O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Sega Saturn em nossas vidas

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.029
Reações
12.442
Pontos
459
Acompanhe e participe dos outro tópicos da saga:
Nós e as revistas de videogame
Como é ter um Neo Geo AES em sua vida?
Nintendo 64: 22 anos de vida
XBOX Clássico em nossas vidas
Dreamcast: Por 18 anos em nossas vidas
Sega Saturn em nossas vidas
Como era ter um PC em nossas vidas nos anos 90 e início de 2000?
Como foi seu primeiro contato com videogames? E qual o seu primeiro console?
As coleções em nossas vidas
Street Fighter II em nossas vidas
The King of Fighters em nossas vidas
Mortal Kombat em nossas vidas
Tekken em nossas vidas
Bomberman em nossas vidas
[SHMUP Official] SHMUPs em nossas vidas
Os jogos de corrida de nossas vidas
Jogos de inverno para o verão

Tardei mas não falhei, aqui vai mais um tópico para relembrarmos, celebrarmos e discutirmos um videogame que acabou passando despercebido por muita gente, tantos que como a @Asha citou em outro tópico sequer sabem que ele existiu, digo isso inclusive me referindo aos jogadores assíduos que se denominam hardcore mas nunca presenciaram a onipotência de um Saturn, videogame que depois de décadas ainda permanece com vastas restrições quanto a sua complicada emulação, o que fez com eu me apressasse a obter um quando reiniciei minha coleção.

Meu primeiro Satrun ganhei no natal de 1995, não éramos ricos mas o meu pai ganhava uns 300R$, quando o salário era uns 65R$ e só na compra do mês ia uns 30R$, pois para quem não sabe o aparelho custava os olhos da cara para a época, compramos por uns 500R$ nas Lojas Americanas, graças ao parente que emprestou cheques para pagarmos parcelado, até que saiu em conta pelo dólar não estar tão em alta, mesmo assim muitos lugares vendiam ele por muito mais que isso, sendo o mais caro que lembro chegando aos 800R$.


Mantenho dois consoles, um está instalado com o cartucho 4 in 1 espetado, não consegui tirar foto dele por estar muito escuro nos seu canto. Este que mantenho guardado é destravado mas não funciona a entrada para cartucho, o outro é chaveado e está em pleno funcionamento. Ambos são pretos mas sempre quis ter um branco.

O fascínio pelo console surgiu no meu pequeno e talvez único grupo de amigos na escola, três crianças apaixonadas por videogames mas com uma forte veia seguista, foi com eles que comecei a timidamente frequentar fliperamas, até se transformar no vício que felizmente consumiu quase 10 anos da minha vida, junto com os cinemas que meus pais trabalhavam, duas das minhas grandes razões de existir. Possuíamos o Mega Drive e fomos muito felizes com ele, quando começaram as notícias do Saturnão não havia dúvidas, ainda cheguei a ter o SNES antes mas em nossa mente estava claro, quando este videogame saísse nós teríamos ele.

A influência de muitos para o gosto pelo Saturn era óbvio para quem frequentava fliperamas, jogar Virtua Cop, Sega Rally, Daytona USA, Virtua Fighter, entre tantas outras promessas em casa e outras que ficaram apenas em nossos sonhos como a versão fiel as máquinas de Golden Axe, Spider-Man, Scud Racer, Indy 500 e um novo Streets of Rage, eram motivos mais que suficientes. A coisa só melhorou conforme o apoio da nossa amada Capcom, sonhávamos também com videogame dela, mente fértil de crianças mimadas, porém, muito felizes com o que tinham, tão felizes que mesmo com o suporte muito inferior ao recebido pelo Playstation não sentimos necessidade de ter o videogame da Sony.


Quase todos os meus jogos são japoneses por motivos óbvios, são muito mais baratos e acessíveis, acho lindas as longbox mas não acho que valem tanto aos ponto de comprometer outras aquisições, considerando que estou mais para pobre que para rico, até porque em muitos casos o idioma não é uma barreira tão espessa, destes que possuo acho que o único complicado de jogar desta maneira é o Dragon's Force por exemplo. Esta imposição até ajudou a decorar alguns ideogramas das aulas de japonês.

Apesar de estarmos satisfeitos as locadoras não pensavam o mesmo e era difícil encontrar jogos para alugar, sorte que existia a Progames, melhor que isso! Sorte os donos desta rede serem todos japoneses por aqui, eles alugavam e ensinavam como rodar jogos japoneses nos videogames, alugando apetrechos ou destravando, assim a acessibilidade ficava brutalmente maior, considerando que vários clássicos ficavam restritos ao Japão naquela época, especialmente com relação ao Saturn que se saiu muito bem por aquelas bandas.

Hoje muitos colecionam e guardam com carinho as memórias daquilo que vivenciaram com o Saturnão, outros deles que também passaram a geração Playstation sem um Playstation, conteúdo e histórias que podem encontrar pela internet, especialmente pelo youtube com canais dedicados a ele, é um bom videogame para quem pretende se aventurar nesse meio de colecionismo, desde que não tenha restrições quanto a língua ou se importe apenas em pegar os clássicos, porque se for apenas de clássicos americanos aí pode se preparar para pagar pequenas fortunas.

E bem, acho que é isso por enquanto, é tanto para dizer mas o tempo passa e quando vejo já escrevi um monte, portanto, agora é com vocês, eternizem seus momentos, enquanto a outerspace existir, não somente em nossos corações.
 
Ultima Edição:


DreamCuPS

Bam-bam-bam
Mensagens
1.192
Reações
1.868
Pontos
203
O Sega Saturn marcou uma época em minha vida, pelo final dos anos 90, quando um amigo próximo obteve um, e passávamos tardes fazendo rachas nos jogos da série Kof. Eu mal tinha ouvido falar do console até então, só tinha visto algumas resenhas de jogos na Super Gamepower, e não fazia ideia sobre sua biblioteca. Depois de não muito tempo, esse meu amigo se desfez do console, e nunca mais joguei num Saturn de verdade desde então. Foi a maior porta de entrada pra jogos da Snk que tive, além dos Kof, também cheguei a jogar coisas como Metal Slug primeiro no Saturn. Acho que foi um grande console, tão bom quanto seu sucessor, o Dreamcast, e contribuiu muito bem para uma das melhores gerações de video game.

Nunca tive meu próprio Saturn, mas felizmente, estou conseguindo quebrar o galho emulando ele, e embora sua biblioteca não seja tão grande quanto a de outros consoles dos anos 90, ele abriu espaço para jogos emblemáticos do período (alguns dos quais eram exclusivos, ou só tinham pra arcade, além dele). Um desses jogos é considerado por muitos, incluindo eu, como o maior shmup já criado, e acho que permanece como um dos títulos mais impressionantes do console:



Embora a Sega pudesse ter sido um pouco mais presente com exclusivos (a ausência de jogos do Sonic e Streets of Rage foi muito sentida), o Saturn conseguiu mesmo assim oferecer bons jogos em praticamente todos os gêneros, com uma boa ênfase em ação e luta. Pra ser completo, só faltou mesmo nossa querida Sega ter lançado continuações dos jogos que já havia consagrado no Mega Drive. De qualquer forma, é notável perceber como, apesar da trajetória do Saturn ter sido bastante prejudicada nos Eua, isso não impediu que ele tivesse um número significativo de jogos, com apoio de muitas das grandes produtoras da época.

E @Grose , achei seu post emocionante. Você espelhou nele muitas experiências que eu mesmo (e provavelmente muitos outros) viveram na época, como a emoção de imaginar a Capcom lançando seu próprio console...
 
Ultima Edição:

Marlon.Sega

Veterano
Mensagens
449
Reações
949
Pontos
128
Putz...que maneiro. Ai está um console que adoro (tenho o meu firme e forte até hoje).
Por incrível que pareça, joguei mais Saturn nos anos 90 do que o próprio PlayStation. Comprei o Saturn em 1997 é só fui comprar um PlayStation em 2002 (na época eu já tinha o Dreamcast inclusive).
Provavelmente o Saturn seja o console que eu mais joguei na fase da transição entre adolescente/adulto.
Tenho os cart de ram, e adorava fazer os rachas nos jogos de luta da SNK e Capcom. Eram adaptações quase perfeitas do arcade e isso era incrível, pois como nunca tive Neo Geo, ter o Saturn me trazia pela primeira vez o sentimento de ter um arcade em casa. E se para os dias de hoje isso pode soar sem importância, nos anos 90 era o apice.
Além das (ótimas) conversões de arcade, joguei/jogo demais Nights, Dragon Force e a trilogia Panzer Dragoon.
Acho que vale a pena demais ter um Saturn mesmo nos dias de hoje, nem que seja para gastar algumas horas em Dragon Force e Panzer dragoon Saga...duas obras primas esquecidas da indústria.
 

Asha

Bam-bam-bam
Mensagens
1.903
Reações
5.743
Pontos
303
Ótima história, Grose! Infelizmente, não tenho muito para comentar sobre a época de ouro dele, pois, como mencionei anteriormente, na minha região ou você tinha Playstation ou Nintendo 64. Seja na locadora, na feirinha ou nas lojas, só davam os dois e o Saturn era praticamente uma lenda urbana. Se não fosse a internet, o PS2 com seus ports e coletâneas (Sega Ages 2500 e só amor:kpaixao), versões para PC e emulação, acho que continuaria sabendo muito pouco sobre seus jogos.

No entanto, posso comentar as minhas impressões como uma feliz dona de um muitos anos após seu lançamento. Vi uma ótima oferta no ML oferecendo ele, dois controles, 2 jogos originais+uma enxurrada de paralelos, 1 Action Replay e resolvi comprar para a minha coleção Sega há um tempo atrás:

(Ele fica na parte inferior desse móvel por ser mais "espaçoso" que o PS1. E um Saturn americano preto.:kbeca)​

A biblioteca do console fica devendo em alguns gêneros (senti bastante falta de mais platformers exclusivos, por exemplo. Algo que os rivais tem aos montes), mas os games Sega e não-Sega são demais e ele e praticamente o "Arcade em Casa" da quinta geração. Tirando algumas pouquíssimas decepções, os ports de fliperama que joguei estavam maravilhosos. Jogar uma partida de Vampire Savior com o controle japonês do Saturn e sensacional.

Também há bastante coisa interessante que ficou apenas no Japão. Existem muitos RPGs e Adventures/Visual Novels que gostaria de ver traduzidos, principalmente o Tengai Makyo IV que se parece muito com o meu querido Earthbound.:kpaixao
 

Marlon.Sega

Veterano
Mensagens
449
Reações
949
Pontos
128
Meu top 20 Sega Saturn sem ordem de preferência:
Panzer dragoon
Panzer dragoon zwei
Panzer dragoon Saga
Dragon Force
Nights: Into dreams...
Radiant Silvergun
Guardian Heroes
Burning Rangers
Shining Force III -scenario 1
Street Fighter Alpha III
Vampire Savior
Sega Rally
Virtua Fighter II
Virtua Cop 2
The king of Fighters '97
Daytona USA C.E.
Mr. Bones
Silhouette Mirage
Deep Fear
Astral

Mesmo sendo um Frankstein tecnológico, com diversas gambiarras do início ao fim ele conseguiu possuir algumas pérolas.
 

Silverock®

Bam-bam-bam
Mensagens
3.656
Reações
5.922
Pontos
319
Infelizmente fui mais um dos que passou batido por ele em sua época, tive N64 e PS1 nessa época que foi a primeira inclusive que tive mais de um console de uma vez mas o Saturn como vc disse não ia bem nas locadoras, mesmo sendo muitas por sinal, mas lembro de apenas uma da região que tinha um saturn e ainda sim com pouquíssimos games, meu contato com o console só foi se dar mesmo por volta de 2009 qdo comprei finalmente o meu e ta aqui firme e forte, como moro aqui no Japão a muitos anos e colecionando e trabalhando com games retros posso dizer por experiência própria que o Saturn por aqui foi o que o N64 foi no Brasil talvez um pouquinho mais porém bem pouco mesmo, já a quantidade de games do Saturn por aqui foi bem maior que do N64 por ai, mas mesmo aqui o PS1 foi sucesso absoluto realmente ofuscou geral
Curiosidade = No Japão nunca teve locadoras, acho que por ter uma acessibilidade bem maior aos games desde sempre as locadoras por aqui nunca chegaram, ter games acessíveis seja em disponibilidade quanto em preço realmente foi uma vantagem imensa aos japoneses porém só nós que vivemos a época das locadoras tb sabemos como foi gostosa e divertida, acho que perdemos por um lado mas ganhamos pelo o outro, ganhamos uma experiência que só poucos inclusive vivenciaram, podemos dizer que como gamers fomos privilegiados
 


Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.029
Reações
12.442
Pontos
459
Agora vou sair para fazer um biscate e assim poder comprar mais jogos, na volta acrescentarei meus pitacos no tópico como sempre, mas para mantê-los entretidos vou deixar um vídeo do canal Metal Jesus que foi apresentado pela Anna do canal Circuits and Cofee, ela ama e coleciona o Saturnão, apesar de não ter a coleção mais expressiva ela possui praticamente todos os medalhões e continua adquirindo nas inúmeras feiras que rolam nos States. Nos relacionados vocês podem assistir dois vídeos que fizeram das hidden gems do console, pensei em botas aqui mas a página fica muito pesada par carregar quanto mais vídeos colocamos, então vou facilitar para nós.
 

hickmorais

Bam-bam-bam
Mensagens
17.836
Reações
8.476
Pontos
469
Sempre quis ter um, foi um dos poucos video games que nunca tive. Foda que ainda é caro demais.
 

MPIlhaOliveira

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.164
Reações
5.740
Pontos
509
Ótimo tópico para relembrar de uma época na qual me diverti horrores, mesmo sendo o único na vizinhança a ter um Sega Saturn, o que de certa forma me fazia "especial". Rsrsrsrs...

O meu era o de primeira geração, Tec Toy, que vinha com Virtua Fighter Remix junto. Na primeira vez que liguei o console, foi um show a parte. Tudo tão diferente do Mega Drive e aquele Virtua Fighter, que coisa maravilhosa. Uma experiência maravilhosa, única.

Meu problema era que o console era caro, e seus jogos também. Então penei quase um ano com apenas um jogo. Pra resumir, vivia mais com o Mega Drive ligado do que com o Saturn. A salvação foi quando descobri que havia desbloqueio do console, então o fiz e aí meu mundo se abriu.

Eu tinha uma centena e alguma dezena de jogos (não lembro se 100 ou 120, mas girava em torno disso). Joguei demais os mais variados estilos e me agradava muito a qualidade de boa parte deles (mesmo que o sabidamente o Saturn era inferior em 3D em relação ao PSOne).

De todo modo, Sonic JAM, Sonic R, Nights, Burning Rangers, Radiant Silvergun, Deep Fear, Virtua Fighter 2, Dead or Alive, Fighter Megamix, Daytiona USA "2", Sega Rally, Street Fighter Zero 2 e Zero 3, X-Men Vs. Street Fighter, Marvel Vs. Street Fighter, Saturn Bomberman, Bomberman Fight, Grandia, Grandia Digital Museum, Lunar: The Silver Star Story, Lunar: Eternal Blue, Shining Force III Scenarios, Resident Evil eram os mais jogados, sem contar outros que não lembro agora pois já fazem uns 20 anos, né?

Época boa mesmo. Depois troquei o console por um Xbox Original japonês. Uma troca válida e muito positiva aliás, pois não dei dinheiro na volta, apenas troquei um pelo outro. Como eu não sou colecionador, vivo só na saudade e agradecido pelo tempo em que tive esse maravilhoso console.
 

doraemondigimon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.252
Reações
17.091
Pontos
619
Para situar as coisas, tenho que explicar o que houve pra conseguir meu primeiro Saturn:

Meu pai faleceu em 1994 (como havia dito a algum tempo atrás, em outro tópico), BEM próximo a época em que o Ayrton também foi (e se duvidar, os dois foram no mesmo voo pro céu...) e então, nessa época, fiquei bem abalado tendo que manter a minha sanidade mental pra tentar ajudar em casa, com minha mãe com problemas de diabetes e visão e a minha avó.

Depois de algum tempo, eu mudei pra Brasília, pra trabalhar com um tio que era suplente de deputado federal. Foi a PIOR época de minha vida porque... Ele bebia muito e volta e meia, ele entrava em brigas no apê onde morávamos justamente porque chegava 'trêbado' (bêbado era pouco...) e saia destruindo tudo o que via, incluindo eu! Daí, quando ele estava sóbrio, me deu um cartão de crédito onde, cada vez que ele saia quebrando a casa, eu ia nas lojas e saia comprando tudo de novo (cheguei ao ponto de sair comprando um super nintendo e uma tv pra deixar no quarto onde eu dormia, mas teve uma noite que os dois sairam voando janela afora e....)

3 meses depois, ele simplesmente sumiu. Segundo o que fiquei sabendo, ele pegou 'emprestado' com um deputado (não me recordo quem, mas já bateu biela também), uma quantia no valor de 400.000 R$ (era 1996) e fugiu pra Europa com isso. Só descobri quando bateram na porta do apê, e dois gorilas-armários tamanho 13x90 foram cobrar a grana do velho. No mesmo dia, catei o que pude, comprei um snes e um mega com sega cd e voltei pra Goiânia. Os capangas cataram o que tinha no apê e ficou assim! (essa história é bem mais confusa do que o normal. Só não vou me aprofundar porque é muita loucura. Até o carro dele, um Chevrolet Lumina APV de 95 (HORRENDA!!!! Mas muito confortável), foi retomada...)

Mas, a história não começa exatamente NESSE ponto, mas sim, na viagem de volta!

Eu estava voltando pra casa, e tinha uma mulher sentada no meu lado. Começamos a conversar e contei esse absurdo de história pra ela. Ela riu (porque não acreditava nisso e, quando viu que eu estava levando um snes, o mega e o sega cd, com uma mala cheia de jogos dentro, aí ela viu que era sério) e depois de alguns dias conversando, ela começou a namorar comigo. Como era dona de 3 bancas no camelódromo do centro daqui, viajei demais pro PY e numa dessas viagens, eu ganhei o psx de presente.

Depois de um tempo, em uma festa de aniversário da minha avó, veio um parente e CHUTOU meu videogame, praticamente o destruindo! Fiquei @¨!@¨$¨%*&¨*%# de raiva com o que houve, e mesmo cobrando, o infeliz não me pagou o conserto do videogame, que chegou até a quebrar parte da carcaça! Notem que até agora, eu nem falei do Saturn... Justamente porque eu nem havia visto ele ligado a não ser pelos saudosos programas Stargame e Cybernet, ainda transmitido pelo antigo canal Eurochannel)

Algum tempo depois, um amigo meu, antes de ir pros EUA, trocou comigo o PSX em um Saturn novo (ele disse que o videogame era ultrapassado e não valia nada). Engraçado ter que dar tantas voltas pra chegar em um ponto desses, né? Mas, o caso é que, sem tantas explicações, fica até difícil descobrir do porque eu consegui um Saturn!

Eu cheguei a ter mais de 350 jogos originais pra ele na coleção (contando os piratas, passava de 500), além de alguns controles (do primeiro modelo e analógico), fora as pistolas Virtua Gun, o volante original (que me acompanha até hoje) e o arcade pad, um dos melhores controles arcade já lançados para se usar em residências.

Quando eu fui deportado da minha frustrada viagem pros EUA, eu estava sem nada em casa de videogames. O meu primeiro videogame que consegui depois de tudo o que passei, foi justamente um outro Saturn...
 

Cosmão

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
25.980
Reações
14.475
Pontos
774
Ahh, meu Saturnão...

Lembro como se fosse ontem, eu descobrindo sem querer a caixa do bicho embaixo da cama, que seria meu presente de Natal dos meus pais. Até fico comovido de lembrar, quantas saudades dessa época, do meu pai...

Enfim, ganhei o Saturn acho que em 1996, ano que descobri muita coisa boa no console. Os jogos que mais alugava pra ele eram Guardian Heroes, Saturn Bomberman, Shining Wisdom, Albert Odyssey e Legend of Legaia. Esses 5, junto com Bug Too entre outros, formavam os jogos obrigatórios! Guardian Heroes foi por muito tempo meu "jogo de cabeceira", alugava por semanas seguidas, assim como Saturn Bomberman. Vinha moleque de outro bairro jogar em casa o Saturn Bomberman, e olha que nem o multi-tap eu tinha!

Esse console realmente marcou minha vida. Ainda tenho ele, não o mesmo, mas comprado de outra pessoa (o modelo é igual, Tec Toy, preto). 1996, 1997 e 1998 foram mágicos na minha vida gamer.
 

soltonatural

Bam-bam-bam
Mensagens
6.150
Reações
13.960
Pontos
354
Do Saturno só me lembro que tinha um amigo que na época estava em duvida em quais dos videogames pedir pro pai dele, Saturn ou Playstation. Como na época eu era o mais vidrado no mundo dos videogames disse pra ele que era melhor Playstation porque tinha Tekken e Valderrama.
Esse meu amigo me agradece até hoje.
 

guiracer

Bam-bam-bam
Mensagens
8.788
Reações
7.317
Pontos
434
Tive o meu querido Saturn, me lembro que optei por comprá-lo no lugar do Playstation, pq eu era um viciado em Street Fighter Zero II nos fliperamas, quando o game chegou nos consoles, eu optei pelo console cujo joystick tinha 6 botões (3 botões em cima com 3 botões embaixo), o mais parecido possível com os fliperamas, para usar os socos médios e chutes médios. Então já deu pra sacar que Street Fighter Zero II foi de longe o jogo mais jogado no meu Saturn.



Mas o Saturn foi um console maravilhoso, pq me apaixonei por inúmeros jogos.
Naquela época era viciado em Fighting games da Capcom nos fliperamas, desde o quase esquecido X-Men Children of the Atom, até os cross-overs (que eu tinha que fazer uma baita gambiarra alternando o cartucho que fazia rodar jogos japoneses com o cartucho de aumento de memória na tela de início do Saturn) que graças ao cartucho de memória extra permitia a troca de personagens igual ao fliperama, coisa que o Playstation não conseguiu.






Fora os jogos de luta, perdi madrugadas e mais madrugadas jogando Clockwork Knight 1 e 2, adorava a premissa de um cavaleiro de brinquedo se aventurando em ambientes domésticos gigantescos, no melhor estilo Toy Story, outro mascote desperdiçado pela Sega igual a Alex Kidd.




Joguei muito inúmeros muiltiplayers contra meus primos.
Desde o viciante Bomberman Fight


Puzzles como o Baku Baku

Puzzle Fighter


Me lembro que viciei no Lunacy (game meio desconhecido no meio) pq o jogo todo era em Full Motion Video, só queria saber inglês na época pra eu ter terminado esse game, cuja ambientação me prendia muito.



E eu adorava Sonic 3D Blast


Fora os já aclamados Nights, Panzer Dragoons, Grandia.

Enfim, foi um dos consoles que eu mais amei jogar na minha pré-adolescência.
Não me arrependo em anda ter tido ele no lugar do Playstation.
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
GOLD
Mensagens
9.022
Reações
22.183
Pontos
348
O Sega Saturn marcou várias coisas em minha vida. Uma delas, já relatadas AQUI marcou o início de uma era muito ruim na minha vida, que foi sair de um comportamento de colecionador pra ir pra outro comportamento totalmente nocivo, de colecionismo. Mas vamos falar sobre a minha experiência com o Saturn na época.

Em 1997 fiz minha primeira (e única) viagem ao USA. Quem já conhece um pouco minha história com games, sabe que além de Mega Drive e SNES, eu tinha também o Neo Geo e o Turbografx-16 e naquela época, apesar de gostar muito desses últimos dois consoles, me sentia um pouco "frustado e órfão" pois esperei certos lançamentos pra eles em vão. Por conta disso, não acreditei e não botei fé no PSX da Sony. Pensei comigo: "Mais uma grande máquina que assim como o Neo Geo e o Turbo Grafx, não terá os jogos que saem pros consoles Sega e Nintendo". Assim também por esse motivo, meu primo que viajou na ocasião comigo, também comprou o Sega Saturn.

Minha versão foi a Americana que vinha com o disco Sampler do jogo Nights e somente um controle. Procuramos aquela versão que vinha com 03 jogos (Daytona USA, Virtua Cop e Virtua Soccer) + um controle extra, mas infelizmente não encontramos. Ficamos 30 dias nos USA e só compramos nossos Saturn no penúltimo dia, antes de voltarmos ao Brasil. Infelizmente não foi por falta de procurar. Comprei ainda nessa viagem um controle avulso, X-Men Children of the Atom, Daytona USA CCE, Clockwork Knight, Sega Rally e Virtua Fighter 2. Chegando no Brasil a primeira coisa que eu fiz foi o destrave do console.

Infelizmente eu já estava na minha fase "colecionismo" e estava mais preocupado com quantidade do que qualidade e por conta disso meu Saturn viu poucos jogos originais. De original ele viu Virtua Cop e Gale Racer (japones), Heir of Zendor e Quake (ambos desova da Tec Toy na época). De original ainda tive dois controles analógicos e o Cartucho de Backup, essencial pra poder salvar o Hexen. De resto, só pirataria, seja prensada ou seja home made.

Deixo a foto da coleção antes dela ir embora.

Falow!
 

Marlon.Sega

Veterano
Mensagens
449
Reações
949
Pontos
128
Do Saturno só me lembro que tinha um amigo que na época estava em duvida em quais dos videogames pedir pro pai dele, Saturn ou Playstation. Como na época eu era o mais vidrado no mundo dos videogames disse pra ele que era melhor Playstation porque tinha Tekken e Valderrama.
Esse meu amigo me agradece até hoje.
Valderrama?
 

Ulisses Seventy Eight

Bam-bam-bam
Mensagens
2.517
Reações
2.977
Pontos
303
Console dos mais bacanas da SEGA
Tive alguns modelos, ai o que mais lamento é que cheguei a ter um com mais de 300 jogos oficiais e piratex.
Cheguei a comprar um modelo skeleton por 50 temers, jogado numa feira. e ele tava funcionando sabe.

tenho vontade de ter outro mas com os preços de hoje a vontade passou.
 

JonattanAgra

Bam-bam-bam
Mensagens
1.824
Reações
1.773
Pontos
214
Para situar as coisas, tenho que explicar o que houve pra conseguir meu primeiro Saturn:

Meu pai faleceu em 1994 (como havia dito a algum tempo atrás, em outro tópico), BEM próximo a época em que o Ayrton também foi (e se duvidar, os dois foram no mesmo voo pro céu...) e então, nessa época, fiquei bem abalado tendo que manter a minha sanidade mental pra tentar ajudar em casa, com minha mãe com problemas de diabetes e visão e a minha avó.

Depois de algum tempo, eu mudei pra Brasília, pra trabalhar com um tio que era suplente de deputado federal. Foi a PIOR época de minha vida porque... Ele bebia muito e volta e meia, ele entrava em brigas no apê onde morávamos justamente porque chegava 'trêbado' (bêbado era pouco...) e saia destruindo tudo o que via, incluindo eu! Daí, quando ele estava sóbrio, me deu um cartão de crédito onde, cada vez que ele saia quebrando a casa, eu ia nas lojas e saia comprando tudo de novo (cheguei ao ponto de sair comprando um super nintendo e uma tv pra deixar no quarto onde eu dormia, mas teve uma noite que os dois sairam voando janela afora e....)

3 meses depois, ele simplesmente sumiu. Segundo o que fiquei sabendo, ele pegou 'emprestado' com um deputado (não me recordo quem, mas já bateu biela também), uma quantia no valor de 400.000 R$ (era 1996) e fugiu pra Europa com isso. Só descobri quando bateram na porta do apê, e dois gorilas-armários tamanho 13x90 foram cobrar a grana do velho. No mesmo dia, catei o que pude, comprei um snes e um mega com sega cd e voltei pra Goiânia. Os capangas cataram o que tinha no apê e ficou assim! (essa história é bem mais confusa do que o normal. Só não vou me aprofundar porque é muita loucura. Até o carro dele, um Chevrolet Lumina APV de 95 (HORRENDA!!!! Mas muito confortável), foi retomada...)

Mas, a história não começa exatamente NESSE ponto, mas sim, na viagem de volta!

Eu estava voltando pra casa, e tinha uma mulher sentada no meu lado. Começamos a conversar e contei esse absurdo de história pra ela. Ela riu (porque não acreditava nisso e, quando viu que eu estava levando um snes, o mega e o sega cd, com uma mala cheia de jogos dentro, aí ela viu que era sério) e depois de alguns dias conversando, ela começou a namorar comigo. Como era dona de 3 bancas no camelódromo do centro daqui, viajei demais pro PY e numa dessas viagens, eu ganhei o psx de presente.

Depois de um tempo, em uma festa de aniversário da minha avó, veio um parente e CHUTOU meu videogame, praticamente o destruindo! Fiquei @¨!@¨$¨%*&¨*%# de raiva com o que houve, e mesmo cobrando, o infeliz não me pagou o conserto do videogame, que chegou até a quebrar parte da carcaça! Notem que até agora, eu nem falei do Saturn... Justamente porque eu nem havia visto ele ligado a não ser pelos saudosos programas Stargame e Cybernet, ainda transmitido pelo antigo canal Eurochannel)

Algum tempo depois, um amigo meu, antes de ir pros EUA, trocou comigo o PSX em um Saturn novo (ele disse que o videogame era ultrapassado e não valia nada). Engraçado ter que dar tantas voltas pra chegar em um ponto desses, né? Mas, o caso é que, sem tantas explicações, fica até difícil descobrir do porque eu consegui um Saturn!

Eu cheguei a ter mais de 350 jogos originais pra ele na coleção (contando os piratas, passava de 500), além de alguns controles (do primeiro modelo e analógico), fora as pistolas Virtua Gun, o volante original (que me acompanha até hoje) e o arcade pad, um dos melhores controles arcade já lançados para se usar em residências.

Quando eu fui deportado da minha frustrada viagem pros EUA, eu estava sem nada em casa de videogames. O meu primeiro videogame que consegui depois de tudo o que passei, foi justamente um outro Saturn...


Adorei o relato, quase uma mini-´serie Netflix, e ainda descolou uma namoradinha, genial isso.
 

queixada

Veterano
Mensagens
755
Reações
379
Pontos
119
Me da uma agonia de ver esse tópico. Meu saturn parou de girar o cd alguns meses atrás e não sei se procuro uma assistência ou tento comprar outro leitor.
 

edineilopes

Retrogamer
Mensagens
27.785
Reações
89.879
Pontos
654
Tive um Sega Saturn em sua melhor fase, entre 95 e 96. Custou absurdos 500 reais, economizados por muito tempo. Vender o Snes ajudou também.

Quebrei a cara ao chegar em casa e o Saturn ficar preto e branco. As TVs de casa não tinham suporte para NTSC. Lá vai gastar mais dinheiro com um conversor.

O que tinha de caro, Saturn tinha de fantástico. Nunca tinha sentido uma evolução tão dramática ao trocar de console. Me deu muitas alegrias. Aquelas trilhas sonoras fantásticas com qualidade de CD, aberturas em CG, ambientes abertos. Nele pude jogar o sonhado Road Rash, que por muito tempo só existia nos sonhos, com aquele 3DO inacessível. Need for Speed, Daytona, Sega Rally, Virtua Fighter 2, Tomb Raider... Sem falar dos arcades da Capcom. Era apaixonado por games de luta 2D dela, principalmente o Street Fighter, imagina a alegria de ter o arcade em casa, de uma maneira tão fiel que era inédito. Não por acaso, o Street Alpha foi primeiro jogo que fiz questão de comprar.

Infelizmente, as coisas começaram a ficar complicadas para o console em 97. Jogos aguardados pararam de sair para ele, o fim da linha chegava muito cedo para o console, que morreu prematuro, mas foi muito marcante para mim.

Ainda hoje seus jogos me divertem muito. Até o WorldWideSoccer, que abandonei sem sentir saudades pelos WE do Play, outro dia estava jogando e me divertindo bastante.

Também acompanho a emulação desta plataforma complicada, em busca da melhor experiência jogando seus clássicos inesquecíveis. Por exemplo, acabei de baixar o Yaba Sanshiro v1.8.0 e se tiver um tempinho vou testar o que tem de novo.
 
Ultima Edição:

MPIlhaOliveira

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.164
Reações
5.740
Pontos
509
Também acompanho a emulação desta plataforma complicada, em busca da melhor experiência jogando seus clássicos inesquecíveis. Por exemplo, acabei de baixar o Yaba Sanshiro v1.8.0 e se tiver um tempinho vou testar o que tem de novo.
Qual o emulador menos pior hoje em dia para jogos de Saturn? E algum lugar para baixar ISO?*

*Mande esse último por MP
 

edineilopes

Retrogamer
Mensagens
27.785
Reações
89.879
Pontos
654
Qual o emulador menos pior hoje em dia para jogos de Saturn? E algum lugar para baixar ISO?*

*Mande esse último por MP
Não tem um emulador definitivo para mim, os 3 principais têm vantagens e desvantagens.

Para maioria dos jogos, pela facilidade de uso e grande compatibilidade: Mednafen
Mas convém usar um Launcher. Ou usar como core de Retroarch. Então é fácil de usar, mas não tão fácil de fazer rodar a primeira vez para quem não está acostumado com essas coisas. Tenho configurado LaunchBox+Mednafen Core de Retroarch. É coisa linda de usar, clicar nas capinhas e partir pro abraço com filtros bem legais do Retroarch.


Talvez a pedida ainda seja o SSF, para quem não quer pesquisar um pouco sobre configurações, o SSF é bem tradicional, basta baixar bios e jogar os games que você tem. É chatinho por ter necessariamente que usar um disco ou emular um drive de CD. Tem o lado ruim de não ter bons filtros de escala. Tem o lado bom de ter um antidither interno com 0% de dano e recurso de desentrelaçamento que é importantíssimo em alguns games.

Para jogar com gráficos aprimorados, com resolução aumentada nos games 3D, o Yabause. Tem menor compatibilidade, mas só ele entrega gráficos em HD. Mas procure por versões devmiyax e agora Sanshiro, que funcionam muito muito melhor.



 
Ultima Edição:

Scorpion

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.354
Reações
10.945
Pontos
634
O Saturn é um console emblemático para mim.
Ele tem um design que considero fodão,ficando pau a pau com o Dreamcast. Tenho muita vontade de ter um.
Apesar dessa atração, minha experiencia nele foi só míseros 1h 30 minutos e uma locadora distante que descobrir e que funcinou muito pouco tempo kkkk

Me lembro que joguei nele o SF Alpha 1, Mortal Kombat 2 e Sega Rally. :P
UM jogo que tenho uma tara em jogar é o shinobi digitalizado que saiu nele. Nunca cheguei a ver ao vivo. :(
Se não fosse casado.... amigo teria todos os consoles das décadas de 80 e 980 em casa de boa.

è foda!
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.029
Reações
12.442
Pontos
459
@j_laverc Um dos pontos mais fortes do Saturn são os seus shmups, se considerar a exclusividade deles sobre a concorrência deve ter sido seu ponto culminante, digo que deve porque não posso menosprezar a capacidade do Japão me surpreender, tem tanta coisa que pensei ter saído somente para aquele console e quando vejo saiu para outro mas apenas no Japão.

Pretendo fazer um tópico do gênero no futuro mas enquanto isso não acontece acompanhe esta bela lista, ainda tem diversos vídeos no youtube que são emocionantes de ver.
http://www.racketboy.com/retro/sega-saturn-shmups-2d-shooters

Sobre o console da Capcom, acho que ela marcou, era tão amada por tanta gente que podia ter feito um sucesso considerável, não somente entre os jogadores mas li matérias de pessoas que gostavam das franquias da Capcom sem jogar os jogos, curtiam as histórias, os personagens, os traços, o background, bem legal.

Putz...que maneiro. Ai está um console que adoro (tenho o meu firme e forte até hoje).
Por incrível que pareça, joguei mais Saturn nos anos 90 do que o próprio PlayStation. Comprei o Saturn em 1997 é só fui comprar um PlayStation em 2002 (na época eu já tinha o Dreamcast inclusive).
Provavelmente o Saturn seja o console que eu mais joguei na fase da transição entre adolescente/adulto.
Tenho os cart de ram, e adorava fazer os rachas nos jogos de luta da SNK e Capcom. Eram adaptações quase perfeitas do arcade e isso era incrível, pois como nunca tive Neo Geo, ter o Saturn me trazia pela primeira vez o sentimento de ter um arcade em casa. E se para os dias de hoje isso pode soar sem importância, nos anos 90 era o apice.
Além das (ótimas) conversões de arcade, joguei/jogo demais Nights, Dragon Force e a trilogia Panzer Dragoon.
Acho que vale a pena demais ter um Saturn mesmo nos dias de hoje, nem que seja para gastar algumas horas em Dragon Force e Panzer dragoon Saga...duas obras primas esquecidas da indústria.
Eu joguei muito Playstation nos anos 90 nas locadoras, meus primos deixavam o console aqui em casa, jogava na casa dos outros, uma vez fiquei emprestado com um por meses de um amigo que conheci na escola em 2000, que também possuía um Saturn, mas o meu primeiro Playstation foi 2 no natal de 2001, no entanto hoje tenho dois Playstation originais, o One completo e impecável, travado, americano na caixa, e outro fat desbloqueado que é pau para toda obra. haha

Admito com orgulho que o Playstation salvou a minha vida, em 2004 me livrei da minha pequena coleção em busca de uma vida socialmente mais adequada, afinal estava com 19 anos e não conseguia trabalho formal, não namorava, não tinha interesse em nada que a maioria tinha interesse, ainda não tenho para ser sincero, então lá por 2006 percebi a cagada que tinha feito, quando com o Playstation que o meu sobrinho deixou aqui em casa eu vi que me divertia infinitamente mais detonando os jogos que participando de eventos sociais, então logo voltei a colecionar novamente e cá estou eu. Essa é uma história que apesar de ter contado várias vezes discorrerei com maiores detalhes em outro tópico.

Santos ovos meus!
Tudos seus? :kwow:kwow:kcry
Com certeza. Mas está longe de ser a mais impressionante de Saturn, de cabeça lembro que o @Edi (FZ2D) e o @Poor_Boy tem coleções fantásticas, tem outros que são muito fodas, tem um que tem site dedicado ao colecionismo do console e outro que estava fazendo um canal com detonados apenas de Saturn, mas esqueci o nick deles. No entanto tem algo que espero termos do mesmo tamanho, a admiração por este videogame. haha

Ótima história, Grose! Infelizmente, não tenho muito para comentar sobre a época de ouro dele, pois, como mencionei anteriormente, na minha região ou você tinha Playstation ou Nintendo 64. Seja na locadora, na feirinha ou nas lojas, só davam os dois e o Saturn era praticamente uma lenda urbana. Se não fosse a internet, o PS2 com seus ports e coletâneas (Sega Ages 2500 e só amor:kpaixao), versões para PC e emulação, acho que continuaria sabendo muito pouco sobre seus jogos.

No entanto, posso comentar as minhas impressões como uma feliz dona de um muitos anos após seu lançamento. Vi uma ótima oferta no ML oferecendo ele, dois controles, 2 jogos originais+uma enxurrada de paralelos, 1 Action Replay e resolvi comprar para a minha coleção Sega há um tempo atrás:

A biblioteca do console fica devendo em alguns gêneros (senti bastante falta de mais platformers exclusivos, por exemplo. Algo que os rivais tem aos montes), mas os games Sega e não-Sega são demais e ele e praticamente o "Arcade em Casa" da quinta geração. Tirando algumas pouquíssimas decepções, os ports de fliperama que joguei estavam maravilhosos. Jogar uma partida de Vampire Savior com o controle japonês do Saturn e sensacional.

Também há bastante coisa interessante que ficou apenas no Japão. Existem muitos RPGs e Adventures/Visual Novels que gostaria de ver traduzidos, principalmente o Tengai Makyo IV que se parece muito com o meu querido Earthbound.:kpaixao
Uma coisa engraçada é que apesar do Saturn ser um alienígena para o grande público, nos fliperamas ele era muito bem quisto, lembro com clareza que quando tinha alguém falando de Final Fantasy, Playstation, Magic, Wonning Eleven, não eram pessoas que costumava frequentar o ambiente, paravam para assistir algumas partidas e ir embora, quando aqueles que estavam ali todo dia abriam a boca, era para falar da conversão do jogo para Saturn, dizendo que alugou ou comprou algo para o videogame, até comentei num tópico que em alguns ambientes os videogames mais famosos eram considerados de nicho, como naquele caso que o Mega Drive era considerado videogame de pobre e o SNES de rico. haha

Eu ainda hoje curto meu Saturn com um amigo que teve um na época, aquele que comentei acima que conheci em 2000, praticamente só jogamos juntos Bomberman, Street Fighter Zero 2 e Vampire Savior, meu sobrinho as vezes é uma vítima, torturo ele com os outros jogos. UU

Praticamente todos os videogames possuem surpresas, considero insano quem chega e diz que aproveitou tudo que aquele videogame tinha para oferecer, compreendo que é uma figura de linguagem porque é praticamente impossível, ainda mais de consoles com tão pouco destaque no ocidente, portanto, vale a pena continuar investindo, apesar dele não atender todos os estilos com tanta satisfação como seus concorrentes.

Dos jogos de plataforma, ciarei alguns que recomendo e outros que consideram do gênero. Shinobi: Legions, ambos Clockwork Kinights, Pandemonium, Burning Rangers, Nights, Sonic Jam, Gex, Mega Man 8, Mega Man X4, Akumajou Dracula X, Mr. Bones, Johnny Bazookatone, Willy Wombat, Earthworm Jim 2, Spot Goes to Hollywood, os Bug são mais curiosos que divertidos, Astal é aquilo que nos referimos como bonito mas ordinário devido a falta de profundidade do gameplay, tem o Sega Ages do Mickey, enfim... Até que tem bastante coisa, apesar de obviamente não chegar a quantia da concorrência.

Quero também destacar 3 jogos que talvez você curta e quase não são recomendados, são eles Super Tempo, Princess Crown que teve um port para o PSP e Linkle Liver Story que vem à minha cabeça.

Tengai Makyo IV é um que adiei várias vezes a compra, queria muito ter jogado naquela época, cheguei a pedir na Progames após ter lido uma citação sobre a franquia na Gamers, mas até hoje nada. :/
 
Ultima Edição:

Gamer King

O Soberano
VIP
Mensagens
59.688
Reações
72.287
Pontos
1.069
Eu ganhei o meu no natal de 1996, mas acabei vendendo pra inteirar e ganhar um Playstation em outubro de 1998.

Me diverti com o console, alguns jogos memoráveis, mas não deu pra aguentar ver todo mês aquele monte de jogões saindo pro Playstation e o Saturn com cada vez menos lançamentos.

Fiz a troca e não me arrependo, mas se houvesse a possibilidade eu teria ficado com os 2 consoles.
 

Edi (FZ2D)

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.438
Reações
51.767
Pontos
584
Fim do mes passado fui ligar meu SS e infelizmente ele não esta lendo os jogos. Só as músicas :kcry

Muito tempo parado. Vou ter que ajustar o trimpot.

Enviado de um aparelho que transmite sonhos!!!
 

Tre Styles

Bam-bam-bam
Mensagens
1.230
Reações
1.715
Pontos
224
Eu ainda tenho o meu. Único vg que não vendi e não tenho nenhum motivo particular pra isso, apenas não deu vontade.

Excelente vídeogame com os AAA mais alternativos que já vi. Jogado numa época pré "geração emulador" ninguém ficava discutindo besteira de transparência no farol do Megaman. Isso era imperceptível na tela em 240p.

Aproveitei bastante por causa da pirataria, se dependesse de jogo original lançado nos EUA estava lascado.
Terminei Grandia e Shining Force 3 em JP sem entender um A da história, na base do "fale com todos, uma hora a história avança", porque os jogos eram bons o suficiente pra divertir mesmo assim. Em questão de rpg, apesar de menos conhecidos, os do Saturn também eram excelentes.

Só diminuí o ritmo em 2000 por aí. Depois, anos depois com internet rápida o suficiente e os programas corretos, queimei muita mídia e pude conhecer várias pérolas que não pude porque não surgiram na minha frente na época do console e voltei a jogar muuuuito.

Da última vez que liguei porém, fez uns barulhos internos esquisitos e não deu sinal na TV. Parece que a história chegou ao seu final.
 

Scorpion

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.354
Reações
10.945
Pontos
634
Está ae. Espero que gostem. :D
Manolo quando vejo aquele MK 2 maroto lá no fundo, me da um aperto.... Saturn, uma put* maquina, que dava para rodar de boa o MK2 nível arcade, mas mesmo assim a empresa que programou fez aquela cagada.
Se a empresa tive-se mais capricho, a melhor versão de MK2 caseria com certeza seria a do saturn
 

B - Mark

Bam-bam-bam
Mensagens
5.932
Reações
3.149
Pontos
459
Nunca tive o Saturn mas ele era meu sonho de consumo em 1995, que para mim foi a pior época da minha vida com problemas com meu pai pelo fato de gostar de videogames e pelas desavenças com colegas de escola que se resolveram com o passar do tempo. Meus colegas que me criaram problemas expulsos pelos mais variados problemas de conduta graves como agressão a outro colega com lata de lixo e desacato ao coordenador e os problemas com meu pai foram resolvidos na geração do PS2 quando ele viu que pessoas das mais diferentes idades e profissões jogando videogame e não apenas crianças como nas épocas dos 8-16 bits.

Na época tinha mais interesse no Saturn do que no PS1 devido aos ports de Arcades da Capcom e da SNK que eram mais próximos aos originais do que no PS1.

Além disso ele me pareceu ser mais robusto que o PS1 que tinha problemas com o canhão optico. Problema que conhecei em uma Supergamepower de 1996 e relatos de um amigo que teve PS1 mas estragou o canhão e teve que jogar o console fora.

Ainda quero ter um Saturn com alguns jogos de meu interesse embora tenha encontrado substituição nos emuladores e no PS2.

Tinha interesse em uma série de coletâneas chamada Capcom Generations que saiu para Saturn e PS1 mas devido aos preços absurdos escolhi o Capcom Classics Collection 1 do PS2 que tinha todos os jogos das coletaneas mais alguns jogos adicionais e os jogos da SNK e da Capcom acabo me contentando com emuladores de Arcades.

Quanto aos jogos só joguei os Street Fighter Alpha 1 e 2 e gostei deles principalmente pelo controle que achei perfeito para eles na Genesis Games, uma locadora de Goiania que frequentava.
 

Superd7br

Bam-bam-bam
Mensagens
5.095
Reações
7.189
Pontos
353
Minha história com o Saturn se resume às locadoras, em particular a que eu frequentava durante o pré-vestibular na Tijuca. Lembro-me de como eu ficava babando ao ver as sequências em anime de Guardian Heroes ou as cenas em fmv do Shinobi Legions. Meu problema com a plataforma foi o mesmo do Dreamcast: a maioria dos jogos eram ports dos arcades e a Sega americana ainda fez aquela palhaçada de não localizar vários JRPGs, incluindo os primeiros Sakura Wars. Pelo menos trouxeram o RPG das Guerreiras Mágicas Rayearth no fim da vida do console...
 

DreamCuPS

Bam-bam-bam
Mensagens
1.192
Reações
1.868
Pontos
203
(@Grose) Pois é, apesar de ter citado o Radiant Silvergun, não falei mais sobre shmups do Saturn por simples falta de conhecimento. O único outro jogo do gênero, nesse sistema, que me lembro de ter experimentado foi o port de Donpachi, que achei meio decepcionante, o som ficou bem prejudicado. O Psx também não se saiu tão bem com esse jogo, ainda prefiro a versão arcade, no geral.

Sobre o console da Capcom. Tentando pensar em perspectiva, acho que eles optaram pelo caminho seguro. Mesmo sem console, era uma das principais desenvolvedoras da época, só com seus ports pra 16 bits provavelmente estavam fazendo muito dinheiro. Realizando o sonho do console próprio, eles teriam mais autonomia, mas comprariam briga com Nintendo, Sega, e a rivalidade com Snk se tornaria ainda mais acirrada (porém, quanto a isso acho que eles "venceriam", de qualquer forma). Mesmo sem console, eles foram muito presentes, portaram seus principais jogos pros consoles da época, era uma das poucas companhias cuja presença nos consoles era tão grande quanto a nos arcades.

Uma outra possibilidade que já imaginei, seria deixar de lado a rivalidade com a Snk, e fazer jogos pra Neo Geo. Isso talvez possibilitasse, pelo menos por algum tempo, ter ports perfeitos de arcade pra jogar em casa. Mas acho que nem a Snk ia querer isso, é uma empresa que me passa uma imagem de exclusivismo muito grande.
 

Poor_Boy

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.644
Reações
17.217
Pontos
694
@j_laverc Um dos pontos mais fortes do Saturn são os seus shmups, se considerar a exclusividade deles sobre a concorrência deve ter sido seu ponto culminante, digo que deve porque não posso menosprezar a capacidade do Japão me surpreender, tem tanta coisa que pensei ter saído somente para aquele console e quando vejo saiu para outro mas apenas no Japão.

Pretendo fazer um tópico do gênero no futuro mas enquanto isso não acontece acompanhe esta bela lista, ainda tem diversos vídeos no youtube que são emocionantes de ver.
http://www.racketboy.com/retro/sega-saturn-shmups-2d-shooters

Sobre o console da Capcom, acho que ela marcou, era tão amada por tanta gente que podia ter feito um sucesso considerável, não somente entre os jogadores mas li matérias de pessoas que gostavam das franquias da Capcom sem jogar os jogos, curtiam as histórias, os personagens, os traços, o background, bem legal.


Eu joguei muito Playstation nos anos 90 nas locadoras, meus primos deixavam o console aqui em casa, jogava na casa dos outros, uma vez fiquei emprestado com um por meses de um amigo que conheci na escola em 2000, que também possuía um Saturn, mas o meu primeiro Playstation foi 2 no natal de 2001, no entanto hoje tenho dois Playstation originais, o One completo e impecável, travado, americano na caixa, e outro fat desbloqueado que é pau para toda obra. haha

Admito com orgulho que o Playstation salvou a minha vida, em 2004 me livrei da minha pequena coleção em busca de uma vida socialmente mais adequada, afinal estava com 19 anos e não conseguia trabalho formal, não namorava, não tinha interesse em nada que a maioria tinha interesse, ainda não tenho para ser sincero, então lá por 2006 percebi a cagada que tinha feito, quando com o Playstation que o meu sobrinho deixou aqui em casa eu vi que me divertia infinitamente mais detonando os jogos que participando de eventos sociais, então logo voltei a colecionar novamente e cá estou eu. Essa é uma história que apesar de ter contado várias vezes discorrerei com maiores detalhes em outro tópico.


Com certeza. Mas está longe de ser a mais impressionante de Saturn, de cabeça lembro que o @Edi (FZ2D) e o @Poor_Boy tem coleções fantásticas, tem outros que são muito fodas, tem um que tem site dedicado ao colecionismo do console e outro que estava fazendo um canal com detonados apenas de Saturn, mas esqueci o nick deles. No entanto tem algo que espero termos do mesmo tamanho, a admiração por este videogame. haha


Uma coisa engraçada é que apesar do Saturn ser um alienígena para o grande público, nos fliperamas ele era muito bem quisto, lembro com clareza que quando tinha alguém falando de Final Fantasy, Playstation, Magic, Wonning Eleven, não eram pessoas que costumava frequentar o ambiente, paravam para assistir algumas partidas e ir embora, quando aqueles que estavam ali todo dia abriam a boca, era para falar da conversão do jogo para Saturn, dizendo que alugou ou comprou algo para o videogame, até comentei num tópico que em alguns ambientes os videogames mais famosos eram considerados de nicho, como naquele caso que o Mega Drive era considerado videogame de pobre e o SNES de rico. haha

Eu ainda hoje curto meu Saturn com um amigo que teve um na época, aquele que comentei acima que conheci em 2000, praticamente só jogamos juntos Bomberman, Street Fighter Zero 2 e Vampire Savior, meu sobrinho as vezes é uma vítima, torturo ele com os outros jogos. UU

Praticamente todos os videogames possuem surpresas, considero insano quem chega e diz que aproveitou tudo que aquele videogame tinha para oferecer, compreendo que é uma figura de linguagem porque é praticamente impossível, ainda mais de consoles com tão pouco destaque no ocidente, portanto, vale a pena continuar investindo, apesar dele não atender todos os estilos com tanta satisfação como seus concorrentes.

Dos jogos de plataforma, ciarei alguns que recomendo e outros que consideram do gênero. Shinobi: Legions, ambos Clockwork Kinights, Pandemonium, Burning Rangers, Nights, Sonic Jam, Gex, Mega Man 8, Mega Man X4, Akumajou Dracula X, Mr. Bones, Johnny Bazookatone, Willy Wombat, Earthworm Jim 2, Spot Goes to Hollywood, os Bug são mais curiosos que divertidos, Astal é aquilo que nos referimos como bonito mas ordinário devido a falta de profundidade do gameplay, tem o Sega Ages do Mickey, enfim... Até que tem bastante coisa, apesar de obviamente não chegar a quantia da concorrência.

Quero também destacar 3 jogos que talvez você curta e quase não são recomendados, são eles Super Tempo, Princess Crown que teve um port para o PSP e Linkle Liver Story que vem à minha cabeça.

Tengai Makyo IV é um que adiei várias vezes a compra, queria muito ter jogado naquela época, cheguei a pedir na Progames após ter lido uma citação sobre a franquia na Gamers, mas até hoje nada. :/
Eu tinha uma coleção fantastica, apesar de pequena. Mas vendi.

Coleções são legais desde que vc aproveite (meu ponto de vista) mas infelizmemte fiquei muito tempo sem jogar nada, e estou aos poucos me desfazendo de tudo. A de SS foi a primeira a ir embora, comfesso que deu um "pena" em vender mas não me arrependo, pois o dinheiro rendido foi razoavel e pra uma boa causa.
 

Riveler

Bam-bam-bam
VIP
GOLD
Mensagens
2.216
Reações
3.570
Pontos
314
Saturn é meu VG preferido - já disse isso em diversos outros tópicos, mas não custa renovar meus votos.

Ele veio para substituir os meus PSX que só viviam dando defeito e me serviu bem por muitos anos. O primeiro queimou a fonte em 2005 e nunca consegui achar ninguém para consertá-lo, mas tenho outros 2, sendo um japonês e outro Tec Troço que tem uma imagem terrível, como se fosse em resolução mais baixa.

Eu gosto tanto do Sega Saturn que aqui neste fórum tem um usuário com esse nome e sempre que ele abre um tópico eu sou compelido a entrar e ler tudo, mesmo que não seja sobre algo que me interesse. [exorcista]É o poder do Saturn que lhe ordena![/exorcista]

Só por curiosidade , no Japão o Sega Saturn é chamado Sega Satan devido às diferenças fonéticas do idioma. :kdiabo
 

Asha

Bam-bam-bam
Mensagens
1.903
Reações
5.743
Pontos
303
Outra foto do meu Saturn, mas fora do móvel:
Como mencionei antes, ele veio com mais um controle, porém, o outro e aquele joystick horrível do lançamento americano. Detesto o D-pad e a "pegada" dele.

@Grose Naquela época, minha única referência para ports de Arcade era o PS1, então pensava que eles eram 100% fieis as máquinas originais no console da Sony. Só fui saber dessas diferenças no Saturn e dos jogos capados muitos anos depois pois os ratos de fliperama daqui só falavam de PlayStation e, anos depois, de PlayStation 2.

E esses platformers que você citou são otimos (Tirando o primeiro Gex. Pessoalmente, acho muito sem sal. Também não sei se classificaria Nights como parte desse gênero...) mas, como mencionei antes, muitos deles não são exclusivos pois os conheci no PS1. Para quem possuí apenas Saturn está otimo, mas como tenho outros videogames, achei que a biblioteca poderia ter sido melhor nesse gênero.

Sobre o Tengai Makyo IV, acho que a versão de PSP e a que tem mais chance de sair traduzida dos dois consoles. Estou torcendo para que alguem experiente em japonês (ouvi dizer que a maioria dos RPGs dessa série e difícil de se traduzir) se interesse em fazer um projeto com ele.
 
Ultima Edição:

queixada

Veterano
Mensagens
755
Reações
379
Pontos
119
Acho vou testar algum desses emuladores enquanto não arrumo meu saturn. Deu uma vontade jogar Burning Rangers.

ps: alguém conhece algum site que venda o conjunto completo do leitor? Pesquisei no AliExpress e só vendem o leitor.
 
Topo Fundo