Bam-bam-bam
Mensagens
5.815
Reações
7.915
Pontos
338
World vendeu 2 milhões na primeira semana no Japão:


40% de 5 milhões = 2 milhões

No LT vendeu 3 milhões, o que provavelmente o deixa no top 5 dos mais vendidos da série no Japão:

Visualizar anexo 179557

(não dá pra cravar porque não temos os números de vendas digitais da série no 3DS, mas acho seguro afirmar que as vendas digitais do World foram consideravelmente maiores)



2 milhões não tem nada de decepcionante, mesmo nos EUA (mais consumistas e com uma população três vezes maior) são raros os jogos que chegam em tais números na semana de lançamento.

E está de acordo com os mais vendidos da série, sendo que agora a Capcom precisa suprir demanda no mundo todo, o que prejudica a logística de estoque, ainda que dirimido pelas vendas digitais.

Dependendo dos números da semana que vem (e sua relação com o estoque), já vai dar até pra arriscar um palpite se o Rise se tornará ou não o Monster Hunter mais vendido da história do Japão...
Acho que sei onde errei, 70/30 seria as vendas do jogo com 10 milhões, lembro de um gráfico rosca em verde que tinha o rathalos , e falava sobre 70% de vendas fora do japão, pena que não lembro se era do NewZoo, nos PDF da Capcom IR ou no twiiter , lembro dessa informação, e gravei na minha cabeça

Muitos sites japoneses de vendas, que a galera do resetera pegou informação só vai enviar novamente o físico a partir do dia 3 de abril, então vamos saber se as remessas serão 300k, 400k ou 500k

Curioso que a gente entraria no meme do carro pica x Celta 80 km , só que seria 2 milhões, mas um era mais físico e o outro mais digital na divisão kk
 

ptsousa

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
54.454
Reações
153.285
Pontos
814
E vai vender mais, eu acho que um tempo atrás já tinha apostado em algum tópico aqui que chegaria nuns 10kk mundiais provavelmente. No Japao ainda acho possível ser o mais vendido, mesmo com um começo abaixo dos outros. Ainda mais levando em conta isso que vc falou de bases, que na verdade nao era perto de metade, era 1/3 do Switch.

Tamo mais ou menos na mesma parte no Rise pelo visto. Já deixei meu FC lá, se quiser, a gente joga sim! E sim, to achando tb mais fácil, mas acho que tb tem o fator de a cada MH novo, a bagagem dos veteranos é maior, entao sempre vai ficando mais facilitado nesse sentido... mesmo assim, chuto que pros menos veteranos, deve ser o caso tb, pq mta gente falou disso em reviews.
Acho que chega em 10kk com a versão PC, não sei se chega só com o Switch mas posso estar errado, obviamente.

No Japão tem chances de ser o mais vendido porque o Switch tem uma palpável chance de ser o console mais vendido da história do Japão. Aliás, até passou desapercebida a marca de 19 milhões batida nesta semana.

2021 provavelmente será superior a 2020 (especialmente se a revisão vier mesmo em 2021) e o Switch já deve chegar nos 24 milhões do 3DS antes do próximo Pokémon e de Splatoon 3, restando "apenas" 8 milhões pra chegar no Gameboy e no DS (32 milhões e uns quebrados).


Sobre o jogo, deixei minhas impressões lá no tópico. Acho que o consenso geral é que é o mais receptivo de fato, mesmo com o fator experiência prévia. Uma hora a gente joga sim, aí integramos o bonde da OS hahaha
 

IuriXtremeSilver

Bam-bam-bam
Mensagens
5.815
Reações
7.915
Pontos
338
Desde muito tempo sempre usamos a primeira semana (ou no caso das vendas dos EUA, primeiro mes) pra medir o sucesso de um jogo, principalmente de grandes franquias. É feito assim desde sempre pra Pokemon, Dragon Quest, Monster Hunter... esquisito agora quererem relativizar isso só pq o Rise nao bateu o recorde que esperavam.

E como assim Switch nao é o publico alvo? Esse jogo JÁ tá vendendo muito.

Sim, ele vai ter sucesso mundial, mas o tópico é sobre as vendas do Japao nessa ultima semana. Como disse no primeiro post, foram vendas ótimas, mas nao quebrou recorder e ainda ficou atrás da maioria dos ultimos lançamentos da série, incluindo o World que tinham ctz que venderia pouco no Japao pq era em console só.



E vai vender mais, eu acho que um tempo atrás já tinha apostado em algum tópico aqui que chegaria nuns 10kk mundiais provavelmente. No Japao ainda acho possível ser o mais vendido, mesmo com um começo abaixo dos outros. Ainda mais levando em conta isso que vc falou de bases, que na verdade nao era perto de metade, era 1/3 do Switch.

Tamo mais ou menos na mesma parte no Rise pelo visto. Já deixei meu FC lá, se quiser, a gente joga sim! E sim, to achando tb mais fácil, mas acho que tb tem o fator de a cada MH novo, a bagagem dos veteranos é maior, entao sempre vai ficando mais facilitado nesse sentido... mesmo assim, chuto que pros menos veteranos, deve ser o caso tb, pq mta gente falou disso em reviews.



Vc tá certo, devo ter confundido de tópico mesmo, mas nao tava pensando no de anuncio do World (que tb é uma maravilha), mas talvez na semana anterior e posterior a essa das vendas.

Quando eu falo mudança de postura, nao é necessariamente de um jeito escrachado do tipo "VENDAS LIXO" pra world e "VENDAS PERFEITAS" pro Rise, mas mais na busca de argumentos pra querer justificar um vs o outro. Pro World, fizeram de tudo possível pra querer diminuir tanto o jogo em si quanto as vendas (previsoes até entao). Quando um nao colou mais, focaram em falar mal do jogo em si e que "No switch vao acertar, vao manter a versao tradicional nele". Quando isso tb nao aconteceu, ae voltaram a focar nas possíveis vendas desse Rise. Ae agora com mais esse tombo, já vai vir o argumento de vendas digitais, vendas globais, "tá muito cedo", etc...

Sim, vai vender muito, ainda acho que pode bater recorde de mais vendido no Japao e tudo mais, mas o meu ponto era só mesmo notar a diferença de postura em volta dos dois jogos.



Se vc quis falar de um jeito sarcástico a sua parte em negrito, recomendo vc ler direito o que eu postei. Dica: ultimo parágrafo



Mesma resposta acima sobre a parte do "decepcionante". Sobre a parte impressionante, bem... MHW vendeu 2kk em um console de mesa no Japao com 6kk de base, o Rise vendeu menos em um portátil no Japao com 19kk de base, mais de 3x a base do PS4.
2 milhões é 2milhões, tu tá querendo colocar o meme do carro pica x celta 2012 , o 80km é 80km aka 2mi do ps4 é mais impressionante por ter alguns milhares de unidades físicas a mais , mesmo que isso gere lucro menor (digital é 70% pra capcom, físico 20% fica com o lojista + 30% da fabricante do console) por lá rsrs

Aliás se a gente entrar nessa história de userbase x vendas dos jogos, todo jogo de DS/3DS sempre será "decepcionante" em termos de vendas, mesmo que valores absolutos sejam maiores , ou algo como Final Fantasy 7 remake os seus 4,5 milhões seriam decepcionantes porque o PS4 tem userbase 100 milhões, em % relativa

Tipo entendo a venda de FF serem decepcionantes no japão porque eles tiveram redução, jogos mainline antigamente passavam tranquilamente 1 milhão, hoje isso mal acontece enquanto outros jrpg como persona e fire emblem cresceram por lá , não é nem perto do caso de MH que elas se manterão, senão podem até ser maiores em muito pouco tempo.
 

Kobaia

Bam-bam-bam
Mensagens
1.349
Reações
2.046
Pontos
299
E como assim Switch nao é o publico alvo? Esse jogo JÁ tá vendendo muito.
O público do Switch é composto de uma variedade maior de perfis de jogadores, inclusive boa parte dos donos de Switch no Japão estão abaixo dos 10 anos, e um equilibrio maior entre homens e mulheres. É diferente da base do PlayStation que em geral é um público mais velho e predominantemente masculino.
Dá pra assumir tranquilamente que no Switch o jogo terá um attach-rate menor que no PS.
 

ptsousa

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
54.454
Reações
153.285
Pontos
814
O público do Switch é composto de uma variedade maior de perfis de jogadores, inclusive boa parte dos donos de Switch no Japão estão abaixo dos 10 anos, e um equilibrio maior entre homens e mulheres. É diferente da base do PlayStation que em geral é um público mais velho e predominantemente masculino.
Dá pra assumir tranquilamente que no Switch o jogo terá um attach-rate menor que no PS.
O Lite foi lançado para pegar o público infantil mas a própria Nintendo reconheceu que ainda não conseguiu captar esse público da forma que queria.

O Switch dá pra dividir entre antes e depois de Animal Crossing.

Antes, o público era mais velho (os tiozão da época do SNES haha) e masculino. Aí veio um jogo aqui e ali mas com Ring Fit começou a atrair de forma mais expressiva o público feminino e depois Animal Crossing chegou trazendo uma demografia absurdamente variada (crianças, jovens, jovens adultos, adultos e idosos; homens e mulheres).

A Nintendo até menciona em algum dos relatórios que o público que veio com o Animal Crossing expandiu a base de alguns jogos além do público regular.

No caso do Japão, Splatoon tem uma base mais jovem, então a idade média da base era menor do que no ocidente até a chegada de Animal Crossing.
 

Kobaia

Bam-bam-bam
Mensagens
1.349
Reações
2.046
Pontos
299
O Lite foi lançado para pegar o público infantil mas a própria Nintendo reconheceu que ainda não conseguiu captar esse público da forma que queria.

O Switch dá pra dividir entre antes e depois de Animal Crossing.

Antes, o público era mais velho (os tiozão da época do SNES haha) e masculino. Aí veio um jogo aqui e ali mas com Ring Fit começou a atrair de forma mais expressiva o público feminino e depois Animal Crossing chegou trazendo uma demografia absurdamente variada (crianças, jovens, jovens adultos, adultos e idosos; homens e mulheres).

A Nintendo até menciona em algum dos relatórios que o público que veio com o Animal Crossing expandiu a base de alguns jogos além do público regular.

No caso do Japão, Splatoon tem uma base mais jovem, então a idade média da base era menor do que no ocidente até a chegada de Animal Crossing.
Isso no ocidente né.
Estava me referindo ao público japonês mesmo.
 

Snake-Eyes

Bam-bam-bam
Mensagens
16.904
Reações
7.308
Pontos
459
Eu comprei meu Switch Lite em janeiro principalmente por conta de Monster Hunter Rise e o jogo tá bom pra cacete!

Interessante que o que fez o Switch vender absurdamente ano passado tb, foi justamente o Lite.
acho que, pelo que li, o lite e minoria e so vendeu tanto pela falta de estoque da versao normal. (eu tenho o lite e adoro)
 

IuriXtremeSilver

Bam-bam-bam
Mensagens
5.815
Reações
7.915
Pontos
338
@ptsousa saiu o Top 30 da Famistu, fiz uma lista temporária(só o básico)

11.[NSW} Pokemon Sword/ Shield (Nintendo) - 7.472 / 4.014.376
12.[NSW] Splatoon 2 (Nintendo) - 6906 / 3.825.969
13. [NSW] Gundam SD Cross Rays Platinum Edition (Bandai Namco) 6.229 / NEW
14. [NSW] Story of Seasons Pionners of Town (Marvelous) 6080 / 262.501
15.[NSW] ClubHouse 51 Games Worldwire (Nintendo) 4895 /668.725
16. [NSW] Super Mario Party (Nintendo) 4626 / 1.850.769
17.[NSW] Little Nigthmares II (Bandai Namco) 4438 /56,273
18. [NSW] Super Mario 3D All Stars (Nintendo) 4123/578.850
19.[NSW] Apex Legends (EA) 3,983 /15.648
20.[NSW] Bravely Default 2 (Square Enix) 3689 / 131.317
21.[NSW] Desha de Go!! (Square Enix) 3.73 / 27.765
22. [PS4] Gundam SD Cross Rays Platinum Edition (Bandai Namco) 3123 / NEW
23.[NSW] The Legend of Zelda Breath of Wild (Nintendo) 3100 / 1.799.930
24.[NSW] Human Fall Flat (Curve Digital) 2582 / 131.714
25.[NSW] New Super Mario Bros U Deluxe Edition (Nintendo) 2468
26.[NSW] Super Mario Maker 2 (Nintendo) 2449 / 1.079.655
27. [NSW] Lover Pretend (Idea Factory) 2422 / NEW
28.[NSW] Pikmin 3 DX (Nintendo) 2409 / 552.910
29.[NSW] Fitness Boxing 2 (Nintendo) 2.365 / 84.360
30.[NSW] Family Trainer (Bandai Namco) 2.170 / 51.926

Incrivel que o PS4 + Ps5 vende quase 64 mil, e só tem 2 jogos no top 30 dando menos de 18mil cópias
 

ptsousa

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
54.454
Reações
153.285
Pontos
814
Isso no ocidente né.
Estava me referindo ao público japonês mesmo.
A diferença etária do Japão pro ocidente antes do Animal Crossing não era tão grande assim. O Lite tentou mas mesmo assim não conseguiu captar da forma que a Nintendo queria o público mais novo. Splatoon sim que basicamente puxava a idade um pouco pra baixo (mas sim, era menor).

Depois do Animal Crossing, misturou tudo. Pense que o Switch vendeu 1/3 da sua atual base após isso, acrescentando essa demografia variada que falei :obrigue

@ptsousa saiu o Top 30 da Famistu, fiz uma lista temporária(só o básico)

11.[NSW} Pokemon Sword/ Shield (Nintendo) - 7.472 / 4.014.376
12.[NSW] Splatoon 2 (Nintendo) - 6906 / 3.825.969
13. [NSW] Gundam SD Cross Rays Platinum Edition (Bandai Namco) 6.229 / NEW
14. [NSW] Story of Seasons Pionners of Town (Marvelous) 6080 / 262.501
15.[NSW] ClubHouse 51 Games Worldwire (Nintendo) 4895 /668.725
16. [NSW] Super Mario Party (Nintendo) 4626 / 1.850.769
17.[NSW] Little Nigthmares II (Bandai Namco) 4438 /56,273
18. [NSW] Super Mario 3D All Stars (Nintendo) 4123/578.850
19.[NSW] Apex Legends (EA) 3,983 /15.648
20.[NSW] Bravely Default 2 (Square Enix) 3689 / 131.317
21.[NSW] Desha de Go!! (Square Enix) 3.73 / 27.765
22. [PS4] Gundam SD Cross Rays Platinum Edition (Bandai Namco) 3123 / NEW
23.[NSW] The Legend of Zelda Breath of Wild (Nintendo) 3100 / 1.799.930
24.[NSW] Human Fall Flat (Curve Digital) 2582 / 131.714
25.[NSW] New Super Mario Bros U Deluxe Edition (Nintendo) 2468
26.[NSW] Super Mario Maker 2 (Nintendo) 2449 / 1.079.655
27. [NSW] Lover Pretend (Idea Factory) 2422 / NEW
28.[NSW] Pikmin 3 DX (Nintendo) 2409 / 552.910
29.[NSW] Fitness Boxing 2 (Nintendo) 2.365 / 84.360
30.[NSW] Family Trainer (Bandai Namco) 2.170 / 51.926

Incrivel que o PS4 + Ps5 vende quase 64 mil, e só tem 2 jogos no top 30 dando menos de 18mil cópias
Atualizei lá.


É inacreditável que o PS5 com 60k na semana não tenha emplacado UM jogo no Top30 (acima de 2mil vendidos). No UK e em outros mercados, ao menos Miles Morales e Demon's Souls catapultavam nos charts quando o PS5 recebia estoque.
 

Majima-San

Bam-bam-bam
Mensagens
4.424
Reações
12.134
Pontos
303
Demografia do Switch drasticamente diferente nos EUA e Japão


Ambos dados pré-2018, pré AC:

Edit, opa, postei o gráfico errado, um do lado do outro no arquivo, coloridim que nem, puxei o do lado. Esse da Ninty ocidental que estava não é equiparável ao oriental, porque as faixas etárias são menos sobreponíveis e não dá o visual exato, vou deixar o do estudo da CivicScience, que é mais acurado, com teste do quiquadrado e tudo, p<0.001, que fica mais tranquilo de enxergar

179857


179615

No Japão, é um perfil infantil e mais feminino (25% meninas), é o público clássico Portable desde sempre, majoritariamente infantojuvenil, muitas garotas. Lembrando que o Early Adopter é sempre mais masculino e velho, ou seja, de 2018 até o lançamento de Animais Cruzando pelo menos, certamente ficou ainda mais infantil e feminino.


Nos EUA, como 75% dos proprietários de Switch também possuem PS4 e/ou XBox One, a pirâmide é por consequência mais masculina e envelhecida. É o mesmo pessoal. Aliás, esses dados de 2/3 de concomitância entre Switch e outros consoles foram reforçados em 2020, permanece algo em torno de 75-80%, quase 4/5 têm o Switch como “Outro Console”. Essa é a Caixa de Pandora do sucesso do produto, aliás, no Japão, ele vende majoritariamente por ser portátil, e venderia a mesma coisa que vende (fora o Efeito Animal Crossing) a despeito dum fictício fracasso ocidental, cobre o público clássico do Form Factor. No Oeste, a Nintendo conseguiu posicioná-lo como “Segundo Console” (ou Primeiro, dependendo da perspectiva), e espertamente entrou num filão que não possuía, por aqui ele não se comporta como Portátil clássico, e sim como Híbrido, pelo menos não demograficamente, conquanto possa ser considerado no sentido prático, numa fatia de sua pizza, já que parte do público clássico Portable no Ocidente é o de sujeitos que compram um Game Boy em complementariedade a seu Mega Drive, um PSP junto dum XBox 360, ou um Game Boy Advance pra incrementar seu Sega Dreamcast. Ao contrário do Japão, onde Home e On The Go são bem menos sobreponíveis.

Aqui no fórum mesmo é amostra, capaz que 75% dos users que têm o híbrido o fizeram pra completar um PC, um XOne ou um PS4, essa é a marca Ocidental do aparelho, que vai lhe dar em bandeja de prata 70 milhões de consumidores não previstos por quase ninguém, analistas inclusive
 
Ultima Edição:

ptsousa

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
54.454
Reações
153.285
Pontos
814
Demografia do Switch drasticamente diferente nos EUA e Japão


Ambos dados de 2018, pré AC:


Visualizar anexo 179614


Visualizar anexo 179615
O primeiro gráfico dos EUA é de Outubro de 2017, com 8 meses do lançamento do console(https://www.nintendo.co.jp/ir/pdf/2017/171031_2e.pdf), não é referente ao ano de 2018.

Basicamente, é o público early adopter que é tradicionalmente mais masculino e mais velho mesmo.


O segundo gráfico é de Maio de 2018.


E, tanto Ring Fit quanto Animal Crossing atrairam um público mais velho e não mais novo e homens e mulheres estão equivalentes no AC. Dados da própria Nintendo pro Animal Crossing, de julho do ano passado.

 

Kobaia

Bam-bam-bam
Mensagens
1.349
Reações
2.046
Pontos
299
A diferença etária do Japão pro ocidente antes do Animal Crossing não era tão grande assim. O Lite tentou mas mesmo assim não conseguiu captar da forma que a Nintendo queria o público mais novo. Splatoon sim que basicamente puxava a idade um pouco pra baixo (mas sim, era menor).

Depois do Animal Crossing, misturou tudo. Pense que o Switch vendeu 1/3 da sua atual base após isso, acrescentando essa demografia variada que falei :obrigue
Tem algum dado falando sobre?
Por que acho essa uma concepção meio errada, pois grande parte dos Switchs vendidos nos primeiros anos foram pra serem consoles da família.
Além de Splatoon, Mario Kart, Pokken, Odyssey, Kirby...Depois os Labos, Mario Party, Yoshi, Pokemon Lets Go...todos jogos jogados fortemente por crianças primárias.
Penso que AC teve impacto na época de cada criança ter o seu, e os lares terem mais de um Switch, mas desde sempre teve um grande público infantil. Foi o timing também que a Nintendo percebeu a demanda e lançou o Lite.

Em comparação com algumas regiões fora do Japão, principalmente naquelas que a Nintendo não tinha tanta força antes da Pandemia, talvez faça mais sentido o fator AC (não que não tenha acontecido do Japão, mas da minha percepção não foi tão determinante assim), e ainda assim, como a Nintendo mesmo falou, trouxe um público não-gamer que passou a jogar, diferente das crianças que sempre estiveram expostas aos jogos e ao marketing.
 

Majima-San

Bam-bam-bam
Mensagens
4.424
Reações
12.134
Pontos
303
O primeiro gráfico dos EUA é de Outubro de 2017, com 8 meses do lançamento do console(https://www.nintendo.co.jp/ir/pdf/2017/171031_2e.pdf), não é referente ao ano de 2018.

Basicamente, é o público early adopter que é tradicionalmente mais masculino e mais velho mesmo.


O segundo gráfico é de Maio de 2018.


E, tanto Ring Fit quanto Animal Crossing atrairam um público mais velho e não mais novo e homens e mulheres estão equivalentes no AC. Dados da própria Nintendo pro Animal Crossing, de julho do ano passado.

Vi esse gráfico de AC, demografia bem distante da do console. Trouxe um novo público de fato, lembra alguns softwares da era Wii/DS. Tem que ver o quanto isso contaminou os dados gerais, estou sempre na vigília por estudos de Ecologia mais modernos do Switch, considero que alguma mudança Animal Crossing trouxe, mas suponho de peso pequeno, o game “cabe” dentro da pirâmide Early Adopter inclusive, ele deve ter acrescentado estourando 5% do global das faixas 30-40 de proprietários japoneses do Switch. Esses impactos vêm a conta-gotas, o que tem correlação inclusive com o Attach-rate do game
 

ptsousa

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
54.454
Reações
153.285
Pontos
814
Tem algum dado falando sobre?
Por que acho essa uma concepção meio errada, pois grande parte dos Switchs vendidos nos primeiros anos foram pra serem consoles da família.
Além de Splatoon, Mario Kart, Pokken, Odyssey, Kirby...Depois os Labos, Mario Party, Yoshi, Pokemon Lets Go...todos jogos jogados fortemente por crianças primárias.
Penso que AC teve impacto na época de cada criança ter o seu, e os lares terem mais de um Switch, mas desde sempre teve um grande público infantil. Foi o timing também que a Nintendo percebeu a demanda e lançou o Lite.

Em comparação com algumas regiões fora do Japão, principalmente naquelas que a Nintendo não tinha tanta força antes da Pandemia, talvez faça mais sentido o fator AC (não que não tenha acontecido do Japão, mas da minha percepção não foi tão determinante assim), e ainda assim, como a Nintendo mesmo falou, trouxe um público não-gamer que passou a jogar, diferente das crianças que sempre estiveram expostas aos jogos e ao marketing.
Dos jogos que listou, o único que é de massa e que de fato tem um peso infanto-juvenil (10-16) maior no Japão é Splatoon. A diferença pro ocidente é basicamente essa, IMO. Não tenho um gráfico como o do Animal Crossing mas desde o Wii U tinha notícia disso, dos jovens jogando na escola e talz. E, tirando Splatoon, os jogos que presume-se que têm um público-alvo mais infantil desepareceram do chart faz bastante tempo (Let's Go, Yoshi, Kirby). Labo eu nem conto porque é STEM e é nicho do nicho.

Em tese, esses jogos deveriam ter uma alta com o suposto público infantil que teria vindo com o Animal Crossing e com o Lite, fenômeno que aconteceu com os jogos que a ampla demografia joga (Mario Kart, Odyssey, Mario Party, BoTW, Smash)



Mesmo o Lite, ao contrário do que muitos esperavam, não tá vendendo o que se esperava proporcionalmente ao OG no Japão. E, mesmo com 3,5kk de Lites no Japão, presume-se que as vendas de alguns jogos com o público alvo mais jovem fossem aumentar de forma mais expressiva, o que não se verificou nesse tempo.


O que eu particularmente acredito é que o Lite vendeu mais como (i) uma porta de entrada e, (ii) segundo console da família num geral: A esposa tá jogando Ring Fit na TV e o marido vai jogar no Lite. O marido vai jogar BoTW na TV e a esposa joga Animal Crossing no Lite. O filho com o pai jogando Smash na TV e a esposa jogando Pikmin no Lite.
 

Majima-San

Bam-bam-bam
Mensagens
4.424
Reações
12.134
Pontos
303
Splatoon, Mario Kart, Pokken, Odyssey, Kirby...Depois os Labos, Mario Party, Yoshi, Pokemon Lets Go...todos jogos jogados fortemente por crianças primárias.
É isso aí, exceto Splatoon, que temos a demografia, bem variada. É o público Portable, o famoso “Childy and Girly” dos jargões dos estudos, que infelizmente, depois de cada geração On The Go, não permanece na Nintendo quando envelhece. Crianças pequenas. Vivas a ela, por conseguir sempre renová-lo, contudo.


Esqueci de sublinhar que a segunda figura que postei acima é de dados do Japão, não sei se o ptsousa confundiu.


No Ocidente, o que houve de traslado demográfico de interesse, para o caso do Switch, foi a captura de mulheres. Essas cresceram com o andar da carruagem, embora eu truque esse dado em particular (provavelmente, o uso de mais de uma peça por domicílio contamina os dados, computando mais mulheres que o correto, dentro do uso de facto do aparelho). Como o CrossOwnership da plataforma da Nintendo é muito alto, concluímos que existem muitas mulheres em XBox One e PS4, e os dados mostram isso, mas truco também. Precisa alguém com método estatístico pesquisar isso por aqui, como feito no Japão, os dados ocidentais que temos são por surveys de email


Mais de 2/3 têm Xbox One ou PS4 nos EUA. Metade dos donos de Switch nos EUA têm o console da Sony



Matéria de 2020, a análise é do Piscatella


More than two-thirds of US Switch owners own at least one other current-gen console

...


Donde a análise interpretativa, bastante óbvia, que todo mundo com cérebro no lugar fez, inclusive aqui no fórum, num tópico sobre previsão de vendas da New Gen:


In part because of the high cross-ownership rates, I don't anticipate the launch of Xbox Series systems or PS5 to impact Switch sales


E outra, fundamental e verdadeira,


The Switch is not really in competition with Xbox One or PS4. It's more ‘co-opetetive?


... também óbvia, já que, se o Cross Ownership é alto, não são produtos totalmente excludentes em massa. O que é link pro meu post acima, e também pro meu primeiro ponto na página 1, englobando todo o argumento, a Sony acertou muito em tirar unidades do Japão pra dar pro Ocidente, onde o Series tem presença, posto que, a respeito da performance do Switch em ambos os lados de Greenwich, a Tensão de Competição entre eles é muito baixa, a la Wii vs PS3. O Switch está à margem do PS5 no Japão, porque Portable e Home são relativamente separados por lá, e também margina o novo console da Sony no Ocidente, por causa do Cross Ownership/posicionamento como segundo console, que a Nintendo tão bem executou. O direcionamento racional de recursos escassos - PS5s na Early Gen, no caso - está sendo fundamental para a Sony performar no máximo de sua saturação no Japão e no Ocidente, que é o que vai acontecer. Ela vai terminar a geração vendendo o mesmo tanto de PS5s no Leste que venderia se tivesse dado às prateleiras orientais mais volume que deu, e, no Oeste, à margem do Switch, que corre outra faixa, onde é mais aguerrido, o estoque maior será fundamental
 

Kobaia

Bam-bam-bam
Mensagens
1.349
Reações
2.046
Pontos
299
Dos jogos que listou, o único que é de massa e que de fato tem um peso infanto-juvenil (10-16) maior no Japão é Splatoon. A diferença pro ocidente é basicamente essa, IMO. Não tenho um gráfico como o do Animal Crossing mas desde o Wii U tinha notícia disso, dos jovens jogando na escola e talz. E, tirando Splatoon, os jogos que presume-se que têm um público-alvo mais infantil desepareceram do chart faz bastante tempo (Let's Go, Yoshi, Kirby). Labo eu nem conto porque é STEM e é nicho do nicho.

Em tese, esses jogos deveriam ter uma alta com o suposto público infantil que teria vindo com o Animal Crossing e com o Lite, fenômeno que aconteceu com os jogos que a ampla demografia joga (Mario Kart, Odyssey, Mario Party, BoTW, Smash)



Mesmo o Lite, ao contrário do que muitos esperavam, não tá vendendo o que se esperava proporcionalmente ao OG no Japão. E, mesmo com 3,5kk de Lites no Japão, presume-se que as vendas de alguns jogos com o público alvo mais jovem fossem aumentar de forma mais expressiva, o que não se verificou nesse tempo.


O que eu particularmente acredito é que o Lite vendeu mais como (i) uma porta de entrada e, (ii) segundo console da família num geral: A esposa tá jogando Ring Fit na TV e o marido vai jogar no Lite. O marido vai jogar BoTW na TV e a esposa joga Animal Crossing no Lite. O filho com o pai jogando Smash na TV e a esposa jogando Pikmin no Lite.
De fato, o unico system-seller pra essa idade seria mesmo o Splatoon. Mas num primeiro momento das vendas do Switch, que como já disse, foram muito mais pra uso de toda a familia e menos individual, todos os jogos que citei tiveram sua participação em manter as crianças no sistema, muitos até são million-sellers, em parte por que boa parte tem bom multi-local. Hoje não vendem tanto quanto antes justamente porque crianças dessa idade jogam o jogo do momento, que esses jogos já tiveram, antes dos medalhões.
Depois, com a vinda dos Pokemon e AC, que são jogos que praticamente exigem que cada criança tenha o seu, as vendas do segundo Switch passou a ser realmente necessária e a procura aumentou.
É obvio dizer que, claro, AC fez muita gente que não tinha ainda Switch finalmente comprar o seu, mas a distribuição etária em si, não deve ter sido tão afetada assim, talvez a distribuição entre homens e mulheres.

Sobre o Lite, acho que a gente até teve essa discussão rs....
E, chute por chute, mantenho o meu: o Lite ainda vai ter seu momento. Não a nivel de igualar o normal, mas vai...
 
Topo