O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Desafio dos 52 jogos em um ano! [2017]

Ika Jamaica

Bam-bam-bam
Mensagens
1.541
Reações
1.902
Pontos
203

Terceira versão do desafio que propõe aos usuários do forum a fechar/zerar/completar 52 (ou mais) jogos no espaço de um ano.

Primeira versão do desafio / Segunda versão do desafio.

Antes de mais nada, os usuários que concluiram o desafio do ano passado a seguir:
Ravenps3 - Desafio finalizado em 06/06 (Lista completa de jogos fechados)



tintiN - Desafio finalizado em 25/08 (Lista completa de jogos fechados)



foxmulderbh - Desafio finalizado em 24/09 (Lista completa de jogos fechados)



gamermaniacow - Desafio finalizado em 04/10 (Lista completa de jogos fechados)



ClaudioL - Desafio finalizado em 13/11 (Lista completa de jogos fechados)



razorkaos - Desafio finalizado em 17/11 (Lista completa de jogos fechados)



Otacon Link - Desafio finalizado em 12/12 (Lista completa de jogos fechados)



alex666 - Desafio finalizado em 31/12 (Lista completa de jogos fechados)


Clame um ou dois posts (depende se você pretende postar reviews dos jogos ou não) e escreva neles os jogos que já jogou e está jogando durante o ano. Não há uma regra de como se postar, mas segue um exemplo de formato:
Jogo 1: Nome - Tempo jogado
# Informações e comentários sobre o jogo aqui.
Instruções e sugestões:
  • Quando um jogo acaba fica a mercer de quem está jogando. Fechar um jogo pode signigar matar o/a final boss, fazer 100%, platinar ou nenhuma das alternativas para pessoas diferentes. Além disso, há jogos que não tem final e não há problema em considerá-los 'zerados' após um certo tempo de jogatina ou após o(a) jogador(a) terminou de jogá-lo.
  • Da mesma maneira, os jogos que são válidos também fica a mercer de quem está jogando. Se a pessoa quer considerar episódios de jogos episódicos como jogos distintos, é uma opção dela. Se ela pretende considerar todos episódios apenas um jogo, perfeito também. Jogos mobile também são aceitos, obviamente.
  • DLCs podem ou não ser válidos, depende do conteúdo. Novas histórias/expansões podem ser consideradas.
  • Lógicamente são apenas válidos para o desafio jogos fechados entre 1º de Janeiro e 31 de Dezembro de 2016. Não há problema em considerar jogos que foram iniciados em 2015 ou até mesmo antes, o importante é terminálos em 2016 apenas.
  • Fechar jogos que já foram fechados no passado também é válido. Só não vale fechar Super Mario World 5 vezes em 2016 e contar cada jogatina como um jogo diferente.
  • Quando completar o desafio, notifique-me via mensagem privada para que eu possa atualizar esse post com suas informações.

@Reila Nimu
@Spacehead
@john165
@ma8ister
@Otacon Link
@gamermaniacow
@alex666
@kurenaida
@Vaynard
@SithLord
@Versao
@Ponce de Leon
@Vaçago
@Pate_de_queijo
@Wein
@slashf
@Gantz
@Mr Bones
@tortinhas10
@ClaudioL
@Hansbach
@maickmetal
@-Riku-
@Drakkyo
@razorkaos
@nando3d
@Noct
@coolerdgb
@Quakeguy
@Eleventh Doctor
@Ravenps3
@Darth Nihilus
@natinh0
@Champion
@iBaka
@Shimura
@Nyotengu
@Ultima Weapon
@Aruguren
@GuiMoliner
@MarquesHB
@Maattheus
@rizabr
@Paero
@Colorado10
@Hien
@Shyn
@Luan Carr
@Craudiao

Vou postando os nomes de quem concluir o desafio aqui, com direito a um avatar 'especial' de comemoração, como o abaixo:



Boa jogatina e um bom 2017 a todos!
 
Ultima Edição:


Spacehead

Bam-bam-bam
Mensagens
7.257
Reações
10.705
Pontos
353
Reservando , nos dois últimos anos consegui fazer 12 em cada ,mas tenho boas perspectivas pra esse ano.

Enviado de meu MotoE2 usando Tapatalk
 
Ultima Edição:

john165

Ser evoluído
Mensagens
35
Reações
11
Pontos
19
Oi, posso deixar o nome aqui para participar?

Balanço de janeiro! =)
#1 - Battle circuit - 01/01/2017 / tempo jogo: 1h / Plataforma: Arcade
zerei esse enquanto estava largado de canto na tarde do primeiro dia do ano, beat´n up bacana com vários golpes, mas achei os cenários um pouco simples em comparação a outros jogos da capcom.
#2 - Gals Fighter- 05/01/2017 / tempo jogo: 2h +- / Plataforma: neo geo pocket
como ando muito de busão e metro, o psp é um grande parceiro com os emuladores, fiquei surpreso com esse jogo de luta só com as meninas da snk, tem uma jogabilidade bacaninha, os combos são fáceis de fazer, e o ultimo boss, o iori vestido de mulher (?!?!?) me surpreendeu, kkkkk
#3 - Puzzle Bobble - 16/01/2017 / tempo jogo: 1:30 +- / Plataforma: neo geo pocket
eu curto essa série, mas esse ficou bem fraco
#4 - Dark Souls 3 - 25/01/2017 / tempo jogo: 189h / Plataforma: playstation 4
joguei até platinar, o jogo está ótimo, só senti ser um pouco mais fácil que os outros, e sim gastei 189h nesse jogo, vinha jogando desde ano passado, tempo mais baixo que o DS 2 que lembro que tinha sido umas 220h, kkkkkk
#5 - Gears of wars Ultimate - 29/01/2017 / tempo jogo: 9h / Plataforma: Xbox One
o jogo é legal, mas a impressão é que envelheceu mal mesmo com um update das texturas, e não lembro exatamente como era no 360 só sei que no one tá abarrotado de bugs.
Fevereiro , foi bem fraco.
#6 - Dead Rising 3 - 04/02/2017 / tempo jogo: 13h / Plataforma: Xbox One

bem divertido, as vezes a câmera atrapalha mas não compromete, só o fato desse jogo não ter o caminhão de loads que eram os 2 primeiros já o torna muito bom.
#7 - Dead to rights reckoning - 16/02/2017 / tempo jogo: 2h / Plataforma: psp
jogo de tiro bem tipico do psp, graficos simples, controles ruins, voce brinca durante uma viagem e só.
#8 - Outrun 2006 - 18/02/2017 / tempo jogo: 5h / Plataforma: psp
esse dá pra matar saudades da sega, jogabilidade arcade bacana.
Março
#9 - kingdom hearts 358/2 days - 11/03/2017 / tempo jogo: 35h:47m:58s / Plataforma: nintendo ds

Primeiro kingdom hearts que joguei e zerei, mas acho que comecei errado, todos elogiam a série e achei esse muito fraco, toneladas e toneladas de missões genéricas, repetidas e sem graça. Só fui até o fim pra não desperdiçar o tempo inicial investido. Vou tentar outro da série depois.
#10 - big fight big trouble in the atlantic ocean - 14/03/2017 / tempo jogo: 1h:9m:12s / Plataforma: arcade
beat´n´up básico, desses com gráfico e som genéricos, o interessante é que você pode jogar a fase seguinte e ademais com o boss derrotado na fase corrente. Joguei pra dar uma aliviada no intervalo de fallout 4.
#11 - Fallout 4 - 26/03/2017 / tempo jogo: 141h:59m / Plataforma: PS4
Jogo que tirou minha vida social em março, sempre torci o nariz pra série, resolvi tentar no ps4 já que estava em português, ai ferrou.. Adorei e joguei até sair a platina. Achei excelente o mundo dele, gráficos o pessoal fala mal, achei muito bom, som idem.
Abril
#12 - Virtua Tennis world tour - 05/04/2017 / tempo jogo: ?? / Plataforma: PSP

Virtua Tennis básico com estilo arcade, poderiam lançar um atual.
#13 - Burnout Legends - 10/04/2017 / tempo jogo: 8h +- / Plataforma: PSP
joguei bastante andando no trem e metro, esse sim deu saudades, demorou pra sair um pra essa geração no one e ps4.
Maio
#14 - Assassin"s Creed Syndicate - 17/05/2017 / tempo jogo: 49h:21m / Plataforma: PS4

bom jogo, mas bastante bugado e já tá ficando manjado, melhor coisa que a ubi fez foi dar uma pausa.
#15 - Giana Sisters twisted dreams - 29/05/2017 / tempo jogo: 5h / Plataforma: PS4
plataforma simples com mecanica legalzinha, os chefes não são tão facinhos não.
Junho
#16 - Gran Turismo - 02/06/2017 / tempo jogo: 6h / Plataforma: PSP

jogo feito pra usar e mostrar o potencial do aparelho, cumpre a premissa.
#17 - Metal Slug 5 - 02/06/2017 / tempo jogo: 48m:37s / Plataforma: arcade
o mais fraco da série, mas ainda sim um bom jogo.
#18 - Andro Dunos - 18/06/2017 / tempo jogo: 51m:30s / Plataforma: arcade
jogo de nave bem meh.
#19 - The Ultimate 11 - 18/06/2017 / tempo jogo: 1h:17m:12s / Plataforma: arcade
futebol raiz! kkk
#20 - The Division - 20/06/2017 / tempo jogo: 3d 20h:28m / Plataforma: ps4
#21 - Far Cry 3 - 28/06/2017 / tempo jogo: ?? / Plataforma: ps3

platinei!
#22 - Blazing Stars - 30/06/2017 / tempo jogo: 44m:21s / Plataforma: arcade
#23 - Knack - 30/06/2017 / tempo jogo: 8h+- / Plataforma: ps4

bem mediano....
#24 - Dead Space Extraction - 08/07/2017 / tempo jogo: 6h+- / Plataforma: ps3
#25 - Cyber-Lip - 09/07/2017 / tempo jogo: 33min:54s / Plataforma: arcade

joguei em parceria com uma visita, copia de contra bem méh
#26 - Spider Man the videogame - 09/07/2017 / tempo jogo: 57min:19s / Plataforma: arcade
conferindo um jogo do aranha, vou ver mais alguns ainda antes de sair pro ps4, interessante esse.
#27 - Killing Floor 2 - 25/07/2017 / tempo jogo: 20h+- / Plataforma: ps4
platinado
#28 - Caladrius Blaze - 30/07/2017 / tempo jogo: 5h / Plataforma: ps3
#29 - Infamous Second Son - 10/08/2017 / tempo jogo: 25h+- / Plataforma: ps4
#30 - Fifa soccer - 25/08/2017 / tempo jogo: ? / Plataforma: psp

lixoso, queria jogar um futebol e foi o primeiro que vi no hd, fui campeão na marra =P , agora estou no pes.
#31 - Darksiders 2 death. edition - 29/08/2017 / tempo jogo: 27h:38m:11s / Plataforma: ps4
#32 - Dead Rising - 7/09/2017 / tempo jogo: +- 12h / Plataforma: ps4
#33 - winning eleven 9 - 25/09/2017 / tempo jogo: ? / Plataforma: psp
#34 - Rise of the Tomb Raider - 29/09/2017 / tempo jogo: +- 27h / Plataforma: ps4

que jogão, estão acertando a mão nesses tomb raider.
#35 - Ryse Son of Rome - 8/10/2017 / tempo jogo: 21h 34min / Plataforma: xone
#36 - Dead Rising 4 - 18/10/2017 / tempo jogo: 2d 7h 45min / Plataforma: xone
#37 - Quantum Break - 22/10/2017 / tempo jogo: 1d 8h 11min / Plataforma: xone
#38 - WRC 5 - 21/10/2017 / tempo jogo: +- 10h / Plataforma: ps4
#39 - The Surge - 8/11/2017 / tempo jogo: +- 100h / Plataforma: ps4
#40 - Homefront Revolution - 18/11/2017 / tempo jogo: +- 15h / Plataforma: ps4
#41 - Halo Wars 2 - 20/11/2017 / tempo jogo: +- 22h / Plataforma: xbox one
#42 - Recore - 2/12/2017 / tempo jogo: +- 17h / Plataforma: xbox one
#43 - Super Street fighter 4 AE - 10/12/2017 / tempo jogo: +- 6h / Plataforma: xbox one
#44 - Fable 3 - 19/12/2017 / tempo jogo: +- 18h / Plataforma: xbox one
#45 - Max the curse of brotherhood - 22/12/2017 / tempo jogo: 8h41min / Plataforma: xbox one
#46 - tekken tag tournament 2 - 25/12/2017 / tempo jogo: +-3h / Plataforma: xbox one
#47 - sou calibur 2 hd - 25/12/2017 / tempo jogo: +-2h / Plataforma: xbox one
#48 - virtua fighter 5 final showdown - 26/12/2017 / tempo jogo: 2h / Plataforma: xbox one
#49 - king of fighters 14 - 27/12/2017 / tempo jogo: 2h / Plataforma: ps4
#50 - nitro+ blazterz - 27/12/2017 / tempo jogo: 2h / Plataforma: ps4
#51 - garou mow - 28/12/2017 / tempo jogo: 1h / Plataforma: xbox one
#52 - halo spartan assault - 28/12/2017 / tempo jogo: 3h44min / Plataforma: xbox one
 
Ultima Edição:

Ennead

Bam-bam-bam
Mensagens
4.672
Reações
3.587
Pontos
344
Vol entrar oficialmente dessa vez. Ano passado terminei 54 mas nem dei bola pro outro tópico.

1 - Furi - 01/01/2017 - 2h59m (PC) [Detalhes]
2 - Dishonored 2 - 06/01/2017 - 22h (PC) [Detalhes]
3 - Titan Souls - 07/01/2017 - 1h59m (PS4) [Detalhes]
4 - Kirby's Dream Land 2 - 08/01/2017 - 4h22m (3DS/Virtual Console) [Detalhes]
5 - Star Fox 64 3D - 09/01/2017 - 3h47m (3DS) [Detalhes]
6 - Super Mario Bros. - 11/01/2017 - 4h28m (3DS/Virtual Console) [Detalhes]
7 - Mass Effect - 13/01/2017 - 19h (PC) [Detalhes]
8 - Super Mario Bros. The Lost Levels - 14/01/2017 - 2h25m (PC/Emulador) [Detalhes]
9 - Star Fox Adventures - 20/01/2017 - 16h (Wii | PC/Emulador) [Detalhes]
10 - Mass Effect 2 - 27/01/2017 - 23h36m (PC) [Detalhes]
11 - Tales of Berseria - 14/02/2017 - 65h (PC) [Detalhes]

12
- Mass Effect 3 - 25/02/2017 - 32h (PC) [Detalhes]
13 - Sonic Generations - 26/02/2017 - 7h (PC) [Detalhes]
14 - Super Mario Bros. 3 - 26/02/2017 - 4h58m (PC/Emulador) [Detalhes]
15 - Sonic Lost World - 27/02/2017 - 6h (PC) [Detalhes]
16 - Horizon Zero Dawn - 06/03/2017 - 55h14m (PS4) [Detalhes]
17 - The Legend of Zelda: Twilight Princess - 18/03/2017 - 40h58m (WiiU) [Detalhes]
18 - Sonic the Hedgehog - 19/03/2017 - 1h30m (PC/Emulador) [Detalhes]
19 - The Legend of Zelda: Skyward Sword - 26/03/2017 - 35h01m (Wii) [Detalhes]
20 - The Legend of Zelda: Majora's Mask 3D - 08/04/2017 - 31h44m (3DS) [Detalhes]
21 - Kingdom Hearts II Final Mix - 21/04/2017 - 52h10m (PS4) [Detalhes]
22 - Persona 5 - 06/05/2017 - 87h29m (PS4) [Detalhes]
23 - Freedom Planet - 12/05/2017 - 5h (PC) [Detalhes]
24 - Owlboy - 20/05/2017 - 8h (PC) [Detalhes]
25 - Sonic the Hedgehog 2 - 28/05/2017 - 2h (PC/Emulador) [Detalhes]
26 - The Legend of Zelda: Breath of the Wild - 09/06/2017 - 54h47m (WiiU) [Detalhes]
27 - Kingdom Hearts: Birth by Sleep - 16/06/2017 - 84h31m (PS4) [Detalhes]
28 - Wolfenstein: The New Order - 18/06/2017 - 15h (PC) [Detalhes]

29 - ICEY - 20/06/2017 - 6h (PC) [Detalhes]
30 - The Last of Us: Left Behind - 22/06/2017 - 2h (PS4) [Detalhes]

31 - Metro 2033 Redux - 02/07/2017 - 11h (PC) [Detalhes]
32 - Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4 - 15/07/2017 - 29h (PC) [Detalhes]

33 - Titanfall 2 - 16/07/2017 - 6h (PC) [Detalhes]
34 - Crash Bandicoot ver. N'Sane - 17/07/2017 - Unknown (PS4) [Detalhes]
35 - Sonic Advance - 28/07/2017 - 5h16m (Emulador) [Detalhes]
36 - Kingdom Hearts 0.2 Birth by Sleep ~A fragmentary passage~ - 03/08/2017 - 2h29m (PS4) [Detalhes]
37 - Sonic 3 COMPLETE - 05/08/2017 - 6h51m (Emulador) [Detalhes]
38 - Pyre - 10/08/2017 - Unknown (PC) [Detalhes]
39 - 999: Nine Hours, Nine Persons, Nine Doors - 25/08/2017 - 13h03m (PC) [Detalhes]

40 - Sonic Mania - 03/09/2017 - 15h (PC) [Detalhes]
41 - Danganronpa: Trigger Happy Havoc - 12/09/2017 - 24h (PC) [Detalhes]
42 - A Hat in Time - 10/10/2017 - 13h (PC) [Detalhes]

43 - Middle-earth: Shadow of War - 24/10/2017 - 29h (PC) [Detalhes]
44 - Doki Doki Literature Club! - 29/10/2017 - 4h (PC) [Detalhes]
45 - Sonic Forces - 11/11/2017 - 4h (PC) [Detalhes]
46 - Cyberdimension Neptunia: 4 Goddesses Online - 19/11/2017 - 28h (PS4) [Detalhes]
47 - Super Mario Odyssey - 28/11/2017 - 45h (NS) [Detalhes]
48 - Spark: The Electric Jester - 01/12/2017 - 7h (PC) [Detalhes]
49 - Sonic Colors - 02/12/2017 - 4h30 (Emulador) [Detalhes]
50 - Momodora: Reverie Under The Moonlight - 04/12/2017 - 4h20 (PC) [Detalhes]
51 - Fire Emblem: Shadow Dragon - 10/12/2017 - 23h (3DS) [Detalhes]
52 - Super Mario Land - 17/12/2017 - 1h [Detalhes]
53 - Fire Emblem: The Blazing Blade - 22/12/2017 - 24h (Emulador) [Detalhes]
54 - Tom Clancy's Ghost Recon Wildlands - 30/12/2017 - 78h (PS4) [Detalhes]
 
Ultima Edição:


Otacon Link

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.273
Reações
11.924
Pontos
669
Jogos / 2017
(2015 - 2016)​

# - Nome - Plataforma - Data - Nota
1 - Diablo III: The Darkening of Tristam Event - PC - 24/01/2017 - 6
2 - Gravity Rush 2 - PS4 - 27/01/2017 - 8
3 - Resident Evil VII biohazard - PC - 08/02/2017 - 8,5
4 - Halo 3: ODST - XONE - 09/02/2017 - 8
5 - Persona 4 Golden - PSVITA - 15/02/2017 - 10
6 - Metroid Prime - GCN - 20/02/2017 - 9,5
7 - Muramasa Rebirth - PSVITA - 26/02/2017 - 7,5
8 - Phoenix Wright: Ace Attorney - Justice For All - 3DS - 27/02/2017 - 7,5
9 - Shovel Knight: Plague of Shadows - PSVITA - 28/02/2017 - 8,5
10 - Rayman Origins - PSVITA - 01/03/2017 - 8,5
11 - Killzone: Mercenary - PSVITA - 01/03/2017 - 7,5
12 - The Legend of Zelda: Breath of the Wild - Wii U - 10/03/2017 - 9,5
13 - Horizon: Zero Dawn - PS4 - 22/03/2017 - 9,5
14 - Gravity Rush 2: Raven's Choice DLC - PS4 - 23/03/2017 - 7
15 - Owlboy - PC - 23/03/2017 - 9
16 - Halo: Reach - X360 - 27/03/2017 - 9
17 - NieR: Automata - PS4 - 26/03/2017 - 9
18 - Dragon's Crown - PSVITA - 02/04/2017 - 8
19 - Shovel Knight: Specter of Torment - PSVITA - 01/05/2017 - 9
20 - Persona 5 - PS4 - 12/05/2017 - 10
21 - Forza Horizon 3: Hot Wheels Expansion - XONE - 17/05/2017 - 9
22 - Final Fantasy XIV: Heavensward - PC/PS4 - 03/06/2017 - 9
23 - Mario Kart 8 Deluxe - Switch - 15/06/2017 - 9
24 - Monument Valley Mobile - 16/06/2017 - 9
25 - Final Fantasy XIV: Dragonsong War Quests - PC/PS4 - 25/06/2017 - 9
26 - Fast RMX - Switch - 26/06/2017 - 8
27 - Monument Valley: Forgotten Shores DLC - Mobile - 28/06/2017 - 9
28 - ARMS - Switch - 30/06/2017 - 8
29 - Final Fantasy XIV: Stormblood - PC/PS4 - 16/07/2017 - 9,5
30 - Halo: Combat Evolved - XONE - 25/07/2017 - 8,5
31 - Splatoon 2 - Switch - 28/07/2017 - 8
32 - The Legend of Zelda: Breath of the Wild - The Master Trials DLC - Switch - 29/07/2017 - 8
33 - SUPERHOT - PC - 05/08/2017 - 8,5
34 - Dragon Age Inquisition - The Descent DLC - PC - 28/08/2017 - 7
35 - Destiny 2 - PS4 - 12/09/2017 - 8
36 - Uncharted: The Lost Legacy - PS4 - 02/10/2017 - 9
37 - Cuphead - PC - 06/10/2017 - 9
38 - Metroid: Samus Returns - 3DS - 10/10/2017 - 8,5
39 - Sonic Mania - Switch - 12/10/2017 - 8
40 - Halo 2 - XONE - 24/10/2017 - 9
41 - A Hat in Time - PC - 26/10/2017 - 9
42 - Super Mario Odyssey - Switch - 29/10/2017 - 9,5
43 - Horizon Zero Dawn: The Frozen Wilds Expansion - PS4 - 11/11/2017 - 9
44 - Halo 3 - XONE - 13/11/2017 - 9,5
45 - Monument Valley 2 - Mobile - 15/11/2017 - 9
46 - Kamiko - Switch - 16/11/2017 - 6
47 - Destiny 2: Curse of Osiris DLC - PS4 - 07/12/2017 - 7
48 - The Legend of Zelda: Breath of the Wild - The Champions' Ballad DLC - Switch - 12/12/2017 - 8
49 - Xenoblade Chronicles 2 - Switch - 18/12/2017 - 8
50 - Oxenfree - Switch - 25/12/2017 - 8
51 - Tacoma - PC - 26/12/2017 - 7,5
52 - Doki Doki Literature Club! - PC - 27/12/2017 - 7
 
Ultima Edição:

gamermaniacow

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
37.836
Reações
34.252
Pontos
932
#01
Prune

Terminado no primeiro dia do ano. Jogo mobile super simples com a ideia de "cortar o mal pela raiz". Utiliza muito bem suas mecânicas e a partir do design do jogo, consegue passar uma mensagem muito bonita.

Nota: 8
---------
#02
Resident Evil 5

Estou surpreso como esse jogo envelheceu bem. Continua bonito e "moderno" até hoje. Rejoguei em coop com minha namorada 4 the lulz, mas o jogo continua competente em muitos quesitos. Apesar do terror ter ficado de lado, é um ótimo jogo.

Nota: 8
---------
#03
Super Cat Tales

Fiquei sabendo dele como um "clone do Mario", e apesar de claramente ser um, consegue ter seu próprio charme, e ser um bom jogo pra plataforma mobile. Peca onde todo jogo free também peca, Ads.

Nota: 7
---------
#04
Stardew Valley

Comecei a jogar sem nenhuma expectativa e o jogo me fisgou logo de cara, e me fez viciar mais do que pedra. É um Harvest Moon muito melhorado. O jogo é excelente com aquele "feeling" único. Um dos melhores do ano passado.

Nota: 9.5
---------
#05
The Legend of Zelda A Link Between Worlds

Masterpiece. Esse é o meu segundo Zelda favorito a partir de agora. Essa liberdade com um level design monstro é a coisa mais linda que existe. Espero que o BotW consiga ter um nível semelhante em termos de design. Gostei de simplesmente tudo, menos do ritmo de umas 2 dungeons da reta final.

Nota: 9.5
---------
#06
Gravity Rush 2

É o primeiro expandido e melhorado. Visuais lindos, OST maravilhosa, personagens e diálogos divertidos e interessantes, LORE e mistério presentes a todo momento, ambientação da cidade estupenda... Mas o jogo peca na reta final e com os boss fights principais com sequencias que ficam bem destoantes da qualidade do jogo, o que me faz tirar nota contra minha vontade :(

Nota: 8.5
---------
#07
Resident Evil 7

Estava confiante que seria um bom jogo, mas acabou superando as expectativas. Esse RE é o RE mais RE depois do RE original :klolz
Ótimo jogo, é lindo ver um AAA com um escopo menor, e o melhor, ficando bom em todos os aspectos (principalmente de uma franquia que estava perdida). O que mais me chamou a atenção das qualidade do jogo é a apresentação de elementos do jogo, tanto de narrativa, quanto de mecânicas, ficando com um resultando excelente.

Nota: 9
---------
#08
The Order 1886

Paguei 5 trumps e ainda me arrependi. Que perda de potencial extraordinária. O universo criado é realmente muito interessante, mas o capricho do visual acaba se tornando inútil com um jogo tão bobo e supérfluo. Design preguiçoso e monótomo, gameplay fraco no que se compromete a fazer, excesso de cutscenes e QTES, e a história que era pra ser o grande chamariz, acaba se tornando falha. E o jogo é bem fraco tecnicamente também, uma das IA mais burras que já vi num jogo, além de muitos glitches de movimentação.
Uma pena, mas é uma franquia que tem potencial.

Nota: 4
---------
#09
Nioh

Uma longa e desnecessária jornada para termina-lo, esse prologamento é de longe o ponto mais fraco do jogo. Agregado com o Grind que o jogo te obriga a fazer, uma pouca variedade de mobs e as ambientações serem poucos inspiradas, me fez sentir cansaço do jogo e da sua formula.
O gameplay refinado e gostoso ajudou a me fazer terminar, o jogo também possui uma excelente OST e apesar de alguns leveis serem bem contrastante em sua qualidade, o level design no geral é muito bom.

Nota: 6
---------
#10
The Legend of Zelda Breath of the Wild

Perfeição em termos de design. GOTY 2017.
Obrigado Nintendo, por ter criado esse jogo.

Nota: 10
---------
#11
Horizon Zero Dawn

Visualmente o jogo é surreal. Trabalho incrível da Guerrilla, ambientação e história muito boa também.
Em termos de jogo...... Deixa muito a desejar. Segue uma formulazinha sem sal, combate desengonçado e um mundo completamente morto, o que chega a ser um crime com um jogo tão lindo.

Nota: 6
---------
#12
Snake Pass

UM 3D platformer diferente, bonito e com ótimo gameplay. Recomendo demais para quem gosta do gênero e quer algo diferente, além daqueles que se interessam por jogos que exploram a tecnologia em prol do gameplay.
Minha maior reclamação fica para a pouquíssima variedade de ambientes, onde fica claramente perceptível que cada ambientação é apenas um filtro de cor diferente.

Nota: 7.5
---------
#13
Mass Effect Andromeda

O jogo não é um completo desastre como disseram, mas houve uma perda de potencial MUITO grande, o que é lamentável.

Nota: 6
---------
#14
Luigi's Mansion 2 Dark Moon


Excelente jogo em todos os sentidos. O que mais me chamou a atenção é o nível de interatividade com o jogo e como isso é aplicado ao Game Design.

Nota: 9.5
---------
#15
Yooka-Laylee


O jogo tem boas intenções, e entrega o que prometeu, mas falta polimento em quase todos os elementos do jogo.

Nota: 7
---------
#16
Little Nightmares


Uma grata surpresa, ambientação incrível e um ótimo jogo com vários momentos de tensão. Só achei MUITO curto.

Nota: 9.5
---------
#17
What Remains of Edith Finch


É interessante como o jogo é experimental em sua concepção. Para quem gosta de walking simulators story driven, eu recomendo.

Nota: 7.5
---------
#18
Snipperclips


Esse jogo é puro amor, e foi o primeiro jogo que terminei no Switão. Incrivelmente inteligente e divertido, além de transbordar carisma e ter uma OST fantástica.

Nota: 10
---------
#19
Kamiko


Um jogo bem curto e simples, mas cumpre muito bem o que se compromete a fazer

Nota: 6
---------
#20
Persona 5


Estou completamente apaixonado pelo jogo. Foi meu primeiro Persona, e é simplesmente incrível como o jogo consegue construir muito bem o mundo ao seu redor, com personagens que você realmente se importa e cria laços.
Minha única reclamação é pela duração e chatice de algumas dungeons, mas no geral, é um dos melhores jogos que joguei esse ano e na minha vida.

Nota: 10
---------
#21
Rime

É um jogo ok, com puzzles simplórios e vários momentos lineares. O destaque fica para os visual absurdamente lindo.
Recomendo fortemente para quem gosta de ter uma bela experiência audiovisual.

Nota: 8
---------

#22
Monument Valley 2


Anunciado e lançado repentinamente, me pegou de surpresa, e também me surpreendeu que consegue ser ainda melhor que o primeiro, expandindo conceitos e mecânicas dentro da experiencia audiovisual interativa que fizeram o primeiro se destacar.

Nota: 10

---------

#23
Nier Automata

Excelente jogo com conceitos filosóficos aplicados ao game design, com ótimos personagens, narrativa, OST e gameplay.
Como o jogo vai ficando cada vez mais interessante conforme avança nos playthroughs fazem dele uma experiencia inesquecível.

Nota: 9.5

---------

#24
Prey

É um ótimo sci fi, com uma ambientação incrível. Arkane merece reconhecimento pelo trabalho em construir a TALOS I com seu level design/world building...
Porém, o jogo falha no desafio e combate, criando um sentimento de frustração conforme avança no jogo que só vai se agravando. O que começou sendo um dos melhores do ano, terminou como algo completamente arrastado.

Nota: 7

--------

#25
Metroid Prime Federation Force

Com o anúncio dos Metroids, resolvi testar esse, e não é que me surpreendi?
Ok, o jogo não tem a exploração clássica da série, mas é um ótimo jogo, com um level design, desafio e gameplay muito bons, além de ser um jogo muito bem feito pro 3DS.

Nota: 8

---------

#26
Dishonored 2


Um jogo incrivelmente bom, expandindo o que vimos no primeiro. Meu destaque fica para o design das fases, criando o melhor Immersive Sim da atualidade, e a ambientação e world building fantásticos.
De longe o melhor AAA ocidental que joguei em um tempo.

Nota: 9.5

---------

#27
Crash Bandicoot N'sane


Nostalgia demais ver Crash novamente, e sendo tratado como deve. O remake ficou muito bem feito, mas é questionável a decisão de fazer o jogo 100% (ou bem próximo disso) parecido com o original, mas isso é outra discussão.
Deixando a nostalgia de lado, Crash 1 tem inúmeros problemas, como checkpoints mal posicionados, hitboxs zoados, level design falho e falta de padronização nos elementos do jogo. (Isso que o remake corrigiu o problema das caixas no checkpoints)

Nota: 5

---------

#28
Crash Bandicoot 2 Cortex Strikes Back N'Sane


Continuando a saga, é claramente perceptível que os devs corrigiram todos os problemas do primeiro no segundo, fazendo dele um jogo muito mais agradável e prazeroso de se jogar, além de adições que caíram como uma luva.
Em termos de remake, um trabalho belíssimo da Vicarious.

Nota: 9

---------

#29
Crash Bandicoot 3 Warped N'Sane


E finalmente chegamos ao fim da trilogia, e Crash 3 que era para ser o melhor, acaba derrapando na curva. Na minha visão, o jogo acabou fugindo demais da sua proposta inicial, cheio de momentos que simplesmente não parecem encaixar com o jogo.
Sem contar que o remake parece ter recebido menos atenção, ficando aquém dos anteriores.

Tentei olhar deixando a nostalgia de lado, mas claro que foi gratificante ver Crash de volta. Infelizmente, não me lembrava que o primeiro era tão problemático e o terceiro estranho demais, sendo o segundo, a formula perfeita para a série.

Nota: 7.5

---------

#30
Hidden Folks


Quando criança sempre gostei dos almanaques onde tinham o desafio de encontrar alguma figura numa grande ilustração (aka Where's Waldo), e Hidden Folks é justamente isso, adaptado para os jogos eletrônicos.
Me surpreendi com a qualidade em si, e o que mais me chamou a atenção é as pequenas narrativas que o jogo cria para as figuras. Uma experiencia relaxante e gratificante.

Nota: 9

---------

#31
Hollow Knight


Uma das surpresas do ano, e facilmente, um dos melhores metroidvanias que existem. Começando pela ambientação e estilo artistico único, OST fantastica, mundo denso, imersivo e com muita profundidade, e um gameplay refinadíssimo. O jogo tem muito conteúdo para aqueles que querem se aprofundar nele.
Além disso tudo, o jogo trás algumas mecânicas e abordagens únicas, como a recuperação de vida e o sistema de mapa.
No começo ele deixa muito solto, e pode desanimar alguns, mas depois que pega o jeito, se torna sem dúvidas um dos melhores do ano.

Nota: 9.5

---------
#32
Splatoon 2


O vicio retornou novamente. Para aqueles que nunca jogaram ou tem algum tipo de preconceito com o jogo, recomendo jogarem, pois é uma das melhores coisas que existe na atualidade.
Quem jogou o 1, sabe o que esperar, só que expandido em praticamente tudo, e com algumas novidades, como o excelente Salmon Run. Infelizmente, ainda mantiveram alguns problemas de interface e de conexão.
Coloco ele na lista pois tem um single player, que também é de alta qualidade, com um level design espetacular. Novamente: Quem jogou o 1, sabe o que esperar.

Nota: 9.5

---------

#33
Pyre


O terceiro e melhor jogo da Supergiant Games. Trás tudo o que fazem deles ser o que são (OST, arte, narrativa acoplada ao gameplay), com uma formula um pouco diferente da habitual.
Basicamente, é um graphic novel/JRPG, com um gameplay arena. É difícil de entender vendo vídeos e lendo comentários, mas acredite, funciona muito bem.
O gameplay arena tem mais profundidade do que aparenta, os elementos e a narrativa são introduzidos muito bem, e os personagens são muito carismáticos.
Não esperava muitas coisas, mais uma surpresa no ano.

Nota: 8.5

---------

#34
Fidel Dungeon Rescue

Puzzle Crawler de excelente qualidade, simples, porém muito inteligente. A geração de fases é pré-estabelecida com pequenos layouts que se combinam e criam puzzles únicos e desafiantes.
O que mais me chama a atenção, além de todo o carisma do jogo, é como o jogo é inteligente em deixar na mão do jogador como interagir com o jogo usando algumas poucas mecânicas.

Nota: 9

---------

#35
Hellblade Senua's Sacrifice


Uma experiência única. Ninja Theory esta de parabéns em trazer esse tema de neurose/esquizofrenia para os jogos e retratar de uma maneira tão perfeita. É incrível como o jogo é construído em cima desse conceito para passar a experiência de estarmos na pele de alguém com problemas psicológicos.
Além disso, é um ótimo jogo, com visuais e músicas lindas, momentos memoráveis e um sistema de combate divertido. E o melhor, por um preço baixo.

Nota: 9

---------

#36
Event [0]

S
eu objetivo é destruir uma nave, e para isso você tem que literalmente conversar com uma IA e descobrir como proceder.
O jogo é pensado e construído em cima da mecânica de conversar com a IA (Sim, você interage digitando o que bem entender), e tudo gira em torno disso, e é incrivelmente inteligente, uma grata surpresa e uma experiência única.

Nota: 9

---------

#37
Sonic Mania

Não sou fã de Sonic, não fez parte da minha infância, joguei a serie depois de crescido, e não estava hypado pelo Sonic Mania, e nem por isso o jogo deixou de ser menos fantástico.
Ouso dizer que é o melhor Sonic que já joguei. Uma carta de amor para os jogadores. Pacote completo e de alta qualidade.
E no meu caso, a experiência foi ainda mais gratificante, pois joguei 100% do tempo na telinha do Switch. :kpaixao

Nota: 9

---------

#38
Uncharted The Lost Legacy

Não acompanhei as noticias e não esperava nada, e acabei gostando do que vi. É o bom e velho Uncharted sem por nem tirar. Os mesmos pontos positivos e os mesmos pontos negativos.
Porém, ao contrário dos anteriores, achei que teve alguns momentos confusos ao decorrer do jogo.

Nota: 8

---------

#39
Mario + Rabbids Kingdom Battle

Uma das surpresas do ano. Quando apareceu os rumores, não botei fé. Depois veio o anuncio e se mostrou um jogo interessante. Mas jogando me surpreendeu positivamente.
No geral, um excelente jogo, com um pacote completo. Para aqueles que ainda estão na dúvida, vale muito a pena. Divertido, com bastante conteúdo e uma execução muito boa em todos os aspectos.
A única coisa que realmente me incomodou, é o fato do jogo te obrigar a usar o Mario em todas as batalhas da campanha. Tentei encontrar alguma explicação pra isso, mas não consegui.

Nota: 9

---------

#40
Metroid Samus Returns

Fantástico ver Metroid depois de tanto tempo. O jogo faz um ótimo trabalho na ambientação, no level design, no pacing... No geral, achei um ótimo jogo.
Porém, apesar de ser um remake, deviam ter repensado nessa questão da repetição dos bosses, pois é exageradamente chato, e como esse aspecto é um dos elementos principais do jogo, fica impossível ignorar.

Nota: 8

---------

#41
HOB

Um jogo muito agradável e carismático, recomendo para todos que gostam de Zelda. Eu diria que o principal ponto do jogo é a ambientação e o mundo, que dá gosto de explorar.
Encontrei bugs com o gameplay mais recorrente do que eu gostaria, mas não foi algo que estragou a experiência.

Nota: 8.5

---------

#42
Cuphead

O grande mérito de Cuphead é além das animações ou do gameplay refinado e desafiante. É como o jogo faz um excelente trabalho em trazer a experiência dos cartoons dos anos 30 em forma de jogo de maneira magistral.
Dito isso, como alguém da área, não poderia deixar de elogiar o trabalho da MDHR com as animações, pois foi um trabalho absurdo, e não tenho dúvidas que será um jogo lembrado por muitos anos.
Porém, apesar do design de repetição e decorar os padrões funcionar muito bem na maioria das vezes, existem alguns momentos de frustração graças a falta de feedback ou antecipação para o jogador. E os leveis normais são evidentemente de baixa qualidade.
No mais: King Dice :kkong

Nota: 8.5

---------

#43
Golf Story

Um jogo bem agradável, com desafios bacanas que exploram as mecânicas do jogo. História divertida e uma boa trilha sonora.

Nota: 8

---------

#44
Super Mario Odyssey

Assim como BotW, eu agradeço a Nintendo por ter criado essa perfeição em forma de jogo. Que jogo, que jogo!

Nota: 10

---------

#45
Assassin's Creed Origins

Uma das surpresas do ano. Ubisoft me surpreendeu muito com esse jogo.
O mundo incrivelmente imersivo e cheio de coisas interessantes, a abordagem completamente livre no design do jogo, tecnicamente é um jogo bastante impressionante com um nível de interatividade altíssimo com inúmeras coisas acontecendo ao mesmo tempo.
Infelizmente, é um dos jogos mais injustiçados do ano.

Nota: 9

---------

#46
Until Dawn Rush of Blood

Meu primeiro jogo finalizado em VR, e que experiência incrível. Nunca gostei de jogos onrails, mas nesse caso, funciona muito naturalmente.
É um bom jogo para mostrar o potencial do VR, com uma experiência light e com uma ótima apresentação.

Nota: 9

---------

#47
Lovers in a Dangerous Spacetime

Excelente jogo para se jogar com um companheiro(a). Joguei com minha namorada e só paramos quando finalizamos.
O jogo tem uma ótima proposta com um coop extremamente divertido e funcional. Peca em alguns momentos, mas no geral, é um bom jogo

Nota: 8

---------

#48
Super Lucky's Tale

Esse jogo é a prova que muitas pessoas ignoram bons jogos apenas por ismo ou com o pensamento de que só joga GOTY.
É um jogo bem decente e divertido, melhor que alguns platformers que tiveram mais atenção ao longo do ano.
Minha maior reclamação é a falta de polimentos do jogo em alguns aspectos.

Nota: 7

---------

#49
Tokyo 42

É um jogo com uma ambientação bem única e extremamente agradável, porem, tem problemas gravíssimos de design, que fazem a dificuldade se tornar extremamente frustrante, e infelizmente, me faz dar uma nota mais baixa do que o desejado.

Nota: 5

---------

#50
Shadow Tactics Blades of Shogun

Game design é excelente, com um gameplay refinado com leveis bem construídos. Tecnicamente o jogo é MUITO bem feito e muito belo.
O maior problema são os leveis finais que se tornam exageradamente scriptados e frustrantes.

Nota: 7

---------

#51
Old Man's Journey

Bonito, mas não me empolgou.

Nota: 6

---------
 
Ultima Edição:

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
81.450
Reações
174.355
Pontos
979
#1 - Walking Dead Michonne- 13/02/2017 / tempo jogo: 4h / Plataforma: ps4

Sinceramente? Só não estou arrependido porque gastei 7 reais nele. O jogo nem é ruim, mas é curto demais. Logo de primeira eu já vi que seria curto, pois o jogo chegava no clímax da parada e já estava partindo para outra aventura. Os personagens chegavam em um local e o desfecho era rápido e satisfatória.

Nota: 6

#2 - Journey - 14/02/2017 / tempo jogo: 4h / Plataforma: ps4

Outro jogo curto, mas esse eu curti. No começo achei que era mais um daqueles jogos viajados, em que o jogo é ruim e pessoal fala que tem que ''viver o momento'', mas o jogo tem uns puzzles legais e uma boa jogabilidade.

Nota: 7

#3 - Transformer - 02/03/2017 / tempo jogo: ???/ Plataforma: ps4

Não é um jogo ruim, mas é igual a todos os outros da Platinum. É impressionante como ela só faz jogo igual e apelativo. O jogo não é difícil, é apelativo. Tem horas que o jogo te coloca para lutar contra dois chefes ao mesmo tempo. hue

Nota: 6

#4 - Metroid Prime - 09/03/2017 / tempo jogo: 19 horas/ Plataforma: Gamecube

Jogo animal. Tem uma história legal para um jogo Nintendo (e até contra outros jogos também, é bem evoluída a história) e tudo no jogo funciona bem. É impressionante como você sofre contra uns inimigos no começo e depois passa a se sentir o fodão quando consegue os upgrades. O level design do jogo é animal. A dificuldade do jogo também é boa, morri algumas vezes. O único contra fica pelas idas e vindas do jogo. Não que seja ruim, mas algumas vezes dá até preguiça.

Nota: 9

#5 - Bastion - 21/03/2017 / tempo jogo: 6~7 horas/ Plataforma: ps4

Curti o jogo. Tem uma trilha sonora boa, jogabilidade legal, história legal. Talvez o único ponto negativo tenha sido o finalzinho, que prometia toda hora ser o final e nunca era, no final acabava que você passava a missão e ficava com um gosto de que nem precisava ter feito.

Nota: 8

#6 - Mass Effect - 03/04/2017 / tempo jogo: + de 20 horas/ Plataforma: ps3

Adorei o jogo. Ele tem um mundo interessante, um gameplay que eu gostei e personagens totalmente carismáticos. Além de tudo tem a opção de responder os diálogos, coisa que eu gosto.

Os pontos negativos: eu não sou muito enjoado com performance, mas o mass effect do ps3 abusou disso. Tem várias horas que o game até congela. Andar nas cidades é ter dor de cabeça com os loadings (mesmo andando, o jogo para) e com o fps extremamente baixo. E, como eu disse, não é algo que me incomoda, mas é que o mass effect abusou.

O outro ponto negativo é andar com o Mako nos planetinhas. Pqp, teve um que eu até desisti de explorar, já que era uma porra aquelas montanhas.
Nota: 8,5

#7 - Mirrors Edge - 04/04/2017 / tempo jogo: 4-5 horas/ Plataforma: ps4

Sinceramente? Curti não. Achei uma bosta. No começo eu estava achando legal, uma proposta boa, mas os controles são uma bosta da bosta. O leveldesign não ajuda. É foda você, uma menina desarmada, enfrentar um monte de maluco armado e ainda se ligar aonde tem que ir. O jogo quando é no mundo aberto, em cima dos prédios, até funciona. Mas quando é parte fechada, o jogo é um lixo. As vezes os comandos não obedecem, as vezes ela pula onde não tem que pular. Pqp. Quando chegou no final, que o jogo foi ficando mais difícil, aí sim que o jogo se mostrou uma bomba. Partes que exigem precisão simplesmente não dão certo nesse jogo. E tem horas que é foda, vários policiais idiotas te metralhando e você ainda tem que fazer um puta malabarismo para entrar em tubo de ventilação. Eu mais passei raiva com essa bomba do que divertimento. Aquele capítulo 8, que é em uma obra, puta merda, aquilo mostrou como o controle realmente não funciona. Outra crítica, para esse cocozão, é que o tutorial é todo no começo do jogo, aí chega uma parte em que você tem que desarmar um adversário e eu nem lembrava mais qual era o botão, já que isso foi bem depois do tutorial inicial. O final do jogo também é um lixo sem tamanho. Outra coisa, o jogo é inconsistente demais, tem horas que ela cai no chão e se machuca, tem horas que cai de lugar mais alto e nada acontece. Tem horas que parece que o lugar é muito longe para pular e o caminho é aquele mesmo, tem horas que o lugar parece perto e dá para pular e você não consegue. Tem horas que ela não agarra na parede e tem horas que agarra com você fazendo a mesma coisa.

Se eu indicaria essa cocozão para alguém? Não. Não indicaria nem para o João Hortifrutti.

Primeiro jogo que jogo e odeio.

Nota: 4

#8 - Wolfenstein - 09/04/2017 / tempo jogo: 15~17 horas/ Plataforma: ps4

Ele e o Alien Isolation foram os jogos que me surpreenderam nesta geração. Por mais que os gráficos sejam simples, é um jogo que realmente é jogo. É bem oldschool e tem uma história meio que filmes do stallone, meio que max payne. Eu simplesmente adorei. O tema é sensacional, dá vontade mesmo de dar uns pipocos nos nazistas.

O ponto negativo fica para o final. Acho que eles enrolaram muito, estenderam o jogo demais. E também tem um negócio que eu acho falho em todos os fps, que é quando o jogo está chegando perto do final e começam a mandar hordas de inimigos e vira um tiroteio sem pé e nem cabeça, algo totalmente zoado e até irritante, pois você fica tomando chuva de bala. Antes disso o jogo estava bem legal, com uma variedade de missão e alternativa muito boas.

deviam ter aproveitado mais a lua, eu adoraria enfrentar uns nazistas na lua mesmo, não dentro da nave.

Nota: Eu ia dar 9, estava adorando o jogo, mas o problema que relatei ali, do finalzinho sempre encherem de inimigos atirando para todo lado, fez-me tirar uns pontinhos.

8,5

#9 - Final Fantasy XV - 25/05/2017 / tempo jogo: 80 horas/ Plataforma: ps4

Para falar a verdade, eu fiquei bem decepcionado com o jogo. Ele é claramente um jogo de ps3 portado para ps4, dá para ver isso. O jogo tem problema em todos os setores: história, câmera, jogabilidade. A história é um remendo fodido. A jogabilidade é travadona, você não pode fazer nada que o roteiro não permita: Você não pode cair de grandes alturas, não pode dirigir livremente o carro (nem mesmo voando), não pode pular um mísero vaso, não pode nada. A câmera é terrível, é o principal inimigo do jogo. Se você estiver batalhando em uma floresta, você não vai conseguir saber o que está acontecendo, pois uma árvore vai ficar na frente. Até mesmo para pegar um item é difícil, direto eu ia fazer uma ação e o personagem pulava. Outra coisa que incomoda são os parceiros entrando na frente e bloqueando passagem o tempo todo. Até as dungeos com puzzles eu achei um porre.


Até o capítulo 9 o jogo não empolga, só melhora mesmo depois dele (que fica bem linear, por sinal, mas melhorou muito). O mundo aberto só é legal pelos inimigos (por sinal, a square mandou bem aí, tem inimigo para porra, variados e bem legais), pois as sidequests são umas bostas. Estavam tão sem criatividade para sidequest que você faz as mesmas até o final do jogo.

Se for avaliar o jogo apenas pela missão principal, eu diria até que gostei, mas já que seria difícil jogar assim, então acabei não curtindo muito. E olha que sou fã de final fantasy.


Nota: 6

#10 - Tales from the Borderlands - 31/05/2017 / tempo jogo: 10 horas/ Plataforma: ps4

Até que eu curti o jogo, achei bem engraçado. Eu sempre gostei de adventure, e os da telltale sempre achei divertidos. No começo assim eu não curti tanto, mas depois o jogo foi ficando agradável. Tem uma história legal, personagens carismáticas e muito humor. Até o narrador brinca com o jogo, fala que o episódio demorou muito para sair. A única coisa negativa fica pela falta de jogabilidade, não tem um puzzle, um desafio. É praticamente assistir e responder as pessoas (minha parte favorita. não sei se as decisões mudam alguma coisa, mas eu gosto, pois parecem que mudam).


Nota: 7

#11 - Mass Effect 2 - 07/07/2017 / tempo jogo: 70 horas/ Plataforma: ps3

Eu gostei do jogo, a série é muito boa, mas eu esperava mais. Esse foi focado muito mais na ação do que no primeiro. O primeiro você fazia alguma coisa e repercutia nos mundos, repercutia na cidadela, repercutia na nave. O 2 você faz as coisas e parece que o mundo está pouco se fodendo, nem na nave falam nada. Vou dar um exemplo que não é spoiler: no começo do jogo eu fui em todas as lojas e disse que era a minha loja preferida. Tendo feito isso, eu imaginei que daria uma merda, mas no fim não deu em nada, apenas ganhei descontos mesmo. No primeiro também tinha várias sides, tinha algumas esquisitas, umas em que você ficava pensando se ajudava ou não, tinha até fã do sheppard com atitude esquisita, mas no 2 não teve nada disso. As consequências de suas escolhas no primeiro eram bem mais significativas. Até o negócio de minerar com sonda eu não curti muito, já que tem planeta para porra. O do 1 era melhor, tinha até umas missões no meio.

Nota: 7,5

#12 - God of War III - 17/07/2017 / tempo jogo: 10 horas/ Plataforma: ps4

Eu tinha jogado no ps3 e larguei, achei muito parecido com o de ps2 e enjoei. Peguei a versão do ps4, depois de alguns anos, e curti bastante o jogo. Tem alguns momentos ''épicos'' bem interessantes. A jogabilidade é gostosa, o clima é legal, o Kratos está legal. Sem contar que é um estilo em falta nesta geração, é um jogo que não temos hoje em dia, temos apenas open world. Acabei curtindo e fiquei até chateado que o próximo jogo vai virar um last of us.

Nota: 8

#13 -Until Down - 27/07/2017 / tempo jogo: não sei/ Plataforma: ps4

Meu Deus, que joguinho vagabundo, tudo nele é ruim: história, jogabilidade, expressões faciais, as escolhas. O jogo parece a novela malhação misturado com todo mundo em pânico feat jogos mortais. O jogo começa te dando trezentos personagens e dá nem tempo de você conhecer cada um, já vai jogando na sua cara e foda-se, ainda tem a vergonha alheia de apresentar os personagens como se fosse a revista Toda Teen: Matt, ex namorado do mike, amigável e engraçado; Mike, ex-namorado do Matt e atual do josh, nerd da escola; Josh, tem uma queda pelo Matt, corajoso. Sério, horrível, malhação total. As brigas no jogo são vergonha alheia também: "sua vaca, comi sua mãe.'', "minha bolsa compra a sua casa, vadia.'', "Você quer transar com o meu namorado.''. Tudo no jogo parece que é transar, bem clichezão.

As escolhas são merdas também, tem nenhum diálogo aprofundado e que dê uma merda o que você faça. Tudo se resume mais ou menos a escolher uma rota e não morrer, ou então quicktime event e não errar para não morrer.

A história é uma merda clichê:

Depois que eles descobrem que o Wendigo só ataca a noite, por que eles não ficam na casa, imóveis? Tranca tudo e só sai pela manhã?
Outra coisa foda, apareceu o cara fodão, o Jack, e morreu em menos de 1 minuto. hahaha. O cara vive lá há 20 anos e morreu em um minuto, antes tinha matado até o monstro mais foda deles.

Outra coisa que não entendi foi naquela brincadeira do josh, like jogos mortais, que ele dá uma arma com munição de festim e depois o Mike fica usando a arma no jogo, com munição normal.

Tem tantas outras coisas também, mas eu paro por aqui para não ficar muito longo.



Nota: 4

#14 -Far Cry 4 - 15/10/2017 / tempo jogo: sei lá, várias horas que pareciam nunca acabar/ Plataforma: ps4

Nossa, mas que joguinho chato do cacete. Ele tem boas ideias, um cenário bonito e etc, mas tudo fica bem apenas no papel. Os animais seriam legais se eles não te atacassem O TEMPO TODO. Sério, enche o saco. Tem horas que eu estava enfrentando cinco soldados e do nada chegava elefante, gorila, macaco, aquela porra daquela toupeira que é a mais apelona do jogo e por aí vai. Teve uma hora que eu morri com uma sequência de animais: cobra, tigre, a porra da toupeira e a água. A jogabilidade é engessada, não funciona bem como jogo em primeira pessoa, talvez fosse melhor em terceira. Uma missão lá, que tem que matar um personagem apenas com o arco, e nisso tem até tigre vindo, eu quase abandonei. A jogabilidade é tão ruim que você mira certinho no inimigo e o jogo não reconhece, só fica certinho se ficar vermelha a mira, mas aí ficava fora do inimigo.

Eu até comecei lá o jogo e tal (já achando estranho os checkpoints todos bugados), levando na boa, fazendo tudo, mas chegou uma hora que eu não aguenta mais, parti para as missões principais e dei um foda-se para as sides. O mapa é uma poluição visual fodida.

Olha só isto:


E é apenas uma parte.

A história do jogo também é bem tosqueira. O Ajay aceita qualquer coisa que falam, e o jogo ainda se resume a dois idiotas: sabal e amita. O vilão é uma porcaria
e nem vilão é.
.


Ah, e claro, jogo da Ubi é cheio de bugs né, preciso nem falar.

Nota: 4

#15 -Hatoful Boyfriend - 27/07/2017 / tempo jogo: no máximo duas horas/ Plataforma: ps4

No começo eu estava achando engraçado, mas depois percebi que não é um jogo de verdade, é apenas algo para ler a história mesmo. Sério, não tem nada para fazer no jogo, você apenas escolhe uns caminhos para ir e mais nada. É praticamente ler texto o jogo inteiro, o que é bem diferente dos adventures de antigamente.

O jogo parece meio quebrado, os menus demoram para respondem, escolher uma opção demora também. Eu fico com a impressão que o jogo foi feito por um cara zoeiro e pronto, aqueles games do tipo: date faustão.

A única coisa legal é a história mesmo (e as piadas), mas não vale a pena. Eu, quando inicio um game, eu quero jogar, não ficar lendo história. Se fosse por isso, iria para uma série ou então leria um livro. Eu sei como funciona um jogo date, mas ao menos todos eles têm alguma coisa para fazer, escolhas melhores, e até melhorar atributos (que até tem nesse jogo, mas é confuso e serve para nada). O pior de tudo é que o jogo termina do nada e ainda tem um monte de mistério não resolvido (que precisa jogar novamente para ficar sabendo - o que eu resolvi de forma rápida, fui em um site e li toda a história, nem precisei ''jogar''.

Fiquei decepcionado.

Nota: 4

#16 - Unravel - 05/12/2017 / tempo jogo: no máximo oito horas/ Plataforma: ps4

Não é um jogo ruim, mas a jogabilidade eu achei de média para ruim. Em momentos em que se precisa de exatidão, eu acho que o jogo falha. Direto eu empacava em uns designs mais difíceis justamente porque a jogabilidade não responde como deve responder. O jogo também fica um pouco repetitivo e algumas partes enchem o saco (maldito gavião). mas, no geral, não é um jogo ruim não.

Nota: 6
 
Ultima Edição:

alex666

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.109
Reações
10.652
Pontos
644
#1: Deus Ex: Mankind Divided (PC) - ~34hrs - 06/01

Achievements: 43/63 (68%)
*No geral achei um pouco abaixo de Human Revolution, gostei das novas habilidades e das localidades que retratam bem o clima de segregação e preconceito, senti falta das lutas com os chefes e achei que jogar no stealth ficou muito mais fácil.
A história com suas conspirações continua muito boa, a cena depois dos créditos mostrou que ainda teremos muita coisa pela frente até a conclusão da saga de Jensen.
8.0/10
=========================================================================
#2: Abzu (PC) - ~3hrs - 08/01

Achievements: 10/12 (83%)
*Uma aventura curta e relaxante, com cenários surreais e uma bela trilha sonora, onde o jogador explora as profundezas do oceano.
7.5/10
=========================================================================
#3: Memoria (PC) - ~13hrs - 12/01

Achievements: 31/31 (100%)
*Nessa sequência de Chains of Satinav as animações ficaram melhores, a história continua interessante mantendo o tom sombrio do primeiro jogo com o lindo estilo visual de cenários bem detalhados desenhados a mão. Infelizmente alguns puzzles são frustrantes, quebrando o ritmo do jogo.
7.5/10
=========================================================================
#4: SOMA (PC) - ~12hrs - 16/01

Achievements: 10/10 (100%)
*Horror/ficção científica com uma ótima narrativa e uma atmosfera imersiva onde você explora várias instalações no fundo do oceano Atlântico.
O jogo não tem setas apontando a direção ou outro elemento qualquer de HUD poluindo a tela, para avançar você tem que ficar atento aos dados encontrados nos computadores, arquivos de áudio e notas espalhadas pelos cenários. Parece fácil ficar perdido, mas é tudo muito intuitivo.
8.0/10
=========================================================================
#5: The Charnel House Trilogy (PC) - ~2:30hrs - 17/01

Achievements: 18/18 (100%)
*Point and click curtinho separado em três capítulos, foge um pouco das características dos jogos do gênero sendo bem linear, focado na história e praticamente sem quebra cabeças.
Recomendado para quem gosta de um suspense/horror ao estilo Lovecraft.
7.0/10
=========================================================================
#6: Alpha Polaris: A Horror Adventure (PC) - ~5:00hrs - 19/01

Achievements: 18/18 (100%)
*
5.5/10
=========================================================================
#7: Gauntlet (PC) - ~8:00hrs - 02/02

Achievements: 17/46 (37%)
*
7.0/10
=========================================================================
#8: Tales of Berseria (PC) - ~82:00hrs - 11/02

Achievements: 41/51 (80%)
*
8.5/10
=========================================================================
#9: Shadowrun: Hong Kong - Extended Edition (PC) - ~45:00hrs - 23/02

Achievements: 53/60 (88%)
*
8.0/10
=========================================================================
#10: The Deadly Tower of Monsters (PC) - ~6:00hrs - 28/02

Achievements: 23/25 (92%)
*
6.5/10
=========================================================================
#11: Hand of Fate (PC) - ~26:00hrs - 11/03

Achievements: 25/43 (47%)
*
8.0/10
=========================================================================
#12: Shadow Complex Remastered (PC) - ~8:00hrs - 16/03

Achievements: 23/39 (59%)
*
7.5/10
=========================================================================
#13: Fahrenheit: Indigo Prophecy Remastered (PC) - ~9:00hrs - 21/03

Achievements: 17/17 (100%)
*
7.0/10
=========================================================================
#14: 999: Nine Hours, Nine Persons, Nine Doors (PC) - ~18:00hrs - 31/03

Achievements: 8/8 (100%)
*
7.8/10
=========================================================================
#15: Final Fantasy III (PC) - ~38:00hrs - 20/04

Achievements: 14/18 (78%)
*
7.8/10
=========================================================================
#16: Mad Max (PC) - ~54:00hrs - 24/04

Achievements: 43/49 (88%)
*
7.5/10
=========================================================================
#17: Batman: Arkham Knight (PC) - ~25:00hrs - 01/05

Achievements: 63/113 (56%)
*
8.5/10
=========================================================================
#18: ARK (PC) - ~4:00hrs - 06/05

Achievements: 12/12 (100%)
*
5.5/10
=========================================================================
#19: Batman: Origins (PC) - ~20:00hrs - 13/05

Achievements: 17/60 (28%)
*
7.0/10
=========================================================================
#20: Whispering Willows (PC) - ~3:30hrs - 21/05

Achievements: 20/20 (100%)
*
7.0/10
=========================================================================
#21: The Vanishing of Ethan Carter (PC) - ~5:00hrs - 28/05

Achievements: 14/14 (100%)
*
8.0/10
=========================================================================
#22: Narcosis (PC) - ~7:00hrs - 01/06

Achievements: 10/10 (100%)
*
6.0/10
=========================================================================
#23: Ryse: Son of Rome (PC) - ~14:00hrs - 09/06

Achievements: 37/73 (51%)
*
7.5/10
=========================================================================
#24: 80 Days (PC) - ~8:00hrs - 13/06

Achievements: 08/35 (23%)
*
7.5/10
=========================================================================
#25: Fallout: New Vegas (PC) - ~110:00hrs - 28/06

Achievements: 43/50 (86%)
*
8.5/10
=========================================================================
#26: The Witcher 3 - Hearts of Stone (PC) - ~31:00hrs - 07/07

Achievements: 13/13 (100%)
*
8.5/10
=========================================================================
#27: Virginia (PC) - ~3:30hrs - 09/07

Achievements: 16/17 (94%)
*
6.0/10
=========================================================================
#28: Kathy Rain (PC) - ~6:00hrs - 13/07

Achievements: 20/20 (100%)
*
7.7/10
=========================================================================
#29: The Legend of Heroes: Trails in the Sky SC (PC) - ~88:00hrs - 30/07

Achievements: 19/23 (83%)
*
9.0/10
=========================================================================
#30: 1979 Revolution: Black Friday (PC) - ~5:00hrs - 31/07

Achievements: 26/39 (67%)
*
5.5/10
=========================================================================
#31: Resident Evil 0 (PC) - ~19:00hrs - 08/08

Achievements: 35/47 (74%)
*
8.0/10
=========================================================================
#32: The Legend of Heroes: Trails of Cold Steel (PC) - ~87:00hrs - 06/09

Achievements: 33/51 (65%)
*
7.7/10
=========================================================================
#33: Layers of Fear + Inheritance dlc (PC) - ~8:00hrs - 09/09

Achievements: 16/27 (59%)
*
7.5/10
=========================================================================
#34: Near Death (PC) - ~6:00hrs - 10/09

Achievements: 17/18 (94%)
*
6.5/10
=========================================================================
#35: The Fall (PC) - ~5:00hrs - 11/09

Achievements: 17/17 (100%)
*
5.5/10
=========================================================================
#36: The Last Express Gold Edition (PC) - ~8:00hrs - 13/09

Achievements: 14/15 (93%)
*
7.0/10
=========================================================================
#37: Ys Seven (PC) - ~32:00hrs - 19/09

Achievements: 18/21 (86%)
*
8.0/10
=========================================================================
#38: The Guest (PC) - ~4:30hrs - 21/09

Achievements: 17/20 (85%)
*
5.0/10
=========================================================================
#39: Wolfenstein: The New Order (PC) - ~22:00hrs - 01/10

Achievements: 49/50 (98%)
*
8.5/10
=========================================================================
#40: Middle-earth: Shadow of Mordor + DLCs (PC) - ~51:00hrs - 10/10

Achievements: 72/74 (97%)
*
7.8/10
=========================================================================
#41: Vampire Legends: The True Story of Kisilova (PC) - ~6:00hrs - -11/10

Achievements: 10/10 (100%)
*
5.5/10
=========================================================================
#42: Enigmatis: The Ghosts of Maple Creek (PC) - ~8:00hrs - 14/10

Achievements: 09/11 (82%)
*
5.5/10
=========================================================================
#43: Dust: An Elysian Tail (PC) - ~18:00hrs - -14/10

Achievements: 28/30 (93%)
*
7.5/10
=========================================================================
#44: True Fear: Forsaken Souls (PC) - ~9:00hrs - -06/11

Achievements: 38/40 (95%)
*
6.0/10
=========================================================================
#45: Nioh: Complete Edition (PC) - ~162:00hrs - -05/12

Achievements: 70/79 (89%)
*
8.5/10
=========================================================================
#46: Outlast 2 (PC) - ~14:00hrs - -06/12

Achievements: 18/24 (75%)
*
7.5/10
=========================================================================
#47: Submerged (PC) - ~4:00hrs - -07/12

Achievements: 10/10 (100%)
*
6.5/10
=========================================================================
#48: Gone Home (PC) - ~2:30hrs - -08/12

Achievements: -/- (-%)
* O jogo tem uma história simples e cativante, gostei de explorar cada canto da casa em busca de respostas.
Acabei ficando um pouco decepcionado no final, o jogo dava dicas de que algo mais surpreendente poderia acontecer o que não foi o caso.
7.5/10
=========================================================================
#49: Strider (PC) - ~10:00hrs - -12/12

Achievements: 26/30 (87%)
* Metroidvania com uma mecânica simples e com uma boa jogabilidade, divertido e competente mas nada que seja memorável.
Não cheguei a jogar os antigos.
7.0/10
=========================================================================
#50: Life is Strange: Before the Storm (PC) - ~12:00hrs - -19/12

Achievements: 34/34 (100%)
* Teve seus momentos na parte sentimental mas não chegou a ser devastador e inesquecível como o original.
Me diverti muito com os mini games do RPG de mesa e da peça de teatro. A trilha sonora continua ótima.
O último episódio acabou deixando um gosto amargo devido a alguns furos e pela forma apressada em que os fatos se desenrolaram, ainda assim é imperdível para os fãs do primeiro jogo.
8.0/10
=========================================================================
#51: Sylvio (PC) - ~14:00hrs - -20/12

Achievements:
48/50 (96%)
* Aqui você entra na pele de Juliette com seu gravador captando vozes do além para solucionar os mistérios de uma área soterrada e abandonada em 1971.
Nesse terror psicológico temos quebra cabeças bem intuitivos e o uso do áudio é feito de uma forma bem original, contribuindo em criar uma atmosfera tensa e pesada.
7.5/10
=========================================================================
#52: Detention (PC) - ~4:00hrs - -26/12

Achievements:
8/8 (100%)
* O jogo se passa em uma escola na Tailândia durante a lei marcial de 1960.
Atmosfera opressiva, ótimos quebra cabeças e uma história triste e intrigante até o final.
Não seria um exagero chamar Detention de Silent Hill 2D.
8.3/10
=========================================================================
#53: Firewatch (PC) - ~5:30hrs - -30/12

Achievements: 10/10 (100%)
* Ótima atuação por trás das vozes, personagens carismáticos, belos cenários e uma história intrigante até a reta final onde acaba deixando um pouco a desejar.
Recomendado para quem gosta de um "walking simulator".
7.8/10
=========================================================================
 
Ultima Edição:

SithLord

Bam-bam-bam
Mensagens
6.992
Reações
11.122
Pontos
374
Bom, comecando o desafio este ano. Me propus a jogar a maior quantidade de jogo bosta esse ano... Claro, jogando coisa boa no meio, pois ninguem eh de ferro...

#1 - Letter Quest Remastered - 07/01/2017
Plataforma: PS Vita / Tempo jogado: 15 horas / 100% dos trofeus

Primeira bomba do ano. Um jogo muito simples, onde para passar de fase o jogador precisa derrotar monstros, e para derrotar os monstros precisa montar palavras com as letras disponibilizadas poelo jogo, tudo em ingles. No total, o jogo tem 40 fases, e cada fase tem 4 modos de jogo (normal, time attack, hard e ultra hard). Finalizei o jogo completando todos os desafios. Gostei porque cada palavra tem seu significado explicado, e foi bom pra aumentar meu vocabulario no ingles.
Nota: 6,0


#2 - Amnesia: Memories - 07/01/2017
Plataforma: PS Vita / Tempo jogado: 10 horas / Platina

Mais uma bomba no ano. Não fazia ideia de como era um "jogo" do tipo Otome Visual Novel. Porra, mas que bosta. Enfim, fujam. Como nada nessa vida é 100% ruim, serviu pra aprimorar um pouco minhas habilidades de leitura em inglês.
Nota: 3,0


#3 - LEGO Star Wars: The Force Awakens + 5 fases DLC - 26/01/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 25 horas / Platina

Sou fã de LEGO, e esse Star Wars ficou bem bacana. Tem muitos veículos e personagens, e as fases remontam o sétimo episodio com o tom de humor característico dos jogos LEGO. Gostei muito e recomendo.

Bônus:


Nota: 10


#4 - Day of the Tentacle - 05/02/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 6 horas / Platina

Day of the Tentacle foi dado na Plus. Eu não dava nada por ele, mas acabei por gostar do jogo. É interessante, com uma historia maluca onde um tentáculo malvado quer dominar o mundo e aprisionar os humanos. Foi divertido. E engraçado. Em umas partes é um pouco difícil pois é um remaster de um jogo antigo.

Recomendo pra quem gosta de adveture point & click.

Nota: 8,0



#5 - Uncharted 4: A Thief's End - 16/02/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 30 horas / Platina

Joguei novamente o Uncharted 4. Ano passado já havia zerado ele, mas não tinha platinado... Um jogo memorável. O mais bem feito da geração ate agora, tudo nele e excepcional. A aventura é, na minha opinião, a melhor da série. Seguiu como o Uncharted do Vita, sem o "quê" sobrenatural, o que pra mim é ótimo.
A duração e os tiroteios foram na medida certa.
Extremamente recomendado!


Nota: 10



#6 - The Witcher 3: Hearts of Stone - 24/02/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: MUITAS horas / 100% da DLC

Bom, joguei o Witcher 3 no lançamento. Peguei o troféu de platina, e é o meu jogo da geração até agora. Não saiu nada que chegue perto dele, na minha opinião. A expansão é tão boa quanto o vanilla. Tem quests muito bacanas, e tudo de bom do vanilla está presente nesta expansão. Recomendo demais...


Nota: 11


#7 - Submerged - 27/02/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 5 horas / 100%

Queria jogar o Submerged desde o ano passado. Nessas sales de carnaval resolvi pegar. É um jogo de exploração, sem nenhum tipo de combate, algo que me agrada bastante. Tudo no jogo é simples, desde os gráficos ao som. Achei ele bonito, e a protagonista corre pra salvar o irmão após uma tragédia familiar. Posso dizer que gostei...a duração do jogo é o ideal, pois já estava começando a ficar repetitiva.


Nota: 7,0


#8 - Horizon: Zero Dawn- 29/03/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 60 horas / Platina


Eu tava num hype absurdo pelo jogo. E felizmente o hype foi correspondido com louvores. Jogo viciante, bonito, e gostoso de jogar. Caçar as maquinas é prazeroso e divertido. A história foi muito bem construída e é contada de forma que empolga o jogador.
Recomendadíssimo. Meu GOTY até agora.


Nota: 10,0


#9 - My Name is Mayo - 30/03/2017
Plataforma: PS Vita / Tempo jogado: 1 hora / Platina


Esse jogo é muito bosta. Mas valeram os 70 centavos que joguei no lixo por ele.

Nota: 5,0


#10 - Unravel - 07/04/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 13 horas / Platina


Unravel me surpreendeu. É um indie publicado pela EA. Tem uma jogabilidade simples, mas precisa e gostosa de jogar. As músicas são muito bonitas, e os gráficos são bem bonitos. São 12 fases, então não é longo e não chega a ficar cansativo. A historinha é bem simples também, mas gostei. Recomendo!

Nota: 9,0


#11 - Deponia - 09/04/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 6 horas / Platina


Deponia e um jogo tipo adventure point & click, com puzzles. Sinceramente, ate gostei da historinha, bem simples, mas achei alguns puzzles e situações bem sem sentido. Tive que recorrer a um guia pra fazer algumas coisas...
O estilo de arte achei bacana, o som no PS4 tá bem estranho, muito baixo. Vale uma conferida.

Nota: 6,0


#12 - Machinarium - 10/04/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 3 horas / 100%


Machinarium era um indie que eu queria jogar desde a época que foi lançado pra PC. Aí, vi em uma promo na PSN e não pensei 2 vezes. Gostei muito do jogo, principalmente da parte artística, que é um show a parte. Recomendo mesmo pra quem não gosta muito adventure point & click com puzzles.

Nota: 8,0


#13 - Clockwork Tales of Ink and Glass - 17/04/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 3 horas / Platina


Mais um adventure point & click que jogo esse ano. Achei bacaninha. A história é fraquinha, gráficos mais ou menos e som mediano também. Os puzzles não são difíceis mas são bem intuitivos. Valeu a experiência.

Nota: 6,0


#14 - Code: Realize ~Guardian of Rebirth~ - 21/04/2017
Plataforma: PS Vita/ Tempo jogado: 4 horas / Platina


Segundo visual novel que jogo esse anom Mais uma treinada no inglês. Até que as historias são legais. As duas últimas usei auto skip pra completar a lista de troféus, pois fiquei de saco cheio. Volto depois pra terminar essas historias. Esse tipo de jogo não me prende por muito tempo.

Nota: 6,0


#15 - Ducati: 90th Anniversary - 30/04/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 17 horas / Platina


Jogo de corrida de motos, somente com as motos da Ducati. O jogo é bastante simples, mas é divertido. Tem um modo chamado Passeio Histórico que é o modo "carreira" do jogo, onde o jogador passa por todos os períodos da historia da Ducati, jogando com as respectivas motos. O online ta meio morto, é o jogo peca pelo excesso de eventos. São mais de 100, o que ficou bem cansativo.

Nota: 7,0


#16 - Grim Fandango: Remastered - 01/05/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 10 horas / Platina


Sem comentários. Joguem. É muito bom, e me lembrou da época do meu primeiro PC... sempre quis jogar, mas nunca consegui comprar.

Nota: 9,0

#17 - A King's Tale: Final Fantasy XV - 03/05/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 5 horas / 100%


Beat'em up muito bacana. Simples e curto. Achei divertido e muito fácil. Como foi dado de graça, resolvi testar e acabei gostando. Não pagaria por ele, no entanto.

Nota: 7,0


#18 - Abzû - 04/05/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 3 horas / 100%


Esse é um game pra relaxar. Achei os ambientes fantásticos e as musicas muito bonitas. Não tem dificuldade e é bem curto. Recomendo!

Nota: 8,0


#19 - Type:Rider - 06/05/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 4 horas / 100%


Joginho platformer 2D bem bacaninha e muito simples. Conta a historia da escrita humana desde os primórdios. Ponto negativo é a fase bônus, que é irritante.

Nota: 6,5


#20 - Darksiders: Warmastered Edition - 02/06/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 26 horas / Platina


Gostei muito do jogo. Conta a história de War, um dos cavaleiros do apocalipse, que é enganado e cai no meio de uma confusão e acaba levando a culpa. É bem bacana mesmo. A versão do PS4 foi bem trabalhada e roda lisinho. O destaque é a arte e a dublagem é excepcional, principalmente War, Samael e Azrael. Recomendo!

Nota: 9,0


#21 - My Name is Mayo - 03/06/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 2 horas / Platina


Eu já tinha jogado esse jogo no Vita. Ai resolvi jogar um pouco com meu filhote no PS4. Ele gostou de ficar clicando com o controle, e acabei platinando novamente.

Nota: 6,0



#22 - Puzzle Showdown 4K: Soul Suspect - 05/06/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 10 horas / Platina


Sou fã de quebra cabeças, e esse jogo, pra mim, é bem relaxante. São diversas imagens pra montar e da pra jogar em até 4 players, competitivo ou não. O ponto negativo fica paras as musicas, uma pior que a outra e não dá pra desligar.

Nota: 8,5



#23 - Murdered: Soul Suspect - 13/06/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 10 horas / Platina


Tá aí um jogo que me surpreendeu. É um jogo de investigação simples, sem combates, mas a historinha até que é bacana. Tem um universo bem rico, e muitos colecionáveis.

Nota: 8,0


#24 - Wolfenstein: The New Order - 26/06/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 15 horas / Platina


Comecei o jogo em 2015, e por algum motivo que não lembro, não terminei. Agora peguei ele pra platinar, e não sei mesmo porque eu havia dropado, porque o jogo é muito bom. Uma das surpresas da geração. Se for pra destacar algo que não gostei foi o final cliffhanger, que me decepcionou. Platinado com louvores.

Nota: 8,5


#25 - Never Alone: Foxtales - 27/06/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 1 hora / 100%


Comprei essa DLC por 3 reais. Never Alone é um jogo que gostei muito. Tem uma riqueza cultural muito grande.

Pena que a DLC é curtinha, mas por 3 reais valeu a pena.

Nota: 8,0


#26 - Level 22 - 20/08/2017
Plataforma: PSVita/ Tempo jogado: 4 horas / 100%


Level 22 é um indie onde controlamos Gary, que esta atrasado pro trabalho e tem que chegar no Nível 22 de um prédio onde trabalha, sem ser notado.

O jogo é divertidinho, tem um baixo nível de desafio, é curto, e o que mais me incomodou (incomoda, na verdade) é esse estilo gráfico pixelado. Caralho, em console que roda Killzone Mercenaries e Uncharted Golden Abyss, não dá pra aceitar jogo tão novo nesse estilo.

Nota: 6,0




#27 - Metal Gear Solid 5: The Phantom Pain - 04/09/2017
Plataforma: PS4/ Tempo jogado: 125 horas / Platina


A última grande obra do mestre Kojima na Konami. É um ótimo jogo, mas não é o melhor Metal Gear Solid. Faltaram as luta contra bosses que são características da série, faltaram aqueles momentos cinematográficos, Keifer na dublagem ficou tosco (embora faça sentido na historia)... enfim, faltaram elementos clássicos de um bom Metal Gear.

Já a jogabilidade é a melhor que tive o prazer de experimentar nos últimos anos. Responde bem, e é realmente gostoso de jogar. O jogo é muito bonito, e rodar a 60fps é a cereja do bolo.

Uma pena que o openworld do jogo é bem vazio, porque os cenários são bem modelados.

O jogo peca no tempo de loads entre a transição de missão para a base. Falando na base, chegamos a pior parte do jogo, que é gerenciar a Motherbase. Pra fazer novos itens e armas, precisamos ter certos níveis de habilidade na base, e pra aumentar estes níveis precisamos coletar soldados. Isso, depois de um tempo, dica bem chato.

Recomendo o jogo por si só, ele é bom mesmo. Fãs hardcore de MGS cá o torcer um pouco o nariz, mas é o que tem pra janta.


Nota: 9,5



#28 - LEGO Batman 3: Beyond Gotham + Season Pass - 22/09/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 30 horas / Platina


Eu adoro os jogos da LEGO, mas confesso que este foi o que eu menos gostei. A história até que é bacaninha, mas o problema maior, pra mim, são os personagens da DC. A maioria deles não é cativante, arrisco dizer que a maioria não é, no mínimo, interessante.

O segundo ponto que me incomodou é que o jogo é muito longo, colocaram muita coisa, estenderam demais. Ficou muito massante.

Não recomendo. Tem outros jogos LEGO melhores.


Nota: 5,0


#29 - Hatoful Boyfriend - 02/10/2017
Plataforma: PSVita / Tempo jogado: 5 horas / 100%


Simulador de namoro de pombo. Preciso dizer mais?


Nota: 10000000000



#30 - Middle-Earth: Shadow of Mordor GOTY - 08/10/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 28 horas / Platina


Segunda vez que platino esse jogo. A sensação de trucidar dezenas de Uruks em uma batalha e finalizar decapitado um Warchief é indescritível. O jogo ainda é bem bonito, gostoso de jogar, não tem bugs... enfim, é ótimo.

A história é meio fora de contexto se comparada a obra de Tolkien, mas até que faz certo sentido.

Recomendo.

Nota: 10


#31 - Assassin's Creed: Origins - 21/11/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 65 horas / Platina


Assassin's Creed ficou em hiato e não teve jogo lançado a quase 2 anos. E isso foi excelente pra série. Tudo melhorou. Gráficos, jogabilidade, desempenho, trilha sonora, até a história ficou bacana.

Pra começar, e onde eu acho que a Ubisoft mais se destaca, é a arte e ambientação. Dá pra perceber que foi feito com carinho e esmero. Tem uma pesquisa histórica pesada é a época, costumes, roupas, diálogos e locais são bem criveis. Ponto muito positivo.

A jogabilidade melhorou muito, com elementos de RPG, pontos de habilidade e diversidade enorme de armas, arcos e escudos. A pior parte da série, que era o combate, foi melhorado e polido. As armas tem status positivos e algumas dão ao player status negativos. Não tem mais o indicador de defesa, e o jogo agora tem dificuldade. Comecei no hard, e realmente é difícil. 2 inimigos juntos já me matavam.

Por várias e várias vezes me peguei explorando ao invés de fazer missões, porque é prazeroso explorar. As missões melhoraram bastante, e as secundárias estão muito mais elaboradas, mesmo que não cheguem perto das missões de Witcher 3. Mas mesmo assim, o player não é só mais um carteiro, pois as missões tem um propósito, e mesmo que curto, tem um lore por trás.

Incrivelmente não passei por bugs ou glitches graves. O jogo crashou 2 vezes, mas foi antes do primeiro patch. Depois, só alguns NPCs travados ou boiando no ar, mas nada que atrapalhadas. Ponto muito positivo.

Como nem tudo são flores, mais para o final, o jogo ficou cansativo, pois são muitos locais pra explorar. O jogo tem um excesso de sidequests. Platinei com 65 horas, e deixei 40 sides de lado. Isso mesmo, 40!!!

As partes no presente são curtas, e revelam algumas coisas. Nada imperdível, na minha opinião.

Eu concluo que é o melhor AC até agora, na minha opinião, melhor que a trilogia Ezio. Super recomendado.


Nota: 10


#32 - Horizon Zero Dawn - 17/12/2017
Plataforma: PS4 / Tempo jogado: 20 horas / Platina


Eis algo que não acontece a muito tempo... eu zerar o mesmo jogo 2 vezes num mesmo ano. A Guerrila adicionou um New Game+ e a dificuldade UltraHard. Pois bem, aceitei o desafio.

Essa dificuldade realmente acrescenta ao jogo, achei que ele fica mais estratégico e obriga o jogador a bolar um plano antes de atacar, pois até os robôs mais simples são trabalho se tiver mais de 2 numa batalha.

Morri alguma vezes em batalhas específicas, mas nada que dê raiva. As batalhas mais memoráveis foram contra Tirânicos e Aves-Tempestade. Muito gostoso batalhar nessa dificuldade.

Realmente rever a história do jogo foi uma satisfação incrível, pois acho ela muito bem desenvolvida e encaixa sem deixar pontas.

A performance do jogo continua impecável mesmo no meu PS4 vanilla, e o jogo é belíssimo. Só as animações faciais são ruins...

As vezes, quase fico pistola ao ver que tem gente que desmerece esse jogo só porque Zelda foi lançado esse ano... As pessoas podem não gostar do jogo, mas desmerecer o trabalho técnico e artístico da Guerrila é bem desnecessário. O jogo foi feito com esmero, e é jogável desde o primeiro dia, completo, sem lootbox e sem pay2win.

Extremamente recomendado.


Nota: 10


Jogando agora: Seasons After Fall e Middle-Earth: Shadow of Mordor - Lord of the Hunt DLC (PS4), Hue e Terraria (PSVita).

Sith Lord desde a antiga República.
 
Ultima Edição:

Ponce de Leon

Bam-bam-bam
Mensagens
9.122
Reações
9.469
Pontos
353
O POST DO PONCE 01

#1 - Phoenix Wright: Ace Attorney: Trials and Tribulations - 3DS - 09/01/2017
Info: Inicio o ano terminando a primeira trilogia da série Ace Attorney, que comecei ano passado. Enredo bem legal e ótimos personagens novos o que é a parte mais importante de uma VN. Vou dar um tempinho agora pra refrescar, pra mais pra frente começar Apollo Justice e Miles Edgeworth do DS.
Progresso: Campanha completa.

#2 - Severed - 3DS - 23/01/2017
Info: Dungeon Crawler em primeira pessoa, o combate é feito com movimentos na tela de toque. Bem curtinho, gostei bastante. Acho que foi o primeiro jogo de 3DS que joguei que fez um uso legal do Stylus.
Progresso: 100% em 6h e meia.

#3 - Fire Emblem Fates: Birthright - 3DS - 20/02/2017
Info: Eu não sou muito de dropar jogo, mas quase larguei esse. Com certeza foi o pior RPG tático que já joguei.
Progresso: Só a campanha e uns 3 paralogues. Demorou muito mais do que deveria.

#4 - Pony Island - PC - 04/03/2017
Info: Curtinho, bem what the fuck. Gostei da experiencia que lembra um pouco o Flowey de Undertale. Queria mais jogos nessa pegada.
Progresso: Campanha completa, com 11 tickets de 24

#5 - Apollo Justice: Ace Attorney - NDS - 04/03/2017
Info: Quarto jogo da franquia, e o mais facil. gostei da mecanica de Perceive bem mais que dos Psyche-locks. Ainda pretendo jogar os outros que estão disponiveis em inglês.
Progresso: Campanha completa, good ending

#6 - The legend of Zelda: Ocarina of Time 3D - NDS - 15/04/2017
Info: Nunca tinha jogado do inicio ao fim sozinho, foi uma boa oportunidade. Tá bem bonito. O jogo é maravilhoso, não tem muito o que dizer. Ah, é incrível como o Water Temple fica prazeroso sem ter que pausar pra tirar e botar bota.
Progresso: Campanha completa.

#7 - Bayonetta - PC - 10/07/2017
Info: Já tinha jogado lá quando comprei o PS3, 2011? Não lembro. Alias não lembrava de muuuuitos dos absurdos do jogo, que são bem divertidos.

#8 - Firewatch- PC - 15/07/2017
Info: É um walking simulator pra contar uma historia, parecido com Gone Home. Inclusive durante o jogo você acha uns livros por aí e um deles é escrito pelo pai da protagonista de Gone Home. Os primeiros 20 minutos me fizeram ficar choroso. O final também. 8/10 would cry again.

#9 - Transistor- PC - 22/07/2017
Info: Animei de jogar esperando o novo jogo da Supergiant Games, Pyre. Gostei bastante do sistema de batalha mas achei um pouco fácil. Principalmente o ultimo Boss. Em relação ao enredo e trilha sonora, gostei bastante. O jogo tem o mesmo esquema de "comentários" de Bastion, bem legal.

#10 - Injustice 2 - PS4 - 27/07/2017
Info: Peguei num Bugmarino com o objetivo de jogar a campanha e passar pra frente. O jogo é legal, melhor que o primeiro. Eu adoro a dublagem brasileira da Liga e acho que isso contou bastante. Igual ao primeiro, eu comecei a campanha puto da vida que eu fazia os combos todos e o Batman só dava Soco -> chute -> grapnel, e no final da campanha tava dando altas piruletas e combos de 7-8 hits. Fiz todas as opções de lutas da campanha.

#11 - Kirby Super Star - SNES [Emulador] - 03/08/2017
Info: Não era bem o que eu esperava, é um jogo com varias mini-campanhas curtinhas. Foi o primeiro a ter o sistema da companions com as habilidades copiadas e a colocar chapeuzinhos no kirby combinando com a habilidade escolhida. Apesar de tudo, ainda é um bom jogo.

#12 - Persona 5 - PS4 - 23/08/2017
Info: Que jogo... Foram 104h mas eu queria que tivessem sido 300. Claramente o melhor que joguei esse ano, se bobear dos últimos dois ou três anos. Eu to até meio chateado de ter terminado.

#13 - Infamous Second Son - PS4 - 08/09/2017
Info: Foi um dos jogos que me chamou a atenção lá na época de lançamento do console. Infelizmente é um jogo apenas bom. Fiz 100% da campanha de karma bom, inclusive a sidequest Paper Trail é na verdade um ARG (que eu fiz com guia pq as partes de navegador são chatas pra burro). Enfim, é bom mas nada demais.

#14 - Guacamelee Super Turbo championship Edition - PS4 - 10/09/2017
Info: Demorei pra jogar esse, tinha começado no PC mas encostei sabe-se lá o motivo. É BEM LEGAL HEIN, passei bastante raiva nos trials pra fazer o true-ending.

#15 - Infamous Second Son - PS4 - 14/10/2017
Info: Achei o melhor de todos, ao lado do 2. Nem tem muito mais o que comentar.

#16 - Super Mario Odyssey - Nintendo Switch - 11/11/2017
Info: O melhor Mario 3D de todos. A trilha sonora é maravilhosa, o jogo é lindo demais, é cheio de referencias mas se sustenta sozinho. O jogo do ano pra mim.

#17 - The Legend of Zelda: Breath of the Wild - Nintendo Switch - 17/12/2017
Info: Senti um pouco de falta da formula dos Zelda 3D, mas funcionou bem como open world. É um jogo ótimo mas acho que pecou um pouco nas dungeons. Ah, chove demais.

#18 - Nier - PS3 - 26/12/2017
Info: É um jogo muito falado e adorado por aqui. Vão me apedrejar mas achei a historia boa, a trilha sonora maravilhosa e o resto OK pra baixo, respeitando que foi um jogo do inicio da geração. É legal mas não entendo o endeusamento.
 
Ultima Edição:

Vaçago

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.684
Reações
25.480
Pontos
553
Me inclui ae Reila. ; )


1 - Undertale
2 - Super Cat Bros
3 - To the Moon
4 - Braid
5 - Uncharted 2
6 - Castlevania Order of Ecclesia
7 - Devil May Cry 4
8 - Wolfenstein: The New Order
9 - Super Metroid
10 - Metroid 2 (AM2R)
11 - Portal 2
12 - Shantae
13 - Mirror's Edge
14 - Shantae: Risky's Revenge
15 - Shantae and the Pirate's Curse
16 - Escondido meu jogo pela mãe
17 - Nights of Azure
18 - Metroid Zero Mission
19 - Inside
20 - Ys: The Oath in Felghana
21 - Hard Corps: Uprising
22 - Shovel Knight
23 - Axiom Verge
24 - Dead Space 2
25 - Owlboy
26 - God of War: Ascension


1 - Dark Souls
2 - The Last of Us
3 - BioShock
4 - South Park The Stick of Truth
5 - DmC Devil May Cry
6 - Dragon's Dogma: Dark Arisen
7 - The Evil Within
8 - Mortal Kombat Komplete Edition
9 - Darksiders 2
10 - God of War III
11 - God of War: Chains of Olympus
12 - God of War: Ghost of Sparta
13 - Ultra Street Fighter IV
14 - Resident Evil HD Remaster
15 - Far Cry 3
16 - Rogue Legacy
17 - Castlevania Harmony of Dissonance
18 - Castlevania Lament of Innocence
19 - Dead Space
20 - Strider (2014)
21 - Deadpool
22 - Diablo 3: Reaper of Souls
23 - Resistance: Fall of Man
24 - Bayonetta
25 - GTA V
26 - Enslaved: Odyssey to the West
27 - Demon's Souls
28 - Os Cavaleiros do Zodíaco - Alma dos Soldados
29 - Vanquish
30 - Batman: Arkham Asylum
31 - Tomb Raider Legend
32 - Metal Gear Solid
33 - Jak and Daxter 1
34 - Metal Gear Solid 2
35 - Dante's Inferno
36 - Child of Light
1 - Bioshock 2
2 - Uncharted 1
3 - Mega Man X4
4 - Nier
5 - inFamous
6 - Megaman Maverick Hunter X
7 - Swordigo
8 - Strange Adventure
9 - Dark Souls 2: Scholar of the first sin
 
Ultima Edição:

Pate_de_queijo

Bam-bam-bam
Mensagens
7.507
Reações
9.030
Pontos
434
Desta vez eu vou participar firme.

Em 2016 acabei abandonando o tópico, provavelmente passei dos 52, só perdi as contas.

Dessa vez eu pretendo não somente terminar, mas platinar 52 jogos.

Vamo que vamo. :klolz

Enviado de meu D2104 usando Tapatalk
 

slashf

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.734
Reações
17.427
Pontos
553
Vou participar esse ano,
1-Last Guardian
2- Heavy Rain
3- Call of duty : Infinity Warfare
4- Paper mario Color Splash
5- Walking dead season 1
6- Alien Isolation
7-Walking dead 400 days
8-Titanfall 2
9-Beyond Two Souls
10-Abzu
11-Injustice 2(Modo Historia)
12-Need For Speed(2015)
13-Life Is Strange
14- Red Dead Redemption
15-Dk tropical frezze
16-Dishonored 2
17-Last of Us
18-Last of us Left Behind
19-Metro 2033
20-Metro Last light
21-Call Of Duty Modern Warfare Remaster
22- Knack 2 BABY!
23-BF1
24-MArvel vs capcom infinity
25-street Fighter 5
26-Bioschock 2
27- Metal Gear Solid V
28-hue
29- South Park Fracture but Whole
30-Rise of Tomb Raider
 
Ultima Edição:

Mr Bones

Bam-bam-bam
Mensagens
10.488
Reações
8.171
Pontos
494
Jogo 1: Call of Duty Infinite Warfare - Xbox One S
Tempo total: 8-10 horas

Jogo bem legal. Ótima diversão. Achei estoria clichê e genérica. Mas a mecânica do combate, e variedade das missões e armas compensam este fato um pouco. Ponto alto do jogo para mim foram as batalhas no espaço, como sua nave. Achei bem divertido.

Nota: 8

Jogo 2: Uncharted 4 - A Thief's End - PS4 Pro
Tempo total: 15 horas

Jogo dispensa comentários. Fenomenal em todos os sentidos. Fechou com chave de ouro a franquia. Parte técnica do jogo esta fantástica. Obrigatório para quem tem um PS4.
Nota:10

Jogo 3 : The Las of Us Remastered - PS4 Pro
Tempo total: 15 horas

Jogo excepcional. Não há muito o que falar. Imprescindível e obrigatório!! Tinha jogado no PS3, mas peguei novamente para jogar no PS4.
Nota: 10

Jogo 4 : The Last of Us - Left Behind - PS4 Pro
Tempo total: 2-3 horas ( porque peguei todos os coletaveis)

Esta expansão achei apenas ok. Não recomendaria compra ela. Como a versão remastered ja vem com ela, joguei. Mas não compraria.
Nota: 7

Jogo 5 : Infamous Fisrt Light - PS4 Pro
Tempo total: ~4horas ( fiz so a historia principal mesmo. Não tive saco para fazer mais nada)

Achei bem mais fraco que Infamous Second Son. Mas diverte de toda forma. Não é imprescindível. Joguei mais para ver como ficava o efeito HDR no PS4 Pro. Ficou bem decente.
Nota: 7

Jogo 6 : Sunset Overdrive - XBOX One S
Tempo total: ~14 horas

Este jogo foi uma grata surpresa. Extremamente divertido. Vale muito a pena!! Alias, um dos melhores jogo que joguei nessa geração.

Nota: 9

Jogo 7 : Gear of War 4 - Xbox One S
Tempo total: ~12 horas

Depois do Gear of War 2, este esta disputando como o melhor Gear juntamente com o Gear of War. Jogo esta excelente tecnicamente, soberbo!! Os efeitos em HDR estão muito bons. Uns dos melhores que vi ate agora. Para quem é fãs, obrigatório. Ter os personagens das antigas participando desta versão foi genial.

Nota: 9,5

Jogo 8 : Injustice of God - PS4 Pro
Tempo total: ~6 horas

Eu curti o jogo, pois sou fãs dos personagens da DC. Mas o jogo é mediano tecnicamente, e para os mais hardcore em jogos de luta, acho que vai achar o jogo bem fraco. Vale mais pela historia, para quem é fãs dos personagens da DC, Liga da justiça.

Nota: 8

Jogo 9 - Horizon Zero Dawn - PS4 Pro
Tempo total: ~20 horas

Jogaço. Tecnicamente impecável. Historia muito legal. Ate agora, o melhor jogo de 2017 na minha opinião. Obrigatório!!!

Nota: 9,5
 
Ultima Edição:

NightCoreTime

Supra-sumo
Mensagens
768
Reações
1.988
Pontos
183
Nem acabou o ano gente :eek:
00:01 já vai ter uma galera dando start pra começar os games zerados em 2017 :klol
 

Cebolinha Palmeirense

Bam-bam-bam
Mensagens
1.169
Reações
1.250
Pontos
203
Devia ter deixado pra fechar o Last Guardian amanhã...Kkkk. já tava com um...Como fechei hoje contabilizei 64 em 2016.

Foram 1676 Troféus, sendo 15 de Platina. Bom é saber que tenho Backlog suficiente pra completar o desafio. Só na Plus de Janeiro vem 4 que dá para fechar rapidamente. Tenho ainda WD2, Primal, CoD IW, COD MW, AC Syndicate. Vamos ver se consigo aproveitar a primeira semana de Janeiro que tô de férias ainda e a patroa já volta pro serviço para dar um gás bom



Enviado de meu Moto G (4) usando Tapatalk
 

coolerdgb

Supra-sumo
Mensagens
828
Reações
1.343
Pontos
183
#1: Metal Gear Solid V: The Phantom Pain - 80 horas (16/02/17)
Tirar esse jogo do backlog é um gosto de vitória imenso. Tive algumas dificuldades em certas missões, esse estilo de jogabilidade não é meu forte, mas com empenho foi possível vencer todas as 50 missões.

Ficou muito claro tudo o que lia a respeito desse jogo; uma maioria que destacava a jogabilidade mas apontava a história picotada, retratando perfeitamente a treta que devia haver no último semestre do Kojima na Konami. É um jogo no capítulo 1 e outra coisa no capítulo 2.

Seria a maior obra gamística da história se tivesse sido lançado 100℅, uma pena. No fim das contas achei jogão, mas agora preciso de um joguinho linear pra dar uma trégua pro Tico e Teco.
Nota 9

#2: Batman Arkham Asylum (25/02/17) - PS4
Por ter ido de Wii na gen passada eu não tinha jogado a série Arkham na ordem de lançamento, terminei Arkham Knight ano passado no PS4 e o Asylum foi agora (Return to Arkham), de forma que é inevitável fazer comparações entre eles.

Achei Asylum melhor, ainda mais considerando que o jogo foi lançado em 2009. Ambientação mais envolvente, apesar que ficar voando pela cidade no AK depois de se ejetar do Batmóvel em alta velocidade era demais!

Lamentei o sistema de skills bem simplório (ponto melhorado no AK) e as boss battles achei pouco inspiradas. Agora ter o coringa enchendo o saco toda hora é altos impulso pra seguir avançando e resolver o caos hehe.
Recomendo muito o game!
Nota 9

#3: Batman Arkham City - PS4

Achei o mais fraquinho da trilogia, o que poderia melhorar em relação ao Asylum ficou na sua melhor forma com o Arkham Knight. O City me pareceu uma transição entre o Asylum, com melhor ambientação, para o Knight, com melhor jogabilidade. Algumas áreas desse City são muito irritantes. A recompensa desse jogo é o desfecho com o coringa.
Nota 8

#4: Final Fantasy XV - 68 horas/platina 76 horas (25/04/17) - PS4

Sou suspeito pra falar de FF. Embora reconheça que muitas questões do jogo poderiam ser melhores, gostei muito, tanto que ontem quando fui fazer a última coisa que queria antes de parar definitivamente de jogar, recebi a platina do game! Nem imaginava que estava prestes a platinar, pois parei no rank 5 das hunts e não fiz nenhuma Dungeon daquelas portas que só abrem depois com uma certa quest.

As side quests desse jogo são bem sem graça, fetch quest puro. Depois que se joga The Witcher 3 vc passa a ter outro critério para Side quests... mas a trilha sonora e os efeitos especiais de um Final Fantasy me deixam sempre admirado. Summonar Ramuh com Home Theater era de tremer a casa toda, sensacional aquele vovô fritando os inimigos enquanto a música dava o toque épico do momento.

Terminei na sequência o Episode Gladiolus, que cobre um pouco o enredo do jogo um tanto pobre de informação. Como já disseram anteriormente, esse conteúdo q ficou como DLC deveria fazer parte do jogo standart, fizeram como Season Pass pra engordar o retorno depois de 10 anos de produção. Mês que vem tem o Episode Prompto, aí retorno novamente pra conhecer mais sobre esse char meio banana.
Nota 9

#5: ABZU - ~2h (02/05/17) - PS4
Do início ao fim em uma sentada só. Achei menor até que o Journey, mas muito agradável e bastante colorido. Vale jogar pela PS Plus como também comprar em uma promo.
Nota 8

#6: Tales From The Borderlands - ~10h (24/05/17) - PS4

Jogo da PS+. Curti como foi contada a história e gostei das revelações do ep5, mas finalizando fica claro que não há necessidade de jogar de novo fazendo outras escolhas. No Wolf Among Us eu senti bem mais o peso das escolhas/consequências, nesse aqui basicamente não muda o outcome. Meu respeito por trazer de volta o humor e os personagens de Borderlands, fico na enorme expectativa do anúncio do Borderlands 3 (torcendo pra puxar o 2 e não o Pre-sequel)
Nota 8

#6*: Bloodborne The Old Hunters DLC - 20h (25/05/17) - PS4

Retomei de onde havia parado e consegui pegar a Rakuyo e matar o Orphan of kos, emoção de ver novamente na tela "nightmare slain" em vez de "you died" hahaha. Por nunca ter jogado demons nem dark souls antes do BB eu finalizei esse DLC com puta satisfação, principalmente por ter conseguido bater todos os Bosses do jogo e da expansão sem coop. Com certeza Ludwig foi o Boss que mais me fez sofrer em toda minha experiência com BB, por vezes achei que não ia rolar...

Nota 9

#7: Transistor - 3h (12/08/17) - PS4

Visualmente muito bonito e agradável de se jogar. Uma pena ser muito curto e com variedade de inimigos bem pobre. É bacana a variedade de skills e suas combinações ativas/upgrades/passivas

Nota 7.5

#8: Assassin's Creed Freedom Cry - 10h (15/08/17) - PS4

Jogo free da PS Plus. Eu nunca havia jogado nenhum assassin's creed até hoje...
Enfim, é um jogo da Ubisoft de 2013... I.A ter-rí-vel, personagens que brotam do nada, jogabilidade truncada... que bela merda.
Protagonista e gráficos são os destaques.

Nota 6

#9: The Division - PS4

Joguei ele inteiro em coop com um amigo que já tinha terminado o game pra jogar pra valer juntos a Dark Zone, mas aí quando bati o lvl 30 eu dei uma cansada do jogo. Só valeu a pena por ser coop e de graça, sozinho eu jamais teria jogado essa bucha.

Nota 7

#10: Horizon Zero Dawn - 72h - Platina (27/09/17) - PS4

Delícia de jogo. Muito agradável ficar explorando o mapa e fazendo as missões que apareciam, as caças aos monstros e elaborando estratégias diferentes pra cada situação. Depois que lançar o DLC vai ser só esperar uma promo, BF da vida, pra dar um fôlego extra curtindo os gráficos soberbos em uma região nova do mapa. Recomendo fortemente.

Nota 9.4
 
Ultima Edição:

SquallDarkHeart

Bam-bam-bam
Mensagens
8.706
Reações
6.021
Pontos
439
Jogos de luta conta? Pq se sim, já abro o NeoRageX aqui mesmo na virada do ano, e termino aquela lista toda.
 

Hansbach

Supra-sumo
Mensagens
1.214
Reações
216
Pontos
154
Podem me colocar nessa força-tarefa.

Eu teto, tu tetas, ele teta, nós tetamos, vós tetais e eles tetam .
 
Topo