O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Street Fighter 2 - 30 AnOS

DouglaSPFC

Bam-bam-bam
Mensagens
2.456
Reações
3.785
Pontos
314
Street Fighter 2 completa 30 anos; veja curiosidades sobre o jogo de luta
Clássico inspirou filme com Van Damme, teve versão de Master System que só foi lançada no Brasil e muito mais
Por Clercio Rodrigues, para o TechTudo
05/02/2021 06h00 Atualizado há 4 horas


Street Fighter 2 é um jogo de luta que foi lançado em fevereiro de 1991 e, este mês, está completando 30 anos. Além de ser um dos maiores sucessos da história dos fliperamas, o clássico da Capcom bateu recorde de vendas no Super Nintendo e criou tendências que são seguidas até hoje. Muitos games foram influenciados pelo “pai dos jogos de luta”, que ficou famoso por causa de suas batalhas cheias de combos e golpes especiais.
O título, que marcou a infância de muitas pessoas, foi relançado várias vezes e ainda é popular entre os fãs. Por isso, o TechTudo produziu uma lista com dez curiosidades sobre o Street Fighter 2 a seguir.

1. Sistema de combos

SFII criou muitas tendências que são seguidas até hoje. Uma das principais é o sistema de combos, que surgiu por causa de um erro em Street Fighter II - The World Warrior (1991). O problema fazia com que alguns golpes pudessem ser realizados em sequência, sem deixar o adversário se defender. Essa ideia foi aperfeiçoada nas outras versões do jogo e acabou se tornando uma marca dos games de luta como um todo.


2. Nome verdadeiro dos golpes especiais

No jogo da Capcom, todos os personagens possuem golpes especiais. Eles até falam o nome dos ataques durante as partidas – mas, como a qualidade das vozes é baixa, os brasileiros acabaram criando apelidos engraçados para várias técnicas. A cabeçada “Super Zutsuki”, do japonês E. Honda, ficou conhecida como “cuscuz” por aqui, por exemplo.
E. Honda acertando Guile com a cabeçada "cuscuz" — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues

E. Honda acertando Guile com a cabeçada "cuscuz" — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues
O poderoso "Spinning Piledriver", de Zangief, foi batizado de "pilão"; e o Flash Kick, do capitão Guile, era chamado de "facão" ou “gilete”. Um dos golpes que mais sofreu com a interpretação brasileira foi o “Tatsumaki Senpukyaku”, de Ryu e Ken, que acabou virando “ataque das corujas” (ou simplesmente “tec tec tugui”).

3. Da rodoviária para o mundo

Versão modificada ficou conhecida como Street Fighter "de rodoviária" — Foto: Reprodução/ Moreira 9999

Versão modificada ficou conhecida como Street Fighter "de rodoviária" — Foto: Reprodução/ Moreira 9999

SF II foi uma febre tão grande, que os fãs encontraram formas de quebrar o código do jogo e fazer modificações. Nas versões não-oficiais, dá para encher a tela de golpes especiais e até trocar de personagem no meio da luta. Conhecidos por aqui como Street Fighter "de rodoviária", esses jogos modificados tinham velocidade aumentada e fizeram a Capcom dar ainda mais atenção para o lançamento de versões atualizadas.

4. Versões melhoradas

Street Fighter II foi relançado várias vezes ao longo dos anos. Uma das primeiras foi SFII Turbo - Hyper Fighting (1992), que serviu de resposta para as modificações não-oficiais e aumentou a velocidade dos personagens. Em seguida, Super SFII (1993) introduziu quatro personagens inéditos: Cammy, Dee Jay, Fei Long e T. Hawk.
Versão atualizada também melhorou o visual dos personagens antigos — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues

Versão atualizada também melhorou o visual dos personagens antigos — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues
A edição definitiva do jogo de fliperama foi Super SFII Turbo (1994), que aumentou a velocidade da versão anterior e introduziu os Super Combos. Esse novo tipo de golpe especial só pode ser usado quando a barra da parte de baixo da tela está cheia. Também foi a primeira vez que os jogadores puderam controlar o chefe secreto Akuma.

5. Live-action com Van Damme

Jean-Claude Van Damme interpretou o militar Guile — Foto: Reprodução/ YouTube

Jean-Claude Van Damme interpretou o militar Guile — Foto: Reprodução/ YouTube

Inspirado pela popularidade do jogo de fliperama, o filme Street Fighter - A Última Batalha (1994) foi uma das primeiras adaptações de games para o cinema. O longa contou com a participação de grandes estrelas de Hollywood, como Jean-Claude Van Damme (Guile) e Raul Julia (M. Bison). No entanto, ele foi muito criticado por ser pouco fiel aos jogos.

6. Jogando no sofá

Depois de se tornar um sucesso nos fliperamas, não demorou para que SFII chegasse aos consoles caseiros. Street Fighter II, de Super Nintendo, foi lançado em 1992 e se tornou um dos cartuchos mais vendidos do sistema. O título também foi adaptado para outros videogames da época, como Mega Drive e Gameboy.
 Street Fighter II foi um dos jogos mais vendidos de Super Nintendo — Foto: Divulgação/ Capcom

Street Fighter II foi um dos jogos mais vendidos de Super Nintendo — Foto: Divulgação/ Capcom
Várias versões do clássico também foram lançadas fora dos fliperamas por meio de coletâneas, como a Street Fighter 30th Anniversary Edition (2018). O conjunto está disponível para PC, PlayStation 4 (PS4), Xbox One e Nintendo Switch. Além de incluir quatro das versões mais conhecidas de SFII, esse pacote reúne vários outros jogos de luta da franquia.

7. Versão de Master System

Street Fighter II de Master System foi criado por empresa brasileira — Foto: Divulgação/ TecToy

Street Fighter II de Master System foi criado por empresa brasileira — Foto: Divulgação/ TecToy

O jogo de luta foi portado até para o Master System. A versão que chegou ao console de 8 bits foi feita pela empresa brasileira Tectoy – que começou a programar sem o apoio da Sega, mas conseguiu a aprovação da Capcom e lançou o jogo em 1997. O projeto sofreu com as limitações do videogame antigo, mas conseguiu manter o charme de Street Fighter II.
Street Fighter: veja os personagens mais 'apelões' da franquia
Mortal Kombat e Street Fighter: 7 jogos arcade disponíveis para PC (Steam)

8. Primeira aparição de Akuma

Na primeira versão americana de SFII, um erro de tradução acabou se transformando em uma das lendas mais famosas dos games. Ao vencer com Ryu, aparecia na tela: "você deve derrotar Sheng Long para ter uma chance”. Uma revista da época aproveitou para criar uma pegadinha, anunciando que o tal “Sheng Long” era o mestre do lutador japonês.
Akuma é considerado um dos chefes mais "apelões" da franquia — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues

Akuma é considerado um dos chefes mais "apelões" da franquia — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues

Na verdade, “Sheng Long” era apenas o golpe especial “Shoryuken” escrito errado, mas o rumor acabou inspirando a criação do personagem Akuma – que apareceu pela primeira vez em Super SF II Turbo. Para lutar contra o chefe secreto, o jogador deve chegar ao final do jogo sem perder nenhuma partida e alcançar uma pontuação alta.

9. Nomes dos chefes trocados

Sagat (esq.) foi o único chefe que não teve nome alterado — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues

Sagat (esq.) foi o único chefe que não teve nome alterado — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues
Para evitar processos judiciais, o nome dos chefes de SFII são diferentes ao redor do mundo. A Capcom trocou o nome dos lutadores quando o jogo foi lançado no ocidente, já que o personagem M. Bison (o boxeador) foi inspirado no atleta Mike Tyson. Assim, fora do Japão, Balrog (o espanhol que usa máscara) virou Vega; e Vega (o ditador) virou M. Bison.

10. Lutador do Brasil

Blanka é um dos personagens brasileiros mais famosos do mundo dos games. O monstro verde apareceu pela primeira vez em SFII - The World Warrior (1991) e se tornou um dos lutadores mais populares da franquia. Apesar de não ter nascido no Brasil, ele ganhou seus poderes elétricos depois de sofrer um acidente de avião e cair nas florestas do país.
Blanka foi o primeiro lutador do Brasil em Street Fighter — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues

Blanka foi o primeiro lutador do Brasil em Street Fighter — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues

Em Street Fighter II, ele participa do campeonato de M. Bison para testar suas habilidades e representar a vila de pescadores onde mora. Durante as lutas do torneio, que estavam sendo transmitidas pela televisão, ele acaba sendo encontrado por sua mãe – que o reconhece por causa de uma tornozeleira e vai viver com ele no Brasil.
Link
 


Skyloft

Smelly cat
VIP
GOLD
Mensagens
13.476
Reações
32.190
Pontos
584
Melhor e mais influente jogo de luta da história. :kkong

É incrível como o jogo ainda é divertido, mesmo após tantos anos. É tipo o super Mario world ou Zelda a link to the past. Envelheceram super bem.
 

GuybrushBR

Bam-bam-bam
GOLD
Mensagens
4.575
Reações
8.389
Pontos
303
Top. Pirei quando vi isso nos fliperamas... Não cansava de jogar. Game complexo demais para sua época, com muitos golpes, lutadores, estratégias.

Quando saiu no SNES eu vi o quanto Super o console era... Não imaginava como aquilo podia ser portado para um console e pra mim era igualzinho. Não via diferença alguma, até pq quando comprei o cartucho, nunca mais joguei nos arcades...

Pra mim o II continua sendo o melhor game de luta do universo.
 

carloshfc

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.137
Reações
19.057
Pontos
553
Entrei só pra dizer que SFII de Master System é injogavel. Simplesmente não saem os golpes. Qualquer SF pirata de NES consegue ser melhor, talvez não tão bonito, mas pelo menos jogáveis.

De resto a franquia em si já tinha feito 30 anos, baseado na data de lançamento do SF 1, tanto que saiu a coletânea para PS4, Xone e Switch. Apenas reciclaram a matéria cortando coisas do SF3 e do SF1.

Hoje em dia é tenso jogar online de SFII porque é um game que a galera ja conhece todos os glitches e ficou desbalanceado demais. Fora a preguiça da Capcom de corrigir essa IA da Super Turbo. Se bem que acho que naquela HD Remake arrumaram. Não lembro ao certo.

Acho que não envelheceu bem de forma geral. Hoje, prefiro jogar SFIII dessas mais antigas.

Enviado de meu SM-G9650 usando o Tapatalk
 


Mensagens
525
Reações
958
Pontos
128
Meu pai me levava para jogar fliperama, eu praticamente só jogava Final Fight. Um dia de sabado fomos lá jogar, tinha um amontoado de gente em volta de uma maquina, eu uma criança curiosa me enfiei no meio do tumulto, era a maquina nova, Street Fighter II, fiquei marcado nesse dia, tanto que é o jogo que jogo até hoje
Eu ia tanto jogar que meu pai na época me deu um Snes com Street Fighter para não precisar ficar indo nos fliperamas, sorte minha que logo depois ele me deu a fita do Final Fight, bons tempos
 

maurosapo

Bam-bam-bam
Mensagens
4.198
Reações
5.897
Pontos
329
8. Primeira aparição de Akuma

Na primeira versão americana de SFII, um erro de tradução acabou se transformando em uma das lendas mais famosas dos games. Ao vencer com Ryu, aparecia na tela: "você deve derrotar Sheng Long para ter uma chance”. Uma revista da época aproveitou para criar uma pegadinha, anunciando que o tal “Sheng Long” era o mestre do lutador japonês.
Akuma é considerado um dos chefes mais "apelões" da franquia — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues

Akuma é considerado um dos chefes mais "apelões" da franquia — Foto: Reprodução/ Clercio Rodrigues

Na verdade, “Sheng Long” era apenas o golpe especial “Shoryuken” escrito errado, mas o rumor acabou inspirando a criação do personagem Akuma – que apareceu pela primeira vez em Super SF II Turbo. Para lutar contra o chefe secreto, o jogador deve chegar ao final do jogo sem perder nenhuma partida e alcançar uma pontuação alta.
Maldita EGM, trolou todo mundo num primeiro de Abril :klol
Tenho essa revista ate hoje pra alimentar minha fúria.
169417
 

Superd7br

Bam-bam-bam
Mensagens
4.583
Reações
6.391
Pontos
303
A primeira vez que eu ouvi falar de SF2 foi numa edição da Veja Rio em 1992 que na época tinha uma seção de videogames e locadoras. Lembro-me que eles faziam um maior estardalhaço com o “brasileiro” Blanka e a dancinha da vitória do Zangief com o Gorbachev.
Mas demorou pra eu jogar esse , viu: uma vez meu irmão voltou todo empolgado de uma festa no playground onde tinham alugado uma máquina de Street Fighter e ele tinha se amarrado no Blanka por causa das mordidas . Só teria contato com esse jogo no verão seguinte (1994) quando Street Fighter já dividia espaço com Mortal Kombat nos arcades brasileiros.
Depois que os animes de Street Fighter passaram no Brasil fiquei mais antenado com a franquia. Quando comecei a emular no PC, o Street Fighter Turbo do Mega Drive foi um dos jogos que eu mais joguei.
 

BispoSnake

Bam-bam-bam
Mensagens
2.725
Reações
4.064
Pontos
304
Lembro que lá pelos anos 90, eu achava o máximo jogar Final Fight num buteco perto de casa, mas estava sempre cheio de gente.

Até um belo dia em que Final Fight estava disponível, e o dobro de gente se juntava em outro arcade novo logo ao lado. Quando eu consegui chegar perto, era a primeira vez que via personagens grandes na tela, se estapeando em lutas 1x1, dando golpes especiais, uma doidera só.

Daí pra frente, o resto é história.
 

Takayuki Yagami

Bam-bam-bam
Mensagens
7.669
Reações
15.557
Pontos
353
Eu alugava pra Super Nintendo no mesmo lugar onde a gente alugava filmes. Bons tempos.
Mas isso foi mais ou menos em 2000 ou 2001. As coisas sempre demoraram pra chegar onde Judas perdeu as botas.
 

itesch

Bam-bam-bam
VIP
GOLD
Mensagens
3.809
Reações
6.443
Pontos
303

Pockett

Miku Fanboy
GOLD
Mensagens
10.712
Reações
27.320
Pontos
553
bom jogo
lembro que quando era criança cheguei a ter pesadelos por causa da foto do vega quando vc perde com ele
 

Red Baron

O Barão Vermelho
VIP
Mensagens
12.109
Reações
24.159
Pontos
553
Melhor e mais influente jogo de luta da história. :kkong

É incrível como o jogo ainda é divertido, mesmo após tantos anos. É tipo o super Mario world ou Zelda a link to the past. Envelheceram super bem.
SF2 clássico até hoje é ótimo de se jogar a jogabilidade não envelheceu mal.
Na verdade os comandos e jogabilidade são referencia, copiado e virou padrão do genero para jogos de luta, é um divisor de águas.
 

O Rei Rubro

RIP AND TEAR
GOLD
Mensagens
23.210
Reações
42.407
Pontos
589
Boa época que eu trampava de office boy e todo dia passava no KK-PLAY para tirar contras com os cheira cola, outros “boys” e curiosos em geral.

o fliperama lotava...teve uma vez que eu perdi completamente a hora e quando fui me dar conta já era 7 da noite e meu placar era de 89 vitórias consecutivas.

good old times.
 

Lagarto Distraído

Bam-bam-bam
Mensagens
4.530
Reações
8.832
Pontos
303
Rapaz, tem certeza? Joguei umas 2 mil horas de SFIV e nunca vi essa frase.
Deve ser uma daquelas frases de vitoria neutras, que vc pode escolher e que não está relacionada a nenhum oponente que vencer. No 5 tem isso tbm.
Vou ver se acho uma relação de quotes pra comprovar.
Mas as melhores citações estão em SFvsTekken, algumas são muito engraçadas
 

maurosapo

Bam-bam-bam
Mensagens
4.198
Reações
5.897
Pontos
329
Deve ser uma daquelas frases de vitoria neutras, que vc pode escolher e que não está relacionada a nenhum oponente que vencer. No 5 tem isso tbm.
Vou ver se acho uma relação de quotes pra comprovar.
Mas as melhores citações estão em SFvsTekken, algumas são muito engraçadas
Sim, verdade, tambem presto atenção nestes detalhes, achei uma lista de quotes do Gouken
 

Lagarto Distraído

Bam-bam-bam
Mensagens
4.530
Reações
8.832
Pontos
303
Sim, verdade, tambem presto atenção nestes detalhes, achei uma lista de quotes do Gouken
Não encontrei nessa relação.
Será que me confundi e era no x Tekken?
Tem o Gouken nesse jogo?
 

helllll

Bam-bam-bam
Mensagens
3.828
Reações
1.192
Pontos
264
Velhos, no auge desse jogo um amigo tinha super nintendo e comprou no lançamento; pensa nuns 10 moleques na sala, quem perdia passava o controle! Quem conseguia fazer a roda era aclamado hahahaha

put* que pariu, que nostalgia boa bateu agora!
 

Flavio Branford

NERF THIS
VIP
GOLD
Mensagens
17.736
Reações
16.047
Pontos
714
Tive a honra de jogar nos Arcades em 1991, eu já frequentava e jogava bastante Final Fight, quando SF2 World Warrior chegou por aqui foi uma febre, a gente tinha q esperar a vez para jogar versus e dificilmente a gente conseguia jogar uma partida inteira sem entrar alguém para jogar contra.....bons tempos!
O primeiro personagem q joguei foi o Guile mas logo depois comecei a jogar com o Ken, acho q só fui parar de jogar muito nos Arcades quando saiu no SNES., era sonho de consumo ter SF2 em casa.
 

EvilMonkey

Bam-bam-bam
Mensagens
9.388
Reações
10.251
Pontos
389
Quem jogou na época sabe o quanto esse jogo foi popular. Enchia de gente para jogar depois da escola. Febre total que nunca vi igual.
 

cavallier

Bam-bam-bam
Mensagens
1.455
Reações
3.297
Pontos
334
Versão de Master System

O jogo de luta foi portado até para o Master System. A versão que chegou ao console de 8 bits foi feita pela empresa brasileira Tectoy – que começou a programar sem o apoio da Sega, mas conseguiu a aprovação da Capcom e lançou o jogo em 1997. O projeto sofreu com as limitações do videogame antigo, mas conseguiu manter o charme de Street Fighter II.

Link
PUTAMERDA, FILHO. AI NÃO.
 
Topo