O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Tópico dos desabafos - Desabafe sobre o que quiser.



RTX

Habitué da casa
Mensagens
240
Reações
292
Pontos
73
Interessante esse Instagram, as pessoas que usam ele melhor dizendo.

Eventualmente você acaba seguindo um outro conhecido (ou alguém que você achou interessante) e manda uma solicitação. Mas aí entra um detalhe, a pessoa aceita e não segue de volta, deveria estar cagando e andando pra isso, mas me incomoda.

Elas acham que estamos apenas interessados em ver a vida delas? Acredito que as pessoas em sua maioria são tratadas apenas como um número dentro desse complexo jogo de egos.

Pensei em dar uma chance, tentando gerenciar o que vejo ou não, mas... Não sei pq voltei pra esse troço kkk
 

Bug_Secular

Bam-bam-bam
Mensagens
3.016
Reações
4.348
Pontos
303
Cara, é foda.. peguei um projeto bobo - pelo menos teoricamente - onde era pra fazer pequenas alterações HTML + CSS, coisa de 2 horas no máximo. Cobrei R$ 150. Mas o infeliz inventa pequenas alterações, tem que analisar com o "Chefe" e o caralho a quatro. Estou desde sábado querendo "finalizar" este projeto e focar noutros 3 que estão na fila.

Tá foda! Eu queria muito terminar tudo ainda em junho, pra poder largar os freelas e "crescer" no resto do ano, mas tá foda...

De quinta pra cá, estou trabalhando umas 10 horas por dia pra ver se coloco tudo em dia, e vem uns infelizes desse pra atrapalhar...
 

dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
32.454
Reações
57.008
Pontos
979
Interessante esse Instagram, as pessoas que usam ele melhor dizendo.

Eventualmente você acaba seguindo um outro conhecido (ou alguém que você achou interessante) e manda uma solicitação. Mas aí entra um detalhe, a pessoa aceita e não segue de volta, deveria estar cagando e andando pra isso, mas me incomoda.

Elas acham que estamos apenas interessados em ver a vida delas? Acredito que as pessoas em sua maioria são tratadas apenas como um número dentro desse complexo jogo de egos.

Pensei em dar uma chance, tentando gerenciar o que vejo ou não, mas... Não sei pq voltei pra esse troço kkk
Não entendi o problema. Você que decidiu que queria era seguir ela. Ela aceitou para satisfazer sua vontade (e ganhar +1 no contador), mas não tem interesse em te seguir. Nunca foi uma obrigação ser uma coisa de mão dupla. Eu mesmo só gosto de seguir. Até prefiro que as pessoas não sigam de volta.

De todos os problemas que as redes sociais tem, esse eu não acredito ser um deles.
 

RTX

Habitué da casa
Mensagens
240
Reações
292
Pontos
73
Não entendi o problema. Você que decidiu que queria era seguir ela. Ela aceitou para satisfazer sua vontade (e ganhar +1 no contador), mas não tem interesse em te seguir. Nunca foi uma obrigação ser uma coisa de mão dupla. Eu mesmo só gosto de seguir. Até prefiro que as pessoas não sigam de volta.

De todos os problemas que as redes sociais tem, esse eu não acredito ser um deles.
Obrigação, jamais. Nem é exatamente o problema pra mim, mas aí eu fui mais a fundo e percebo que é isso mesmo. Ter mais seguidores do que segue parece ser uma coisa que a maioria busca. E sim, aqueles números movem o ego de geral.

Mas não vou generalizar...
 


Frankley

Habitué da casa
Mensagens
388
Reações
281
Pontos
73
odeio trabalhar autônomo, sempre tem gente enchendo o meu saco no zapzap

Amanhã vai começar o dia da tortura.
 

Frankley

Habitué da casa
Mensagens
388
Reações
281
Pontos
73
Cara, é foda.. peguei um projeto bobo - pelo menos teoricamente - onde era pra fazer pequenas alterações HTML + CSS, coisa de 2 horas no máximo. Cobrei R$ 150. Mas o infeliz inventa pequenas alterações, tem que analisar com o "Chefe" e o caralho a quatro. Estou desde sábado querendo "finalizar" este projeto e focar noutros 3 que estão na fila.

Tá foda! Eu queria muito terminar tudo ainda em junho, pra poder largar os freelas e "crescer" no resto do ano, mas tá foda...

De quinta pra cá, estou trabalhando umas 10 horas por dia pra ver se coloco tudo em dia, e vem uns infelizes desse pra atrapalhar...
caralho, vc descreveu exatamente o que estou passando, mas no meu caso é projeto de arquitetura. Demorei quase um mês só pra terminar o projeto todo, por causa de inúmeras alterações que tinha que fazer no projeto.
 

dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
32.454
Reações
57.008
Pontos
979
Obrigação, jamais. Nem é exatamente o problema pra mim, mas aí eu fui mais a fundo e percebo que é isso mesmo. Ter mais seguidores do que segue parece ser uma coisa que a maioria busca. E sim, aqueles números movem o ego de geral.

Mas não vou generalizar...
Não sei a pessoa em questão. Mas pensa uma pessoa razoavelmente popular. Um professor de universidade, por exemplo. Ele pode ter lá seus 3k seguidores. Se ele seguir todo mundo de volta, o feed dele vai ficar zoado.

Por isso não é uma pratica de de mão dupla. As pessoas são populares em proporções diferentes.
 

Bug_Secular

Bam-bam-bam
Mensagens
3.016
Reações
4.348
Pontos
303
caralho, vc descreveu exatamente o que estou passando, mas no meu caso é projeto de arquitetura. Demorei quase um mês só pra terminar o projeto todo, por causa de inúmeras alterações que tinha que fazer no projeto.
O foda que acaba com o planejamento do profissional. Eu mesmo esta semana estou acabado. Não adianta nem "adiantar" alguns projetos e pegar outro que fica na enrolação na semana toda. O meu cliente some, só entra quando quer. Sai... e eu fico como? Esperando ele?
 

Dr.Saber

Bam-bam-bam
Mensagens
2.993
Reações
4.515
Pontos
303
Poxa, passei uma hora para resolver uma questão e nem consegui resolver, e olha que era uma questão boba. Amanhã eu tento resolver, chega essa hora e minha mente já está ruim.

Jantar e depois jogar um pouquinho.
 
Ultima Edição:

Sir.Heisenberg

Bam-bam-bam
Mensagens
1.396
Reações
2.535
Pontos
309
Depois de tudo, meu pai ficou pistola com a minha mãe e deu uma brigada. Aí ela veio me pedir desculpas pelo que disse.
Aceitei só pra não ficar aquele clima merda.

Mas sei lá, tô bem pensativo... amanhã é a última etapa do estágio de 1.6k e vou tentar não ficar de cabeça quente. Se der certo, eu acabei de lembrar que recebo mais 200 pila por uma consultoria mensal que eu faço com um cliente e tem contrato de 4 anos, além de que fui convidado pra ser monitor de Cálculo na faculdade e receberia mais uns 250 pila. Dá mais de 2k de salário no mês. Acredito que consigo me virar de boas.
 

_alef_

Bam-bam-bam
Mensagens
9.177
Reações
9.775
Pontos
353
Segundona de madruga e
"Amar não é pecado
e se eu tiver errado
que se dane o mundo
eu só quero você"

Luan Santana manjava das putarias.
 

PSO

Bam-bam-bam
Mensagens
3.078
Reações
4.651
Pontos
303

Esse vídeo pontua o quão cruel pode ser a vida, com os nossos objetivos, em comparação com as dificuldades que a vida pode ter.

Até que me ajudou um pouquinho, já que não paro de me questionar se eu vou chegar a algum lugar, algum dia.

Recomendo assistirem também, tem legendas em pt.

Enviado de meu Redmi Note 6 Pro usando o Tapatalk
 

_alef_

Bam-bam-bam
Mensagens
9.177
Reações
9.775
Pontos
353

Esse vídeo pontua o quão cruel pode ser a vida, com os nossos objetivos, em comparação com as dificuldades que a vida pode ter.

Até que me ajudou um pouquinho, já que não paro de me questionar se eu vou chegar a algum lugar, algum dia.

Recomendo assistirem também, tem legendas em pt.

Enviado de meu Redmi Note 6 Pro usando o Tapatalk
Se anda muito preocupado mano.
Leia Como evitar precoupações. Eu achei no inicio bem genérico, mas depois vc ve os exemplos e nota que funciona. Relaxe e goze.
 
Reações: PSO

PSO

Bam-bam-bam
Mensagens
3.078
Reações
4.651
Pontos
303
Se anda muito preocupado mano.
Leia Como evitar precoupações. Eu achei no inicio bem genérico, mas depois vc ve os exemplos e nota que funciona. Relaxe e goze.
Eu até tento, porém é muito difícil.

Eu não consigo parar de ter medo de não conseguir um emprego, algo que consiga me sustentar minimamente.

Eu penso nas minhas possibilidades, e como elas podem diminuir conforme o tempo passa, e isso me deixa aflito...

Eu não consigo parar de pensar em "Por que as coisas insistem em não dar certo?" .

Enviado de meu Redmi Note 6 Pro usando o Tapatalk
 

Giant Enemy Crab

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.401
Reações
47.946
Pontos
553
Estou fazendo um curso de manutenção de equipamentos específicos aqui pago pela empresa

No primeiro dia era no centro de segurança da província, me lembrou meus tempos de ensino fundamental, professor precisou expulsar um grupo de baderneiros pra manter o silêncio na sala.


Hoje era pra ir na prática, numa fábrica da Toshiba, me deram um mapa que marcava "6mins apé da estação" cálculo chegar na estação faltando 20mins pro curso começar, num sábado, numa chuva da porra.

Quando chego no portão, dou meu cartão do curso pro guarda, e o mesmo "entra em desespero" porque não sabia ler meu nome(tá em romano), eu falava e repetia e aparentemente ele entendia alguma coisa estrangeira (meu nome é 67% japonês), como acontece às vezes.
Ele precisou chamar um outro mais experiente, esse foi rápido.
Me deu um crachá e outro mapa que me mandava pra um prédio lá na pqp, eu pensei "eita porra que lugar gigante", aí sai correndo na chuva.

Chego no prédio indicado, o tiozão que tava carimbando o cartão olha pro meu nome, olha pra minha cara, levanta e me puxa pro canto e começa a questionar meus conhecimentos linguísticos locais, e eu pensando "porra se cheguei até aqui é esperado que eu vá entender essa merda".
Depois ele ficou mais tranquilo quando puxou minha ficha e tinha lá meus dados que a empresa que eu trabalho forneceu.


Entro na sala e vou pro lugar marcado, no meio de um monte de japonês desses que tentam ser boybands, aí chega o professor. Um velho carrancudo que se alguém me perguntasse eu falaria que ele veio alcoolizado, pelo jeito que ele falava.

E pergunta quem já tem alguma experiência no ramo, fiquei quieto.
Passou umas horas de aula teórica, deram uma prova de marcar verdadeiro ou falso, errei 3 questões, 1 eu não lembrava de cabeça um valor, outro foi pegadinha linguística e outra era informação que provavelmente foi falada numa hora que eu dormi, no dia anterior.

O velho já ficou meio "assim", provavelmente achou que eu tinha colado.


Aí chega na parte prática, na minha vez de regular um negócio lá eu fiz na excelência de alguém que já mexe com isso a 20 anos.(eu já tinha experiência com as ferramentas fornecidas e a Quest em questão desde os 10 anos de idade, que era pra alinhar e fazer o balanceamento de uns rolamentos manualmente).
Aí o velho resolveu liberar sua raiva e começou a reclamar que eu devia ter falado que tinha experiência, e aí eu comecei a rir e comentei "você explicou bem... Só isso...." Ele apontou prós outros e falou "então porque você é o único que consegue fazer isso tão bem e tão rápido?".
Eu sorrindo falei "porque eu não sou nativo dessa cidade, ou porque eu prestei atenção na aula".

Aí que ele ficou bem pistola e mandou eu ir sala esperar o resto.
Aí tô aqui sem ter o que fazer esperando darem permissão pra eu ir embora.


Velho devia era ter ficado orgulhoso do pupilo estrangeiro dele ter entendido a aula.



E não sei se eu fico feliz ou triste, tem um grupo de alguma empresa aqui junto que tavam "discutindo" baixinho qual seria minha nacionalidade, do tanto que eu escutei nenhum chutou Brasil.
pior que tocou essa musica na minha cabeça na hora que eu testei e vi que acertei de primeira, que ainda "era bom nisso". :klolz


o velho devia ter suspeitado, trabalho em uma empresa relativamente grande, e foi escolhido logo um estrangeiro todo tatuado com cara de sono e falando que nem maloqueiro com sotaque, que nunca frequentou uma escola japonesa de ensino basico/médio, pra fazer o curso.
"Alguma coisa" esse estrangeiro tem que ter pra ser destacado assim. :klolz

O velho que tem "autorização oficial" pra exercer tal função na empresa que eu trabalho vai aposentar,
o outro que tem vive na correria, ai tiveram que destacar alguém do meu grupo pra tal responsabilidade.


pelo menos ja peguei a carteira.

Alguém que da esse curso ligou pro meu trabalho "reclamando" de mim,
devo ter cutucado a ferida do velho mesmo :klolz


Sorte minha que de manhã eu comentei do ocorrido com meu gerente.

Chego de manhã, o gerente chega em mim comentando que eu dei duas entradas em pedido de reembolso de transporte do dia, pelo site privado da empresa.
Comentei "vish... fiz issoae pelo celular durante a aula, é muito ruim usar esse site ai no smartphone. desculpa ai, apaga um la pra mim fazendo favor".
ele: "Durante a aula? mas não pode..."

ai narrei por cima o ocorrido, ele saiu rindo.


Por volta das 4 da tarde o gerente geral aparece rindo, chega na minha mesa, olha pra mim e fala "o que voce fez na aula no sabado pra deixar o povo nervoso? acabaram de ligar pra mim".
Quando eu começei a pegar ar pra explicar pro manolo também ele falou rindo "ah, fulano ja tinha comentado comigo... Finge ser meio idiota da próxima vez pois pelo jeito assustou o povo lá".
Eu olhando pra ele com cara de " oO' masoq". . Ele comentou que "advogou a meu favor e aparentemente a pessoa do outro lado da linha entendeu que eu só tenho aparencia de delinquente".
E saiu rindo.
 

Project Schizoid

Zima Blue
VIP
Mensagens
6.249
Reações
8.301
Pontos
353
Eu gostaria de ter nascido com uma mentalidade e personalidade mais "padrão", e menos paranóica. É interessante como seres da mesma espécie podem funcionar de maneira tão diferente. Em casos, como o meu, o próprio filho pode ser completamente diferente dos pais, mesmo sem qualquer trauma ou influência externa.

Eu confio bastante na frase: "Ignorância é uma benção". Queria der um desses jovens impulsivos que se drogam, bebem, curtem, se divertem com qualquer coisa, são excepcionalmente otimistas sem razão, namoram por namorar e transam por transar, em uma busca insaciável por prazer. E só isso já está muito bom. Não precisa de complexidade, não precisa complicar as coisas. Vive pra beber, ver o futebolzinho de Domingo e pegar mulher. Parece uma vida muito competente.

Eu não posso me relacionar porque sou incapaz de ter sentimentos verdadeiros por alguém e sou incapaz de acreditar em fidelidade no relacionamento. Eu vejo a humanidade sob um filtro tom de cinza bem escuro. Como se ninguém fosse confiável, como se qualquer um pudesse fincar uma faca assim que eu me virasse, como se cada palavra e ato impulsivo de minha parte estivesse destinado a se tornar, no futuro, um contra-ataque fulminante. Vivo uma guerra invisivel e psicológica contra um mundo que nunca me fez mal ou deu motivos para agir assim. E é algo que foge do meu controle. Eu sempre preciso esperar o pior das pessoas, das situações, viver em uma eterna falta de expectativas para não se decepcionar, em uma eterna faceta ranzinza autoprotetora para não me apegar. Como se meu corpo fosse equipado com uma vasta variedade de sistemas defensivos que temem o mundo. "Se eu fizer isso, usarão contra mim em argumentos futuros", "se eu fizer isso, irão se aproveitar", "Se eu disser o que sinto, serei manipulado", "Se eu confiar demais ou me apegar, meu sentimento me tornará refém desta pessoa, e será como expôr um ponto crítico para que ela avance com seu ataque fatal".

Parte de mim aprecia ser assim. Odeio riscos. Fiz concurso justamente pelo medo de desemprego. Mas uma hora cansa estar sempre atento, sempre descrente, pessimiata, esperando o pior.
 

geist

Bam-bam-bam
Mensagens
9.847
Reações
34.214
Pontos
353
Eu gostaria de ter nascido com uma mentalidade e personalidade mais "padrão", e menos paranóica. É interessante como seres da mesma espécie podem funcionar de maneira tão diferente. Em casos, como o meu, o próprio filho pode ser completamente diferente dos pais, mesmo sem qualquer trauma ou influência externa.

Eu confio bastante na frase: "Ignorância é uma benção". Queria der um desses jovens impulsivos que se drogam, bebem, curtem, se divertem com qualquer coisa, são excepcionalmente otimistas sem razão, namoram por namorar e transam por transar, em uma busca insaciável por prazer. E só isso já está muito bom. Não precisa de complexidade, não precisa complicar as coisas. Vive pra beber, ver o futebolzinho de Domingo e pegar mulher. Parece uma vida muito competente.

Eu não posso me relacionar porque sou incapaz de ter sentimentos verdadeiros por alguém e sou incapaz de acreditar em fidelidade no relacionamento. Eu vejo a humanidade sob um filtro tom de cinza bem escuro. Como se ninguém fosse confiável, como se qualquer um pudesse fincar uma faca assim que eu me virasse, como se cada palavra e ato impulsivo de minha parte estivesse destinado a se tornar, no futuro, um contra-ataque fulminante. Vivo uma guerra invisivel e psicológica contra um mundo que nunca me fez mal ou deu motivos para agir assim. E é algo que foge do meu controle. Eu sempre preciso esperar o pior das pessoas, das situações, viver em uma eterna falta de expectativas para não se decepcionar, em uma eterna faceta ranzinza autoprotetora para não me apegar. Como se meu corpo fosse equipado com uma vasta variedade de sistemas defensivos que temem o mundo. "Se eu fizer isso, usarão contra mim em argumentos futuros", "se eu fizer isso, irão se aproveitar", "Se eu disser o que sinto, serei manipulado", "Se eu confiar demais ou me apegar, meu sentimento me tornará refém desta pessoa, e será como expôr um ponto crítico para que ela avance com seu ataque fatal".

Parte de mim aprecia ser assim. Odeio riscos. Fiz concurso justamente pelo medo de desemprego. Mas uma hora cansa estar sempre atento, sempre descrente, pessimiata, esperando o pior.
A única certeza da vida é a morte. Você não tem controle sobre isso.
Pra aproveitar melhor a vida é preciso coragem, tente se desvencilhar desse perfil senão ficará sozinho e aí o bicho pode pegar no futuro. Sozinho que digo não é só em relacionamento afetivo. Todos nós dependemos um do outro.
Sobre fidelidade, você acredita que você mesmo é fiel? Se não, concordo que não deve ter expectativa sobre isso no outro. Se for, como pode ser o único fiel na face da Terra?
 

Project Schizoid

Zima Blue
VIP
Mensagens
6.249
Reações
8.301
Pontos
353
A única certeza da vida é a morte. Você não tem controle sobre isso.
Pra aproveitar melhor a vida é preciso coragem, tente se desvencilhar desse perfil senão ficará sozinho e aí o bicho pode pegar no futuro. Sozinho que digo não é só em relacionamento afetivo. Todos nós dependemos um do outro.
Sobre fidelidade, você acredita que você mesmo é fiel? Se não, concordo que não deve ter expectativa sobre isso no outro. Se for, como pode ser o único fiel na face da Terra?
Sou humano como qualquer outro. Eu poderia trair em situações específicas, como qualquer um, suponho. Não me coloco acima da humanidade, mas no mesmo nivel. As falhas que vejo nas pessoas também existem em mim. Eu não sou "especial". Não pro sentido positivo, pelo menos.
 

dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
32.454
Reações
57.008
Pontos
979
Sol está certinho na posição dele de inverno, mas a temperatura é quase de verão.

Deu a louca no hemisfério sul.
 

Zorosan

Bam-bam-bam
Mensagens
3.552
Reações
1.882
Pontos
274
Voltando agora do trabalho pra casa, começou a querer me dar uma crise de choro, e só desabei quando cheguei em casa.

Acho que o stress que tive hj no trabalho e a sensação que nada está dando certo contribuíram pro fato.

Me nego a aceitar que tenho depressão ou algo pois é a última coisa que preciso agora. Irei descansar e espero acordar pronto pra outra noite de serviço e aproveitar a folga no dia seguinte.
 

geist

Bam-bam-bam
Mensagens
9.847
Reações
34.214
Pontos
353
Sou humano como qualquer outro. Eu poderia trair em situações específicas, como qualquer um, suponho. Não me coloco acima da humanidade, mas no mesmo nivel. As falhas que vejo nas pessoas também existem em mim. Eu não sou "especial". Não pro sentido positivo, pelo menos.
Então desencana, sem deixar de ser prudente. :kjoinha
 

RTX

Habitué da casa
Mensagens
240
Reações
292
Pontos
73
Eu gostaria de ter nascido com uma mentalidade e personalidade mais "padrão", e menos paranóica. É interessante como seres da mesma espécie podem funcionar de maneira tão diferente. Em casos, como o meu, o próprio filho pode ser completamente diferente dos pais, mesmo sem qualquer trauma ou influência externa.

Eu confio bastante na frase: "Ignorância é uma benção". Queria der um desses jovens impulsivos que se drogam, bebem, curtem, se divertem com qualquer coisa, são excepcionalmente otimistas sem razão, namoram por namorar e transam por transar, em uma busca insaciável por prazer. E só isso já está muito bom. Não precisa de complexidade, não precisa complicar as coisas. Vive pra beber, ver o futebolzinho de Domingo e pegar mulher. Parece uma vida muito competente.

Eu não posso me relacionar porque sou incapaz de ter sentimentos verdadeiros por alguém e sou incapaz de acreditar em fidelidade no relacionamento. Eu vejo a humanidade sob um filtro tom de cinza bem escuro. Como se ninguém fosse confiável, como se qualquer um pudesse fincar uma faca assim que eu me virasse, como se cada palavra e ato impulsivo de minha parte estivesse destinado a se tornar, no futuro, um contra-ataque fulminante. Vivo uma guerra invisivel e psicológica contra um mundo que nunca me fez mal ou deu motivos para agir assim. E é algo que foge do meu controle. Eu sempre preciso esperar o pior das pessoas, das situações, viver em uma eterna falta de expectativas para não se decepcionar, em uma eterna faceta ranzinza autoprotetora para não me apegar. Como se meu corpo fosse equipado com uma vasta variedade de sistemas defensivos que temem o mundo. "Se eu fizer isso, usarão contra mim em argumentos futuros", "se eu fizer isso, irão se aproveitar", "Se eu disser o que sinto, serei manipulado", "Se eu confiar demais ou me apegar, meu sentimento me tornará refém desta pessoa, e será como expôr um ponto crítico para que ela avance com seu ataque fatal".

Parte de mim aprecia ser assim. Odeio riscos. Fiz concurso justamente pelo medo de desemprego. Mas uma hora cansa estar sempre atento, sempre descrente, pessimiata, esperando o pior.
Sei como é, se eu pensasse menos, provavelmente minha vida seria melhor (ou não), mas no estado que estou hoje, me limito demais.
 

toad02

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
35.900
Reações
52.609
Pontos
959
Interessante esse Instagram, as pessoas que usam ele melhor dizendo.

Eventualmente você acaba seguindo um outro conhecido (ou alguém que você achou interessante) e manda uma solicitação. Mas aí entra um detalhe, a pessoa aceita e não segue de volta, deveria estar cagando e andando pra isso, mas me incomoda.

Elas acham que estamos apenas interessados em ver a vida delas? Acredito que as pessoas em sua maioria são tratadas apenas como um número dentro desse complexo jogo de egos.

Pensei em dar uma chance, tentando gerenciar o que vejo ou não, mas... Não sei pq voltei pra esse troço kkk
os cara overthinking instagram
cada um segue quem quiser e pronto
ninguem nem parou pra pensar que vc ta interessado na vida deles
é só um app besta
eu mesmo nem olho quem me segue e muito menos sigo todo mundo de volta
e se vc for homem, aí que não vou te seguir mesmo :ksafado
 
Reações: RTX

RTX

Habitué da casa
Mensagens
240
Reações
292
Pontos
73
os cara overthinking instagram
cada um segue quem quiser e pronto
ninguem nem parou pra pensar que vc ta interessado na vida deles
é só um app besta
eu mesmo nem olho quem me segue e muito menos sigo todo mundo de volta
e se vc for homem, aí que não vou te seguir mesmo :ksafado
Os caras mal entendem a ideia e já oprimem kkkkk não tô desesperado por isso não man
 

Frankley

Habitué da casa
Mensagens
388
Reações
281
Pontos
73
tenho 33 anos, e vejo que na minha profissão não vou conseguir me sustentar, não sei se continuo nela ou invisto em um concurso.

sou super tímido, na minha área não posso ser tímido, tenho que correr atrás....

O que vcs acham? Sou arquiteto desempregado (trabalho como autonomo mesmo), será q vale o sacrifício continuar na minha área e ficar estudando nela para me aperfeiçoar no mercado de trabalho, ou tento um concurso público na área de administrativa?
 

Pseudim

Doutrinador Escandinavo
Mensagens
10.132
Reações
11.296
Pontos
639
Se você quer trabalhar como autônomo, não importa em qual área você quer atuar, precisa ter o mínimo de traquejo comercial p/ "se vender" pra eventual clientela. Arquitetura pelo que acompanho tá num momento tenso, muito profissional no mercado, poucas ofertas de trabalho, e pra começar do zero uma "fama" como arquiteto que seja o suficiente para atrair pessoas interessadas em te contratar pra um projeto, você vai ter que ter um grande diferencial, e mesmo assim, ter muita paciência.

O que você deve se perguntar é: você tem condições de apostar em outra carreira agora? Consegue se manter? Mora com os pais? Vai ter os boletos pagos nessa busca por uma "virada de chave"? Infelizmente aqui ninguém vai poder responder essas perguntas pra você, você é quem precisa avaliar sua realidade e o que pode (ou não pode) fazer.

De qualquer forma, boa sorte man! Não tá fácil pra ninguém, infelizmente :(
 

drdreh

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.558
Reações
17.521
Pontos
599
achei que "sem caminho" seria sem objetivo espiritual.... enfim...

procure um emprego fixo, mesmo que ganhando menos do que gostaria, autonomo hoje em dia tá tenso, só pra quem tem desenvoltura mesmo, ou um bom circulo social. e enquanto isso vai estudando pra concurso, ou fazendo trabalhos autonomos junto ao emprego fixo.
 

Frankley

Habitué da casa
Mensagens
388
Reações
281
Pontos
73
Se você quer trabalhar como autônomo, não importa em qual área você quer atuar, precisa ter o mínimo de traquejo comercial p/ "se vender" pra eventual clientela. Arquitetura pelo que acompanho tá num momento tenso, muito profissional no mercado, poucas ofertas de trabalho, e pra começar do zero uma "fama" como arquiteto que seja o suficiente para atrair pessoas interessadas em te contratar pra um projeto, você vai ter que ter um grande diferencial, e mesmo assim, ter muita paciência.

O que você deve se perguntar é: você tem condições de apostar em outra carreira agora? Consegue se manter? Mora com os pais? Vai ter os boletos pagos nessa busca por uma "virada de chave"? Infelizmente aqui ninguém vai poder responder essas perguntas pra você, você é quem precisa avaliar sua realidade e o que pode (ou não pode) fazer.

De qualquer forma, boa sorte man! Não tá fácil pra ninguém, infelizmente :(
Eu nem tenho experiência, estou fazendo só alguns projetos com meu colega, é ele que me chama pra ajudar ele.... Mas procurar cliente e ter contatos pra executar o seu projeto, isso nem tenho.... Então não me vejo nessa profissão que exije muito de vc para se virar..... Estou querendo mesmo passar em concurso público, mesmo não sendo da minha área.

Nem me vejo em outra carreira, arquitetura porque envolve desenho e gosto de desenhar, por isso que escolhi essa área....
 
Topo