O que há de Novo?
  • Novo tema escuro está disponível
    Um novo visual para o fórum com fundo escuro agora está disponível para todos. Você pode escolher o tema clicando no ícone de pincel no canto inferior esquerdo da página.


Tetris e similares em nossas vidas

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.136
Curtidas
12.465
Pontos
459
#1
Este fazia tempo que pretendia fazer, a @Asha é testemunha, disse que participaria se eu fizesse, então aqui estamos nós, falando sobre uma das franquias mais influentes da história, incorporou diversas outras e faz parte da linha de lançamentos de quase todos os videogames, ainda possui campeonatos e grupos de estudo dedicado, além de fazer parte da história humana. Se duvidam disso deixarei uma pequena amostra no spoiler abaixo, porque até podemos nos alongar nisto, porém, as estrelas do tópico somos nozes.
Pequena lista com 38 jogos que variam de Tetris, existem dezenas, talvez centenas além destes.
https://www.moregameslike.com/tetris/

Um vídeo excelente sobre a história de Tetris.

Devo começar pelo óbvio, quem viveu nos anos 90 deve lembrar da febre que foram os brick games que iam dos 2 em 1 até os 9999 em 1, a maioria versões repetidas de Tetris ou as peças envolvidas em outras loucas aventuras. A famigerada cobrinha estava contida nestas coletâneas. Meu preferido era um 8 em 1 cinza, modelo mais padrão, carregava para a escola, para a cama, para a praia, era pau para toda obra, quando estava sem ter o que jogar pegava ele para curtir, quando estava chateado me isolava para refletir enquanto jogava Tetris, não é sem motivo que me encantaria pelo gênero nos consoles. Poderia escrever um livro somente com a história destes brick games em minha vida, infelizmente agora o mais próximo que tenho é um aplicativo que baixei no Ipod e emula até o template nostálgico.

Do Nes lembro de ter curtido apenas o tradicional, no Mega Drive conheci as excelentes franquias Columns e Puyo Puyo, porém, meus preferidos desta geração foram outros. Começando por Kirby's Avalanche, quando falo em Tetris é o primeiro que pinta na cabeça do povo, tenho amigos que ainda são viciados neste jogo, mas eu fico com o Tetris Attack, deve ser o Tetris com maior conteúdo que vi até hoje, ele e um Super Nintendo proporcionam diversão por um longo período.

Recomendo todos da foto, apesar de partirem do mesmo princípio possuem particularidades. Tetris Battle Gaiden, o primeiro de cima na esquerda, conheci graças uns japoneses que moravam ao lado da casa da minha tia, joguei muito com eles na TV preto e branco devido a incompatibilidade de região, mas era o que seu pai conseguia enviar do Japão. O diferencial neste jogo são os especiais, não é somente jogar peças para o lado adversário, dá para ferrar com especiais que os deixam lentos, no escuro e etc. É joia demais!

O tempo passou e as variações de Tetris melhoraram, destes abaixo é bastante possível que coloque Susume Taisen Puzzle Dama do 64 esteja entre os melhores do gênero, um dos meus preferidos do Nintendo 64 também, ele contém praticamente 3 jogos em 1, a versão padrão puxada pro Puyo, outra mais Candy Crush e um de boliche, o desafio é alto mas não chega a ser apelativo como outros concorrentes. Super Puzzle Fighter II é outro que dispensa apresentações, não somente por ser baseado em outra franquia de tanto sucesso mas por terem lançado este jogo para os fliperamas, além de outra cacetada de sistemas, inclusive os mais recentes via download.

Magical Tetris é um dos pouco títulos da Capcom para o Nintendo 64, foram poucos mas foram loucos. Puyo Puyo Sun 64 como sempre representando, a folia com ele é tanta que recentemente o Switch rebeceu uma versão denominada Puyo Puyo Tetris, que estaria mais para Puyo Puyo vs Tetris. Waku Waku é o representante do Sega Saturnão, que possui outros excelentes, como o próprio Super Puzzle Fighter, mas a minha grande recomendação para ele, que saiu para o Playstation, é o sensacional Tetris Plus.

Por fim a última remessa dos mais atuais e vindo com novas frentes de muita responsabilidade, Lumines é hands down, como diz o ditado em inglês, muito foda, muito divertido, lindo e criativo. Bejeweled também chega para assumir seu espaço com variados desafios com a perspectiva dos quebra-cabeças do gênero, algo muito explorado em outros games, assunto que não tratarei neste tópico para não ficar muito extenso e perder o foco, mas eu amo puzzles, no geral.

Puyo Pop me acompanhou firmemente em 2011 e 2012, tomava o lanche no intervalo do trabalho e jogava um pouco. O DS e o PSP também possuem diversos outros representantes, destaco a série Puzzle Quest, especialmente o Challenge of the Warlords para o PSP, jogaço que mescla o encaixe das peças com RPG de temática medieval. Para o DS deixo vocês com Tsumiki, é engraçado, um mini Bloom Box para o portátil.


Recentemente fui apresentado ao incrível Tricky Towers pelo filho de um amigo, graças a este jogo eles está se aprofundando no gênero com apenas 12 anos. Falando em Towers, lembrei do ótimo Twisted Towers do Wii e o Octomania que também merece uma olhada.

Para finalizar, como disse lá em cima, quem possui android ou ios baixe os milhares de jogos similares disponíveis gratuitamente, são tantos bons que quando vejo estou no limite de espaço somente por eles, pela simplicidade, facilidade e acessibilidade que continuarão sendo lançados para a alegria de todos, assim até as senhoras, como uma que vi hoje, deve beirar os 70 anos, curtindo um Tetris de boa em seu celular enquanto esperava o busão, depois eu entro e vejo outra no Candy Crush, e assim por diante.

Agora é com vocês, deixem recomendações, falem dos que mais lhe marcaram, quais jogaram, se gostam, se acham um lixo, enfim, vamos nos imortalizar mais uma vez.

Vocês quer participar mais? Clique no spoiler abaixo e venha conosco.
 


Mensagens
7.805
Curtidas
38.161
Pontos
384
#2
Tetris é vida , joguei muito durante toda vida gamer

tenho versões 3 versões favoritas aqui:

Tetris Classic pra PC (DOS)



Tetris the Grand Master pra Arcade



E o Tetris do PSP (da EA)




Nesse genero tambem curto muito o KLAX da Atari, ums dos que conseguiram fazer algo realmente diferente nesse genero, sem ser só uma "cópia" de Tetris como outros. O original pra Arcade:



e o Atari Lynx teve uma versão legal tambem, que voce jogava com o Lynx na vertical:





outro bacana é o Columns , sendo os melhores pra mim , o Stack Columns do Arcade:



e o Columns 3 do Mega





O Lumines pra PSP é maravilhoso, misturando ritmo musical com puzzle:






E o Gunpey , jogo do criador do GameBoy e GameWatch, Gunpei Yokoi, que mistura o conceito de peças caindo com formação de linhas.
o jogo primeiro saiu pro Wonderswan PB e pra Color (o Gunpei Yokoi tambem foi co-criador do WonderSwan), e teve uma versão pro PS1:


Wonderswan Color ____PS1




e anos mais tarde uma versão incrível pro PSP
 

Asha

Bam-bam-bam
Mensagens
872
Curtidas
2.474
Pontos
283
#3

Minha porta de entrada para o gênero também foi o primeiro game que joguei na vida: Tetris, no Game Boy do meu primo. Tenho bastante nostalgia e preferencia por essa exata versão até hoje, mesmo conhecendo versões bem melhores para outras plataformas.

Além dele, alguns dos meus Puzzle games favoritos são:



- Tetris Attack / Panel de Pon (SNES):

A Nintendo of America provavelmente inseriu "Tetris" no nome ocidental só para surfar na fama da marca, pois ele possuí pouquíssimas relações com o jogo em sí. Se fosse fazer comparações, o assemelharia com uma fusão de Bejeweled com Puyo Puyo.

As localizações possuem várias diferenças, mas, se me lembro bem, uma das mais vitais é quantos segundos os jogadores possuem de sobra antes de perderem por suas telas estarem cheias de blocos. No Tetris Attack, inseriram alguns segundos extras.



- Série Puyo Puyo (Várias Plataformas):

Spin-off excelentíssimo de puzzle competitivo que de tão famoso, acabou "devorando" sua série principal. Meu top 3 da série é esse:

- Puyo Puyo Tsuu + Expansões
- Puyo Puyo Sun
- Puyo Puyo 20th Anniversary


Cada jogo introduz elementos diferentes de gameplay, então recomendo experimentar tudo da série um por um.




- Puzzle Quest: Challenge of the Warlords (Várias Plataformas):

Já mencionei ele algumas vezes antes, mas, resumidamente, é Bejeweled com elementos de RPG como níveis, magia, classes, etc. O jogo foi feito com uma verba bem miúda, tem uma CPU apelona, mas vicia feito droga. Já virei a madruga toda tentando vencer partidas.




- Meteos (Nintendo DS)

Outra droga ilícita que vicia demais. É tipo uma versão mais dinâmica de Tetris Attack/Panel de Pon onde os atributos do personagem (ou "planeta") que você escolhe influenciam bastante nas peças do jogo, incluindo até mesmo a aparência delas. Porém, ao invés de três blocos da mesma cor serem eliminados quando estão numa mesma coluna ou fileira, eles são "lançados" para o topo da tela e, dependendo das condições, podem continuar flutuando nela até retornarem para o fundo dela.
 
Mensagens
1.319
Curtidas
2.089
Pontos
303
#4
Apesar de eu não ser muito fã de puzzles, tem uns que gosto bastante, acho a maioria bons para treinar o cérebro, são praticamente exercícios para a cabeça...

Conheço o Tetris desde os primeiros Brick Game que joguei nos anos 90, desde então conheci vários, atualmente tenho uma dezena de jogos para alguns consoles na minha coleção, a maioria são puzzles parecidos, mas acho eles legais, eu tenho outros em multi jogos e na memória de alguns consoles, mas os principais que tenho são esses:



No WiiWare tem uns bem legais também, uma pena que não tem em mídia física... Eu já contei uma história que tenho com Columns em outros fóruns, mas tenho um tremendo trauma e uma raiva desse jogo, pois uma vez comprei a versão de Mega Drive da foto para o meu pai jogar, comprei só para agradar o velho e fazer ele ter um passa tempo, mas ele me atormentou muito com esse jogo, ficou uns 5 anos viciado nele, acho que foi a pessoa que mais jogou Columns no mundo, uma vez ele ficou quase 10 horas seguidas jogando esse jogo, e sempre ligava o console com um volume alto, e eu ficava horas ouvindo aquela música repetitiva, só de eu ouvir a música dele já me da arrepios... :klol
 
Mensagens
9.966
Curtidas
7.291
Pontos
434
#5
Joguei muito na década de 90, acho que em 93.
Minha vizinha sempre ia no paraguaí trazer muamba e acabou minha mãe comprando um desse cinza com botões amarelos.
A balinha tic tac tb conheci através dela... aqui no br não tinha naquele tempo kkkk
 
Mensagens
736
Curtidas
700
Pontos
143
#6
Sou viciada em tetris attack e jogos similares. O meu preferido é o Pokémon Puzzle League.


Adorava os sons dos pokémons durante a batalha e as músicas temas de cada adversário. A minha preferida era a da "prima". Hahaha

 


Mensagens
5.326
Curtidas
2.009
Pontos
459
#8
Meu primeiro contato com puzzles foi através do Columns da SEGA quando aluguei a versão do Master System em 1991 e gosto mais dele do que do Tetris que ainda tenho dificuldade em compreender seu funcionamento:

Outros puzzles que gosto são Puyo Puyo e Panel de Pon (Tetris Attack nos EUA)

Dos puzzles tenho esses:
Sega Top Ten (Mega Drive): Columns
Sonic Classics (Mega Drive): Dr. Robotnik´s Mean Bean Machine
Sonic Mega Collection Plus (PS2): Dr. Robotnik´s Mean Bean Machine para Mega Drive e Game Gear
Dr. Robotnik´s Mean Bean Machine (Master System)
SuperLite 1500: The Tetris (PS1)
Meteos (Nintendo DS)

Já vi vários jogos de genero puzzle com preços acessíveis no ML e penso em comprar alguns que me interessam.
 
Ultima Edição:

Ridge

Bam-bam-bam
Mensagens
1.246
Curtidas
2.296
Pontos
303
#9
Tetris é vida, foi o pai de vários desses puzzles de peças que vieram depois dele, a Nintendo foi muito inteligente em colocar o Tetris como bundle do Game Boy, foi onde justamente ele ganhou o status de game legendário.

Tive um Game Boy quando era pequeno e veio com Tetris, era viciado, jogava no nível mais difícil e o tempo voava, e as músicas grudavam na sua cabeça.

Outros que gosto muito são o Dr Mario e Tetris Attack.
 
Mensagens
5.326
Curtidas
2.009
Pontos
459
#10
- Meteos (Nintendo DS)

Outra droga ilícita que vicia demais. É tipo uma versão mais dinâmica de Tetris Attack/Panel de Pon onde os atributos do personagem (ou "planeta") que você escolhe influenciam bastante nas peças do jogo, incluindo até mesmo a aparência delas. Porém, ao invés de três blocos da mesma cor serem eliminados quando estão numa mesma coluna ou fileira, eles são "lançados" para o topo da tela e, dependendo das condições, podem continuar flutuando nela até retornarem para o fundo dela.
Meteos foi o terceiro jogo de DS que adquiri embora faça um tempo que não o jogue por causa de outros jogos como Beach Spikers de volei e Super Robot Wars A Portable que é Strategy RPG.

Me lembro que quando o joguei pela primeira vez no 3DS não o comparei com Tetris Attack/Panel de Pon que é outro puzzles favorito.
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.136
Curtidas
12.465
Pontos
459
#13
@Denrock Ótimas considerações, Gunpey é o meu único jogo de Wonderswan, é realmente interessante.

Tetris para PC me lembra que os jogos que mais joguei destinados a esta plataforma foram Tetris e Paciência, sem dúvidas. haha

No facebook também, para mim a única vantagem que existia lá eram alguns jogos, especialmente os de Tetris, era legal upar e compartilhar itens com os amigos, o que não foi suficiente para me manter na rede social.

Seja bem-vinda @Asha

Teve sorte de ter acesso ao Gameboy na infância, os portáteis mais próximos de mim nesta época foram os brick games e os nem tão ilustres Tiger Games, estes vendiam em qualquer esquina, tinha de tudo, gostava muito de um de Tênis e de Corrida. O incentivo ao Gameboy era tão grande que no único McDonalds de Curitiba, naquela altura do campeonato, continha Gameboy com o bundle de Tetris nas prateleiras, algo que marcou minha memória.

Exemplo de Tiger Game. O AVGN fez um excelente resenha destes minigames, vou deixar no spoiler, inclusive é um dos episódios mais assistidos do canal. haha


O que eu acho mais louco do Puyo e suas aspirações é a imprevisibilidade, uma vez lá nos anos 90 perdi para a minha prima no Sun 64 de maneira histórica, estava por um fio de acabar a tela mas uma peça fez ela quase zerar a tela, veio uma remessa tão grande para o meu lado que perdi instantaneamente, não havia o que fazer. :O

O ultimo chefe do Puzzle Quest Warlords é uma das maiores desgraças que enfrentei nos games, isso que estava com o nível tão alto que o resto que surgia na tela era brincadeira. :/

Linda Coleção @Odin Games e o seu pai tem muito bom gosto, conheci poucos pais viciados até hoje, engraçado que geralmente eles não exploram muitos outros jogos, pegam um e ficam com ele como se tudo se resumisse a ele apenas. haha

Pois é, não que os jogos nos deixem mais inteligentes, como disse o próprio criador de Tetris o intuito maior deve ser a diversão, porém, podem nos fazer descobrir a inteligência que há em nós, todos temos capacidade para isso.

Joguei muito na década de 90, acho que em 93.
Minha vizinha sempre ia no paraguaí trazer muamba e acabou minha mãe comprando um desse cinza com botões amarelos.
A balinha tic tac tb conheci através dela... aqui no br não tinha naquele tempo kkkk
Bem esse do cinza com botões amarelos que é o que chamo de Verdadeiro brick game. haha
 
Mensagens
1.319
Curtidas
2.089
Pontos
303
#14
Pois é Grose, ano passado ele acabou enjoando do jogo e não jogou mais, mas ficou uns 5 ou 6 anos jogando Columns direto... :klol

Lembrei agora que quando ganhei meu Brick Game, lá por 1997, eu tinha ganhado junto um par de pilhas alcalinas para durar mais, mas meu pai viu eu jogando aquele Tetris paraguaio nele e pediu para jogar um pouco, acontece que ele ficou viciado também e me tomou meu Brick Game, ficou um mês jogando ele até chegar em 1 milhão de pontos, gastou todas as minhas pilhas alcalinas, só que quando ele chegou em 1 milhão, o contador foi até 999999 e não zerou, só começou a tocar aquela música de Tetris, que na versão desse Brick Game de 132 jogos era uma versão mais acelerada, só lembro dele ter dado um grito gritando: Filho da putaaaaaa! E quando cheguei no quarto ele estava quase jogando meu Brick Game na parede, que mal tinha jogado, o velho passou quase todas as férias dele jogando... :klol

Ele achou que o jogo tinha final... :coolface
 

pc

Habitué da casa
Mensagens
476
Curtidas
463
Pontos
89
#15
Em 1995 peguei um Brick Games da vida... Jogava aquilo por horas todo santo dia hehe
Em 96 ganhei um GameBoy aí já era no Tetris.. joguei muito. Realmente é o tipo de jogo que não me canso...

Ultimamente, peguei o Lumines do PSP e tenho me divertido horrores
 
Mensagens
5.321
Curtidas
1.849
Pontos
334
#16
O primeiro Tetris que joguei foi esse aqui:



No Mega Drive eu só fui descobrir que existia Tetris através da emulação, mas eu me contentava com o Columns:



No PC eu joguei muito o Tetris Classic (o mesmo que o Denrock postou).

No MAME eu tenho um Tetris que gosto muito: o Tetris Plus 2.



Com certeza joguei outros nesse estilo, provavelmente no PC, mas esses são os que me lembro agora.
 

SimonsOps

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.733
Curtidas
19.119
Pontos
553
#17
Eu sempre joguei Columns na vida, Tetris eu jogava bem menos. Talvez por isso hoje eu seja bom no Columns ao invés do Tetris. Jogava muito quando era pequeno, um primo meu tinha o de Master, as vezes eu trazia pra cá e ficava um tempão jogando
Hoje eu só jogo o de Mega Drive, varias vezes pego pra jogar um pouco
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.136
Curtidas
12.465
Pontos
459
#18
Sou viciada em tetris attack e jogos similares. O meu preferido é o Pokémon Puzzle League.


Adorava os sons dos pokémons durante a batalha e as músicas temas de cada adversário. A minha preferida era a da "prima". Hahaha

Também gosto muito de Pokemon Puzzle League, na verdade gosto da grande maioria dos jogos da franquia, do Nintendo 64 o único que desconsidero é o Hey You Pikachu, até o Snap gosto bastante, boas lembranças. :D

Se não tiver participado ou quiser apenas ler, temos um tópico dedicado ao Nintendo 64, afinal, é incomum lembrarem do console positivamente, você deve ser mais uma das aficionadas por ele. :D
https://forum.outerspace.com.br/index.php?threads/nintendo-64-22-anos-de-vida.520526/

Tetris é colossal demais, acho que é um dos unicos generos aonde nao tem idade pra pessoa dar aquela jogadinha, aliás nao conheço até hoje uma pessoa que odeie Tetris
Sempre existe alguém que odeie algo, conheci até pessoas que odeiam sorvete e batata-frita, imagine só. :O

Quanto ao Tetris, é como os criadores disseram, o sucesso dele está na suposta simplicidade, suposta porque mesmo sabendo como fazer, existem pessoas que possuem dificuldade na velocidade de coordenação, o que torna o jogo chato para elas, digo isso em especial por conhecer pessoas jovens que são mais lentos que velhos, o que por não ser uma regra permite que pessoas de todas as idades curtam este e tantos outros maravilhosos jogos. :D

Meu primeiro contato com puzzles foi através do Columns da SEGA quando aluguei a versão do Master System em 1991 e gosto mais dele do que do Tetris que ainda tenho dificuldade em compreender seu funcionamento:

Outros puzzles que gosto são Puyo Puyo e Panel de Pon (Tetris Attack nos EUA)

Dos puzzles tenho esses:
Sega Top Ten (Mega Drive): Columns
Sonic Classics (Mega Drive): Dr. Robotnik´s Mean Bean Machine
Sonic Mega Collection Plus (PS2): Dr. Robotnik´s Mean Bean Machine para Mega Drive e Game Gear
Dr. Robotnik´s Mean Bean Machine (Master System)
SuperLite 1500: The Tetris (PS1)
Meteos (Nintendo DS)

Já vi vários jogos de genero puzzle com preços acessíveis no ML e penso em comprar alguns que me interessam.
Antes se encontrava ainda mais puzzles mais baratos, ainda se encontram mas como Tetris de Nes por 15R$ não mais, a oferta diminuiu e o preço variou para cima. :/

Quero um dia pegar o Panel de Pon para analisar as diferenças entre o gameplay dele é o Tetris Attack, além de ser um prazer poder possuir os dois. :D

Outro puzzle da Sega que muitos usuários do Dreamcast possuem mas talvez desconsiderem é o Sega Swirl, ele esta contido em algumas coletâneas e no disco de browser 2.0. Fica como recomendação para todos do tópico.
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.136
Curtidas
12.465
Pontos
459
#19
Reza a lenda que o finado e simpático ex presidente da Nintendo Hiroshi Yamauchi só jogava um jogo de vídeo game, Tetris.
Disso não tenho certeza, apesar de não duvidar, o que afirmam no documentário da História do Tetris, é que o Yamauchi ficou bastante entusiasmado com o projeto, tanto que foi preponderante para os primeiros passos do Gameboy.

Pois é Grose, ano passado ele acabou enjoando do jogo e não jogou mais, mas ficou uns 5 ou 6 anos jogando Columns direto... :klol

Lembrei agora que quando ganhei meu Brick Game, lá por 1997, eu tinha ganhado junto um par de pilhas alcalinas para durar mais, mas meu pai viu eu jogando aquele Tetris paraguaio nele e pediu para jogar um pouco, acontece que ele ficou viciado também e me tomou meu Brick Game, ficou um mês jogando ele até chegar em 1 milhão de pontos, gastou todas as minhas pilhas alcalinas, só que quando ele chegou em 1 milhão, o contador foi até 999999 e não zerou, só começou a tocar aquela música de Tetris, que na versão desse Brick Game de 132 jogos era uma versão mais acelerada, só lembro dele ter dado um grito gritando: Filho da putaaaaaa! E quando cheguei no quarto ele estava quase jogando meu Brick Game na parede, que mal tinha jogado, o velho passou quase todas as férias dele jogando... :klol

Ele achou que o jogo tinha final... :coolface
Eu tenho saudade de ficar jogando a mesma coisa várias vezes, hoje jogo a mesma coisa por muito tempo, ainda mais agora que estou tentando deixar meu perfil na PSN mais completo, dentro das minhas possibilidades. :S

Eu também pensava que havia um final para o Tetris, imaginava um single THE END formado pelas peças, algo frequente nos términos de NES, passamos horas no ferrando para receber apenas um "Thanks for Playing", valia muito mais pela sensação que pelo fim em si. O fim verdadeiro só abria em nossos corações, diga isso para quem se frustrar por não haver final em algum jogo. haha

Meu primeiro e inesquecível Tetris :kpaixao

Muito bonito. Este, se for em formato de chaveiro, eles davam de brinde nas compras feitas na loja Direct que botava propaganda em várias revistas de videogame da época. Mas claro que dava para se obter por outro meios.

@Grandpa Ttris do Mega Drive é o jogo mais raro do console, estima-se que existem menos de 10 cópias por aí, a última que eu soube foi vendida por mais de 35.000$.

Isso ocorreu porque logo quando a Sega lançou o jogo a Nintendo adquiriu os direitos de exclusividade, então cancelaram a distribuição. :/

Nossa! Não sabia da continuação do Tetris Plus, o primeiro é divino, vou dar uma olhada nesse. :D
 

Asha

Bam-bam-bam
Mensagens
872
Curtidas
2.474
Pontos
283
#20
Meteos foi o terceiro jogo de DS que adquiri embora faça um tempo que não o jogue por causa de outros jogos como Beach Spikers de volei e Super Robot Wars A Portable que é Strategy RPG.

Me lembro que quando o joguei pela primeira vez no 3DS não o comparei com Tetris Attack/Panel de Pon que é outro puzzles favorito.
TA/PdP é único jogo que consigo comparar com Meteos pois também é uma mistura do sistema de Puyo Puyo com as regras de Bejeweled. Não me lembro de nenhum outro Puzzle parecido...:kpensa

@Denrock Ótimas considerações, Gunpey é o meu único jogo de Wonderswan, é realmente interessante.

Tetris para PC me lembra que os jogos que mais joguei destinados a esta plataforma foram Tetris e Paciência, sem dúvidas. haha

No facebook também, para mim a única vantagem que existia lá eram alguns jogos, especialmente os de Tetris, era legal upar e compartilhar itens com os amigos, o que não foi suficiente para me manter na rede social.

Seja bem-vinda @Asha

Teve sorte de ter acesso ao Gameboy na infância, os portáteis mais próximos de mim nesta época foram os brick games e os nem tão ilustres Tiger Games, estes vendiam em qualquer esquina, tinha de tudo, gostava muito de um de Tênis e de Corrida. O incentivo ao Gameboy era tão grande que no único McDonalds de Curitiba, naquela altura do campeonato, continha Gameboy com o bundle de Tetris nas prateleiras, algo que marcou minha memória.

Exemplo de Tiger Game. O AVGN fez um excelente resenha destes minigames, vou deixar no spoiler, inclusive é um dos episódios mais assistidos do canal. haha


O que eu acho mais louco do Puyo e suas aspirações é a imprevisibilidade, uma vez lá nos anos 90 perdi para a minha prima no Sun 64 de maneira histórica, estava por um fio de acabar a tela mas uma peça fez ela quase zerar a tela, veio uma remessa tão grande para o meu lado que perdi instantaneamente, não havia o que fazer. :O

O ultimo chefe do Puzzle Quest Warlords é uma das maiores desgraças que enfrentei nos games, isso que estava com o nível tão alto que o resto que surgia na tela era brincadeira. :/
Obrigada, Grose!

Tive contato com esses portáteis de LCD antes, mas o que mais consigo me lembrar é um do Pole Position. Não deve ter sido da Tiger, no entanto.:kpensa

Quando eu era criança, aonde eu morava, o Game Boy era tão popular, mais tão popular que raramente se via um nas lojas de eletrônicos. Se você perguntasse dele para algum atendente desses lugares, a resposta costumava a ser "Não, desculpe, não temos mais". Todo mundo queria jogar Mario, Tetris e principalmente Pokémon. Depois que o anime veio pra cá, a famosa "Febre Pokémon" começou.

Eu vi esse episódio do AVGN há muito tempo atrás. Se não me engano, é um dos da "fase de ouro" do Nerd. Vou assistir de novo e ver se ainda me divirto com ele.:ksafado
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.136
Curtidas
12.465
Pontos
459
#21
TA/PdP é único jogo que consigo comparar com Meteos pois também é uma mistura do sistema de Puyo Puyo com as regras de Bejeweled. Não me lembro de nenhum outro Puzzle parecido...:kpensa


Obrigada, Grose!

Tive contato com esses portáteis de LCD antes, mas o que mais consigo me lembrar é um do Pole Position. Não deve ter sido da Tiger, no entanto.:kpensa

Quando eu era criança, aonde eu morava, o Game Boy era tão popular, mais tão popular que raramente se via um nas lojas de eletrônicos. Se você perguntasse dele para algum atendente desses lugares, a resposta costumava a ser "Não, desculpe, não temos mais". Todo mundo queria jogar Mario, Tetris e principalmente Pokémon. Depois que o anime veio pra cá, a famosa "Febre Pokémon" começou.

Eu vi esse episódio do AVGN há muito tempo atrás. Se não me engano, é um dos da "fase de ouro" do Nerd. Vou assistir de novo e ver se ainda me divirto com ele.:ksafado
Me lembro de alguns de F1, eram tantos que seria difícil afirmar qual seria o seu. Tiger e suas réplicas fizeram um sucesso estrondoso do meio dos anos 80 ao início dos anos 90, acredito que em boa parte do mundo, eram como lojas para capinha de celular, a maioria como deve perceber são podrérrimos, no entanto, hoje alguns valem pequenas fortunas.

Nossa, como queria um Gameboy naquela época, uma das experiências mais marcantes dos videogames foi quando pude finalmente jogar Pokemon do portátil na TV, graças ao Transfer Pak do Nintendo 64, alugava dois acessórios e dois cartuchos para ficar trocando os Pokemon, me divertia pra caramba. Graças a isso que consegui concluir a apelona Gym Leader Castle, numa das conquistas mais complicadas que já realizei.

Lembro de você ter falado da queda de qualidade e diversão com os vídeos dele, problema frequente naqueles que denominam produtores de conteúdo, outro fator decisivo é a idade, recentemente ele completou 38 anos e possui duas filhas, vejo pelas pessoas que me cercam, mês passado completei 33 anos, me sinto muito bem com relação a isto, mas nem todos são assim, engraçado como que na faixa dos meus 20 anos achavam que eu me comportava como alguém de 70, hoje as pessoas entre 30 e 40, na verdade com muito menos que isso, se comportam como se estivessem com 250.

Por isso sempre auxilio para aproveitarmos o tempo ao máximo nos prestando para coisas que nos interessem, pois queiramos ou não, o tempo passa e as coisas mudam fora de nosso controle.
 

pc

Habitué da casa
Mensagens
476
Curtidas
463
Pontos
89
#22
Disso não tenho certeza, apesar de não duvidar, o que afirmam no documentário da História do Tetris, é que o Yamauchi ficou bastante entusiasmado com o projeto, tanto que foi preponderante para os primeiros passos do Gameboy.


Eu tenho saudade de ficar jogando a mesma coisa várias vezes, hoje jogo a mesma coisa por muito tempo, ainda mais agora que estou tentando deixar meu perfil na PSN mais completo, dentro das minhas possibilidades. :S

Eu também pensava que havia um final para o Tetris, imaginava um single THE END formado pelas peças, algo frequente nos términos de NES, passamos horas no ferrando para receber apenas um "Thanks for Playing", valia muito mais pela sensação que pelo fim em si. O fim verdadeiro só abria em nossos corações, diga isso para quem se frustrar por não haver final em algum jogo. haha


Muito bonito. Este, se for em formato de chaveiro, eles davam de brinde nas compras feitas na loja Direct que botava propaganda em várias revistas de videogame da época. Mas claro que dava para se obter por outro meios.

@Grandpa Ttris do Mega Drive é o jogo mais raro do console, estima-se que existem menos de 10 cópias por aí, a última que eu soube foi vendida por mais de 35.000$.

Isso ocorreu porque logo quando a Sega lançou o jogo a Nintendo adquiriu os direitos de exclusividade, então cancelaram a distribuição. :/

Nossa! Não sabia da continuação do Tetris Plus, o primeiro é divino, vou dar uma olhada nesse. :D
Rapaz, que nostalgia boa deu agora me lembrando desses anúncios da Direct... Era d+ ficar alí babando nos anúncios
 
Mensagens
21.510
Curtidas
57.449
Pontos
654
#23
Tetris é jogaço. Lembro do documentário sobre videogames como um título citado com muito destaque, foi muito importante para a indústria.

Fazer uma crítica, não apenas ao tetris, mas ao estilo que ele representa: têm potencial ilimitado para uma jogatina relaxante, com um desafio apropriado e cadenciado. Porém quando acelerado absurdamente, passa a ser estressante. Creio que caberiam modalidades de jogo em que isso fosse evitado para que a jogatina não se deteriorasse com uma progressão exagerada da velocidade.

Esse tipo de joguinho de objetivo simples, tela única em que o gamer mistura/atinge objetos ou cores, voltou com força graças aos games de celular. Estas versões modernas estão mais livres dessa aceleração, mais amigáveis à jogatina casual. Pena que sejam contaminados com coisas como "pague pra avançar".
 
Ultima Edição:

doraemondigimon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.132
Curtidas
13.066
Pontos
619
#24
No meu caso, comecei com o do GB mesmo, passando pela versão NES após a destruição do meu portátil por um sobrinho (pegou o videogame que estava em cima da cama, porque eu havia ido pro colégio, e saiu arrastando ele pelo jardim de casa, achando que era um carrinho).

Os que posso dizer que me chamaram mais a atenção? Bom....

Baku Baku Animal (Sega Saturn)

Joguinho simples, mas é tão agradável que até hoje sonho em jogá-lo de novo!

Puzzle Arena Tohshinden (PSX)

Outro que realmente merece aparecer nessa listagem. Enquanto TODO mundo estava jogando Super Puzzle Fighter (que também está nessa listagem), eu e uma das minhas ex namoradas (a professora de japonês, Takeda Sensei) jogávamos esse jogo. Extremamente agradável e divertido!

Magical tetris Challenge (N64/PSX)

No meu caso, a versão assustadora é a do N64. Quem não a conhece (ou tiver e quiser vender barato pra mim, avisem pra Mulher Prenha!) não sabe o quanto ficou divertida. Eu joguei as duas versões mas a do 'Nintendão' é simplesmente babável quanto a trilha sonora e jogabilidade. Vale a pena cada segundo dele!!!

Menções honrosas vão para:

Super Puzzle Fighter (Sat/PSX/DC)
Shapes and Collumns (MD/Sat)
Dr Mario (NES/SNES/GB)

Hatris (NES)

Starsweep Puzzle (PSX)

Money Idol Exchanger (PSX)

Série Magical Drop (PSX)


Voltando ao assunto das minhas ex namoradas, TODAS AMAVAM JOGAR ESSES ESTILOS DE JOGOS (portanto o conhecimento de alguns títulos mais obscuros) mas quanto a leoa, ela não gosta de videogames (mas suporta por minha causa!)
 

slashf

Bam-bam-bam
Mensagens
7.393
Curtidas
11.968
Pontos
353
#25
Campeonato
Acho tetris o jogo mais viciante ja feito. Curto muito os mais simples sem besteira. Acho que e unico jogo que tenho no celular
 
Mensagens
922
Curtidas
1.400
Pontos
183
#31
Gosto muito de puzzles, de forma geral. Também conheci o gênero através de Tetris, e logo mais Dr. Mario e Flipull. Esse último era originalmente de Arcade, mas conheci na versão de Nes, e gostava muito por trazer uma variação interessante do gênero, e pela música:

flipull-plotting.png

A Capcom fazia muito bonito nesse gênero também, dois exemplos disso são o óbvio Super Puzzle Fighter II Turbo, e o obscuro Pnickies, um jogo até acessível nos modos mais fáceis (levando em conta que é pra arcade):





E pra fechar o post, uma variação bastante curiosa da fórmula Tetris: Quantro. Nesse jogo, você controla duas "camadas" de peças que caem simultaneamente e formam pilhas paralelas de blocos no fundo... Pode parecer complicado de imaginar, mas funciona, é mais ou menos como jogar duas partidas de Tetris ao mesmo tempo na tela. Foi lançado para portáteis, e porssúi várias opções:

 
Mensagens
4.517
Curtidas
3.547
Pontos
369
#32
Tetris( e similares) é aquele jogo que vc sempre revisita de tempos em tempos. Mecânica simples, divertido e desafiador. Gosto muito dos Columns de Mega e MSX, que são belos e tem ost incríveis. Luminous eu joguei e não lembro direito, vou pegar pra revisitar.
Parabéns pelo tópico. Tipo de game que nunca envelhece.
 

Topo