O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

OS Books [+reading now]

Yotsuya

Habitué da casa
Mensagens
260
Reações
425
Pontos
83
Lendo: A Guerra dos Tronos - George R. R. Martin, até o momento consegui ler 85 páginas
 


Yotsuya

Habitué da casa
Mensagens
260
Reações
425
Pontos
83
EgonRunner, Acredito que sim, minha meta é ler 100 paginas por dia, mas as vezes tenho algumas interrupções aqui em casa e tenho que fazer uma pausa.

Felizmente consegui adquirir os volumes 1 ao 5, O Cavaleiro Dos Sete Reinos, O Dragão de Gelo e posteriormente estarei adquirindo Fogo & Sangue.

Pretendo seguir nessa ordem, pelas recentes noticias, o volume 6 pode ser lançado em 2021 e o 7 em 2022,assim espero.
 

EgonRunner

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.483
Reações
21.198
Pontos
553
EgonRunner, Acredito que sim, minha meta é ler 100 paginas por dia, mas as vezes tenho algumas interrupções aqui em casa e tenho que fazer uma pausa.

Felizmente consegui adquirir os volumes 1 ao 5, O Cavaleiro Dos Sete Reinos, O Dragão de Gelo e posteriormente estarei adquirindo Fogo & Sangue.

Pretendo seguir nessa ordem, pelas recentes noticias, o volume 6 pode ser lançado em 2021 e o 7 em 2022,assim espero.

se tiver chance, leia também o Mundo de Gelo & Fogo.
embora não seja 100% canônico (muita coisa pode mudar em relação ao passado contado no livro), ele é muito bom, com bastante informação.

143090
 

Spacehead

Bam-bam-bam
Mensagens
8.252
Reações
12.505
Pontos
353



Tentando seguir com esse.

o livro guerra do velho é sensacional, já sua continuação não é tão interessante.
Ia vir postar que o ultimo que li foi Guerra sem Fim, de Joe Haldeman, achei o livro do c***lho, muito bom, em quanto solaris foi muito parado este foi rapidão para ler, ja botei guerra do velho na lista para comprar pois a edição que li tem uma introdução do john scalzan falando sobre os dois livros, como são parecidos, etc, tava tentiado a pegar os três livros de uma vez mas como vc disse que não é tão bom...
No momento lendo o Mestre e a Margarida de Mikhail Bulgákov, o livro é bem insano mas é extremamente viciante de ler.
Tento ler 1 livro por semana, mas minha média ta 1 a cada 1 semana e meia - 2 semanas, leio mais ou menos de 60-70 páginas por hora, mais ou menos dependendo do livro mas fica por ai, leio normalmente uma hora antes de dormir, problema que não leio todas as noites, assistir vídeos de procrastinação no youtube são minha kriptonita.
 

Yotsuya

Habitué da casa
Mensagens
260
Reações
425
Pontos
83
EgonRunner obrigado pela indicação, vou estar adquirindo este também , eu adoro este gênero de livro, gosto adquirir quando já se tem um vasto material lançado, assim leio tudo de uma vez.
 


WhiteHorseBR01

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
24.628
Reações
4.547
Pontos
584
Primeiro livro do sapateiro místico. Conhecimento excelente para entender a gnose e ensinamentos ocultos.


Enviado de meu SM-N9600 usando o Tapatalk
 

Merovíngio

Mil pontos, LOL!
Mensagens
35.166
Reações
25.022
Pontos
1.009
Lendo esses dois:





Uma parada que percebi é que, nesses livros não ficção, você capta a ideia central nos primeiros 20%... 30% do livro. O resto, embora ainda importante, são reforços, confirmações e aprofundamentos da ideia principal já passada.

Exatamente por isso costumo ler dois ao mesmo tempo. Começo um e depois que chego num ponto do livro em que já peguei a ideia do autor, começo outro, sem abandonar o primeiro, claro, mas deixando para consumi-lo mais devagar (uma aplicação suave da técnica Incremental Reading).

Desses dois, comecei primeiro o "Why We Sleep". Estou com 56% da leitura concluída, e já me impactou profundamente. Antes dele, eu dormia de 5 a 6 horas por dia (e ainda me consideradava FODA por isso), e agora durmo 8 horas completonas. Compreendi (e já estou comprovando na prática), que tempo de cama é o melhor investimento que você pode fazer, quer seu objetivo seja estudo ou trabalho (na verdade, você fica melhor em tudo na vida - de videogames a sexo haha). "Ah, mas 5 horas de sono é de boas pra mim". Bitch slap. Lê o livro carajo.

"Make it Stick" é um livro focado em estudo e aprendizado. Estou com 24% da leitura concluída. Os métodos de estudos mais difundidos realmente são uma verdadeira droga (eu já estava notando isso haha). Tem sido também uma leitura muito proveitosa.
 

darth_senna

Bam-bam-bam
Mensagens
11.510
Reações
5.888
Pontos
459
terminei de ler a ultima trilogia do fitzchivalry farseer escrita pela Robin Hobb.
Pqp, que tesão de série. recomendo a todos que curtem fantasia medieval, bom DEMAIS. acho que em português tem apenas a primeira trilogia (o assassino do rei é o nome do primeiro livro). em PTBR acho que alguns nomes ficam meio toscos, pq traduziram. mas ainda assim é leitura da melhor qualidade.

Depois disso li a novella de stormlight archive: edgedancer pra entrar no clima já pro 4º livro que sai em novembro (to ansioso para um c***lho pra esse livro! essa série é magnifica demais. melhor coisa que li em eras.) Vou deixar um trecho que pra mim é bem impactante em spoiler (tá em ingles, o livro não foi traduzido) pra quem tiver interesse ter uma noção de como a série Stormlight Archives é ótima.
“The most important words a man can say are, “I will do better.” These are not the most important words any man can say. I am a man, and they are what I needed to say.

The ancient code of the Knights Radiant says “journey before destination.” Some may call it a simple platitude, but it is far more. A journey will have pain and failure. It is not only the steps forward that we must accept. It is the stumbles. The trials. The knowledge that we will fail. That we will hurt those around us.

But if we stop, if we accept the person we are when we fall, the journey ends. That failure becomes our destination. To love the journey is to accept no such end. I have found, through painful experience, that the most important step a person can take is always the next one.

I’m certain some will feel threatened by this record. Some few may feel liberated. Most will simply feel that it should not exist. I needed to write it anyway.”

Agora estou pra começar uma série nova que me indicaram e tá me deixando animado: The Song of the Shattered Sands. Mais uma série de fantasia medieval (pq eu amo esse tema haha). comprei hj e devem entregar em duas semanas. já tem 5 livros a série. com sorte, me mantém ocupado até sair rythm of war em novembro. enquanto o livro não chega, to finalizando a trilogia prequel da batalha do apocalipse do eduardo sphor. Aliás, essa é uma série de escritor nacional que eu recomendo fortemente. world building sensacional que o cara fez e a trama é bem legal, apesar do diálogo meio formalista/norma culta demais pro meu gosto.
 

maedre

Bam-bam-bam
Mensagens
1.703
Reações
4.318
Pontos
303
Alguma dica pra quem quer começar a ler livros (ficção) em inglês?

Reler livros, só que dessa vez em inglês? Ler um capítulo inteiro sem se preocupar e depois reler, mas dessa vez se atentando às palavras desconhecidas?

Sei que tô perdendo muita coisa boa.
 

EgonRunner

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.483
Reações
21.198
Pontos
553
Alguma dica pra quem quer começar a ler livros (ficção) em inglês?

Reler livros, só que dessa vez em inglês? Ler um capítulo inteiro sem se preocupar e depois reler, mas dessa vez se atentando às palavras desconhecidas?

Sei que tô perdendo muita coisa boa.
eu curto os livros do Tom Clancy (Ryanverse) em inglês, apesar do tecno-blablabla em muitas partes, possuem um estilo bem direto até mesmo pelo estilo (ação sem grandes dilemas filosóficos).

Biografia em inglês geralmente tb é tranquilo.
 

Spacehead

Bam-bam-bam
Mensagens
8.252
Reações
12.505
Pontos
353
Acabei o mestre e a margarida, é um bom livro, apesar de ter que conhecer bastante contexto da época, ou seja, fazer aquela pesquisa pós livro, apesar de muitas partes serem bastante malucas o livro consegue ser muito bom em várias partes, alias, compraria o romance sobre Pôncio Pilatos sem pensar duas vezes.

Agora tô lendo obrigado por fumar, que comprei por 10 real na Amazon sem nem saber do que se tratava direito, por hora li umas 30 páginas bem rapidinho e parece ser bom.
 

Gabrielekz17

Habitué da casa
Mensagens
372
Reações
286
Pontos
98
Alguma recomendação sobre livros de histórias biblicas? Tipo aqueles bem "dark" que o Nicolas Cage lia em motoqueiro fantasma.
 

maedre

Bam-bam-bam
Mensagens
1.703
Reações
4.318
Pontos
303
eu curto os livros do Tom Clancy (Ryanverse) em inglês, apesar do tecno-blablabla em muitas partes, possuem um estilo bem direto até mesmo pelo estilo (ação sem grandes dilemas filosóficos).

Biografia em inglês geralmente tb é tranquilo.
Será que um gênero de não ficção (e sem vocabulário técnico) seja um boa maneira de iniciar? A Biografia por exemplo, com vc disse?
 

f0rg0tten

Bam-bam-bam
GOLD
Mensagens
9.273
Reações
11.038
Pontos
394
Será que um gênero de não ficção (e sem vocabulário técnico) seja um boa maneira de iniciar? A Biografia por exemplo, com vc disse?
Curte Anne Rice? (Entrevista com o Vampiro). Ela, Terry Pratchett e Stephen King foram os primeiros autores que peguei em inglês.
 

maedre

Bam-bam-bam
Mensagens
1.703
Reações
4.318
Pontos
303
Curte Anne Rice? (Entrevista com o Vampiro). Ela, Terry Pratchett e Stephen King foram os primeiros autores que peguei em inglês.
opa, vou dar uma olhada sim.

Como gosto de ler pelo Kindle, peguei amostras grátis da biografia de elon musk e mais este:

145962



Se eu não ficar tropeçando mt na leitura, vou comprar
 

Merovíngio

Mil pontos, LOL!
Mensagens
35.166
Reações
25.022
Pontos
1.009
Alguma dica pra quem quer começar a ler livros (ficção) em inglês?
Caso você não tenha experiência em ler ficção em inglês, recomendo que comece por livros do gênero young adults.

A vantagem desses livros é que eles usam uma linguagem um pouco mais simples. Em qualquer idioma do planeta, os adolescentes têm um vocabulário mais restrito e navegam pelo idioma de formas menos elaboradas. Exatamente por isso esses livros são mais acessíveis não para os não nativos no idioma.

Muitos têm temas interessantes, mesmo para adultos com boletos para pagar. Mas, por estarem nesse gênero, têm a vantagem do linguajar menos floreado.

No Good Reads você pode encontrar muita coisa legal para ler:


Os livros mais "crescidinhos" já têm um vocabulário mais puxado e exploram bastante as nuances do idioma, para trabalhar com os pensamentos e emoções dos personagens e as consequências dos fatos narrados. Então pode valer a pena sentir a sua percepção dessas paradas numa coisa menos complexa (mas não menos divertida). :kjoinha
 
Ultima Edição:

EgonRunner

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.483
Reações
21.198
Pontos
553
Será que um gênero de não ficção (e sem vocabulário técnico) seja um boa maneira de iniciar? A Biografia por exemplo, com vc disse?
Biografias são interessantes porque além da vida da pessoa, elas trazem fatos sobre a área onde a pessoa atuou (cinema, música, história, etc), e isso sempre cria mais envolvimento com a leitura.
o importante é que sempre seja um tema que vc tenha interesse, curiosidade.
 

Azeon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.744
Reações
26.291
Pontos
554
Poderiam me indicar livros de investigação/suspense ?

Vou começar o Um estudo em vermelho mas também gostaria de algo mais recente, anos 90+.
 

cmsnes

Bam-bam-bam
GOLD
Mensagens
7.785
Reações
11.865
Pontos
354
O mínimo que você precisa saber pra não ser um idiota - Olavo de Carvalho

História da Literatura Ocidental vol. 1 - Otto Maria Carpeaux

A Educação da Vontade - Jules Payot

O Senhor dos Anéis: as duas torres - J. R. R. Tolkien

lendo essas 4 maravilhosas obras :klove
 

Spacehead

Bam-bam-bam
Mensagens
8.252
Reações
12.505
Pontos
353
Acabei de ler obrigado por fumar de Christopher Buckley, e foi um livro que realmente gostei muito, comprei ele no escuro pq estava apenas 10 Reis no Amazon e arrisco dizer que foi uma das melhores coisas que já comprei por 10zao, o livro conta a história do porta voz da principal entidade que faz o lobby do tabagismo em Washington, no incio da década 90 tentando defender com unhas e dentes os ataques ao tabaco, tenho que dizer que o livro é bem engraçado com um monte de piadas sem medo de serem corretas.
Vou iniciar ardil22, dizem que é parecido com matadouro 5 que eu adoro,mas tô com um pouco de preguiça de começar as mais de 500 páginas da versão pocket.
 

Iverton

Ser evoluído
Mensagens
5
Reações
7
Pontos
33
150280

Eu gosto muito de Brandon Sanderson, mas não dá, desisto dessa série. O primeiro livro da séria, The Way of Kings, eu terminei meio que forçado, achei que o segundo livro iria melhorar um pouco, me enganei. Essa serie deixou nítido como Sanderson é excelente pra criar mundos, magias, criaturas; mas, não sabe escrever. Os diálogos são fracos, os personagens são ruins, não têm carisma, e ele não sabe escrever personagens femininas. E, esses livros não têm conteúdo para terem mais de 1000 páginas, 500 páginas seria muito.

Fiquei decepcionado, porque a série Mistborn é uma das melhores series que li.

Esse ano foi meio decepcionante pra mim, as series que mais me interessavam me decepcionaram:
Gentleman Bastard - Scott Lynch
The Daevabad - S.A. Chakraborty
Lightbringer - Brent Weeks
Gods of Blood and Powder - Brian McClellan
 

Niko

V Has Come To
VIP
Mensagens
6.706
Reações
6.286
Pontos
354


Memórias do subsolo (ou Notas do subterrâneo) de Fiódor Dostoiévski

Terminei agora e no momento meus sentimentos com relação a uma avaliação final do livro são confusos. Dostoiévski é, para mim, um dos melhores autores que existe, mas tenho que dizer que pelo que o pessoal comenta e sobre a crítica e até no prefácio do tradutor deste livro eu esperava muito mais, fiquei um pouco decepcionado com a história e seus desdobramentos. Mas o livro não é de todo ruim, longe disso, é bastante esclarecedor e original.

Livro curtinho, dá pra ler calmamente e sem maiores dificuldades, exceto a primeira parte, que mencionarei mais a frente, e abarca memórias no mínimo peculiares de um personagem que considerando os vários livros que já li na minha vida é um dos mais ruins que já vi, sem dúvidas. Até me relacionei com ele um pouco ali na parte final do livro com a ansiedade; no caso dele conseguimos ver, e isso durante todo o decorrer da trama, aquela ansiedade de dar nos nervos do personagem, em alguns momentos com resquícios de loucura mesmo, mas o que mais se destaca é o fracasso. Em minha opinião, e aí cabe minha interpretação, talvez eu tenha entendido de uma forma diferente, cada pessoa que lê pode interpretar de uma forma diferente, isso é normal, mas com isso concluo que o livro deveria se chamar ''memórias de um fracassado'', acho que cairia muito melhor que memórias do subsolo. Veja, eu não sabia nada da história, do que poderia se passar, mas apenas tinha suposto que, conhecendo Dostoiévski, talvez ele retratasse um personagem ou pessoas que estariam mais ''livres'', largadas no mundo da pobreza, do desespero e que não se relacionam com o alto escalão da sociedade. Não pelo menos dessa forma escolhida. Supus isso pelo mero título da trama, mas o que podemos observar são memórias extremamente peculiares, algumas bastante fúteis e vergonhosas, diria até sem sentido, de um personagem extremamente esquisito e peculiar.

A historia é basicamente dividida em duas partes e a primeira é muito carregada filosoficamente, por muitos momentos até incompreensíveis seja em seu sentido, seja no ambiente de nos posicionarmos como leitores, nos relacionarmos, pois são notas extremamente subjetivas com uma semântica muito complicada.
Diria que é até difícil para aquele leitor menos iniciado em leituras, acho que exclui pessoas. Vale o destaque para o tradutor, que consegue trazer toda a raiz do que se quer ser passado, numa linguagem até formalíssima nessa primeira parte, dá pra ver realmente que o tradutor possui vasto conhecimento da língua, gostei bastante. Aliás, mais um trabalho sensacional da editora 34, capa simples, revisão sem erros de ortografia e tradutor muito bom.

Não consegui observar mais do que é mostrado no personagem narrador, parece ser apenas uma pessoa extremamente peculiar, excêntrica e ansiosa, sendo que, como disse, me identifiquei com ele nesse ultimo quesito. Conseguimos observar na alma o maquinismo de pensamentos em sua cabeça, toda aquela alucinação e desespero em observar as coisas como elas são, mas de fato não são; acho que foi uma excelente retratação, mas fora isso não consegui entender muita coisa dos devaneios desse protagonista não, que pra mim se mostrou um personagem não só mau, mas ruim mesmo.

Não é um dos livros que recomendaria primeiro do Dostoiévski, recomendo somente pra quem já tiver mais avançado em sua literatura ou goste muito do autor.
 

Stormtrooper

Veterano
Mensagens
1.086
Reações
490
Pontos
139

To lendo o Último Desejo: A Saga do Bruxo Geralt de Rívia, e estou gostando bastante da escrita e da narração. Livro bacana de ler.
 

Leandro2112

Habitué da casa
Mensagens
554
Reações
483
Pontos
78
Ultimamente estava lendo mais livros de contos. Aí dei uma pause e comecei a ler esse:

151806

Mas infelizmente o arquivo para o Kindle não está 100% traduzido e como o livro físico é vendido por um preço bem salgado, acabei deixando de lado e iniciei:

151807

Estou chegando nos 40% do livro e curtindo bastante, super recomendo.
 

Paulo Guedes

Ministro da Economia
GOLD
Mensagens
1.452
Reações
2.783
Pontos
288


Grisham consegue de novo.

Um advogado é morto, e o xerife do local paga para uma viciada dizer que viu uma determinada pessoa saindo do local do crime, alem de pagar para a ex dessa mesma pessoa mentir sobre ela ter arma de fogo e de plantar uma lanterna com sangue em seu carro.

Agora, 22 anos depois, uma ONG que livra inocentes da cadeia está ajudando esse inocente a sair - mas quem realmente matou o advogado nao quer que ele saia. E eles sao muito, muito poderosos.

Ótimo livro do Grisham, melhor que os dos anos anteriores, no mesmo nivel de A Herança, de 2014.
 

darth_senna

Bam-bam-bam
Mensagens
11.510
Reações
5.888
Pontos
459
Visualizar anexo 150280

Eu gosto muito de Brandon Sanderson, mas não dá, desisto dessa série. O primeiro livro da séria, The Way of Kings, eu terminei meio que forçado, achei que o segundo livro iria melhorar um pouco, me enganei. Essa serie deixou nítido como Sanderson é excelente pra criar mundos, magias, criaturas; mas, não sabe escrever. Os diálogos são fracos, os personagens são ruins, não têm carisma, e ele não sabe escrever personagens femininas. E, esses livros não têm conteúdo para terem mais de 1000 páginas, 500 páginas seria muito.

Fiquei decepcionado, porque a série Mistborn é uma das melhores series que li.

Esse ano foi meio decepcionante pra mim, as series que mais me interessavam me decepcionaram:
Gentleman Bastard - Scott Lynch
The Daevabad - S.A. Chakraborty
Lightbringer - Brent Weeks
Gods of Blood and Powder - Brian McClellan
nossa cara, eu li e AMEI essa série. a construção dos personagens e como ganham seus poderes, os credos das ordens, os juramentos... mas o personagem mais chato é a Shallan e ela é o foco do livro 2. então é piorzinho msm. mas o 3 livro é com foco no Dalinar e é do c***lho. amanhã sai o 4 e eu to mega ansioso!
Pra mim essa série é a melhor série de fantasia sendo escrita atualmente.
 

Merovíngio

Mil pontos, LOL!
Mensagens
35.166
Reações
25.022
Pontos
1.009
Lendo "Os Pilares da Terra". O livro é bem grande, tendo ~1000 páginas. Estou em 45%, e puxa vida, que livro excelente. Simplesmente não tem encheção de linguiça em nenhum momento! Sempre tem alguma coisa acontecendo!

Já li muito livreco com 300 pgs e com trechos de pura encheção (uh é pra dar suspense dhã)! Mas esse não é o caso de "Os Pilares da Terra". A trama se desenrola numa velocidade muito agradável (nem tão rápida, nem tão lenta). Isso permite absorvermos bem o andar dos acontecimentos, mas sem que o autor precise pausar o caminhar da história. Ou seja, um livro muito bem escrito.
 
Topo