O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Spoiler [TLOUS PT II - Tópico oficial dos spoilers] TLOUS PT II tem spoilers insanos vazados por falta de pagamento e crunch excessivo aos funcionários.

Kamui Senketsu

Bam-bam-bam
Mensagens
2.327
Reações
8.611
Pontos
303
Vc vai mesmo comparar um filme pipocão de 1980 feito pro público juvenil, com uma obra recheada de temas adultos e que desde o começo se leva muito a sério?
Estou comparando as reações a situações bem similares de roteiros
Aí vai do cara entender se a reação e argumentação que usam para o jogo realmente faz sentido ou é em grande parte histeria só para falar mal porque o personagem favorito morreu
Outro ponto é que se tiver um TLOU 3 esse 2 vai ser uma ótima transição
Porque ele aumenta o maximo LOW dos personagens e o aumenta os High Stakes para o roteiro do 3, a segunda derrota é sempre pior então as coisas vão importar mais no terceiro

Quando citei a questão da vingança em Munique, marmanjo também passou batido para não admitir que no jogo ocorre de maneira bem similar a um caso real
 
Ultima Edição:


Cantalupo

Ser evoluído
Mensagens
76
Reações
95
Pontos
28
Não quis dizer isso sobre Old Boy, na realidade, é um filme que eu gosto. Mas o que eu quis dizer, é que incluso Old Boy, vários filmes já trataram do tema da vingança. Então em 2020, o é possível agregar e fazer de diferente quanto muito já foi feito?

E vingança pode ser em muitas vezes apenas uma distração. Em Era uma vez no Oeste é a trama, mas em meio a ela, o filme trata da nova ordem política que se coloca, pautada muito mais em interesses econômicos do que na cordialidade pessoal entre os humanos e a honra. Mas olha só, é um filme do final dos anos 60, antigo pra caramba. Isso mostra o quanto o tema é velho.

E quando mencionei John Wick, não é porque quero compará-lo a Old Boy, a Kill Bill, ou qualquer coisa assim. Mas assim como em Era uma vez no Oeste a vingança tá lá apenas para mover a narrativa, John Wick é um filme ciente de que vingança é ruim, que não há de nobre nela, mas que a despeito disso, é um recurso valioso para fazer um bom filme de ação. Não há nada de nobre no que John Wick faz, mas isso não é problema, porque é um filme cuja história não é para ser levada a sério.

Acho que é esse o desentendimento do Neil Druckmann. Ele acha que nós assistimos John Wick e enobrecemos a vingança. Ele acha que somos estúpidos, que levamos a sério a história do filme, que achamos que o personagem principal é foda porque vingou a morte de seu cachorro. Não é porque alguém achou John Wick divertido que passou a ser alguém completamente idiota sobre o tema.

Em tempo, um filme recente que tratou bem esse tema foi Sicario.
HUm, te entendi agora. Era uma vez no oeste é foda pra c***lho. Ok, concordo contigo que é muito difícil trazer algo novo ao tema, vide o Conde de monte cristo que é de 1844 e já é uma obra fantástica nesse tema. Mas, eu acho que não ter como fazer algo completamente novo, não é uma desculpa para entregar algo ruim. ( Eu sei que não é o que vc quiz dizer mas, estou dizendo só para a gente se entender bem.) Mesmo que seja uma formula de história antiga, existem várias maneiras de entregar histórias que dão uma sensação de novo ao tema. Um certo nuance que a mistura entre tema e execução pode proporcionar e dái vem as obras originais sobre o tema. Acho que essa sua observação sobre JOnh Wick e o que o Duckman pensa sobre é muito boa e provavelmente é verdade.

Ps: Foi mal, por qualquer mal entendido, eu já reparei que esse tópico tá cheio de babacas xingando os outros por gostarem ou por não gostarem do jogo. Gente que escreve coisas do tipo: Se gostou do jogo é lacrador, se não gostou é incel-machista. Ou ainda: Pagando de velhão que jogou sei lá o q e comparando com outra coisa completamente sem nexo(um toscão mesmo comparou o Imperio Contra-ataca com TLOUS2).Não estou falando dos memes, sim do pessoal que discute com má fé. O bom é que eu reparei que geralmente ninguém nem dá atenção a esses toscos(bom desse tópico é eu novo no forum já vou mandar altos ignore aqui).
Não vi Sicario ainda. Vc recomenda?
 

Toguro Games

Bam-bam-bam
Mensagens
2.265
Reações
4.848
Pontos
299
CHO - CAN - TE!!!

Mesmo com a campanha exaustiva de grupos incel para rebaixar as notas de TLOU2 no Metacritic, com os jogadores finalizando a história e postando suas notas, a média só vem subindo!

Quando o ataque incel começou a média do jogo era 3, de lá pra cá vem subindo constantemente .1 ao dia. Ontem estava em 4.8, hoje chegou em 4.9!!!

E reforçando seu recorde absoluto, hoje temos 43 mil reviews positivos, a maior quantidade de toda a história do MC!

Abraço a todos
 

Shibito

Veterano
Mensagens
550
Reações
733
Pontos
149
Ellie é a pior personagem pra falar a verdade. Simpatizei mais com a Abby nesse jogo. E vamos ser imparciais aqui, botando na balança, quem mais merecia morrer nessa história de fato era o Joel. Achei foi pouco.

Mas enfim, resumindo a história:



Chespirito >>>> Neil Cuckman
 

Trezoitao38

Bam-bam-bam
Mensagens
10.796
Reações
8.630
Pontos
424
HUm, te entendi agora. Era uma vez no oeste é foda pra c***lho. Ok, concordo contigo que é muito difícil trazer algo novo ao tema, vide o Conde de monte cristo que é de 1844 e já é uma obra fantástica nesse tema. Mas, eu acho que não ter como fazer algo completamente novo, não é uma desculpa para entregar algo ruim. ( Eu sei que não é o que vc quiz dizer mas, estou dizendo só para a gente se entender bem.) Mesmo que seja uma formula de história antiga, existem várias maneiras de entregar histórias que dão uma sensação de novo ao tema. Um certo nuance que a mistura entre tema e execução pode proporcionar e dái vem as obras originais sobre o tema. Acho que essa sua observação sobre JOnh Wick e o que o Duckman pensa sobre é muito boa e provavelmente é verdade.

Ps: Foi mal, por qualquer mal entendido, eu já reparei que esse tópico tá cheio de babacas xingando os outros por gostarem ou por não gostarem do jogo. Gente que escreve coisas do tipo: Se gostou do jogo é lacrador, se não gostou é incel-machista. Ou ainda: Pagando de velhão que jogou sei lá o q e comparando com outra coisa completamente sem nexo(um toscão mesmo comparou o Imperio Contra-ataca com TLOUS2).Não estou falando dos memes, sim do pessoal que discute com má fé. O bom é que eu reparei que geralmente ninguém nem dá atenção a esses toscos(bom desse tópico é eu novo no forum já vou mandar altos ignore aqui).
Não vi Sicario ainda. Vc recomenda?
Sem problemas. Eu coloquei mal minhas palavras lá acima.

Também não vejo problema de reutilizar o tema. O problema é reutilizá-lo acreditando ter um ar de novidade fazendo coisa velha. Chega a ser desonesto.

Existem dois filmes Sicario. Um é continuação do outro, não vá se confundir e assistir o segundo depois do primeiro. O primeiro foi dirigido por Dennis Villeneuve, o mesmo diretor de Blade Runner 2049. Recomendo demais.
 


bushi_snake

Bam-bam-bam
Mensagens
9.571
Reações
5.542
Pontos
469
Marlene pro pai da Abby:

"Se fosse sua filha você faria?"
"err... *sem resposta"

Então ele está na mesma moeda que o Joel.
Se criasse uma filha pra Marlene ali ai sim a vingança contra o Joel teria muito mais peso.
 
Ultima Edição:

Bloodstained

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.118
Reações
82.130
Pontos
553
Não? Como assim não??? o primeiro de todos ela já diz "I gona kill everyone last of them".


E outra...o que mais me incomoda...e que usei a analogia cômica do "comando para matar" e do "como eu era antes de você" é que o primeiro jogo te faz terminar feliz consigo mesmo. Ele te dá um dilema moral para refletir no ultimo momento...mas mesmo não sendo um pai...você pensa "isso faz sentido...eu teria feito isso".

É intrínseco do homem proteger a sua prole. Está no instinto. No fim das contas...você pode não se orgulhar de tudo pelo que passou...mas você não se odeia.

Em TLOU2...você termina o jogo insatisfeito com você. Pensando "tudo isso pra quê? joguei tudo fora para não ter coragem nem de finalizar?” Eu estraguei a minha vida e a vida de todo mundo a minha volta para nada?” Além da vergonha de toda a estrada, com momentos que beiram a escatologia de tanto mal gosto...você não é poupado nem no último minuto do sentimento de ser um perdedor. Eu não engulo esse desejo masoquista dese jogo.

Eu jogo para vencer. Eu jogo para me divertir. Não para me sentir um boxta. Não para me arrepender das minhas decisões. Isso não é diversão.

Não engulo isso não. O motivo principal de todos os jogos, a qual é a vitória...como que um jogo não te garante isso? Isso não existe.
Player no final de TLOU: "Velho, queria poder apagar esse jogo da minha memória, só para jogá-lo pela primeira vez novamente..."
Player no final da Part II: "Velho, queria poder apagar esse jogo da minha memória... e também da existência." :klol
 
Ultima Edição:

Shibito

Veterano
Mensagens
550
Reações
733
Pontos
149
Marlene pro pai da Abby:

"Se fosse sua filha você faria?"
"err... *sem resposta"

Então ele está na mesma moeda que o Joel.
Se criasse uma filha pra Marlene ali ai sim a vingança contra o Joel teria muito mais peso.
O cara não matou 2/3 dos vagalumes, inclusive destruindo (ou quase) a organização, executando a única pessoa que poderia produzir uma cura, pra salvar uma menina que ele conhece há alguns meses. Então, não, eles não estão na mesma moeda.

Além disso, a pergunta não foi respondida. O dilema moral de sacrificar a própria filha - que você criou, dando amor e carinho desde o nascimento - pra salvar a humanidade tem muito mais peso aqui. Não há comparação. Vale lembrar que, assim como Abby disse ao pai que "se sacrificaria pela cura", Ellie também se sacrificaria, e também condenou o Joel pela sua escolha.

Você pode dizer que faria o mesmo na pele do Joel, mas isso não diminui a culpa e as consequências dos seus atos.

Esse jogo traz algumas reflexões interessantes. As suas escolhas erradas, por mais justificáveis que pareçam a você, podem gerar consequências terríveis. A mensagem final do jogo é basicamente essa.
 

Seladonia

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
39.764
Reações
67.605
Pontos
849
Joel morrer não é problema.
A vingança dar em nada tambem não é um problema.

O TLOU2 em si que é o problema, pessoal tenta apontar outros motivos como o "real problema" mas a verdade é que esse jogo ta com história num nivel tão ruim quanto o Beyond: Two Souls.

Bater nessa tecla que o erro foi "matar o Joel" é inocência demais, só desvia o foco do problema e deslegitima as críticas.


E que tal um filme sobre vingança com quebra de expectativa mas bem feito.

Visualizar anexo 127175
Esse filme é sensacional.
Falar a verdade todos filmes que vi do Park Chan-Wook foram no mínimo "ótimos".
Tem filme que gostei menos, mas nenhum que vi da pra chamar de ruim.

Oldboy faz parte de 3 filmes que ele fez sobre o tema vingança, tem um outro que acho até melhor (e que foi o primeiro dessa "trilogia") que é esse aqui:



sympathy for mr. vengeance
Filme pesadíssimo sobre os efeitos colaterais de uma vingança.
 

Kadaaj

Supra-sumo
Mensagens
484
Reações
1.451
Pontos
168
Ellie é a pior personagem pra falar a verdade. Simpatizei mais com a Abby nesse jogo. E vamos ser imparciais aqui, botando na balança, quem mais merecia morrer nessa história de fato era o Joel. Achei foi pouco.

Mas enfim, resumindo a história:



Chespirito >>>> Neil Cuckman
Tbm sou #TeamAbby até a morte
 

Drew Brees

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.581
Reações
19.613
Pontos
639
CHO - CAN - TE!!!

Mesmo com a campanha exaustiva de grupos incel para rebaixar as notas de TLOU2 no Metacritic, com os jogadores finalizando a história e postando suas notas, a média só vem subindo!

Quando o ataque incel começou a média do jogo era 3, de lá pra cá vem subindo constantemente .1 ao dia. Ontem estava em 4.8, hoje chegou em 4.9!!!

E reforçando seu recorde absoluto, hoje temos 43 mil reviews positivos, a maior quantidade de toda a história do MC!

Abraço a todos
Está subindo pois não se está conseguindo escrever reviews negativas, só positivas, logo é tão artificial quanto a galera que foi la botar 0 ou 10 porque sim.
 

lucas789

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
23.857
Reações
59.810
Pontos
554
Ellie é a pior personagem pra falar a verdade. Simpatizei mais com a Abby nesse jogo. E vamos ser imparciais aqui, botando na balança, quem mais merecia morrer nessa história de fato era o Joel. Achei foi pouco.

Mas enfim, resumindo a história:



Chespirito >>>> Neil Cuckman
O jogo força muito isso, chegam a estragar a Ellie na tentativa de tornar a Abby minimamente digerivel

127244

127245


E acho interessante as pessoas ignorarem isso aqui


127248

127254

Personagem esquizofrênica, sem identidade alguma, faz o que for mais conveniente pro roteiro
 

bushi_snake

Bam-bam-bam
Mensagens
9.571
Reações
5.542
Pontos
469
Trazido de outro fórum pra cá...

"Toc Toc"
"Quem é?"
"Aqui é da Wolf"
"Que Wolf?"
"Aquela que te arregaça com um taco de golf"

Visualizar anexo 127240
Mas de rosto ela é gatinha mesmo, lol.
Alias, segundo o jogo ela levou 3 anos pra ficar grande daquele jeito... pararam o acampamento inteiro (como sobreviveu gente pacas hein) pra fazer o camp dessa garota hein... porra
 

Shibito

Veterano
Mensagens
550
Reações
733
Pontos
149
O jogo força muito isso, chegam a estragar a Ellie na tentativa de tornar a Abby minimamente digerivel

Visualizar anexo 127244

Visualizar anexo 127245


E acho interessante as pessoas ignorarem isso aqui


Visualizar anexo 127248

Visualizar anexo 127254

Personagem esquizofrênica, sem identidade alguma, faz o que for mais conveniente pro roteiro
Tem muita coisa tirada de contexto nesses memes e argumentos.

Por exemplo, Abby simplesmente não mata um coitado senil e bondoso que salvou sua vida carregando ela no colo. O "coitado" que salvou sua vida executou não só os amigos e companheiros dela, mas o pai também. Ela, assim como a Ellie, é consumida pelo ódio, pela vontade quase irracional e obsessiva de vingança.
No fim das contas, Abby é tão fundamentalmente imoral e má quanto Ellie e Joel. Não tem certo nessa história, e essa é a ideia central. Todas as escolhas erradas e impensadas têm consequências negativas, pra eles e todos ao redor.

Ah, e a Abby contou tudo ao Joel, mas a cena de tortura é cortada intencionalmente, pro jogador só descobrir o motivo na metade do jogo. Lembrando que Tommy estava desacordado durante a tortura.

É verdade que o jogo vez ou outra força a barra nesse ponto, mas aí é uma questão de direção mesmo. O Neil talvez não tenha o talento de um Park Chan-wook da vida, mas eu bato palmas pela ousadia. São raros jogos triple-A que abordam temas adultos dessa forma. Injusto criticar toda a obra por conta de uma forçada de barra aqui e ali.
 

lucas789

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
23.857
Reações
59.810
Pontos
554
Tem muita coisa tirada de contexto nesses memes e argumentos.

Por exemplo, Abby simplesmente não mata um coitado senil e bondoso que salvou sua vida carregando ela no colo. O "coitado" que salvou sua vida executou não só os amigos e companheiros dela, mas o pai também. Ela, assim como a Ellie, é consumida pelo ódio, pela vontade quase irracional e obsessiva de vingança.
No fim das contas, Abby é tão fundamentalmente imoral e má quanto Ellie e Joel. Não tem certo nessa história, e essa é a ideia central. Todas as escolhas erradas e impensadas têm consequências negativas, pra eles e todos ao redor.

Ah, e a Abby contou tudo ao Joel, mas a cena de tortura é cortada intencionalmente, pro jogador só descobrir o motivo na metade do jogo. Lembrando que Tommy estava desacordado durante a tortura.

É verdade que o jogo vez ou outra força a barra nesse ponto, mas aí é uma questão de direção mesmo. O Neil talvez não tenha o talento de um Park Chan-wook da vida, mas eu bato palmas pela ousadia. São raros jogos triple-A que abordam temas adultos dessa forma. Injusto criticar toda a obra por conta de uma forçada de barra aqui e ali.
O pai que ia matar uma garota inocente de 14 anos

O pai dela morreu por decisão dele ao tentar atacar o joel pra impedir ele de salvar a Ellie

E a Ellie se sente mal a cada pessoa chave que mata, a Abby parece sentir prazer ao torturar a Dina e nao sente remorso nenhum por nada

Nem a porra do Manny que era amigo dela ela demonstra alguma emoção dele morrer, é só um bicho feito pra matar o Joel e proteger o lev e yara
 

Shibito

Veterano
Mensagens
550
Reações
733
Pontos
149
O pai que ia matar uma garota inocente de 14 anos

O pai dela morreu por decisão dele ao tentar atacar o joel pra impedir ele de salvar a Ellie

E a Ellie se sente mal a cada pessoa chave que mata, a Abby parece sentir prazer ao torturar a Dina e nao sente remorso nenhum por nada

Nem a porra do Manny que era amigo dela ela demonstra alguma emoção dele morrer, é só um bicho feito pra matar o Joel e proteger o lev e yara
"matar uma garota inocente de 14 anos" pra salvar milhares.

Torturar Dina? Ela é atacada por ela e revida. Lembrando que a Ellie mata a companheira grávida da Abby (pra Abby foi intencional, pois ela não estava lá).
Novamente, tirado de contexto.

Só o fato da Abby e seu grupo deixarem Ellie e Tommy vivos no início já derruba esse argumento de que ela e somente ela é fundamentalmente má e imoral.

Parece que vocês jogaram outro jogo.
 

lucas789

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
23.857
Reações
59.810
Pontos
554
"matar uma garota inocente de 14 anos" pra salvar milhares.
No primeiro jogo nao tem absolutamente NADA que afirme que a cura teria 100% de chance de ser obtida, alias, é uma burrice enorme a primeira ação que você vai tomar com a pessoa imune ser matar ela

Só o fato da Abby e seu grupo deixarem Ellie e Tommy vivos no início já derruba esse argumento de que ela e somente ela é fundamentalmente má e imoral.
Pqp cara, isso é mais um furo de roteiro do que qualquer outra coisa, num mundo em que a vida nao vale nada e as pessoas matam e morrem por qualquer coisa, quem deixaria vivo duas pessoas que viram suas caras e uma delas jurando vingança e dizendo que mataria todas elas?

Se eles matassem a Ellie e o Tommy nao teria nem testemunha do que aconteceu, nao tem sentido deixar ambos vivos

Pq eles foram deixados vivos? Pq se os dois tivessem morrido nao teria história pro jogo, simples assim
 

Shibito

Veterano
Mensagens
550
Reações
733
Pontos
149
No primeiro jogo nao tem absolutamente NADA que afirme que a cura teria 100% de chance de ser obtida, alias, é uma burrice enorme a primeira ação que você vai tomar com a pessoa imune ser matar ela



Pqp cara, isso é mais um furo de roteiro do que qualquer outra coisa, num mundo em que a vida nao vale nada e as pessoas matam e morrem por qualquer coisa, quem deixaria vivo duas pessoas que viram suas caras e uma delas jurando vingança e dizendo que mataria todas elas?

Se eles matassem a Ellie e o Tommy nao teria nem testemunha do que aconteceu, nao tem sentido deixar ambos vivos

Pq eles foram deixados vivos? Pq se os dois tivessem morrido nao teria história pro jogo
Ninguém aqui é cientista ou médico, e se for pra analisar furo nos jogos a gente vai ficar discutindo até ano que vem.
A ideia central é o que importa aqui, de que a Ellie seria sacrificada pra produzirem uma possível cura.

E sobre a decisão do grupo, mesmo nesse universo é possível, visto que parte do grupo queria matar os dois e outra não. Nem todos são sociopatas. Sem contar que tiveram medo de sofrer retaliação da cidade. Não seria uma boa ideia, sendo que a WLF já estava em guerra contra os Scars/Serafitas.

Enfim, acho que tem uma galera observando só os pontos negativos e tirando tudo do contexto ao invés de prestar atenção no todo, na ideia central da trama.
 

Creature

Bam-bam-bam
Mensagens
5.882
Reações
8.407
Pontos
349
Eu fico imaginando, pensou se essa garotada já jogasse na época do PS1? Imagina eles jogando Final Fantasy Tactics, ou Breath of Fire 4? Em várias partes você joga com "vilões". Eles iam xingar muito, mas muito no Twitter.

Imagina eles jogando Final Fantasy 7? Quando um certo personagem morre provavelmente iam fazer campanha pra negativar o jogo no Metacritic.
Sim, cara.

Meu primeiro console da minha vida inteira foi o PS4, cara.
 

lucas789

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
23.857
Reações
59.810
Pontos
554
Sem contar que tiveram medo de sofrer retaliação da cidade. Não seria uma boa ideia, sendo que já estavam em guerra contra os Scars.
Cara isso nao faz nenhum sentido

Se eles nao queriam sofrer retaliação eles nao poderiam ter deixado testemunhas que viram os rostos de todos eles

Retaliação ja aconteceria por terem assassinado o Joel

A ellie literalmente grita

“Eu vou matar cada um de vocês”

Não é questão de ser sociopata, é um mundo que mata por nada, a propria WLF nao se importa em matar pessoas, nao faz sentido deixar uma pessoa que ta jurando que vai te encontrar e te matar viva
 

Shibito

Veterano
Mensagens
550
Reações
733
Pontos
149
Cara isso nao faz nenhum sentido

Se eles nao queriam sofrer retaliação eles nao poderiam ter deixado testemunhas que viram os rostos de todos eles

Retaliação ja aconteceria por terem assassinado o Joel

A ellie literalmente grita

“Eu vou matar cada um de vocês”

Não é questão de ser sociopata, é um mundo que mata por nada, a propria WLF nao se importa em matar pessoas, nao faz sentido deixar uma pessoa que ta jurando que vai te encontrar e te matar viva
Você está se atendo a detalhes em vez do ponto central, mas vamos lá discutir a decisão de cada personagem.

Nem todos da WLF não se importam em matar pessoas. Owen é um exemplo.
E por mais que a Abby fosse o motor do grupo nessa missão, nem todos concordavam com ela.
O próprio Owen ficou em cima do muro e teve receio de sofrer retaliação, e ele deixa claro no início, "não sabemos quem são essas pessoas, qual a força deles" etc.

Enfim, a gente pode ficar até 2050 discutindo furos, decisões estúpidas,forçação de barra etc...

Pela ousadia e ideia da trama eu bato palmas.
 

-Saint-

Supra-sumo
Mensagens
565
Reações
1.011
Pontos
168
"matar uma garota inocente de 14 anos" pra salvar milhares.

Torturar Dina? Ela é atacada por ela e revida. Lembrando que a Ellie mata a companheira grávida da Abby (pra Abby foi intencional, pois ela não estava lá).
Novamente, tirado de contexto.

Só o fato da Abby e seu grupo deixarem Ellie e Tommy vivos no início já derruba esse argumento de que ela e somente ela é fundamentalmente má e imoral.

Parece que vocês jogaram outro jogo.
Você está se atendo a detalhes em vez do ponto central, mas vamos lá discutir a decisão de cada personagem.

Nem todos da WLF não se importam em matar pessoas. Owen é um exemplo.
E por mais que a Abby fosse o motor do grupo nessa missão, nem todos concordavam com ela.
O próprio Owen ficou em cima do muro e teve receio de sofrer retaliação, e ele deixa claro no início, "não sabemos quem são essas pessoas, qual a força deles" etc.

Enfim, a gente pode ficar até 2050 discutindo furos, decisões estúpidas,forçação de barra etc...

Pela ousadia e ideia da trama eu bato palmas.
A galera não quer aceitar a verdade, a Abby poupou a vida da Ellie 2 vezes....

No final se recusa a lutar com ela, a real é que a Abby nunca teve nada contra ela!

Outra que a Abby é muito bem construida, gostei dela pakas, mas essa discussão não vai a lugar nenhum, a galera desdobrando a conversa em 180 graus de cinco em cinco minutos achando que vai provar algo!

No final é como um user falou no T.O do jogo, é uma briga entre quem jogou e quem ficou de picuinha...
 

raonipedro

Bam-bam-bam
Mensagens
5.030
Reações
1.996
Pontos
319
Tem muita coisa tirada de contexto nesses memes e argumentos.

Por exemplo, Abby simplesmente não mata um coitado senil e bondoso que salvou sua vida carregando ela no colo. O "coitado" que salvou sua vida executou não só os amigos e companheiros dela, mas o pai também. Ela, assim como a Ellie, é consumida pelo ódio, pela vontade quase irracional e obsessiva de vingança.
No fim das contas, Abby é tão fundamentalmente imoral e má quanto Ellie e Joel. Não tem certo nessa história, e essa é a ideia central. Todas as escolhas erradas e impensadas têm consequências negativas, pra eles e todos ao redor.

Ah, e a Abby contou tudo ao Joel, mas a cena de tortura é cortada intencionalmente, pro jogador só descobrir o motivo na metade do jogo. Lembrando que Tommy estava desacordado durante a tortura.

É verdade que o jogo vez ou outra força a barra nesse ponto, mas aí é uma questão de direção mesmo. O Neil talvez não tenha o talento de um Park Chan-wook da vida, mas eu bato palmas pela ousadia. São raros jogos triple-A que abordam temas adultos dessa forma. Injusto criticar toda a obra por conta de uma forçada de barra aqui e ali.
Perfeito.

Ouso dizer que esse jogo ou voce gosta ou voce não entendeu.

Zero papo de lgbt, branco, supremacia bla bla bla é a vida real onde ponto de vistas e motivações ajudam a criar narrativas.

Um baita jogo para fechar a geração.

Enviado de meu SM-G975F usando o Tapatalk
 

Megalith

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.907
Reações
14.627
Pontos
564
Um amigo veio debater comigo defendendo esse jogo, bem, ai respeitei a opinião dele, simplesmente eu disse que não ia jogar, mas do jeito que ele está empolgado eu disse a ele que vai amar. Ai ele odeia Shadow of The Colossus, falando que o personagem principal confiou demais no Dormin pra continuar a jornada, que achou isso muito sem lógica, que não deveria confiar em um ser estranho, ai falei pra ele:

Joel fez a mesma coisa.

 
Ultima Edição:

-Saint-

Supra-sumo
Mensagens
565
Reações
1.011
Pontos
168
Está subindo pois não se está conseguindo escrever reviews negativas, só positivas, logo é tão artificial quanto a galera que foi la botar 0 ou 10 porque sim.
Isso é falso, ainda estão escrevendo e dando zero normalmente!

As reviews apagadas são as com ofensa/réplicas.
 

Bloodstained

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.118
Reações
82.130
Pontos
553
Pelo visto é preciso ter nível superior para criticar o roteiro desse jogo. Bom... dá-se um jeito. Fiquem com a detalhada análise feita por advogado corporativo americano logo abaixo:


Na minha opinião, não é preciso ter nível superior para criticar: basta ter um mínimo de bom senso. :kclassic
 

Havokdan

Bam-bam-bam
Mensagens
6.280
Reações
5.497
Pontos
364
Para falar mal ou bem não precisa nem de motivo, já que é subjetivo para qualquer um, jogar, não jogar, comprar, não comprar, agora afirmar que quem gostou é x e que não gostou é y, como se fosse uma verdade universal, ai é foda, agora me espanta e esse não é o primeiro caso, de gente que não comprou, jogou, gostou de um game ficar reiteradamente voltado ao tópico para repetir as mesmas coisas, ao invés de perder tempo com algo que detesta, deveria se dedicar ao que gosta ou gostou, já falou o que acha, então segue com a vida, senão vai ficar num loop infinito.
 
Topo