O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


[MBML] Vocês confiam cegamente em seus parceiros/parceiras?

Mensagens
609
Reações
1.347
Pontos
173
Cresci em um ambiente hostil. Quando tinha oito anos, tinha uma bicicleta grande e queria ter uma estilo bike. Meus "amigos" me enganaram: me convenceram a vender uma bicicleta por 25 reais na época alegando que conheciam 2 pessoas: uma venderia um quadro bike cromado por 10 e outra pessoa venderia o restante das peças por 15. E aí um outro "amigo" faria o serviço de montar a bike pra mim. Meu pai sacou na hora, mas pra me ensinar algo valioso, ele só perguntou "vc tem certeza que seus amigos não estão te enganando?". Lembro até hoje que respondi "Eles não fariam isso" com toda a certeza do mundo. Ele disse "Ta bom". Vendi a bicicleta. Como era tudo mentira, fiquei sem nada.

Dentro de casa, minha tia e avó me odiavam. Minha avó tinha ódio por meu pai me dar dinheiro pra eu comprar revistas de animes e games. Várias vezes avançou pra tentar pegar as revistas, mas eu fugia. Um dia esqueci as revistas na cozinha. e sai. Ela trancou as portas e me chamou. Começou a rasgar de uma por uma na minha frente, com a maior cara de satisfação do mundo. Eu tinha uns 10 anos.

Outras coisas aconteceram que me fizeram confiar cada vez menos no ser humano em geral. Não que eu não saiba que existem pessoas honestas e sinceras, mas eu sempre desconfio de tudo e de todos, até que me provem o contrário. Posso até dar um voto de confiança, mas sempre com um pé atrás. E isso interfere inclusive nos meus relacionamentos.

Só confiei cegamente na primeira namorada. Não sei se foi pelo fato de não gostar realmente dela, e por isso não ligava, ou se foi por ingenuidade na época... Acabou que descobri chifres. Desde então não confiei mais em namoradas também.

E daí chegamos na atual. 4 anos de namoro. Moro na capital, ela mora no interior. Nos vemos uma vez por mês. Normalmente não fico muito no pé dela, só quando encuco com algo. Anteontem cheguei do trabalho e liguei pra ela. Deu "contato está em outra chamada". Ela ligou pra mim praticamente 10 segundos depois. Como se eu tivesse ligado e ela tivesse desligado na hora pra me ligar. Achei isso muito estranho. Então perguntei quem tava na linha, ela disse uma amiga. Pedi pra ver um print da tela de ligações. E ela me negou. Deu todo aquele piti de mulher dizendo que o homem quer controlar e que ela não vai se sujeitar a isso e que eu deveria confiar na palavra dela.

Será que estou pedindo demais? Desde que ela me negou isso que eu não tenho falado muito com ela, to chateado com essa história. Na minha cabeça, eu não fiz nenhum pedido estrambólico. Qual o problema de tirar esse print? Confiança cega... isso existe?

E vcs? Vcs confiam cegamente em suas parceiras/os? E quando digo parceiras, digo namorada/do ou esposa/marido de um bom tempo já, não apenas peguetes.
 


VanHalenBR

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
6.619
Reações
5.785
Pontos
444
Cara.

Se você está com alguém tem que ter confiança, não tem como ter relacionamento sem confiar, sem dar espaço.

Hoje é um print, amanhã é mais uma coisa outra coisa, se você deixa a dúvida e a desconfiança “te controlar” você não vai conseguir aproveitar o relacionamento e ainda vai ficar perdendo horas em sua mente pensando no que pode acontecer.

E pior isso não evita nada, só desgasta, quem fica em cima o tempo todo, faz o outro aí sim mentir, às vezes é um amigo sem nada, como o namorado é ciumento, esconde fala que é amiga e no fim isso isso pode até levar a pessoa a se interessar por outro.

Eu já fui o amigo, nunca fiquei com ela, mas ela sempre reclamava do namorado ciumento e tinha que falar comigo escondido. Nunca teve nada entre a gente. Mas ela eventualmente terminou.

Pra confiança é essencial. Mas confiança não é algo binário SIM ou NÃO, isso é muito preto no braco.

Eu confio na minha esposa assim como confio em mim mesmo, só que aí está, eu nunca traí, não penso em trair... mas sei das minhas limitações...
confiar 99% ... 98%... 97% é saudável ter aquele percentual de ciúme não é problema e até mostra que você se importa.

E poxa, uma namorada fez isso antes e você não quer passar pela dor, talvez a distância complique muito. Mas nos nascemos e vivemos sozinho, a verdade sempre surge e se acontecer de novo, dói, machuca. Mas você termina e bola pra frente.

Se ame mais, pois quem tem auto-estima sabe que se terminar, tem outras, a dor de um término passa
 


Askeladd

Habitué da casa
Mensagens
265
Reações
495
Pontos
73
Sim tenho a melhor esposa do mundo. Se não confiar nem na minha esposa vou confiar em quem neste mundo?

No mundo existem seres humanos fantásticos e outros que não valem nada. Com o tempo de longe você aprende a identificar as pessoas.
 

Cielo

Bam-bam-bam
Mensagens
8.472
Reações
12.550
Pontos
389
eu confio nela e ela confia em mim, eu nunca trai, não digo ela, mas antes dela tbm, eu realmente não consigo, eu nunca tentei, nunca dei oportunidade, nunca quis isso, antes de casar com a minha mulher eu namorava uma mina que era estrangeira e ela foi passar uma temporada no país dela, 6 meses e ainda assim eu não trai uma vez que seja, o que eu penso é se vc quer trair é pq não vale a pena estar na relação, então seja homem e termine, se vc for traido é bom, vc descobre que não era a mulher certa pra vc.
 

msmith

Habitué da casa
Mensagens
439
Reações
624
Pontos
93
"Moro na capital e ela mora no interior"
"Moro na capital e ela mora no interior"
"Moro na capital e ela mora no interior"
"Moro na capital e ela mora no interior"

Sinto muito, mas antigamente isso era chifre quase garantido, hoje é certeza.
 

Ryo_Hazuki(

Bam-bam-bam
Mensagens
1.435
Reações
2.229
Pontos
303
Em Deus e minha mãe, de resto com o pé atrás. Mesmo em mim, quando tenho plena certeza de qualquer coisa já me auto vigio para ver no que vai dar.
 

ROLGENIO

Bam-bam-bam
Mensagens
8.133
Reações
19.971
Pontos
363
Acho que cegamente nem na minha mãe, e olha que tenho a melhor mãe do mundo (pra mim). Talvez nem em mim... Só em Deus mesmo.

Mas achei interessante isso aqui:

Moro na capital, ela mora no interior. Nos vemos uma vez por mês.
Você tem um relacionamento chamado orelha de boi:

Longe do rabo e perto do chifre...
 
Ultima Edição:

trevz

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.663
Reações
15.748
Pontos
609
Entendo o lado da sua namorada, se me pedissem pra ver o histórico mandaria tomar no brioco.

Hj em dia só ando confiando em mim mesmo, e no senhor Goku que nunca perde um duelo, minha vida tem sido bem mais tranquila.
 

johnhartigan

Bam-bam-bam
Mensagens
1.216
Reações
4.535
Pontos
268
Quanto ao OP, complicado, se mulher quer trair ela pode fazer isso morando na mesma casa que vc ou longe, confiança demora pra conquistar e se perde em um segundo, eu também ficaria encucado com essa situação. Sua namorada é legal, realmente vai dar certo? Vai casar? Vc é tão feio que não arruma outra? Esse foi o primeiro ato dela que deu pra desconfiar? Pq uma vez por mês só meu amigo, realmente complicado de não achar que ela tá te guampeando.
 

iporco

Bam-bam-bam
Mensagens
3.795
Reações
7.921
Pontos
303
Então perguntei quem tava na linha, ela disse uma amiga. Pedi pra ver um print da tela de ligações. E ela me negou. Deu todo aquele piti de mulher dizendo que o homem quer controlar e que ela não vai se sujeitar a isso e que eu deveria confiar na palavra dela.
kkkkk tem boi na linha... :kvaca


@topico cara, eu tbm nunca pulo com os dois pes na lagoa; porem no ultimo relacionamento serio q tive era ela q tinha esses ataques de ciumeira
 

Kaede Monthmrore

Bam-bam-bam
Mensagens
1.944
Reações
3.161
Pontos
303
Não confio cegamente em mim mesmo, a ponto de fazer um plano que dissolva meus planos futuros, imagina em outra pessoa? Mesmo a pessoa mais amável pode esconder maldade dentro de si, então, sempre que for preciso confiar, faça que nem o Wesley Safadão em sua música: 99% de confiança, mas aquele 1%, vai ser a desconfiança eterna que vai sempre manter para evitar de ser surpreendido pelo ato.
 

Nanashi

Veterano
Mensagens
600
Reações
785
Pontos
139
Cresci em um ambiente hostil. Quando tinha oito anos, tinha uma bicicleta grande e queria ter uma estilo bike. Meus "amigos" me enganaram: me convenceram a vender uma bicicleta por 25 reais na época alegando que conheciam 2 pessoas: uma venderia um quadro bike cromado por 10 e outra pessoa venderia o restante das peças por 15. E aí um outro "amigo" faria o serviço de montar a bike pra mim. Meu pai sacou na hora, mas pra me ensinar algo valioso, ele só perguntou "vc tem certeza que seus amigos não estão te enganando?". Lembro até hoje que respondi "Eles não fariam isso" com toda a certeza do mundo. Ele disse "Ta bom". Vendi a bicicleta. Como era tudo mentira, fiquei sem nada.

Dentro de casa, minha tia e avó me odiavam. Minha avó tinha ódio por meu pai me dar dinheiro pra eu comprar revistas de animes e games. Várias vezes avançou pra tentar pegar as revistas, mas eu fugia. Um dia esqueci as revistas na cozinha. e sai. Ela trancou as portas e me chamou. Começou a rasgar de uma por uma na minha frente, com a maior cara de satisfação do mundo. Eu tinha uns 10 anos.

Outras coisas aconteceram que me fizeram confiar cada vez menos no ser humano em geral. Não que eu não saiba que existem pessoas honestas e sinceras, mas eu sempre desconfio de tudo e de todos, até que me provem o contrário. Posso até dar um voto de confiança, mas sempre com um pé atrás. E isso interfere inclusive nos meus relacionamentos.

Só confiei cegamente na primeira namorada. Não sei se foi pelo fato de não gostar realmente dela, e por isso não ligava, ou se foi por ingenuidade na época... Acabou que descobri chifres. Desde então não confiei mais em namoradas também.

E daí chegamos na atual. 4 anos de namoro. Moro na capital, ela mora no interior. Nos vemos uma vez por mês. Normalmente não fico muito no pé dela, só quando encuco com algo. Anteontem cheguei do trabalho e liguei pra ela. Deu "contato está em outra chamada". Ela ligou pra mim praticamente 10 segundos depois. Como se eu tivesse ligado e ela tivesse desligado na hora pra me ligar. Achei isso muito estranho. Então perguntei quem tava na linha, ela disse uma amiga. Pedi pra ver um print da tela de ligações. E ela me negou. Deu todo aquele piti de mulher dizendo que o homem quer controlar e que ela não vai se sujeitar a isso e que eu deveria confiar na palavra dela.

Será que estou pedindo demais? Desde que ela me negou isso que eu não tenho falado muito com ela, to chateado com essa história. Na minha cabeça, eu não fiz nenhum pedido estrambólico. Qual o problema de tirar esse print? Confiança cega... isso existe?

E vcs? Vcs confiam cegamente em suas parceiras/os? E quando digo parceiras, digo namorada/do ou esposa/marido de um bom tempo já, não apenas peguetes.
Isso é muito triste.
Confio cegamente só na minha mãe.
 

joaodefenix

Larva
Mensagens
9
Reações
16
Pontos
3
Confiança não tem nada a ver com caráter, você pode confiar na pessoa e ela te trair do mesmo jeito.

Mesmo se a namorada morasse contigo, quem garante que ela não poderia trair na sua cidade? Quem garante que ela realmente estaria trabalhando ao invés de estar traindo? Então não tem como saber, já que não ficaria 24 horas com ela.
 

Tatuira Mamicuda

Bam-bam-bam
Mensagens
3.816
Reações
8.639
Pontos
324
Mano.

Existe a chance de ela ter ficado chateada com o pedido mesmo tendo falado com qualquer pessoa inofensiva (amiga por exemplo), e existe a chance dela estar falando com outro macho.

O que eu posso dizer pela minha experiência é que não é só a mulher que tem "sexto sentido". Todas as vezes que eu encuquei com alguma coisa em um relacionamento, ela fazia sentido no final.

Então segue teu feeling.
 

tiagitos

Bam-bam-bam
Mensagens
1.208
Reações
2.489
Pontos
324
Você é doido demais!

Não leve as suas frustrações da infância para a sua namorada. Se não confia nela, larga logo e pega outra que você confie.

Se quiser confiar cegamente em alguém confie em você e só, e mesmo assim corre o risco de se enganar.
 

Zorosan

Bam-bam-bam
Mensagens
3.435
Reações
1.638
Pontos
274
Continue nesse ritmo que você levara um chifre ou um pé na bunda.


Você é doido demais!

Não leve as suas frustrações da infância para a sua namorada. Se não confia nela, larga logo e pega outra que você confie.

Se quiser confiar cegamente em alguém confie em você e só, e mesmo assim corre o risco de se enganar.
O problema é ele, não ela...ctz que essa mesma situação poderá acontecer com outras que ele namore.
 

geist

Bam-bam-bam
Mensagens
9.026
Reações
30.499
Pontos
353
Vc sabe que dá pra apagar ligações do histórico de ligações, né?
Mas aí o horário não iria bater. Por isso ela deve ter trancado e jogado pro alto, invertendo a situação.

Sobre o OP, eu admirei esse episódio do seu pai. Que bela e dolorosa lição heim...

Sobre sua namorada, eu lamento muito, mas acredito que ela não está sendo 100% honesta contigo. Um print realmente não arranca pedaço e eu mesmo não me importaria de enviar caso minha namorada pedisse. Quem não deve não teme. Claro que episódio doentio de ciúmes não há quem aguente, mas uma fiscalizaçãozinha de vez em quando eu acho saudável e uma medida de segurança para os dois, ainda mais hoje em dia com smartphone sendo pivô de 99% das traições.

Eu confio 100% só em Deus. Em meros mortais (eu incluso) posso desenvolver alguma confiança depois de MUITO tempo, mas não a ponto de confiar totalmente.
Já sofri muito com traição. Não é "só" terminar, você investe tempo, sentimentos, dinheiro, coisas que são irrecuperáveis e a outra pessoa "rouba" isso de você jogando tudo pro alto. É uma merda.
Nunca traí.

Nesse caso acho que vale conversar com ela antes que a situação piore. Pela reação dela você termina ou não. Eu terminaria. A desconfiança motivada é algo que corrói até a maior fortaleza.
 

Demétrio

Bam-bam-bam
Mensagens
4.104
Reações
4.927
Pontos
359
Vc sabe que dá pra apagar ligações do histórico de ligações, né?
Exato. Conheço pessoas que "editam" seu celulares periodicamente(mensagens, fotos, ligações) para parecem anjinhos, com direito a álibis perfeitos.

Sobre a pergunta, não não confio. Citando o maravilhoso filme Con Air, eu só confiei em duas pessoas na face da terra, e uma delas está morta.

Não quer dizer também que eu sou paranoico, fico cobrando ou seguindo. Esses seus comportamentos lhe fazem parecer inseguro, patético até, para ela.
Se ela quiser fazer merda, fará até com vocês morando juntos. Então pense nisso, se acha que ela está sendo vacilona, repense tudo e converse. Mas seja firme.
 

Maldito Canalha

Bam-bam-bam
Mensagens
4.582
Reações
13.747
Pontos
303
O relato da infância é coisa pra discussão.
O namoro, com ou sem chifres, não. Afinal, quando terminar, sendo ou não cornão, vai ter coragem de dizer que a liberdade tá doendo?
Nada no mundo supera a sensação de não precisar ter alguém em quem confiar.
Mas se tem alguém e não confiar, falta bom senso.
FLW!
 

Povo da Areia

Bam-bam-bam
Mensagens
2.119
Reações
5.083
Pontos
303
Na minha cabeça funciona assim.

Se eu vejo minha namorada todos os dias, ou praticamente todos os dias, conversamos, fazemos sexo, nos curtimos, eu descarto e muito a possibilidade de traição.

Agora, se as pessoas se afastam por algum motivo, coisas começam a mudar, a traição é uma possibilidade.

Uma coisa eu sempre deixei claro nos meus relacionamentos, se quer trair é melhor terminar antes.
 
Topo